sábado, 12 de outubro de 2013

Paulo Bento: o problema de não jogar com o baralho todo

Portugal, num registo muito semelhante ao que tem pautado esta qualificação, lá fez mais uma exibição sofrível que, contudo, lhe permitiria a vitória, não fosse o aparentemente tão consensual erro de Patrício. Devo dizer que não me surpreendeu o resultado nem algumas das opções de Paulo Bento, muito menos as conclusões. Alguém tem que pagar o pato, a factura está a ser apresentada a Patrício e Paulo Bento. Discordo deste tipo de avaliações sumárias, o tempo que levo a ver futebol diz-me que as derrotas excepcionalmente ocorrem apenas de uma falha individual, em regra são resultado de várias falhas de um colectivo. 

A falha de Patricio
Não é passível de ser escamoteada, é indiscutível e é aqui muito bem analisada pelo Cantinho, a quem convido darem os parabéns pelos seus 20 anos de sócio. Mas falhou também quem lhe deu a bola para o pé direito e quem não lhe ofereceu uma linha de passe. 

As falhas do seleccionador
Muito se fala dos interesses de terceiros a superiorizarem-se na hora das convocatórias. Hoje é muito comum, sobretudo com a importância que as redes sociais ganharam - onde se pode dizer o que se quiser sem nenhum "fact check" - julgar-se sumariamente o carácter das pessoas. No caso de Paulo Bento poderei até a estar a ser ingénuo mas, até sólida prova do contrário, tenho Paulo Bento como um homem íntegro e impoluto. Se a selecção é composta por uma maioria de jogadores de Jorge Mendes não me parece que a "culpa" seja do seleccionador, mas sim da acção do próprio empresário, que, diga-se, se movimenta como ninguém e sabe zelar pelos seus interesses. 

Se falhas há em PB, nosso velho conhecido e a quem devemos os melhores e alguns dos piores momentos dos últimos anos, elas parecem-me estar na sua própria personalidade. Mesmo não deixando de lembrar que sempre disse o que pensava - revelador de coragem e independência - é um treinador conservador, pouco ousado, e, frequentemente, casmurro. É dentro desse perfil que enquadro a preferência por Almeida no lugar de Cédric, que, no entanto, não terá sido a principal causa do meio naufrágio de ontem. 

Quanto a mim ele deveu-se sobretudo ao elevado número de ausências registadas de jogadores que poderiam ser titulares e que emprestariam outra qualidade ao nosso jogo. Postiga, Coentrão, Meireles, Bruno Alves, João Pereira e Danny não só têm um coeficiente de experiência (que vale o que vale...) como, sobretudo, são melhores do que os substitutos e jogam há muito tempo juntos. Faltaram muitos trunfos no baralho de Paulo Bento. Baralho que, diga-se, dá já de si um ar de muito uso e a necessitar de renovação. Um jogador com a classe de Ronaldo merecia muito melhor companhia. As razões das suas fracas aparições de quinas ao peito começam por aí: há uma distância muito grande entre ele e os outros e quem perde mais é ele. 

Cédric, André Martins, Adrien e William Carvalho

Os três jogadores mais falados como potenciais convocados e/ou titulares. Logo antes do inicio do jogo, surpreendido mas não muito pela escolha de Almeida para o lugar que devia ser de Cédric, disse que o melhor da opção de PB era que o nosso jogador ficaria pelo menos a salvo de um possível naufrágio, o que veio a acontecer em parte. A opção não me surpreendeu, aceitaria melhor se tivesse recaído em Ricardo Costa, (disse-o aqui, mas quem acertou foi o Cantinho)por já ter sido assim no passado. Embora dos três, Cédric me parecesse o que daria maior qualidade à necesssida de uma lateral mais profunda e melhor companhia a um desinspirado Nani. Mas também com o amorfo Almeida não é fácil escrever poemas...

O seu substituto é um jovem que tem beneficiado de boa imprensa e de jogar numa equipa que, pese a forma patética como terminou a época, esteve sempre em níveis muito elevados e envolvida em lutas e competições de grande destaque. Beneficia também de jogar ao lado de alguns dos melhores jogadores da nossa liga. 

Precisamente o oposto do caminho que Cédric tem feito. Com a agravante de que o nosso lateral nem é particularmente querido entre os seus´(leia-se bancada), o que para mim é daqueles mistérios insondáveis de uma espécie de sportinguismo. A revolta e o riso que me provocou ver no inicio de época ver Wélder, sem dar um chuto que se visse, ser considerado o titular indiscutível por muitos.

Não sei o que PB vê em Ruben Micael que Adrien não tenha. Do que tenho visto dos jogos do Braga tem sido dos melhores mas nada que Adrien não tenha feito, embora compreenda que baixou de forma, precisamente quando andou a passear com a selecção sem jogar. Martins está em grande forma e poderia ter entrado, PB preferiu Josué. Não creio que tivesse feito muito mais do que o portista, porque a selecção já se tinha afundado e não seria um ou outro que a resgataria. 

William Carvalho poderia ter vindo agora, na primeira convocatória ou quando Custódio veio para o lugar de Meireles? Continuo a pensar que é-lhe mais favorável fazer o seu percurso natural, onde ainda tem muito que evoluir. Custódio é um underdog, mas é um jogador muito capaz para as necessidades destes dois jogos em particular. Concordo com o presidente Bruno de Carvalho, o William tem que ir para ficar e não para tapar buracos. O mesmo para os outros, o que nos casos acima abordados me parece que, sem casos anormais ou lesões, é uma questão de tempo.

Gosto da selecção como representante do meu País, de que me orgulho pertencer. Faço algum paralelismo entre o momento nacional e o do nosso clube. Apesar das circunstâncias em que nos encontramos não vejo razões para não nos orgulharmos do que conseguimos em quase 900 anos de história. Precisamos agora de redescobrir um novo lugar, uma vez que a glória dos descobrimentos não voltará a ser possível. Vejo com muita apreensão o que o presente projectará para o futuro, mas isso são outros quinhentos que não cabe aqui abordar. 

Felizmente o prognóstico para o Sporting é muito mais favorável. Acredito que temos dimensão, vontade, e a indispensável paixão para continuarmos a merecer a honra de nos afirmarmos Sportinguistas e com isso abraçar a responsabilidade de colocar o clube que amamos no lugar que merece.

7 comentários:

  1. Eu não julgo o carácter do PB. Apenas questiono as suas (para mim) incompreensíveis escolhas e sua competência técnica...

    Ontem, Em Alvalade, foi-nos dado a assistir uma espécie de regresso ao passado (qd treinava o nosso SCP). PB não evolui. É aquilo que se tem visto. E será aquilo que se continuará a ver. Foi assim no SCP e será assim na seleção. Numa primeira fase trás motivação e ordem defensiva... E STOP... Acabou... Não acrescenta mais nada.

    A sorte de PB (e a nossa...) é que nas fases finais a maioria das selecções joga de igual para igual connosco e não se remete a uma defesa insistente... Pq, se assim fosse, acho que me arriscava, pela primeira vez na vida, a adormecer num jogo da selecção nacional numa fase final do Campeonato do Mundo, como já me aconteceu nesta fase de apuramento...

    Não gosto do PB enquanto treinador: privilegia a organização defensiva e não corre risco nenhum (isso reflecte-se nas suas convocatórias, nas opções para o 11 e na táctica / dinâmica de jogo que promove). Depois as suas equipas são hiper deficitárias em criatividade e limitadíssimas em encontrar soluções ofensivas e em produzir um jogo fluido e vistoso... Aquilo só funciona para quem sofre de insónias graves... e como eu, felizmente, não tenho problemas desses, não me anima mesmo nada esta selecção...


    "Um jogador com a classe de Ronaldo merecia muito melhor companhia. As razões das suas fracas aparições de quinas ao peito começam por aí: há uma distância muito grande entre ele e os outros e quem perde mais é ele."

    Completamente de acordo! E irrita-me qd chego ao café e oiço acusações contra o CR7 de que joga sp fenomenalmente no seu clube e não faz nada na selecção porque... (imaginem?), na selecção não é PAGO! E pior que um atrasado a dizer isso é olhar em redor e ouvir / ver comentários / acenos de concordância com esta ideia... Mais uma vez, o carácter das pessoas colocado em causa, sem uma prova que seja que o corrobore. Aqui está: a imbecilidade tuga elevada ao expoente máximo...


    SL

    ResponderEliminar
  2. LdA,

    Já disse isto no blog do Cantinho mas vou copiar para aqui também.
    Vê aqui o lance do golo que sofremos: http://videos.sapo.pt/playhtml?file=http://rd3.videos.sapo.pt/y9sgG7znzto2iUikim1W/mov/1&

    "Ninguém atrasou para o pé direito dele. A bola foi-lhe atrasada para o pé esquerdo, ele recebeu-a com o pé esquerdo e depois mudou-a para o direito porque o atacante de Israel foi cortar-lhe o angulo de passe para o lado esquerdo. Então o Rui começou a movimentar-se para a direita.

    E foi aqui que cometeu uma decisão de principiante: chutar uma bola com o pior pé numa direção onde está um jogador adversário. Ele até tinha uma opção de fazer um passe com o pé direito para o colega que estava na faixa direita, mas isso também seria arriscado. O melhor ali, dado o pé que tinha a bola não ser o melhor, teria sido mesmo chutar a bola com força para o colega que estava à direita na tentativa dele a conseguir apanhar. Se não conseguisse o pior que podia acontecer era um lançamento lateral para Israel. O Rui não jogou pelo seguro."

    ResponderEliminar
  3. Leão,

    Obrigado pela(s) referência(s).
    O post foca elementos muito importantes: desde das limitações óbvias de Bento ao dominio absoluto de Mendes.

    Além disso tudo que está bem explicado, deixaria outro alerta: a desagregação de um (suposto) grupo.
    Bento é forte em formar grupos. Foi assim que levou o Sporting a 3 Champions, venceu 2 Taças e outras tantas Supertaças e quase venceu uma Liga. Não que tivesse grandes jogadores (tinha, mas havia outros melhores em anteriores planteis), mas unia um grupo e levava-o até um certo ponto.
    Pegou na Selecção como pegou no Sporting, em cacos e quase destruidos por dois seres que até tinham trabalho juntos, Peseiro e Queirós.

    Na selecção conseguiu formar um grupo em torno de Ronaldo, Pepe, Moutinho, Coentrão e Postiga e levou-os a um Euro e às suas meias-finais.

    Mas Bento não pode ser só um que leva o grupo. Ele sente que tem de liderá-lo. E aí verga. Vergou com Ricardo Carvalho (cada vez entendo-o mais) e começa a vergar agora.
    A postura de Ronaldo ontem (irritado com a acéfalia dos colegas e suas limitações - Nelson Oliveira como caso mais gritante), as exibições banais de Veloso (recorrente nos últimos tempos), Nani (este até eu assobiava), aliado aos amarelos de Pepe e Ronaldo que os metem mais cedo em Madrid e longe da selecção não poderão ser ignoradas. Se a isto se juntar a fuga de Danny, já hoje, com uma mialgia.
    Tudo isto é, para mim, suspeito.
    Acho que Danny está a fazer o mesmo que Carvalho também fez. Só não mandou Bento "pó car#$%#$o!" Teve uma mialgia... O que Danny viu é que é 5ª ou 6ª opção, atrás de Ronaldo, Nani, Olivera, Josué e Vierinha. Isto é, não conta para Bento. Tal como Cédric que tem à sua frente Pereira, Sílvio, Amorim, Nelson e, agora, Almeida. Não conta.

    Há sinais de fuga e desunião que devem ser debatidos e esclarecidos. Parece-me.

    ps: a conversa de Ronaldo sobre a França é merda. Se há interesses em colocar a França no Brasil, porquê que não haverá em colocar 1 dos 2 melhores jogadores do Mundo (Cristiano Ronaldo)?
    Portugal não venceu 2 jogos com Israel e empatou em casa com a Irlanda do Norte. Deveria ser por aqui que se devia começar a discussão. E tentar saber porquê que Porto e Benfica não jogam com mais de 1 (quando é) português a titular.

    ResponderEliminar
  4. as escolhas de paulo bento

    começo pelo fim, Patrício tem enorme responsabilidade no golo sofrido.

    não concordo com muitas das opções tomadas por paulo bento. e começa logo na convocatória.
    para mim, devem ser convocados os jogadores que melhor estejam no momento, sempre ressalvando o tal factor grupo. mas, mesmo considerando o grupo e as suas dinâmicas há coisas que o próprio grupo condena. quando um jogador está em péssima forma, quando há além do mais jogadores para as mesmas posições com melhor qualidade, como é que se ressalva o grupo escolhendo o pior elemento? não estamos a falar de jogadores que estão em momentos de forma parecidos. ou que disputam os mesmos lugares na tabela, estamos a falar de diferenças evidentes na forma!

    começo pela baliza. fez todo o sentido não convocar o eduardo. o braga está a fazer uma época má, ou abaixo das expectativas. mas então como se pode compreender a chamada de micael em detrimento de adrien? e mesmo depois da lesão de meireles, como se chama o custódio? sai um 8/6 e entra um 6 "ah e tal queremos alguém mesmo para a posição 6, tal como o meireles pode fazer..." desculpa? se queres um 6 porque é que não convocas de início? ou quando sai um 8/6 porque é que não convocas alguém precisamente com essas características? Adrien Silva diz-te alguma coisa?? ou se querias mesmo um 6 porque é que não convocas o William? "ah e tal que ele está nos sub-21 e eles têm jogos importantes agora no seu percurso!!" desculpa? então e como é que conseguiste convocar o bruma? (já lá chegarei também)

    na defesa, concordo com todas as opções iniciais mas, no caso da lesão do bruno alves, convoca o sereno? qual a lógica? o sereno joga no kayserisport, da turquia, o seu clube ocupa a 17ª posição em 18. já sofreu 10 golos em 7 jogos. além disso tem alternado a titularidade com o banco...mais banco... por outro lado, temos um menino chamado josé fonte, titular indiscutível do 4º classificado da premier league, na defesa menos batida do campeonato, com 2 golos em 7! jogos. mas bom, de certeza que agora com a saída de pepe vai convocar o zé fonte...não...antes o rolando.. ??? importa-se de repetir?? típico do paulo bento.. "ai toda gente acha que faz sentido convocar o zé fonte?? então +era lá que eu chamo o sereno" alguém lhe diz "olhe que o kayserisport está em 17 com 10 golos sofridos" responde o bento "não me interessa, eu é que mando!!" ?? não faz sentido.

    no meio, já falei acima, junto-lhe um comentário que faz sentido convocar o josué para jogar a 10. que foi onde jogou. ora portanto, na convocatória inicial tinhamos um 6 (veloso) dois 8 (meireles e moutinho) e três 10 (micael, josue e André Martins). ora, se de início iriam jogar veloso mourinho e meireles, como se compreende a chamada de três 10?

    no ataque nada contra a convocatória inicial. mas, a chamada de bruma com a saída de Ronaldo... esperem lá, o bruma não estava nos sub-21? "ah mas isso agora não interessa..." então e porque é que não convocou o bruma quando ainda estava no Sporting? é que o bruma ainda só fez um jogo e meio pelo galatasaray... "ah e tal, o Sporting estava mal, em 7º lugar..." mas olhe que o galatasaray está pior, está em 13º lugar e só com 6 golos marcados!!!! há alguma coisa contra o Sporting? é que o Wilson tem 4 assistências e 2 golos marcados, no melhor ataque do campeonato e um dos mais produtivos da europa.

    cont

    ResponderEliminar

  5. no jogo, andré almeida de início? um jogador que tem sido adaptado? sim, porque em toda a sua formação e nos seniores do belenenses era um 8. mas tudo bem, tem substituído o maxi no clube, conta com 3 jogos de início mas a meu ver não se pode comparar ao Cédric que é formado na posição 2, é titular na defesa menos batida do campeonato tem 2 assistências, é intenso a defender (nem sempre bem) e muito forte a apoiar o ataque, além disso, cruza bem... "ah e tal, mas o andré é mais alto o que o torna melhor no jogo aéreo..." os gajos de israel são altos e fortes para caraças nesse aspecto do jogo. além disso, era mais importante ter solidez defensiva que apoiar convenientemente o nani(outro jogo da treta)... e o Danny? está numa super forma...e joga o nani??que tem estado francamente abaixo do rendimento esperado? do micael nem falo. para mim nem era convocado, quanto mais titular!!

    voltando ao início, o grande erro é do Rui Patrício, mas este, está longe de ser o responsável pelo empate!!

    ResponderEliminar
  6. Subscrevo o 'Cantinho', na mouche, o próprio Ronaldo teve a coragem de lançar o alerta, "experiência" foi o eufemismo que encontrou, creio que bem, 'eufemizar' menos seria perigoso.

    ResponderEliminar
  7. Parece que contra as torres do Luxemburgo a opção também é o jogo aéreo do André Almeida... Aliás, o João Pereira (esse portento no jogo aéreo) que se ponha a pau, que a titularidade na selecção já era...

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (5) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)