sábado, 22 de junho de 2013

"Um clube, um presidente" vale a pena ler

Futebol a 3. Não se pode dizer que seja novo um blogue que existe desde 2011. Mas passou despercebido  durante este tempo todo até o porem debaixo dos meus olhos, neste caso na Bancada Nova,.do PLF. Uma lufada de  ar fresco de inteligência, sentido crítico e equilíbrio cada vez mais raros na blogosfera a verde e branco. É a nova entrada do blogue roll desta casa, depois de duas anteriores, também importantes: A Casa Sportinguista e o Camarote Leonino, aos quais cheguei através do Autêntico, Sporting, do MM. Voltarei depois ao tema AG.´

Artigo no Futebol a 3:

"O Sporting tem que dar, rapidamente, um passo em frente na forma como olha para si mesmo. É urgente fazê-lo, sob pena de a autofagia se tornar incontrolável. O Sporting tem muitos inimigos fora do Sporting mas estou convencido que os seus piores inimigos estão dentro de casa. E o presidente BC precisa urgentemente de dar a volta a esta situação. Ele, que é um grande sportinguista, tem que ser o motor desta mudança. E, a meu ver, tudo deve começar nas suas palavras e nas suas ações.

Vamos por pontos, porque este é talvez o mais sério e relevante post que escrevo neste blog desde que por aqui comecei a debitar atoardas:

1. Para muitos sportinguistas, o Sporting viveu 17 anos num regime, citando Luís Filipe Menezes, "sulista, elitista e liberal" (os mais novos terão que googlar isto para perceber onde quero chegar). Um regime fechado sobre si mesmo, onde os mesmos iam rodando entre si a cadeira do poder, numa pura lógica de continuidade. 

2. Para esses sportinguistas, o sportinguismo afere-se em função do momento em que "acordámos para a realidade": 
a) uns, os (supostos) "grandes sportinguistas", viram logo (génios...) que o "projeto Roquette" ia levar o clube para o abismo; 
b) outros apenas acordaram com a saída de Dias da Cunha, são bons sportinguistas; 
c) outros, ainda, após a saída de Soares Franco (onde me incluo, serei um sportinguista de meia-tigela); 
d) os que apenas acordaram para a realidade com JEB são um pouco otários, "mas ainda bem que viram a luz";
e) os que ainda votaram Godinho são os "lambuças" (que apoiavam os "croquetes").

3. Esta forma de analisar e viver o Sporting e o sportinguismo repugna-me. Mais: enoja-me. É típica de quem não percebe o Sporting enquanto clube e o futebol em particular. É típica dos que não percebem que a paixão por um clube vai muito para além de vitórias e conquistas, é um sentimento de paixão, de comunidade, de valores que vai muito para além disso. Diria que é típica dos adeptos dos nossos rivais (e não incluo aqui os meus companheiros de blog, razão pela qual, aliás, tenho a honra de com eles partilhar este espaço) que continuam sem perceber porque carga de diabos um clube que nada ganha continua a ter 3 milhões de adeptos e simpatizantes.

4. Para mim, que entendo que o Sporting precisa de novas ideias e novas estratégias pelo menos desde 2009 (razão pela qual não votei nessas eleições, JEB vs PPC), o presidente eleito foi sempre o "meu" presidente. Sim, JEB foi o "meu" presidente. Sim, Godinho Lopes foi o "meu" presidente. E, claro está, BC é o "meu" presidente. Presidentes esses que fui sempre criticando, claro está, porque nenhum deles esteve ou está imune à crítica. E porque nem sempre me revi na postura, na estratégia ou na política desportiva. Mas desejei sempre o sucesso de cada um, porque o sucesso de cada um seria, em qualquer caso, o meu sucesso.

5. Esta postura dos sportinguistas que acima descrevi agudizou-se nos últimos meses do mandato de Godinho Lopes. E agudizou-se, tristemente, em função dos resultados da equipa de futebol profissional. Porque ninguém se lembrou dos "lambuças" e dos "croquetes" quando arrumámos o City. Aí, todos estavam felizes. Já este vosso amigo, apesar de feliz, escreveu isto em Março de 2012, por razões apenas relacionadas com a estratégia desportiva. Ou seja, critiquei, e muito, a direção de Godinho Lopes. Disse que não acreditava nele. Disse que não acreditava em Sá Pinto, aliás disse-o várias vezes. Mas uma coisa é criticar, outra bem diferente é julgar os outros por parvos só porque apoiam. Aí é que está o grande problema.

6. A partir de Outubro de 2012, o clube partiu-se em 2 blocos: os "lambuças" e os "brunistas". Os primeiros acusados pelos segundos de apenas quererem manter a dinastia do "croquete", os segundos acusados pelos primeiros de quererem a revolução a todo o custo. E fomos para eleições.

7. Ganhou Bruno de Carvalho. A partir daí, pensava eu, o Sporting unir-se-ia à volta do novo presidente, de novas ideias e de novas estratégias. Mas nada disso aconteceu. E porque não aconteceu? Essencialmente, por 3 motivos:

(i) com muita pena minha (porque, apesar de não ser um entusiasta, simpatizo com BC e porque já lhe disse que lhe darei todo o apoio de que precisar), não posso deixar de responsabilizar BC em primeiro lugar. O presidente do Sporting mantém uma linha de discurso que não tem como prioridade alcançar todos os sportinguistas mas apenas manter a sua base de apoio. Se não é assim, é o que parece. O discurso de BC, sinceramente, faz lembrar o de um político a trabalhar para as próximas eleições. Não se lhe ouve palavras de um "presidente de todos os sportinguistas". Ouve-se "o Sporting é nosso outra vez". Se é "nosso", significa que já não é "deles"? Quem somos nós? Quem são eles? Enfim, deixemo-nos de brincadeiras: compete a BC fomentar um discurso de união, tão apregoado durante a campanha eleitoral. O atual discurso de BC não está apenas a por de lado quem geriu os últimos 17 anos de Sporting: está a alienar quem, no seu pleno direito, apoiou essa gestão (e se sente insultado, magoado e esquecido por BC). É urgente um virar de agulhas para um discurso unificador, pacificador e agregador.

(ii) o segundo relaciona-se com a postura dos "vencedores". Os "brunistas", a cada intervenção positiva de BC, não se regozijam com o facto de o clube estar a ser gerido como eles querem. Nada disso. Regozijam-se com o facto de "finalmente" termos um presidente, ao contrário do que diziam os "lambuças" e ao contrário do que faziam os "croquetes". E a cada intervenção menos feliz de BC, temos a histeria dos "brunistas" perante aqueles que se limitam a dizer, cordatamente, que não concordam. Podem ver diversos exemplos aqui, nas caixas de comentários, ou neste post, em que o insupeito blogger, para não variar, é acusado de ser (guess what?) "lambuças". Em suma, atiram à cara dos "lambuças" o que BC faz de bom; e acusam de ser... "lambuças" todo aquele que simplesmente diga que não concorda com BC, ainda que o faça de forma séria e construtiva (...). Aos "vencedores" recomendaria, apenas, que percebam que não ganharam nada. Só ganham quando o Sporting ganhar. Que é o que desejam eles, mas é também o que desejam todos os sportinguistas. Todos.

(iii) o terceiro relaciona-se com a postura dos "vencidos". Poucos aceitaram a derrota com fair-play, é verdade, e alguns não se conformam com a postura de BC e dos brunistas. No entanto, os "vencidos", a meu ver, reagem pior aos brunistas do que ao próprio BC. É que BC, apesar de tudo, limita-se a não os "procurar". Já os brunistas procuram os vencidos para lhes atirarem à cara o que de mau foi feito antes e o que de bom se faz agora. E isso gera a revolta dos "vencidos". Aos vencidos recomendo, apenas, que esqueçam os brunistas e se concentrem no Sporting. Não é preciso apoiar tudo o que faz BC ou sequer deixar de criticar as suas palavras ou as suas ações. Basta que percebam que a estratégia "anti-brunistas", como qualquer estratégia que tenha como único móbil o "antiqualquercoisismo", não pode trazer nada de bom. 

Enfim, fica aqui o meu modesto contributo, com uma nota zandingueira: enquanto os sportinguistas não derem a volta a isto, vamos continuar a assistir, com tristeza, a uma luta desigual: um Sporting dividido contra um Benfica muito próximo da união e um Porto cada vez mais unido. Eu nunca deixarei de criticar BC ou quem quer que seja porque penso pela própria cabeça. Mas fá-lo-ei numa lógica construtiva e não para derrubar BC. Tenho dito."

16 comentários:

  1. Eu sempre apoiei (até ao limite...)todos os presidentes eleitos para o Sporting, porque simplesmente cada um deles foi o "meu presidente", como o é agora Bruno de Carvalho...

    Nesse caso fui..: "croquete", fui "lambuças" e serei agora "brunista", mas acima de tudo e de todos, fui e sou sportinguista...!

    E por isso apoiei os outros, na plena convicção de que eles fariam o melhor pelo Sporting e por isso também...apoio agora Bruno de Carvalho, por estar não só convencido de que ele vai fazer o Sporting (com a ajuda de todos os sportinguistas...) voltar a mostrar o seu real valor, mas mais do que isso...convencido que não termos nova oportunidade, para recolocar o Sporting no seu devido lugar...!

    Por isso...deixem-se de "lambuzices", "croquetices", ou de " brunhices" e agarrarem-se à última hipótese de salvar o Sporting...!!

    Sporting Sempre...!

    ResponderEliminar
  2. Acho que vai demorar muito tempo até termos essa chamada união.

    É claro que o discurso de BC pode não ajudar, mas não nos podemos esquecer que o Sporting esteve ou ainda está em risco de fechar portas.
    É normal que uma facto destes "fractrure" o clube entre aqueles que o levaram a este estado e aqueles que não queriam que o Sporting seguisse este rumo.

    Para o Sporting conseguir alguma união precisam-se de vitórias e que este passado recente fique na história do clube como o "momento do quase estivemos para acabar".....

    ResponderEliminar
  3. Continua o mito do projecto Roquette quando até os lampiões já deixaram de falar no Vale e Azevedo. Já dou de barato continuar-se a respeitar a patente de um projecto mais que aprovado pelos associados e que dá certo até nos rivais, com menos encargos e todos sabem bem porquê. Infraestruturas condignas ao nível do futebol, um estádio, uma academia e uma SAD. Eu próprio não concordei com muita coisa de Dias da Cunha para cá, inclusive com o comportamento de muitos adeptos, cada vez piores e para quem o Sporting já é desde há muito o pior clube do mundo dirigido por uma cáfila de incompetentes. E sobre quem nos lixa verdadeiramente nem uma palavra. No mínimo é tudo culpa de uma gestão desportiva danosa. E depois cada nova direcção uma profissão de fé no tal projecto Roquette e a solução passa sempre por vender mais uns putos todas as épocas. Quem é que manda verdadeiramente nas duas SADs mais competitivas do futebol português? Os associados dos clubes ou alguém e há quanto tempo?

    ResponderEliminar
  4. A divisão existente é muito difícil de esbater em pouco tempo. Mais do que nas últimas eleições, as de 2011 abriram um fosso gigante e acentuaram facções. De um lado e de outro se ouviu o discurso (errado) do "ou eu ou o Sporting acaba".

    Nunca escondi que votei BdC em ambas as eleições. Também nunca segui o fanatismo estúpido que vejo em muitos que gostam do actual presidente, algo que também é extensível aos que dele não gostam. Concordo com algumas coisas que a direcção tem feito, discordo de outras. Acho, por exemplo, que o discurso de BdC deveria ser mais geral, mais abrangente, tentar trazer para junto dele os que mais discordam das suas acções. Talvez pretenda fazer isso no futuro, talvez se esteja completamente a borrifar para esses. Se for pela segunda via, creio que comete um erro crasso.

    Sinceramente não acho que esta falta de união seja um problema que se resolva com uma ou outra medida mais popular e abrangente. Esta união só se conseguirá com muitas vitórias do motor do futebol. Basta olhar para os nossos rivais. Onde há hegemonia ninguém questiona modalidades que são fechadas, ordenados em atraso a funcionários. Onde ela não existe tudo é questionado, inclusivamente o melhor treinador de futebol do clube nos últimos 20 anos.

    Espero, como esperei da anterior direcção, que o rumo que for escolhido seja o certo, mais do que pela união entre Sportinguistas, mas pelo futuro do Sporting. Se o rumo for bom, creio que a união chegará como consequência.

    ResponderEliminar
  5. Eu pergunto: é por sermos sportinguistas que devemos apoiar qualquer direcção?

    As últimas direcções estavam a levar-nos à ruína e tínhamos de apoiá-los porque somos sportinguistas?

    É exactamente por ser Sportinguista que não apoiei o que esses malandros andavam a fazer. Pelo bem do Sporting, que no meu entender, colidia com a presença de godinhos e afins.

    ResponderEliminar
  6. Enfim.

    Essa tentativa de psicologia de divã com laivos de conclusões sociológicas, por parte dos cúmplices de dirigentes criminosos e/ou incompetentes e que levaram o Sporting perto do abismo é triste. Escondida sob a capa do "equilíbrio" e da "moderação", de forma pouco corajosa, para ser simpático.

    Eu não sei se as pessoas estão comprometidas com o passado, se não estão parece.

    Para quem não está, é tempo de olhar verdadeiramente para o estado actual do Sporting e para as negociatas pouco transparentes e tirar conclusões. Que não podem ser outras diferentes da responsabilidade que os dirigentes dos últimos anos tiveram em fazer do Sporting uma instituição à beira da extinção.

    NÃO FOI AZAR. NÂO FOI O DESTINO. FOI A INCOMPETÊNCIA E A DEFESA DE INTERESSES QUE NÂO OS DO CLUBE.

    Santa paciência para estas tentativas de, perante uma ou duas declarações, extrapolar todo um discurso de BdC e postura. Santa paciência para os que fecham os olhos e tentam, de forma vil, responsabilizar uma direcção com pouco mais de 2 meses de mandato, de todo um percurso insano em termos de gestão, que dura anos. Santa paciência para esta tentativa de passar entre os pingos de chuva perante opções erradas, apoios a medidas catastróficas e para a comichão que muitos sentem perante um discurso e postura de convicções de um presidente com CORAGEM.

    ResponderEliminar
  7. Creio que isto só pode ser mentira.

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=410489

    ResponderEliminar
  8. Mas não era o PLF que dizia que com o Sá Pinto é que era? Que finalmente tinhamos alguem que pensava futebol?

    Não foi ele que para impedir que a direcção caisse foi propor o Congresso?

    Não foi ele que sempre disse que não achava possivel uma direcção ter contratado tanta qualidade e tanto futuro?

    Agora passou a ser um critico do passado e quer carta branca para continuar a criticar?

    Entendi.

    ResponderEliminar
  9. PedroC,

    Bons tempos, em que havia gestão profissional feita por elementos credíveis.

    ResponderEliminar
  10. André,

    Entendeu mal. Ou melhor, não sei o que entendeu, mas a única coisa que lhe posso dizer é que não escrevi o post que aqui está transcrito.

    Acreditava que com o Sá Pinto o Sporting tinha encontrado uma óptima ideia de jogo. E errei. Acreditava (e acredito) que os jogadores que foram contratados nestes 2 últimos anos, na sua esmagadora maioria, têm muita qualidade. E parece-me que - para grande parte deles - é com pena que os sportinguistas os verão partir.

    Mas engana-se quando afirma que quero "carta branca para continuar a criticar". Não quero. E não o farei. Posso garantir-lhe que não verá uma única crítica minha ao presente ou no futuro. Não o farei porque há pessoas como o André que pretendem sonegar-me de qualquer dos meus 25 anos de associado, a que lhe acrescenta a minha liberdade de expressão.

    No que é mais triste, parece-me que não compreendeu o conteúdo do post. Triste para a ideia de um Sporting agregador, plural, vivo ou dinâmico. Que não é de caras o Sporting que temos hoje, persecutório, censório e revanchista. Triste para uma ideia de futuro no Sporting, porque o saneamento que se pretende fazer dos "ditos sportinguistas" (ou dos pseudo-sócios, como lhes chamou o Director do Jornal do Sporting e membro do Conselho Directivo José Quintela) poderá afastar apenas dos sportinguistas, mas não me parece que sejam assim tantos que qualquer deles seja dispensável (às contas das últimas eleições eram cerca de 30.000 com capacidade electiva).

    Veremos o resultado do arianismo leonino. Só espero que não lhe façam o que acabou de me fazer, porque me entristeceu bastante aqui há umas semanas (agora já é indiferente). Boa sorte!

    ResponderEliminar
  11. Excelente e acutilante texto; Sporting Sempre, Nosso desde Sempre.

    Fiquem bem.

    À margem, PLF agradecia que me disponibilizasse o acesso ao seu blog, que aprecio desde há largos anos.

    ResponderEliminar
  12. Peço desculpa PLF.

    Entendi mal, pensei que o artigo tinha sido escrito por si, e o futebol a 3 tinha reproduzido.

    Compreendi mal e por isso peço as minhas desculpas. Não concordo com muito do que escreve mas não posso ficar de consciencia tranquila por ter lhe acusado de uma incoerencia que afinal não a teve.

    Lamento o sucedido.

    ResponderEliminar
  13. Não é preciso saber quase nada de futebol para perceber que mais esta novela, agora com o Miguel Lopes, não tem ponta por onde se pegue, o Sporting detém a totalidade dos direitos desportivos do atleta e só para Inglaterra as transferências implicam a totalidade dos direitos económicos. É montado um esquema para cada jogador a dispensar, não é muito complicado perceber porquê, o que a fonte da notícia pretende mais uma vez é misturar alhos com bugalhos.

    E também era bom que isto fosse igualmente mentira, só confirma a disputa eleitoral entre dois órgãos sociais que se querem sempre solidários, durante o mandato anterior. http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=829144

    É pena porque há realmente um sistema para derrubar mas é exterior ao clube. No período referido no post fomos campeões nacionais em 1999/00 e 2001/02. E roubaram-nos claramente o titulo pelo menos em 2004/05 e 2006/07, quase ano sim ano não. Só campeonatos nacionais faziam deste período um dos melhores da história do Sporting pós 5 violinos, já para não falar de outros proveitos que tinham arrastado estes títulos mais recentes. Até parece que estou a contar alguma novidade a algum estrangeiro que não conhece o Sporting. O pior começou mesmo com a desunião que grassa desde a saída de Paulo Bento mas a desunião não deve ter importância nenhuma, aliás o novo presidente até já fez questão de dizer que o Sporting não precisa de união nenhuma, vamos de certeza voltar a lutar pelo título outra vez daqui para a frente.

    ResponderEliminar
  14. Caro LdA, muito obrigado pela referência, espero estar à altura do seu magnífico blogroll.

    SL para todos

    ResponderEliminar
  15. Paulo Guerra,

    tens razão quando dizes que nos roubaram os campeonatos de 2004/05 e 2006/07, mas então vamos lá ver uma coisa...

    Quem é que nos roubou esses campeonatos ?
    O Sistema, a arbitragem, o compadrio de benfica e de porto com os poderes do futebol... certo ?
    Certo.

    Então e porque raio é que os nossos dirigentes continuaram a ser uns "conas-moles" a esse respeito ?! Porque raio tivemos depois o Soares Franco de boas relações com o Pinto da Costa (depois do "arrufo" inicial) ?
    Porque raio tivemos o Bettencourt a lamber os pés ao Pinto da Costa e sempre a elogiar a gestão dele ?!

    Então quer dizer, fomos escandalosamente roubados, mas assistimos aos nossos dirigentes pacificamente a "deixarem andar", e tornando este clube cada vez mais submisso aos outros.

    Isto aqui é que não bate certo! E foi um dos motivos que levou uma com que a maioria dos Sportinguistas se sentissem humilhados e envergonhados por quem nos liderava...

    Só que depois no tempo do Paulo Bento, como fica vamos à frente do carnide, parecia que estava tudo "nas mil maravilhas".

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (103) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (5) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (4) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)