segunda-feira, 13 de maio de 2013

Qual a responsabilidade de Jesualdo na pior época de sempre?

Com base nestes dados do MaisFutebol, que responsabilidade atribuir a Jesualdo na pior classificação de sempre? 

Poderia ou não ter sido evitada caso chegasse mais cedo? 

Em função da resposta, que futuro para ele no Sporting, a continuidade ou adeus e obrigado?

Ricardo Sá Pinto: 5 jogos, 1 vitória, 3 empates e 1 derrota (5-5 em golos)
V. Guimarães-Sporting, 0-0
Sporting-Rio Ave, 0-1
Marítimo-Sporting, 1-1
Sporting-Gil Vicente, 2-1
Sporting-Estoril, 2-2
Total: somou 6 dos 15 pontos que disputou (40%)

Oceano Cruz: 2 jogos, 1 empate e 1 derrota (0-2 em golos)
F.C. Porto-Sporting, 2-0
Sporting-Académica, 0-0
Total: somou 1 dos 6 pontos que disputou (16,6%)

Franky Vercauteren: 6 jogos, 1 vitória, 2 empates e 3 derrotas (6-9 em golos)
V. Setúbal-Sporting, 2-1
Sporting-Sp. Braga, 1-0
Moreirense-Sporting, 2-2
Sporting-Benfica, 1-3
Nacional-Sporting, 1-1
Sporting-P. Ferreira, 0-1
Total: somou 5 dos 18 pontos que disputou (27,7%)

Jesualdo Ferreira: 16 jogos, 8 vitórias, 3 empates e 5 derrotas (21-19 em golos)
Olhanense-Sporting, 0-2
Sporting-Beira Mar, 1-0
Sporting-V. Guimarães, 1-1
Rio Ave-Sporting, 2-1
Sporting-Marítimo, 0-1
Gil Vicente-Sporting, 2-3
Estoril-Sporting, 3-1
Sporting-F.C. Porto, 0-0
Académica-Sporting, 1-1
Sporting-V. Setúbal, 2-1
Sp. Braga-Sporting, 2-3
Sporting-Moreirense, 3-2
Benfica-Sporting, 2-0
Sporting-Nacional, 2-1
P. Ferreira-Sporting, 1-0
Sporting-Olhanense, 1-0
Beira Mar-Sporting
Total: somou 27 dos 48 pontos que disputou (56,25%)*

*Ainda tem um jogo por disputar

21 comentários:

  1. Rui Coelho, só responde quem quer, mas há mais do que uma pergunta.

    ResponderEliminar
  2. Não me parece que essa avaliação seja suficiente para decidir se fica ou não.

    Numa época horrível Jesualdo esteve bem. Fez o que tinha a fazer nuam época péssima. A resposta à pergunta não esgota a resposta que seria necessária para efenctivamente responder à seguinte pergunta: serve para a próxima épocA?

    ResponderEliminar
  3. Poucas responsabilidades. Devia ter chegado mais cedo, apesar de não ser grande adepto do treinador.

    Deve continuar se a alternativa for uma incognita ou um tiro no escuro.

    ResponderEliminar
  4. LdA,

    Respondendo ao desafio, sem mais delongas:

    P1: "Que responsabilidade atribuir a Jesualdo na pior classificação de sempre?"

    R1 - Nenhuma. Chegou com o mal todo feito. Os números demonstram isso, mas há coisas para além dos números. Chegou com a equipa em saldos, a ter de apostar em miúdos na defesa (e no resto), com o clube aos berros e sem dinheiro para mandar cantar um cego. Teve zero de responsabilidade.

    P2: "Poderia ou não [a pior época de sempre] ter sido evitada caso chegasse mais cedo?"

    R2 - Não acredito que fizéssemos esta época com o JF ao leme. Não tanto pela estatística, mas sobretudo pelo futebol que JF pretendeu colocar a equipa a jogar (e que tem vindo a ser um processo árduo, mas - lentamente - cada vez mais conseguido). Se calhar ficávamos em 3.º, tranquilos. Na pior das hipóteses tínhamos ficado em 5.º.

    P3: "Em função da resposta, que futuro para ele no Sporting, a continuidade ou adeus e obrigado?"

    R3 - Se ele quiser, acabar a carreira no grande Sporting Clube de Portugal e ter 3 ou 4 anos para fazer a equipa da década com base nestes miúdos. Experimentemos fazer o que fizemos com PB mas desta vez com um treinador a sério (com defeitos, que os tem, mas um treinador a sério) e sem complexos.


    NOTA: Já defendia que tivéssemos feito isto - dar uns bons anos a um treinador a sério - com o Carvalhal, porque entendo que o SCP não precisa de tentar achar um novo Mourinho ou um grande líder ou um guru ou uma fezada, mas sim de um treinador sério, competente e que seja reconhecido na comunidade como alguém que percebe de futebol. O SCP, no estado em que está, não vai poder ter Mourinhos nem Guardiolas. Esqueçamos o milagreiro que vai pôr os nossos a correr o dobro dos outros, isso não existe. Esqueçamos o líder que com a sua palavra consegue fazer com que os jogadores se agigantem. Se um dia pudermos ter isto num treinador que saiba de futebol, óptimo. Mas o que queremos, antes de mais, é um treinador. que perceba da poda. O que ele vai fazer antes de tudo o resto é treinar a equipa, não é bruxaria nem sessões motivacionais. O resto, os jogadores tomarem real consciência das suas capacidades - individual e colectivamente -, a equipa agigantar-se e conseguir coisas maiores do que os comuns adivinham, isso poderá vir depois de a equipa dominar os processos essenciais de uma boa equipa de futebol e cometer cada vez menos erros. Mas primeiro é preciso trabalhar muito. E sobretudo bem. JF é um de poucos treinadores que vejo com capacidade para isto. Fora JF, só vejo acessíveis duas hipóteses: (i) um dos dois que foram mal aproveitados em Alvalade, Carvalhal e Peseiro. Infelizmente, qualquer um deles teria pouquíssimas condições; (ii) um dos dois treinadores dos nossos rivais, JJ e VP - foram ambos responsáveis por duas das melhores épocas de sempre a nível interno dos nossos rivais e mostraram com isso que percebem da bola. Infelizmente, destes dois julgo que só JJ teria condições. Com dois "senões" adicionais: ambos são - com o devido respeito, a palavra não é meiga mas visa apenas ilustrar o meu ponto - muito "broncos" e muito caros para se enquadrarem no perfil do treinador de que o Sporting precisa. O treinador do Sporting deve preferencialmente ser um Senhor. A minha escolha alternativa era, por isso, Carvalhal, porque defendo que a primeira escolha é Jesualdo e porque, se Jesualdo não quiser, Carvalhal é o que me deu mais provas de ser capaz de fazer o que afirmei ser necessário.

    ResponderEliminar
  5. Lda,

    Não esquecer que Jesualdo não teve Elias, Insua, Pranijc, Gelson e Izmailov. Não fez pré-época (e aqui a comparação é só com Sá Pinto). Apanhou a equipa feita em cacos. Potenciou Bruma e Ilori e apostou definitivamente em Dier (é verdade que quase foi "obrigado" a isso, mas não deixa de ter tido esse mérito...e coragem).

    Podia ter feito mais pontos? Podia. Podia ter estabilizado mais cedo um 11? Podia. Podia ter dado a batuta mais cedo a André Martins? Podia.

    Mas como balanço geral parece que foi bastante positivo. Já aqui o disse, gostava que continuasse.

    ResponderEliminar
  6. Apesar dos numeros serem "mauzinhos" e de não termos uma unica vitoria descansada - o trabalho de Jesualdo é de louvar - principalmente porque foi obrigado a apostar em putos da "B" e principalmente a porque devolveu a confiança aos jogadores.

    Espero que ele queira continuar, porque está mais que visto que BC aposta nele

    ResponderEliminar
  7. Com tanta cambiante, é impossível responder a seco a cada uma das perguntas.

    Desde logo porque quando se fala em "época" deve ter-se em conta todas as competições onde o Clube esteve envolvido. E no caso o "annus horribilis" toma ainda maior proporção e iliba muito mais a responsabilidade de JF.

    Tenho dito que fazer depender um projecto desportivo de uma pessoa é um mau princípio. Não consigo entender um certo "sebastianismo" com que muitos olham para a figura do actual treinador, como se JF fosse no mínimo equivalente a um prémio da lotaria.

    No entanto e passado que está o restolho que envolveu a sua contratação, o cheiro da manigância passou e confesso que a sua saída me entristeceria. Pessoalmente seria com ele que começaria a nova época no papel de treinador. Às claras.

    Mas como nestas coisas do futebol muitas vezes julgamos os factos sem dados objectivos ou sem o conhecimento integral de todos os argumentos que presidem às escolhas, penso que o melhor é dar a tal semana que o Presidente anunciou.

    Também por esta via dará para concluir que se JF fosse assim tão responsável pela época que acaba, este mini tabu nem sequer existiria nem o autor do blogue se teria dado ao trabalho de escrever o post.

    Estaríamos a discutir o perfil do próximo.

    SL

    ResponderEliminar
  8. Já aqui exprimi anteriormente a minha opiniao favoravel à continuidade de JF.
    Para responder às questões levantadas, bastaria fazer um "copy" "paste" do comentário de Rui Moreira com o qual concordo totalmente.

    Reforçaria com alguns pontos chave:
    1.Competência (não digo que seja o melhor treinador do mundo, mas é muito competente e profissional com conhecimento e sabedoria mais do que suficientes)
    2. Experiência. Não começou a treinar há meia dúzia de meses, mas sim há anos. Conhecedor do mundo do futebol como ninguém, em particular do futebol português onde já treinou os 3 grandes e ainda o Braga.
    3. Experiência na formação, sendo este um desafio único que tem à sua disposição: o de formar uma equipa de futuro, com base em promessas, miúdos que ainda estão a definir a sua "personalidade" no mundo do futebol. Terá a oportunidade de moldá-los, torná-los grandes jogadores. Um belo desafio nesta fase da sua carreira;
    4. Respeito. Méritos reconhecidos. Em primeiro lugar pelos próprios jogadores, a maioria miúdos, a maioria portugueses. O reconhecimento da sua competência é notório por parte dos jogadores. Acrescento até que mais do que os resultados desportivos comparativamente aos seus antecessores, é a evolução (surpreendente) de alguns jogadores que melhor me permite compreender a sua competência e reconhecimento no seio do plantel (evolução de Rojo é um dos exemplos).
    5. Respeito. Méritos reconhecidos, neste caso pelos media. É unanime a opinião dos comentadores desportivos sobre a competência e beneficio da continuidade do JF no Sporting, e é independente da côr clubistica.

    Mais do que nunca, o futuro do Sporting está em cima da mesa. Independentemente da decisão final do nosso Presidente, espero que esta não esteja dependente de supostas "lutas de poder". Que se reflicta de forma séria o que é considerado o MELHOR para o futebol do Sporting nesta fase critica que vivemos.
    Se o Presidente acreditar no trabalho de JF e se considerar que a responsabilidade do futebol do Sporting lhes deve ser entregue (a eles, aos dois, BdC e JF, sem intermediários), que assim seja, pelo melhor do Sporting clube de Portugal.

    De qualquer forma, Continuarei a acreditar no futuro do Sporting, com ou sem JF... Sempre. Não poderia ser de outra maneira.

    ResponderEliminar
  9. Há que ter cuidado com comparações estatísticas isoladas, pois com base nos dados do +futebol o Baldé (que começou a época no SCP B) é melhor PL que VW.
    A verdade é que Jesualdo não tinha acabado de chegar, tendo pegado na equipa quando quis, nunca demonstrou um futebol minimamente atractivo, jogou sempre a medo contra equipas mediocres e falhou nos momentos decisivos (Estoril e Paços). Também não me sai do cabeça que foram da sua responsabilidade as aquisições de Miguel Lopes e Ventura o que não perspectiva nada de bom neste capítulo. Os jogadores que saíram entretanto (com excepção do Insua muito bom no 1º ano, bem abaixo esta época) também nunca demonstraram ser verdadeiras mais valias enquanto cá estiveram.

    ResponderEliminar
  10. Curioso, ainda não tinha reparado, mas os resultados do Sá Pinto contra os mesmos adversários foram superiores! Somando 6 pontos nas primeiras 5 jornadas enquanto Jesualdo apenas somou 4 nas mesmas jornadas da 2ª volta.

    ResponderEliminar
  11. epá...eu sou benfiquista e desculpem lá meter-me no vosso blog...mas...ca merda de avaliação!!!

    como é que podem comparar o trabalho de "colar cacos" do jesualdo, começado a meio da epoca, com os 3 pseudo-treinadores que tiveram antes?? (já que foram estes que deixaram os cacos...)

    não tou a gozar, não tou a inflamar, só acho que avaliarem o trabalho de um treinador assim é o primeiro passo para deitarem fora uma POSSIVEL mais valia para o futuro do sporting...

    ResponderEliminar
  12. Fez o que pôde, que foi muito. Não sei se teria feito melhor se chegasse mais cedo, é possível, mas sabemos a quem devem ser atribuídas as responsabilidades de gestão desta época e da anterior.

    Deve continuar. Assim espero.

    ResponderEliminar
  13. Ao avaliar o trabalho do treinador não se pode olhar apenas ao números, tem de se ver o contexto e, acima de tudo, a evolução da equipa.

    E é neste último parâmetro que o trabalho do Prof Jesualdo se distingue. O comportamente táctico da equipa foi crescendo e ganhando cada vez mais consistência.

    Curiosamente eu até destaco a forma como soube fazer evoluir alguns dos jogadores mais velhos, o que é muito mais difícil de fazer, pelos comportamentos que têm adquiridos, do que com jovens que ainda por cima já vêm de uma boa escola. Foi notório o crescimento táctico de jogadores como Rinaudo, Rojo (impressionante a evolução, passou em poucos meses de um central medíocre para um óptimo central) ou até em certa medida Capel (deixou de fazer aqueles sprints inúteis de um lado ao outro do campo, por exemplo).

    No trabalho com os mais jovens destaco apenas a progressão do Ilori (mais consistente e até ligeiramente mais agressivo). O Bruma não me parece estar a evoluir por aí além e o Dier já estava pronto (e apesar de ser útil à equipa no meio campo pela consistência que dá, será sempre potencialmente central de eleição e não passará de um potencialmente bom médio).

    ResponderEliminar
  14. Schmeichel

    esse comentário aproxima-se do juízo que faço do trabalho de Jesualdo. Os exemplos de Rojo e Capel ilustram bem como é importante o papel de um treinador na carreira de um treinador.

    Se fosse qualquer um deles e caso JF ficasse não me importaria de abdicar de parte do ordenado a receber numa futura transferência e ficar mais um ano. Infelizmente para eles e julgo que também para nós esse é um cenário cada vez mais remoto.

    ResponderEliminar
  15. A primeira coisa a ter em conta nesta decisão, é que Jesualdo não é a última coca-cola do deserto, ao contrário do que se tem tentado passar na comunicação social. Fez o seu trabalho com relativa competência, mas garantidamente haverá futuro com Jesualdo ou sem ele, tal como haverá vantagens e desvantagens na sua continuidade.
    Como vantagens destacaria o conferir de alguma estabilidade a uma equipa que já viu à sua volta mais mudanças do que seria desejável, desde direcções a treinadores. Teríamos também a certeza (pelo menos teoricamente) de não voltar a sofrer as humilhações dos últimos anos, e não terminar o campeonato a 30 ou 40 pontos da frente, e permitir a evolução de alguns dos nossos jovens, que certamente terão muito a aprender com a experiência do JF.
    Como desvantagens, o futebol que as equipas de JF apresentam. Mesmo no Porto onde foi tri-campeão o futebol que a equipa jogava nunca deslumbrou, pelo que há que avaliar se para esta fase em que todos concordamos que os títulos dificilmente vão aparecer, se queremos o futebol de pouco risco de JF, mais voltado para o resultado do que para o espectáculo, ou um estilo de jogo mais ofensivo, que nos permita atacar com qualidade, inverter a diferença de golos vergonhosa desta época, e assim entusiasmar os adeptos e trazê-los ao estádio.
    Eu pessoalmente, havendo capacidade para trazer um treinador com o perfil certo, optaria pela segunda.
    Não havendo, para arriscar em mais tiros no escuro que continuemos com Jesualdo Ferreira.
    Seja qual fora a decisão da direcção (e de JF, pois não é um dado adquirido que o mesmo queira continuar com esta nova estrutura para o futebol) diria que o mais importante é que seja tomada com convicção e acreditar na competência do treinador, e que após um ciclo de resultados menos conseguido, como os que ditaram a saída de Sá Pinto, ou Domingos, o rumo não seja invertido para estarmos novamente a trocar de treinador a meio da época.

    ResponderEliminar
  16. CR4
    Pois. O futebol de Vitor Pereira também não deslumbrou adeptos e rivais mas já vai a caminho do 2º titulo.

    Infelizmente precisamos de ambos, qualidade e resultados, se só podermos ter uma de duas coisas que sejam os resultados. Numa primeira fase ajudam mesmo muito.

    ResponderEliminar
  17. Claro que sim, entre uma e outra que venham os resultados, mas julgo que não podemos comparar as condições que Vitor Pereira tem no porto (assim como o Jesualdo já teve) com as que existem no Sporting. É um facto que no FCP treinadores entraram e saíram e o sucesso manteve-se, ao passo que no SCP também treinadores têm entrado e saído, mas o fracasso foi mais ou menos comum, com a qualidade do jogo muitas vezes a decrescer.

    Posto isto diria que será sempre mais complicado nesta fase esperar resultados, pelo que é essencial que na ausência destes, vejamos pelo menos futebol de qualidade de maneira a trazer adeptos ao estádio e gerar receitas. Estivemos 18 anos sem ganhar o campeonato, mas os adeptos nunca deixaram de dizer presente porque "jogávamos à bola" e bem ou mal lá íamos acreditando que podíamos alcançar algo.

    Fala-se muito em seguir um caminho semelhante ao do Dortmund, mas esse caminho só teve sucesso porque enchem o estádio de 15 em 15 dias.

    Só para reforçar um pouco o meu ponto de vista, aquela época doeu como nenhuma outra, mas dado os últimos anos, as saudades que eu tenho do Sporting de Peseiro...

    ResponderEliminar
  18. De facto, o Jesualdo é o melhor sucedido destes treinadores do Sporting.
    falta acrescentar um dado:
    1- Seguindo a média do Sá Pinto (o 2º melhor, ou menos mau) o Jesualdo teria feito 19 pontos.
    2- Fez 27, portanto mais 8 pontos.

    ResponderEliminar
  19. Não me parece que a questão seja, ser ou não "a última coca-cola", leia-se não existir alternativas, ou sequer a questão principal que o LdA põe, qual a responsabilidade de Jesualdo nesta época. A questão para mim é o que queremos para o futuro e naquilo que para mim deve ser o futuro próximo do Sporting, Jesualdo encaixa como uma luva, se ainda por cima já está nos quadros do clube, parece-me de todo útil que fique durante a próxima época.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (4) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)