Últimos Artigos

terça-feira, 7 de julho de 2015

À espera de um milagre de Jesus

Qual dos seguintes jogadores será capaz de chamar à atenção de Jorge Jesus e dessa forma contrariar as dúvidas ou infelizes certezas deixadas sobre o respectivo valor?

Simeon Slavchev, Oriol Rosell, André Geraldes, Junya Tanaka,  Naby Sarr, Ramy Rabia, Hadi Sacko, Jorge Santos (Gazela) Heldon, Salim Cissé, Ousmane Dramé.

Qual dos seguintes jogadores será capaz de confirmar algumas das boas impressões já deixadas?

Ryan Gauld, Esgaio, Labyad, Viola, Mané.

Qual dos seguintes jogadores será JJ capaz de ressuscitar, oferecendo-lhe uma nova vida?

André Martins, Wilson Eduardo, Capel

segunda-feira, 6 de julho de 2015

O que ficou de mais importante ficou da passagem de Jorge Jesus pela "gaiola das loucas".

Foi particularmente decepcionante o modelo escolhido pela SIC Noticias para entrevistar Jorge Jesus. Aquele formato não tem como finalidade informar os seus espectadores mas, eventualmente, proporcionar audiências. Só assim se percebe a presença estriónica de um Rodolfo, que continua tão caceteiro no discurso como o tinha sido dentro das quatros linhas. A presença dos restantes comentadores residentes mais as suas perguntas excessivamente discursivas - Manuel Fernandes que me perdoe - foram tão necessárias como uma orquestra num funeral. O que o público, em particular o Sportinguista, queria saber era o que pensa JJ e, isso, infelizmente foi-lhe poucas vezes permitido pelas constantes interrupções do raciocínio. Por vezes o programa, com a total colaboração do pivot, assemelhava-se mais a uma gaiola de loucas. Ficam ainda assim algumas afirmações importantes, a merecer destaque:

- "A prioridade é a Liga e o Play-off da Champions". É um pouco "lapalissiano" mas é um facto indesmentível que estas são as competições prioritárias. O título é o que é. A presença na CL é crucial para a afirmação do nome do Sporting bem como para o equilibrio financeiro que permita ao clube financiar a sua actividade.

- "Existe sintonia total com Bruno de Carvalho". Como é evidente outra coisa não seria de esperar quando o "casal" ainda se encontra em lua-de-mel. Este será contudo o ponto que concitará mais atenções, pois os anteriores treinadores viveram exactamente o mesmo estado de graça que, como se sabe, não foi duradouro. O êxito de JJ, de BdC e de todo o clube passa pela manutenção deste estado. 

"É um dossiê (aquisições) da responsabilidade do presidente. A minha palavra é determinante." Não se esperaria outra coisa. Não assistiremos, como nos anos transactos, à chegada de jogadores que o treinador não conhece, não quer, ou não reconhece categoria ou características para executar o seu modelo de jogo. Muitas das tensões perniciosas entre administração e treinador deixarão de ter lugar. Alguma expectativa para perceber o que, quando e o quê tem a administração da SAD a oferecer a JJ neste capítulo.

- "Se entender (BdC) que vai para o banco vai, ele é que decide". A questão de ir ou não ir para o banco foi desmistificada, pessoalmente nunca acreditei como uma imposição de JJ. Se tivesse sido e tivesse sido aceite BdC estaria a alienar toda e qualquer autoridade de que foi investido pelos sócios.

- "Importante é termos títulos, qualidade. Em três dias já consegui perceber que há qualidade." Ninguém discordará. A questão, que permanece do ano anterior, é se esta existe em quantidade suficiente para nos permitir lutar até ao fim pelo objectivo principal, o título de campeão nacional. 

- "Por aquilo que conheço por fora, é normal que procuremos no máximo cinco e no mínimo três jogadores." A questão anterior está directamente relacionada com esta, uma vez que é crucial que os reforços o sejam efectivamente.

- "É um jogador com características para jogar mais. Não tenho dúvidas de que comigo vai jogar mais". Corresponde inteiramente ao que penso, parecendo-me que o seu endeusamento entre os adeptos tem sido um obstáculo ao seu crescimento. O mesmo se aplicará, por razões diversas, a vários outros jogadores.

- "Há dois jovens que de certeza vão fazer parte do plantel principal." Quem serão os eleitos, de entre os nomes de Chaby, Medeiros, Wallyson, Gauld, Rúbio, Matheus?

- "Capitão será o que eu vir que tem mais qualidade para isso". Por norma premeia-se a antiguidade, estou inteiramente de acordo que a braçadeira deve estar entregue a quem é capaz de liderar.

- "Ideia de jogo será a mesma ( que no SLB). O que define é o modelo treino, a ideia de jogo e o modelo de jogador. Isso é que vai ser tudo meu, ideias minhas". Não será portanto o treinador  a adaptar o seu modelo de jogo aos jogadores disponíveis mas o contrário. Poderão jogar os mesmos jogadores, colmatando as vagas de Cédric e Nani, mas com funções e articulação colectiva completamente diferente do que vimos até agora. Este será com certeza um dos desafios mais importantes de JJ e para o qual todas as atenções estarão viradas. 

- Para lá de outras questões mais importantes ou acessórias não deixa de ser importante destacar que, na sequência do que já tinha deixado entrever no dia da apresentação, JJ sabe "quem é o Sporting". A Jorge Jesus não precisamos de lhe ensinar o essencial

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Bruno, questionado pela Judite

Entrevista TVI
Acabei de ver há pouco a entrevista que ontem Bruno de Carvalho (BcD) deu à Judite de Sousa na TVI e, resumidamente, acho que o efeito Jorge Jesus (JJ) lhe está a fazer bem... Já o obrigou a engolir 3 sapos (and counting...), a saber: Octávio Machado (OM), Manuel Fernandes (MF) e ausência do banco (de suplentes)... Há muito que precisava de alguém que lhe desse um banho de humildade e o fizesse regressar à terra. Leonardo Jardim, discreto, não conseguiu tal como Marco Silva (MS), ao qual BdC não reconheceu autoridade para isso, talvez pela idade do jovem treinador ou talvez porque se julgasse ainda intocável. A realidade, no entanto, sobrepôs-se à (sua) fantasia e descobriu, na crise de Dezembro, que a maioria dos sportinguistas não passa cheques em branco a ninguém, mantendo-se do lado da razão, ou seja, mantendo-se com o ainda (até quando se mantém este imbróglio?) treinador do SCP. Depois de toda a novela em torno de MS - que era o seu treinador por 4 anos - e após o final de época com a apoteótica conquista da Taça de Portugal, ou mantinha Marco e engolia o mais difícil sapo de sempre ou despedia e... contratava alguém com um currículo acima de qualquer prova e que depressa fizesse esquecer Marco Silva... Conseguiu tirar esse coelho da cartola, com mérito, apanhando de flanco e com estrondo todo o espectro futebolístico 'tuga', mas com óbvios custos na sua liderança, digamos, mais que absoluta... Está à vista que terá que aceitar todas as condições que JJ lhe vier a impor, sob pena de “arranjar” mais um conflito com alguém que também não brinca em serviço... Ora, ao invés, de um, está a tornar-se perito em engolir sapos... O que verdadeiramente me deixa satisfeito. Não por sentimento mesquinho contra o presidente do CD do SCP, mas porque reconheço em JJ, MF e OM muito mais capacidade para liderar o futebol do SCP do que a BdC e respectivos lacaios de que se rodeou. Finalmente, o SCP terá aquilo que verdadeiramente se poderá denominar por ”estrutura”. É o primeiro passo para, finalmente definirmos um rumo coerente, devidamente pensado e que não ande ao sabor da agenda mediática de BdC.

Com quem contará Jesus?



O Sporting foi o principal fornecedor da selecção sub-21 que acabou de se sagrar vice-campeã europeia em Praga. Honrando assim uma já longa tradição de um dos principais fornecedor de jogadores para todos os escalões etários das diversas equipas das quinas, o Sporting tem novamente à disposição uma geração com valor suficiente para continuar a manter esse estatuto na principal selecção, mesmo que, alguns deles, possam já não vestir de verde e branco quando tal suceder.
Tendo o torneio terminado sem o tão almejado título principal a selecção regressou a casa com o sabor amargo de praticamente só não ter liderado a classificação final, uma vez que, quer nos destaques individuais quer nas estatísticas que documentam os comportamentos coletivos, o primeiro lugar foi quase sempre seu. O facto de todos os jogadores do Sporting terem acumulado minutos de jogo no torneio diz bem que a sua relevância não se ficou apenas pela soma aritmética mas também pelo que a sua qualidade individual ofereceu à equipa.
De uma forma sucinta analisarei de seguida a participação de cada um, procurando também perspectivar que tipo de contributo poderão dar no futuro ao clube.
Ricardo Esgaio
Confesso com pena que a sua participação me desiludiu. Esgaio não esteve mal a defender mas foi muitas vezes inconsequente a atacar, definindo quase sempre mal e sem convicção. Pareceu quase sempre pouco à vontade e retraído. É claramente um jogador prejudicado pela falta de desafios mais exigentes que marcaram os últimos anos da sua carreira. Não me parece à altura, neste momento, de uma equipa que tem que lutar pelo titulo de campeão, parecendo-me que melhor seria sair para continuar a jogar.
Paulo Oliveira
Um dos melhores jogadores da selecção. Excelente leitura de jogo, o que lhe conferiu um poder de antecipar as jogadas, estando sempre ou quase sempre no sitio certo  antes dos adversários. Dessa forma contrariou a menor velocidade que, associada às dificuldades em sair a jogar, são óbice a ser considerado um indiscutível. Mas é um nome a contar, não surpreendendo de todo que possa manter o estatuto de titular entretanto conquistado.
Tobias Figueiredo
Foi chamado de emergência, por lesão de Ilori e quer no que restou desse jogo quer do que realizou na totalidade cumpriu com distinção. Não parece que venha a ser a primeira escolha de JJ , precisa de continuar a jogar no próximo ano porque ainda denota alguma precipitação, talvez por imaturidade. Se ela é natural na idade, parece também ser-lhe intrínseca. Tem no entanto condições físicas para ser um grande central sendo determinante o que lhe vai ser proporcionado nos anos imediatos.
João Mário 
Um jogador com um enorme potencial mas que, por vezes, parece ficar aquém, muito aquém, do que esse potencial deixa advinhar. Fez no entanto um bom campeonato, foi dos melhores, mas alternou bons momentos com outros de largo eclipse, sendo o jogo de ontem um dos melhores exemplos, agravado pelo cansaço que se foi instalando. Muito dotado tecnicamente, o que lhe confere grande qualidade na recepção e no passe, precisa de aumentar quer a agressividade nas tarefas defensivas quer o grau de frieza no momento de finalizar. Quando, e se, o conseguir, será um jogador notável. É dos que auguro poder vir a crescer mais sob a batuta de JJ.
William Carvalho
Não foi por acaso que foi considerado o melhor jogador do torneio pela UEFA. A diferença para a generalidade dos demais foi muitos vezes abissal, sobretudo ao nível da segurança de execução, compreensão do jogo, qualidade técnica e visão. Mas, apesar de todos os elogios, inteiramente merecidos, não é ainda um jogador “fechado”. Sobretudo quando a equipa entra em transição defensiva William revela ora pouca agressividade, ora pouco acerto na ocupação dos espaços ou na contenção. Isso ontem foi ainda mais evidente após a intrigante decisão de Rui Jorge de Sérgio Oliveira, com quem articulou muito bem. Dificilmente JJ não o transformará no “monstro” que já deixa adivinhar.
Carlos Mané
Jogou pouco, o que se compreende pelas muitas opções que Rui Jorge tinha à disposição. Neste momento não é melhor que Cavaleiro em termos globais, mas tem tudo para o suplantar a breve trecho. Podia ter sido uma alternativa válida na final, atendendo ao fraco acerto daquele. É daqueles jogadores que parece estar no meio da ponte, onde de um lado está a banalidade e do outro um futuro promissor. Muita da sua sorte de decidirá nos passos que dará a breve trecho, compreendendo que o dinheiro e o chamamento do padrinho de baptismo (Leonardo Jardim) tenham um peso elevado na decisão que tomar.
Iuri Medeiros
Entrou sempre bem, sendo capaz de agitar o jogo, ficando por isso a dúvida se não poderia ter merecido a titularidade. Tenho que confessar a minha falta de isenção na apreciação deste miúdo talentoso. É por isso, por lhe reconhecer grande talento, que o imagino a poder ser titular ou participar com assiduidade na equipa principal. Talvez seja um exagero. Mas jogadores com a sua qualidade técnica e rapidez de execução não há muitos, sendo contudo notório que precisa ainda de crescer e para isso tem de enfrentar mais dificuldades e exigências que não encontra nem numa equipa B, nem mesmo num clube com as especificidades como as que encontrou em Arouca.  A ser dispensado, que seja escolhido um clube de forma criteriosa, sendo contemplada a possibilidade de ser revista a situação em Dezembro.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

A SIC no "coração da águia" e gala de Martunis

A SIC começou ontem a difundir uma reportagem(?) sobre o SLB, que se estenderá por mais dois episódios. Aguardava com alguma curiosidade o programa depois de ter visto o seu anúncio.  Então, a minha primeira reacção foi bastante favorável à iniciativa, adivinhando-lhe uma visão moderna na promoção de um clube. Essa parte dessa previsão veio-se a confirmar, mas verificando com incredulidade e estupefação que, ao invés de uma reportagem de carácter jornalístico/informativo o canal de Carnaxide embarcou na promoção quase pornográfica do actual presidente do clube da Luz, Luís Filipe Vieira. Dizer isto não significa desconsiderar que é tão grande o demérito de quem produziu e realizou a peça como é mérito de quem assim se fez promover de borla e em horário nobre.

Há nesta peça duas perspectivas que me importam. A primeira é dos accionistas da Empresa, holding que detém o canal televisivo. É a que menos me interessa, uma vez que não o sou.  Como consumidor das diversas plataformas de TV que a empresa detém confesso o meu desapontamento pelo embuste. Se fosse accionista cuidaria de saber como é que se difunde pro bono matéria que deveria ser paga, uma vez que o clube em questão detém uma SAD cotada em bolsa.

Há outra perspectiva que me parece importante ter em conta, quer como observador anónimo do fenómeno futebolístico, quer mesmo como adepto rival. Aí não posso deixar de observar a profunda transformação que o clube rival sofreu com Luís Filipe Vieira. A peça, apesar do exagero promocional, não deixa de reportar um clube moderno e profissionalizado, cujos resultados se fazem sentir de forma transversal na vertente desportiva e empresarial. Os resultados alcançados este ano não são um acaso, um acaso seria, nas condições criadas, que eles não estivessem a acontecer. 

Alguns exemplos, sem ser exaustivo:

Ao nível de marketing enquanto estamos encalhados há anos, eles rentabilizam quase todo o milímetro quadrado que dispõem, apoiados numa estrutura profissionalizada.

No que ao merchandising diz respeito vimos o país inundado de vermelho nas celebrações do titulo, enquanto nós, tendo vencido a segunda competição nacional, não soubemos aproveitar a ocasião.

O pormenor da recriação do balneário da casa em todos os jogos fora é todo um outro nível. Quantos pontos valeu?

Pode haver quem prefira negar estas evidências, quem sabe, deixando-se cegar pela rivalidade. Pode até ser reconfortante mas é também ilusório. Não o querer perceber é ignorar o muito que precisamos de fazer para poder lutar com iguais oportunidades. Constatar isto é ainda mais importante no preciso momento em que conseguimos ir buscar o melhor dos activos do nosso rival. É importante, mas não é tudo e há ainda um longo caminho a percorrer. Claro, podemos sempre entretermo-nos a arranjar desculpas. Pode ser reconfortante mas apenas nos condena à auto-comiseração e estagnação.

Martunis
Da gala de ontem resultaram muitos motivos de interesse e análise. Pelo destaque dado, e para não lateralizar o post em demasia, fico por Martunis. Do meu ponto de vista pessoal, não o teria eleito a "surpresa da noite", como se pode depreender pelo destaque que lhe foi dado. Admito os mais diversos argumentos sobre o tema, que vão do interesse humanitário, ao puro oportunismo mercantilista, até à interpretação que aponta para o populismo que o uso do nome do adolescente indonésio pode suscitar.

Mas não me desvio do essencial da acção do Sporting: trazê-lo até nós não vai mudar apenas a vida de Martunis por uns tempos. Vai dar-lhe a oportunidade de crer que o futuro é possível. Isso é afinal o que a esperança nos oferece a cada um de nós. Só quem não sabe o que são as condições de vida de um país e terceiro mundo é que pode negligenciar o alcance deste acto. O Sporting pode não poder mudar o mundo, mas vai seguramente mudar o mundo de Martunis e daqueles que lhe são próximos. E isso é bom!

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 8 (3) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (90) Adrien (13) AdT (1) adversários (63) AFLisboa (2) AG (18) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (32) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) aquisições (84) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (17) arbitragem (70) Associação de Basquetebol (5) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) atletismo (5) Atlético Madrid (1) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Bastidores (62) Batota (14) Beira-Mar (2) Belenenses (4) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boeck (1) Bojinov (7) Bolsa (2) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (70) Bruno de Carvalho (2) Bruno Martins (20) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Caicedo (5) calendário (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (1) Campeões (2) Caneira (2) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Severino (4) Carrillo (2) Carrilo (2) Carriço (6) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (4) CD Liga (3) Cedric (6) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) CHEGA (1) Ciclismo (2) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (7) Coerência (1) colónia (1) comissões (1) competência (2) comunicação (51) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (1) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) cronica (3) crápulas (1) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Câmara Municipal de Lisboa (3) Cândido de Oliveira (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (34) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (20) djaló (10) Domingos (29) Doyen (1) Duarte Gomes (2) Ecletismo (56) Eduardo Barroso (5) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (54) EquipaB (17) equipamentos (8) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estado da Nação (1) estatutos (6) estratégia desportiva (100) Estrutura (1) Estádio José de Alvalade (4) Estórias do futebol português (4) Euro2012 (6) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (3) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (11) FCPorto (8) FIFA (1) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (18) fiorentina (1) Formação (81) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (10) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (23) Gamebox (2) Gauld (4) Gent (1) geração academia (1) gestores de topo (10) Gestão despotiva (2) Gilberto Borges (2) GL (2) glorias (4) glória (5) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (15) Holdimo (1) homenagem (4) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) Hóquei em Patins (7) i (1) Identidade (8) Idolos (2) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (2) Inácio (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (1) Jamor (3) Janeiro (1) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB rua (1) JEB és uma vergonha (5) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JL (3) Joana Ramos (1) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (8) Jorge Mendes (2) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) João Benedito (1) João Morais (5) João Pereira (5) João Pina (3) João Rocha (2) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leonardo Jardim (11) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (7) liga dos campeões (12) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa10/11 (16) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Mané (2) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (26) Maritimo (2) Marítimo (3) Matheus Pereira (1) Mati (1) Matias Perez (1) matías fernandez (8) Mauricio (3) Memória (8) mentiras (1) mercado (37) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) Modalidades (23) modelo (3) Moniz Pereira (6) Montero (6) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) mística (3) Nacional (1) Naide Gomes (2) naming (2) Nani (3) Natal (3) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (20) Nordsjaelland (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Valente (1) Núcleos (9) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) orçamento (3) paineleiros (13) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (4) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) presidente (3) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (21) pré-época 15/16 (5) prémio (1) prémios stromp (1) PS (1) pára-quedista (1) Rabiu Ibrahim (2) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (15) reflexãoleonina (21) reforços (14) regras (1) Relatório e Contas (8) relva (8) relvado sintético (3) remunerações (1) Renato Neto (3) respeito (6) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (3) Rodriguez (2) Rojo (3) Ronaldo (11) rtp (1) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) râguebi (1) Rúbio (4) SAD (24) Salema (1) Sarr (4) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) seleccionador nacional (5) Selecção Nacional (33) SerSporting (1) Shikabala (2) Sinama Pongolle (1) Sistema (3) site do SCP (2) SJPF (1) Slavchev (1) slb (19) Slimani (7) Soares Franco (1) Solar do Norte (12) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) sustentabilidade financeira (30) Sá Pinto (31) Símbolos Leoninos (3) sócios (15) Sócrates (1) Tales (2) Tanaka (1) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (4) transmissões (1) treinador (83) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (3) TV Sporting (4) Twente (2) Tziu (1) táctica (1) Ténis de Mesa (2) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (13) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (92) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (3) Vitória (1) VMOC (4) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (9) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (11) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (2) Zapater (2) Zezinho (1) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8)