terça-feira, 7 de abril de 2015

Perceber a contestação a Marco Silva


A minha amiga Ana, "companheira" de inúmeras discussões blogosféricas, resumiu muito bem, num comentário na sua página do Facebook, um dos aspectos cruciais na contestação que se seguiu à derrota em Paços de Ferreira. Escusam de corrigir, há empates que sabem a derrota e o ocorrido na última jornada foi um deles. Diz então a Ana (que cito com a devida autorização): 

Há muita gente que não perdoa o facto de o Marco Silva ter ganho em popularidade quando o presidente decidiu auscultar a mesma junto dos adeptos com o triste episódio de Dezembro. Num jogo em que poderíamos ter ganho por muitos e que acabámos por empatar à custa de falhanços incríveis dos jogadores, o que leio por aí é que a culpa do desaire foi do treinador... Tirar o Slimani? Sacrilégio! O mesmo Slimani que se fartou de entregar bolas ao adversário e que o único golo que marcou até eu o conseguiria concretizar. Foi só encostar. É que nem havia hipótese para atirar à figura do guarda-redes, ao lado, à trave ou ao poste. O único destino possível da redondinha só podia ser mesmo o fundo das redes. Claro que esta gente toda sabe que se ele tivesse ficado em campo, teríamos marcado os que a equipa toda falhou durante os 75 minutos que ele esteve em campo. Cada vez menos pachorra para as discussões da bola...

Como dizia acima, este será um dos principais motivos para a contestação ao treinador: a clivagem que ficou entre os mais fervorosos apoiantes de Bruno de Carvalho e o treinador. Como dizia na altura sobre o episódio de Dezembro, aludido pela Ana, resultou claro que ficou algo por resolver. Quando assim é, o mais natural é que as respectivas consequências venham a surgir nas curvas do caminho, isto é, quando os resultados não são os esperados.

Um dos pontos mais criticados, e também muito bem desmistificado pela Ana, é a substituição de Slimani, pelo que não vou voltar aí. Fácil é também invocar o nome deste ou daquele jogador para o lugar deste ou daquele, porque um jogador que não joga “pode” ser sempre melhor dos que os que jogam, especialmente quando não se ganha. Infelizmente não há jogadores que estivessem de fora dos convocados – Adrien estava castigado – com potencial para emprestar à equipa um acréscimo exponencial de valor, como por vezes se pretende.

Quanto às substituições em geral, cuja importância, na minha opinião, é frequentemente inflacionada, raras vezes elas provocam alterações substanciais ao curso de um jogo, e muitas delas resultam do carácter aleatório do jogo do que da intervenção directa do treinador. Claro que, quando um jogador acabado de entrar marca um golo no primeiro toque que dá na bola, é fácil transformar o treinador num visionário, mas vejo isso muito mais como um acidente do que propriamente como sabedoria. Raras vezes assistimos à viragem do curso de um resultado de um jogo pela acção directa das substituições mas, quando tal acontece, não podemos falar apenas de um golo marcado ou sofrido, temos que haver muito  mais a referir do que apenas isso.


Não sou dos que acho que Marco Silva tem de estar acima de toda a critica. Aliás, de todos os treinadores que “conheço” com muito maior curriculum que o nosso actual treinador, e mesmo entre os que prefiro, não conheço nenhum que não tenha cometido erros que tenham prejudicado as equipas que dirigem ou dirigiram. Mas, com é óbvio, e como a Ana muito bem salienta, o jogo de Paços de Ferreira não deveria ser o motivo para contestar o trabalho do treinador, quando os pontos perdidos resultaram de falhas individuais de jogadores de campo, algumas delas imperdoáveis, mas fora do âmbito do trabalho de um treinador.

Que pode fazer o treinador ante falhas como as que assistimos em frente à baliza do adversário ou à displicência de João Mário no lance que resulta no golo sofrido?

Farei na altura própria o balanço do trabalho de Marco Silva. Neste interim recordo-me de várias  exibições e resultados que me surpreenderam pela qualidade como de outros onde penso que o trabalho do treinador poderia ter ajudado a conseguir melhores resultados. Peso esse misto de sentimentos com a análise do valor dos adversário que nos precedem na classificação e tendo a concluir que, mais ponto menos ponto, superá-los dependia muito do nosso mérito como do seu próprio demérito.

29 comentários:

  1. Essa clivagem é notória, porque há quem tenha ficado do lado do trienador e quem tenha ficado do lado do presidente. A cada desaire, um e outro são sempre os principais culpados. Mais do que internamente, as coisas não ficaram resolvidas externamente.

    Eu continuo a achar que Marco Silva está no meio do que uns e outros acham. Nem é o novo Guardiola, nem é o asno que muitos querem pintar. É um bom treinador, que já nos meteu a jogar melhor que com Jardim mas que também não soube agarrar certas vitórias como Jardim.

    O seu trabalho pode ser criticado pela distância exagerada para os dois da frente, não pela posição que ocupamos na tabela. Facilmente poderíamos ter mais 4/6 pontos do que temos actualmente (Coimbra, Paços e Benfica em Alvalade) e a percepção sobre o seu trabalho seria totalmente diferente. Para 90% dos adeptos o que conta é o resultado, não a forma como é obtido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dimitris Nalitzis,

      Concordo, o que contam são os resultados para a avaliação de muitos. Contudo para essa avaliação ser correcta e justa há que considerar o trabalho de todos, porque falamos de uma organização, e também dos nossos concorrentes directos, rivais ou não.

      O que me parece é que contestá-lo pelo que aconteceu em Paços de Ferreira é até pouco inteligente face aos factos. O povo na sua sabedoria lá diz" no meio está a virtude" e creio que é por aí que está também a minha avaliação ao trabalho dele.

      Eliminar
  2. É isto! Não mudava sequer uma vírgula. Acrescentava ainda que mesmo depois de MSilva ter explicado que Slimani estava rebentado por isso foi substituido, ainda se grita sacrilégio relativamente à substituição. É como a Ana disse nos ultimos 15min é que o Slim ia faturar à grande...

    Tendo em conta o nosso orçamento e lutando pelo campeonato até ao ingrato jogo com a lampionagem contra a equipa mais cara de sempre dos corruptos e a equipa lampiona mais colinho dos ultimos anos, só posso dizer que o trabalho feito, não isento de erros obviamente, está a ser positivo, veremos como conseguimos concluir a época.

    SL

    ResponderEliminar
  3. É exactamente isso e os sinais são visiveis desde essa altura, só estão agora exacerbados pelo resultado negativo.

    Logo após o final da palhaçada de Dezembro começaram os dramas.

    Ou o treinador era demasiado apático no banco, ou as substituições eram tarde, ou o Wallison já devia estar na A, ou o Gauld isto e aquilo, ou não punha o Tanaka, ou o Rubio merecia uma oportunidade (tanto que ele evoluiu na Noruega...).

    Não tenhamos ilusões, o MS está fora do Sporting... Mesmo que ganhe a taça e fique em terceiro, logo aparecerá mais um J. Eduardo com mais uma historia da carochinha e desta vez a falange BdC estará mais atenta e coordenada. Aliás, como é possível que a direcção nada tenha dito acerca das declarações desta personagem e ele por lá continue a fritar croquetes?

    Um aparte: vai ser interessante ver as cambalhotas de algumas pessoas caso se confirme o regresso de Labyad depois de tudo o que se disse sobre ele há dois anos.




    ResponderEliminar
  4. É que nem consegui ler o post até ao fim.
    Há muita sobranceria nesta tendência em colar rótulos aos outros que, de tão infantis que são, não conseguem pensar pela própria cabeça e têm necessariamente de tomar partidos e de se filiar em facções.
    Mas por que raio não pode um sportinguista achar que o Bruno de Carvalho ou o Marco Silva são humanos e fazem coisas boas e más???
    Onde é que então se encaixa alguém como eu que acha que o Bruno de Carvalho é a melhor coisa que aconteceu ao Sporting nos últimos 30 anos e que o Marco Silva é o técnico ideal para continuar na próxima época??
    Será que não posso criticar o Bruno de Carvalho ou o Marco Silva?



    PS: essa do "até eu marcava" tem muito que se lhe diga. As carreiras dos grandes goleadores fazem-se de golos fáceis. O futebol é muito mais posicionamento que outra coisa. Muito provavelmente, se o Montero estivesse em campo em vez do Slimani, não seria golo porque simplesmente não estaria lá para finalizar, mas enfim não me vou alongar muito sob pena de vir a ser condenado por brunismo obscurantista.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jô,
      se tivesse lido o post até ao fim às tantas não teria escrito esse comentário, uma vez que não vi rótulos colocados a ninguém.

      Sobre onde se encaixa o "que o Bruno de Carvalho é a melhor coisa que aconteceu ao Sporting nos últimos 30 anos e que o Marco Silva é o técnico ideal para continuar na próxima época??" essa pergunta tem de ser feita a quem toma decisões.

      Eliminar
    2. Jô, não estou a colar rótulos em ninguém. Dei a minha opinião. Até pode ter havido jogos em que a culpa de maus resultados tenha sido do treinador. Por um jogador não estar a render e teimar em mantê-lo em campo, por exemplo. O que não foi o caso do jogo contra o Paços. Tirou o Slimani, que não estava a jogar nada. Mais: só atrapalhava. Só me lembro de um passe dele certo a isolar o João Mário, e do golo. Estávamos com menos um jogador em campo. Marcou um golo fácil. Se justificas o golo do Slimani com o bom sentido de posicionamente dele... onde é que ele estava colocado nas outras hipóteses todas que tivémos? E relembro-te que mesmo após a saída do Slimani, tivemos mais duas oportunidades através dos nossos centrais, de frente para a baliza. E, só mesmo para te chatear, acho que até essas eu marcava! Eu apenas fiz um desabafo, porque achei que o único motivo podia levar as pessoas a culparem o treinador pelo empate só podia ser ressentimento. É que não tem lógica. Não tem ponta por onde se lhe pegue assacar responsabilidades ao treinador. Tem tanto cabimento como o Fonseca dizer no fim da partida que o resultado foi justo e que a sua equipa mereceu inteiramente o ponto que conquistou. Ora bolas, se os nossos jogadores tivessem concretizado as ocasiões que criaram, o Paços teria sido goleado, ponto final. Digamos que o resultado foi autor-do-golo-pacense 1 - Sporting 1. O resto... foi um distribuir de amêndoas na capital do móvel. Olha, eu, pelo menos, fiquei com uma cabeça de ovo de Páscoa...

      Eliminar
  5. Mas alguém acredita ainda que o o "despedimento"em Dezembro do Marco foi,ou ficou esquecido?Para os crentes que tudo não passou de um fait divers da imprensa,essa maldita,relembro a resposta presidencial à pergunta de se já se reunira com MS para tratar da época vindoura:Não,ainda não tive tempo,mas lá mais para a frente veremos...se conseguiremos! Poderão não ter sido exactamente estas as palavras,mas o sentido,para mim ficou claro:MS foi despedido e o seu fim em Alvalade está mais do que decidido desde essa altura! Neste momento só resta esperar e alinhavar o pretexto do despedimento a custo zero.

    ResponderEliminar
  6. Claro que o problema é a "clivagem".

    Porque nós estamos a jogar optimamente bem, estamos na Liga Europa, estivemos na meia-final da Taça da Liga, a Taça está garantida e estamos a lutar pelo título e o mínimo que nos pode acontecer é o 1º lugar!

    Alías, ve-se que a equipa luta e esforça-se por ele como nunca vi! É uma garra todos os jogos que até faz confusão.

    Que o digam o Moreirense, o Paços de Ferreira, Belenenses, Académica...

    ResponderEliminar
  7. Eu critico o Marco Silva pelo futebol que praticamos. As convocatórias e as substituições são secundárias. Jogarmos com o Paços de Ferreira e termos menos posse de bola diz muito da nossa qualidade em campo.

    Cumps,
    RMSCP

    ResponderEliminar
  8. É com alguma apreensão que vejo este Sporting e o seu rumo (falta dele). O jogo em Paços, o seu resultado, as suas consequências (Liga dos Campeões, receitas, preparação da época e jogo da 4ª feira) podem ser muito negativas. Creio que não se encarou o jogo com a devida responsabilidade. E isso vai sair caro.

    Eu quero que Marco Silva e Bruno Carvalho queiram que Marco Silva continue (espero ter-me feito entender). Estou farto de mudanças e mudanças. Quero estabilidade.
    Mas não sei se é assim. Eu acho que Marco Silva quer sair e Bruno Carvalho também quer que Marco Silva saia. Mas nenhum quer assumir o risco financeiro da decisão (quem tomar a iniciativa perde dinheiro). Entretanto, no meio como sempre, há o Sporting.

    Vamos ver o que acontece amanhã.

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Eu acho que Marco Silva quer sair e Bruno Carvalho também quer que Marco Silva saia."

      É claro. E pensar que isso não tem consequências lá dentro só de gente parva. E ainda dizem que o "Marco não tem na mão nos jogadores". Queriam o quê, quando está montes de gente a prazo até final da época? Afinal, não é só o Bruno que faz falta?

      O episódio sobre o despedimento deste treinador, que só não foi formalizado porque houve medo da reacção dos adeptos, e o ódio que o Bruno de Carvalho tem por ele, muito por causa da inveja da imprensa que o Marco Silva tem, assim como da sua boa imagem junto dos sócios, só demonstra como este presidente é complexado e mesquinho. Não levantou cabelo com o Leonardo Jardim porque era a primeira época e o Carvalho precisava que as coisas não começassem aos solavancos. Mas bastou um segundo lugar para lhe subir à cabeça e pensar que tem um "projecto", e os otários acreditam. Este ano o "projecto" já deu não sei quantas voltas, mas o treinador ainda tinha de se "identificar" com cada cambalhota que o Bruno dá, conforme a sua conveniência. Não me admira que o MS queira bazar. Deve estar mais do que farto daquela pelintrice toda.

      E ainda vamos a ver a reacção dos jogadores. É sempre por aí que os presidentes vão ou racham...

      Eliminar
  9. Eu sou daquele grupo esquisito que critico BC pela politica de contratação ou comunicação mas que elogia o trabalho financeiro que o Sporting teve...que critico o MS quando mexe tarde no jogo, quando aposta no Capel em dezenas de jogos e não dá oportunidades a Gauld ou Wallyson mas que se delicia com belissimas exibições colectivas como no Dragão ou contra o Bremen e crescimento de jogadores como Carrillo.

    Já sei que o normal é escolher um lado: presidente ou treinador. Sou daqueles que escolho o Sporting. Posso escolher que os 2 trabalhem juntos para o ano e corrijam situações que este ano correram menos bem?

    ResponderEliminar
  10. HY,
    Às tantas esse seria o melhor para todos os envolvidos, clube, presidente e treinador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LdA, não creio que a sua resposta se dedicasse a mim, mas eu concordo absolutamente com o comentário do PM e, portanto, com a sua resposta.

      Também eu critico o MS quando entendo que esteve mal e no entanto quero que ele continue no Sporting, e crítico o BdC quando entendo justo e no entanto aprovo na generalidade o que tem feito. É talvez estranho, mas não critico um para apoiar o outro, nem elogio o outro para criticar um. Nem percebo como é possível ter chegado a este ponto em que um sportinguista que tem uma opinião seja imediatamente catalogado como croquete ou brunista, por vezes com nomes bem piores.

      Para a Ana, gostaria de lhe dizer que é perfeitamente compreensível criticar o treinador por ter tirado o Slimani e metido o Montero na altura em que deixamos de jogar a bola e começámos a despejar bolas para a área. Talvez ele estivesse morto e só marcasse os golos que até a Ana marcaria, mas se a lógica era despejar, fazia sentido que lá ficasse, pelo menos a servir de poste e atrair as atenções de dois defesas do Paços. Talvez então o Montero pudesse ter feito qualquer coisa. Sobretudo, se como se diz no post, o empate era na verdade uma derrota.

      E crítico- o por não ter sido capaz de antecipar que o jogo estava a começar a escapar-nos e não ter sabido mexer antes na equipa.

      E contudo, elogio-o pelo excelente futebol que o Sporting praticou até ao minuto 60 ou assim, que teve o seu dedo. E por o Paços só ter podido criar perigo de longe, o que prova que a teia estava bem montada e o mérito é dele.

      Perante isto, serei um reaccionário croquete ou um perigoso brunista?

      É essa dicotomia que tem que acabar. E por favor nada de falsos moralismos a acusar apenas um dos lados pelo,que se passa. Como já disse noutro sítio, it takes two to tango.

      Eliminar
  11. Em primeiro lugar, todos nós somos um pouco treinadores de bancada e é normal criticar as escolhas dos treinadores e em particular de MS, treinador do nosso clube

    isso não quer dizer MS seja um mau treinador - não é nenhum Paulo Fonseca como lhe chamavam antes de Dezembro nem nenhum Guardiola, mas é jovem e pode melhorar muito e claro que espero que fique para o ano e para os proximos

    Não percebo como é que se anda a escolher lados - treinador vs presidente, quando o MS foi escolha de BC e o sucesso de um será sempre o sucesso do outro e o contrario também

    ResponderEliminar
  12. Então mas há estranheza por uma suposta contestação a Marco Silva, por um acontecimento de há 3 meses atrás, em um jogo em que o Sporting até se apresentou a um nível razoável?

    E a contestação após o jogo miserável no Restelo? Existiu?
    Após a vergonha do Dragão? Existiu?
    Após o empate em Alvalade com os lampiões e um golo anedótico sofrido no último lance do jogo? Existiu?

    Porquê agora, quando os objectivos principais ( os 2 primeiros lugares ) já são uma miragem e até, repito, a equipa jogou bem? Pelo menos bem melhor que nos empates caseiros com Paços, Moreirense e Belenenses ou a vergonha de Guimarães? Ou nos tais jogos pós conflito Bdc/MS ( Dragão e Belenenses)?

    Existiu aí alguma contestação? Não? Existiu agora, portanto. E esta existiu, por causa da tal clivagem. Não percebo muito bem a relação causa efeito.

    _______


    Obviamente que há quem tenha tomado o partido do Marco Silva, outros do presidente. E há quem tenha ficado pelo meio termo. E há depois quem, tendo ficado pelo meio termo, gostou nada de ver o trabalho do treinador glorificado na Comunicação Social e por qualquer opinion maker, reduzindo o presidente a um mero obstáculo ao desempenho do novo Mourinho.

    Nem Marco SIlva está imune às criticas, nem BdC, Ambos têm os seus méritos, ambos têm cometido erros.

    Razão tem o presidente. Têm, ambos, muito por onde evoluir,

    ResponderEliminar
  13. Foi uma jogada de mestre a que o Bruno fez em Dezembro. Preparou a saída do treinador, levando com ele todas as culpas do que correr mal o que se percebe em alguns comentários que vou vendo em vários pontos.Em caso de vitória na Taça lá terá direito a volta de honra como o grande obreiro. Claro que isto só resulta com alguns, especialmente os que confundem o clube com o presidente.

    ResponderEliminar
  14. É engraçado que MS não foi despedido quando tinha de ser , Dezembro , e os adeptos colocaram-se ao lado dele , os mesmos que hoje querem a sua cabeça. De facto a animosidade perante o treinador tem subido e o jogo com o Paços não justifica o barulho e o fastio que se tem vivido nestes últimos dias perante o treinador.

    Gostava que imaginasse o texto : "Perceber a adoração ao Marco Silva"

    Há muita coisa aqui , que por exemplo poderia explicar a sua questão mais do que o resumo simples a uma conviniência Presidencial.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é verdade. Os adeptos que agora contestam o Marco Silva são os mesmos que queriam que ele fosse despedido em Dezembro, por acharem que ele tinha sido insubordinado.

      Quanto à "adoração" por Marco Silva (como antes por Leonardo Jardim) é simples, tem a ver com falta de confiança em Bruno de Carvalho, pessoa em quem muitos sócios não viram, nem vêm, currículo para gerir o clube e o seu futebol. Um modelo presidencialista em que um Bruno qualquer, porque ganhou as eleições, faz o que lhe apetece no futebol, não o torna mais credível aos olhos de quem não nasceu ontem, especialmente se com o tempo virem reforçada a má imagem que já tinham do presidente.

      O próximo treinador, se não for um João de Deus, será sempre alguém em quem as pessoas tentarão ver alguém credível, para não se desligarem por completo do clube enquanto continuar "experiência" Bruno de Carvalho.

      É a vida. O que nasce torto nunca se endireita, por muitas mudanças de consultores de imagem que se façam, até porque o que está por baixo é sempre por demais manhoso...

      Eliminar
  15. Sinceramente custa-me perceber como é que se pensa que afinal MS é uma vitima nisto tudo.
    Mesmo em Paços, podia e devia ter feito muito melhor.
    Diz-se que tinha poucas opções no banco, no entanto ainda deu para deixar Tanaka de fora?aquele que por exemplo resolveu em Braga?.
    E agora que temos a equipa B no terceiro lugar e já não é tema de arremesso para justificar mais criticas, não dá para aproveitar mais jogadores? não era essa a filosofia do clube?
    E mesmo no banco de suplentes, não estava lá Mané por exemplo? não era o jogador que ja andava a justificar a titularidade há algum tempo? só deu para entrar ao min 80?

    Já agora, falando em reforços, parece que há uma coisa que toda a gente se anda a esquecer. Nani, ainda que por empréstimo, foi dos melhores reforços que o Sporting teve nos ultimos 5 anos.

    ResponderEliminar
  16. JPM,

    Para quem fala nos que "confundem o Clube com o Presidente", o seu comentário não lhe (a si) abona muito. É que é precisamente isso que você faz. Eu quero que o Sporting ganhe, independentemente de A, B, C D (e não tenho grandes dúvidas que a quase totalidade dos Sportinguistas lhe dirá o mesmo), já você parece perder-se em nexos que não lembram ao mais conspiracionista e que redundam invariavlemente na pitoresca pintura que quer fazer ao Presidente: Bruno de Carvalho, a soma de todos os males. Acorde!

    ResponderEliminar
  17. raramente comento LdA, não gosto de deixar a minha opinião com pessoas que não estão habituadas a ela nem tenho necessidade de ser "ouvido" no entanto hoje vou, com a vossa permissão, entrar na discussão.

    Primeiro, e isto é apenas a minha impressão, acho que a maioria dos posts estão politizados quando não tinham a necessidade de estar.É sempre chamado o "Bruno" (como o Virgilio gosta de chamar) à discussão. É notório e verdade que o Bruno está longe de ser perfeito, especialmente na comunicação "interna" (entre sócios/adeptos) principalmente e externa ( a forma que é feita), no entanto parece me crer que no resto das coisas tem sido um presidente com decisões certas e erradas como todos os presidentes que o sporting teve e a impressão que eu tenho - e digo isto porque sigo o Blog há muito tempo e o conheço - nunca os anteriores presidentes foram "cobrados" com o Bruno (basta ver pelas Tags e a maioria dos posts políticos sobre o JEB foram do JVL). Sobre esta dicotomia que se CRIA entre apoiantes do presidente e dos que não são deixava aqui as palavras do Virgilio escritas no único post sobre o Godinho Lopes que encontrei - escrito por ele - e que são aplicáveis em todos os momentos "Não me interpretem mal, a crítica tem razão de ser e faz MUITA falta. Eu próprio critiquei no passado e critico sempre que me parece justo. Temos é que fazer um esforço em produzir apreciações na forma mais correcta e com conteúdo mais construtivo, racional, moderado"o que não nego que o blog o tenha feito mas acho que falta um pouco de pluralismo da, digamos, linha editorial.

    Em relação ao Marco Silva tenho a minha opinião feita e não deve mudar nos próximos tempos. Boas ideias, fraca realização.
    No ultimo jogo, no meu entender o problema não esteve no "sacrilégio" de tirar o Slimani mas mexer na equipa após um golo para substituir um avançado ( que pelos vistos só atrapalha e falhou golos de baliza aberta - não deve é ter sido ontem porque jogou como joga sempre, com algumas limitações mas com algumas boas características e se é mau e joga sempre é por culpa do treinador ). è bastante redutor utilizar o argumento de que "que o único golo que marcou até eu o conseguiria concretizar. Foi só encostar." Foi só encostar mas antes roubou a bola no meio campo e soube atacar o espaço que o João Mário criou, tal como soube saltar entre a defesa e marcar um golo, justamente anulado.

    O que acho que se criticou e se pode criticar no Marco Silva deste último jogo é a passividade e algum medo em fazer alterações ANTES de o jogo mudar, é um treinador reactivo e muitos dos 9 (!!) empates desta época poderiam ter sido evitados se lesse o jogo melhor.

    O meu principal problema com o Marco é o futebol apresentado, não sei dizer quando foi o pico de época nem posso afirmar que o sporting neste momento tem uma ideia de jogo mais cristalizada que no inicio de época.

    depois há as escolhas mas isso depende do treinador de bancada em cada um de nós, apesar disso relembro que Heldon começou titular tal como Martins, Heldon foi dispensado e Martins ostracizado, Paulo Oliveira só pegou porque não havia mais alternativas e Tobias idem.

    Agora o que temos de perguntar é, encontramos melhor? não estou a ver onde. Espero que o Sporting para o ano consiga manter a espinha dorsal e melhorar os processos de jogo, isto com o Marco Silva, outro treinador só vai significar mais tempo perdido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro PTM,

      1. Quem trata o presidente por "O Bruno" não sou eu, mas a maioria dos seus mais acérrimos apoiantes... Eu é mais pelas iniciais BdC e, aqui ali, por Bruno, confesso. Precisamente qd estou a ironizar com algum membro do séquito... Mea culpa por não resisitir a tratar “o Bruno” por “O bruno”... Mas e uns podem, porque não podem outros? :)

      2. "Não me interpretem mal, a crítica tem razão de ser e faz MUITA falta. Eu próprio critiquei no passado e critico sempre que me parece justo. Temos é que fazer um esforço em produzir apreciações na forma mais correcta e com conteúdo mais construtivo, racional, moderado".

      Mantenho tudo. Não sei (nem me interessa) se tenho mais ou menos post publicados sobre JEB que o JVL, eu sp fui mais de comentar do que publicar post's, mas uma coisa garanto: os meus post's (e comentários) sobre JEB são muitíssimo mais cáusticos do que sobre BdC... É que nem tem comparação, pelo que é falso qd afirma que existe maior "cobrança" agora que no passado. Aliás, eu escrevi esse parágrafo, precisamente por ter consciência de que me tinha excedido contra anteriores presidentes... Sobre FSF a mesma coisa, embora na altura dos seus mandatos eu escrevesse noutro blogue, uma vez que ou o "ANorte" ainda não existia ou ainda não tinha tido o privilégio de me juntar à sua redação após o gentil convite do LdA... GL, a mesma coisa: critiquei negativamente mt mais do que elogiei, basta pesquisar. Pesquise e verá como tenho razão...

      3. Qt à pluralidade do "ANorte", sp existiu...e existirá. Nenhum dos 9 redactores (O MM juntou-se há mt pouco tempo e ainda não teve oportunidade de se estrear) está impedido de escrever e publicar, sejaem forma de post ou de comentário, o que bem entender. Agora se para além do LdA, principal municiador, eu próprio e LMGM, que temos participado com maior frequência, os restantes não se manifestam e se desinteressaram pela participação... Não sou eu que os vou obrigar, de certeza absoluta. Cada qual sabe de si...

      Eliminar
  18. Cada vez mais estou como a Ana: sem pachorra para discutir bola! Mais ainda qd se tem como "antagonistas" um séquito completamente radicalizado e enfeitiçado por um presidente que ainda não ganhou nada e tem ainda mt por provar...

    Qt ao jogo propriamente dito, só não goleamos pq a nabice em frente à baliza alcançou níveis inauditos... "Até eu com esta minha barriguinha os metia lá dentro" como diria o saudoso jornalista e relatador Jorge Perestrelo!

    Se há jogo em que os dedos deverão todos apontar no sentido dos jogadores que falharam golos feitos e não na direcção do treinador é este Paços de Ferreira vs SCP! Desenvolver mais do que isto é pura perda de tempo...

    ResponderEliminar
  19. PTM,

    Não vou rebater a questão da politização dos posts, da sua necessidade ou não, porque me parece inútil ir por aí. É uma matéria de opinião, eu publico a minha e deixo a caixa de comentários para quem quiser expor a sua opinião sobre o tema, ou até sobre a minha própria opinião.

    Quanto às criticas aos anteriores presidentes já estamos a falar de factos e aí posso refutar o que escreveu sustentado pelo histórico do blogue. Quer FSF quer JEB foram inúmeras vezes aqui criticados em tons muito mais carregados que qualquer um dos outros que vieram depois. Discordo da avaliação feita ao tempo de JEB, não sei quem escreveu mais posts, sei sim que foram provavelmente os posts mais "acidos" que aqui publiquei. Curiosamente na altura acusavam-me também de coisas semelhantes ao que hoje me acusam.

    Desde o sucedido nas eleições de 2011, e adivinhando o que se seguiria, entendi continuar a exercer o meu direito à opinião mas de forma mais moderada, sobretudo por se viver um tempo de radicalização. Apesar disso nunca deixei de criticar a actuação de GL no que não concordei, como faço agora com BdC. E discordando muitas vezes da actuação de ambos tenho guardado para mim as piores impressões e opiniões que tive e tenho sobre ambos. Desde de 2011 que aqui deixei claro que não gostava de muita coisa em BdC, algumas delas, a maior parte, tenho confirmado ao longo do tempo em que é presidente. Por acaso ele até foi a minha primeira opção para as eleições desse ano, opinião que mudei após um contacto directo com ele numa acção de campanha. Apesar disso, e ao contrário do que parece vigorar hoje nas redes sociais, não creio que possa ser acusado de expor ou denegrir a figura do presidente do Sporting, apesar da diferença que dele me separa. E assim procuro fazer porque é o presidente do meu clube.

    O juízos que faço e que aqui partilho sobre BdC parecem-me na sua essência e na generalidade justos. Quanto ao pluralismo que diz faltar à linha editorial do blogue, julgo que deveria quer dizer que faltam artigos que se reflictam mais a sua opinião do que a minha, mas contra isso só posso afirmar que os redactores são livres de escrever o que quiserem quando quiserem. Actualmente praticamente só eu é que escrevo e eu só posso escrever o que penso.

    Relativamente a MS mantenho o essencial do post: não é pelo que aconteceu em Paços de Ferreira que merece as criticas a que foi sujeito e que muitas destas surgem condicionadas pelo que sucedeu em Dezembro. Quanto às criticas que lhe faz - passividade, medo, reactivo - nenhum de nós sabe nem saberá se tivesse feito diferente se teríamos ganho ou até mesmo perdido os jogos em questão.

    Como treinador de bancada sempre posso dizer que os piores erros de MS foram a aposta na dupla de centrais de inicio de época - Mauricio e Sarr - que nos custaram muitos pontos e até 1 possível qualificação para CL. Mas como no futebol nem tudo é preto e branco não posso deixar de constatar que p.ex. Paulo Oliveira beneficiou muito com isso, pois os seus primeiros jogos foram decepcionantes, podendo agora exibir-se mais de acordo com o seu valor.

    ResponderEliminar
  20. Grande post.
    O ano passado o jardim fez tb grande trabalho mas sem taça e sem champs. Este ano faltou calma ao presidente (o slb tem melhor plantel e um treinador ha 6 anos, e o fcp tem toda a qualidade que se sabe) pq nos na taça estamos a superar as expectativas (tendo em conta q se foi jogar ao dragao), no campeonato enquanto houve luta estavamos ate melhor que o ano passado e fizemos boa champs e liga europa algo aquem (apesar de tudo, acreditava que aquele wolfsburgo nao ganharia ao melhor scp da epoca).

    ResponderEliminar
  21. Força malta! Ser do Sporting não é concordar com tudo o que a direção faz! Há muitos apoiantes do Brunismo, mas nem tudo o que ele faz está certo! É preciso haver debate só assim podemos ir evoluindo..

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (1) arbitragem (90) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (69) Batota (17) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (13) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (22) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (42) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (1) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (3) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (97) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)