quarta-feira, 30 de novembro de 2022

Prenda de Natal antecipada - Cresceremos juntos Rúben Amorim


Já havia rumores a circular de que a renovação de Rúben Amorim estaria em curso. Mas rumores no futebol há muitos e nada como a confirmação feita pelos envolvidos para tornar efectiva aquela que talvez seja a prenda de Natal mais desejada: a continuidade do treinador.

A primeira nota mais relevante talvez seja o facto do treinador poder ficar ligado ao clube até ao final do mandato da actual equipa dirigente. Sim, poder, porque também nesta matéria - o cumprimento dos contratos - não há garantias de serem respeitados por nenhuma das partes. 

Amorim é um treinador que despertou há muito os apetites de clubes tão recheados de ambições como de dinheiro e isso é o suficiente para colocar em causa as decisões agora tomadas pelo treinador. Por outro lado os resultados serão sempre o barómetro da relação que em boa hora já se estende desde o bendito dia de 4 de Março de 2020.


 

Isso leva-nos àquele que é o segundo ponto a destacar: Frederico Varandas não sucumbiu à tentação de partir para nova relação com outro técnico, apesar dos resultados não estarem a ser os esperados depois do forte investimento feito no inicio da época.

Com isso revela confiança no valor do treinador e convicção nas ideias que o motivaram a "descarregar o MBWay" para os lados do Bom-Jesus de Braga. E procura que a estabilidade que resulta da manutenção do triunvirato VVA (Varandas, Viana, Amorim) produza resultados. A tradição já não é a que era. Talvez não tenhamos chegado ao Natal como candidatos ao titulo, porque este agora é uma miragem muito longínqua. Mas não vamos baralhar e partir dar novo jogo. 

A decisão parece-me acertada e no sentido da defesa dos melhores interesses do Sporting. Sabemos bem onde nos trouxeram os permanentes recomeços, o rasgar dos projectos que quimericamente prometiam o paraíso em Alvalade poucos meses antes das convulsões imporem a sua lei.

A estabilidade nunca será sinónimo de estagnação. O valor de Rúben Amorim saciou-nos, depois de um longo jejum de títulos nacionais, acrescentando ainda uma Taça da Liga e uma Supertaça. O potencial rivaliza com a sua juventude. Mas é claro que é um treinador ainda em formação, o contrário é que seria de admirar: Amorim vai apenas com duas épocas completas. Os Sportinguistas percebem que há custos associados à aposta mas esperam e sentem que vale a pena pagar para ver.

A união do Sporting com Amorim é  "a fome que se junta com a vontade de comer". O clube ambiciona a regularidade na obtenção de títulos que a sua grandeza exige e o treinador quer naturalmente inscrever o seu nome o maior número de vezes em títulos conquistados. 

Cresceremos juntos.

terça-feira, 29 de novembro de 2022

Modalidades: semana muito movimentada


A semana das modalidades começou na passada terça-feira 22 na Croácia onde a equipa de andebol foi disputar a 3ª jornada da Liga Europeia da EHF com o Nexe, regressando com uma derrota por 31-32. Encontrámos pela frente uma equipa muito forte, que ao intervalo já vencia por 22-16. Os nossos leões foram lutando e resistindo e na 2ª parte conseguiram ir aproximando-se no marcador reduzindo a diferença tendo conseguido o empate a 30 segundos do fim. No entanto na última posse de bola os croatas conseguiram marcar a 4 segundos do fim e obtiveram a vitória. Apesar da derrota pensamos que foi brilhante o comportamento da nossa equipa e devemos salientar, mais uma vez, os irmãos Costa com Francisco a marcar 12 golos e Martim 10.

No domingo recebemos o FC Porto num encontro para a 10ª jornada do Campeonato Placard que terminou empatado a 29-29, com 11-11 ao intervalo. Foi um jogo muito equilibrado especialmente na segunda parte. Na primeira parte depois do equilíbrio inicial o Sporting conseguiu um avanço de cinco golos (10-5) mas os portistas responderam para chegarem ao empate ao intervalo. Na segunda parte os visitantes atacaram quase sempre com 7 jogadores de campo (sem guarda redes na baliza) e a nossa equipa teve muitas dificuldades a defender. Isto aliado a uma agressividade brutal da defesa portista, permitida pela arbitragem, originou que as diferenças no marcador sempre fossem mínimas. O Sporting a 10 segundos do fim conseguiu o seu 29º golo, mas depois de um time out pedido pelos visitantes, numa disputa de bola enrolados no chão os árbitros excluíram Salvador e marcaram livre de 7m contra nós, que foi transformado terminando o jogo empatado. Martim Costa com 11 golos foi o nosso melhor marcador.
A nossa equipa tem já esta terça-feira 29 mais um jogo para Liga Europeia da EHF, recebendo no PJR os húngaros do Balatonfüredi.

Já o Futsal leonino começou na quarta-feira 23 a disputar a Ronda de Elite da UEFA Futsal Champions League, na cidade italiana de Napoles, numa poule a quatro. Começámos por defrontar os sérvios do Loznica Grad que vencemos por 4-2, com 3-1 ao intervalo. Depois de termos começado a perder Diogo Santos fez o 1-1, Cavinato marcou o segundo e Sokolov bisou com os terceiro e quarto golos.

Na quinta-feira, na segunda jornada, defrontámos os ucranianos do Uragan, que também tinham vencido na jornada anterior. Começámos bem com golos de Hugo Neves e Tomás Paçó mas os ucranianos reduziram para 2-1 até ao intervalo e conseguiram o empate no início da segunda parte. Depois João Matos e Pany Varela marcaram para fazerem o 4-2 final.

No sábado defrontámos a equipa da casa, o Feldi Eboli, e vencemos por 5-0 com 1-0 ao intervalo. Golos distribuídos por cinco jogadores diferentes. Zicky Té marcou na 1ª parte, e na 2ª parte Cavinato, Miguel Ângelo, Diogo Santos e Sokolov contribuíram, cada um com um golo, para o resultado final, garantindo a vitória nesta Ronda de Elite.

Servia esta ronda para apurar uma única equipa para disputar a Fase Final da UEFA Futsal Champions League, a disputar em Maio e para onde também se apuraram as equipas do Benfica, os espanhóis do Palma Futsal e os belgas do Anderlecht. Na próxima quarta-feira 30, o futsal leonino receberá o Portimonense para a 8ª jornada da Liga Placard no Pavilhão dos Leões de Porto Salvo.

Já as leoas do Futsal receberam e venceram as Aguias de Santa Marta por 6-2, indo na quinta-feira 1 disputar a 10ª jornada da Liga Placard ao campo do Santa Luzia.

Também o basquetebol começou a semana na quarta-feira, recebendo os húngaros do Egis Kormend no PJR e vencendo por 89-84, num jogo muito equilibrado nos 1º e 2º quartos com as equipas a chegarem ao intervalo separadas por 2 pontos (36-38). No 3º quarto os húngaros dominaram completamente, chegando a estarem a vencer por 16 pontos, mas nos momentos finais reagimos alguma coisa indo para o quarto final a perder “apenas” por 10 pontos (58-68). As instruções de Pedro Nuno, e seus adjuntos, deram na interrupção entre quartos, acordaram os leões que conseguiram recuperar, e já nos minutos finais conseguiram passar para a frente no marcador, e acabámos por 5 pontos, diferença feita, fundamentalmente, graças ao aproveitamento de lances livres por DJ Fenner, o melhor marcador leonino no encontro com 21 pontos.

Na sexta-feira recebemos o CAB Madeira num jogo a contar para a 10ª jornada da Liga Betclic no PJR, e que vencemos por 72-68. Um jogo muito confuso, e mal jogado. O Sporting esteve praticamente sempre na frente mas, nos últimos segundos, os madeirenses se tivessem convertido um lançamento tentado teriam passado para a frente do marcador. Felizmente que não conseguiram e Travante ainda conseguiu, no derradeiro lance, aumentar a diferença no marcador. Travante e Lovett, ambos com 13 pontos foram os melhores marcadores da equipa.

No domingo voltámos ao PJR para receber o Benfica, num jogo respeitante à 1ª jornada da Liga Betclic, adiado devido à participação de ambos os clubes nas competições europeias, tendo saído derrotados por 78-89. O Sporting ao fazer o seu terceiro jogo em 5 dias, perante uma equipa altamente reforçada, equilibrou os dois primeiros quartos (23-25 e 23-21) chegando ao intervalo empatados a 46 pontos. O 3º quarto foi o quarto decisivo. O resultado deste quarto expressa bem o resultado final: 7-20. O cansaço acumulado e a falta de profundidade no plantel podem justificar os míseros 7 pontos obtidos no quarto. O 4º quarto voltou a ser equilibrado tendo vencido por 25-23, insuficientes para evitar a derrota final. Travante com 24 pontos voltou a ser o nosso melhor marcador.

No conjunto destes três jogos nota-se uma equipa cansada, onde a rotação dos jogadores não pode ser muito intensa, e onde se sente a falta de um poste forte, devido à saída de Radic, ainda não substituído e à ausência de Diogo Araújo e Tanner Omlid, ambos extremos, bons lançadores e bons ressaltadores, lesionados há algum tempo e que muita falta têm feito à equipa. Aliado aos três jogos em cinco dias, esta equipa volta a jogar esta quarta-feira 30 ao receber no PJR os finlandeses do Karhu Basket para a última jornada do nosso grupo da FIBA Europe Cup.

No nosso hóquei em patins, depois de mais de um mês de paragem, devido à disputa do Campeonato do Mundo, na Argentina, retomámos o Campeonato Placard com o jogo relativo à 6ª jornada, recebendo no PJR a Oliveirense tendo vencido por 5-4. Um jogo que começámos a perder (0-1) mas rapidamente recuperámos para o 3-1, chegando ao intervalo a vencer por 3-2. Na segunda parte chegámos aos 4-2, mas os visitantes recuperaram até aos 4-4, tendo Gonzalo Romero com um remate de longa distancia, marcado o seu terceiro golo no desafio, e posto o marcador em 5-4, que seria o resultado final. Nesta quarta-feira 30 os nossos hoquistas deslocam-se á pista do Famalicense para disputar o jogo respeitante à 7ª jornada do Campeonato Placard.

As nossas hoquistas receberam o Campo de Ourique e venceram por 4-3, com 2-0 ao intervalo. De salientar os 3 golos de Sofia Moncóvio. O próximo jogo será nesta quinta-feira 1 na pista do Massamá.

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Respeito

Honraremos sempre a memória dos que nos serviram com empenho e profissionalismo. Fernando Gomes passou pelo futebol e vai ficar no lugar que deixou porque são boas memórias que construiu à sua volta. Como executante de eleição, como profissional e como homem. Tanto assim é que tantos gostariam de ser como ele.

terça-feira, 22 de novembro de 2022

Pentacampeões, Campeões do Mundo, Campeões da Europa

O Sporting sagrou-se pentacampeão nacional de judo em equipas. Nas dez edições até agora disputadas este é o nono titulo. Julgo que fica tudo dito sobre a qualidade como a secção tem representado as nossas cores. Isto sem falarmos nos títulos individais e os alcançados ao serviço da selecção nacional.

Por falar em selecção nacional, Diogo Abreu, Pedro Ferreira, Lucas Santos e Ruben Tavares conquistaram a medalha de ouro por equipas em Trampolim Individual, nos Campeonatos do Mundo de Ginástica, na Bulgária. Um titulo mundial pintado a verde e branco e que parece ter passado despercebido à generalidade dos média, incluindo os jornais desportivos. Um titulo mundial tem que ter pelo menos honra de capa.

Por falar em campeões nota para o titulo europeu de André Santos, conquistando a medalha de ouro na categoria low kick -67kg do Campeonato da Europa de Kickboxing da WAKO, que decorreu em Antalya, na Turquia. Além de André Santos o seu irmão Tiago arrecadou uma medalha de prata e Hugo Estrela, na modalidade de full contact -51kg, trouxe o bronze consigo.



 

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

A justiça desportiva não é cega

Três episódios com desfecho recente mas sempre com o mesmo sentido:

TAD dá como provado que Hugo Viana não agrediu Pepe e contraria relatório de João Pinheiro. Tribunal viu imagens do FC Porto-Sporting de 11 de fevereiro e concluiu que a descrição do árbitro João Pinheiro falseou os factos.

Pergunta: e que consequências vai haver para João Pinheiro?

Um minuto a mais no WC custou 3.876 euros a Adán: Recurso do Sporting segue para o TAD. A multa é relativa a atraso na superflash após o jogo com o Santa Clara a 8 de outubro. 

Pepe foi absolvido dos insultos proferidos reiteradamente no jogo de 20 Agosto passado. O argumento usado é que de que "os lances em causa foram observados e avaliados pelos elementos da equipa de arbitragem, pelo que o CD não dispõe de poderes para sobre eles se pronunciar. " Ou seja o árbitro viu e ouviu mas nada fez. Recorde-se que este mesmo CD que no início do ano decidiu "julgar procedente a acusação" contra Nuno Santos, por alegados insultos a outro jogador, condenando-o a um jogo de suspensão e multa.

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Frederico Varandas, 360


 O momento 

Ao contrário do que vinha sendo exigido por um cada vez maior número de vozes, especialmente após os muitos maus resultados,  este - o da paragem do campeonato - parecia-me o momento adequado para falar e era o que me parece estar dentro daquilo que é o estilo low profile que Frederico Varandas adoptou.

A performance

Esta foi talvez a melhor performance até agora num momento em que reconhecidamente não é a sua praia. Denota evolução, foi mais assertivo e voltou a abordar de forma directa e corajosa assuntos delicados, como  a relação com as claques, com os rivais, a selecção, por exemplo. Ainda que não se possa não concordar com as ideias, isso ninguém lhe pode negar e infelizmente é raro ou até inédito no futebol português, chamar "os bois pelos nomes".

Os temas

Amorim

Terá posto fim às teorias da conspiração relativamente ao relacionamento entre os três homens do futebol. "Boa relação profissional e pessoal", "conversas diárias", etc, deitam por terra a ideia do "fazer a cama ao Amorim" e outras que se viram a circular. Relativamente ao treinador disse o que eu queria ouvir e que é até o que me parece ser o anseio de uma enorme falange de adeptos, cuja convicção nos méritos de Amorim não se esgotou, apesar dos resultados e até de algumas decisões questionáveis. E não caiu no "Amorim Forever" porque é óbvio que isso não vai acontecer, há grandes desafios à sua espera. Os comentários que vi sobre a "ida para um grande" foram descontextualizados de forma desonesta, mas também aqui não há novidades...

Cristiano 

Da parte que toca ao Sporting não haverá novela, ficou liminarmente explicito. Destruiu mais uma teoria da conspiração que cobardemente visou Amorim semanas a fio, tentando fomentar a ideia de boicote do treinador ao regresso de Cristiano. Ronaldo é um símbolo do Sporting e a relação entre clube e jogador existe. O futuro, deixou sub-entendido, não tem que passar pela presença dele como jogador.

Fernando Santos / Selecção Nacional 

Devo começar por dizer que compreendo a não convocação do Inácio e do Pote, revendo-me naquilo que Rúben Amorim disse a propósito. O momento da equipa não ajudou em nada a promover as suas candidaturas. No mais Frederico Varandas não podia ser mais explicito relativamente ao "mistério" que é a dificuldade de uns em aceder à seleçcão quando estão nuns clubes e a facilidade que se torna mudando . Faltou dizer, porque é importante, o peso que isso assume na concorrência entre clubes na hora de contratar.

Arbitragem

O João Pinheiro ainda deve estar a abanar. Certeiro. Como foi certeiro relativamente à aparente paz que se vive na arbitragem. O povo, algum dele, está feliz...

Resultados 

Disse o que é possível dizer relativamente à desilusão que tem sido o nosso campeonato, sem entrar em matéria que é de todo desaconselhado debater na praça publica. Porque, como é evidente, o azar com lesões traumáticas é um facto e é impossível de prever ou evitar. Porém, perder com o Chaves, Varzim, Arouca sem marcar um golo não se explica só com azar. Até porque quando o azar é muito talvez seja melhor procurar explicações para lá da sorte.

Matheus Nunes

A explicação para a venda falhou alguns items, como  o timing da venda, porque foi abaixo da cláusula, porque se vendeu Tabata para não vender mais ninguém e depois... A justificação da necessidade de vender é óbvia.

Claques

Falou sobretudo da Juve Leo. É claro que Varandas tem um problema no relacionamento com os adeptos pelo estilo que escolheu. No caso particular com as claques, o inicio do mandato foi particularmente atribulado e apesar de ter parecido no inicio desta época que se poderia entrar numa nova era, esse momento nunca aconteceu. Julgo que aqui tem faltado quem possa mediar este conflito e fazer aproximar as partes para um entendimento mínimo, que permita uma coexistência menos atormentada, sobretudo no interesse do Sporting. Varandas marcou pontos relativamente Mustafa, dizendo o que todos acham mas ninguém tem coragem de afirmar.

Modalidades

Varandas falou na necessidade da existência de formação também nas modalidades, mas sabemos bem que em algumas esta nunca cumprirá resultados mínimos para obter resultados competitivos. Como também sabemos bem, os rivais têm mais meios e até estratégias diferentes, como é o caso do FCP, que elegeu apenas algumas modalidades para a alta competição. Não era este o local para o assunto ir até ao osso, mas continua a faltar ao Sporting a definição clara de uma estratégia que nos permita manter o ecletismo e ainda assim manter a competitividade das equipas que nos representam em níveis de acordo com a ambição que o nome do Sporting obriga sempre.

terça-feira, 15 de novembro de 2022

Modalidades: fim-de-semana tranquilo

Autor: 8

Este foi um fim de semana com menos actividade no que às principais modalidades diz respeito devido à interrupção dos campeonatos de hóquei e de basquetebol devido aos compromissos das respectivas selecções.

Quem começou a semana foi a equipa de voleibol que, na quarta-feira, que se deslocou à Estónia para defrontar o Pärnu para a 1ª mão dos 1/16 avos da CEV Challenger Cup, donde regressou com uma vitória por 3-0, com os parciais de 25-17, 25-12 e 25-14. Uma vitória fácil perante um adversário frágil.

Depois de uma viagem complicada, regressados a casa recebemos, no sábado, o SC das Caldas e vencemos por 3-1, com os parciais por 25-20, 25-18, 22-25 e 25-16. Jogo mais equilibrado do que o da Estónia, mas que, tirando o 3º set, os nossos jogadores sempre conseguiram controlar o marcador. Este jogo ainda foi orientado por Afonso Seixas, apesar do Clube ter anunciado na quinta-feira João Coelho como o novo treinador do voleibol masculino do nosso Clube.

Na próxima quarta-feira 16 teremos a 2ª mão da eliminatória da CEV Challenger Cup com a recepção ao Pärnu, no PJR pelas 19:30, esperemos que seja para confirmar a nossa superioridade.

Já a equipa feminina esteve este fim de semana no Minho. No sábado visitámos o Vitória SC de onde saímos com uma derrota por 3-0, com os parciais algo desequilibrados de 16-25, 20-25 e 18-25. Domingo fomos a Braga defrontar o Sporting local, de onde regressámos com uma vitória por 3-0 (25-22, 25-15 e 25-23) num jogo mais equilibrado mas onde as nossas meninas souberam controlar, e vencer, os sets.


A equipa de andebol recebeu e venceu o Póvoa AC por 32-22. Jogo que começou equilibrado de tal modo que a meio da 1ª parte os visitantes venciam por 7-8, o que obrigou os leões a reagir o que fez com que ao intervalo já vencêssemos por 15-12. Numa 2ª parte algo quizilenta, e com uma arbitragem muito parcial em nosso desfavor, fomos dilatando o marcador mesmo tendo 3 baixas: Edmilson expulso a 26 minutos do final, quase de seguida Natan saiu lesionado,
tendo abandonado o campo nos braços dos companheiros não voltando ao jogo, e a meio desta parte Kiko também foi expulso por resposta a uma agressão de um adversário. Mesmo com estas baixas a diferença foi aumentando atingindo-se o final com 10 golos de diferença. Gassama com 7 golos e Martim Costa com 6 foram os nossos melhores marcadores. O próximo jogo será no sábado 19 em Braga com o ABC.

Já a equipa de futsal fez a alegria de todos os anti-sportinguistas. Perdeu. Num jogo em que a sorte sempre nos virou as costas depois de estarmos a vencer por 2-0 acabámos por perder por 2-3, com o golo da derrota a ser sofrido a 8 segundos do fim. Começámos bem, com o jogo controlado e já perto do intervalo Cavinato fez o golo com que atingimos o intervalo. Logo no início da segunda parte Neves conseguiu o 2-0. A partir dai o Braga tentou reagir passando a jogar bastante com o guarda redes avançado, que a defender esteve excepcional, e foi com um remate dele, que depois de ressaltar em Pauleta, o Braga chegou ao primeiro golo. Continuámos a tentar aumentar a vantagem jogando também Guita no meio campo adversário. E uma perda de bola no ataque originou um lançamento para a nossa baliza deserta que permitiu o empate. E depois de mais golos quase feitos falhados da nossa parte, um potente remate de longe, a 8 segundos do fim, permitiu ao Braga vencer o jogo.

Também a nossa equipa feminina de futsal jogou recebendo o Povoense e tendo vencido por 5-1, com 3-0 ao intervalo. Debora Queiroz voltou a ser a nossa melhor marcadora com 2 golos. Na próxima jornada as nossas meninas vão a Coimbra jogar com a Academica.

segunda-feira, 14 de novembro de 2022

Do dilúvio de golos falhados para acabar a tremer


A noite de inverno antecipado em Famalicão acabou com mais três pontos importantes arrecadados para o tão necessitado cofre o Leão. Uma vitória mais do que justa, pelo que as equipas fizeram em campo, mas uma vitória à Sporting: do esbanjamento de oportunidades clarinhas com a água que caia dos céus da primeira parte até ao final de "valha-nos Nª Srª dos Aflitos"  da segunda. E, para não fugir ao guião da época, mais um golo fortuito, resultante de uma tabela que engana Adán e foge até ao interior da baliza, a contribui para a agonia final.

O intervalo no campeonato vem mesmo a calhar. É tempo de lavar a alma, respirar fundo e repensar sem "envelopes fechados" praticamente tudo. O bom futebol acontece a espaços mas rapidamente alterna para uma fragilidade evidente e confrangedora para a qual contribui seguramente o enorme volume de golos falhados de forma quase infantil. Este Sporting é uma equipa demasiado exposta, demasiado insegura e que tem sido pouco eficaz. Mesmo quando marca mais do que um golo, fica a dever si mesmo quase sempre outros tantos ou até mais. E isso tem significado uma factura pesada em resultados adversos e no lugar na tabela.

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

É preciso Catar para ver Sporting na selecção de Santos


A ausência de jogadores do Sporting na convocatória para uma fase final de um campeonato do Mundo é inédita mas não é surpreendente. Neste momento não há nenhum jogador português do nosso plantel que viva um momento de forma que o torne num indiscutível na lista de Fernando Santos. O mesmo não quer dizer que Gonçalo Inácio, Pote ou até o sempre ignorado Nuno Santos fariam pior que alguns que têm bilhete para o Catar. 

Se aceita, por isso, o critério do seleccionador nesta convocatória, já não se percebe porque ignorou Inácio na época do título e adoptou o mesmo comportamento relativamente a Pote, o melhor marcador do campeonato. Mas talvez mais intrigante seja o que aconteceu com João Mário, a quem bastou mudar para o outro lado da estrada para voltar a ser convocado.

Há quem entenda que, para o actual momento, o melhor que poderia acontecer  ao Sporting é que os jogadores portugueses permaneçam em Alcochete para uma espécie de "reset" à época, aproveitando a paragem do campeonato. À falta de alternativa melhor, que assim suceda. Porém a mensagem que fica é que para quem joga no Sporting é que as portas da selecção são muito mais difíceis de abrir do que para outros de outras origens e ainda que se apresentem na pré-reforma e ainda a coxear, como é o caso de Pepe.

A representação leonina deverá ser assegurada por Morita, Ugarte, Coates e Fatawu. Para ver Sporting na selecção de Santos é preciso catar até às suas origens. Não são dois ou três, como ontem, num canal um jornalista (!) se preparava para comentar, mas sim 8: Rui Patrício, William, Rafael Leão, Ronaldo, João Mário, Matheus, Nunes Nuno Mendes, Palhinha.

terça-feira, 8 de novembro de 2022

A próxima eliminatória da LE traz saudades de Jardel & Cia


O encontro do play-off da Liga Europa traz um regresso à Dinamarca, a casa do Midtjylland e saudades de Jardel. A única vez que os dois clubes se encontraram até hoje foi no fatídico dia de 11 de Setembro de 2001. Enquanto o mundo assistia estupefacto à queda das torres gémeas em Nova Iorque a equipa do Sporting levantava para um voo estratosférico, que terminaria com a aterragem no Marquês e o titulo do campeonato 2001-2002 gravado no coração.

O pão nosso de cada dia foi-nos dado frequentemente por Jardel. No jogo na Dinamarca apontaria o primeiro golo europeu de verde e branco, num total 55 golos em 42 jogos nessa época. O João Pinto era o seu escudeiro-mor, o André Cruz ainda apontava livres para o Baía ver passar, o Hugo Viana e o Quaresma eram uns meninos, Pedro Barbosa ainda oferecia croissants em slalons, Tiago era um dos guarda-redes, hoje um dos treinadores, o Niculae ainda não se tinha lesionado e o Sá Pinto ainda não tinha ido ao Jamor ...

Talvez o Midtjylland fosse o adversário mais desejado nesta altura da prova. Mas esta é a equipa que em Setembro "espetou" cinco  à Lázio e terminou o grupo de apuramento com os mesmos pontos do vencedor Feyenoord. Isto apesar de, na competição caseira, estar a fazer um campeonato abaixo das expectativas. Mas isso também nós, não é?

Daí que esta seja uma eliminatória que não trará qualquer glória, porque "estamos obrigados" a passar - seja lá o que isso for em futebol... - e, havendo algum descuido, estaremos condenados a sofrer um doloroso dissabor. Vale a pena lembrar que os jogos se disputarão a 16 de Fevereiro em Alvalade e a 23 na Dinamarca. O frio, por isso, pode ser um factor a ter em conta.

segunda-feira, 7 de novembro de 2022

Modalidades quatro jogos, quatro vitórias

autor:8

ANDEBOL
 
Quem começou a semana, no que às modalidades diz respeito, foi a equipa de andebol que, na terça-feira, se deslocou à Catalunha para defrontar o Granollers para a 2ª jornada da Liga Europeia da EHF, donde regressou com uma derrota por 29-32, perante uma equipa tradicionalmente muito forte do andebol espanhol. O jogo começou equilibrado até meio da 1ª parte, mas até ao intervalo os espanhóis abriram para uma diferença de 5 golos (17-12). Na 2ª parte a nossa equipa esteve bem melhor, tendo reduzido a diferença no marcador para os 3 golos no final. O capitão Salvador foi o nosso melhor marcador com 7 golos. A 3ª jornada só se disputa a 22 de Novembro indo à Croácia defrontar o Nexe que actualmente ocupa a primeira posição da tabela, juntamente com o Granollers, ambos com duas vitórias.
 
No sábado, a contar para a 7ª jornada do Campeonato Placard, deslocaram-se os nossos andebolistas a Santo Tirso para defrontar o GC Santo Tirso. Um jogo onde começou muito mal, não percebemos se por confiança excessiva, causando um certo relaxamento, se por algum cansaço devido ao desgaste do jogo a meio da semana bem como as respectivas viagens. Uma coisa é certa: o Sporting só conseguiu o seu primeiro golo quando já havia 10 minutos de jogo e perdia por 3-0. De qualquer modo as coisas melhoraram e já chegámos ao intervalo a vencer por 15-10. Uma segunda parte também algo incaracterística, se tínhamos vencido a primeira parte por 5 golos vencemos a segunda por 6 (19-13), o que permitiu os 34-23 finais. Kiko com 10 golos foi o nosso melhor marcador. Na próxima jornada receberemos no próximo sábado 12 no PJR o Póvoa.


 BASQUETEBOL

A nossa equipa de basquetebol iniciou a semana na quarta-feira indo até à Polonia defrontar, e vencer o Wloclawek por 85-73, no jogo respeitante à 4ª jornada do nosso grupo da FIBA Europe Cup, primeira da segunda volta. Defrontámos uma equipa que tinha ganho no PJR por 24 pontos de diferença. Só conseguimos vencer por metade (12 pontos), mas chegámos a estar lá perto, a cerca de 3 minutos do final do terceiro quarto vencíamos por 23 pontos (69-46), mas uma má entrada no último quarto, cinco pontos nos primeiros 8 minutos, originou uma perigosa aproximação dos polacos que a 48 segundos do final já tinham reduzido para 7 pontos a diferença (80-73). Aí os polacos “pararam” e nós ainda conseguimos marcar 5 pontos. Fenner com 23 pontos e Lovett com 19 foram os nossos melhores marcadores.Com este resultado o Sporting fica com os mesmos pontos do Wloclawek mas em desvantagem no confronto directo. Faltam duas jornadas para tentarmos conseguir o apuramento para a próxima fase da FIBA Europe Cup, ambas a serem disputadas no PJR, na segunda quinzena de Novembro. Tenhamos fé!

No sábado regressámos à Liga Betclic para no PJR defrontarmos o Lusitânia, num jogo que aparentava ser mais fácil do que realmente aconteceu. Começou bem a nossa equipa com um parcial de 32-19 no primeiro quarto, diferença de pontos fundamental para a vitória no desafio. O segundo quarto foi equilibrado tendo os açorianos reduzido a diferença pontual com que se chegou ao intervalo (39-47). Já no terceiro quarto a percentagem de lançamentos do Lusitânia permitiu-lhe uma aproximação perigosa com o terceiro quarto a terminarmos apenas com 3 pontos de vantagem (70-67). O quarto período começou uma serie de 6-0 para o Sporting seguido por um 0-8 que fez com que os nossos adversários passassem, pela primeira e única vez, para o comando do marcador a menos de 4 minutos do encontro (76-78). Nesta altura do jogo os leões acordaram e fizeram um 10-0, com 6 pontos de DJ Fenner, que resolveram o jogo, que terminou com um 90-83. Lovett com 18 pontos foi, mais uma vez, o melhor marcador.


VOLEIBOL

O voleibol também iniciou a sua semana de jogos na passada terça-feira indo defrontar fora de casa a AA Espinho, de onde regressou com uma vitória por 3-0, mas com uns parciais muito equilibrados (25-23, 25-21 e 25-23). Uma deslocação difícil onde os leões estiveram bem.

Já no sábado deslocámo-nos a Viana do Castelo onde obtivemos outra vitória por 3-0, mas com uns parciais menos equilibrados (25-15, 25-21 e 25-19). Esta foi a terceira vitória seguida da nossa equipa, após Afonso Seixas ter assumido a sua liderança. Na próxima quarta-feira dia 9 irão os leões do voleibol até à Estónia para defrontarem o Pärnu no jogo da 1ª mão dos 16 avos da CEV Challenger Cup.

A equipa feminina de voleibol do Sporting recebeu no PJR o Boavista, um clube com muita tradição na modalidade mas actualmente com uma equipa em formação, muito jovem. Vitória fácil por 3-0 (25-9, 25-11 e 25-12) mas onde a nossa equipa não facilitou. Facilitar em jogos mais fáceis é faltar ao respeito ao trabalho que se faz durante a semana e também à equipa adversária. No próximo sábado 12 as nossas meninas deslocam-se a Guimarães para defrontarem o Vitória local.


FUTSAL

O futsal leonino deslocou-se a Guimarães para defrontar o Candoso no regresso à Liga Placard. Um jogo sempre dominado pelo Sporting, rodando muito a equipa e fazendo descansar alguns jogadores mais utilizados, onde aos 12 minutos já ganhávamos por 2-0, mas um golo fortuito do Candoso fez o resultado ao intervalo 2-1. Uma segunda parte sempre controlada e onde fomos mais concretizadores e obtemos mais 3 golos sem resposta. Cavinato com 2 golos foi o melhor marcador da nossa equipa.

Já a equipa feminina de futsal também começou a semana na terça-feira recebendo o Feijó terminando o jogo com um empate 1-1. Já no passado sábado foi a casa do Quinta dos Lombos vencer por 9-0, com 4 golos de Debora Queiroz. No próximo jogo as meninas recebem o Povoense no sábado 12.

quarta-feira, 2 de novembro de 2022

A queda do cavalo dos Campeões para o burro da Liga Europa


A sensação de que qualquer decisão final sobre a classificação final do grupo do Sporting seria possível foi amplamente confirmada ontem pela sequência dos eventos: todos podiam ter sido apurados, quase todos poderiam cair fora das competições europeias. O Sporting esteve "em todos os lados", do primeiro ao último, acabando classificado para Liga Europa já quase com os jogadores a tomar banho.

Começando pelo fim, esta qualificação sabe a muito pouco, quase nada, depois do brilhante começo. Acabamos a fazer o caminho inverso do ano passado, e andar de burro em público depois de ter andado a cavalo não é propriamente um grande incentivo para o amor próprio. Mas há que, depois desta caída do cavalo, por-se novamente a pé, limpar o pó e continuar o caminho. Que pode e deve ser aproveitado para fazer crescer jogadores, quase todos eles de folhas quase virginais no que diz respeito a carimbos de Liga dos Campeões. Pior seria ficar de fora. Para a nossa actual realidade, especialmente da época em curso, a Liga Europa talvez até seja a competição adequada.

Sei que dizer isto estou a convocar "os exigentes", que são a nossa espécie de "terraplanistas", sabem tudo e o seu contrário, falam de uma realidade que ninguém vivo conhece  - a dum Sporting vencedor nas competições europeias, e até internas - só não dizem onde e quando o Sporting fez melhor do que nos últimos dois anos, de forma sustentada. 

Sobre o jogo de ontem há muito pouco a dizer. 

Houve um jogo até ao penalty inventado por uma equipa de arbitragem que pareceu vir articulada com um desígnio: espalhar cascas de bananas no caminho da nossa qualificação e empurrar os alemães. Nada de novo. É um "azar dos Távoras" que nos sucede sempre que encontramos os alemães em jogos decisivos. Invenção complementada com a uma expulsão perdoada, ainda com as equipas empatadas. O árbitro trouxe os alemães para o jogo, quando até ali pouco tinham feito para terem a "sorte" que tiveram.

Quando uma arbitragem erra apenas para um dos lados não preciso de um desenho para perceber o que se está a passar. Para mim o momento em que fica claro ao que vinha este esloveno foi a falta sobre o Paulinho, quando ele tinha acabado de ultrapassar um central e ficava numa posição privilegiada.O árbitro está bem colocado, não valida a falta  e cartão amarelo respectivo porque não quer. O penalty é do VAR. Ou seja, houve um trabalho de equipa que começou na nomeação. A UEFA prefere o Eintracht, levam milhares a todo o lado, são alemães, não são morenos nem pobres, são titulares da Liga Europa.

Outro jogo começou depois do empate. Aí veio ao de cima mais do que os erros de preparação da época as lesões de Ugarte e Nuno Santos. Com eles em campo o Sporting poderia ter respondido de outra forma. Ou talvez não. A minha dúvida reside na manutenção da opção por dois médios, que já o ano passado nos deixaram quase sem reacção com o Ajax e City e na segunda volta com  SLB e FCP (especialmente no jogo da Taça). Com Pote já a juntar os cacos e com Essugo é que seguramente não. Mas essa questão não se pôs com os com o Tottenham, por exemplo. Fica a questão para os "exigentes".

Ainda assim há que convir que ontem precisámos do Paulinho a fazer o que tão bem sabe - ligar o jogo - mas não foi feliz e mereceu atenção redobrada dos alemães, demonstrando reconhecimento da sua importância no nosso jogo. Precisámos do brilho de Edwards cuja lâmpada genial não se acendeu. E de uma equipa mais confiante em si mesma, o que, sabemos bem, não está a suceder.

Sobre Amorim, o planeamento da época, etc, falaremos depois. Neste momento parece-me mais adequado respirar duas vezes antes de dizer muito mais do que já foi dito.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 113 anos (1) 117 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 1ª volta Liga Zon/Sagres 21/22 (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 22/23 (2) 1ª volta Liga Zon/Sagres 23/24 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 40anosdisto (4) 8 (44) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (18) Académica-SCP (1) ACarlos Xavier (1) Acuña (2) Adan (2) Adán (5) adeptos (99) Adrien (19) AdT (1) adversários (86) AFLisboa (2) AG (26) AG destitutiva (4) AG15/12 (2) AG2906 (2) Alan Ruiz (2) Alcochete 2018 (4) Alexander Ellis (1) alma leonina (61) ambição (10) andebol (47) andebol 22/23 (1) André Geraldes (3) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (8) antevisão (41) Antunes (3) APAF (14) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (86) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (6) aquisições 2020/21 (1) aquisições 2023/24 (1) arbitragem (104) Associação de Basquetebol (8) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (9) auditoria (5) auditoria2019 (1) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (8) basquetebol (11) basquetebol 22/23 (2) Bastidores (80) Batota (22) Battaglia (2) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) blogosfera (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borja (1) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Bragança (3) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Brunismo (1) Bruno Carvalho (109) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (14) Bruno Fernandes (8) Bruno Martins (21) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) camisola (1) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos (1) campeonatos europeus atletismo (3) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) Cardinal (2) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carlos Vieira (1) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (8) castigo máximo (1) CD FPF (2) CD Liga (4) Cedric (7) Centralização direitos (1) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Chermiti (2) chumbo (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (11) clássico 19/20 (1) clássico 22/23 (2) clássicos (11) Coates (5) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (70) Comunicação Social (22) comunicados (1) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (6) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) covid19 (1) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) crise 2018 (38) Cristiano Ronaldo (4) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) Dar Futuro ao Sporting (1) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (45) Derby 2016/17 (1) Derby 2018/19 (2) Derby 2020/21 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) Diomande (1) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (29) disciplina (7) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (4) Doyen (4) Duarte Gomes (2) e-toupeira (1) Ecletismo (80) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) Edwards (2) Eintracht (2) eleições (20) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) eleições2018 (6) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (5) entrevistas (68) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) época 18/19 (2) época 19/20 (1) época 20/21 (3) época 22/23 (18) época 23/24 (2) EquipaB (18) equipamentos (13) Eric Dier (8) Erick (1) Esgaio (1) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (8) Estórias do futebol português (8) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) etoupeira (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) Fatawu (1) fcp (12) FCPorto (11) Fedal (3) Feddal (2) Feirense (1) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (29) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (94) FPF (16) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Franco Israel (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (10) futebol de praia (1) futebol feminino (5) futebol formação (3) futebol internacional (1) Futre (2) Futre és um palhaço (4) futsal (43) futsal 10/11 (1) futsal 21/22 (4) futuro (10) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (30) Gamebox (4) Gauld (5) Gelson (4) Gent (1) geração academia (2) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (4) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Gonçalo Inácio (3) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Gyokeres (4) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Hjulmand (1) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (18) Hóquei em Patins 22/23 (1) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (5) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) idzabela (4) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (6) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (6) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (2) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jordão (1) Jorge Jesus (47) Jorge Mendes (3) jornada 5 (1) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) Jovane (5) JPDB (1) Jubas (1) Judas (1) judo (7) Juniores (7) JVL (105) Keizer (12) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga (2) Liga 14/15 (35) Liga 22/23 (13) Liga 23/24 (7) Liga Bwin (1) Liga Campeões 22/23 (4) Liga de Clubes (16) liga dos campeões (13) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga dos Campeões 2022/23 (3) Liga dos Campeões Futsal 2018/19 (2) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa 17/18 (1) Liga Europa 18/19 (5) Liga Europa 19/20 (3) Liga Europa 20/21 (1) Liga Europa 2024 (1) Liga Europa 22/23 (5) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (20) Liga NOS 18/19 (15) Liga NOS 19/20 (14) Liga NOS 20/21 (8) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luis Magalhães (2) Luís Martins (1) Luiz Phellype (3) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (8) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Mariana Cabral (1) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Marta (1) Matheus Nunes (2) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mathieu (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Max (1) Meli (1) Memória (11) mentiras (1) mercado (48) mercado 22/23 (19) mercado 23/24 (1) Meszaros (1) Miguel Afonso (1) Miguel Cal (1) Miguel Lopes (1) Miguel Maia (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (77) modelo (3) modlidades (4) Moniz Pereira (7) Montero (8) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (6) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (2) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (8) Nuno Mendes (3) Nuno Santos (6) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O FIM (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (5) orçamento clube 15/16 (1) orçamento clube 19/20 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) Palhinha (2) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) Patrícia Morais (1) património (2) patrocínios (6) Paulinho (6) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (12) Pavilhão João Rocha (1) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Gonçalves (3) Pedro Madeira Rodrigues (4) Pedro Marques (2) Pedro Mendes (6) Pedro Proença (1) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peseiro (6) Peyroteo (3) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) plantel 23/24 (1) Plata (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (4) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) Porro (4) Portimonense (1) post conjunto (5) Postiga (7) Pote (2) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) pré-época 18/19 (1) pré-época 19/20 (7) pré-época 20/21 (6) pré-época 22/23 (7) pré-época 23/24 (1) prémio (1) prémios stromp (1) presidência (2) presidente (5) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) Rafael Leão (1) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (18) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (14) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (2) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) rescisões (3) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (7) revista da semana (6) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (3) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (8) Rochinha (1) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Ruben Amorim (18) Ruben Ribeiro (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (28) Salema (1) sarabia (2) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (42) seleccionador nacional (9) Semedo (1) SerSporting (1) sessões de esclarecimento (1) Shikabala (2) Silas (6) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (23) Slimani (13) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (19) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sotiris (1) Sousa Cintra (4) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporar (3) Sporting (2) Sporting Campeão (1) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (3) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) St. Juste (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Summit (1) Sunil Chhetri (1) Supertaça (4) Supertaça 19/20 (1) Supertaça futsal 2022 (1) sustentabilidade (1) sustentabilidade financeira (46) Tabata (1) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (3) Taça da Liga 18/19 (1) Taça da Liga 19/20 (1) Taça da Liga 20/21 (1) Taça da Liga 2022/23 (1) Taça da Liga 22/23 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (6) Taça de Portugal 18/19 (3) Taça de Portugal feminina (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (3) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tiago Fernandes (1) Tiago Tomás (2) Tio Patinhas (4) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (95) treino (5) treinos em Alvalade (1) Trincão (2) triplete (1) troféu 5 violinos (7) TV Sporting (6) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (5) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) VAR (5) Varandas (26) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (8) video-arbitro (9) Vietto (2) Villas Boas (8) Vinagre (1) Viola (1) violência (1) Virgílio (100) Virgílio1 (1) visão estratégica (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (8) voleibol (3) voleibol 22/23 (1) Vox Pop (2) voz dos leitores (1) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)