segunda-feira, 8 de junho de 2015

Da jogada de mestre à derradeira sacanice

Imagem roubada ao Rui Malheiro
Foram dois eventos que marcaram e continuarão a estar no topo da actualidade e das conversas dos Sportinguistas: a contratação de Jorge Jesus e a acção de despedimento por justa causa movida a Marco Silva. Serão esses os temas do post de hoje.

O regresso de Jorge Jesus pela porta grande
Era já quase um mito urbano a ideia de Jorge Jesus ser Sportinguista. O facto de o pai o ser e por aí ter nascido o amor pelo clube, até a imagens do treinador ainda jogador ou no meio de adeptos do Sporting numa final do Jamor foram alguns dos vários exemplos apontados para confirmar a sua preferência clubista. Essa é contudo uma questão lateral no momento em que chega a Alvalade. 

Seguramente que, apesar do destaque dado pelo próprio na conferência de imprensa, não foi por isso que Bruno de Carvalho se lembrou de o ir buscar ao eterno rival. Jorge Jesus é um excelente treinador, daqueles cuja a acção pode mudar o curso da história que, reconheça-se, foi o que ele fez nos seis anos que esteve à frente do SLB. É por isso que ir buscar Jorge Jesus é uma jogada de mestre.

Haverá muito tempo para falar de JJ e do que a sua chegada representará para o clube mas é claro que o Sporting ficará mais forte. 
- Será mais forte em termos absolutos porque passará a contar com o melhor treinador nacional, que sabe tudo sobre o nosso futebol. 
- Conhecido como mestre da táctica JJ é muito mais do que isso, é treinador com a melhor ideia de jogo e o que a melhor operacionaliza nos treinos e na competição.
- A possibilidade de ser mais forte também em termos relativos é bem real, por ter retirado a um rival directo o principal alicerce da sua força. Para o confirmar teremos que ver como reagirá o rival.
- É de esperar também que o departamento de futebol veja as suas competências reforçadas, e que tão necessário é para nos aproximarmos dos dois principais rivais.
- Conhecida que é a ambição do treinador intui-se que o nível de rigor e exigência aumentará para todos, desde a SAD, aos jogadores e a todos que trabalham directamente no futebol do clube.
Jesus é caro?
Muito se falou do dinheiro que custa ter um treinador como JJ ou do que a sua chegada representará para a formação. Sobre os custos é óbvio que ter um treinador cuja folha salarial já aparecia entre os mais bem pagos do continente representa um importante desafio para qualquer clube nacional. Mas é bom lembrar que o Sporting consumiu importantes recursos na época passada com aquisições de jogadores dos quais não retirou quase nenhum proveito. Isso sim é que é que é demasiado dispendioso para o clube.

A formação
Sobre o impacto na formação não posso deixar de estar optimista. Imagino que, em condições normais (sem acidentes, lesões ou problemas contratuais) jogadores como Iuri Medeiros, Wallyson, Palhinha, Chaby, Mané, Esgaio,João Mário, Tobias, Semedo, para citar só alguns, poderão ter a oportunidade de fazer vingar o talento que possuem. Cédric, André Martins, Adrien, William estarão mais próximos de consolidar o seu estatuto de titulares no clube e de nomes incontornáveis na selecção nacional. Ora isto é depende tanto de JJ como da direcção da SAD, é bom que se perceba. O anúncio do presidente de que irá chegar mais experiência deverá no entanto ter deixado de sobreaviso muitos dos jovens que se ligaram recentemente ao clube com contratos extensos. Que pelo menos se encontrem soluções que lhes permitam continuar a adquirir competências é uma obrigação do clube.

O lado B
Mas também é bom que se perceba que a chegada de JJ não é garantia absoluta de vitória porque essa, em futebol, não existe. Esse é o perigo principal, o da gestão das expectativas, e como reagirá a massa adepta às primeiras contrariedades que inevitavelmente surgirão no caminho. Do lado B há ainda a considerar o anúncio de mais recursos, o que certamente tornará mais exigente (leia-se mais caro) a renovação ou contratação de novos jogadores. Não menos importante é o facto de JJ vir encontrar uma equipa que ganhou alguma coisa, o que, associado ao já anunciado reforço de meios, será o inevitável contrapeso em futuras avaliações.

A derradeira sacanice
Pouco antes da final da Taça de Portugal Marco Silva fez referências a "algumas sacanices" que lhe foram deixando pelo caminho. Apesar da indignação que terá causado junto da SAD e em alguns adeptos hoje percebe-se melhor que elas existiram.

Afinal a noticia do jornal "A Bola" de 23 de de Dezembro era verdade, apesar de todo o spin que se seguiu para negar a evidência e apaziguar a reacção de incredulidade e revolta entre os adeptos do clube. Afinal José Eduardo era mesmo um porta-voz autorizado, um fiel papagaio, a quem só falta entregar na próxima Gala Honóris o prémio de sócio do ano para a ópera bufa ter um epilogo à altura. Afinal era mentira que o entendimento entre o presidente e o treinador eram verdade, enquanto se coligiam apontamentos para as 400 páginas de acusação.
Faltava agora a derradeira sacanice: deixar Marco Silva atado a um contrato que não se quer que cumpra por que, exercido neste momento, o impede de dar curso à sua carreira. Ora isto assemelha-se mais a um ajuste de contas pessoal do que a qualquer outra coisa.

Não sou ingénuo ao ponto de alcandorar Marco Silva ao altar de santo e mártir. Ficará por saber o que poderia ter sido o trabalho dele sem se sentir permanentemente acossado desde muito cedo. Imagino que no decurso desta tortuosa passagem pelo Sporting se teve que valer de todos os expedientes para se aguentar no lugar e sobretudo não ver beliscada a sua autoridade como líder de um grupo de trabalho. Mas foi justamente nas raízes dessa determinação que nasceu o espírito de corpo que valeu a reviravolta no Jamor. Essa vitória é de todos mas em especial dele e dos jogadores. 

É também uma importante lição para todos aqueles que acreditam que os sócios e adeptos têm sempre uma palavra importante a dizer. Foi por eles que a chicotada psicológica de Dezembro não se consumou com o resultado que hoje se conhece. E são eles que, condenando o tratamento dado a Marco Silva, não se deixam intoxicar pelo miserável spin diário à volta das qualidades pessoais e morais do treinador. Não basta agitar 400 páginas de acusações num cocktail com os tradicionais ingredientes (fundos, empresários, etc) para cada um prescindir do seu próprio juízo.

O Sporting fez uma grande jogada ao contratar Jorge Jesus, tão grande como é pequenina e baixa a forma como decide terminar a relação com o treinador que acaba de lhe oferecer uma Taça de Portugal e finalizar um jejum de sete anos.

40 comentários:

  1. José Eduardo é um grande sportinguista, que se deixou ser enxovalhado na praça pública a bem da estabilidade do Sporting. Creio que com o tempo iremos ter esclarecimentos em relação a toda esta campanha "Marco Silva", um treinador com algum potencial (e apenas isso) que escolheu o lado errado do tabuleiro de xadrez quando chegou ao Sporting. O Sporting é nosso e não podemos deixar que as "forças externas" nos minem por dentro para nos tentar destruir. Esse tempo já lá vai!

    ResponderEliminar
  2. "Não sou ingénuo ao ponto de alcandorar Marco Silva ao altar de santo e mártir"
    Não é mas parece.

    ResponderEliminar
  3. Apenas uma pequena correção Marco Silva é livre de decidir o seu futuro, ele até pode assinar já amanha pelo benfica mas para isso tem de abdicar de receber a choruda indiminizaçao que (pode) ter direito.

    Percebo e concordo que a forma como a saída esta a ser gerida não é a mais elegante ou a mais bonita mas deixo uma questão se a direção do clube acha que tem motivos para despedir MS com justa causa não tem a obrigação moral de lutar pelos direitos do clube?

    É que vejo muita gente escandalizada com os valores da contratação de JJ mas depois são os mesmo que acham que a direção devia pegar num cheque e escrever o valor que MS quer para correr com ele, não me parece que estejam a ser coerentes.

    Para mim desde Dezembro que não há qqr tipo de condições para MS trabalhar no SCP mas foi-se adiando a saída em defesa da equipa e dos resultados desportivos, diga-se que foi sem duvida a decisão mais correcta.

    Sobre JJ não há muito a dizer apenas que este sera sem duvida o maior desafio da sua carreira, aqui não vai ter colinhos nem mantos protectores e pela postura da CS ele certamente já percebeu isso, Tera ainda de lidar com o odio que muitos tem contra BDC que farao de JJ uma arma de arremesso sempre que der jeito.

    AJ

    ResponderEliminar
  4. Estás enganado, o Marco Silva não foi despedido em Dezembro porque o BCP e o Novo Banco levantaram o dedo do meio ao Belo Fodil. Até agora não há dinheiro para o despedir mas há 18 milhões para o novo treinador. É uma aritmética deveras complicosa.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. "O Sporting fez uma grande jogada ao contratar Jorge Jesus, tão grande como é pequenina e baixa a forma como decide terminar a relação com o treinador que acaba de lhe OFERECER uma Taça de Portugal e finalizar um jejum de sete anos."

    Exactamente. É pacífica a contratação de JJ. Actualmente é melhor que MS que tb é bom treinador mas ainda se encontra numa fase inicial da sua carreira e como é lógico com mts conhecimentos para acumular à sua já manifesta qualidade. O gde problema de BdC, onde borra completamente a pintura é com o indigno processo de despedimento de MS e todo o tratamento que lhe é dispensado.

    BdC é incapaz de, em beneficio do SCP, engolir o seu orgulho... Mesmo acreditando que MS teve comportamentos que desafiaram BdC, o que está completamente por comprovar e o que tem sido veiculado para imprensa é apenas ridículo, BdC tinha aqui, nesta jogada, uma oportunidade única de unir a massa associativa. Mais uma vez, não só desperdiça essa oportunidade como agrava o divisionismo dentro da Nação Leonina… Isto td pq a cada dia que passa demonstra ser uma pessoa reles… Demonstrou ser rancoroso, vingativo, ingrato, sem ponta de ética…

    Demitia MS, chegava a acordo, indemnizava o treinador e depois, lançava a bomba com a jogada JJ… Ora digam-me lá se a coisa tem sido feita desta forma, se não era mt mais bonito e se não evitava este sentimento de revolta que paira sobre o tratamento que MS recebeu??? Mas não…

    Como escrevi antes, ainda nem sequer JJ estava confirmado, a vinda de JJ é um up-grade, ainda por cima com poderes reforçados na estrutura do SAD do SCP… Não só pq sabe mt da poda, mas tb pq JJ jamais deixará que BdC interfira sobre o seu trabalho e pq depois das ingerências e desentendimentos mais ou menos publicos com LJ e com MS, BdC não pode arranjar outro conflito com o terceiro treinador que ESCOLHE em dois anos… Estou esperançoso com o trabalho que JJ irá realizar. Mesmo que não garanta títulos, estou em crer que a qualidade do futebol do SCP será incrementada… Veremos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mero exercicio académico caro consócio, se o BdC convocar eleições antecipadas, o que acontecerá? A pergunta vem no sentido que , reiteradamente, pela sua retórica, o BdC ser (é) o problema do Sporting...

      Noddy

      Eliminar


    2. Demitia MS, chegava a acordo, indemnizava o treinador e depois, lançava a bomba com a jogada JJ… Ora digam-me lá se a coisa tem sido feita desta forma, se não era mt mais bonito e se não evitava este sentimento de revolta que paira sobre o tratamento que MS recebeu??? Mas não…

      O MS está no seu direito de não chegar à acordo com o Sporting como está no seu direito de contestar o processo disciplinar instaurado da mesma foram que o Sproting está no seu direito de defender os seus interesses e não querer pagar aquilo que MS acha que tem de ser pago ou simplesmente de questionar em tribunal a ética profissional de um trabalhador.

      Agora gostaria de fazer umas perguntas:

      imaginemos que o Sporting paga integralmente os 3 anos que faltam de contrato a um treinador que por exemplo e a acreditar na mesma CS ( interessante como só existe spin para um lado) não se encontrou com o Presidente em várias situações, rescinde primeiro contrato com o MS e posteriormente contrata JJ (relembro que o Sporting no ano de GL teve na folha de pagamentos 4 treinadores). Nesta situação teríamos um MS com o dinheiro na mão e livre para escolher o benfica. Gostaria de saber o que diriam se efectivamente MS assinasse depois de uma "saída limpa" com o benfica.

      o que diriam da capacidade dirigiva se o Sporting ou melhor BdC "o reles" despedisse primeiro um treinador sem ter assegurado uma alternativa? (saliento que o JJ assinou um contrato promessa, o Sporting não tem 2 treinadores e nada o impede de ter)

      BdC simplesmente não foi "anjinho", o sporting durante muito anos foi anjinho e foi completamente ridicularizado por isso quer em campo quer fora. Não ser anjinho não significa fazer as coisas à margem da lei mas significa ter de pensar primeiro nos seus, do Sporting, interesses primeiro que os interesses dos outros para simplesmente parecer bem na fotografia.

      como agrava o divisionismo dentro da Nação Leonina…
      é capitalizar esse divisionismo e demonstrá-lo na próxima AG convocando eleições antecipadas

      OFERECER uma Taça de Portugal MS é um mãos largas, também nos OFERECEU 10 empates. Podia era ter oferecido mais cedo porque custou-me aguentar até aos penaltis

      palavra final para o discurso dos indefectíveis, o maior cego é aquele que não quer ver. Os indefectíveis sem risotas e lols estão todos do mesmo lado aqui, como disse é ir à AG e tentar fazer rir os outros

      Eliminar
    3. PTM, duas notas sobre o seu comentário:

      1 - "Nesta situação teríamos um MS com o dinheiro na mão e livre para escolher o benfica. Gostaria de saber o que diriam se efectivamente MS assinasse depois de uma "saída limpa" com o benfica."

      O despedimento do Marco Silva é uma realidade pública e notória desde Dezembro. Portanto qualquer clube interessado no Marco Silva poderia fazer o mesmo que o Sporting fez com o Jesus: assinar um "pré-contrato", cuja condição seria a sua definitiva desvinculação. Portanto pretender que a actuação do Sporting é justificada por uma questão de "gestão do futuro vínculo" do Marco Silva é absurdo: o "mercado" sabe que o Sporting não poderia manter o treinador indefinidamente. O argumento, portanto, não colhe.

      Mas pior, o argumento é ainda mais absurdo por uma razão simples: o Benfica era o clube que estaria melhor posicionado para perceber a estratégia da "gestão do futuro vínculo" do Marco Silva. Tinha informação privilegiada para compreender que o Sporting já tinha contratado o Jorge Jesus - mesmo quando isso não era público - e, podendo escolher outro treinador que não o Marco Silva (o Rui Vitória, por exemplo), poderia usar essa vaga para arrastar o processo e encarecer o despedimento do Marco Silva ao seu rival. Aliás, é isso que se está a verificar. O Sporting precisa de despedir o Marco Silva. Mas se o Marco Silva soubesse que teria à sua espera o lugar de treinador do Benfica, provavelmente seria menos inflexível com o que tem a receber. Por isso, este argumento além de não ter em consideração o mercado, não tem em consideração a "gestão do futuro vínculo do Marco Silva", feita pelo Benfica. É, portanto unidimensionado.

      O que é curioso neste argumento absurdo é que, geralmente, cairia no tipo de argumentos que são impossíveis de rebater: aqueles que se coloca na boca das outras pessoas perante uma realidade alternativa. Olhe que se nem assim, é capaz de ser melhor rever processos.

      2 - "como disse é ir à AG e tentar fazer rir os outros".

      AGs ou plebiscitos eleitorais é o que aí vem. E sem querer recuperar o que se dizia dos roquetteirros quando tinham margens soviéticas em AGs consecutivas, gostava de lhe dizer que concordo consigo.

      Não há razão para que estes ex-sportinguistas (ou sportinguistas do velho Sporting) - por oposição aos neo-sporitnguistas (ou sportinguistas do novo Sporting) - incomodem ou façam barulho com as suas críticas. Esses velhos sportinguistas deveriam todos ser expulsos do clube por não corresponderem à matriz ideológica do novo sportinguista: ou conversão ou expulsão, não há outra alternativa. Se o fazem é seguramente porque ainda não perceberam que no novo Sporting não há lugar para pessoas com esta matriz ideológica. Em particular, pessoas como o Leão de Alvalade e o Virgílio deveriam parar de escrever sobre o Sporting, pois representam apenas os resquícios de um passado que se quer eliminar.

      As AGs e as eleições são, por essa razão, a forma ideal de identificar esses reacccionários do "velho Sporting" e estirpá-los. A melhor forma de o fazer é submetê-los a um julgamento popular, procurando expô-los perante os novos sportinguistas como as forças de bloqueio no caminho do progresso. Tudo com o desígnio último de criar um clube apenas para os novos sportinguistas. E é por isso que se vêem tantos novos sportinguistas a clamar por eleições e por AGs plebiscitárias.

      E eu estou de acordo! Fora com eles.

      Eliminar
    4. "um jejum de sete anos"

      Taças de Portugal não matam o jejum do Sporting. O nosso jejum é só um: campeonatos/ligas nacionais.

      JRamos

      Eliminar
    5. O despedimento do Marco Silva é uma realidade pública e notória desde Dezembro.
      Entendo pouco de direito laboral mas iria jurar que MS se encontrava sob contrato quando ofereceu uma taça ao Sporting

      Portanto qualquer clube interessado no Marco Silva poderia fazer o mesmo que o Sporting fez com o Jesus: assinar um "pré-contrato", cuja condição seria a sua definitiva desvinculação. Portanto pretender que a actuação do Sporting é justificada por uma questão de "gestão do futuro vínculo" do Marco Silva é absurdo:. MS quisesse assinar pelo o slb ou outro qualquer clube em Dezembro tinha duas hipóteses:
      -Ou assinava, tal como refere, um contrato promessa em dezembro de 2014 com inicio de funções em 2018 ou fazia como fez Jardim, quando resolveu abandonar o projecto do Sporting, e ressarcia (ele ou o clube) ou dos valores que constam no contrato ou da clausula de rescisão (sinceramente não sei o se pode fazer nestas situações)


      Mas pior, o argumento é ainda mais absurdo por uma razão simples: o Benfica era o clube que estaria melhor posicionado para perceber a estratégia da "gestão do futuro vínculo" do Marco Silva. Tinha informação privilegiada para compreender que o Sporting já tinha contratado o Jorge Jesus - mesmo quando isso não era público . O slb poderia saber que o Sporting tinha interesse em Jesus (aliás foi opção do slb não renovar com ele) mas nunca pensou que o Sporting tivesse que capacidade financeira e desportiva para o convencer a assinar. Se precisar de provas basta ver as reacções do vp do slb no seu programa semanal na sic e as coisas que foram escritas por pessoas ligadas ao slb como o joao gabriel.

      O Sporting precisa de despedir o Marco Silva. Mas se o Marco Silva soubesse que teria à sua espera o lugar de treinador do Benfica, provavelmente seria menos inflexível com o que tem a receber. aqui concordo consigo, mas a minha questão foi hipotética não foi com base em factos

      Isto de moldar os factos para se ajustar a uma opinião chama-se sofismar.

      Em relação ao seu segundo ponto, não o compreendi. Se está a tentar ser irónico gabo-lhe a paciência. Eu não faço distinções de Sportinguistas nem faço questão de o medir (o Sportinguismo), isso é para quem tem necessidade de provar algo.

      Eliminar
    6. O argumento apresentado para tentar justificar que o comportamento do Bruno Carvalho seria sempre negativamente valorado por um conjunto de pessoas - nomeadamente alguns dos editores do A Norte de Alvalade - não tem coerência interna e é uma hipótese académica. Dizer que "moldo os factos" que o PTM inventou é só mais um passo na direcção do absurdo do exercício.

      Relativamente ao que mais me importa, não estava a ser irónico. Acho mesmo que o Leão de Alvalade e o Virgílio deveriam deixar de escrever sobre o Sporting. Acharia óptimo que fosse realizada a uma AG plebiscitária - como foi realizada em Janeiro - ou novas eleições no Sporting. Acharia ainda melhor que todos aqueles que não comungam da matriz ideológica do líder fossem expulsos e que assim sobrasse apenas um clube para os seus fiéis.

      Como refere o Leão de Alvalade no seu post seguinte, as críticas do José Roquette e do Dias da Cunha apenas serviram para alimentar esta retórica do combate interno, tão importante na matriz ideológica do novo Sporting. Não tivessem existido e seria mais difícil pôr o dedo num alvo concreto quanto ao nojo que tem sido o comportamento do Bruno Carvalho e desde novo Sporting. Assim acabaram por ser muito úteis.

      O "novo Sporting" com o Bruno Carvalho o denomina, está para ficar. Com ele veio a revolução cultural que o próprio Bruno Carvalho tem tentado incutir. E já se tem visto que não há espaço para aqueles que critiquem as suas orientações, pelo que - se tem o apoio da maioria e a a maioria quer dirigir o clube nesse sentido - me parece muito bem que sejam expulsos todos aqueles que não comunguem essas orientações (da mesma forma como faria sentido expulsar os benfiquistas ou os portistas, pois o tipo de afinidade é semelhante).

      Eliminar
    7. eu inventei que o MS tem contrato ate 2018? quando não argumentos ignora-se

      Eliminar
  7. Gostava tanto de ver os comentários do costume aqui no caso de o Bruno ter rescindido com o Marco sem conflito, ou seja, indemnizando-o.

    Era finalmente altura de vermos um lado da barricada (os anti-bruno) a tecer apenas e só elogios!!
    Ou então... não. O mais provável era arranjarem outra falha qualquer para martelar (desrespeito para com o Inácio? essa era bonita).

    Aparte fanatismos ao bom estilo lampiónico que se vão lendo por aqui e por outras tascas, eu sobre Marco Silva não teço comentários. Não teço comentários porque não sou juiz e não me chegou nenhum processo às mãos para julgar. Nem há ainda a resposta à nota de culpa..

    Estranho todos vós saberem bem que isto é uma sacanice, e que não se faz e etc. Devem estar mais informados que eu. O que eu sei apenas, é que a relação entre os dois estava ferida desde há muito tempo. Sei também que há um procedimento disciplinar em curso, para despedimento com justa causa. Se o empregador ganhar, não paga nada. Se o trabalhador ganhar, terá de ser (bem) indemnizado. Mais do que isto... não sei.

    Quanto a Jorge Jesus:
    Temos tudo, tudo, para voltar à glória. Depende agora do Presidente conseguir pôr o seu ego desmesurado a um canto, e saber lidar com o ego de Jesus. E sim, é o Presidente que tem de trabalhar nesse sentido.
    Tenho muitas, muitas dúvidas que o vá conseguir, mas a esperança vive sempre!
    Ainda quanto à vinda Jesus, preocupa-me muito mais a mudança que poderá estar para acontecer. Espero, e muito que o projecto seja o mesmo e se consolide e que não se comece a ir buscar sul-americanos por 8M€. Temos muito talento no plantel, e muito talento em Alcochete. E é com esses que o novo treinador tem de ir à luta.

    Saudações Leoninas


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. disseste tudo pedro s, não percebo como é que o pessoal consegue tomar uma posição neste caso sem ter qualquer tipo de informação (excepto aquilo do fato que saiu no jornal).

      Agora só espero é que esta contestação passe para a próxima assembleia geral, coisa que por norma não tem acontecido.

      espero que lá estejam virgílios, roquettes, dias da cunha, etc..., para mostrar ao presidente o quanto errada foi a sua decisão.

      Eliminar
  8. Se as razões do despedimento não são técnicas, mas sim desrespeito e deslealdade haveria outra forma para o despedimento senão a que foi adoptada?

    Manuel José, Souness, Fernandez, por exemplo, não tem nada em comum? O ministro da economia da altura tb comentou o tratamento dado ao Fernandez que por acaso até tinha ganho uma intercontinental. E comentou o despedimento do Manuel José por ser incompetente, alias esse assunto até por aqui foi deveras comentado....

    ResponderEliminar
  9. É, o Carlos Queiroz também nos "ofereceu uma Taça de Portugal e finalizou um jejum de sete anos" (e que bem me soube na altura). Que grande ideia termos ficado com ele... SL!

    ResponderEliminar
  10. "Ao que o DN apurou, o novo treinador do Sporting considera que a actual estrutura é bastante débil, pelo que entre as suas exigências está a contratação de um director desportivo, um director-geral e uma pessoa para a comunicação do futebol."

    O JJ mal chegou, percebeu que o que o Carvalho montou no Sporting nestes dois anos foi uma porcaria sem valor. Esta realidade contraria os discursos inflamados e as diatribes dos acólitos e spins.
    Mais uma razão para valorizar o trabalho do Jardim e do Marco. A estrutura é uma coisa de amadores.
    Algo que eu imagino que devia ser explicado aos sócios, em vez das acusações a ex-dirigentes que gozam de liberdade de opinião, seria de onde vem o dinheiro para o forte investimento. O Carvalho, antes, convenceu-nos que o clube não tinha dinheiro. Sendo assim, a entrada de dinheiro corresponde a endividamento ou à venda de participações no capital ou a quê exactamente?

    Outro lembrete ao sr Carvalho, lembra-se de ser oposição e de andar todos os dias nos jornais a criticar a direcção então em funções? Lembra-se de vir dizer para os jornais que o Sporting era um mau investimento, precisamente no dia em que Godinho Lopes recebia em Alvalade empresários angolanos que vinham avaliar a possibilidade de meter dinheiro no Sporting?
    Que moralidade tem para mandar calar antigos dirigentes que exprimem as suas opiniões e que nem se encontram engajados em nenhuma candidatura concorrente, nem se lhes conhece qualquer actividade de sabotagem como a que o sr exerceu durante o mandato anterior?
    É a maior falta de vergonha na cara!

    ResponderEliminar
  11. Parece que o DN anda muito bem informado, será que não foram eles que plantaram a informação das negociações para aquisição do Belfodil ...
    Quanto à entrada de dinheiro pelo que li no DN a SAD do Sporting tem gerado resultados positivos e substanciais .... talvez seja daqui, não. Mas isso é o que o DN diz ....

    ResponderEliminar
  12. É engraçado como todos mandam bitaites, mas ninguém se preocupa em analisar o assunto de forma desapaixonada.

    Só por via disso é que niguém se deu ainda ao trabalho de analisar os fundamentos da nota de culpa (aqueles que importam, não os que dizem respeito a roupas) e tentar perceber se são ou não viáveis.

    Se o tivessem feito, talvez tivessem percebido que o são efetivamente.

    A idêntica conclusão chegariam, claro, os meios de comunicação social se, em vez de especialistas em direito laboral, ouvissem especialistas em direito desportivo. Nessa hipótese, talvez não caíssem no erro de equiparar um treinador de futebol (sujeito a um contrato coletivo específico com regras de conduta muito próprias e exigentes) a um normal trabalhador.

    De um ponto de vista racional (jurídico, se quiserem) nota de culpa preenche os requisitos necessários ao despedimento com justa causa. Do pouco que se conhece, houve até a preocupação de subsumir os factos às diversas causas invocadas.

    A questão colocar-se-á, naturalmente, na prova. Se o Sporting conseguir provar o que alega, a impugnação do despedimento será improcedente. Se não conseguir prová-lo, então o Sporting será condenado a ressarcir MS.

    A discussão andará muito mais nos factos (saber se aconteceram ou não) do que no seu enquadramento jurídico.

    Mas, claro, nada disto interessa à cs porque o que vende é o ridículo, é o despedimento com alegado fundamento na roupa que MS vestiu não sei quando, é a teoria de que "vale tudo" e não há ética ou do vilão que não olha a meios para atingir os fins, é a falta de escrúpulos...

    No que me diz respeito, aguarderei pela decisão dos meios próprios e, em devida altura, criticarei quem tiver que criticar.

    Até lá, desejo a melhor das sortes às duas partes.

    ResponderEliminar
  13. Numa altura que tínhamos uma SAD a acumular resultados negativos, segundo o DN mais de 100 Milhões em 2 anos, ainda bem que houve alguém a dizer que era mau investimento, caso contrario em lugar de 100 milhões provavelmente teríamos um buraco de 200 milhões. Queres ver que também temos de agradecer ao actual presidente o facto de o buraco que encontrou não ser tão grande ....

    ResponderEliminar
  14. Primeiro dispensar MS e depois contratar JJ. Era isso que BDC queria fazer, e chegou a parecer que MS se iria demitir ele mesmo. Só que a partir de certo momento, ultimamente, percebeu-se que MS não ia pedir a demissão. Viu-se isso nas ultimas declarações antes da final " tenho contrato..." disse ele. Para não perder JJ, BDC agiu assim, um pouco em cima do joelho, mas se calhar, terá motivos para justa causa. Eu devo respeito ao meu patrão e seguir as ordens deste.....

    ResponderEliminar
  15. José Roquette de 1997 a 2000 acumulou 21 Milhoes de prejuizo
    Dias da Cunha de 2000 a 2005 acumulou 90 Milhoes de prejuizo
    Jose Eduardo Bettencourt de 2009 a 2010 acumulou 72 Milhões de prejuizo
    Godinho Lopes de 2011 a 2013 acumulou 89 Milhoes de prejuizo

    Estes quatros gurus, mestres da ética e transparência, em conjunto acumularam 275 milhões de prejuizos. Onde para o património?
    (Fonte: R&C da Sporting SAD) não é do DN mas tambem poderia ser.

    Pergunta: qual deles despediu o Fernando Santos e em que condições?
    Pergunta: Será que o Presidente actual não tem o direito de juntar mais uns milhões de prejuizos ou isso é só direito da alta finança, da aristocracia que nos governou?

    ResponderEliminar
  16. Leão de Alvalade,

    Completamente de acordo com as 3 principais conclusões desta troca de treinador. O Sporting fica indiscutivelmente mais forte com a entrada de Jorge Jesus, sem dúvida um dos melhores do mundo na actualidade. Jorge Jesus não é um treinador caro, em especial para um clube como o Sporting habituado a coleccionar treinadores tantas vezes medianos ou francamente maus. No fim da relação (e enquanto durou) de Marco Silva com o clube quem ficou / fica mal no retrato é o presidente do Sporting que demonstra mais uma vez a sua natureza desonesta e mal-intencionada. Alguém que nem 2 dias passados sobre a rescição do contrato de Marco Silva (até ver) por justa causa tem o desplante de sugerir ou acusar alguém como Sérgio Abrantes Mendes de estar mandatado pelos rivais do Sporting para desestabilizar o clube.

    Bruno de Carvalho envergonha-me como sportinguista e espero que Marco Silva não confunda o clube com o seu presidente.

    Voltando à entrada de Jorge Jesus no Sporting: dependendo das modificações (uma vez que alguns dos seus principais jogadores estão por empéstimo) e consoante e permanência ou não de Lopetegui no FCP, olhando em exclusivo a qualidade individual dos jogadores, não me choca minimamente que o Sporting comandado por Jorge Jesus não alcance um título em 2015/16. Parece-me razoável a presunção de que poderá demorar mais algum tempo relativamente ao que aconteceu no Benfica em 2009/10 até que o Sporting construa uma equipa dominadora.

    Seja como for, é uma delícia ter Jorge Jesus como treinador do Sporting. No ponto mais alto da sua carreira, Jorge Jesus merece um clube da grandeza e prestígio do Sporting (não mereceria PSG ou clubes do Qatar). Já o futebol do Sporting, olhando o seu histórico de desempenho e resultados nas últimas décadas, precisa evidentemente de um treinador como Jorge Jesus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coitado o Sérgio Abrantes Mendes e pelo visto não está só, desconhecia o seguinte:
      .....
      4.º Nunca digas mal do que não possas fazer melhor; a crítica é fácil, mas prejudica quando imerecida e perdes o direito moral de falar se não puderes realizar aquilo que amesquinhas.

      5.º Lembra-te que Directores são sete e coisas a dirigir mais de mil; exige àqueles o cumprimento do dever, mas moral e praticamente presta o teu incondicional apoio a quem trabalha para o bem de uma coisa que é tanto tua como sua.

      6.º Nunca em público amesquinhes os actos de quem represente o teu Clube; roupa suja lava-se em família e o teu dever é criar em toda a parte, pelas tuas palavras e pelos teus actos, um ambiente favorável ao Sporting, enaltecendo-o.
      ....

      Ah ..pois é, esse senhor já tem idade para ter juizo, não foi ele que foi Presidente da Mesa da Assembleia Geral no tempo do Jorge Gonçalves?

      Eliminar
    2. O presidente do Sporting demonstrou:

      ... natureza desonesta e mal-intencionada ...

      A serio? Diz isso sem rir? Então e estes:

      José Roquette de 1997 a 2000 acumulou 21 Milhoes de prejuizo
      Dias da Cunha de 2000 a 2005 acumulou 90 Milhoes de prejuizo
      Jose Eduardo Bettencourt de 2009 a 2010 acumulou 72 Milhões de prejuizo
      Godinho Lopes de 2011 a 2013 acumulou 89 Milhoes de prejuizo

      Eliminar
    3. copiar/colar de um comentário meu noutra tasca:
      http://sporting.blogs.sapo.pt/auditoria-ou-o-medo-no-fundo-das-costas-2090880

      talvez com o aproximar dos resultados da auditoria as doenças do bruno de carvalho vão ser cada vez mais graves na boca destes bandalhos que delapidaram o Sporting.

      Tenho respeito pelo soares franco que ainda nada disse sobre o assunto, mas mal dele se dissesse, pois foi ele que vendeu ao preço da chuva o património do clube.

      Para terminar, se estes querem fazer jus à sua posição de notáveis, que apareçam na próxima assembleia do Sporting e digam o que pensam da gestão ruínosa feita no últimos 2 anos, coisa que até agora não aconteceu, tirando nos jornalixos da propaganda.

      Eliminar
  17. Do que eu gostei: a contratação de JJ é um upgrade de treinador pois apesar de MS ser um bom treinador ainda não tem a estatura de Jesus. Para além disso, ir buscar JJ ao Benfica foi um tiro no porta-aviões do nosso rival que vai iniciar a época no meio de alguma agitação e incerteza.
    O que eu gostaria de perceber: de onde vem o dinheiro para pagar a JJ, indemnizar o MS e eventualmente reforçar o plantel do Sporting? Quando a esmola é muita o pobre desconfia...
    O que eu não gostei: do tratamento dado ao treinador MS que na minha opinião não o merecia. A forma como MS foi despedido envergonha-me enquanto Sportinguista. Posso estar enganado, mas não gostei da forma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Provavelmente o dinheiro vem dos 22 milhões de resultado positivo, não?

      Estou mais curioso em saber para onde foi o dinheiro e o património, que nos levaram a ter um passivo gigantesco.

      O MS foi despedido por desrespeito e deslealdade, tem um processo com 400 paginas e sendo assim só poderia ser despedido da forma como foi, pois conforme comunicado oficial do Sporting ele recusou a rescisão amigável. Em tribunal e porque é para isso que eles existem, os factos serão discutidos e provados ou não .... Se acho que ele deveria ficar, acho, mas também acho que ele deveria respeitar a hierarquia e ser leal com que lhe paga o salário e é disso que ele é acusado e vai defender-se ... obviamente! Nessa altura saberemos e poderemos formular uma opinião mais abalizada, até lá são suposições e lixo impingido pela comunicação social.

      Eliminar
    2. O Marco Silva foi despedido? A sério? Então não era tudo CS?

      Eliminar
  18. A forma como BdC geriu o assunto MS é indigna dos pergaminhos da instituição SCP, não honra a nossa história de classe e saber fazer com dignidade, no que diz respeito aos treinadores de futebol:

    - Nós tiramos o tapete e deixamos de criar "condições de trabalho" ao treinador, rescindindo unilateralmente com ele (Fernando Santos)
    - Nós contratamos treinador e nem sequer nos damos ao trabalho de apresentá-lo (Carvalhal)
    - Nós contratamos treinador e contramos o seu substituto como "treinador de treinadores" (Vercauteren)
    - Nós reafirmamos treinador como "eixo fundamental do projecto" e 2 dias depois mandamo-lo embora (Domingos)
    - Nós despedimos treinador campeão no mesmo dia que o Mourinho sai do rival, por "coincidência" (Inácio)

    Isto sim é que é SPORTING!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A prova acabada que o Bruno Carvalho é farinha do mesmo saco do que os roquetteiros que o precederam?

      Ou é a prova acabada de que a indignação generalizada causada por esses eventos, nomeadamente dos brunistas de serviço - aliás, verdadeiros leões - dependia apenas da sua proximidade com o poder ou do fulanismo presidencial?

      É a prova acabada de que os valores dos "verdadeiros leões" se moldam às conveniências do momento?

      E, já agora, em quantos dos casos acima referidos - Domingos, Vercauteren, Inácio e Fernando Santos - é que o treinador foi despedido "com justa causa"? É caso para dizer que nem os roquetteiros desciam tão baixo?

      http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=199206

      O Sporting tornou-se num esgoto, em que médicos afirmam que a rescisão unilateral "por justa causa", é apenas um "passo negocial". A dignidade deve ter desaparecido no 1º encontro com o Obiang. E falta de vergonha na cara é o que não falta a esta gente.

      Eliminar
    2. É a prova acabada de que o escândalo montado em torno da questão MS é de uma hipocrisia tal que produz um estado mental (já que estamos numa onda de psicologia) tal que (1) causa memória selectiva; e (2) faz com que os factos concretos sejam irrelevantes. O que é que interessa a relação de trabalho entre MS e BdC? O que é que interessa aquilo que o tribunal (se é que isto vai para tribunal) decidir? Nada, pelos vistos.

      E já agora, pelos vistos para si desde que não seja por "justa causa" não há problema em enrabar o treinador, como fizemos com o Fernando Santos por exemplo.

      Eliminar
    3. Sem abrodar as suas preferências sexuais, queria apenas dizer isto:

      1. O Fernando Santos não viveu os seus últimos 6 meses no Sporting o que viveu o Marco Silva. Não foi, por exemplo, cozinhado em lume brando. E os sportinguistas não tiveram de assistir durante 6 meses a um triste espectáculo semanal, em que recorrentemente se colocou - directa ou indirectamente - o carácter e o brio profissional do treinador em causa. Acresce que, durante os últimos 6 meses do Fernando Santos, os sportinguistas não receberam recorrentes afirmações da "estabilidade" e do "projecto", temperadas com diabolizações a gosto da comunicação social vil e mentirosa .

      Em suma, o que me parece que choca não é tanto o despedimento do Marco Silva, é que nem na hora do seu despedimento houve um assomo da dignididade ausente durante os últimos 6 meses para lhe pagar o que ele tem direito. E pagar o que tem direito (por causa de contrato assinado pelo punho deste presidente), não é uma questão menor. Ao invés, prosseguiu-se a estratégia de procurar denegrir um seu ex-funcionário. É uma estratégia à dimensão dos seus autores.

      2. Quem não tem valores nem inteligência faz comentários como o seu. O que foi feito nos últimos 6 meses ao Marco Silva é nojento, mas compreende-se porque provindo de pessoas nojentas. O que já não dá para aceitar é que essas pessoas tenham, no passado, condenado este tipo de comportamento. Com o Domingos isso aconteceu menos de 24h e foi a indignação que se viu. Com o Marco Silva, demora meses e tudo se justifica. Os comportamentos que antes se censuravam, agora não podem ser condenados se não foram condenados anteriormente. Mas o que é curioso é que os que os condenaram anteriormente desapareceram de cena, porque são os autores do actual comportamento. São portanto pessoas cujos valores, entre os quais a palavra, não se pode confiar. São a latrina do oportunismo. Tão estúpidos que se comparam ao que rejeitam! Isto em si é notável, além de miserável.

      3. O circo está muito bem montado para meter os reaccionários contra os progressistas and so on. Talvez com intenção de não responder a uma pergunta simples: se o Sporting arranja 18 milhões de euros para pagar ao Jesus, para quê criar este circo para poupar 2 milhões?

      Do que consigo compreender, há duas respostas possíveis: ou pretender esconder a verdadeira origem do dinheiro - não apareçam uns subsaharianos equatoriais com os cartazes dos caracóis a dizer que não gostam de ser cozinhados vivos -, ou por vingança pessoal pelo que sucedeu em Dezembro, em que o presidencialismo do novo Sporting esteve tremido por causa de um treinador (tanto mais, um funcionário!). Aceitam-se apostas, mas não é de excluir que ambas sejam aplicáveis.

      Eliminar
    4. ..... - São portanto pessoas cujos valores, entre os quais a palavra, não se pode confiar. São a latrina do oportunismo.
      .....

      Consegue escrever tudo isto sem se rir? A serio que pensa isto tudo? Vive em Portugal? Coitado do MS, será que passou fome? Foram-lhe retirados os direitos constitucionais. Estava a ser tão maltratado e não se despediu, tão querido .....

      Mais do que origem do dinheiro eu gostava era que me explicasse onde foram aplicados as centenas de milhões de prejuízos acumulados.

      Estamos a falar de 18 ou de 500, consegue ver a diferença. E já agora o património desaparecido, sabe por onde ele anda? ou é mais importante investigar 18M?

      Eliminar
    5. Os opositores a BdC tornaram-se agora as viúvas do parvinho. Sugere-se até que 2 milhões de euros para um treinador que já não vai fazer nada no Sporting é peanners. Eu vi o parvinho na televisão a mandar bocas ao presidente só porque este criticou o empenho da equipe na derrota de 3-0 em Guimarães, ou seja, vi na televisão Marco Silva a fazer oposição ao presidente. Eu sei que nesse dia Marco Silva se tornou definitivamente o líder da oposição dos agora suas viúvas mas o facto é o da ocorrência de uma crítica pública do treinador ao presidente.

      Porque é que Marco Silva não se demitiu quando criticou o presidente? Queria o dinheiro? Colocou o dinheiro acima de tudo na relação com o Sporting. Okay. O Sporting faz o mesmo agora a Marco Silva. Por mim pode não haver justa causa legal mas há justa causa real. Marco Silva teve a mania que era um par do presidente sem que o presidente e a direcção, no exercício das suas funções e de sua autoridade, lhe tivesse outorgado essa paridade.

      JRamos

      João.

      Eliminar
    6. " vi na televisão Marco Silva a fazer oposição ao presidente. Eu sei que nesse dia Marco Silva se tornou definitivamente o líder da oposição" Há os que cobardemente atacam pelas costas "facebook" e há os que quando atacam é de frente, eu perfiro os que falam na cara já tu gostas mais de atacar á traição és mais de amandar a pedra e esconder a mão, obrigado por este tributo á cobardia F.Y.

      Eliminar
  19. LdA excelente post, concordo em traços gerais com tudo aquilo que disse, apenas duas notas:

    Jesus é caro? sempre fui apologista de ter treinadores bem pagos, manda uma mensagem ao resto do plantel, ficam a saber quem é verdadeiramente importante num projecto desportivo. Em relação ao preço, num orçamento anual tem um peso relativamente pequeno, jogadores como Slavchev+Gauld+Hadi Sacko, Elias, Bojinov, Prajnic, Pongolle, custaram bastante mais ao Sporting. Relembro que Bojinov foi despedido por justa causa, no tribunal pediu 6M de indemnização tendo recebido 600m.

    A formação O meu maior receio. Tenho medo que se deixe de apostar tanto em jogadores portugueses e jovens, no entanto não estou a ver alternativa (os mercados e a forma que o slb pesca não estão ao alcance do Sporting) e espero que demonstre que uma das razões da falta de apostas nos jovens nao foi exclusivamente do JJ.

    A derradeira sacaniceGostava, tal como a totalidade dos Sportinguistas, que MS tivesse saído pela porta grande ou pelo menos com menor turbulência. Espero por mais informação para poder ter uma opinião definitiva do que aconteceu, o que acho por agora é que a culpa não morre solteira.

    Parece-me que o Sporting está mais forte

    SL

    ResponderEliminar
  20. O que me preocupa é que já se fala como se o sporting fosse campeão.
    Muita prudência.

    ResponderEliminar
  21. Despedimento do Sr.Marco Silva
    https://pbs.twimg.com/media/CGu-8T0WoAE08ic.jpg:large

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (95) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (64) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (37) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)