terça-feira, 31 de maio de 2022

Nuno Mendes: agora é definitivo


A transferência de Nuno Mendes está confirmada pelo Sporting junto da CMVM. 

Pode ler o comunicado na íntegra: 

«A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD (adiante Sporting SAD ou Sociedade) informa, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 17.º do Regulamento (UE) n.º 596/2014, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 16 de Abril, que, no âmbito do disposto no contrato de cedência temporária celebrado em 31 de Agosto de 2021 entre a Sporting SAD e o Paris Saint-Germain Football Club, ao abrigo do qual o jogador Nuno Alexandre Tavares Mendes (Nuno Mendes) havia sido cedido ao clube francês, até ao final da presente época desportiva, pelo montante de €7.000.000,00 (sete milhões de euros), a Sporting SAD foi notificada do exercício do direito de opção pelo Paris Saint-Germain, tendo em vista a cedência do referido jogador a título definitivo. Em consequência do exposto são, definitivamente, transferidos para o Paris Saint-Germain os direitos de inscrição desportiva do jogador Nuno Mendes, com efeitos a partir do dia 01 de Julho de 2022, pelo montante fixo de €38.000.000,00 (trinta e oito milhões de euros), a pagar à Sporting SAD nos termos e prazos previstos no identificado contrato. Mais se informa que os encargos com os serviços de intermediação relativos à mencionada transferência ascendem a €3.800.000,00 (três milhões e oitocentos mil euros).
Lisboa, 31 de Maio de 2022.

Este terá sido, provavelmente, um dos melhores negócios de sempre do Sporting. Do ponto de vista financeiro, fica sempre aquele sabor agridoce de ver partir um menino da casa e todo o dinheiro parece pouco. Então no caso do Nuno Mendes esse sentimento é ainda maior, por se tratar de um menino com um trajecto longo e exemplar . 

Do ponto de vista desportivo há duas faces para a mesma moeda que esta venda representou: 

  1. Tal como se esperava, a sua substituição não foi totalmente pacifica. Vinagre, que veio para herdar o seu lugar, não se adaptou, deixando muitas dúvidas em muitos adeptos. E o seu custo é significativo... Nuno Santos e Matheus Reis fizeram o lugar mas o primeiro, apesar da entrega, revela algumas dificuldades a defender e o segundo destacou-se a central, onde a sua qualidade a sair a jogar surpreendeu muita gente.
  2. Porém a presença de Sarabia foi a descoberta da época e equilibrou os pratos na balança. Um jogador de qualidade superlativa para o nosso campeonatozinho. Acabou como o goleador da equipa, com 21 golos e 8 assistências.

Pudessemos nós realizar muitos mais e mais assiduamente negócios destes .

As modalidades aproximam-se das decisões

 
 Mais uma semana em que se houve resultados menos bons também houve outros muito bons.

Começando pelos resultados menos bons temos de começar pelo basquetebol. Afastando desde logo tudo de revoltante que foi acontecendo nos últimos jogos da época, a derrota no terceiro jogo da meia-final do campeonato ditou a nossa eliminação da prova e o fim da época para a equipa sénior, campeã nacional em título. O treinador Luís Magalhães, em declarações no fim do jogo, despediu-se e deixou bem claras algumas razões do seu abandono, não só do Clube mas também da modalidade.

O futsal masculino visitou o FC Azeméis, e num jogo muito difícil, saiu vencedor por 3-0, iniciando bem os quartos-de-final da Liga, que continuam no Pavilhão João Rocha no próximo sábado. Esta equipa merece toda a nossa confiança e apoio. Já a equipa feminina, nas meias-finais do playoff do campeonato, apesar de todo o esforço das nossas jogadoras, foi derrotada pelo GCR Nun’Alvares, recente vencedora da Taça de Portugal da categoria. Confiemos no desempenho das nossas leoas no próximo sábado em Fafe, para tentar inverter o resultado.

Já o andebol também se aproxima do fim do campeonato tendo ido vencer no sempre difícil Pavilhão da Horta, o Sporting local por 27-36, chegando agora à última jornada com o Póvoa AC no próximo sábado no PJR, tudo indicando que iremos terminar o campeonato do 2º lugar. No fim-de-semana seguinte (sábado 11) iremos defrontar o Benfica nas meias-finais da Taça de Portugal, no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos.

O hóquei em patins começou no passado domingo as meias-finais do campeonato no PJR num jogo disputadíssimo com o Benfica, onde estivemos por duas vezes em desvantagem e só conseguimos empatar a dois minutos do fim do encontro, conseguindo o prolongamento. Fomos superiores durante quase todo o encontro mas com alguma infelicidade a acompanhar-nos. Só bolas nos ferros da baliza encarnada foram 4 em remates indefensáveis, além de um golo inexplicavelmente anulado por um árbitro. No prolongamento ambas as equipas foram muito cautelosas o que originou a ida para penalties. Aí brilharam Ângelo Girão que em sete grandes penalidades só foi batido uma vez, e Gonzalo Romero que converteu as duas oportunidades que teve de marcar. Sendo estas meias-finais disputadas à melhor de 5, iremos disputar o jogo 2 no Pavilhão da Luz no próximo sábado, estando o jogo 3 marcado para terça-feira dia 7 pelas 20:00, no PJR. Coragem Leões!

Para finalizar temos de comemorar mais uma taça para o nosso Museu. A Taça de Portugal de futebol feminino. Excelente exibição das nossas meninas que foram controlando o jogo, com um golo de penalty convertido pela Joana Marchão na primeira parte, e o segundo pela Chandra Davidson a meio da segunda parte. Após este golo as famalicenses refrescaram bastante a equipa e pressionaram bastante a nossa equipa. Por intervenção do VAR (tal como aconteceu com a outra a nosso favor) o Famalicão beneficiou de uma grande penalidade mas que foi superiormente defendida pela nossa guarda-redes Doris Bacic. Importantíssima essa defesa porque pouco depois, aos 89 minutos, o Famalicão ainda conseguiu o seu golo de honra, que daria o empate se a Doris não tivesse conseguido defender a grande penalidade.

PARABÉNS LEOAS!!!

Artigo da autoria do 8 

segunda-feira, 30 de maio de 2022

A verdade incomoda


É "engraçado" constatar como a verdade incomoda e como ela pode ser apresentada ou entendida como se de uma novidade se tratasse. Ou até como "violenta" ou "incendiária". Se houvesse mais gente com a coragem de dizer o que Frederico Varandas diz com esta clareza - e, é verdade, com esta crueza - o trajecto e sobretudo o curriculum de Pinto Costa no desporto (e não apenas no futebol...) não teria sido objecto da exemplar operação da  branqueamento e limpeza de quem tem sido alvo. As declarações do presidente do Sporting surgem como resposta às provocações reiteradas do presidente portista, claramente intencionais no seu propósito de explorar a divisão no seio dos adeptos sportinguistas.Quem é verdadeiramente o incendiário?

O discurso de Frederico Varandas na íntegra:

No Sporting, antes de fazermos a pergunta do que queremos ganhar, temos que nos perguntar o que queremos ser. Essa é a nossa prioridade e a nossa filosofia nestes 115 anos. A base do Sporting são os valores.

O caminho da vitória no Sporting é sempre um caminho difícil, duro, mas sempre assente na integridade, na rectidão, na honra e não procuramos atalhos assentes em condutas ilícitas. Os títulos serão sempre o resultado do trabalho e da aplicação desses valores.

E mesmo quando, no passado recente, o Sporting ameaçou desviar-se desses valores, o próprio Sporting resolveu a situação sem precisar de ninguém ou da justiça. Os Sócios do Sporting mobilizaram-se e fizeram-se ouvir. Mais do que o presidente ser o fulano A ou B, ele tem é de seguir o código de valores do ADN do Sporting. Os nossos valores são a nossa força motriz. E não é por acaso que cada vez há mais jovens a seguirem o Sporting. Mais jovens e mais famílias no Estádio José Alvalade. Mais do que tudo, as pessoas seguem valores. Mais valiosos do que os 23 títulos no futebol, do que os 42 títulos europeus, do que os milhares de títulos nas nossas modalidades, são os nossos valores, a nossa integridade e o nosso carácter.

Terminada a época de futebol há duas notas extremamente relevantes que quero destacar.

A primeira é como é motivador, hoje, os nossos Sócios e adeptos já só ficarem realmente realizados com título de campeão. Como é motivador constatar que os Sócios e adeptos já não ficam realmente realizados por termos ficado no segundo lugar, termos feito exactamente os mesmos 85 pontos que na época anterior, termos vencido duas taças e termos atingido os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Ninguém ficou 100% realizado, mas também é real o sentimento de orgulho de todos os Sportinguistas nos seus jogadores, no seu treinador e sobretudo no trajecto e crescimento do seu Clube. 

Se é verdade que há um ano fomos campeões também é verdade que, apesar de hoje sermos vice-campeões, temos hoje um Clube mais bem preparado do que há um ano. Temos um Clube mais forte, mais estável, mais sustentável e batemos vários recordes de receitas, tais como do merchandising, da bilhética e de quotização. Temos também o maior número de Sócios com quotas em dia da história do Sporting – dados estes que demonstram a vitalidade da militância e envolvimento dos Sócios no seu Sporting. Concluindo, o Sporting continua a seguir o seu caminho, a crescer enquanto Clube de uma forma sustentável e sem hipotecar o seu futuro por qualquer vitória de curto prazo.

Há quatro anos era unânime que o Sporting estava a uma grande distância dos seus dois rivais e que não era tido sequer como um sério candidato. Hoje, é igualmente unânime que o Sporting passou a ser um natural, sério e óbvio candidato a qualquer título em Portugal. Em quatro anos recuperámos muitos anos de atraso para os nossos rivais do ponto de vista organizacional, financeiro e competitivo. E no curto/médio prazo cá estaremos para ver quais os clubes portugueses mais bem preparados para continuarem a ser competitivos.Todos os Sportinguistas estão de parabéns e os Sócios são parte fundamental desse sucesso.

A segunda nota que quero referir é que não me lembro de ver o nosso rival FC Porto vencer um campeonato e o Sporting e o seu presidente serem o  alvo da sua comunicação e o centro da sua atenção. Não só não é motivo de preocupação como é reconfortante, motivador e encorajador. É a confirmação que estamos no rumo certo. É a confirmação que o Sporting já não é visto como o terceiro grande. Como o terceiro e o simpático grande. E como é maravilhoso ouvir o sr. Pinto da Costa com saudades e a elogiar o Sporting do passado recente.

Há gente que por muito que ganhe continuará sempre a ser muito pequena e, sobretudo, muito pobre. Não existe maior pobreza que a pobreza do carácter, da integridade e de valores. São e serão sempre gente muito pobre ao contrário da grandíssima e honrosa instituição que representam.

Instituição essa que jamais será chamada em Alvalade, pelo nosso speaker, por outro nome que não seja FC Porto.

Instituição essa que jamais terá os seus jogadores agredidos por elementos da organização do Sporting.

Instituição essa que jamais verá em Alvalade o seu presidente a ser-lhe roubado o telemóvel cobardemente.

Instituição essa que terá sempre os seus órgãos sociais e colaboradores recebidos em segurança e de uma forma institucionalmente correcta e digna.

Instituição essa que jamais verá em Alvalade jornalistas agredidos, ameaçados ou coagidos por colocarem questões no exercício da sua profissão.

Pois eles não sabem, nem nunca saberão, o que é de facto ser grande. E jamais o Sporting será pobre ou pequeno.

E, sobre o sr. Pinto da Costa, sou obrigado, a discordar veementemente com o sr. Secretário de Estado do Desporto que recentemente tomou posse. O sr. Pinto da Costa não é, nem nunca poderá ser, uma referência do desporto nacional. E eu vou explicar porquê convidando o sr. Secretário de Estado a ouvir apenas uma escuta, uma entre muitas que estão disponíveis para qualquer pessoa na internet, do processo 'Apito Dourado'. Destaco esta de 24/01/2004 (horas antes de um FC Porto vs. Estrela da Amadora), onde, de viva voz, o presidente do FC Porto, sr. Pinto da Costa, por intermédio do empresário de jogadores António Araújo, oferece os serviços sexuais de três prostitutas à equipa de arbitragem liderada pelo árbitro Jacinto Paixão, a quem Pinto da Costa, nessa escuta, chama carinhosamente por 'JP'. É verdade que estas escutas não foram autorizadas pela justiça portuguesa para uso de prova - esse é um problema para a justiça responder – e o sr. Pinto da Costa foi absolvido do processo. Mas se é verdade que essas escutas não puderam ser usadas como prova, também é verdade que essas escutas são reais e aconteceram mesmo

Aqui, sr. Secretário de Estado, neste caso, não é preciso a justiça portuguesa dizer o quer que seja para sabermos que o sr. Pinto da Costa é um corruptor activo e alguém que deveria estar banido do dirigismo desportivo há décadas. Difícil é explicar a qualquer cidadão como é que uma pessoa apanhada a dizer isto não é condenada. Ao sr. Pinto da Costa, por mais que lhe custe e por mais tentativas que faça para tentar apagar as suas acções, será sempre recordado como um corruptor ativo. E eu aqui estarei para lhe recordar até ao último dia da sua presidência que é um corruptor ativo e uma vergonha para o desporto português, ao mesmo tempo que aguardarei com expectativa o desfecho do processo 'Cartão Azul'.

Um país que reconhece o sr. Pinto da Costa como uma referência é um país sem valores. E um país sem valores é um país sem futuro. Portugal não pode, nem nunca poderá ser esse país.

Mas não é justo referir apenas o sr. Secretário de Estado. Nestas últimas semanas, tive a oportunidade de ler inúmeros comunicados e textos de personalidades da nossa praça a felicitarem os 40 anos da presidência do sr. Pinto da Costa e a enumerarem as qualidades, as conquistas e os feitos. Fiquei surpreendido porque que na lista dos feitos não vi nada sobre as vergonhosas escutas do 'Apito Dourado', não vi nada sobre o facto de este ter fugido para a Galiza horas antes da Polícia Judiciária ir buscá-lo a sua casa, de ter pagado a familiares seus milhões de euros da FC Porto SAD e dos inúmeros casos de coação e intimidação a jornalistas como a recente agressão, vista por todo o mundo, a um jornalista da TVI por um elemento da comitiva do presidente. Se é para referir os feitos dos 40 anos de presidência, então, por favor que o façam com rigor e coragem.

Por fim, e agora dirijo-me novamente ao sr. Secretário de Estado do Desporto, mas também ao sr. Ministro da Administração Interna. No dia 8 de Maio, o país assistiu a um bárbaro assassinato, em plena via pública e aos olhos de todas as pessoas que ali estavam. Ocorreu às portas do Estádio do Dragão aquando das celebrações do título. É seguramente dos episódios mais brutais de violência que há memória em Portugal. O que aconteceu foi muito, mas muito mais grave que o ataque de Alcochete, apesar de ter tido apenas um centésimo de cobertura mediática. Foi um episódio chocante que mereceu o seguinte comunicado do FC Porto: 

"A morte de um adepto, durante as celebrações da conquista do título nacional de futebol, não pode deixar de ser lamentada independentemente das circunstâncias que venham a ser apuradas. À família da vítima, o FC Porto endereça sentidos pêsames."

E pergunto: só a mim é que este comunicado faz confusão?

"A morte"? - Não. Não foi apenas "a morte". Foi um bárbaro assassinato.

"Não pode deixar de ser lamentada" – Lamentada, claro que sim, mas o termo que devia estar bem vincado era 'condenada'.

Este é um comunicado pobre, cobarde e condicionado.

Apelo ao sr. Ministro da Administração Interna para ser implacável na luta contra este crime organizado que se acha impune à justiça e à lei portuguesa. Muitos dizem que isto é um problema da sociedade e não do futebol. Não é verdade, meus senhores. Claro que é da sociedade, mas a origem deste problema está intimamente ligado ao futebol e aos clubes que permitem o seu financiamento ilegal, alimentando este crime organizado. Estes episódios são tão chocantes como embaraçosos para o nosso país.

Podem contar com o Sporting Clube de Portugal nesta luta e em todas que venham a acontecer para que o desporto português seja mais limpo, transparente, saudável e digno.

Viva o Sporting Clube de Portugal!

domingo, 29 de maio de 2022

A Taça voltou a ser nossa

A equipa feminina do Sporting voltou a trazer para casa a Taça de Portugal. Ao ganhar à sua congénere do FC Famalicão o Sporting faz assim o pleno de vitórias em finais disputadas. É a nossa terceira de muitas, estamos em crer. Os nossos parabéns às meninas de Mariana Cabral, bem como a todo o staff por este feito. Vamos continuando a fazer história!
 

sexta-feira, 27 de maio de 2022

O que eles querem é isto, ou como "a má moeda expulsa a boa"

(foto do Sporting Clube de Portugal)


Ontem, depois do jogo com FCP, onde ficou decidido o afastamento do Sporting dos play-off de apuramento do campeão nacional de basquetebol, Luís Magalhães anunciou o abandono da liderança da equipa técnica, não sem antes tecer comentários cáusticos, porém lúcidos e irrefutáveis:

 "Hoje, também saio do Sporting e do basquetebol. Estou cansado. Há mais coisas a fazer na vida. Não me revejo neste tipo de coisas. Não quero estar metido nisto, prefiro afastar-me. Agradeço aos jogadores, ao staff do Sporting. Era por ter vindo por uma época e fiquei três. Sou treinador há muitos anos, quando a Liga tinha um basquetebol elevadíssimo. Esta própria federação, estes membros que lá andam há vários anos deitaram-na abaixo. Agora continuam a dar golpes no basquetebol e não quero estar metido nesta situação. Prefiro sair, prefiro afastar-me".

Antes de mais o mais importante: o sincero agradecimento a Luís Magalhães pelo muito que nos deu ao longo destas últimas três épocas. Com o seu contributo fez com que o Sporting não apenas regressasse mas regressasse em grande, construindo uma hegemonia que os seis troféus em nove possíveis demonstram: 1 campeonato nacional, um tri de Taças de Portugal, uma Supertaça e uma Taça da Liga. Com ele o Sporting voltou a ser pioneiro, tornando-se no primeiro clube português a chegar aos quartos-de-final na Europe Cup organizada pela FIBA.Como se sabe, liderávamos a Liga em 2020 quando, por força da pandemia, esta foi suspensa.

Esse agradecimento é extensível a toda a sua equipa técnica, aos jogadores e demais staff. Ao Conselho Directivo por recuperar uma modalidade que nunca deveria ter desaparecido, pelo que ela representa no nosso historial e pela importância que ela tem em termos de implantação no panorama desportivo internacional. Há muito futuro a desbravar neste cantinho da Europa e o Sporting pode e deve ter nessa acção um papel de relevo. 

No capitulo da gratidão serão sempre incontornáveis os nomes de Jaime Brito da Torre, Edgar Vital, Carlos Sousa e Juvenal Carvalho que, muitas vezes na sombra, trabalharam para este sucesso ter lugar, depois de lutarem durante anos pelo regresso da modalidade.

A saída de Luís Magalhães deixa um grande desafio à secção. A sua substituição não será fácil porque foi a excelência dos seus conhecimentos que atenuou e até anulou a vantagem financeira dos rivais, bem como as dificuldades que a implantação, a partir do zero, de uma modalidade contra organizações estabelecidas e bem alicerçadas representou. O Sporting obrigou os rivais a abrirem os cordões à bolsa, fazendo jorrar literalmente rios de euros para, sem grande sucesso, tentar contrariar a eficácia do nosso jogo.

Não o tendo conseguido na quadra, enveredaram pelo seu método tradicional: coacção, chantagem, pressão sobre as instituições, com ameaças de abandono da modalidade. Ao que a Federação respondeu, pondo-se de cócoras (diria mesmo de quatro...) perante o FCP, no já tristemente célebre amuo, em que ameaçaram o abandono da modalidade. Atitude que mereceu sonora reprovação por parte da Associação Nacional dos Juízes de Basquetebol, tendo então emitido um comunicado a propósito:

"A ANJB evidencia de forma clara não se rever minimamente na forma e no conteúdo do comunicado [...] e enaltece a necessidade da garantia da autonomia e independência da arbitragem do basquetebol"

Infelizmente a generalidade dos clubes da Liga permaneceu muda e queda, aceitando este acordo ignóbil, que premeia um comportamento aberrante e que deveria merecer ampla condenação.

Mas as queixinhas, os achaques e os chiliques do FCP devem ter entretanto perdido a razão de existir com as recentes eleições para a federação. Nomeadamente, e entre outras, para o Conselho de Arbitragem. Quem é, que curriculum tem na arbitragem o actual presidente, além de, no basquetebol, ter sido jogador e treinador, nomeadamente do FCP?

O que eles querem é isto, que pessoas competentes, capazes de se lhes opor e desmascarar, acabem por se fartar de escorregar no lodo onde aqueles gostam de chafurdar. Quem gosta verdadeiramente de desporto sente-se escorraçado. A má moeda expulsa a boa moeda.

quinta-feira, 26 de maio de 2022

quarta-feira, 25 de maio de 2022

Ou perdem e há circo, ou ganham e circo há


Depois de assistirmos a  jogadores e restante staff serem insultados, cuspidos, ameaçados, com a conivência das autoridades presentes, o que acaba por merecer destaque para a imprensa são os dedos do meio dos jogadores expulsos (António Monteiro, João Fernandes e o adjunto Flávio Nascimento) que acabam a merecer destaque na imprensa, juntamente com a vitimização descarada dos da casa, pelo "irrepreensível" J. Marques. Não podemos aprovar os actos referidos mas, à luz do que podemos assistir, é fácil de compreender.

Luís Magalhães, o nosso treinador, sintetizou bem o trajecto que o basquetebol nacional empreendeu desde que, no ano passado, por notório mau perder, o FCP resolveu ser estender o seu tradicional modus operandi do futebol às modalidades. A Federação acobardada resolveu premiar o prevaricador, contanto com a inacção dos clubes, perante as ameaças de abandono da modalidade feitas então com todo o descaramento. Ou ganham ou há circo, ou ganham e circo há.

 «É um jogo que se estava a prever. Montam este circo todo... Desde o princípio da época que o FC Porto andou a brincar com o basquetebol. A Federação [Portuguesa de Basquetebol] não teve coragem e deixou que isto se arrastasse. Enxovalharam os árbitros todos e o basquetebol e depois é isto que acontece. O treinador do SL Benfica também já tinha avisado que isto podia acontecer e é o que se v», começou por dizer o experiente técnico, aos microfones da Sporting TV. «Qualquer decisão do árbitro é contestada por tudo e por todos e depois não têm coragem para marcar as faltas que devem marcar e os maus comportamentos. Deixam isto chegar a um estado que não tem nada a ver com o basquetebol normal. Isto não era o basquetebol português. Nos jogos europeus, com árbitros estrangeiros sem esta pressão toda, não havia nada disto. Estragaram o basquetebo

Quanto ao jogo, o Sporting fez o que as limitações impostas pelas lesões deixaram, batendo-se com galhardia, prolongando a incerteza do resultado até aos últimos segundos do jogo. E, quando assim é, os nossos atletas merecem o nosso respeito e consideração. 

terça-feira, 24 de maio de 2022

O museu do Sporting Clube de Portugal tem de começar a procurar mais espaço!


No passado sábado o futsal, continuando na sua saga de sucessos, conquistou a 9ª Taça de Portugal da sua história, 4ª consecutiva, numa final com o Benfica, extremamente renhida, em que depois de estarmos a vencer por 2-0, estivemos a perder por 2-3 até à reviravolta final que nos deu a vitória por 4-3. 

Uma palavra especial para Nuno Dias e do seu adjunto Paulo Luís que fazem um trabalho extraordinário. Numa equipa formada por grandes jogadores, e em que se vai vendo a entrada de alguns jovens de muito valor, menção para Cardinal, que nos vai deixar no fim da época. Todos sabemos que não é Sportinguista, mas ao longo dos anos que envergou o Sagrado Manto sempre demonstrou um profissionalismo enorme e foi um grande prazer vê-lo tirar uma foto agarrado a uma criança de tenra idade ao colo da sua mãe, ambos equipados à Sporting, penso que familiares seus. Do futsal masculino do Sporting já nada mais há a dizer. Esperemos agora pelo playoff da Liga, que começa já na sexta-feira com o FC Azeméis.

Quem também começará a disputar a meia-final do playoff do respectivo Campeonato Nacional no próximo sábado é a equipa feminina, que irá defrontar no Pavilhão João Rocha, o GCR Nun’Alvares que neste fim-de-semana também venceu a Taça de Portugal.

Mas nem tudo foram alegrias no passado fim-de-semana. O basquetebol começou mal as meias-finais do playoff da Liga. Jogo no Dragão Arena com a primeira parte equilibrada, mas um terceiro quarto muito fraco fez que o FC Porto ganhasse uma vantagem, que foi sempre gerida até final. Sempre acreditei numa vitória neste primeiro jogo, onde o pavilhão estava meio vazio porque havia a Taça de Portugal em futebol, praticamente à mesma hora. Esta noite o segundo jogo será mais complicado, porque acredito que a seita azul irá encher o Dragão Arena criando um ambiente bem mais pressionante.

O andebol venceu, normalmente, o Madeira SAD, indo este fim-de-semana até à ilha do Faial para disputar a penúltima jornada do campeonato com o Sporting da Horta.

A equipa de hóquei com duas vitórias sobre o Hóquei Clube de Braga nos quartos-de-final do playoff apurou-se para as meias-finais ficando a aguardar o resultado do outro confronto desta eliminatória de onde sairá o seu opositor. Benfica e Valongo disputam o jogo de desempate amanhã, quarta-feira.

Artigo da autoria do 8 

segunda-feira, 23 de maio de 2022

Rui Costa: um prémio merecido, em cenário a condizer


Quando um dos piores árbitros da sua geração e com um curriculum que se pode assemelhar a um cadastro, é premiado com o desígnio de arbitrar a Final da Taça de Portugal fica quase tudo dito sobre o que continua a ser a arbitragem portuguesa, após todos os escândalos: mudou-se alguma coisa para ficar tudo mais ou menos na mesma. Se o mérito fosse um dos principais critérios esta nomeação nunca seria possível. Creio mesmo que o árbitro em causa nunca teria chegado a internacional, sequer.

Mas a realidade é a que conhecemos e, nesse sentido, que melhor cenário poderia ser escolhido que o emparelhamento de Rui Costa no baile dançante com as cores do novo campeão nacional? 

E que melhor enquadramento poderia ter que o súbito desfalecer do Pêpê - que dá origem ao penalty - para ilustrar o filme de uma época e porque os árbitros nacionais vão ver o Mundial à lareira? (isto se as alterações climáticas não nos puserem de t-shirt e bermudas...)

domingo, 22 de maio de 2022

A Nona, Nuno!

 

Num dos melhores derbys que se pôde presenciar nos últimos tempos, o Sporting conquistou a nona (!) Taça de Portugal em futsal, prosseguindo assim um percurso absolutamente notável: trata-se da quarta Taça de Portugal consecutiva e do terceiro troféu ganho este ano, falhando apenas a Liga dos Campeões, onde foi o finalista vencido. Contabilizando o dobro dos títulos nacionais na Liga que o seu rival, o Sporting oferece-nos a possibilidade de ver escrever um palmarés histórico e que, no futuro, será muito difícil de alcançar. 

São muitas as pessoas que têm contribuído, ao longos dos anos, para este momento excepcional. Sem querer ser injusto com nenhuma delas, destacar o trabalho de Nuno Dias é da mais elementar justiça. O alcance do seu trabalho estende-se para lá dos resultados alcançados no nosso clube. A renovação em curso, com jovens jogadores da formação, tem sido crucial para o sucesso da seleção nacional, facto que tem passado ao lado do holofotes da comunicação social e até da entidade federativa.

O curriculum de Nuno Dias:

🏆 6 Campeonatos Nacionais
🏆 6 Taças de Portugal
🏆 6 Supertaças
🏆 4 Taças de Honra
🏆 4 Taças da Liga
🏆 2 UEFA Futsal Champions League

sexta-feira, 20 de maio de 2022

O certificado que faltava à arbitragem portuguesa


Não haverá árbitros portugueses no Mundial. É o certificado de qualidade que faltava à arbitragem portuguesa. Não porque, do ponto de vista técnico, os árbitros portugueses sejam piores que os demais. Isso pode ser constatado todos os dias na observação dos jogos internacionais ou de outros campeonatos. 

A falta de transparência do sector, a falta de uma voz independente, que separe a classe dos escândalos e polémicas sucessivos e da sujeição bovina a quem lhes põe e os dispõe condena a classe à imagem de um grupo de paus-mandados, mais preocupados em entrar no rol dos preferidos, para assim ascender à internacional.

Os árbitros e as suas organizações (Conselho de Arbitragem, APAF) já nem ousam o tradicional "mudar alguma coisa para ficar tudo na mesma" e parecem ser à prova de qualquer vexame porque a última coisa que querem são alterações ao seu status quo. Este é só mais um. Um sector que parou no tempo, apesar do VAR, e perdeu a comboio da distinção internacional onde viajam em primeira classe muitos jogadores e treinadores portugueses.

quinta-feira, 19 de maio de 2022

Porquê Trincão para o lugar de Sarabia?

 

 

Os jornais dão insistentemente conta de um interesse de Rúben Amorim no "regresso" de Trincão à sua orientação, acrescentando que esse interesse é mutuo. O preço do jogador torna-o num desejo impossível de realizar numa perspetciva de contratação definitiva. O facto, aparente pelo menos, de o Barcelona, actual clube do jogador, não ter nenhum interesse declarado sobre nenhum dos nossos jogadores torna o negócio ainda mais difícil de realizar do que seria caso houvesse lugar a contrapartidas num possível negócio.

Mas, olhando para as estatísticas da GoalPoint, (mesmo considerando o seu valor relativo, porque não comparam situações iguais) ficam algumas pistas sobre o que Trincão poderia oferecer no lugar que Sarabia deixa agora vago. Do ponto de vista pessoal parece-me que Trincão significaria maior velocidade, algo que a idade já vai cobrando a Sarabia, mas ficaria aquém na segurança, maturidade e qualidade de decisão. 

Resta ainda a dúvida no que é que a entrada do jovem ex-jogador do Braga poderia influenciar o papel destinado a Edwards. É que ambos são esquerdinos e ambos atinge o melhor do seu rendimento a executar a partir do lado contrário. Sobretudo Edwards, de quem espero venha a ser um dos jogadores em maior destaque na nossa equipa e de todo o campeonato.

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Muito mais do que só futebol


O Sporting Clube de Portugal não se limita a ser um clube de futebol. Muito mais que isso, o Sporting é um dos clubes mais ecléticos do mundo.

E por isso não podemos deixar de salientar a vitória da equipa de voleibol feminina na Taça Fundação, com uma brilhante exibição, no passado domingo, na negra da final da competição.

Na passada sexta-feira quem não esteve tão bem foi a equipa sénior masculina de futsal que se deixou surpreender pela Quinta dos Lombos, num jogo que não afetou a classificação, mas não deixa de ser uma surpresa. Descontracção ou simplesmente um “relaxamento” com os olhos já apontados para a Final 8 da Taça de Portugal, que vai decorrer de hoje até sábado no Pavilhão Municipal de Sines. O Sporting começa hoje às 17:00 com o Candoso e se vencer defrontará amanhã, também às 17:00 a Quinta dos Lombos, que venceu hoje os Leões de Porto Salvo. Mas, para evitar dissabores, convém ganhar o jogo com o Candoso primeiro...

Quem também vai começar hoje o playoff do Nacional é a equipa sénior de hóquei em patins com o HC de Braga pelas 20:00 no Pavilhão João Rocha. Esperamos que conte com o apoio de muitos Sportinguistas.

Artigo da autoria do 8

 

terça-feira, 17 de maio de 2022

Mas que grande negócio!


Foi ontem oficializado o novo contrato de Pedro Porro, que o liga ao Sporting até 2025. Mas, infelizmente para nós, e a menos que os scouters dos melhores clubes europeus (leia-se "mais abastados") estiverem todos a dormir, dificilmente assistiremos ao cumprimento integral do contrato.

As fotografias dos calções rotos da apresentação foram depressa substituídas pelas dos rasgões nas defesas adversárias. Com ele o Sporting ganhou velocidade e largura na faixa direita, não descurando nunca a possibilidade de procurar associar-se por dentro com os colegas mais avançados, conquistando muitas vezes posições privilegiadas para visar directamente a baliza dos adversários. O seu posicionamento aberto dá-lhe uma perspectiva alargada do campo e assim observar as movimentações dos colegas, servindo-os com passes longos a procurar a profundidade. A forma como se entrega ao jogo vale-lhe o apreço das bancadas.

O negócio Porro é seguramente um dos melhores negócios que o Sporting realiza nos últimos anos. Quer sobre o prisma desportivo, quer financeiro. Recebemos por empréstimo de dois anos um jogador cuja carreira carecia ainda de afirmação e que demonstrasse, de forma inequívoca, razões que levaram o Manchester City a colocá-lo debaixo do seu rol de jogadores. A verdade é que até chegar ao Sporting o destino de Porro parecia ser a de mais um entre muitos outros. Hoje Porro é um nome obrigatório quando se fala dos europeus  mais promissores com a sua função e a selecção espanhola deixou de ser um sonho remoto.A cláusula de rescisão de 45 milhões parece ser um chamariz perfeito para atrair libras...





 


segunda-feira, 16 de maio de 2022

domingo, 15 de maio de 2022

Um aroma a limpinho, limpinho!


O campeonato que agora se encerra remete-nos para a famigerada época 15/16 onde, apesar de termos finalizado com 86 pontos, não chegamos ao titulo. Tal como então, fica agora a sensação que, por mais que fizéssemos, os rivais disporiam sempre de uma rede protectora que os deixaria a salvo dos imponderáveis próprios do jogo. Precisávamos de ter feito um campeonato perfeito e, talvez, um pouco mais da estrelinha que no iluminou o caminho para o titulo na época transacta.

Mas, não tendo sido o campeonato perfeito, significou a confirmação, para quem tivesse dúvidas, que o título do ano passado não caiu do céu. O tom de festa que se viveu em Alvalade durante o último jogo não era de regozijo pelo segundo lugar,  mas sobretudo por se pressentir que este Sporting está no caminho certo. 

Como nota estatística importante, para enquadrar melhor o que aconteceu de importante para nós nesta Liga, o Sporting há 50 anos (!) que não terminava acima do terceiro lugar, depois de ser campeão. Quem não se lembra dos fiascos das épocas seguintes aos últimos títulos, e quanto eles pesaram nas épocas que se seguiram?

sexta-feira, 13 de maio de 2022

Aqueles que passam por nós (...) deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.”

Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós. Antoine de Saint-Exupéry, in o Pequeno Príncipe.

Zouhair Feddal Agharbi, ou apenas Feddal é um nome que já está registado para sempre na nossa história. No alto da discrição dos 191 centímetros o marroquino foi instrumental numa época de recuperação do tão ansiado título, deixando à sua passagem um rasto empatia com os adeptos e a imagem de um profissional íntegro.  

No nosso museu, onde decorreu a gravação da sua despedida, estão depositadas duas Taças da Liga, uma Supertaça e o tão desejado troféu de campeão e para as quais o seu contributo foi importante.
Feddal entrou como um internacional marroquino que jogava no Bétis e sai com um leão, um de nós. 




quinta-feira, 12 de maio de 2022

Mais uma taça para o Museu

Texto da autoria do nosso redactor "8"

 É bom o regresso do “A Norte” para podermos assinalar a vitória do Sporting Clube de Portugal na Taça de Portugal de Basquetebol pela 3ª vez consecutiva. Com a particularidade de serem vencidas todas as Taças de Portugal disputadas desde o regresso da equipa principal à prática da modalidade.

Relativamente aos Campeonatos Nacionais, na época do regresso (2019/20) devido à pandemia o campeonato foi interrompido após a 22ª jornada, quando o Sporting ia no comando, não tendo sido terminada a competição. Na época passada o Sporting foi o campeão, e nesta época terminou no 3º lugar da fase regular, muito devido a lesões de vários jogadores importantes, na fase intermédia, mas como ficou provado na passado fim de semana, em Albufeira, ainda com algumas ausências, os leões provaram que são a melhor equipa nacional, apesar das constantes contratações para reforço dos nossos principais opositores.

Na actual temporada a equipa também já venceu a Supertaça e a Taça Hugo dos Santos (Taça da Liga). Resumindo o Sporting venceu as 3 provas já disputadas nesta época. Além do acerto das escolhas da Direção e dos elementos do departamento da modalidade, todas estas conquistas são o reflexo do trabalho exigente de Luís Magalhães e da sua equipa técnica com António Paulo e Flávio Nascimento, a que se juntou esta época Ivan Kostourkov.

No respeitante a jogadores temos de referir em primeiro lugar a importância de Travante Williams no desempenho da equipa. Alem das suas excelentes capacidades técnicas e atléticas, tem um extraordinário espirito competitivo que contamina aos seus colegas de equipa, mesmo quando está fora de campo, impedido de actuar por qualquer lesão.

Não podemos deixar de referir também Diogo Ventura, João Fernandes, Diogo Araújo e Shakir Smith os quatro elementos que, além de Travante, estiveram em todos os títulos conquistados nestas três épocas. De salientar também o papel de Micah Downs, que já vai na sua segunda época no Sporting, mas, infelizmente, algumas vezes lesionado.

Referência também para os atletas que este ano reforçaram a equipa e a grande importância do seu contributo. Não podemos esquecer tão importante tem sido o desempenho de António Monteiro, Joshua Patton, Miguel Maria, Daniel Relvão, Mike Fofana e Tanner Omlid.

Amanhã lá estaremos no PJR para o início do play-off final do campeonato com o Lusitânia. Temos de apoiar e confiar totalmente na equipa, que sempre que é necessário responde com vitórias às dificuldades.

quarta-feira, 11 de maio de 2022

O regresso




Faz hoje um ano que Portugal assistiu ao regresso de um clube campeão ao lugar onde TODOS nós acreditamos que é o seu e, passado todo esse tempo ainda faltam palavras para definir todas as emoções daquele dia 11 de Maio.

Que melhor data poderia escolher para regressar à escrita aqui? Feito o anúncio, fica a promessa de o próximo artigo se debruçar sobre a mais recente conquista, a Taça de Portugal de basquetebol. E quem melhor habilitado para o fazer que o nosso 8, capitão, campeão na modalidade e um dos que, desde sempre, lutou pelo regresso da camisola mais bonita à prática da modalidade?

 


Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 113 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 1ª volta Liga Zon/Sagres 21/22 (1) 2010-2011 (1) 2016 (1) 40anosdisto (4) 8 (6) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (18) Académica-SCP (1) Acuña (2) Adan (2) Adán (1) adeptos (98) Adrien (19) AdT (1) adversários (85) AFLisboa (2) AG (25) AG destitutiva (4) AG15/12 (2) AG2906 (2) Alan Ruiz (2) Alcochete 2018 (4) Alexander Ellis (1) alma leonina (61) ambição (10) andebol (44) André Geraldes (3) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (7) antevisão (41) Antunes (3) APAF (14) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (6) aquisições 2020/21 (1) arbitragem (99) Associação de Basquetebol (8) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (8) auditoria (5) auditoria2019 (1) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (8) basquetebol (8) Bastidores (77) Batota (20) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) blogosfera (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borja (1) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Bragança (3) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Brunismo (1) Bruno Carvalho (109) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (14) Bruno Fernandes (8) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos (1) campeonatos europeus atletismo (3) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) Cardinal (2) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carlos Vieira (1) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) castigo máximo (1) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) chumbo (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (11) clássico 19/20 (1) clássicos (9) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (69) Comunicação Social (22) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) covid19 (1) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) crise 2018 (38) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) Dar Futuro ao Sporting (1) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (45) Derby 2016/17 (1) Derby 2018/19 (2) Derby 2020/21 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (29) disciplina (7) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (3) Doyen (4) Duarte Gomes (2) e-toupeira (1) Ecletismo (72) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (20) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) eleições2018 (6) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (5) entrevistas (65) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) época 18/19 (2) época 19/20 (1) época 20/21 (3) EquipaB (18) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (8) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) etoupeira (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (11) Fedal (3) Feddal (2) Feirense (1) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (29) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (94) FPF (15) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol de praia (1) futebol feminino (5) futebol formação (3) futebol internacional (1) Futre (2) Futre és um palhaço (4) futsal (38) futsal 10/11 (1) futsal 21/22 (4) futuro (10) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (30) Gamebox (3) Gauld (5) Gelson (4) Gent (1) geração academia (2) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (4) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Gonçalo Inácio (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (15) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (2) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) idzabela (4) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (6) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (6) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (2) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jordão (1) Jorge Jesus (47) Jorge Mendes (3) jornada 5 (1) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) Jovane (4) JPDB (1) Jubas (1) Judas (1) judo (7) Juniores (7) JVL (105) Keizer (12) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (15) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga dos Campeões Futsal 2018/19 (2) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa 17/18 (1) Liga Europa 18/19 (5) Liga Europa 19/20 (3) Liga Europa 20/21 (1) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (20) Liga NOS 18/19 (15) Liga NOS 19/20 (14) Liga NOS 20/21 (8) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luis Magalhães (2) Luís Martins (1) Luiz Phellype (3) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Mariana Cabral (1) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Nunes (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mathieu (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Max (1) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (47) mercado 22/23 (4) Meszaros (1) Miguel Afonso (1) Miguel Cal (1) Miguel Lopes (1) Miguel Maia (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (36) modelo (3) modlidades (2) Moniz Pereira (7) Montero (8) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (6) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (2) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (7) Nuno Mendes (3) Nuno Santos (4) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O FIM (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (4) orçamento clube 15/16 (1) orçamento clube 19/20 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) Palhinha (1) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) Patrícia Morais (1) património (2) patrocínios (6) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (12) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Gonçalves (3) Pedro Madeira Rodrigues (4) Pedro Marques (2) Pedro Mendes (5) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peseiro (6) Peyroteo (3) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) Plata (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (4) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) Porro (3) Portimonense (1) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) pré-época 18/19 (1) pré-época 19/20 (7) pré-época 20/21 (6) prémio (1) prémios stromp (1) presidência (2) presidente (5) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) Rafael Leão (1) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (18) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (13) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) rescisões (3) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (7) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (3) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (8) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Ruben Amorim (5) Rúben Amorim (2) Ruben Ribeiro (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (27) Salema (1) sarabia (2) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) sessões de esclarecimento (1) Shikabala (2) Silas (6) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (12) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (19) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (4) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporar (2) Sporting (2) Sporting Campeão (1) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (3) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Summit (1) Sunil Chhetri (1) Supertaça (4) Supertaça 19/20 (1) sustentabilidade financeira (46) Tabata (1) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (3) Taça da Liga 18/19 (1) Taça da Liga 19/20 (1) Taça da Liga 20/21 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (6) Taça de Portugal 18/19 (3) Taça de Portugal feminina (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (3) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tiago Fernandes (1) Tiago Tomás (2) Tio Patinhas (4) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (94) treino (5) treinos em Alvalade (1) triplete (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) VAR (2) Varandas (19) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (7) Vietto (2) Villas Boas (8) Vinagre (1) Viola (1) violência (1) Virgílio (100) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (8) voleibol (2) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)