terça-feira, 17 de junho de 2014

De regresso ao Sporting

A selecção está no topo da actualidade mas obviamente que para um Sportinguista o clube nunca é remetido para segundo plano. Por força de algumas limitações de tempo e outras de carácter pessoal ficaram por abordar alguns temas cuja referência me parece incontornável. Fica aqui o registo das principais, em modo semi-telegráfico, sem que isso signifique que alguns dos assuntos não venham a constituir um ou mais posts exclusivos, assim o interesse o justifique.

Tiro no porta-aviões da "cultura de exigência e rigor"
Cultura de exigência e rigor têm sido das qualidades mais referenciadas pelos actuais corpos sociais, especialmente pelo presidente Bruno de Carvalho nas muitas alocuções que tem feito sobre clube. O triste episódio do vídeo de promoção da SportingTV, amplamente referido entre os Sportinguistas, é um exemplo muito concreto do que é precisamente fazer o inverso. O que me chocou mais na peça não foi tanto a falta de qualidade geral, o que até pode ser desculpado pela escassez de meios. Chocante é o plágio de um trabalho sobejamente conhecido e o desleixo de ainda assim publicar o vídeo na página oficial do clube.

As recentes mudanças há pouco efectuadas no sector de comunicação do clube - o despedimento do que restava do corpo de redacção do jornal, a entrega à  empresa Youngnetwork e, quase em simultâneo, a nomeação de Bruno Roseiro como coordenador do novo projecto de média (que poucos dias antes(!) tinha lançado o livro de carácter autobiográfico sobre Bruno de Carvalho "O presidente sem medo" ) - levariam a supor que estes episódios com um "acentuado cheiro ao antigamente" não seriam de todo possíveis.

Esta peripécia é uma péssima saída de jogo que, pelo mau gosto revelado, deixa uma nódoa retinta, lançando dúvidas no ar sobre o que ainda nos possa estar reservado. É muito fácil agitar as águas nas redes sociais com soundbytes, muito diferente é promover a imagem de uma instituição centenária com as responsabilidades e o peso do Sporting.

Títulos em modalidades
Apesar da austeridade o Sporting continua a coleccionar títulos (judo, futsal) e, mesmo perdendo, a discutir até ao final a possibilidade de os ganhar, como aconteceu no andebol. Nesta modalidade há sobretudo que não esmorecer, porque há sinais evidentes de retoma de competitividade, face ao adormecimento à sombra da bananeira, que nos custou a perda de uma hegemonia que tanto nos orgulhava. No judo e futsal os ciclos vitoriosos falam pela qualidade do trabalho desenvolvido, não é possível ganhar tantas vezes por acaso. Notável que se aprofunde a nossa hegemonia nestas modalidades enquanto se aperta o cinto. 

Não fecho este titulo sem prestar homenagem a Deo e Divanei cujo exemplo foi muito além do mero profissionalismo. E também a João Pina, um campeão de judo e de sofrimento que encerra a carreira de titulo ao peito.

"Um dos dias mais felizes da minha vida!"
Foi assim, com esta frase de tão profundo significado, que Gilberto Borges qualificou o regresso do Hóquei em patins ao seio do Sporting, depois do abandono da modalidade e do trabalho de ressuscitação absolutamente notável cuja etapa mais difícil agora termina. Um justo reconhecimento para a equipa de Gilberto Borges, a alma, o coração e sabe-se lá que mais deste projecto. Uma medida justa e, creio, há muito desejada, pelo que merece todo o nosso reconhecimento. O hóquei nacional precisa de um Sporting forte, não apenas pelos pergaminhos do clube na modalidade, mas também como lufada de ar fresco, face aos que foram os últimos anos de guerrilha SLB/FCP.

Muita formação, zero títulos
Muito curiosa a postura habitual dos Sportinguistas relativamente à formação: pouco interessados em suportar as dores de parto e crescimento, quando os míúdos, muitas vezes de forma extemporânea, são chamados a assumir responsabilidades de quem chega com fama de craque, mas cujo proveito pouco mais se faz sentir do que nas suas contas bancárias. Porém, uma vez que se vive em escassez de resultados (vitórias) lá se iça a bandeira da formação para lembrar que as bases das selecções são de alicerces verde e brancos e outras tretas do género. 

A razão mais válida para se apostar em formação é fazer dela uma bandeira com títulos. De outra forma é pouco mais que mera cumulação de frustrações e desenganos. Esse é um desígnio possível não uma quimera. Mas a sua concretização requer muito mais do que os muitos ziguezagues estratégicos ao sabor de quem passa, quase sempre de forma fugaz, pela direcção técnica e institucional.

Pode parecer um contra-senso, mas onde a exigência de títulos menos se justifica é precisamente na formação, cuja principal missão deve estar obviamente centrada na missão de fornecer os melhores jogadores à equipa principal onde, aí sim, a orientação para vencer deve ser total.  

A provar o que acima se afirma está o historial da competição de júniores e juvenis. Entre as décadas de 70 e 90 (inclusive) o Sporting logrou apenas 4 títulos de campeão nacional de júniores, 5 de tendo, nesse período, formado dois jogadores considerados os melhores do mundo (Figo e Ronaldo) e um rol notável de grandes jogadores, cuja nomeação seria até penosa. Nos anos seguintes o Sporting passou a dominar as competições nacionais de formação, sem que isso alterasse o rácio de títulos no escalão sénior. Isto é, exactamente na mesma do que sucedeu quando ganhou poucas vezes.

Isto dito não invalida a avaliação de percurso sempre necessária, mesmo quando se ganha mais do que se perde. Perguntas como:

Que competências têm os treinadores das camadas jovens, quem as avalia, "que", "como" e "quem faz" a prospecção e selecção estão sempre na ordem do dia e cujas respostas poderão ajudar a explicar os resultados ou uma tendência. 

Após o segundo ano da B que balanço fazer? Quantos jogadores foram aproveitados ou podem vir a ser para a equipa B? 

É justificável o corropio de entrada e saída de jogadores como a que se assistiu este ano, com jogadores de percurso de referência no clube e selecções verem os seus lugares ocupados por jogadores de qualidade e até idades duvidosas?

Que evolução se pode assinalar nos jogadores, sobretudo nos que, tendo mais talento, mais se espera? O meio  que o Sporting lhes proporciona é o mais adequado ao seu triunfo ou o contrário?

Que significado e importância tem a  ausência de títulos combinada com o aparecimento de novos actores (os titulos de Guimarães e Braga), bem como a perda de número de jogadores nas selecções nacionais?

Estamos a falar de o fim de um ciclo ou de ocorrências esporádicas, sem exemplo?

Guerra da Guiné perdida
Ninguém terá esquecido o folhetim de Bruma, faz agora um ano. Muitos dos seus mais suculentos episódios estão ainda por revelar, pode ser até que nunca conheçam a luz do dia para a maior parte de nós. O que resulta de mais claro da guerra iniciada com Cátio Baldé é que o Sporting ganhou uma batalha com a venda de Bruma por valores quase impensáveis, mas que, de seguida acumulou 3 derrotas amargas com as saídas de 3 dos melhores e mais promissores jogadores que tinha na formação. Pior foi ter visto encerrado a exploração do filão da Guiné, que o empresário dominava quase em exclusivo e com relações privilegiadas com o Sporting. Os jogadores não perderam, porque permanecem intactas as possibilidades de progredirem nas carreiras. O empresário não deixou de fazer negócios nem coleccionar comissões. O que ganhou o Sporting?

25 comentários:

  1. Tiro no porta-aviões da "cultura de exigência e rigor"
    É isto => É muito fácil agitar as águas nas redes sociais com soundbytes, muito diferente é promover a imagem de uma instituição centenária com as responsabilidades e o peso do Sporting.

    Títulos em modalidades
    Fimde semana saboroso.

    "Um dos dias mais felizes da minha vida!"
    E dos meus também porque cresci a ver o Sporting a ganhar no hóquei.

    Muita formação, zero títulos
    Ui, tanta coisa que me apetecia dizer sobre isto mas vou aguardar mais um ano. Mas não gosto do que tenho estado a ver, isso não.

    Guerra da Guiné perdida
    Que o Baldé é um fdp não surpreende ninguém mas o futebol se fossemos por aí não faziamos negocios com ninguém

    ResponderEliminar
  2. - Tiro no porta-aviões da "cultura de exigência e rigor" -

    Eh páh, qd vi o logótipo que se apresentou para identificar a TVSporting ia-me dando uma coisa… mas que raio de bicharoco sarnento e esquelético é aquele? Coitado do bicho, parece saído duma sessão de quimio… ou então foi electrocutado e sobreviveu.

    A vdd é que já sabia que o vídeo estava mauzinho, pelos comentários lidos, mas assim de vi o logo desisti de ver o video. Até hoje. Assim evito ficar (ainda mais) mal disposto.

    Qt a plágios… já não é a primeira vez… (o programa eleitoral estava cheio deles… Aquilo era uma compilação de anteriores, doutras candidaturas.)

    BdC “o presidente sem medo”… ena c’um catano! Olha, mais um plágio!… Desta feita ao epíteto que deram ao General Humberto Delgado. Esse sim, foi a eleições e lutou contra o regime… Ao invés de andar a mandar bocas. Ainda por cima, foleiras. Morreu, foi assassinado pela PIDE, mas tornou-se num verdadeiro herói do combate à ditadura e pela implementação da democracia e liberdade do nosso País. Por outro lado se o homem (BdC) não tem medo, faz mal, é, digamos, uma cena pouco inteligente. É o medo que nos faz agir, qd existe perigo… Se não existe medo, também não existe… CORAGEM. Não há bem, sem mal, luz sem trevias, etc, etc,…

    Uma ultima nota para o facto de até o Pinto da Bosta ter tido o pudor de esperar 3 décadas e dezenas de títulos dps para lançar um livro enquanto líder de um grande clube… Este nosso presidente ainda agora chegou, e em menos meses de liderança que o outro tem de anos, já se estreou com a publicação de livros! É Obra! Não sei é o que tal obra terá para informar, e, para ser sincero, tb pouco ou nada me interessa. Ttulos conquistados no futebol é que não será de certeza e para ler promessas já me chegam aquelas que lhe oiço desde que se alçou ao seu “cadeirão de sonho”. Dispenso a leitura. Entretanto o autor da Obra, lá arranjou um tachito… e anda a produzir vídeos de…morrer e chorar. (esqueçam o “por mais”, o cliché acaba mesmo a meio…na palavra “chorar”).


    - Títulos em modalidades -

    SCP Bi-campeão de Futsal, aqui mesmo ao lado da minha cidade! Só não conquista um penta porque há dois anos houve batota da grossa… O João Pina é enorme. Um orgulho, termos atletas assim a representar-nos…


    - "Um dos dias mais felizes da minha vida!" -

    O Eng.º Gilberto Borges merece. Finalmente uma luta de década e meia atingiu o abjectivo. Há mais exemplos que seguem estes passos, desde logo no basketball… Mt força para eles.
    Pessoalmente para mim, o regresso do Hóquei é uma excelente notícia. Traz-me mt gratas recordações é dos meus desportos favoritos. Já para não dizer que é uma modalidade histórica no SCP!


    - Muita formação, zero títulos -

    Muita revolução, mt convulsão, zero estabilidade… Zero de surpresa… e Zero títulos…


    - Guerra da Guiné perdida -

    Os agentes desportivos têm cá um medo ao SCP, desde que BdC assumiu a presidência! Ui… até se pelam…

    O que é que o SCP ganhou? Respeito, dizem… Nota-se!...



    E pronto, um abç telegráfico para ti, LdA. Não dá para ser de outro modo, qd a distância (geográfica) é muita! Espero não te dar mt trabalho a moderar comentários. Fica bem.

    ResponderEliminar
  3. O sporting ganhou respeito e muito, agora alguns adeptos é que não ganham respeito de outros, porque acham que o sporting ainda é o de godino ou Bettencourt, força bruno contra os de dentro e os de fora.

    ResponderEliminar
  4. O que aprendemos com o caso Bruma é que o chamado filão guineense desfaz-se ao primeiro interesse que ofereça mais dinheiro, ou seja, não se pode confiar no investimento em qualquer talento ligado ao Baldé porque o interesse é fazê-lo render financeiramente o mais rápido possível.

    Naturalmente que querendo o SCP fazer render desportivamente a sua formação e não apenas financeiramente que a partir daqui o SCP é incompatível com o sr. Baldé.

    JRamos

    ResponderEliminar
  5. Aqui o Relva foi um dos que comprou o livro do Bruno. E que gostou muito do video de promocao do canal de televisao. O Yes man do momento.

    ResponderEliminar
  6. SportingTV: já foi tudo dito, mau de mais :(

    Modalidades: Muito bom. Com o andebol (ganhámos a Taça) teria sido excelente.

    Hoquei: agradeci "directamente" a G.Borges no seu blog. Um grande obrigado por toda a dedicação, sua e da equipa que montou.

    Na "Guerra da Guiné" não vejo grandes alternativas. Que ia o Sporting fazer? Perder também a batalha Bruma? Entrar num leilão de comissões contra PdC/FCP até valores "infinitos"? Nada fácil. Só encontrando uma alternativa ao próprio C.Baldé.

    ResponderEliminar
  7. JRamos,

    Qual é a diferença entre os interesses de Baldé, de Jorge Mendes ou de outro empresário qualquer?

    M.
    linkei os diversos posts que escrevi na altura.A alternativa estava em não ter deixado chegar o processo ao estado a que chegou. Uma vez aí chegados foi muito bom ter conseguido o desfecho alcançado.

    ResponderEliminar
  8. JRamos,

    Qual é a diferença entre os interesses de Baldé, de Jorge Mendes ou de outro empresário qualquer?

    M.
    linkei os diversos posts que escrevi na altura.A alternativa estava em não ter deixado chegar o processo ao estado a que chegou. Uma vez aí chegados foi muito bom ter conseguido o desfecho alcançado.

    ResponderEliminar
  9. Curioso as vossas criticas no tema sporting tv, esquecem é de referir que a SCP TV é 1 sonho tornado realidade por uma direção que tomou posse a 1 ano com o clube em pre insolvência, já as anteriores direções tiveram muitos milhões para gastar mas as comissões e as negociatas eram mais rentáveis.

    ResponderEliminar
  10. Ace-XXI
    do sonho tornado realidade a única coisa que se conhece para já de concreto é a data de abertura e o video referido e comentado. Quando se souber mais certamente que também direi o que penso.

    ResponderEliminar
  11. Gostaria de salientar, as propósito das conquistas do Judo, o imenso mérito de um homem que não aparece frequentemente "sob as luzes da ribalta". De seu nome Pedro Soares, grande Leão, grande Campeão, grande Dirigente, homem a quem o judo nacional e do Sporting tanto devem, nestas e noutras circunstâncias. A ele a minha singela homenagem.

    ResponderEliminar
  12. "JRamos,

    Qual é a diferença entre os interesses de Baldé, de Jorge Mendes ou de outro empresário qualquer?"

    Em relação ao SCP não sei nem na relação um com o outro.

    Em geral há dois tipos de empresários em qualquer negócio os que visam o lucro imediato sem grande preocupação com fidelizar o cliente e os que também visando o lucro o fazem visando ainda a fidelização do cliente.

    SL

    JRamos

    ResponderEliminar
  13. O Virgílio com esse tom nota-se que faz parte do "clube" dos jarretas. Fica-lhe tão mal...

    As luzes dos Camarotes "fascinam" o pessoal do Norte, pelos vistos. Vou vendo as trocas de galhardetes entre os brunistas e os jarretas, e se os primeiros têm desculpa pelo entusiasmo e inexperiência, e por quererem que o seu candidato - hoje presidente - tenha êxito, os outros são uns velhos embirrentos e aziagos que ainda assim, devido à fachada social, conseguem ter alguma influência social sobre outros menos atentos ao que foi a realidade do clube.

    Os segundos quero que continuem a permanecer bem longe de Alvalade. Os primeiros espero que amadureçam e cumpram o que prometeram, incluindo a Sporting TV.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo,
    as consultas de psiquiatria são noutro endereço, lamento não poder ajudar mais do que isto, mas estou solidário, como com a generalidade dos sportinguistas que sofrem.

    ResponderEliminar
  15. Mais nada anónimo, não diria melhor. Aos jarretas aconselho a leitura do bruno, quem adora o sporting lê em dois dias e é uma terapia para o azedume. Pode ser que comecem a perceber o que é o sportig, o enorme sporting.

    ResponderEliminar
  16. Relva,
    o enorme Sporting escreve-se com MAIÚSCULAS! Já o sportig escreve como quiseres.

    ResponderEliminar
  17. A leitura do Bruno? O Bruno só lê clássicos russos Relva.

    ResponderEliminar
  18. jar·re·ta |ê|
    adjetivo de dois gêneros e substantivo de dois gêneros
    1. Que ou quem veste ridiculamente à antiga.
    2. Velhote.

    "jarreta", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/jarreta [consultado em 18-06-2014].

    Pah... Não sei onde me viram vestido ou como sabem a minha "provecta" idade, mas pelos vistos nem uma, nem outra, agradam à "juventude brunista. Nada que me aborreça. Antes isso. Apresentar argumentos que contestem a minha opinião e escrever comentários com conteúdo é que tá quieto.. É no que dá a Indigência intelectual de tal "juventude"...

    Um abraço, putos! E muita saúde! Pode ser que uma dia consigam debater ideias com a malta mais crescidinha. Jarretas ou não...

    ResponderEliminar
  19. LdA,
    permita que recue no tempo para melhor enquadrar a problemática “Catió Baldé”.

    Bruno de Carvalho, logo após a sua eleição, adoptou uma estratégia de criar contínuas “cortinas de fumo” com a finalidade de canalizar a atenção, a energia e a emoção dos sportinguistas para determinados assuntos, que nem seriam os prioritários no início do mandato. Conseguiu que os celebrados investidores, a questão de Jesualdo Ferreira, a saída de Fernando Nunes de Director do Departamento de Andebol, a dispensa de Oceano parecessem assuntos marginais e de menor importância.
    Foi, nesse tempo de muitas frentes de batalha e muita garganta, que a renovação de Bruma se complicou. Sempre considerei que havia duas pessoas que tinham na mão a chave da resolução do caso Bruma. BdC e Catió Baldé.
    BdC por razões óbvias. Catió por ser o tutor de Bruma. Um, o Presidente do Sporting, conhecedor da situação financeira do Clube. O outro é de etnia Fula e faz parte do seu padrão de cultura a negociação e o entendimento para futuros “negócios”. Ambos tinham muito em jogo.

    Quem conhece a persistência de relações familiares e de dependência características da Guiné-Bissau percebe a influência que Catió Baldé exerce sobre Bruma. Em Portugal, Catió substitui a estrutura familiar patriarcal natural. Bruma é Balanta uma das etnias da Guiné onde se verifica com maior impacto essa permanência de relações de dependência. Catió é o “tio” em quem Bruma deposita respeito e confiança. Por trás do smartphone e das roupas à maneira, Bruma é um jovem africano para quem o respeito e a aceitação desse padrão cultural é tão natural como o ar que respira.
    Catió e Bruma comunicam entre si num crioulo guineense carregado que só é entendido pelos iniciados na língua. Aliás, Catió fala fluentemente o Balanta, a língua materna de Bruma. E a língua que se utiliza na comunicação constitui um poderoso factor de cumplicidade e solidariedade. A corda nunca partiria na relação entre o tutor e Bruma.
    Verificou-se que não houve um determinado entendimento, talvez porque a partir de determinada altura ambos correram na direcção do que acabou por ter de ser. E, como cantam os Deolinda, “o que tem de ser tem muita força”!
    Agora, com o novo “episódio”, sabe-se que a corda partiu. Catió Baldé partiu para novos negócios e BdC ficou a ruminar a vingança.

    Fico com a seguinte convicção: no Sporting não existe conhecimento significativo na área da Antropologia, nomeadamente no que se refere a padrões de cultura e as suas persistências em sociedades modernas ocidentais. E isso surpreende, havendo tantos jovens na formação originários de países africanos, não bastando meia dúzia de lugares comuns para intervir com sucesso nessa área.

    ResponderEliminar
  20. Mais uma caixa de comentários fértil em trocas de galhardetes, não tivesse o Sporting problemas enormes para resolver pelos Sportinguistas e até tinha piada. Se toda esta veemência de acusações fosse dirigida contra os nossos adversários, para construir algo para o clube (um núcleo, uma modalidade, um pavilhão...) eramos ainda maiores do que já somos. Vamos lá ao post.

    Tiro no porta-aviões da "cultura de exigência e rigor"

    Não estou entusiasmado com a Sporting TV, julgo que nos falta ainda maior massa critica de desporto para encarar este projecto com possibilidades de sucesso. Centraria as minhas forças e recursos num muito melhor aproveitamento das plataformas que já existem nomeadamente o site do que a construir novas. A única coisa boa que lhe detecto é poder ser uma nova fonte de receitas, mas em primeira instância será uma fonte de despesa (leia-se investimento) antes de dar frutos.

    No anuncio só me chocou a ausência da nossa camisola, de resto para arranque do canal não espero muito melhor qualidade do que aquilo, vide projectos concorrentes similares. Infelizmente não vou poder acompanhar a evolução porque vai ser transmitido na MEO e ZON e não sou cliente de nenhuma.

    Títulos em modalidades

    Quem faz desporto adapta-se depressa à austeridade e tem sempre soluções, seja nas épocas magras seja nas gordas. Quem compra títulos no supermercado, também, fecha secções quando não pode comprar 10 atletas para competir para campeão e abre secções quando descobre mais um poço de petróleo. Felizmente somos um clube desportivo e não um entreposto comercial ou uma organização criminosa que utiliza o desporto para lavar dinheiro... Venham mais títulos e principalmente mais desporto, mais atletas, mais treinadores, mais seccionistas, mais sócios e adeptos, é assim que se faz um clube tão grande como os maiores da europa.

    "Um dos dias mais felizes da minha vida!"

    Toda e qualquer modalidade terá o seu lugar no Sporting logo que existam sócios e adeptos dispostos a "forçar" essa realidade perante os órgão sociais é essa a lição de Gilberto Borges, foram muitos anos de trabalho na sombra, de falsas partidas, de ilusões e desilusões, mas ele e a sua equipa queriam algo que ninguém lhes podia negar, Hóquei em Patins praticado no Sporting a todos os níveis do mais baixo ao mais alto. Imagino que para eles seja uma alegria enorme e a materialização do sonho que ajudou a ultrapassar as permanentes dificuldades, para mim também foi, para ele o meu obrigado e um pequeno aviso. As dificuldades agora vão decuplicar ... mantenha a cabeça fria, a tenacidade habitual, os pés no chão e o coração no Sporting!

    Muita formação, zero títulos

    Em desporto não há caminhos pré determinados que garantam o sucesso. Títulos em camadas de formação é sucesso? Produzir "melhores jogadores do Mundo" é sucesso? E porque não treinadores? Ou árbitros? Ou dirigentes? A maior chancela do sucesso da aposta na formação que o Sporting fez é a quantidade de atletas vindos da nossa cantera que actualmente joga ao mais alto nível profissional, seja no mundial, nas ligas portuguesas e pelas ligas internacionais.

    Preocupa-me hoje ver uma tendência que se está a desenhar de contratar estrangeiros para a equipa B, seria uma boa estratégia se nos escalões anteriores o Sporting não tivesse a melhor formação do mundo, era aqui que eu apostaria e deixava as apostas num eventual jackpot para a equipa sénior A.

    Sobre os títulos de Guimarães e Braga apenas um comentário, em Guimarães faz-se desporto, não é um ciclo é natural, já aproveitamos várias vezes aquela escola e ela vai continuar a dar jovens à equipa principal do Vitória, nomes como Pedro Barbosa, Custódio ou agora Paulo Oliveira, são exemplos entre dezenas jogadores. Braga é um entreposto comercial, quando sair o dinheiro... acabam os títulos.

    Guerra da Guiné perdida

    Já temos uma Academia Sporting na Guiné? De que estamos à espera? Se é um mercado que nos interessa é passar por cima do intermediário e ir trabalhar para a fonte.

    ResponderEliminar
  21. Certas pessoas aqui destilam um ódio por esta nova direcção do Sporting que vai muito para além da "critica construtiva".

    O entusiasmo revelado por cada coisa que falha nos planos desta direcção, as inúmeras linhas que se escrevem e o tom odioso que se usa a criticar os maus feitos e os falhanços...

    Tenho pena que não façam o mesmo para referir os bons...e têm havido alguns. Mas para isso utilizam-se apenas pequenas referencias ao de leve..nada de directo porque custa muito. Ou então simplesmente não se apareçe...

    Imagino o que seria hoje o Sporting, se por exemplo a equipa de futebol não tivesse conseguido este 2º lugar(que pareçe que so aconteçeu graças a LJ), e tivesse aconteçido apenas o 3º ou o 4º que se calhar se esperava...

    Sou sócio do Sporting como muitos de vocês aqui são. Se calhar não estou é tão bem informado...

    Se este individuo Bruno de Carvalho é assim tão mau, então peço vos que salvem o Sporting deste bandalho incompetente e arrogante. Façam o que outros já fizeram a pouco tempo, corram com ele e apoiem outro qualquer que seja melhor. Desde que o Sporting ganhe é-me igual. Acho que nisto concordamos todos.

    Pelo contrario, se o que vos guia é só o odio(seja ele por aquilo que for), então não falem mais do que os outros faziam antigamente, como se fossem melhores ou mais inteligentes...porque voces, mais asneira menos asneira, mais palavra cara menos palavra cara, são a mesmíssima coisa do que outros já foram antes...

    ResponderEliminar

  22. G@rfield disse...

    Virgílio, estamos aqui para trocar ideias e não para nos aborrecer uns com os outros. SOMOS TODOS MESMO CLUBE. Não apoiei a candidatura de BdC, talvez por ser demasiado conservador, e ter uma ideia de continuidade, são talvez "jarretices" mas ele hoje é o presidente do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, e francamente agora só para nós que ninguém nos houve, está mesmo a surpreender, e até os mais cépticos, estão rendidos à sua gestão.

    Virgílio, os seus comentários são sempre uma referência, mesmo que sejam controversos, quem comenta está sempre sujeito a opiniões diferentes, e estou em querer que no próximo post, cá estará para nos dizer das suas convicções sobre a matéria em causa.

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  23. PedroC

    temos algumas diferenças de opinião, o que deveria considerar normal. E separa-nos também uma enorme diferença de actuação: eu nomeio os objectos das minhas criticas, não me fico por vagos "certas pessoas".

    ResponderEliminar
  24. Zargo,
    Não vou pormenorizar, por falta de interesse, mas posso-lhe assegurar que conheço muito bem a realidade de que fala e que tão explanou. Não a conhecer ou pensar que se lhe poderia sobrepor foi provavelmente um dos factores que contribuíram para o desfecho hoje conhecido.

    ResponderEliminar
  25. Caro G@rfield,

    Agradeço a sua preocupação, mas garanto que há mt deixei de me aborrecer por causa da blogosfera leonina... Sinceramente, mts das “festinhas” de que por vezes sou alvo até me divertem. Às vezes respondo às “provocações” apenas pq tenho tempo e espero divertir-me um bocadinho mais… Esta do jarreta está super engraçada. Mais ainda pq quem o fez ou não sabe o significado da palavra ou baseia-se num preconceito, uma vez que não me conhece de lado nenhum, nem sequer a minha opinião sobre os anteriores presidentes / CDs do SCP. Pq se conhecesse, pura e simplesmente não o faria… Enfim, mas fez e assim acaba apenas por demonstrar aquilo que é: um ignorante.

    Note uma coisa, nunca levei a mal terem opiniões diferentes da minha e quem me conhece (mesmo superficialmente e apenas do que vou partilhando por aqui) sabe bem disso. Altero a minha opinião na boa, já o fiz várias vezes, desde que me provem estar enganado. Dito isto, não deixarei de emitir a minha opinião sp que puder e me apetecer. Se é ou não controversa, se agrada ou não, se vai contra ou a favor da corrente, pouco me importa. É a minha e apenas obedeço à minha consciência.

    Retomando o post, mantenho tudo o que disse e ainda reforço que acho uma enormidade o lançamento daquele “livro”... Não vejo interesse, não vejo sequer uma justificação plausível, isto é, algo que beneficie (mesmo indirectamente) o SCP. Não vejo nada, a não ser “lambucismo” de um (Roseiro) e vaidade ou reforço propagandístico do outro (BdC).

    Mais uma vez: o LOGO escolhido para a Sporting TV é horrível e o vídeo não o vi… Mas é qs unânime de que está tb ele uma valente desgraça. Tem pouco importância, é vdd, mas era o primeiro tema exposto no post do LdA para todos os leitores emitirem a sua opinião nesta caixa de comentários. E tem a sua pertinência! Pq quem apregoa qualidade e exigência não pode, depois, contrariar na prática o próprio discurso de uma forma tão grosseira… Acho eu. No mínima existiu aqui clara gegligência.

    Sobre a forma como o SCP se relaciona no mercado e sobre o conflito com o Bruma no ano passado, não adianto mais nada, até pq na altura própria me pronunciei. Só espero que a coisa não se repita com outros agentes / jogadores da formação… Mas não vejo nada que me garanta que tal não venha novamente a suceder-se… Repare que agora até Dier aparece como activo a vender…É só um exemplo da minha preocupação relativamente a esta temática. Entretanto o filão Guiné, perdeu-se... E outros Brumas tão cedo não vão chegar à nossa Academia.

    SL

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)