segunda-feira, 25 de maio de 2009

A.A.S. a Norte

Começa hoje um ciclo dedicado à audição das listas concorrentes às eleições dos corpos sociais do Sporting Clube de Portugal. A inauguração cabe à A.A.S, na voz de Pedro Silva, seu presidente, que aqui estará, entre as 11.00h e as 15.00h, para responder às perguntas que entendam colocar. Esta, como as que contamos se sigam, é uma entrevista entre Sportinguistas e para Sportinguistas.

A questão incontornável é o porquê da constituição de uma A.A.S? Isto porque em princípio, essa associação, e em última análise, será o clube.
Em primeiro lugar, a Associação de Adeptos Sportinguistas, AAS (lê-se "ás") nasce por via da necessidade sentida por um grupo de sócios do clube em poderem trabalhar e contribuir para o seu clube de forma organizada e metódica. É mais fácil empreender determinadas tarefas em conjunto e apresentá-las ao clube, em nome da AAS, do que a nível individual. E exemplos disso não faltam. Por outro lado, podemos, em conjunto, aumentar a capacidade de realização de iniciativas do que de forma isolada e desagregada.
Depois surgiu a dificuldade do nome. Que nome dar a esse grupo, associação? Entendemos colocar a palavra "adeptos" no nome pois queríamos que esta Associação fosse direccionada para todos os sportinguistas. Identificámos já na altura a preocupante perda de associados, pelo que "abrindo" a Associação a adeptos poderíamos trazer os sportinguistas de volta, ajudar a envolvê-los mais no clube e fazê-los sócios do clube. Nalguns casos, de novo.
De resto, a Associação de Sócios Sportinguistas é...o Sporting Clube de Portugal.

Como qualificariam as relações mantidas com o CD cessante?
Muito boas! Todos os orgãos sociais do clube, ou quase todos, conheciam já muitos dos membros fundadores da AAS. Sempre mantivemos uma relação de respeito entre todos apesar de, em determinados aspectos – muitos deles fulcrais, termos diferentes visões de clube.
Tivemos algumas reuniões com a Direcção do clube sobre a AAS e as suas iniciativas, procurando sempre aquele que será sempre o parceiro natural da Associação – o Sporting, claro! Sempre bem recebidos na máxima cordialidade.
Não obstante, tomámos posições contrárias, em determinadas circunstâncias, ao Conselho Directivo, o que diz bem da nossa independência e forma de estar.

Frequentemente troco ideias com outros Sportinguistas e em muitas dessas ocasiões os meus interlocutores revelam pouco conhecimento sobre a vossa associação e actividades desenvolvidas. No entanto, após um ano de existência, são já vários os vossos empreendimentos. A que se deve essa aparente ignorância?
As pessoas vão conhecendo aos poucos. Por um lado, as pessoas tendem a confundir, numa primeira instância, a AAS com uma claque. Este conceito de Associação de Adeptos não existe em Portugal e viemos ocupar um espaço que tem muito para progredir. Aos poucos, as pessoas vão-se apercebendo das diferenças entre uma Associação de Adeptos e uma claque. E vão procurando conhecer um pouco melhor os objectivos no nosso site e por email. Aos poucos, a divulgação na imprensa torna-se mais fácil. Hoje, a capacidade de penetração na comunicação social, por parte da AAS, é substancialmente diferente do que era há um ano atrás. E assim continuará, pois o nosso trabalho não se esgota hoje ou amanhã.
E isso é algo que as pessoas que connosco contactam se apercebem. De que isto é um projecto nosso – dos sportinguistas, e que podem colaborar, se assim o desejarem. Esta é a única publicidade que queremos.

Quer-me enunciar algumas das realizações mais relevantes ou que lhe são mais queridas?
Destacar, destaco "A REDE" e a "AAS TV". Dois projectos únicos no país, que podem trazer muito valor acrescentado ao clube. Isto sem qualquer custo para quem neles participa e sem qualquer obtenção de lucro por parte da AAS.
"A REDE" é um projecto destinado aos núcleos, sobretudo. A AASTV, um canal de televisão online que está em fase piloto.
Mas o prestígio que entretanto granjeámos na Europa deixa-nos orgulhosos. Ter conseguido colocar Portugal e o Sporting num relatório pedido pela UEFA sobre o futebol europeu e os seus adeptos, não é um feito mas foi um bom principio. Ter conseguido falar com a UEFA, reunião que nos demorou 4 meses a preparar foi também gratificante.

Criaram a REDE, qual tem sido a receptividade dessa V/ iniciativa junto dos núcleos?
Quando lançámos "A REDE" sabíamos que o único jogo que poderia ter algum impacto seria a final da Taça da Liga no Algarve. Mas foi um projecto lançado a pensar na próxima época e assim será.

Que Planos prevêem para dinamizar a AAStv, uma ideia pioneira na blogosfera/internet?
No curto prazo, contamos conseguir transmitir um jogo das camadas jovens em diferido, uma vez que para fazer directos precisamos de uma boa ligação em upload. Será uma primeira experiência. Para isso esperamos ter o apoio do clube, pois a sua autorização é crucial para tal concretização.
Tencionamos, igualmente, fazer a mesma entrevista aos dois actuais candidatos a Presidente do Clube, em separado e depois editá-la e mostrar o que cada um diz para a mesma pergunta.
Iremos propor um debate entre os candidatos a transmitir em directo via net. Estas duas iniciativas estão em curso no momento.
Procuraremos expandir a nossa rede de colaboradores a todos o país para permitir a realização de reportagens também fora de Lisboa, nos núcleos aquando dos seus eventos. A tal colaboração que todos podem ter e que falava antes.

Por vezes em alguns comentários noto pouca simpatia pelas vossas posições. Estou-me a lembrar p. ex. de alguns comentários ao vosso comunicado após o desaire com o Bayern de Munich, em que alguns viram nas vossas palavras ameaças veladas ao treinador. Quer comentar?
Verdade que muitos viram ameaças onde não existiram. Também já ouvi dizer que a AAS fez faixas para apresentar nos estádios. Nada mais falso. A Associação de Adeptos Sportinguistas, e para que fique claro de uma vez por todas, não faz nem fará qualquer acção de bancada. Essas deixa-as para os grupos organizados – claques pois é esse o seu "terreno".
Mas se olharmos para trás, este ano os adeptos e sócios do Sporting foram, no mínimo, desconsiderados, bastantes vezes. Desde "mandarem os sócios ficarem em casa", apelidar os sócios que reclamam de "cães" (ainda que numa metáfora, utilizando um ditado popular), até comparar com os adeptos do rival...Aí foi o momento de dizer "Chega!". Quantos clubes na Europa podiam-se orgulhar de ter os seus adeptos, depois de serem goleados em casa numa competição europeia, em massa a fazer cerca de 300km (os de Lisboa) para apoiar a sua equipa contra o Porto? 2000! Com aquele apoio todo durante o jogo que foi alvo de elogios de toda a imprensa? Relembro que a célebre "faixa da discórdia" foi apresentada por alguns adeptos somente durante o aquecimento!
Não esperem que sejamos politicamente correctos quando sentirmos os nossos direitos, deveres e o respeito que entendermos ter direito, enquanto sportinguistas, a ser colocado em causa.
E digo mais...algumas das atitudes referidas, em Inglaterra, dariam lugar a valentes castigos por parte do próprio clube!
Mas são episódios passados e ultrapassados, esperamos!

No âmbito das actuais eleições cheguei a pensar que a AAS ia apresentar uma lista própria ou apoiar um candidato. Tal não sucedeu. Porquê?
Falámos com duas pessoas que entendemos terem perfil para avançar. Pessoas diferentes, mas as duas com bastantes apoios. Duas pessoas que, por razões pessoais, entenderam não poder fazê-lo e tivemos que respeitar tal decisão. No entanto, sempre deixámos bem claro para com essas pessoas que íriamos avançar sózinhos ao Conselho Leonino.
Não contactámos as pessoas, portanto, para "pedir boleia" pois a nossa estratégia estava definida há muito tempo. Fizémo-lo porque entendemos que seriam pessoas que poderiam fazer muito bem ao clube e isso é o que nos interessa!

Têm uma posição oficial relativamente às outras listas que concorrem aos restantes Órgãos Sociais do Clube?
Temos. Não iremos apoiar nem manifestar intenção de voto a nenhuma das listas. Estaremos, nestas eleições, totalmente independentes, do lado do Sporting!

A AAS acabou por apontar baterias para Conselho Leonino, um órgão social que não goza de qualquer prestígio junto de grande parte dos adeptos do clube. Porquê?
Precisamente por isso!
O Conselho Leonino não goza de prestígio, não por culpa do orgão em si mesmo ou dos estatutos, mas por culpa, única e exclusivamente, das pessoas que o compõem. Impõe-se uma renovação de mentalidades, novos hábitos, sangue novo e muita energia em trabalhar para o clube e ajudar a nova Direcção do Clube, seja ela qual for. Respeitando, para tal, o disposto nos estatutos do clube!
As pessoas que nos conhecem sabem bem que não podem contar connosco para, durante quatro anos, reunir de vez em quando para inócuas conversas de café. Isso, connosco no CL não irá suceder. Seguramente! Temos consciência que não será fácil alterar este status quo, mas não desistimos e esperamos, daqui a 4 anos poder dizer que, hoje, o CL é olhado de forma diferente pelos sócios.

Acredita que é possível transformar por dentro uma organização que, nos últimos anos tem parecido pouco menos que inútil na definição dos destinos do clube? Sinteticamente explique como?
Naturalmente não se pode mudar nada se quem decide não quiser ouvir. Mas o problema é que a abordagem do "bota-abaixo" típica da "chamada oposição" connosco não pega. Podemos criticar determinadas situações, mas procuraremos ter sempre um espírito construtivo, de auxiliar a Direcção pois em causa, estará sempre o nosso clube. E se somos todos sócios da mesma associação – Sporting Clube de Portugal, devemos fazer o nosso melhor para o fazer crescer!
Acreditamos que o próximo presidente do clube, olhando para esta abordagem, terá em conta a mais valia de ter um grupo deste género no clube, com a tal nova energia, dinamismo e, ainda assim, espirito crítico.
Têm propostas muito concretas para a aproximação do clube aos sócios. Como acha que chegamos a este ponto de vermos Alvalade meio vazio e menos de 30 mil sócios pagantes?
Creio que são várias as razões, todas combinadas e com diferentes graus de ponderação para o resultado final, consoante a pessoa. Começou por ser o horário dos jogos – sextas e segundas à noite, o preço dos bilhetes excessivamente caros, a qualidade do futebol praticado é, indubitavelmente, mau...
Hoje verifica-se que o Sporting joga sempre, maioritariamente ao Sábado e Domingo, os preços estão mais acessíveis e as pessoas continuam a não ir ao estádio. E todos se queixam da qualidade de jogo...as pessoas gostam de ver artistas no relvado, gostam de ver espéctaculo, gostam de ver magia com a bola, os bons golos, as boas fintas e, claro, as vitórias!
Preocupante são até aqueles que pagaram Gamebox e não vão ao estádio por opção...estes são aqueles que, muito provavelmente, não renovarão.
A próxima época tem que dar um salto qualitativo no que a este ponto diz respeito (qualidade de futebol).

É possível a concretização o curto prazo do sonho dos Sportinguistas de terem um pavilhão perto do estádio? Como?
Há soluções! Que, segundo sabemos, dependem da CML. É incompreensível como se ignora o poder do lobby com a CML. Existe um terreno, junto da actual GALP que poderá dar para um pavilhão para cerca de 2000 pessoas. Agora há que pressionar seriamente a CML para considerar a permuta de terrenos que será proposta, ou poderá ser, pelo clube e rapidamente. Até aproveitando o facto de estarmos em eleições e o clube ter sido já bastante prejudicado, financeiramente, pelas sucessivas demoras da CML...a continuar assim, talvez seja hora de ponderar ressarcimentos por parte desta...

É possível um modelo competitivo para as modalidades mais ambicioso do que o que vem registando, dentro de um quadro de sustentabilidade financeira?
O Pavilhão é fundamental para as modalidades!
Defendemos que, caso passe mais algum activo do clube para a SAD, que fique maior percentagem de quotização no clube. Hoje, apenas 25% da quotização se destina ao clube.
Alavancando o número de sócios, poderemos aumentar as receitas de quotização e ajudar as modalidades a sobreviverem. Podemos, igualmente, dividir as receitas de merchandising por todas as modalidades do clube, na proporção do seu orçamento. Naturalmente que o futebol continuaria a ficar com a fatia maior, mas pequenas quantias para certas modalidades fazem a diferença.
No lado das modalidades, é indubitavel que devemos dar prioridade à formação. Seguindo o exemplo do hoquei em patins. Lançar projectos a 4/5 anos, para que possam crescer de forma sustentada, sem provocar desequilibrios no clube.
O lançamento e acompanhamento de modalidades que funcionem em contra-ciclo com o futebol pode ter uma importância extrema no tal aumento do número de sócios. Aproveitar o futebol de praia, que se joga nas praias junto das famílias e dos diversos grupos de amigos, e o ciclismo que percorre todo o país, aliando-lhes uma forte máquina de marketing pode ser decisivo em fazer chegar o clube mais além.

O futebol, a modalidade que mais apoiantes atrai ao clube, não merece recomendações especiais no vosso programa. Estão satisfeitos com o actual estado do futebol leonino?
Repara que, as medidas que apontamos no nosso programa, não as poderemos executar directamente, uma vez que o Conselho Leonino tem um caracter consultivo e não executivo. Acho que é a primeira vez que uma lista ao CL tem um programa deste género, o que diz bem da Reforma que lhe pretendemos imprimir. Mas decidimos fazê-lo para que as pessoas saibam o que pensamos sobre determinados temas.
O futebol, sendo o core-business do clube, acaba por ser mais consensual, no que ao seu modelo de gestão diz respeito – a internacionalização da Academia para aumentar a prospecção de talentos, sobretudo. No entanto, podemos adicionar que defendemos a existência de um Gabinete de Scouting também ao nivel senior, o estabelecimento de dois modelos de jogo a utilizar pelo clube de forma transversal nas suas equipas – evitando jogar com extremos nos juniores e sem extremos nos seniores, a integração de velhas glórias no clube e na sua formação, etc etc.

Acham que a data de eleições ajustada aos interesses do clube? Quando os nossos adversários já programam a próxima época nós não sabemos ainda quem será o próximo director para o futebol.
Estas eleições podiam ter acontecido um mês antes. De acordo com os estatutos, poderiam ter sido marcadas para o ínicio de Maio, o que, em boa verdade, defenderia bem mais os interesses do clube no que à preparação da próxima época diz respeito. Mas o actual Conselho Directivo decidiu marcar uma AGE para aprovar um referendo válido apenas para uma outra AGE e...
As eleições no clube deveriam suceder mais cedo, quiçá por finais de Fevereiro, inicio de Março para dar tempo à nova equipa directiva de preparar condignamente a nova época, ao mesmo tempo que permite à anterior Direcção atacar o mercado de Janeiro, caso tal seja necessário.

Face ao actual panorama, de evidente fractura entre Sportinguistas, como projectam o day-after eleitoral e qual será o papel que a AAS deseja desempenhar?
Apenas esperamos que o próximo Presidente seja o Presidente de todos os Sportinguistas!
Não o Presidente das maiorias, ou o Presidente das minorias, mas o nosso Presidente.
Nós faremos tudo para trazer novos e velhos sportinguistas para o clube, envolvendo-os e fazendo-os ver que podem ajudar o clube! É preciso que todos percebam que não podemos "pensar naquilo que o Sporting nos pode oferecer", mas sim naquilo que "podemos oferecer ao Sporting". Esta é a nossa visão!
Uma coisa distingue decisivamente esta candidatura. No dia 6 de Junho, todos continuarão a conhecer a AAS, a saber como contactá-la e a exprimirem os seus desejos, sugestões, críticas e desabafos como o faziam no dia 4 de Junho! As outras listas, especialmente as que perderem, desaparecem como sempre.

Qual o balanço que fazem do decurso da campanha eleitoral (em termos genéricos,falando das outras listas, se assim for entendido) e qual a receptividade que têm encontrado junto dos sócios para as vossas propostas?
Tem sido uma agradável surpresa! Muitas pessoas não conheciam a AAS, como é normal, e ficaram a conhecer. Aprovaram o programa na totalidade ou quase na totalidade, conversam bastante connosco nas nossas iniciativas e revêm-se naquilo que pretendemos transmitir. Seja qual for o resultado das eleições, esta é já uma pequena vitória – conseguir obter este reconhecimento por parte de outros sportinguistas que não conhecíamos!
De realçar, igualmente, que a votação para a lista do Conselho Leonino é independente das outras, pelo que os sócios poderão votar numa determinada lista para o Conselho Directivo e na lista da AAS para o Conselho Leonino.
Termino deixando um abraço aos editores e leitores do "A Norte de Alvalade", destacando o vosso trabalho em promover o nosso Sporting, no qual a recente entrevista ao nosso Morais é um exemplo fantástico! Continuem o bom trabalho!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)