quinta-feira, 26 de abril de 2018

Jorge Jesus continua a ser o treinador que o Sporting precisa?

Vamos já na terceira época de Jorge Jesus no Sporting e, como é normal com um treinador carismático, mas que tem ainda por cumprir o principal desígnio que levou à sua contratação, o consenso à sua volta está ainda por alcançar. Os eventos que se seguiram ao jogo  de Madrid, com o presidente de um lado a suspender a quase totalidade do plantel e Jorge Jesus a conseguir impor – imagina-se in extremis… - uma última réstia de bom senso, trouxe a descoberto uma faceta que os seus detractores desconheciam ou julgavam inexistente: as preocupações do treinador não se ficam apenas pelo chorudo ordenado e por projectos com condições imbatíveis para superar a concorrência. Jorge Jesus não abdicou do seu papel de lider, revelando além disso um total compromisso com os interesses do clube que representa.

Se assim não fosse a Jesus bastaria recostar-se no seu cadeirão e aguardar calmamente pelo final da época de cada um dos poucos meses que ainda restavam para o final do campeonato para recolher o seu quinhão e escolher a próxima paragem. Certamente que não faltariam – nem faltarão - aliciantes projectos, sejam eles apenas de cariz financeiro, num qualquer destino exótico, ou que até clubes dos melhores campeonatos europeus olhem para ele com atenção e mesmo apetite. Sem se saber muito bem como tudo isto vai acabar sabe-se pelo menos que a discussão sobre o interesse da permanência do treinador foi mais uma vez relançada.

Estamos já muito longe do ano da sua estreia como treinador em Alvalade, indiscutivelmente o seu melhor período até agora. O impacto da sua chegada foi enorme pela espectacularidade do futebol apresentado, na retumbância das vitórias e especialmente da superioridade exibida ante os rivais FC Porto e sobretudo SL Benfica, a quem ganharia a Supertaça logo no dealbar da temporada. O titulo desse a ano haveria de ficar à distância de um ressalto na canela de Bryan Ruiz. Pelo menos será assim eternizado, sendo a explicação claramente redutora.

Não podia por isso ser mais contrastante a época seguinte. Quase se pode dizer que tudo começou também em Madrid. A exibição foi merecedora de nota elevada, mas o resultado foi apenas o anúncio de uma característica que tinha vindo para essa época: incapacidade de segurar bons resultados, permeabilidade defensiva estranha em equipas de Jesus. Isto num ano em que os meios colocados à disposição, somados à época anterior levaram a antever uma equipa temível. Na realidade essa característica nunca o foi para os adversários, mas apenas para os adeptos tantos foram os resultados negativos coleccionados.

Os anticorpos que Jesus tinha criado aquando da passagem pelo rival do outro lado da estrada começaram a fazer-se ouvir. O seu talento para construir plantéis passou a ser questionado, especialmente pela indiferença a que foi votada a “cantera” várias vezes preferida, em fúria despesista, por soluções que nunca o viriam a ser. Apostas em nomes sonantes mas de carreiras intermitentes ou sob o signo ocaso – dos quais André, Campbel e Markovic sejam os melhores exemplos – revelar-se-ia um erro e o contributo para a maior contestação ao trabalho do treinador.

A questão da formação não é de somenos. É uma das bandeiras que o clube ostenta e que os adeptos gostam de ver ulular orgulhosa e altaneira. Com uma agravante, Jesus encontrou em Alvalade aquela que se pensava ser mais uma geração de ouro made in Alcochete, mas sem produzir os resultados que certamente muitos esperavam. Iuri Medeiros, Carlos Mané, Wallyson, Matheus Pereira, Palhinha, Esgaio, Tobias Figueiredo e Francisco Geraldes, entre outros, não viram ainda os benefícios da passagem do treinador que tem no currículo a descoberta de inúmeros talentos e reinvenções de carreiras.

Mas esta moeda tem outra face nas vendas de João Mário e Rúben Semedo e na exponenciação do valor de Gélson Martins. Ainda assim parece pouco quando se olha para alguns dos jogadores mencionados acima e de quem se esperava poderem crescer sob o manto de Jesus. Mas foi também por ele e com ele que Bruno de Carvalho conseguiu fazer os seus trespasses mais volumosos. É que ainda que não tenha conseguido títulos é consensual que a chegada de Jorge Jesus a Alvalade ajudou diminuir distâncias para os principais rivais muito pela qualidade dos seus processos e como eles são eficazes na subida de competitividade do Sporting. Mas também pela mudança de mentalidades. Isso foi evidente no ano da sua chegada, pela primeira vez ao fim de muitos anos os Sportinguistas viram a sua equipa jogar sem medos, sendo até temido por FC Porto.

Infelizmente Jesus viria a ser vitima de si mesmo e da sua entrada triunfal, muito por causa de uma das suas maiores imperfeições: a comunicação. O entusiasmo e a rivalidade com a anterior entidade patronal contribuiriam para um discurso que teria o efeito de toque a reunir, acabando os seus mind games por ser não só inócuos como até mesmo o combustível de que o carro vermelho de Rui Vitória tanto precisava.

A época ainda curso parecia sobre rodas até ao estranho despiste no Estoril, quando o clube se distraiu com um par de assembleias gerais. Parecia já perdida após a derrota abúlica em Braga, para renascer exactamente quando parecia que tudo se ia desmoronar após a já falada derrota de Madrid. Está ainda por saber o significado e importância que a passagem, mesmo que episódica e breve, do treinador e presidente por campos opostos terá no futuro da sua relação. Ninguém duvida que Jorge Jesus marcou pontos junto de largos sectores de adeptos e associados verde e brancos. Também ninguém duvida que no nucleo duro e indefectível de apoiantes de Bruno de Carvalho serão muitos aqueles que não perdoarão o embaraço e o protagonismo do treinador.

Este episódio marcará a passagem de Jorge Jesus no Sporting. Infelizmente trará à discussão questões de pendor “politico”, afastando-a da objectividade com que se deveria ponderar o seu abandono ou continuidade. Tem ele o perfil ideal para ser treinador do Sporting? Mas é também nesse episódio que nasce um ponto muito importante em seu favor: foi ele o cimento que ajudou a manter de pé o que restava da época. O que teria acontecido se a seguir ao jogo de Madrid o Sporting se tivesse apresentado, como era desejo do seu presidente, com a sua equipa B? Ninguém sabe exactamente mas mesmo que vagamente se intui que a final da Taça de Portugal seria apenas uma miragem e o segundo lugar agora ao alcance numa perspectiva opitimismo não passaria de uma luta denodada para se manter no pódio.

Daí à conclusão inevitável vai um passo: a discussão sobre as qualidades de Jorge Jesus e a adequação do seu perfil é comprovadamente válida. Mas não pode ser isolada de outra, talvez ainda mais pertinente: o Sporting, como organização, reúne no seu seio as condições indispensáveis para interromper o ciclo vicioso que se arrasta sem títulos? No que a Jesus diz respeito estou certo que no dia em que ele se tenha que preocupar exclusivamente com o treino e com o plantel à sua disposição ele estará mais perto de cumprir o sonho de seu pai, o seu e o nosso: voltar a ser campeão.

4 comentários:

  1. Se o Jorge Jesus continua a ser o treinador que o Sporting precisa? Claro, tem mais 1 ano de contrato. Só o facto de surgir agora a questão do treinador obriga a perguntar primeiro se o Sporting terá a direcção que precisa. Que de qualquer forma não vai ser tida nem achada na continuação de JJ. Já na continuação do anormal dos SMS's...

    ResponderEliminar
  2. O que o Sporting precisa e de uma direção que proporcione à equipe técnica e plantel de futebol condições de estabilidade e motivação. É com um presidente desiquilibrado á solta isso é impossível... Mas l, pelo andar da carruagem, vamos continuar com o maluco, e perder JJ... A malta gosta de circo...

    ResponderEliminar
  3. Não é. Mas há quem continue a teimar neste treinador. Se para mim mais um ano dele já não devia acontecer (mais um ano de retrocesso e em que não chegaremos lá, ao 1º lugar que tanto desejamos), mesmo a acontecer, só espero que não passe pela cabeça dos dirigentes renovar-lhe o contrato e com mais dinheiro (10 milhões talvez, de onde??). Olhem o Arsenal em boa hora se livra do Wenger (ou até tarde demais). Nem a Liga Europa vão ganhar. Estiveram todo o tempo a jogar contra 10 e ainda tiveram o topete de se deixar empatar pelo Atlético de Madrid. Imagina se continuassem o retrocesso com o francês... na próxima época nada ganhariam outra vez.

    Para mim JOrge Jesus NÂO merece voto de confiança, independentemente do que venha a acontecer. Já teve muitos.

    ResponderEliminar
  4. Que AZIA!!! sábado Há Mais:)sl

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (17) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (84) AFLisboa (2) AG (20) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (36) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (6) arbitragem (95) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (7) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (5) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Brunismo (1) Bruno Carvalho (108) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (13) Bruno Fernandes (2) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (3) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (69) Comunicação Social (22) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) crise 2018 (9) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (43) Derby 2016/17 (1) Derby 2018/19 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (3) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (4) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (18) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (8) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (27) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (91) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (3) futebol formação (2) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (9) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (29) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (2) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) idzabela (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (5) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (46) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (14) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa 17/18 (1) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) Miguel Maia (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (26) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (8) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (2) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O FIM (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (6) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (4) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (3) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidência (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) Rafael Leão (1) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (18) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (12) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (7) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Ruben Ribeiro (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (27) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) sessões de esclarecimento (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting (1) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (2) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (44) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (3) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (6) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tio Patinhas (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) VAR (1) Varandas (1) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (7) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (100) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) voleibol (1) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)