terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Fecho do mercado: "Estamos muita fortes" ou nem por isso?

Tal como prometido ontem, falaremos hoje dos efeitos do fecho do mercado no plantel do Sporting. Falaremos de jogadores que entram e dos que saem e procuraremos perceber qual será o resultado das mexidas na capacidade de resposta aos desafios que ainda se colocam. Estes, são como se sabe, a presença na Liga Europa e a disputa do titulo de campeão nacional.

Do ponto de vista da quantidade, o Sporting ficará com um plantel extenso de vinte e sete jogadores. Se, como esperamos que não aconteça, o Sporting ficar arredado da Liga Europa, passará a jogar apenas uma vez por semana, o que quer dizer que, estando todos aptos, um número muito razoável de jogadores ficará arredado da competição. Existindo uma equipa B, parece-me um número algo exagerado e por isso dispendioso.

Relativamente à qualidade disponível, esta parece ter melhorado num sector - a defesa - e piorado consideravelmente noutro - o ataque - relativamente ao que ao inicio de época. Em quantidade e qualidade ficou a perder a baliza, onde contamos apenas com Patrício. Azbe Jug é uma incógnita e agravada pelo facto de desde 2013/14 para cá ter disputado apenas cinco (!) jogos oficiais. A dispensa sem mais de Boeck, ainda por cima após renovação de contrato (que deve ter significado o pagamento de prémio de assinatura) parece-me o acto mais difícil de compreender e até temerário, se se atender ao que pode representar, caso haja um problema com Patrício.

Para a defesa entraram Coates, Semedo, Schelotto e Zeegelar. Saiu Jonathan e Tobias acumulará algum tempo de inactividade. Se Coates, como se espera, conseguir estar ao seu melhor nível sem lesões, o centro da defesa registará melhorias na oferta individual. Onde elas parecem ser evidentes é com a troca no lado esquerdo. Jonathan praticamente não progrediu, continuando a exibir as mesmas dificuldades a defender que registava à chegada e Zeegelar parece poder oferecer uma verdadeira concorrência a Jefferson, que defende mal mas é fundamental no serviço prestado no apoio ao ataque. Schelotto parece-me um excesso, não se percebendo porque se menospreza assim Esgaio, que até esteve bem sempre que foi chamado.

Não houve alterações na linha média, o que é das melhores noticias que se registam neste fecho de mercado. Este facto não pode ser considerado casual. Este é um dos sectores que melhor e mais consistente desempenho tem registado, afigurando-se como difícil o seu reforço. Não que não haja jogadores capazes de o fazer, como é óbvio, mas encontrar jogadores para competir com Adrien, William, João Mário e Aquilani significaria um elevado e aparentemente desnecessário esforço financeiro, atendendo ao que estes vêm fazendo.

O sector atacante o Sporting é aquele que passa a suscitar maiores dúvidas, atendendo ao abanão que sofreu relativamente ao inicio de época. Primeiro saiu Carrillo, pelas razões que se sabe, e agora, de forma algo surpreendente, Montero. Não se sabe o que Barcos será capaz de oferecer, mas percebe-se que a sorte do Sporting poderá estar umbilicalmente ligada à prestação deste jogador. Isto porque Slimani é um alvo a abater, e Teo tem a cabeça, (se é que a tem...) noutro(s) lugare(s).

Fica ainda uma observação: quer Barcos quer Teo são jogadores de custo elevado, quer na aquisição quer nos ordenados, pelo que devem ser vistos como aquisições de risco. Atendendo à idade que têm, o melhor que o Sporting pode esperar para não ver os ver como "sunk costs" em próximos relatórios de contas é que rendam desportivamente. Até agora Teo tem sido uma desilusão, as suas "originalidades" são apenas toleradas pelos adeptos em jogadores que de alguma forma contribuem para o esforço colectivo, o que está longe de ser o caso.

Dúvidas que se acentuam relativamente ao que podem oferecer os restantes elementos. Se é verdade que Bruno César parecia caminhar para o seu melhor (muito bom jogo em Paços de Ferreira, completamente devotado aos interesses da equipa) parece muito pouco contar apenas com a irreverência e espontaneidade de Gélson Martins para furar os autocarros de espessa blindagem com que a generalidade das equipas se apresentam contra nós. A menos que um Matheus Pereira ainda não visto apareça na segunda metade que falta da época. Atendendo ao que vem fazendo no Moreirense, não podia o Sporting ter sugerido uma troca com Iuri Medeiros?

Parece-me pois indiscutível concluir que o ataque perdeu os seus dois jogadores mais talentosos, o que agravou quer o seu valor absoluto quer o valor relativo aos seus mais directos rivais. Não deixa porém de ser inevitável constatar que, apesar disso, estamos a falar de dois jogadores cujas prestações estavam longe de ser um exemplo de regularidade e que ou não tinham estatuto de titular - Montero - ou cujo contributo se perdeu numa fase muito precoce da época - Carrillo - não obstando a que o Sporting seja a equipa com mais tempo na liderança do campeonato. A dúvida é pois esta: será suficiente contar mais com a força do que com o talento?

Não se fala aqui de Tanaka, Labyad, Cissé, Salomão e Viola porque, pelas mais variadas razões, nunca foram parcelas de somar.

19 comentários:

  1. Meu caro, a análise que fez ao plantel parece bastante cuidada, mas com a gritante ausência de uma referência a Bryan Ruiz. A sua preponderância é óbvia, e parece-me que há ainda a explorar um convívio mais frequente com o Bruno César, de modo a que, quer um, quer outro, embora em situações com características diferentes, possam aparecer em zonas e oportunidades de finalização.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo Ferreira do Amaral,
      O Ruiz só não aparece nesta análise porque ela é feita tendo em conta os jogadores que o Sporting adquiriu e dispensou nesta reabertura do mercado.

      Eliminar
  2. Concordo com quase tudo, mas a verdade é que o Carrilho não contava desde o início da época (era e é uma carta fora do baralho, por isso a sua substituição não era nem é um problema primordial.

    Quanto ao Monteiro, por muito que gostasse dele como jogador, a verdade é que estamos a falar dum jogador que tinha um estatuto de suplente e que não se vislumbrava uma alteração a esse estatuto.
    O recentismo do golo que marcou à Académica não invalida este facto, e que ademais não fosse sequer um substituto directo para o Slimani. A permanencia do Carlos Mané também deve ter algo a ver com a sua saída.
    Não conheço o Barcos, mas penso que foi contratatado como um substituto directo do Slimani.

    Finalmente penso que ficámos com um problema em casa que é o Teo, mas como vamos ter a Copa América, provavelmente vai querer jogar para ser seleccionado. A concorrência na Colombia para avançado não é pequena.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AMendes,
      Relativamente a Carrillo não concordamos, a saída do jogador mais criativo e desequilibrador deveria ter tido compensação sob pena de ficarmos mais fracos.

      Quanto a Montero também não o via como substituto directo de Slimani mas como oferta de um modelo alternativo que não privilegie tanto o centro para a área.

      Parece-me bem observada a questão da permanência do Mané, até atendendo aos avanços e recuos na sua saída.

      Eliminar
  3. Na baliza, definitivamente não ficámos a perder.
    Tivessem apostado antes no Jug e se calhar estaríamos ainda na Taça da Liga.
    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel:
      É tão fácil dizer isso como afirmar que teríamos perdido logo o primeiro jogo com o Azbe Jug.

      Eliminar
    2. Como é fácil tb dizer que estamos piores...

      Eliminar
    3. António Gomes,

      seria uma perda de tempo tentar explicar a diferença entre as duas afirmações. Acresce ainda que é muito duvidoso que saibas tu ou qualquer outro adepto qual é o real valor do Azbe Jug. Já o do Boeck era conhecido e se não era nenhum Buffon também não era nenhum Roberto, o histórico dele era sobejamente conhecido. Tornou-se popular dizer que não presta quando o problema dele será exactamente o mesmo que o Jug: não joga, por isso nem evolui nem está em forma.

      Eliminar
  4. Não sei os pormenores da renovação de contrato mas eu não acho que tenha havido um prémio de assinatura elevado. Aliás eu acho que é capaz de ter havido uma redução do ordenado que ganhava (que era elevado face ao papel da equipa).
    Percebo em parte a renovação mas acho que se devia ter testado o Jug em mais jogos esta época em detrimente de Boeck que já se sabia que mais ano ou menos ano iria acabar por sair ou descer na hierarquia.

    Sobre o mercado em si... Penso que Jorge Jesus estabilizou a equipa que pretende. Slimani na frente e Ruiz como 2º avançado/Médio Ofensivo numa espécie de 4-5-1 sendo que em caso de aflição como no ultimo jogo passa para 4-4-2.
    Sendo assim, temos todos de concordar que não existe no plantel um "banco" do Slimani e este argentino à partida é isso mesmo...alguem alto, finalizador, forte fisicamente. Portanto, em certa medida colmatamos a inexistencia de alguem que podesse jogar no esquema que agora jogamso caso não tenhamos o Slimani.
    Conseguimos uma solução mas acabámos por perder a primeira alternativa (ou a mais viável de momento...) ao esquema de 4-4-2. Eu aqui tenho um misto de opinões... Se é verdade que Montero (tirando o jogo com o Lokomotiv Fora) sempre que foi titular não aproveitou uma unica oportunidade este ano, a vir do banco revelou-se um jogador importante. O Teo por sua vez, num estilo diferente do Montero, já revelou mais acerto quando entrado diretamente no 11. Montero e Teo juntos não funciona porque eram jogadores iguais, e para 2º avançado temos agora Ruiz e ainda Mané que pode desempenhar o papel.
    Acho que a venda de Montero veio principalmente pela necessidade de ter algum encaixe e provavelmente as propostas por Teo não foram ao encontro do que se pretende.

    No geral, eu acho que estamos com um plantel mais forte do que no inicio do ano. O problema é que mesmo assim o principal rival tem melhores jogadores (jogadores decisivos com melhor qualidade) que nós e isso é que tem feito a diferença nos jogos deles... Porque é verdade que o Ruiz, o Slimani, o João Mário e o Adrien são bons jogadores e titulares em qualquer equipa e estão em muito boa forma, mas Gaitan e Jonas são mais decisivos no jogo em si, principalmente contra equipas mais fechadas onde o individual sobressai ao colectivo.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno,
      todos temos o direito de achar qualquer coisa, e de que capaz de haver isto ou aquilo mas isso não anula os factos e neste caso, muito ou pouco, o jogador recebeu prémio de assinatura para passado um par de semanas abandonar o clube.

      Sobre Teo/Montero falta saber se a aposta declarada no primeiro não foi tempo perdido.

      Eliminar
    2. Apesar de tudo Teo já nos deu pontos importantes e vitórias importantes, tal como Montero, ambos em registo diferentes.
      Eu gosto do Teo, tem um estilo de jogo diferente do Montero, menos classe e técnica mas mais sentido baliza e em espaços mais intenso (mesmo falhando golos como aconteceu com o Besiktas fora) e houve jogos onde a presença dele foi importante e por isso não acho que tenha sido tempo perdido.
      O problema do Teo, não é a sua habilidade futebolistica mas sim o seu lado psicológico. Se ele será importante daqui para a frente? Vai depender muito mais dele do que de Jorge Jesus...

      Sobre Boeck... Não vi o contrato assinado nem se há prémios de assinatura ou não. Houve uma hipótese de negócio agora, que não deviam estar à espera, e face às suas ultimas exibições acharam por bem o empréstimo.
      Eu sempre achei que Taça da Liga e Taça de Portugal com as equipas fracas como tivemos na 1ª eliminatória deveríamos ter apostado logo no Jug.

      Mas isto como tudo no final se verifica se foram boas apostas ou não... Se o Barcos nos sair um Acosta, o Coates um André Cruz e o Marvin um César Prates do lado esquerdo... Ninguém se lembrará da venda deste ou daquele ou das renovações erradas ou não do Boeck.

      Eliminar
  5. Nestas compras e vendas há duas decisões que me desagradam. A primeira é a venda de Montero. Considero-o um dos melhores do plantel e se fizermos o rácio do número de golos marcados por minutos jogados, perceberemos quão injustas foram muitas criticas. Falharam aspectos psicológicos na gestão deste jogador, que terá aí particulares dificuldades. A segunda é a não recuperação de Iuri, um dos bons jogadores da primeira liga e o nosso melhor emprestado. Julgo que como recomenda o Leão de Alvalade, trocá-lo por Mateus seria a melhor solução. Iuri tem classe, maturidade e cosntância. Está ums furos acima de Mateus. É sempre o melhor jogador do Moreirense e joga muito, como já sabíamos. Além disso marca golos.

    ResponderEliminar
  6. Na defesa espero que estejamos melhor porque o Tobias me parece limitado e o Jonathan ataca melhor que defende.
    Mas no ataque tenho algumas dúvidas que estejamos melhor. Este Barco é um verdadeiro tiro no escuro, pois andou a alternar o campeonato brasileiro com campeonatos pouco expressivos e competitivos. Daí ser uma incógnita de como reagirá a outro tipo de exigências. Sempre fui um grande fã de Montero, e sempre o achei o melhor avançado do SCP, o mais inteligente o que toma as melhores decisões. Não tem a força físisica que JJ quer para aquela posição, mas está mais que visto que o físico não é tudo. Tenho muita pena que saia do Sporting, principalmente dois dias depois de nos ter dado a vitória frente à Académica.
    "Isto porque Slimani é um alvo a abater" - não percebo esta frase... também aqui querem partilhar do eterno choradinho e das tristes figuras que os nossos dirigentes e treinadores insistem em fazer? O Slimani é vítima da sua própria forma de estar e de lidar com colegas de profissão. Se ele é um alvo a abater é sua unica e exclusiva culpa. Vamos negar o que temos visto por diversas vezes? As imagens não são mais do que esclarecedoras? não seria tempo de o chamarem a atenção em vez de desviar atenções o essencial, ou seja, a sua conduta??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O Slimani é vítima da sua própria forma de estar e de lidar com colegas de profissão. Se ele é um alvo a abater é sua unica e exclusiva culpa." - Certo... Parece-me que grande parte dos Sportinguistas lamentam sim a dualidade de critérios na instauração de um processo ao Slimani quando no mesmo jogo e na Luz no 0-3 houve variadas agressões que os filtros encarnados de quem decide não conseguiram ver... "Vamos negar o que temos visto por diversas vezes?" - parece-me que você é mais uma vítima da lavagem cerebral lampiónica...

      Eliminar
    2. Jorge Vicente,
      O Tobias é um miúdo e creio que grande parte das suas limitações são superáveis com treino quer técnico-tactico quer com o amadurecimento.

      Discordo da avaliação a Slimani. Não confundo um jogador abnegado com o jogador violento em que o querem transformar. Quando exagerar deve ser punido.

      Eliminar
  7. As transacções não entusiasmam. Nem grandes vendas nem grandes contratações.
    Parece-me que tudo se processou no plano a que esta direcção já nos habituou, tiros no escuro e mais uma venda sem transparência, mascarada com a aquisição do Barca.
    Com o Montero, na sua entusiástica primeira época, sempre escrevi que ele estava a render mais do que valia. Fui duramente criticado e até insultado nos chats do Sporting pelos brunecos.
    Hoje, mantendo a mesma avaliação do jogador, entendo que era útil à equipa a avaliar pelo que por lá temos que não é melhor, excepto o Slimani.
    Voltei a ser xingado pelos mesmos brunecos. Que não senhor, não faz lá falta nenhuma.
    Para a próxima, antes de falar vou ouvir o Vasco.

    ResponderEliminar
  8. Excelente análise, plena de lucidez e lançando bases para uma discussão pertinente.

    Creio que não estamos mais fortes do que estávamos no início da época. Equipa que é líder não retira do plantel 5 atletas e insere outros 5. Para mim, são mudanças a mais.

    Quando se inicia a época com Carrillo e com Montero no plantel e, agora, não se tem nenhum deles, é difícil dizer-se que se está melhor ou que isso não muda em nada a equipa. Muda, e muito. Não é por acaso que os jogos mais complicados têm sido aqueles contra as equipas mais fechadas. Como não é por acaso que os golos de Montero na Liga sejam contra equipas fechadas (Académica e Nacional) ou remetidas, naquele momento, ao último terço do campo (Braga). Porque é aí que a inteligência e técnica de Montero e Carrillo se notavam. Eram, com Ruiz e J. Mário os mais capazes de "entrar" nesse tipo de defesa, aquelas que são o "grosso" da nossa Liga.
    E não estou aqui a discutir a forma como os 2 saíram da equipa. Haverá tempo para isso (principalmente se a Liga não for conquistada). Indo só a factos, estes são claros: eram duas peças importantes e já não estão lá para ajudar.

    A alternativa a Slimani era mais que obrigatória. Pelo desgaste, por precaução e porque este será castigado (aliás, até já está condicionado). Parece-me que se escolheu bem.
    No centro da defesa também me parecem boas escolhas. É bom ver que já não se depende do físico (e cabeça) do Ewerton, nem das limitações de Oliveira. Há mais opções.

    Mas Coates e Barcos têm um problema: têm de render em breve. Haverá tempo de treino para isso? JJ tem, aqui, mais um grande desafio.

    Bruno César foi muito bem contratado. Num período em que vamos penar para conseguir marcar (com Slimani castigado/condicionado), com Teo no mundo dele, e Barco ainda a ver navios, serão jogadores como Bruno César, Ruiz e Gelson/Matheus/Mané a tratar de marcar golos.
    E para render, não se pode oferecer golos como o 1º contra a Académica, nem ter Cosmes e outros afins a dificultar.

    A defesa terá de voltar a ganhar jogos.

    grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais fraco não diria...
      Tendo em conta de carrillo já não joga desde Setembro/Outubro e Montero sempre foi um suplente (podemos achar que deveria ou não ser suplente) e Boeck "só" contou para as taças e nos jogos a sério foi o que se viu... E em sentido contrário fortalecemos a defesa, reforçámos o meio campo com poder de fogo e contratámos um verdadeiro substituto do Slimani, então não podemos dizer que ficou mais fraco.

      No limite ficou igual (dependendo da exibição dos que chegaram) o que pode significar que à partida já era pouco para os objectivos que pretendiamos...

      Eliminar
  9. Quer o Ruiz quer o Teo estiveram a competir em jogos de selecções até entrar directamente na pré-época em alvalade (o Teo em dois dias esteve em 3 continentes...). O Ruiz ainda consegue fazer 60 min de jogo, ao Teo foi concedido um período de descanso no Natal. JJ quer muita intensidade na frente de ataque, Montero, infelizmente não é esse tipo de jogador, Teo devidamente recuperado fisicamente é, e Barcos aparenta ser no YouTube, mas vem para iniciar uma pré-época...

    Resumindo o ataque neste momento é Slimani, Teo se aproveitou as férias para recuperar e lá para Março Barcos.

    Também não estou descansado com o centro da defesa, dois novos e que vão precisar de tempo para entrar no "modelo defensivo Jesus" e o resto a acusar desgaste físico.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (89) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (99) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (64) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (13) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (22) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (41) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (1) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (3) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (97) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)