terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Fim do mercado de inverno: emprestar ou despejar?

O Sporting esteve bastante activo neste mercado de Inverno, especialmente do lado das vendas/dispensas/empréstimos, tendo adquirido apenas um jogador para colmatar a saída de Maurício. 

Considerações/questões genéricas que resultam da observação do que foi agora efectuado:


- Para um clube que assumidamente tem dificuldades financeiras o Sporting tem os seus planteis principais (equipa A, equipa B) sobredimensionados. Os plantéis deveriam estar articulados entre si e dispor de um número mínimo de jogadores, de forma a que estes pudessem jogar o maior número de vezes. 

- A quantidade de jogadores que saíram da sua equipa B, 10 (!), é uma confissão tácita desse facto. Ora, se todos precisam de jogar para terem ritmo e emprestarem a devida competitividade, é precisamente neste escalão que essa necessidade é mais aguda. 

- O plantel principal com vinte e dois jogadores seria o ideal. Sobrariam, salvo lesões, quatro dos dezoito habituais convocados, que poderiam jogar na B. A equipa B poderia até ser em número um pouco menor, atendendo a que jogadores júniores de último ano, ou mais evoluídos, poderiam constituir opção.

- O número de jogadores nos plantéis é crucial. A possibilidade de jogar com regularidade é um dos aspectos a ter em conta mas é também um factor que promove esperança e a ambição indispensável de melhorar e jogar ao mais alto nível. Plantéis extensos funcionam precisamente de forma inversa.

- O empréstimo de uma quantidade de jogadores tão significativa foi feita com um critério meramente economicista, na tentativa de aliviar a folha salarial, ou visando proporcionar aos jogadores envolvidos experiências profissionais enriquecedoras? Essa dúvida é justificada, se atendermos aos destinos dos jogadores. Jogar muito pode nem ser suficiente, se os jogadores não tiverem um treinador que os faça evoluir, corrigindo as imperfeições e ganhando novas competências.

- Que acompanhamento será feito dos jogadores que agora saem? Serão efectuadas observações directas e elaborados relatórios de todos os jogadores de forma a que se possa avaliar a sua evolução? Estamos a falar de um pesadelo logístico, atendendo a que essas observações terão que se estender desde Brentford, Londres, onde já jogava Betinho, passando agora por Bolton, nos arredores de Manchester, passando pela Holanda onde está agora Wilson Eduardo, não esquecendo Chaby na Madeira.


Imagem Record

Considerações especificas da Equipa B



- Os empréstimos de jogadores para o campeonato nacional de profissionais são difíceis de perceber a não ser como uma admissão da pouca confiança no valor do jogador, ou então como um vulgar castigo. Estão nestas condições Mama Baldé e o "famoso" Gazela (Jorge Santos) que, pelos vistos, não se deu bem com os ares da lezíria.

- Filipe Chaby foi dispensado para uma equipa do mesmo escalão que a equipa B. Contudo, atendendo às ambições da equipa,  tal não significa um passo ao lado. Até pode ser um passo em frente relativamente aos colegas que permaneceram na B ou saíram por empréstimo. O facto de o treinador ser Vítor Oliveira é importante, não tanto pela excelência das suas qualidades formativas, mas por se tratar de um treinador com um curriculum de sucesso a este nível,  podendo os jogadores encontrar aí um ambiente desinibidor, potenciando as suas melhores qualidades.

- Fokobo saiu para o Arouca, sendo duvidoso que possa tirar o lugar a Rui Sampaio. Muitas dúvidas no acerto da decisão.

- Iuri Medeiros seguiu o mesmo caminho mas, como se pôde ver este fim-de-semana, Cayembe leva-lhe a dianteira nas preferências de Pedro Emanuel. Não há qualquer surpresa, atendendo ao trajecto do treinador e origem coincidente do jogador. Embora me pareça que a equipa ganha com a presença dos dois, ficam muitas dúvidas sobre a decisão.

- Cissé e Esgaio estão agora em Coimbra, uma equipa cuja direcção está longe de ser propriamente "Sporting friendly". Considerações "politicas" à parte, uma vez que a questão técnica me parece ser mais relevante para os jogadores, parece uma boa oportunidade, embora não tenha qualquer esperança por Cissé. A situação da equipa na tabela classificativa será o principal factor contra. Paulo Sérgio não é propriamente um treinador modelo, é duvidosa a sua continuidade, mas tem valor suficiente para as necessidades.

- Enoh saiu para o Leixões sem deixar o mais pequeno laivo que justificasse a aquisição. Menos ainda quando se havia dispensado um ano antes um jogador que já pertencia aos nossos quadros, Flávio Silva,  para agora se perder a disputa da sua aquisição com o SLB. 

Considerações especificas da equipa A

- Sobre a venda de Maurício já falei anteriormente, bem como da chegada de Ewerton. A este nível duas considerações: (i) ficamos melhor no que diz respeito à dupla titular e essa melhoria só não é mais favorável dado o curto período de utilização, o que pode ser pernicioso para um jogo com a responsabilidade da do próximo jogo, o dérby. (ii) Ficamos, pelo menos temporariamente, mais vulneráveis, pelo menos enquanto Ewerton não puder dar o seu contributo. As qualidades de Sarr e agora também o ambiente pouco favorável em seu torno, fazem dele mais uma ameaça que um activo a considerar.

- O empréstimo Wilson Eduardo ao Den Haag. Pode ser interessante para o jogador, até por questões económicas, mas em termos de evolução e aperfeiçoamento tem tudo para ser um desperdício, pelas diferenças de campeonatos. O pior é que um bom final de época pode criar a mesma ilusão que o jogador já havia suscitado.

- Quem tem Wilson Eduardo não deveria queimar recursos com Heldon. O jogador cabo-verdiano chegou há um ano por causa de uma muito habitual ilusão de óptica: ser bom no Marítimo está longe de significar ser bom no Sporting. O clube insular era então treinado por Pedro Martins, um treinador cujo futebol directo é bom para a velocidade de Heldon. Porém, as vezes que foi chamado, mostrou que, para contornar os muros defensivos, é preciso um pouco mais. Tem agora uma boa oportunidade no Córdoba, semelhante à que teve na Madeira, mas com foco muito maior.

- Slavchev entrou mudo e saiu calado, sem um minuto acumulado que fosse na I Liga e sem significar sequer alternativa na equipa B. É precisamente aí, com jogadores da mesma idade e até mais novos que fica claro o risco da aposta em campeonatos de futebol emergentes como o búlgaro. Os tempos de Balakov e Stoichkov já estão para trás há muito e estes não vão ressuscitar por decreto. A ida para Bolton, da divisão secundária inglesa, é de acerto muito duvidoso, tendo em conta o futebol praticado e mesmo a qualidade geral dos treinadores ingleses. Só se compreende pelo facto de o valor do jogador permanecer uma incógnita, apesar de ser dos mais caros do plantel, e não haver por cá quem pague tanto por incógnitas.

40 comentários:

  1. Além da política de contrataçoes que não me parece justificável, discordo dos clubes para onde foram...iuri e chaby vão encontrar treinadores que não os Vão potenciar e o esgaio então (ainda que aqui ache q ele precisa é de jogo). É uma pena pq o Mario o ano passado benefíciou muito de ser o couceiro o treinador (P ex com o Zé
    Mota nem sonhava jogar).

    Qt ao mauricio ganha se só pela saída. assim como o weduardo e o Héldon (graças a Deus que o sami não veio) que desde que não nos gastem dinheiro já não é mau.
    Sl

    ResponderEliminar
  2. LdA,

    Não estou assim tão pessimista. Estamos de acordo (e já o tínhamos comentado então) quanto ao desnorte da preparação da época e ao excesso de contratações (que, como muito bem diz, se torna agora absolutamente evidente - e esvazia claramente alguns dos argumentos então utilizados).

    Não obstante, parece-me claro que houve essa perceção (motivada por questões de organização e não só?) e que foram efetuadas correções. Que só não foram cirúrgicas porque a intervenção inicial esteve, também ela, longe de o ser.

    No demais o seu post cobre bastante do que penso sobre o tema. Em particular, no que respeita aos empréstimos na Liga. Como diz e muito bem a Académica não é propriamente uma aliada e ainda assim colocámos ali dois jogadores. Tudo tem a ver com o que temos para oferecer. E podemos fazer mais "amigos" assim do que com intervenções na AG da liga...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Bom, de novo a tendência para misturar a equipa A com a equipa B e falar ao mesmo tempo no Mama Baldé e no Slavchev, lançando depois uma conclusão que entendo que seja um questionar da politica desportiva do Sporting e o uso dos dois planteis.

    Mas há de facto que desmistificar certas coisas, há uma por exemplo que anda por aí, é que o Sporting contrata para a equipa B, camiões de jogadores, dizendo até que há comissões e empresários amigos de Inácio pelo meio.

    Para esta mesma época, por exemplo, para a sua equipa B pode-se considerar que o Sporting contratou Gazela, Rabia, Gauld e Sacko.
    Tirando o gazela, todos os outros já se estrearam pela equipa A. Ainda que se possa dizer que foi para a Taça de Liga e tal.

    Comparando com os rivais, que até têm equipas B melhor classificadas vemos que o Porto para a sua equipa B contratou: Anderson de Oliveira, Otávio, Braima Candé, Pité, Roniel, Célestin Djim, Marko Pavlovski, Leander Siemann, Daniel Opare, Ricardo, Diego Carlos e Fede Varela.
    E o Benfica por sua vez: Paweł Dawidowicz, Kevin Friesenbichler, Dolly Menga, Hany Mukhtar, Elbio Álvarez, Jim Varela, Flávio Silva, David, Vitali Lystsov

    Não sei que rendimento Porto e Benfica tirarão destes jogadores, alguns deles acabam de chegar. Não sei sequer se estão interessados em ter algum proveito desportivo.
    Mas o certo é que para clubes que até supostamente estão melhores que nós na formação sub-17 a sub-19, negociam mto mais jogadores no plantel B o que talvez deveria ser revelador de alguma coisa.

    ResponderEliminar
  4. J.
    que comentário mais pobre e cheio de preconceito.

    - Não há qualquer mistura entre A e B que não seja a necessária, se for entendido, como deve ser, uma certa complementaridade.

    - A situação do Baldé e do Slavchev são tratadas de forma autónoma como qualquer aluno, vá lá, do 2º ciclo, percebe.

    - Nunca falei aqui de empresários porque não tenho outros dados em concreto. Mas não é dificil constatar que desde a chegada do Inácio o seu amigo Nelson Almeida tem facturado como nunca havia feito com o Sporting. Ao contrário, o Sporting acumula problemas com os outros empresários, a guerra mais recente foi com o empresário do treinador, do Mauricio - foi por acaso que saiu? - e que também trouxe o Montero. Quero ver como vai ser com a renovação do Carrillo depois do empresário que detém grande parte do passe ter sido quase gozado com o caso Bruma.

    - Desde quando estrear-se pela equipa A, ainda por cima na Taça da Liga, é uma medida de avaliação de sucesso? Provavelmente nenhum dos jogadores mencionados seria necessário ou justificado uns face à qualidade, outros face ao preço e ao que já havia cá. Entretanto regista-se uma debandada de jogadores com talento e internacionais porque o dinheiro que se lhes poderia pagar vai para Sacko's Gazelas, Rabias, Guald's, Enhoh's, etc

    - Preocupa-me muito pouco o que se passa em casa alheia. Até porque têm outros recursos e seguem politicas distintas da nossa.

    ResponderEliminar
  5. Subitamente, a maioria dos textos deste blogue baseia-se em cenários que podem ou não concretizar-se. Realidades paralelas sobre as quais o autor comenta com a certeza de quem comenta o passado, mesmo que essas realidades paralelas sejam incompatíveis umas com as outras e ninguém se vão não acontecer.

    Por exemplo, a pergunta: "Que acompanhamento será feito dos jogadores que agora saem?"

    Não sabe o Leão de Alvalade nem sabe nenhum de nós. Mas o que importa é lançar a confusão com uma observação que só pode ter resposta ao longo dos próximos meses. Uma frase que hoje, no momento em que é escrita, não tem resposta. A não ser que a direcção do Sporting perca tempo a responder nesta caixa de comentários.

    A política de contratações é má?

    O Sporting vai discutir o próximo derby com 7 titulares que não existiam no tempo de Godinho Lopes.

    Não é preciso lembrar as diferenças na tabela classificativa, pois não?

    ResponderEliminar
  6. Só de referir, que não fui ao plantel Braga, Maritimo ou Guimarães B, mas desconfio que o mesmo fluxo de entradas e saidas desses plantéis seguem quase a mesma dinâmica de entradas e saidas. Ou seja, comparando, o Sporting é ainda daqueles que menos movimenta na sua equipa B. Será então por ter uma politica desportiva diferente.

    No entanto, mesmo sendo dos que movimenta menos pela tal politica desportiva, é o que tem suspeitas (pelo menos pelo que vejo por ai) por andar a movimentar dinheiro por fora em comissões ou não sei que mais. Amigos do Inácio.... Curioso!
    Mas isto deve ser apenas a minha desonestidade intelectual de novo.

    Kovavecic, de referir que esses 7 titulares tiveram que vir para o clube quando o nosso orçamento passou para quase metade.....
    Não é o mesmo comprar de bolso cheio e sem se preocupar com prejuizos milionarios, do que ter que o fazer com outro tipo de limitações. Mas acho que isso deve interessar para poucos!

    ResponderEliminar
  7. Kovacevic,

    mais um comentário lamentável.

    Lembro-te que quando escrevi aqui um post onde lamentava a qualidade de um jogador como Sarr na equipa do Sporting, com os danos que se viriam a verificar, também vieste com o argumento da realidade paralela.

    A pergunta sobre o acompanhamento é mais do que justificada. Como se inteirará o Sporting da evolução dos seus activos? Ou parece-te desnecessário fazê-lo? É uma pergunta mais do que legitima e justificada, que não obsta a que haja o devido acompanhamento. Só faz confusão a alguém de débil capacidade de raciocínio.

    Quanto "aos 7 titulares que não existiam no tempo do Godinho Lopes" é para rir. Aliás esse é o argumento final de quem acha que a história do Sporting se resume de 2011 em diante e que BdC foi o messias que nos salvou.

    Quantos titulares de há dois anos têm a generalidade das equipas que jogam ao mais alto nível em Portugal?

    Mas quantos dos actuais titulares, em particular os melhores, já estavam nos quadros do clube?

    No caso do Sporting, quase todos. Em particular os melhores, à excepção de Nani.

    ResponderEliminar
  8. Kovacevic,

    dizias tu a propósito deste post:

    "Da melhor geração de sempre a uma das piores duplas de centrais. Que defesas centrais para o Sporting? "



    Itálico: "Também começa a emergir um padrão neste blogue: as conclusões precedem os factos."

    O padrão deste blogue é de facto diferente dos esperam a segunda-feira para dizer que "estes números são tão fáceis, até eu fazia"

    Itálico: "É notável: o Sarr, com apenas 3 jogos oficiais pelo Sporting, já tem rótulo de uma das piores duplas de centrais de sempre."

    É notável não é?

    ResponderEliminar
  9. "É notável não é?"

    LOL! É lixado qd as "realidades paralelas" afinal são bem reais...

    LdA... se se apresentam factos acusam (quem o faz) de "profetas do passado". Se se questiona o presente e antecipam-se resultados ou se se antecipam expectativas, acusam (quem o faz) de criar realidades paralelas...

    Meu amigo, já ganhaste o céu ao dar crédito a gente que só aqui vem para atacar. Não estão interessados em debater, mas apenas em atacar "a maioria dos textos deste blogue"... Por mim, há mt que deixei essa gente a falar sozinha. Alguns nem categoria ou carácter têm para merecer uma resposta. Outros nem a atenção de uma leitura aos seus comentários…

    A política de contratações para a época em curso não foi tão errada, foi um desastre! Até a própria SAD resolveu transformar essa opinião em FACTO indesmentível no mercado de Janeiro…

    ResponderEliminar
  10. AH!...

    "Mas quantos dos actuais titulares, em particular os melhores, já estavam nos quadros do clube?"


    Faço questão de responder, pois temo que ng o faça... Nomeadamente quem quis manipular os... isso mesmo: os factos.


    Vejamos, do último onze titular: Rui Patrício, Cedric Soares, Tobias Figueiredo, Wiliam Carvalho, Adrien, Carlos Mané, João Mário, Carrillo.

    8 em 11. Siga a marinha...

    ResponderEliminar
  11. E entraram... André Martins, Diego Capel.

    De 14 jogadores utilizados 10 (DEZ) já pertenciam aos quadros do SCP. Eis, em todo o seu esplendor, o êxito da politica de contratações da actual SAD!!!!

    ResponderEliminar
  12. Virgílio, explica lá essa.

    Quando a direcção de Bruno Carvalho contrata um Slavchev, é porque está a tapar os meninos da formação na equipa B.

    Quando o Godinho Lopes contrata um Labyad, não está a tapar o João Mário.

    É uma lógica difícil de perceber.

    Esses 8 já estavam nos quadros... e não jogavam porquê?


    ResponderEliminar
  13. Kovacevic,

    quem alegou que o Slavchev tapou os meninos da B?

    Está a falar de uma qualquer realidade paralela porque um dos jogadores mais caros deste ano nem aos meninos da B tirou o lugar.

    ResponderEliminar
  14. É curioso que se diz que quem discorda dos bloggers deste espaço, são sempre os que atacam e dizem não sei o que mais de quem tão bem fala aqui em nome dos melhores interesses clube.

    No entanto, vou ver o que aqui se diz por exemplo e encontram-se expressões como:
    -"que comentário mais pobre e cheio de preconceito";
    -"mais um comentário lamentável"
    -e por fim um" Não estão interessados em debater, mas apenas em atacar "a maioria dos textos deste blogue"

    Acho que sinceramente tem que haver algum espirito de autocritica neste espaço, pois se calhar nem sempre quem discorda do que se diz aqui, o faz para atacar quem quer que seja.

    Ultimo comentario, se a nossa politica de contratacões foi um destrare e se 10 dos 14 jogadores já cá estava, como é que se explica então que tenhamos conseguido passar do sétimo lugar para o segundo, e este ano estejamos a lutar novamente com quem tem o dobro do orçamento?

    ResponderEliminar
  15. ««No caso do Sporting, quase todos. Em particular os melhores, à excepção de Nani.»»

    À excepção do Nani se exceptuarmos também o Montero, o Slimani, o Jefferson, o Paulo Oliveira...

    Claro que se desvaloriza a aposta definitiva em João Mário, Carlos Mané, Adrien, Cédric, Tobias... Perfeitamente normal...

    E esses todos muita bons que já lá estavam antes, quanto valiam no fim da época 2012/2013? Estavam valorizadíssimos, não era? É melhor também desprezar esta parte...

    Outro assunto que lhe dará jeito desprezar, será porventura, o facto de ao invés de andar a vender % de passes de jogadores nossos, inclusive juniores, para (não) pagar a boularhozes, jeffrens, Rodriguez, Gelsons, Pongoles, a água e a luz e ainda dar prejuízos anuais de dezenas de M€, somos neste momento detentores da grande maioria dos passes do NOSSO (sim , agora é nosso!) plantel e ainda damos lucro. Com certeza mais um facto desprezível.

    PS. Eu bem procuro mas está difícil encontrar o mesmo nível de críticas (ou mesmo alguma crítica...) feitas neste blogue quando, por exemplo, no mercado de Janeiro de 2013 se foi contratar o Miguel Lopes ao porto, que não jogava e acabava contrato em 6 meses, com um ordenado acima de 1M€ até 2018, que veio tapar o Cédric, e pelo qual o Sporting se comprometeu a entregar ao porto 5M€ no caso de negociar o jogador por qualquer valor. Deve ser falha minha.

    ResponderEliminar
  16. Quando já falhou tudo agarram-se à classificação. E o pior é que sem o diabo pintado de anjo nem isso.

    ResponderEliminar
  17. O anónimo das 15:14 poderá ler este texto, por exemplo.

    http://anortedealvalade.blogspot.pt/2013/01/insua-por-joaozinho-e-outros-negocios.html

    Já li e reli, mas não encontro elogios ao Miguel Lopes...

    ResponderEliminar
  18. O problema nestas discussões é a falta de honestidade intelectual

    Dizer que o Adrien e o Cedric foram apostas definitivas com a entrada de BC só pode ser para rir

    ResponderEliminar
  19. Anónimo,

    Duvido que seja leitor habitual do blogue senão não escreveria o que escreveu.

    O Paulo Oliveira não incluiria nessa lista uma vez que a sua aquisição só foi necessária por não se gerir convenientemente as outras opções disponíveis que já faziam parte dos quadros do clube.

    Apostas definitivas foram feitas em João Mário, que em 2011 tinha 18 anos, e em Carlos Mané. Nunca viu aqui nada a desvalorizar essas apostas. O Tobias só agora é aposta quando é cada vez mais evidente que Sarr nunca deveria ter sido contratado com a ideia de ser titular num clube que ia à CL e quer ser campeão.

    Sobre a partilha de passes são opções, eu preferiria comprar por exemplo Otamendi, Gaitan, Jackson e ganhar títulos do que deter a totalidade do passe do Sarr, Sacko por exemplo.

    Como não conhece o blogue mas apenas passou aqui para largar a bojarda, não encontrou nada sobre a aquisição do Miguel Lopes. Além do texto que lhe é recomendado lembro que na altura veio com o Ventura e o meu comentário foi lacónico mas suficientemente expressivo:


    "" Canto V dos Lusíadas, que relata o aparecimento do Adamastor, quando se dobrava o Cabo das Tormentas:
    E verão mais os olhos que escaparam de tanto mal, de tanta desventura."
    Isto a propósito desta noticia: Hugo Ventura chega com Miguel Lopes, que provavelmente significará confirmação da saída de Boeck para a Suíça. Hoje, pela manhã, quando me falaram sobre este rumor, que então circulava nos fóruns frequentados por adeptos portistas, ri-me e disse que era brincadeira..."


    Acresce que foi classificado com tag "negócios lesa-Sporting".

    A ideia que muitos querem fazer passar que as minhas criticas são recentes, ou como diz o infeliz do Kovacevic, que "subitamente" isto ou aquilo é como a lembrança do Godinho Lopes: falta de argumentos e sobretudo, o que é pior, um cheque em branco à estratégia mais do que criticável que vem sendo seguida.

    ResponderEliminar
  20. "Está a falar de uma qualquer realidade paralela porque um dos jogadores mais caros deste ano nem aos meninos da B tirou o lugar."

    LOLOLOLOLOLOLOL!!!!!!


    Oh Kova, estimo bem que o Godinho Lopes se lixe (com F)... e, já agora, voltas a abordar-me qd provares as (falsas) acusações que me fizeste aqui:

    http://anortedealvalade.blogspot.pt/2014/09/da-melhor-geracao-de-sempre-uma-das.html?showComment=1409951688315#c7132982828401507997


    Já passaram 5 meses e até agora nicles batatoides… Fica o desafio (re)lançado… Sou um gajo porreiro, concedo-te mais esta oportunidade. Até lá, para mim, não passas de um reles e desonesto sonso.

    Não contente, voltas agora e tentas fazer o mesmo com o LdA. Mas será que não te cansas de fazer insinuações falsas? Mas será que não tens um pingo de vergonha nas fuças? É que ainda por cima sujeitas-te a, merecidamente, levar com respostas que te expõem ao ridículo e ao risível e desmontam de forma cabal os teus (falsos) “argumentos”! Como se pôde ver no exemplo acima... Que nível rasteirinho, pah… Cura-te.

    Oh J... eh pah, se já nem os teus colegas de blogue te aturam, achas que vou eu perder tempo com os teus disparates? Get lost! Irra… Vou explicar devagarinho para ver se, de uma vez por todas entendes: são aceites todos os argumentos que defendam posições diferentes desde que, repito, desde que minimamente educadas, inteligíveis e coerentes… Tu até és educado, mas falta-te o resto. Lamento.

    ResponderEliminar
  21. Saar, Slachev, Dramé, Shikabala, Enoh, Gazela, Magrão, Welder, Rabia, Sakho, Hugo Sousa, Matias Perez, Sambinha. 13 contratações que não fizeram qualquer sentido em 2 anos parecem-me demasiado! É isso que se crítica nesta política de contratações.

    São os gastos com as compras, prémios de assinatura, salários e sobretudo virem tirar ESPAÇO DE CRESCIMENTO a jovens que têm muito mais potenciais que todo estes acima identificados! Com este dinheiro desperdiçado não se podia ter renovado com 4 ou 5 miúdos com muita qualidade que entretanto saíram?

    O ponto positivo é que parece (a julgar pela recente janela de transferência) que já se percebeu este erro de comprar camiões de jogadores sem qualidade não resolve nada.

    ResponderEliminar
  22. LdA, a estratégia mais do que criticável produz isto:

    - de 7º para 2º lugar no campeonato e regresso à liga dos campeões
    - lucros nos resultados operacionais (sem contar com a venda de jogadores)
    - recuperação parcial da propriedade dos passes dos jogadores

    Não me vês a passar cheques em branco, mas gostava de saber qual destes resultados não é do teu agrado.

    ResponderEliminar
  23. Virgílio, responde-me tu a isto:

    Quanto jogos é que Cedric, Tobias, Wiliam, Mané e João Mário fizeram pela equipa principal do Sporting antes de Leonardo Jardim e Marco Silva chegarem. É que está aqui meio onze.

    Depois, também era interessante perceber, além do argumento Sarr, o que é para ti o desastre da política de contratações.

    Estás a falar de Paulo Oliveira? Jonathan? Jefferson? O lucro da venda de Maurício? Rosell? Ryan Gauld? Os golos do Tanaka? Nani? Slimani? Montero?

    ResponderEliminar
  24. Virgílio, responde-me tu a isto:

    Quanto jogos é que Cedric, Tobias, Wiliam, Mané e João Mário fizeram pela equipa principal do Sporting antes de Leonardo Jardim e Marco Silva chegarem. É que está aqui meio onze.

    Depois, também era interessante perceber, além do argumento Sarr, o que é para ti o desastre da política de contratações.

    Estás a falar de Paulo Oliveira? Jonathan? Jefferson? O lucro da venda de Maurício? Rosell? Ryan Gauld? Os golos do Tanaka? Nani? Slimani? Montero?

    ResponderEliminar
  25. Kovacevic,

    Mantenho todas as criticas. Escrevo aqui quase todos os dias e pronunciei-me sobre todos os assuntos que mencionas, pelo que é só leres.

    ResponderEliminar
  26. ««O Paulo Oliveira não incluiria nessa lista uma vez que a sua aquisição só foi necessária por não se gerir convenientemente as outras opções disponíveis que já faziam parte dos quadros do clube.»»

    Bem, afinal as excepções passaram de ser apenas o Nani para serem também Jefferson, o Slimani e o Montero... As excepções viraram regra!
    Não percebo bem esse "argumento" das contratações por necessidade não poderem entrar na lista dos melhores, mais uma vez deve ser culpa minha. Coitado do Paulo Oliveira!

    Quando fala em gerir mal os dossiers Dier e Rojo deve estar a referir-se certamente à cláusula de fuga de 5M€ que alguém aceitou incluir no contrato de um jovem atleta ou, no caso do Rojo, de o termos comprado ao Spartak por 5.425M€ para dias depois vendermos 75% do passe à Doyen por 3M€ (desconto em prejuízo de SCP) ganhando ainda o direito do Nélio Lucas ingerir-se na gestão desportiva do Clube. Brilhante.

    Não sei em que é que a idade dos jogadores há dois anos impede que atualmente sejam apostas definitivas do SCP. Há dois anos estavam lá outros com 20 anos quando se apostou nos boularhouzes e jeffrens.

    ««Sobre a partilha de passes são opções, eu preferiria comprar por exemplo Otamendi, Gaitan, Jackson e ganhar títulos do que deter a totalidade do passe do Sarr, Sacko por exemplo.»»

    Pois, mas mesmo esquecendo a situação de falência técnica desses Clubes, o ano passado, com os jogadores que detemos a 100%, ficámos à frente da equipa do Jackson e Otamendi e este ano já os limpámos para a Taça.
    Curioso também que nós, mesmo quando usámos os fundos, vendíamos fracções dos passes de promessas ao desbarato e nunca cá aterrou nenhum Jackson nem nenhum Otamendi. Nem ganhámos nada. Que azar!

    Depois, é comparar como um negócio ruinoso como o do Miguel Lopes que não mereceu mais que um copy-paste dos Lusíadas e ser apelidado de "uma brincadeira" com a exaustão desta análise enviesada e bota-abaixista ao mercado de Janeiro.

    «««Dizer que o Adrien e o Cedric foram apostas definitivas com a entrada de BC só pode ser para rir»»»»

    Tanto Adrien como Cédric já levam neste momento bastante mais minutos neste campeonato que vai a meio do que em toda a época de 2012/2013.

    ResponderEliminar
  27. Kovacavic: Qual foi a parte da frase "voltas a abordar-me qd provares as (falsas) acusações que me fizeste" que não entendeste?

    Vamos lá ver, até respondia mas só após se verificar 1 destas 2 hipóteses: pedes-me desculpa por teres sido aldrabão e desonesto comigo há cinco meses atrás ou provas, definitivamente, as acusações que me fizeste... As hipóteses são duas, mas no fundo, no fundo, estou certo de que percebeste onde quero chegar...

    ResponderEliminar
  28. Tanta agressividade Virgilio. Não percebo porquê sinceramente!

    Debatendo ainda o pouco que há que debater, partindo do principio, que ainda se queira debater alguma coisa.

    Há ai alguém que diz Sarr, Slachev, Dramé, Shikabala, Enoh, Gazela, Magrão, Welder, Rabia, Sakho, Hugo Sousa, Matias Perez, Sambinha não deveriam ter sido contratados porque custaram uma pipa de massa e taparam lugares aos jovens.

    Os meus argumentos são estes:
    1) Como já disse, acho um erro que se compare reforços para a equipa A com a equipa B. São objectivos diferentes e é impossivel pensar-se que só com a formação vamos conseguir formar 100% de ambos os planteis;
    2) Quanto de facto custaram todos juntos estes jogadores ao Sporting?
    3) Obviamente que defender agora Sarr e Sacko (ainda que seja o melhor marcador da equipa B) é dificil. Mas relembro que ambos eram titulares sub-21 na selecção de França, que até atravessa um bom momento na sua formação (campeões do mundo sub 20, finalistas torneio de Toulon batendo a selecção de Portugal) com várias jovens promessas no top 50 dos mais promissores jogadores europeus.
    4) Partindo do principio que se está a falar de Ilori, Dier, Bruma ou Matheus Pereira, qto é que será o actual salário destes no clube onde jogam?;
    5) Pode-se dizer também que Jefferson, Paulo Oliveira, Montero, Slimani, á partida tapariam Mica Pinto, Nuno Reis, Iuri Medeiros ou Betinho, por exemplo. Provaram que eram melhores e não por isso, o Sporting deixou de apostar na formação.
    6) Em média, o Sporting na sua equipa principal jogar com 6/7 jogadores da formação. Desafio quem encontre uma média parecida nos ultimos 10 anos vá em Alvalade, em equipas que se tenham mantido competitivas.
    7) Porto e Benfica são elogiados por essa Europa fora, pela sua capacidade de comprar barato e vender muito caro, valorizando bastante os jogadores que por lá passam. Que percentagem de sucesso e de flops nas compras para o plantel A e plantel B tem estes dois clubes, tendo em conta que gastam bem mais que o Sporting?

    E fico-me por aqui. Que já ando a falar demais. :-)

    ResponderEliminar
  29. Caríssimo Virgílio, uma pessoa tão inteligente como tu certamente percebe que a letra da lei e o espírito da lei não são incompatíveis, bem pelo contrário.

    Os teus pedidos de desculpas e de provas são irrelevantes quando todas as semanas o teu pensamento fica reflectido neste blog e respectiva caixa de comentários.

    ResponderEliminar
  30. Admitindo que se gastou 6M nesses jogadores + 13 salários mensais, faço 2 perguntas:

    1) Não se podia ter subido a parada por Bruma, Ilori, Dier, Bruma ou Matheus Pereira? Subiu-se a parada ou tentou renovar-se todos os jovens jogadores por igual, independentemente da qualidade de cada um?

    2) O Sporting não teria ficado melhor servido em termos de qualidade a nível de centrais e de extremos do que as compras que se fizeram posteriormente? Ganhou-se alguma coisa?

    ResponderEliminar
  31. Caríssimos Leões

    mesmo com tanta diversidade de opinião registe-se a vossa elevação. Somos todos do Grande Sporting.

    O pequeno reparo que faço a todos é quando começam um comentário ou pelo meio dizem "bruneco", "lambuças", "brunistas", "seita brunista" etc etc - paro logo de ler.

    Bem hajam

    Sporting sempre

    ResponderEliminar
  32. Anónimo 4 de fevereiro de 2015 às 17:02

    "1) Não se podia ter subido a parada por Bruma, Dier, Bruma ou Matheus Pereira?"

    Todos eles quiseram abandonar o Sporting... Essa questão dos salários não sei se foi o principal problema.

    Bruma, é sobejamente conhecida a história dos seus empresários.

    Ilori, estava disposto a ficar parado 2 anos para não renovar - palavras do próprio.

    Dier, a cláusula ridícula que tinha. E se bem me lembro titular nos jogos de preparação.

    ResponderEliminar
  33. Ao anónimo das 16:49

    1) Presumo que talvez se tivesse pelo menos tentado aumentado a proposta, pelo menos quero acreditar que o Sporting luta também para manter os seus mais valiosos jogadores da formação. O que eu acho é que era manifestamente impossivel igualar os salários que o Galatasaray, Liverpool ou Tottenham ofereciam. E para mim, este seria sempre o factor determinante na decisão final.
    2) Se fizermos a comparação individual entre jogadores talvez o clube tivesse saido a ganhar se não houvesse as saidas e entradas que houveram. No entanto, sei também que isso é especular. A realidade é que com a gestão desportiva actual o Sporting no ano passado fez uma muito melhor época que a anterior. E também sei que esta época, até á data, está a ser melhor que a do ano passado. Logo acho que a equipa está a ficar mais competitiva de ano para ano.

    ResponderEliminar
  34. Essa será sempre a versão "oficial" caro The Cure. O Carrillo, o Cédric ou o André Martins...também vão querer abandonar o Sporting daqui a uns meses?

    Fez-se tentativas de aproximação? Ou era (é) tudo corrido a chapa 5 (5 mil euros líquidos com clausulas de 45M)? Quanto ganha Capel que continua no clube e que concordará comigo tem aproveitamento desportivo nulo?

    Foi feito tudo o que estava ao alcance do clube ou houve uma postura arrogante e irredutível?

    São questões que levanto para pensarmos todos e serem corrigidas futuramente. O Sporting está acima de tudo e de todos...mas todos mesmo.

    ResponderEliminar
  35. "Caríssimo" Kovacavic,

    Deturpas o que eu digo / escrevo e, para piorar, insistes nessas tácticas. Agora, para escapar à pulhice que fizeste, refugias-te em analogias da treta. É mt simples, na realidade: nem o meu “espírito” muito menos a minha “letra” reflectem as acusações que me dirigiste há cinco meses. O que fizeste foi plantar algo como sendo eu defensor, qd isso era (e continua a ser) rotundamente falso. Como não provaste (seria impossível fazê-lo…) e, tendo a oportunidade, foste incapaz de retirar as falsidades e desculpares-te, agradeço que, pelo menos, tenhas a decência de não voltares a dirigir-te à minha pessoa. Se o fizeres, ficas desde já ciente de que não me merecerás qlq resposta.

    É que para mim, não é irrelevante com quem debato. Gosto de fazê-lo com quem aprecio ou, no mínimo, respeito e acredito que o faz com um mínimo de honestidade. Definitivamente, que fique claro, não é o seu caso.

    Estimo as tuas melhoras.

    ResponderEliminar
  36. Até à data a crise no SCP tem sido mais benéfica que prejudicial. Só para indemnizar o Marco Silva eram 4 anos e se calhar já não estávamos em 7º...

    ResponderEliminar
  37. 19:41

    Não é a primeira vez que a falta de dinheiro ajuda clubes formadores. Mas farto de argumentos com euros estafados e de acertar à décima. Em semana do maior derbi queria antes perguntar à Troika o que é que sentiu quando viu as imagens do meio-campo todo do SCP na festa do lançamento do livro do empresário mais amigo?

    http://cdn.flashvidas.pt/2015-02/img_991x428$2015_02_03_09_47_26_93231_im_635585542117643978.jpg

    Concentradíssimos em quê? Nas tácticas do burro velho, ao lado? E há quanto tempo já havia convites? É com este poder de antecipação que vão aos centrais? E um estágio na Academia não seria melhor que a lei da rolha? Ou passou a moda a vantagem do SLB?

    ResponderEliminar
  38. Essa é fácil anónimo das 21:28. O presidente não pode estar em todo o lado e a essa hora estava a negociar com a BBC o próximo filme do 007, o espião mais famoso do Mundo. Com o BdC, já confirmado como o novo James Bond. O primeiro a nascer fora do Reino Unido. E com o José Eduardo no lugar que foi sempre de Ian Fleming. Grande expectativa em Inglaterra com o 007 no futebol, que todos adoram. Para já os sócios do SCP são uns privilegiados porque são os únicos que conhecem os novos vilões. Como as Bond Girls, ainda por divulgar, sempre com muitos fãs ao longo da saga. Era importante que a licença para matar chegasse primeiro que a sentença da Doyen. E a força das imagens do lançamento do livro já podem ser vistas no trailler. Já ao negociador da BBC que veio a Portugal, deram-lhe a escolher entre BdC, o novo 007 ou BBC vida selvagem. E como o próprio já confirmou, gira todo à volta dos fundos de investimento de Jorge Mendes e do clube que disse “chega”. E foi assim que surgiu a excelente ideia de enviar os jogadores ao lançamento do livro na semana do Derbi.

    ResponderEliminar
  39. Emprestar ou despejar?
    Creio que a estrutura directiva do Sporting agora, em Janeiro, foi confrontada com a realidade das coisas: em Junho não planeou, então em Janeiro despejou!
    É possível inferir que não houve um planeamento nem antes, nem agora. Encheu-se a boca com “exigência” e “máximo rigor”, e se alguém perguntou alguma coisa disseram que se tratava de “jovem barato e de elevado potencial”. Se algum mais chato torceu o nariz gritaram que era lambuça e que tinha perdido o tacho, foram buscar o Godinho a propósito e a despropósito e gritaram que “o Sporting é nosso”.
    Passado todo este tempo impôs-se a realidade das coisas: tanto jogador a caminho do treino de cada dia não tinha ponta por onde se pegasse. Como o Bruno se especializou em guerras e em terra queimada e de empresários mais próximos resta o amigo do Inácio e um ou outro que pouco riscam, os jogadores foram distribuídos como foi possível. Isto é, despejados!

    Olha-se para todo aquele património do Sporting disperso (então, alguns até parece que estão a cumprir uma pena!) e conclui-se, de imediato, que não houve um plano, uma pesquisa de acordo com as conveniência da maioria dos atletas e do Clube. Fez-se… está feito, dirá o Janota. E acrescentará que abordar este tema na semana do derby é anti-sportinguismo! Vade retro, concluiu o Janota!

    E assim vamos nós, a quererem que os sportinguistas façam de moucos que se algum levanta a garimpa apanha logo com a boca do 7º lugar pela trilionésima vez e ameaça de excomunhão “ad hominem”!

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)