terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Estás satisfeito com o tamanho do teu contrato?


"O tamanho importa?" é uma discussão muito frequente sobre as mais diversas matérias e cedo se percebeu que, no que ao valor dos contratos televisivos dos três grandes diz respeito, ela seria recorrente. Agora que é já conhecido também o valor (515 milhões de euros) e o operador (NOS) há razões para perguntar: 

Estás satisfeito com o tamanho do teu contrato?


Numa leitura ainda que superficial parece-me que o Sporting trabalhou muito bem a comunicação do contrato, procurando que o bolo final fosse um valor significativo e que se equiparasse aos dos seus rivais. Será esse o valor a presidir à maior parte das discussões, há no entanto que perceber o que dá o Sporting em troca, e que é um negócio diferente dos seus congéneres em alguns aspectos:

- O Sporting vende por 446 milhões as transmissões e a publicidade do estádio por um período de 10 anos, os direitos da Sporting TV por 12, 5 anos e camisola para publicidade também por 12,5 anos e meio. Acrescenta ao negócio o valor de 69 milhões que são respeitantes à renegociação do contrato ainda em vigor, acrescidos da publicidade no estádio e até ao momento em que o novo contrato passa a vigorar (2018). 

- Por 457, 5 milhões o FCPorto vendeu as transmissões dos seus jogos por 10 anos, o Porto Canal por 12,5 anos e terá patrocinador nas camisolas por 7,5 anos. Isto é, por um valor superior aos nossos 446 milhões, vendeu menos por menos tempo.

- O SLBenfica tem um contrato diferente, uma vez que a sua extensão não está ainda definida (pode durar até 10 anos) o que obviamente interferirá no valor a receber. Acresce que a alienação dos direitos no canal comportam também a transmissão da Liga Inglesa e Italiana, cujo valor, sobretudo da primeira, é considerável.

Uma dúvida que pode assaltar quem lê o comunicado do Sporting poderá ser o porquê da negociação com a PPTV, já detentora dos direitos de transmissão. Isto é, porque paga mais pelos direitos de transmissão que já detinha até 2018? Porque certamente os 69 milhões referem-se à publicidade no estádio que não estava contemplado no contrato anterior e que agora foram incluídos no mesmo pacote.

Numa leitura fina destes números, e não a feita de forma depreciativa e muitas vezes parcial  do contrato do nosso novo patrocinador com o SLB, é muito provável que a conclusão se aproxime da ideia de que as operadoras se estão a aproveitar-se do estado de necessidade dos clubes, continuando estes, para resolver os problemas, a antecipar receitas, condicionando o futuro das gerações vindouras. Como se costuma dizer os casamentos mais duradouros são os que juntam os interesses dos nubentes e não tanto os que ocorrem por paixão.

Para sustentar o que é dito no parágrafo acima deixo à consideração o seguinte valor: pelos valores pagos no contrato anterior pela Olivedesportos (108 milhões/5 épocas dá o valor de 21,6 milhões/época) o Sporting conseguiria cerca de metade do valor do actual contrato e cedendo apenas o valor das transmissões televisivas: 259.200 €. Sobrariam 255,800 € que o Sporting cobraria por ceder as suas camisolas por 12,5 anos, a publicidade no estádio por 10 anos e ainda, embora menos significativo, o direitos da SportingTV. Talvez não seja assim tanto...

Quando a esmola é muito grande o pobre (neste caso os pobres, isto é, os clubes e em particular os seus adeptos) deve desconfiar. Ou, se preferirmos, deveriam interrogar-se se não lhe estão a oferecer um chouriço para ficar com o porco. Nunca saberemos se não se poderia ter ido mais longe se a negociação tivesse sido centralizada, como acontece nas ligas de referência.

Respondendo à pergunta acima, devo dizer que estes valores superaram as minhas expectativas pessoais e seguramente as de muita gente. É bom não esquecer a depreciação do valor da marca por força do trajecto dos últimos anos. Visto do actual ponto de observação, sem conseguir antecipar as  mudanças que entretanto poderão ocorrer, e face às circunstâncias, parece-me que os interesses do clube foram defendidos. Oxalá pudéssemos dizer sempre isto. 

34 comentários:

  1. "pelos valores pagos no contrato anterior pela Olivedesportos (108 milhões/5 épocas dá o valor de 21,6 milhões/época)" este valor julgo não estar correcto. Julgo serem 17 milhões. Onde foi buscar esses 108?
    Rui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui,
      está no comunicado efectuado então à CMVM:

      http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR29255.pdf

      Onde se pode ler:

      "os referidos direitos de transmissão televisiva e publicidade referentes às épocas de 2013/2014 até 2017/2018, inclusive.
      Nos termos do acordo existente entre a SCS e a Sporting SAD, os proveitos
      globais provenientes do acordo celebrado serão repartidos entre ambas,
      revertendo para a SCS, SA o montante de 75.6M€ e para a Sporting SAD o de
      32.4M€."

      Eliminar
  2. O Porto também podia ter comunicado o valor que vai receber da PPTV até o contrato com a MEO não entrar em vigor.. Números meramente para iludir... Apenas a passar a imagem que conseguiram um numero maior.. mas na verdade....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo assim, não chegariam aos 515M €...

      Além do mais o Sporting não recebia os valores que o LdA publica mas, antes, 17M € e uns trocos.

      Eliminar
    2. Está pois. Direitos televisivos e publicidade. Está pois, respondido, caro LdA :)

      Eliminar
    3. Seriam 17M€ e uns trocos por época, ou seja cerca de 50M em 3 épocas, os 69M€ são areia para os olhos, na verdade são apenas cerca de 20M€ pois os restantes já estavam contabilizados e adquiridos!!

      Eliminar
  3. Obrigado pela tabela, que está excelente. No entanto, há elementos relevantes a considerar que desvirtuam a comparação. A BTV tem activos (contratos de transmissão das ligas francesa e italiana – a inglesa acaba em Maio – e meios próprios), mas, sobretudo, responsabilidades (estrutura muito cara) que nada têm a ver com o Porto Canal e, em especial, com a Sporting TV (que não tem peso quase nenhum). Admito que até terá desvalorizado o negócio do SLB. A publicidade estática é coisa para 2/3M época (ou seja, em média, uns 25M a mais nos contratos do FCP e SCP em relação aos do SLB). A publicidade nas camisolas estava sobrevalorizada a 4,5M para o Benfica (contrato MEO), como se comprova pelo SCP e FCP não terem conseguido valores idênticos aos que tinham (3,7M e 2,8M). Assim, certamente não aumentou para ninguém, por muita bazófia que o SLB faça. É sabido (football leaks) que o SCP propôs 2,5M à Qatar Airways, por um ano, pelo que, certamente, aceitava 2M ou menos por um contrato mais longo (ou seja, uns 24M a mais no contrato do SCP e uns 14M a mais no contrato do FCP em relação aos do SLB). O SCP teve ainda o bónus de receber 23M a mais por cada uma das 3 épocas que já tinha vendido à PPTV/Olivedesportos, incluindo a actual (!). Essa é que foi a lança em África (e, provavelmente, o “deal-breaker” que fez o SCP assinar com a NOS e não com a MEO). Quanto à possibilidade de pôr termo ao contrato após 3 anos, isso há-de ser igual para todos, por força dos princípios da concorrência. Apenas foi destacado no caso de Benfica por razões evidentes. Não me parece que o SCP tenha "trabalhado bem a comunicação", parece-me que fez um excelente negócio (ou a crise, afinal, acabou?), que valorizou, em muito o produto que tinha para vender, muito graças à iniciativa do Benfica e à posição de charneira na luta entre duas operadoras (o bom de ficar para último). SL! JPT (agora vou para Alvalade).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo em absoluto este comentário. A mim surpreende-me que se fale muito no volume de negócios concretizado e muito pouco na sua rentabilidade. O Benfica, para além de uma estrutura de custos pesada que vai ter de manter com a BTV (algo que SCP e FCP não têm), ainda abdica das receitas que a BTV lhe proporcionava. Parece-me claramente que, no balanço final, o Benfica fez o pior negócio, razão porque já se ouve dizer que o querem rever, poucas semanas apenas depois de bombasticamente o terem anunciado. No final do dia, o Sporting fez um excelente negócio, até porque os valores envolvidos dos contratos televisivos serão seguramente progressivos para que, a valores correntes e com uma taxa razoável de atualização de capital, os preços sejam justos para uma duração de contrato tão longa. E diga-se o que se disser, o aditamento com a PPTV é sempre liquidez on-top do que já havia, ainda que inclua activos que não estavam a ser rentabilizados. Está de parabéns a Direcção. Excelente negócio e 515 milhões de razões para estarmos contentes neste final de ano.

      Eliminar
    2. Os lampiões, que tanto falam de Bruno Carvalho rasgar contratos, aínda os vamos ver, eles, fazer isso. "razão porque já se ouve dizer que o querem rever, poucas semanas apenas depois". Nem mais.

      Eliminar
    3. JPS a BTV irá continuar a proporcionar receita ao Benfica a unica coisa que fica condicionada é a questão "a que operadora pertence o canal?" neste caso a operadora é a NOS e é essa operadora é que poderá "vender" "alugar" o canal a outras operadoras, a BTV continua no entanto a ser auto suficiente pois a estrutura maior (aquela que faz as operações de transmissão do estádio) essa ficará ao encargo de quem estiver a explorar os direitos de transmissão na Luz, depois tens de contar tb com publicidade na TV e ainda com a transmissão dos jogos dos B's e dos Juniores que se irão manter na BTV...

      No entanto o acordo Benfica/NOS irá ser revisto pois no clausulado havia lá uma cláusula que declarava que se alguns dos diretos adversários do Benfica conseguisse acordo igual ou maior, o Benfica poderia renegociar o seu por valores nunca inferiores a 10% do contrato mais alto....neste caso o do Porto....

      Acho que o Sporting fez um óptimo acordo, só me faz confusão o tempo....10 anos e 12 anos é muito tempo, e quando o Sporting for renegociar já Benfica por exemplo leva pelo menos 2 anos de adiantamento....

      No entanto é bom que ninguem se esqueça o Benfica tem um acordo para 10 anos renovavel de 3 em 3, o Sporting tem acordo de 10 anos...um indicia possibilidade de renegociações outro indicia Fidelização a longo prazo....

      Eliminar
    4. Quando LFV fez o contrato com a NOS, disse que aquele contrato era apenas "um ponto de partida para os outros clubes" Julgam que ele ia ao mato sem corda! É mais fino que o fanfarrão do nalgas que fez o pior contrato porque vendeu tudo e por mais tempo. Já pensaram que o sporting não tem substância nenhuma que justifique fazer o melhor negócio? Vocês ainda acreditam no p+ai natal.

      Eliminar
  4. O contrato do Porto também inclui a publicidade ao contrário do que é dito acima.

    ResponderEliminar
  5. Só referir que a Liga inglesa em 2016/17 não pertence ao SLB, tendo já sido noticiado pela Sport TV que estes a tinham adquirido. Não sei se a Liga italiana e francesa serão ou foram adquiridas pela NOS.
    Samuel

    ResponderEliminar
  6. Sabe se que o contrato do SLB pode ser revisto daqui a 3 anos e reavaliado em alta nesse caso ha 1 clausula no contrato do SCP que terá a mesma revisão

    ResponderEliminar
  7. Então a diferença estará nessa tal renegociação desses PPTV para 69 milhões.
    Terão os rivais conseguido renegociar esses valores também sem os terem anunciado á CMVM? ou será então uma nova porta de entrada para a renegociação desses acordos por porto do Porto por exemplo?

    ResponderEliminar
  8. voces acham que a Liga Francesa , ITaliana e o UFC estão vendidos à NOS pela Benfica TV mas nao estão , vejam http://hugogil.pt/negocio-nosslb-nao-tem-incluida-a-venda-das-ligas-estrangeiras/ , alem disso o Benfica recebe dois anos antes e o sporting e porto so em 2018 , e o Benfica 2 anos antes e que provavelmente vai arranjar mais valor que o ja que tem. alem disso o patrocinio das camisolas e so por 3 anos , e ainda nao vendeu a publicidade estática e virtual , ja para nao falar que ainda tem uma clausula de 20% sobre o valor do sporting.

    ResponderEliminar
  9. 1 - dentro do possível foi um bom negócio . Com a centralização dos direitos teríamos ganho mais ? E provável que sim. Mas depois do Benfica assinar com a nos , era difícil ir por esse caminho.
    2 - os 3 negócios são em tudo idênticos. Ganhamos mais 65 milhões que o FCP por mais 4 anos de contrato. O tempo dirá quem beneficia mais com isso. Dizer que o do Porto é melhor e como jogar no totobola a segunda feira.
    3 - o Benfica destaca que pode renogociar o contrato dentro de 3 anos . O que teoricamente pode acontecer. Mas na prática não ! Porque esta explicito que para isso tem de haver vontade das duas partes. E claro que isso não vai acontecer ! Ou melhor , talvez vá, porque no fim dos 3 anos o Benfica vai vender tudo a NOS como os outros clubes !
    3 - o fantasma do SLB com os 20% que terão de receber da nos e ridículo alguém acredita que a NÓS tenha assinado algo assim sem se proteger ? Só os lampiões para irem nisso...
    4 - mais uma vez o bruno da uma grande resposta a quem o crítica.

    MLV

    ResponderEliminar
  10. Boa análise global do tema do momento, no entanto julgo que há aí uma correcção (ou esclarecimento como preferirem) que é necessário fazer.

    Publicidade do estádio, não é o mesmo que publicidade estática e publicidade virtual. Quanto se fala em publicidade estática e virtual estamos a falar daquela que aparece à volta do campo e que é vista nas transmissões televisivas. Publicidade do estádio inclui também outros elementos com potencial de rendibilidade, como o naming das bancadas.

    É importante que fique claro que os elementos vendidos pelo Sporting e Porto referem-se apenas e só a estes elementos. Na realidade este elemento deverá também estar contemplado no contrato do Benfica embora não tenha sido comunicado.

    Uma questão que gostaria de ver esclarecida tem a ver com a duração efectiva dos contratos. Tenho a noção que embora esteja pré-contratualizados a duração total, haverá efectivamente contratos com periodicidades menores, à semelhança do que foi anunciado pelo Benfica.

    Dizer também que apesar de este parecer um negócio com uma dimensão nunca antes vista, é óbvio que tem a ver com a valorização que é feita ao mercado neste momento. pessoalmente preferiria um contrato de duração mais curta mesmo que implicasse alguma diferença no seu valor.

    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponhgos que a publicidade estatica também está incluida no contrato do Benfica, não está referida isoladamente na comunicação porque os seus direitos pertenciam à BTV

      Eliminar
    2. Nuno O Benfica tem o Naming de uma das bancadas cedido ao seu Main Sponsor, as outras são a Coca Cola a Sagres ...e a BTV...

      Logo o Benfica não poderia vender essa publicidade a começar já para a próxima época à NOS visto que o acordo com a Emirates pelo menos irá se manter pelo menos mais 2 épocas...

      Já agora no comunicado à CMVM vem lá escrito que o contrato Benfica/ NOS é renovável de 3 em 3 anos até um máximo de 10 anos, sendoq ue para que exista renovação basta que haja vontade de uma das partes...

      Eliminar
    3. Pedro, receio não me explicado devidamente.

      1 - Nem o Sporting nem o Porto venderam o naming das bancadas, uma vez que este elemento não é publicidade estática. O que acho é que a publicidade estática pode também ter sido vendida pelo Benfica embora não o tenha sido anunciada, tal como referiu o Anónimo acima. Na minha opinião não tem mal nenhum em ter sido pelo que sei é habitual estar a par com os direitos televisivos.
      2 - Tenho conhecimento daquilo que foi anunciado pelo benfica quanto à renovação, a minha questão é se esse tipo de clausula não está também presente nos contratos de Sporting e Porto. Segundo o que soube este tipo de prática é habitual.

      Saudações

      Eliminar
    4. Boa noite Nuno...
      1: Não acredito que o Benfgica tenha vendido tb a estática visto que essa publicidade tem sido sempre um negócio anual desde que o clube ficou com as transmissões, e como viram que é algo que pode originar um lucro maior muito possivelmente estão a espera de saber que irá mesmo transmitir os jogos e depois fazer um aluguer directo a essa empresa, mas tb pode vir no contrato...mas não sei se não deveria ter sido tb passada a informação a CMVM dessa situação.

      2: Acredito no Benfica ter....no caso do Sporting (que é a NOS tambem) não acredito.....porque seria um negocio impossivel para a NOS rentabilizar...iria dar em pescadinha de rabo na boca....sobe 20 aqui e o outro dizia que tinha de receber mais 30 dali, o outro dizia que ja tinha mais 20 a receber, o outro dizia vinha mais 30 again.....isto é só por exemplo LOL :)

      Eliminar
  11. Acho que Porto e Sporting fizeram excelentes contratos. A progressividade e duração do contrato do SLB impede que seja um bom contrato. É apenas "bonzinho".

    Em relação aos números do contrato anunciado pelo Sporting penso existir um erro de análise. Os 69 milhões de negociação com a PPTV estão a ser considerados como um todo quando deviam ser só considerados os aumentos reais. Ou seja, o Sporting recebia 18 milhões ano e passa a receber 23 milhões ano. A renegociação implicou um aumento de 15 milhões e não de 69 milhões. Não faz sentido incluir no bolo do contrato valores que já se estavam a receber.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria um erro de análise se o Sporting estivesse a receber esse aumento retroactivamente (já tinha recebido o valor acordado anteriormente e agora só recebia o acréscimo). Não é o caso, o Sporting não vai receber apenas o acréscimo de valor mas sim o novo valor negociado, 23Mx3 = 69M

      Eliminar
  12. Caro Leão,
    Este contrato tem o mérito principal de evitar o caminho da bipolarização para que estávamos a evoluir. Mesmo no cenário de centralização dos direitos televisivos, as fórmulas que estavam a ser cozinhadas visavam deixar o bolo maior com os 2 rivais e deixar o Sporting como perdedor do negócio (pequenos aproximavam-se e outros grandes mantinham a distância).
    Mesmo com os seus defeitos - duração excessiva e âmbito muito alargado - e com todas as dúvidas sugeridas pelo seu post, este contrato deixa-nos no mesmo campeonato dos rivais e isso é de valorizar. Não permite a ultrapassagem, para isso era preciso uma estratégia diferente, mas afasta um cenário muito mau que se estava a perspectivar.
    Abraço e votos de bom ano,
    João Barata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Barata,

      Concordo, daí o último parágrafo na conclusão do post.

      Aproveito para agradecer e retribuir os votos de Bom Ano, e um abraço.

      Eliminar
  13. A cedência de direitos de tv do Benfica não comporta a premier, ao contrário do que diz, uma vez que esta passa para a sporttv em 16/17, precisamente quando começa o contrato do Benfica com a NOS.

    De resto, boa análise, parabéns.

    Bom ano

    SL

    ResponderEliminar
  14. Resumindo, o Sporting faz um contrato global no valor de 515M e com duração de 12 anos. Se eu quiser limitar a avaliação a períodos de 10 anos posso começar a contar só a partir de 2018 até 2028 e o contrato vale 446M, se quiser começar a contar já (2016) e terminar em 2026, vale 425,80M. Suponho que os dois anos que faltam nesta última opção de analise (no valor de 89,20M) possam ser revistos tal como foram agora os últimos dois anos do contrato em vigência.

    No caso especifico do Sporting, como o clube foi forçado a baixar significativamente o orçamento do futebol este é um valor que permite olhar para o futuro com confiança uma vez que o orçamento está praticamente na integra garantido por estas verbas e outras receitas (Champions e venda de direitos desportivos) podem ser canalizadas para abater divida e investimento.

    Os resultados deste ano são importantes pois o resultado directo de exploração vai ser (bastante) negativo e terá de ser compensado com vendas e, a cereja que todos desejamos, o campeonato nacional ou em alternativa o acesso directo à Champions.

    ResponderEliminar
  15. Ah, Boas Entradas! Principalmente no sábado!

    ResponderEliminar
  16. Caro LdA
    De facto, os contratos dos “três grandes” são de natureza algo diferente o que dificulta a análise comparativa. No entanto, apesar das dificuldades comparativas que existam sobre os contratos, é óbvio que o do Sporting com a NOS e a PPTV é um bom contrato.

    Lamento muito que Bruno de Carvalho ande mais interessado em mandar umas bocas a propósito de aspectos dos contratos dos outros para evitar elucidar sobre aquilo que nos interessa. Isto é, os termos do contrato do nosso Clube.

    Por exemplo, o contrato com a PPTV. Na verdade, não se sabe em quanto é que de facto beneficia financeiramente o Sporting considerando que se acrescentou agora uma concessão de publicidade estática e virtual do Estádio e que havia valores já contratualizados.

    Pareceu-me estranho que no comunicado do Sporting e no da NOS à CMVN se indique que haverá uma concessão dos “direitos de transmissão dos jogos em casa por 10 anos” da equipa A de futebol. Refere-se apenas à Primeira Liga ou é mais abrangente?
    Reparei que nos comunicados sobre o Benfica e o Porto é clara a indicação da Primeira Liga.

    Também teria interesse saber se estão previstas fórmulas para reavaliar e renegociar no futuro o acordo com a NOS, considerando a evolução do mercado audiovisual e do impacto financeiro dos novos formatos como o streaming. O contrato é de duração bastante longa e vai correr muita água por baixo das pontes.

    Talvez daqui a alguns dias quando baixar um pouco a poeira seja possível falar sobre o contrato de forma mais pragmática.

    Desejo-te e a todos do A Norte de Alvalade um ano de 2016 carregadinho de coisas boas… e de sucessos leoninos!

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)