terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Quem está mais alto e mais forte? Qual o efeito Peseiro?

A primeira jornada da segunda volta do campeonato proporcionou três resultados diferentes entre os três grandes, sendo difícil de atribuir o titulo de maior surpresa ao empate caseiro do Sporting com o Tondela ou à derrota do FC Porto em Guimarães. Desses resultados que conclusões extrair no que diz respeito à corrida ao titulo? 
  1. A única que se pode invocar para já com total segurança é que o vencedor dessa corrida está longe de estar decidido. 
  2. Outra ainda que se pode extrair é que não há ainda nenhum favorito declarado. A classificação e a distância pontual entre as equipas tem oscilado consoante o momento de cada uma, tendo-se assistido, em apenas três jornadas, a alterações significativas na classificação.
Façamos então a avaliação da força de cada uma das candidaturas pela perspectiva que o momento nos possibilita.

- O FC Porto cai para terceiro lugar e será essa a posição que a sua candidatura terá caso não seja muito feliz no processo de escolha do sucessor de Lopetegui. Como se viu nos últimos é uma equipa em perda quer pela contestação que estava a ser sujeito o treinador, quer agora pela orfandade de identidade. Neste momento o seu futebol não é azul nem branco, apenas cinzento. Contudo não está ainda arredado do titulo porque, apesar dos erros cometidos na formação no plantel, este contém valor suficiente para melhorar substancialmente a sua competitividade. Não no actual contexto, obviamente, em que os jogadores, sem confiança, se exibem muito abaixo do que são capazes. Além do treinador parece-me também ser necessário resolver o problema da insuficiência de Aboubakar e talvez ainda um central de perfil diferente dos que agora possui.

Entra agora nesta equação José Peseiro, um nosso velho conhecido e um tanto ou quanto injustiçado. Pode-se afirmar, sem grandes receios de ser contrariado que, até à entrada agora de Jesus, foi dele o melhor e mais consistente futebol que vimos em Alvalade. Saiu em sob o peso de duas derrotas duras em casa que nunca soubemos digerir, optando por responsabilizá-lo em exclusivo. Não voltamos a ter uma época como a de 2005, sendo caso para perguntar se o "quase" de Peseiro não é muito melhor do que muitos nadas que entretanto coleccionamos.

E agora no FC Porto? No campeonato estará dependente do arranque sob a sua liderança. Não poderá perder muitos mais pontos, a menos que o mesmo suceda com os seus rivais directos. Pode até não demorar muito a impor os seus conceitos, uma vez que o privilégio dado à posse de bola é o ponto em comum com o seu antecessor. É muito natural que a qualidade em posse cresça e veremos certamente em breve rotinas bem definidas. Jogadores hoje contestados e alguns que perderam o seu espaço podem conhecer novo protagonismo. Por exemplo? Evandro, Ruben Neves. Provavelmente a Brahimi será visto mais ao centro do que nas alas. E se a qualidade com que é servido aumentar, até Boubakar será visto com outros olhos.

- O SL Benfica está agora apenas a um par de pontos do comando, estando muitos furos acima do que parecia ser capaz há um par de meses atrás, quando três derrotas consecutivas com o maior rival e ex-treinador quase fizeram faltar a luz. O futebol exibido está longe de ser o mais elegante e agradável à vista, mas os resultados estão a aparecer em catadupa, com a equipa alardear confiança. A qualidade dos seus executantes na frente de ataque garantem quase sempre golos, sendo de assinalar que recuperou pontos quando se registava a ausência do seus melhores jogadores (Gaitan e Sálvio) que em breve estarão de volta. Acresce ainda a ausência do seu capitão Luisão, tido como fundamental na manobra defensiva da equipa.

- Por último o primeiro, o Sporting. O jogo com o Tondela foi até agora o que me deixou mais perplexo. Compreendi o empate com o Boavista, sob o prisma da procura de um novo equilíbrio que a ausência de Carrillo inevitavelmente teria que suscitar. Compreendi a derrota com o U. Madeira à luz de algum facilitismo e de acidente de percurso em que o futebol é fértil. Mas aquela primeira parte com o Tondela não tenho lugar onde a encaixar. Ainda por cima sem autocarro, se bem com muita pressão, com a qual os jogadores quase nunca souberam lidar. Este acumulado de desilusões com as equipas aparentemente mais fracas do campeonato levaram-nos pontos suficientes que, associados aos que se perderam em casa com o Paços de Ferreira, para acomodar nada mais nada menos que 3 desaires. Que jeito nos dariam para disputar as últimas jornadas do campeonato? Pois... 

A ilação a retirar remete-me ao ponto de partida deste campeonato: o Sporting é o menos favorito dos três candidatos ao titulo. Mas tem sido o que melhor futebol tem exibido, a sua proposta de jogo é a mais sedutora. Mas não há sistemas perfeitos e, como se viu agora com o Tondela, o modelo de Jesus tem riscos que são ainda mais elevados numa equipa que ainda precisa de crescer na compreensão total do que a ideia de jogo do seu técnico exige. Só por ingenuidade se pode pensar que sofrer dois golos com o Tondela em lançamentos em profundidade foi meramente casual.

12 comentários:

  1. "...foi dele o melhor e mais consistente futebol que vimos em Alvalade"
    Se há coisa que o futebol de Peseiro não era, era consistente. O Sporting dessa epoca perdeu 9 jogos para o campeonato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago,

      "mea culpa", consistente não é um adjectivo correcto para classificar o futebol de Peseiro, tendo em conta apenas os resultados. São porém desse tempo dos melhores que vimos em Alvalade. Seguindo a classificação do JPT abaixo, gostei bastante dos "chouriços" de Midlesbrough, AZ Alkmar, Newcastle, Feyenord, Braga em casa, a eliminação na Luz nos penalty's (expulsão de Hugo Viana causada pelo teatro de João Pereira) a melhor época de Liedson (25 golos na Liga). Deve ser a minha vocação pelos enchidos.

      Eliminar
    2. O plantel dessa época do Sporting era de longe o melhor da Liga. Tal como foi o do ano seguinte, desperdiçado pelo Paulo Bento.
      Apesar de ter feito grandes jogos e uma fantástica carreira na Taça UEFA, conseguiu perder o campeonato para um horrível benfica e ainda perder o acesso directo à Liga dos Campeões (é certo que com um roubo à mão armada na última jornada) para o péssimo porto de... José Couceiro (o porto nessa época teve 3 treinadores).

      Eliminar
    3. Eu também gostei dos chouriços (um deles terá sido o momento mais feliz dos meus 35 anos de Sportinguismo, a par do golo do Yorda ao Campomaiorense) Mas isso não invalida que tenham sido chouriços. Recordo que, na fase de grupos, ficámos em 3.º, e perdemos em casa contra o Sochaux, a única equipa não inglesa/holandesa com que jogámos na UEFA... até apanharmos o CSKA. SL! JPT PS: não foi a última chouriçada europeia do SCP. Outro orientador de treinos teve sucesso na Liga Europa à conta de bolas aos nossos postes e calcanhares do Xandão. E, depois, claro, tudo acabou como tinha de acabar.

      Eliminar
  2. José Peseiro, "o injustiçado": com 31,7% de derrotas é o segundo pior de todos os treinadores que orientaram o SCP durante mais de 20 jogos (o pior é o "nosso" Manel Fernandes, tapa-buracos após despedimentos), e isto com um dos nossos melhores plantéis nos últimos 30 anos (e sem nunca ter ido à Champions, pelo que nunca teve de jogar com Inter, Roma, United, Barça, Real e Bayern) e com dois chouriços memoráveis contra Newcastle e AZ. Estes são só os dados objectivos, a que posso somar as tristes figuras diante do Polga, Liedson e Rochemback (mãos estendidas e "vai tomar do c*" em pleno José Alvalade); o desconhecimento de que já não podia ser campeão depois de perder na Luz (episódio que, contado, não se acredita); a dispensa de Moutinho depois da pré-época (foi buscá-lo quando vendeu o Tinga, e o Viana e Martins se lesionaram); a dispensa dos senhores Pedro Barbosa e Rui Jorge no final da época (por óbvias razões); a aposta no Enakarhire (que, depois de sair do SCP, fez para aí uma dúzia de jogos como profissional); o desinteresse pelo Nani (que, logo que ele saiu, se tornou no MVP da equipa) e a recusa em vender o Douala ao Middlesborough (um dano ao SCP comparável à aquisição do Pongolle). O apreço dado a esse cidadão é a prova viva da vocação dos Sportinguistas para o suicídio. SL! JPT

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "...desconhecimento de que já não podia ser campeão depois de perder na Luz (episódio que, contado, não se acredita)"

      Não foi Peseiro que desconhecia isso, foi o Douala...

      Eliminar
    2. Foram os dois, que eu ouvi. SL! JPT

      Eliminar
  3. Como benfiquista, achei muito interessante esta análise, com a qual estou quase a 100% de acordo. Já estou em pleno desacordo com a conclusão... Então um sportinguista, que vai na frente com 2 pontos de avanço e está assim tão descrente ao ponto de não dar o favoritismo ao seu clube? Quem me dera que o meu Benfica estivesse na posição do teu Sporting (com letra maiúscula como se impõe::: percebe o que quero dizer?!...)!
    Dois pontos ganham-se e perdem-se num só jogo... Mas para o sucesso, não basta apenas ser-se melhor! É preciso ter-se vontade e ACREDITAR!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estás num blogue "extremo" onde impera o fanfarronismo.
      Eu nem concordo com a maioria das opiniões aqui expostas , mas nisso do título , o Sporting só é candidato a ganhar o próximo jogo. E se for ganhando o próximo jogo até ao fim da época , será campeão.
      A uma serie de factores que nos não dominamos , e isso pode custar títulos...
      O Sporting é capaz do melhor como do pior. Já vimos uma equipa capaz de humilhar um Benfica ao mesmo tempo que é humilhada pelo skenderbreu.
      E possível ? Sim! Eu acredito ? Quero acreditar ! Está ganho ? Longe disso !

      MLV

      Eliminar
  4. O regresso do futebol sexy ao campeonato nacional... A Peseiro em Alvalade faltou um 6 com a qualidade do restante plantel e para as necessidades do futebol que ele pratica, esteve quase a contratação de Paulo Assunção que resolveria esse problema em pleno, mas o norte estava atento e furou os planos com uma facilidade idêntica àquela que nos fez perder este ano Danilo.

    O Sporting tem o pior plantel do trio que disputa o campeonato, mas não tem o pior 11 e como ainda só podem jogar 11 o problema de Peseiro nas Antas não vai ser construir um 11 forte mas sim gerir a qualidade e ego dos jogadores que ficarem de fora.

    O campeonato está a ser disputado a um nível elevadíssimo, com 3 equipas no escalão dos 80 pontos e um fosso enorme para todos os restantes. Com esta intensidade é com os "Tondelas" que se vence campeonatos, nós temos vindo a recuperar os pontos "parvos" que perdemos com uma prestação perfeita contra as equipas mais competitivas e com os rivais directos, mas principalmente os jogos com os rivais continuam a ser de tripla, são os jogos onde a nossa probabilidade de vencer é avassaladora que temos de ganhar.

    No próximo fim de semana temos o jogo que eu costumo definir como decisivo para quem quer ser campeão, vencer em Paços nunca é fácil e ter uma equipa que seja capaz de "quer" física e mentalmente ganhar aquele jogo mais do que os da casa é decisivo, o resto é feito pela natural diferença de qualidade dos jogadores e treinadores, mas esta nunca é suficiente para vencer em Paços de Ferreira é preciso ser campeão de corpo inteiro.

    Até ganharmos um campeonato continuaremos sempre a ser o underdog, só depois de provar que conseguimos ultrapassar todas as adversidades, que sabemos cair e levantar, jogar de igual modo com tondelas, paços e portos podemos subir à categoria de favoritos. Até lá é cerrar os dentes e jogar a bola.

    ResponderEliminar
  5. Nao concordo nada , que o Sporting seja equipa que esta epoca praticou melhor futebol , a curtos espaços fez 3 4 bons jogos e ate os digo Besiktas e quiçá Lokomotiv fora , Benfica Braga Taça Portugal) Porto campeonato e Setúbal e braga campeonato de resto foram tudo jogos sofriveis , Tondela , Nacional, Belenenses , Benfica oprimeiro jogo é enganador o resultadoforam3 erros mas em termos de jogo foi 0,Estoril ,Paços de Ferreira ,Arouca , UMadeira, Skenderbeu , Besiktas fora , por isso na minha opinião nao houve assim tao bons jogos para dizer que o sporting fez grandes jogos. Admito sim que os 3 grandes esta epoca equivalem-se em termos exibicionais , talvez o pior o Porto , o Benfica e sporting andam ela por ela. de qualquer das formas , o que se pode dizer é que o sporting parecia começar a crescer desde aquela grande exibiçao em braga para taça de portugal , e o pessoal iludiu-se com os 6-0 e depois a vitoria frente ao Fc Porto , mas agora veio o Tondela e Portimonense e mostrou mais uma vez que isto afinal n é via verde e ainda é preciso muita calma!

    ResponderEliminar
  6. Bom post...
    Mas dizer que uma equipa que ganhou ao Belenenses em casa daquela forma, que ganhou ao Arouca como se viu, que ganhou ao Braga como ganhou e que ganhou ao Tondela fora como se viu tmb ser a equipa mais entusiasmante do campeonato é muito forçado ou não??

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)