segunda-feira, 20 de julho de 2015

Quando a primeira escolha de Jesus dá razão a... Marco Silva

A primeira escolha de JJ, corporizada na convocatória para a digressão à África do Sul, contém algumas surpresas, por via da exclusão de alguns jogadores que, à partida, pareciam ter lugar assegurado no plantel. Como por exemplo Miguel Lopes, Labyad e até mesmo Viola. Sem surpresas, na minha opinião, é a ausência de Sarr, Héldon, Slavchev, Rábia, Sacko, Salomão e até mesmo Gauld.

Ora, foi a ausência de alguns destes jogadores das convocatórias do antigo treinador que provocou, ainda no inicio da época passada, o primeiro confronto entre Bruno de Carvalho e Marco Silva, que redundou no desfecho hoje conhecido de todos. Paradoxalmente, ou talvez não, ainda não apareceu nenhum José Eduardo de ocasião a acusar o actual treinador de ter uma agenda própria, etc, etc.

Esta nota, que pode deixar muita gente desconfortável, é importante porque lembra o desgaste e a fractura provocada no clube por aquela sequência de episódios, já sem falar nos ataques ataques "ad hominem" a que o antigo treinador esteve sujeito na praça pública, que em nada  honrou o clube. O que a primeira escolha de Jesus veio dizer sobre isto é que andamos a desperdiçar energia e tempo numa luta intestina injustificada, que seguramente se reflectiu também na perfomance da equipa. De facto, grande parte do lote de jogadores tidos como reforços no ano transacto não o foram então e alguns deles nunca o serão. Que todos tenhamos aprendido com o sucedido.

53 comentários:

  1. Percebo a referência e, em certa medida, concordo. Aliás, é notória a mudança de actuação - efeito jesus, aprendizagem com os erros, ou os dois?

    No entanto, também há uma diferença em relação a Marco Silva que foi a minha maior critica ao ex treinador. Com JJ alguém acredita que o Sarr tivesse tantos minutos? E o mauricio? A verdade é que com esta dupla, assim de cabeça, e muito por culpa dela perdemos 6 pontos no campeonato e uma qualificação para os oitavos da CL. Claro que ele pôs os jogadores que tinha, mas ainda hoje nao percebo pq nao adaptou rossel ao seu lugar de formaçao (central) ou pos o slimani a central já que melhor que o Sarr ate eu!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não diga isso que não convém... Paulo Oliveira foi suplente de Sarr até ao jogo com o Chelsea, João Mario foi suplente de André martins nos primeiros jogos da época... Mas a culpa dessas escolhas deve ter sido de BDC.

      Eliminar
    2. Uma pergunta ao autor do artigo, se a ausências de slavchev, Gauld ou heldon dão razão a MS qual a conclusão que devemos retirar das apostas em Semedo, Iuri, esgaio, Wallyson ou Gelson Martins tudo jogadores disponíveis na época passada que não tiveram oportunidades?

      Eliminar
    3. Eu até sou dos defensores do Andre Martins, assim ele jogue mais recuado. A escolha por Sarr em detrimento de Paulo Oliveira é de difícil explicação e a não aposta em Tobias ou noutro da B mais cedo também, ainda que quem fez o plantel devesse ter dado outras opções.

      Ace-XXI, tenho dificuldade também em perceber como wallyson gelson e, sobretudo, iuri nao tiveram nenhum minuto no campeonato.

      SL

      Eliminar
  2. Quer-me parecer que estamos a querer comparar coisas pouco comparáveis.

    O modelo de jogo será diferente e as opções também são outras.

    ResponderEliminar
  3. E Wallyson e Gelson Martins

    ResponderEliminar
  4. Mais um post a atacar o presidente do clube e a defender o ex-treinador com desonestidade intelectual à mistura.
    É pena que tenha enveredado por esse caminho pois este era dos blogs que mais gostava de visitar.
    Crítica barata só porque sim.

    ResponderEliminar
  5. Como se fosse só isso. Se não se soubesse, diria que o José se chama Sérgio ou Jean-Paul e escreve no Mais Futebol ou no O Jogo, tal é a mesma vontade. Adiante, vou só ali rever uma certa palestra motivacional a ver se ainda tenho vontade de trabalhar... nos últimos 15 minutos. Equem não quiser ser produtivo, evita de entrar comigo ara o trabalho! :)

    ResponderEliminar
  6. Por alguma razão não foi só o Marco Silva que foi despedido do futebol.

    ResponderEliminar
  7. E se o desgaste e a fractura tiveram acontecido por mais uma dezena de factos que não são aqui referidos? Querer reduzir o afastamento do treinador à escolha ou não de jogadores, não passa disso mesmo: de um exercício redutor. Mas cada um saberá das suas motivações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como o fato na nota de culpa?

      Eliminar
    2. Isto de aceitar comentários incendiários de anónimos tem muito que se lhe diga

      Eliminar
    3. O dizer que foi pela escolha ou não dos jogadores até já é uma evolução em relação ao fato! E as duas não passam de tentativas de incendiar e atacar o presidente!

      Eliminar
    4. Quem é que meteu o fato na nota de culpa?

      Eliminar
    5. Fato ou facto? Tenho ideia de existirem umas centenas de factos.

      Eliminar
  8. Chama-se a isto por o dedo na ferida. Por isso é que estão aí os soldadinhos a contorcerem-se de dores. Muito bem!

    ResponderEliminar
  9. Mentira. Não foi a ausência destes jogadores que provocou o confronto entre Presidente e o Marco Silva. E parem de especular sobre os mesmos, se faz favor.
    Pensava até que o assunto Marco Silva estivesse ficado arrumado, a partir do momento em que o mesmo aceitou o acordo para a rescisão, ficando claro que haviam motivos para a rescisão com justa causa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Pensava até que o assunto Marco Silva estivesse ficado arrumado, a partir do momento em que o mesmo aceitou o acordo para a rescisão, ficando claro que haviam motivos para a rescisão com justa causa."

      É quase pornográfica a forma como esta gente anda com o Bruno ao colo. Queres ver que foi o Marco Silva que ameaçou o Sporting com justa causa? O Marco Silva cagou e andou para adeptos como tu e já seguiu a vida dele. Contente?


      Eliminar
    2. Ele é que não terá ficado muito contente, pois queria mais uns milhões no bolso. Apanhou pela frente alguém que em primeiro lugar defende os interesses do clube. Como é óbvio, independentemente da razão ou falta dela, o interesse do clube era pagar o mínimo possível.

      Eliminar
    3. Quando conseguires tirar a cabeça do sitio que estás a pensar falamos.

      Eliminar
    4. "É quase pornográfica a forma como esta gente anda com o Bruno ao colo. Queres ver que foi o Marco Silva que ameaçou o Sporting com justa causa? O Marco Silva cagou e andou para adeptos como tu e já seguiu a vida dele. Contente?"

      Sabem como é que se percebe a tua (tua e de muitos) intenção no meio desta história toda? Basta perceber que vocês nem sequer conseguem colocar a hipótese para que, de facto, o Sporting tivesse tido motivos para invocar a justa-causa no processo de rescisão do Marco Silva. É tão simples quanto isto.

      Eliminar
  10. Muda lá o nome do blog para "A norte do Olympiakos"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Even better: Eu amo o Marco Silva.

      Eliminar
  11. Este post interessa a quem? Ao Sporting Clube de Portugal? Não me parece.

    ResponderEliminar
  12. Isto é mesmo dizer mal ... porque sim, ou porque outros interesses se levantam, enfim ...

    Assim só de memoria, posso garantir que pelo Sarr, Sacko e Rabia foram contratados já depois do estagio ter começado.

    Fica mal ao Leão de Alvalade, será que é mesmo de Alvalade? Ou será algum infiltrado. Eu sei o que está na moda é dizer mal do Sporting e ainda mais do seu Presidente, isso dá tempo de antena e ha muita gente à procura de tacho, maldito desemprego..

    ResponderEliminar
  13. E continuam a não querer ver os soldadinhos! Questionem os jogadores que o agente Nélson Almeida colocou no Sporting! Tantos e tão fracos! Carta branca total! Quem o trouxe para o clube? Esse defende a agenda de quem? A cegueira dá pena...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Sporting ... da Covilhã tem muitos, de facto!

      Eliminar
  14. É uma maneira de ver as coisas.

    A outra, tão legítima quanto esta, é dizer que, como ficopu agora cabalmente demonstrado, os confrontos entre Marco Silva e Bruno de Carvalho não tiveram nada a ver com a utilização ou dispensa de jogadores.

    Esta teoria (porque é disso que se trata, tal como acontece no caso do post, embora aí se assumam como absolutamente verdadeiras informações que nunca foram comprovada por ninguém, neste mesmo pelo MS) até tem argumentos muito mais válidos que a tese defendida no post.

    Em primeiro lugar, o Jorge Jesus está a ir muito mais longe do que foi Marco Silva ao dispensar os jogadores que MS se limitava a não utilizar.

    Em segundo lugar, porque, a acreditar-se que na tese do post - isto é que o primeiro confronto teve orgiem na não utilização de determinados jogadores - isso significa que até aí o clima entre MS e BdC era pacífico. Ora, se era pacífico e se (supostamente, claro está) rebentou com isso, então não há nada que distinga essa situação da actual.

    Ao contrário do que já se disse por aí, eu não sou "soldadinho" de ninguém, mas tenho a opinião, cada vez mais firme, de que há uma certa má fé no modo como alguns filtram as informações da comunicação social e se assumem como correctos determinados factos em detrimento de outros (sempre, naturalmente, ao serviço da crítica).

    Eu não sei a minha tese está correcta, nem perco muito tempo com isso, porque acho que nunca iremos saber, mas não tenho a presunção de anunciá-la como se o fosse.

    Podem não gostar do BdC, do estilo do homem e das mil e uma barbaridades que ele já fez - que eu acho muito bem que denunciem (como por exemplo a compra dos dois centrais que aí vêm). O que eu acho que não é preciso é este género de crítica fácil, sem sustentação alguma a não ser em correios da manhã e em zés pasteleiros.

    O Sporting não precisa disto. Precisa, isso sim de crítica construtiva.




    ResponderEliminar
  15. Observação pertinente e, claro, bastante óbvia.

    Salta à vista que o treinador não confia, nem de perto nem de longe, na enorme lista de "reforços" divulgada por BdC na época passada.

    A diferença é que desta vez não sente autoridade para mandar o treinador de 4 ou 5M€ "comer e calar", daí a política desportiva ter dado uma volta de 180º (quem nega isto?!).

    Mas isto, e os largos milhões deitados ao lixo em contratações, são irrelevantes quando existem resultados dentro e fora do campo (lucros). 2º lugar -> Taça de Portugal -> ???

    A verdade é que até agora tem corrido "tudo" bem, veremos se 15/16 será um passo em frente, atrás ou para o lado, sabendo à partida 3 jogos valem quase 80% da época, pois a probabilidade de vencer o campeonato é, olhando para os orçamentos, extremamente reduzida (seria um feito histórico!).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Largos milhões deitados ao lixo em contratações, amigo, estamos a falar no Sporting e não no carnide ou do clube da fruta.

      Se fizer umas contas rápidas vai ver que não foram assim largos milhões, e dos poucos milhões investidos, ainda não se sabe qual o retorno. Por exemplo sabe qual a percentagem de lucro ocasionada pelo Enoh? Sabe de algo que impeça que o Sarr, Slav, Rabia etc.., possam acabar por ser transaccionados com margem positiva? Eu não sei, mas também não sabia que o Enoh e o Mauricio acabariam por se tornar em negócios positivos.

      Eliminar
    2. Ter quase 50% de jogadores oriundos da formação no actual estagio e se a esses acrescentar William e o Palhinha e eventualmente o Matheus, teremos o plantel com mais de 50% de jogadores formados na Academia. Se isto é dar uma volta de 180º ... duvido!

      O que está em causa, é o estatuto e já agora o ordenado do treinador, que facilitam a exigência de alguns jogadores experientes para colmatar lacunas devidamente identificadas (na defesa e no ataque). É muito diferente, a experiência de JJ com a natural exigência de títulos imediatos e situação de MS, mesmo até a situação do Leonardo Jardim, que não assumiu a candidatura apesar de ter exigido, Magrão, Heldon, Vitor e afins ...

      Cada situação teve (tem) as particularidades que caberá à Administração avaliar, dentro das disponibilidades em cada momento, como é óbvio foram todos diferentes.

      Eliminar
  16. Não concordo

    Primeiro porque é extremamente redutor dizer que a escolha dos jogadores é que criou o atrito entre BC e MS

    Depois - estamos a reforçar a equipa - teremos uma equipa mais forte que a do ano passado - é normal que certos elementos no ano passado tivessem mais oportunidades que vão ter este ano e a exclusão de Labyad e M Lopes prova precisamente isso

    Por outro lado a inclusão de certos elementos como Tobias, Wallyson e Gelson, vem provar que MS só recorria a jogadores jovens quando não tinha outra alternativa

    ResponderEliminar
  17. Não terá sido o inverso? Não terá sido MS a escolher os referidos jogadores para depois se constatar que não serviam e isso ter sido uma das razões para a tal "fractura" entre presidente e treinador?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sei como não temos mais campeões olimpicos de ginastica tal a qualidade e quantidade das piruetas e exercicios de contorcionismo que se vêm nesta caixa de comentarios.

      No entanto tenho que reconhecer que aqui o nosso amigo Ivaylo lidera destacado a pontuação do juri.


      Eliminar
    2. Agradeço a pontuação do juri mas continuo a aguardar resposta fundamentada às minhas questões. De preferência com suporte em factos e não em especulações.

      Eliminar
    3. Que eu saiba foi o MS que aprovou o Sarr e o Sacko.

      Só esteve arrependido de nao trazer o Carlitos, esse é que era maquina.
      E agora querer ir buscar ao Braga o Aderlan, grande centralão (a jogar cartas certamente).
      Secalhar ja estavam comprometidos na final da taça quando o Aderlan deu a fifia no golo do Montero.

      Eliminar
    4. A única cisa que tu sabes é que o teu deus assinou 4 anos com o pior treinador do mundo. E por causa disso já saltou do banco. Ele e o fiel escudeiro. Que brunecada.

      Eliminar
  18. "Mas isto, e os largos milhões deitados ao lixo em contratações, são irrelevantes quando existem resultados dentro e fora do campo (lucros). 2º lugar -> Taça de Portugal -> ???"

    Atenuam como é obvio, a critica aos erros que se vao cometendo, que é exactamente o que nao acontecia com os anteriores que gastavam mais, tendo prejuizos e nao ganhando nada.

    Agora se a situacao voltar a acontecer, nao é por se ganhar ou ter lucros que nao se deve alertar ou criticar.

    Dei o beneficio da duvida o ano passado, e continuo a achar que poderao haver surpresas. Outros provavelmente nao vao dar mais do que ja deram.

    Mas convem nao esquecer, que no meio dos slavchevs e dos gaulds ou dos sarr's que nao foram para estagio, aparentemente tambem estao os labyads os violas ou os miguel lopes, estes bem mais caros e pertencentes a outra geraçao de contratacoes. E se calhar nao exagerando, entre ordenados e o que custaram, so estes 3 pagam os erros todos de Bruno de Carvalho. Digo eu.

    Se isto serve como desculpa para os erros de agora? Epa claro que nao. Mas fica bem ser relembrado tambem nao fica?

    É que da mesma maneira que para alguns no Sporting so s comecou a fazer bem a partir de 2013, parece que para alguns tambem so se comecou a errar a partir de 2013.

    Como ja alguem aqui disse, andar a caça com uma bisnaga nao é tao facil como levar uma caçadeira. E esta teoria aplicou-se para mim, ate ao momento em que se decidiu pagar o que se vai pagar ao Jesus, porque parece que agora tambem temos um caçadeira, ou pelo menos uma 9mm.

    Por exemplo, o ano passado compreenderia muito mais que nao se conseguisse renovar com o carrilho. Este ano com esta festa de dinheiro toda...ja me custara mais a aceitar.

    ResponderEliminar
  19. ... festa do dinheiro toda ....

    Custa-me aceitar esta interpretação, senão vejamos, até ao momento e com o plantel praticamente definido, foram gastos em contratações no máximo 7M um pouco mais que o produto da venda do Cedric. O orçamento para salários terá, sem duvida, um acréscimo significativo, com o treinador incluído poderá crescer cerca de 10M/ano, nada que não seja suportado pelo resultados de exploração que lembro foram positivos nos últimos 2 anos. Não vejo festa nenhum mas sim a existência de rigor orçamental que nesta altura poderá permitir elevar um pouco a fasquia. Estou na expectativa que os responsáveis pelo rigor não tenham de um momento para o outro perdido a noção das reais possibilidades ... no mínimo da minha parte tem o beneficio da duvida, pois já muito fizeram por o merecer.

    ResponderEliminar
  20. Deus não te oiça.
    Se der também razão ao ridiculo processo defensivo, ao desrespeito constante para com a hierarquia, à organização ofensiva resumida a cruzamentos, à nulidade nas bolas paradas, à má gestão no plantel e à servidão habitual a uns empresários, o máximo resultado provavelmente será uns 10 empates no campeonato e não conseguir ganhar um jogo ao Benfas C e Paços.

    ResponderEliminar
  21. Para mim, passando de onde vinhamos, e principalmente do panorama que nos foram pintando, para o que estamos agora a fazer, considero com as devidas aspas uma festa de dinheiro. Nao tanto pelos valores das contratacoes, mas pelos ordenados que estamos agora a oferecer, quando ha bem pouco tempo andavamos a pedir para reduzir. Nao falo da justiça dessas reducoes, nem da justica dos jogadores que optamos por perder, por terem pedido aquilo que pediram na altura(ilori,bruma, e dier).

    Temos de concordar que foi uma mudança repentina no que vinha a ser feito, que por sua vez, e na minha opiniao, vem aumentar relativamente a cobrança.

    Têm como é obvio o beneficio da duvida, tal como dei desde inicio, porque realmente têm feito por mereçer. Mas com mais dinheiro, ha mais responsabilidade. Com mais dinheiro, ira custar mais admitir falhas em contratacoes, que como é obvio nao irao deixar de existir provavelmente.

    E este exemplo do carrillo para mim é bom. A excepcao de ele pedir 3 ou 4 milhoes de euros, pelo que ele ja demonstrou e tendo em conta aquilo que agora se oferece a outros, se ele sair, ja nao vou aceitar com a mesma calma que aceitei outros. Acho que é normal.

    O que nao é normal é selecionar so as coisas que interessam para falar mal, como alguns fazem. Ou esquecer que os mesmos burros que trouxeram o sarr ou o slavchev, tambem trouxeram o montero e o slimani por exemplo. E vai la vai, o que aqui foi dito sobre estes dois antes ainda de chegarem. Agora...ate parece que ja vierem do tempo do anterior presidente. Memoria selectiva é uma coisa lixada...assim como reconher merito a quem nao gostamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não compares as situações (Ilori, Bruma e Dier), primeiro tenho duvidas se as saídas foram exclusivamente por questões salariais. Por outro lado tratavam-se de jovens a terminar a formação e como é natural não poderiam ter o mesmo nível de remuneração dos internacionais consagrados. As aquisições nesta temporada, tratam-se de jogadores experientes, cuja remuneração pelo que se tem lido, será ao nível dos máximos que já praticávamos, Cerca de 2M brutos.
      Por isso faz todo o sentido rever sem entrar em loucuras a remuneração de alguns atletas, (Carrilho por exemplo, mas há outros...)sendo certo que orçamento para salários, incluindo treinador vai crescer substancialmente, estimo em mais de 10M euros ano. Não esquecendo que a conta não será apenas de somar, há que deduzir os que vão sair da folha.
      Descontando um eventual desfecho negativo do caso doyen, o resultado do ano será superior ao crescimento previsível dos salários, pelo que considero que neste altura há margem para este crescimento.
      Importante é mesmo conseguir um bom patrocínio para as camisolas e um pequeno aumento das gameboxes, então a entrada na LC será ouro sobre verde, embora me pareça que a estratégia negocial não esteja a contar isso como adquirido, caso contrario todas as negociações teriam sido muito mais rápidas e tem havido esforço para reduzir ao mínimo possível os encargos.

      Eliminar
  22. Vários leitores falaram aqui na escolha de Sarr em detrimento de Oliveira. Ora isso só sucede por falta de memória ou tentativa de reescrever os factos.

    1- Sarr foi contratado para jogar do lado esquerdo, posição a que Oliveira teria que ser adaptado. O treinador preferiu inicialmente a "versão original" e só abdicou dele face às evidências.

    2- É muito curioso que alguns, muitos, que HOJE falam da possibilidade Oliveira ou Tobias jogarem na posição do francês eram os mesmos que "ONTEm aqui protestavam nos posts em que, ao fim de 2 jogos, manifestei a minha posição de incredulidade face à titularidade do francês. Esses defendiam que tinha que se dar tempo, que era um grande central (de facto é um central grande.

    3- Quando se fala em Paulo Oliveira esquece-se que teve um pré-época muito abaixo das suas possibilidades, tendo estado quase sempre pior que os seus colegas de sector (é também bom lembrar que nessa altura ainda estava o Dier.)

    4- Como hoje é fácil de perceber o Tobias é muito melhor central que Sarr, apesar de há um ano quase ninguém defender a ideia. Os totolotos ao domingo são muito mais fáceis de defender.

    Além desta questão é também hoje muito defendida a aposta em jogadores como Semedo, Iuri, Esgaio, Wallyson ou Gelson Martins. Por partes:

    -O Semedo não estava cá o ano passado, andou por Réus, certamente dedicado ao hóquei em patins...

    - O Iuri foi dispensado para o Arouca o ano passado e bem, uma vez que lá poderia jogar e connosco não, porque não era crível que tirasse o lugar o Nani ou ao Carrillo. Quanto a mim há 2 anos pelo menos que poderia jogar mais, um erro que aponto quer LJ (que foi buscar para o lugar um jogador inferior, Héldon) e a MS. Onde poderia estar agora Iuri se se tem apostado nele como por exemplo no Mané?

    - Esgaio é um daqueles casos que é fácil culpar o jogador e as opções dos treinadores mas quando se contabilizam a quantidade de laterais que passaram nestes últimos 2 anos é bem capaz de deixar de fazer muito sentido. Um jogador que nitidamente se pode queixar do planeamento e da estratégia (?).

    - Wallyson é um bom jogador mas tem vários competidores para o lugar. Não me parece que tenha desperdiçado o ano passado.

    - Ainda é cedo para se falar numa aposta em Gélson. Veremos melhor quando o plantel estiver mais definido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1- Sarr foi contratado para jogar do lado esquerdo, posição a que Oliveira teria que ser adaptado. O treinador preferiu inicialmente a "versão original" e só abdicou dele face às evidências. Abdicou face às evidencias? as evidencias só apareceram em Outubro? depois das evidencias terem custado ao Sporting cerca de 10M? A questão de Saar por Oliveira é uma falácia porque quem foi adaptado à esquerda não foi o bombeiro foi o mauricio. essa pré época deve ter sido mesmo muito má...

      2 fui ver esses comentários do grande central, realmente vejo pessoas a pedir para não se apelidar uma dupla de centrais com 2 jogos como e cito "a pior de sempre". essa dupla foi escolhida pelo treinador que nos OFERECEU uma taça de portugal como aqui alguém disse...

      3- deve ter sido mesmo muito má essa pré época, para o saar parecer jogador

      4- Tobias é certamente melhor que o Saar em muitas coisas, ainda não é, no meu entender um central ao nível daquilo que o Sporting precisa

      Como por exemplo Miguel Lopes, Labyad e até mesmo Viola. Sem surpresas, na minha opinião, é a ausência de Sarr, Héldon, Slavchev, Rábia, Sacko, Salomão e até mesmo Gauld.

      Ora, foi a ausência de alguns destes jogadores das convocatórias do antigo treinador que provocou, ainda no inicio da época passada, o primeiro confronto entre Bruno de Carvalho e Marco Silva, que redundou no desfecho hoje conhecido de todos.


      Factos aqui só existem na lista de jogadores que não seguiram viagem:

      Miguel Lopes foi aposta consistente de MS durante a segunda parte da temporada, tirando a vaga a Esgaio. Labyad não estava no clube. Por aqui não vejo onde JJ siga as ideias de MS.

      Em relação a Sarr, Héldon, Slavchev, Rábia, Sacko, Salomão e até mesmo Gauld.

      Saar foi aposta de MS,
      Héldon começou a época a sentar Carrillo e Mané (?) e depois foi dispensado
      Slavech foi a grande desilusão, não se conseguiu impor nem na A nem na B mas continua a ser um jovem internacional com grande margem de progressão.
      Sacko e Salomão estarem aqui não faz absolutamente nenhum sentido...
      Gauld tinha 19 anos, dificilmente seria opção para a equipa A, com 20 anos continuará a sua adaptação ao futebol português na equipa B.

      De facto, grande parte do lote de jogadores tidos como reforços no ano transacto não o foram então e alguns deles nunca o serão. Que todos tenhamos aprendido com o sucedido. O perfil das contratações do ano passado não tinham como objectivo o curto prazo tirando o Nani. Este ano o paradigma mudou, se jogadores de 30 anos não forem realmente soluções para a equipa principal aí poderá-se dizer que foram falhadas

      Eliminar
  23. Eu vi um sapo!

    BdC: soma e segue na ingestão de anfíbios...! Desconsiderado em público, em frente de toda a gente, incluindo o plantel!!! JJ, a continuar assim, bate de forma espectacular tds os "rascords" de MS!... Mas, pronto, manda quem pode, obedece quem tem juízo... Òh Zédu, anda cá ver isto, páh!!!!

    Enfim, deve ser o método de trabalho do JJ... para conquistar o seu grupo de trabalho...

    http://www.record.xl.pt/futebol/nacional/1a-liga/sporting/detalhe/nem-bruno-de-carvalho-escapa-ao-rigor-de-jorge-jesus-963720.html

    http://www.record.xl.pt/futebol/nacional/1a-liga/sporting/detalhe/com-jesus-nao-ha-limites-de-velocidade-963696.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Virgílio

      Andas tão chatinho nesse modo camarote :(

      Eliminar
    2. Ando chato, não ando, The Cure? Sempre fui chato para com os poderosos, páh... Mas só qd merecem, que é, claramente o presente caso. Não é defeito é mesmo (mau) feitio. :)

      Eliminar
    3. Claramente! Pedro Passos Coelho merece levar com uma bigorna nos c*rn*s...

      SL

      Eliminar
  24. Eu acho que o Olympiakos deve ter no seu site como se fazer sócio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Eu acho que" o achismo sabe tudo e não tem dúvidas, é presunçoso e ignorante.

      Eliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)