terça-feira, 24 de setembro de 2013

Ainda sobre Jeffren e Labyad

As minhas desculpas ao JPDB por o mencionar novamente e, pior, sem autorização prévia dar o destaque ao seu comentário. Mas como ele é muito menos superficial do que o post anterior e responde a algumas questões aqui deixadas por outros leitores creio que se justifica.

Só queria dizer algumas coisas sobre este assunto da não-inscrição dos jogadores na Liga.

Penso que apenas os jogadores sem contrato (no desemprego portanto) podem entrar em qualquer altura num Clube. Isto é, não é por eles não estarem inscritos na Liga que deixam de ter contrato, e que o Sporting lhes deixa de pagar. E parece-me que até Janeiro, o Sporting também não os pode inscrever. Portanto esta medida também não me parece ajudar a que os jogadores arranjem soluções no estrangeiro para jogarem.

Alguns referem aqui que o Jeffren e o Labyad não se esforçam, e prejudicam o grupo. Parece-me que estamos a esquecer o seguinte: o facto de os inscrever na Liga, não obriga a que treinem com o restante grupo, nem sequer que joguem (o SLB também não conta com o Carlos Martins ou o Djalo e eles foram inscritos). Ao que parece treinam com a equipa B, por isso se são assim tão nocivos, continuam por lá a minar tudo (só falta dizerem que a borrada que a equipa B tem feito é por causa deles). A questão é, com esta não-inscrição que incentivo é que se está a dar aos jogadores para se tornarem mais briosos, e quererem mostrar o seu valor? Que estímulo damos para que os jogadores queiram provar que estamos enganados?

Querer fazer disto um não assunto é um pouco redutor. Labyad e Jeffren têm custos elevadíssimos para o Clube. A única maneira de amortizar seria valorizar estes activos, ou pelo menos torná-los em "activos" e não no fardo actual. É que encostados, e sem hipótese de sequer provarem o seu valor, alguém me diz quem é que os quer em Janeiro?! Se o objectivo é forçar a rescisão pura, então acho isto demasiado baixo. Até porque não tenho dúvidas que Labyad e Jeffren, se bem trabalhados por LJ, podiam acrescentar valor à equipa.

Muitos dirão que estamos a mandar uma mensagem para dentro, mas esquecem-se que também estamos a mandar uma mensagem para fora. Uma mensagem de que destruímos carreias se for preciso, o que nos torna num clube menos atractivo. Tanto o Jeffren como o Labyad não têm de aceitar ser cedidos para clubes nos confins da Turquia ou da Roménia. Qualquer pessoa com mínimo de juízo sabe que permanecer e jogar no Sporting é melhor para o seu futuro (talvez o Bruma não saiba, mas epá o Bruma duvido que fizesse a 4ªclasse em Portugal). Não acho tolerável que mais jogadores sejam desterrados como o Adrien para Israel.

Esquecemos recorrentemente que todas as mensagens que são mandadas para dentro, também têm impacto para fora, como se viu com a ida dos juvenis para o FCP. Basicamente, as suas famílias sentiram-se no direito de exigir mundos e fundos devido ao imbróglio Bruma-Sporting.

Termino isto com um factor de preocupação, o Sporting neste momento tem muitos "problemas" com jogadores devido ao dinheiro que ganham (Elias, Labyad, Evaldo...). Isto é perigoso, dá má visibilidade ao Clube, havendo alguns que prometem mesmo recorrer à FIFA. Acho que nos estamos todos a esquecer que a decisão da CAP no caso Bruma, apesar de favorável, foi claramente pontual e "contra-corrente" relativamente aos interesses (basta ver o espanto dos Evangelistas). Tenho medo, que com tantos conflitos com jogadores, o Sporting venha a perder a razão nalguns, e ser alvo de consequências graves, como proibição de inscrever jogadores, etc...


PS: Não termino sem mandar esta achega, no caso "Caldeirada de pele de Lobo" não sei de quem tenho mais pena, dá-me gozo de não ver o Sporting enfiado nesse lamaçal!

26 comentários:

  1. Não podia estar mais de acordo com este comentário.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns ao JPDB pelo post. Mas LDA esta discussão é completamente inútil, basta olhar aos comentários anteriores. Sua Suprema e Iluminada Santidade fez está bem feito, no passado fez-se pior, isto é um não assunto, os jogadores são uma cambada de malandros, ganham muito e não querem fazer nenhum por isso mais vale pagar-lhes para fazer nenhum do que obriga-los a mudar.
    É a isto que se encontra reduzido o Sporting actual.

    ResponderEliminar
  3. Eu gostava que de perceber porque é que o ano passado o jeffren deixou de ser opção. Treinava com o grupo, não havia discussão e mesmo assim deixou de estar presente. O mesmo se aplica ao Zakarias. Parece-me que jogadores como o João Alves, Douala, Pinnila ou até msm Alecsandro deixaram mais saudades que estes dois. O Jeffren era a minha grande esperança há dois anos, jogou bem contra o Guimarães.! O Labyad foi por mim defendido até ao final da época, um bom jogo contra o Genk, uns bons 30 minutos contra o Porto e um golo ao Videoton! Vamos esperar por Janeiro.

    ResponderEliminar
  4. Porra... Se me permitem eu, de vez em qd, tb tenho direito a dizer: ÁMEN! É hoje que o faço, com muito gosto, a este comentário do JPDB!

    Os meus parabéns!

    SL!

    ResponderEliminar
  5. Leão de Alvalade,

    Eu é que agradeço a visibilidade extra, ainda que não fosse essa a minha intenção quando comentei.
    Aliás a visibilidade extra atrai também muito potencial de insultos aqui ao seu estaminé, coisa pela qual não me queria sentir responsável.

    Até por isso faço aqui mais uns apontamentos:

    - O meu texto seria igual caso a direcção fosse A, B ou C. Como podem reparar eu critico o Sporting, e utilizo o "nós". Para mim não há o Sporting deles e o dos outros, só há um e é este e, neste caso parece-me que esteve bastante mal. Não vale a pena virem-me acusar de ser defensor deste ou daquele, nem irem desenterrar o passado para dizer que antes se fez pior. Que interessa antes ter feito mal, se agora continuamos a errar? Que Sporting queremos para o futuro?

    - Apesar de defender os jogadores, até eu no ano passado após um lance em Braga (em que o Jeffren num contra-ataque se decide mal pelo remate com o Sporting em inferioridade numérica), defendi que o tempo de Jeffren no Sporting tinha terminado. Ainda assim parece-me que qualquer jogo do ano passado é mau para aferir qualidade e potencial de qualquer jogador. Já que cá estão era importante, ou útil, tirar proveito deles. Por exemplo, nunca vi estes jogadores dizerem nada de grave sobre o Sporting, nem procurarem pressionar através da imprensa.

    - Não garanto a correcção do que escrevi sobre os jogadores terem de estar no desemprego para poderem a qualquer momento ingressar noutro clube. É apenas a ideia que tenho.


    Termino assim: normalmente as pessoas cometem o erro de analisar toda e qualquer situação de uma forma demasiado "binária", tudo é mais complexo do que parece, não é apenas preto ou branco, costuma haver sempre uma escala de cinzentos pelo meio.

    ResponderEliminar
  6. A não inscrição significa isso mesmo: esta direcção não conta com os jogadores. Têm de treinar nalgum lado devido ás condições de trabalho minimas que lhes têm de ser garantidas.
    O objectivo será vende-los ou da-los em janeiro.
    Pode correr muito mal, mas pelo menos é clara e directa.
    PS: o que acharam vçs da reintegração do Cardozo?

    ResponderEliminar
  7. Ontem fiz um comentário que foi para o éter... vamos ver se hoje me safo.

    Este é o tipo de situação "beco sem saída". Ambas as partes perdem. No caso do Sporting, que é o que me interessa, o maior perigo é o eternizar desta situação (falta tanto tempo para Janeiro), e ela contaminar o grupo de trabalho. Ninguém gosta de ver um colega nesta situação e se num determinado momento pode entender a posição do empregador e até concordar com o castigo se este se prolongar para lá do razoável cada um de nós ganha solidariedade com o igual contra quem "manda".

    É este para mim o maior perigo da situação, o potencial para minar aquilo que de bom tem sido feito.

    Economicamente também é desastroso, mas mais euro menos fica diluído no imenso bolo que temos de gerir. Qual a melhor saída? Não sei se temos sequer dados fidedignos para avaliar o que causou esta situação extrema, mas urge que as partes se reúnam e exista uma integração progressiva dos atletas e/ou rescisão.

    Jeffrén, tem um problema psiquiátrico, aquela cena de fugir do relvado para o balneário nos tempos de Domingos é reveladora de uma fragilidade mental tão grande como o talento que tem nos pés. Esta época nunca foi opção e acho que algum mercado deveria ter para conseguir uma solução melhor para todos.

    Evaldo está em fim de linha e luta pelos últimos trocos da sua reforma dourada. O estranho aqui foi a sua súbita integração na equipa e posterior ostracismo. É o caso mais fácil, basta aguentar um ano e bye-bye.

    Zacarias Labyad, em igualdade desportiva com Evaldo, foi aposta e repentinamente desceu aos infernos, o caso complica-se porque tem um contrato de longa duração, caro e cujo valor de venda definha a cada dia que passa. É igualmente jovem e com suficiente potencial para arriscar um negócio onde o Sporting, pelo menos, não tenha prejuízo. É provavelmente o caso onde é mais urgente chegar a uma solução que permita não minar as consciências dos seus, igualmente jovens, companheiros.

    ResponderEliminar
  8. Daria-me mais gozo ver o Sporting retirar o apoio aquele bandalho depois daquilo que escreveu sobre o Sporting. Choca-me que ontem o presidente não tivesse tornado pública a nossa indignação.
    Ou não estamos indignados ?

    ResponderEliminar
  9. Na minha opinião estamos a discutir duas formas diferentes de gestão.

    Estavamos habituados a uma forma de gerir as coisas que era basicamente, jogador faz birra, clube baixa as calças. Foi assim por exemplo quando um capitão nosso fez birra, “cuspiu” no emblema que o fez quem era, e ganhou como prémio uma ida para o Porto onde ganhou tudo o que havia para ganhar. Foi assim quando demos ordenados pornográficos para a nossa realidade a jogadores sem lhes exigir o mínimo de responsabilidade. Foi assim que andamos na brincadeira, e é por isso que estamos como estamos.

    Esta nova forma de gestão à bruta que agora parecemos ter é certamente mais feia…não tenho duvidas. Não fica bem…mas se calhar se agora tem de ser feita, a culpa é das gestões anteriores que tivemos. É um processo feio, mas que vai ter de ser feito para que quem venha a seguir para o clube, e para quem já la esteja, deixe de ver o Sporting Clube de Portugal como um Country Club como foi visto por muitos nestes últimos anos. Se nos apelidamos de “diferentes”, a única coisa em que o éramos era na falta de exigência e na falta de vitorias.

    Prejuizos tivemos na mesma....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A diferença entre o bruma e o moutinho é apenas que até agora o moutinho rendeu mais desportiva e financeiramente. De resto foi igual. Fizeram birra e saíram como queriam.

      Eliminar
    2. A diferença entre o bruma e o moutinho é apenas que até agora o moutinho rendeu mais desportiva e financeiramente. De resto foi igual. Fizeram birra e saíram como queriam.

      Eliminar
    3. Vários detalhes e diferenças que o seu comentário omite:

      -Moutinho quando fez a birra tinha mais 3 anos de contrato.
      -era o capitão de equipa.
      -era um jogador feito.
      -foi vendido para um rival.

      Uma das várias razões pelas quais estou muito mais descansado com esta direcção é que num caso semelhante, o jogador nunca iria parar ao antro de corrupção.

      Quanto aquela teoria de o SCP se tornar um clube menos atrativo para os jogadores dada a forma com estamos a gerir estes casos só posso dizer que espero que assim seja. Que o SCP se torne menos atrativo para jogadores que vêm ganhar reformas douradas ou ordenados milionários sem a devida correspondência em suor e talento dentro de campo e até nas regras básicas de funcionamento de grupo.
      A teoria de meter jogadores com os quais não contamos a jogar para valorizar, enfim, o que dizer! É a chamada gestão de calças na mão.

      Eliminar
  10. Pedro C,

    Mas como é que podemos ser exigentes com o Labyad ou com o Jéffren se lhes tiramos as possibilidades de nos poderem demonstrar os resultados da nossa exigência?

    Parece-me um bocado "estranho" metermos as culpas no passado, e castigarmos o jogador. É também um pouco isso que me assusta na auditoria de gestão. Vamos descobrir que nao se devia ter gasto tanto, mas depois vamos processar quem aprovou as contas em AG, quem não foi sequer à AG, ou quem decidiu mandatado pelos sócios?

    Estamos a perder o foco. Castigar o jogador vai-nos trazer o quê? Devíamos era arranjar forma de o valorizar!

    Deixo esta pergunta, pegando no que escreveu o LMGM: Capel e Jéffren serão concerteza amigos e devem passar tempo juntos (já que são espanhóis da mesma geração), o que pensa o Capel disto tudo?

    ResponderEliminar
  11. Há 3 meses que se sabe que Jeffren e Labyad são dispensáveis - o desempenho desportivo está claramente abaixo do valor do vencimento, pelo que empresta-los ou vende-los seria a opção.

    Apesar das varias propostas que foram aparecendo - nenhum dos jogadores quis sair, talvez por isso significar alguma redução do seu vencimento. Ou seja preferiram os Euros à possibilidade de jogar com regularidade.

    Por isso não me parece que se possa dizer que esta é uma decisão unilateral do Sporting, porque não o é.

    ResponderEliminar

  12. "... o que pensa o Capel disto tudo?"


    Pensa tal e qual como diz o Pedro C: que somos uns brutos e feios... Mas a nova gestão podia ser melhor: ainda falta sermos porcos e maus...

    Gradiente de cinzentos? Esqueçam lá isso. Há gente cuja mente maniqueísta jamais mudará. GL é mau, BdC é bom. Preto e branco, precisamente. Explicar mais qlq coisa para além disto, é pura perda de tempo. O cérebro de alguns não alcança mais, o cinza (a cor da massa encefálica) não lhes entra na mona. Ponto final.

    ResponderEliminar
  13. Vi o Presidente do Sporting afirmar na televisão as seguintes palavras quando confrontado com o tema do tópico. Para quem não viu, e resumidamente… “As pessoas que falam sobre a valorização de activos, devem de perceber que o maior activo que valorizamos é o grupo, e que se tomamos certas decisões, é por que temos um bocadinho mais de informação do que elas sobre o porque de as tomar…”

    Eu sei, isto não esclarece nada…eu também gostava de saber o que se passou. Mas a televisão não é local para falar sobre assuntos do grupo, muito menos crucificar um jogador em praça publica. Talvez uma AG seja melhor para nos esclarecer-mos. Mas a mim chega-me para perceber que se determinados jogadores se encontram numa situação difícil…foi porque bem não fizeram, e que se o grupo está unido, como aparenta estar, é por alguma razão.

    Será que se tivéssemos valorizado o “activo Bruma” com os milhões que ele pedia, ou o integrássemos novamente depois do que ele fez como muitos queriam, essa união ia ficar a mesma?

    Será que a forma dura (criticada por muitos) como os dirigentes do Sporting lidaram com o assunto Bruma contribui como um exemplo, e para união do grupo?

    Será que aquele rapaz que disse que por ele não jogava durante 2 anos, era um bom elemento para o grupo?

    ResponderEliminar
  14. Sr Virgilio peço desculpa se o meu cerebro não alcança mais...se calhar voce é mais inteligente que eu ou espeçial. E ainda bem que assim é.

    So tou a dar a minha opinião, sem ofender ninguem.

    Não sei se voces repararam, mas as coisas até nem têm corrido mal ou têm?

    Eu olho para as coisas como estão agora, e olho para como estavam a um ano atrás, e sinceramente fico mais animado.

    Não sei se faço mal, mas pareçe que há outros sportinguistas que também pensam assim como eu.

    Agora, acho que nunca vi aqui neste blogue um elogio a qualquer coisa que tenha sido feita desde a seis meses atras. Quem aqui vier, a ideia com que fica é que está tudo mal.

    Não me pareçe que assim seja.

    Olho simplesmente para a não inclusão de 2 individuos que nunca largaram uma pinga de suor pelo Sporting, e de outro que nem 2 pontapés sabe dar numa bola, como um não assunto.

    Até os jornais e jornaleiros pararam de falar sobre isso.

    Acham que os outros colegas se importam de os ver de fora? Um gajo que ganha quase tanto como o restante plantel junto e que nem corre em campo? Outro que da um chuto numa bola e se lesiona logo (será que se lesiona mesmo)?

    Mas isto é normal, não estavamos habituados a disciplina no Sporting. Toda a gente fazia o que queria, toda a gente só dava o que queria.

    Mudou-se a direção, manteve-se quase o plantel todo(aquele que fez a pior classificação de sempre), sairam meia duzia de jogadores, entrou outra meia duzia que segundo alguns até nem tem grande valor, e subitamente começamos a jogar à bola, a correr e vejam só até a ganhar.

    E será que isto se deve a quê? A magia? A deixar-mos os brumas, os labyads, os jefrens e os moutinhos desta vida a vontade para fazerem o que querem?

    Ps. Se voce nesta fase do campeonato, depois de ouvir Duques a afins na telvisão, depois de tudo o que aconteçeu, ainda acha que GL não é mau....o que dizer...é a sua opinião respeito-a.

    ResponderEliminar
  15. "É também um pouco isso que me assusta na auditoria de gestão. Vamos descobrir que nao se devia ter gasto tanto, mas depois vamos processar quem aprovou as contas em AG, quem não foi sequer à AG, ou quem decidiu mandatado pelos sócios?"

    Caro JPDB

    Na vida as pessoas quando se metem nas coisas têm de perceber que as suas acçoes têm consequencias. É exactamente por nunca haver consequencias para as acçoes de "quem manda", façam bem ou mal, que o nosso país está como está.

    Tivemos quase o nosso clube a beira da falencia. Alguma coisa correu mal. Alguem ganhou muito dinheiro com as perdas do Sporting. Dirigentes roubaram, outros deixaram s roubar, outros foram enganados, outros tinham a melhor das intençoes mas a coisa não correu bem.

    No final quem se lixou foi o Sporting e os seus Socios que o iam perdendo.

    Nao quer mesmo saber o que se passou amigo? Não quer mesmo que os culpados sejam chamados à responsabilidade?

    ResponderEliminar
  16. Há-de haver sempre gente que está convencida de que é uma pena já não se poder dar umas bofetadas como deve ser nas crianças e que isso mesmo lhes vai criar hábitos de devassidão.

    ResponderEliminar
  17. Felizmente que os tempos em que o Sporting era gerido de fora para dentro já passaram.

    Vejo que alguns Sportinguistas têm saudades desses tempos. Daí que se sintam chateados por esta direcção não fazer aquilo que esses mesmos adeptos acham que seria o melhor (com a informação que têm na sua posse, que será sempre menor que a informação que a direcção tem).

    Pois eu não tenho saudades nenhumas desse tempo.

    SL

    ResponderEliminar
  18. Pedro C,

    Eu acho bem que cada um seja responsabilizado pelos seus actos. Nada tenho contra a auditoria de gestão em si. No entanto, parece-me que tudo o que a tal auditoria venha a descobrir não será útil para responsabilizar ninguém que eventualmente se venha a descobrir que agiu de forma criminosa, pelo menos a nível da justiça. E temo que sirva apenas para fazer linchamentos públicos, sem benefício para o Sporting, tirando-nos o foco no futuro e presente, para andarmos atrás de coisas do passado que já não podemos mudar.
    Mas mantenho, não tenho nada contra a auditoria de gestão, e até gostava que fosse feita aos últimos 40 anos, e não só desde o início do projecto Roquette. Porque não foi esse projecto que fez com que o Sporting deixasse de ganhar, penso que os últimos 40 anos falam por si. Outra coisa que temo na auditoria, é que se analisem coisas do passado à luz do que conhecemos no presente, pois será difícil contextualizar toda e qualquer decisão no seu respectivo espaço e tempo.

    Penso que o que escrevi nada tem a ver com querer que o Sporting seja gerido de fora para dentro. Até disse logo que como é óbvio não saberemos tudo. Mas á luz do que sabemos, é complicado entender a situação. Pegando no exemplo de dar uns tabefes a crianças, colocar os jogadores a treinar à parte, apertar com eles e relegá-los para a equipa B, é o mesmo que lhes dar uns tabefes. O problema é que para educar crianças não é só dar tabefes e castigar, a seguir é preciso dar oportunidade à criança de mostrar que é responsável, que aprendeu, e que sabe seguir o caminho certo sozinha, ou seja, era preciso dar pelo menos o estímulo aos jogadores de que poderiam um dia chegar lá.
    Eu não critico castigar jogadores, critico é tomar uma medida que os inutiliza por completo e mantém todos os seus custos...

    ResponderEliminar
  19. Cisto,
    confesso a minha desilusão perante o teu comentário. Julgava-te um bocado acima de defensor da aplicação da disciplina pela violência física, isto é, preferir o medo de alguém poder acabar com a tua carreira porque sim, do que o pelo respeito pelo clube e pelos adeptos.

    José Duarte,
    Saudades tenho sim dos tempos em que comentários tão pouco inteligentes como os que deixaste eram raros por aqui.

    Sar,
    O Sambu e o Cassamá assinaram pelo Porto, isso faz cair por terra a ideia de que o jogador, qualquer que seja, não vá lá parar. Se a ideia, aqui defendida por muitos, é obrigar os jogadores a rescindir quem nos diz que Labyad, por exemplo, não apareça de azul e branco?

    ResponderEliminar
  20. LdA,

    A primeira parte do meu comentário era dirigida ao Daniel (22:39), curiosamente no telemóvel há um botão abaixo de cada comentário para responder, que foi o que fiz. No desktop esse botão não existe e reparei que o meu comentário não aparece abaixo do qual eu queria responder.

    No caso do Cassamá e Sambú eles não tinham nenhum vinculo com o SCP. Ou baixávamos as calças e aceitávamos as condições (inflacionadas pelo corrupto) de dois miúdos de 15 anos ou não cedíamos à chantagem. Eu acho que a direcção decidiu bem. E este caso, como bem sabemos, não se resumia a dois miúdos de 15 anos, isto ainda são efeitos da "neblina de verão" e da azia que isso provocou em alguns clubes, por isso espero que por arrasto o Baldé nunca mais ponha os pés na Academia, o bufas que ature o negreiro.

    Os jogadores que não nos interessam, não sejam uma mais valia ou que não tenham vinculo com o SCP, quero lá saber onde vão jogar! Se o Labyad ou o Jéffren (e já agora o Evaldo) rescindirem amanhã eu ofereço-me para levá-los no meu carro à torre das antas.


    ResponderEliminar
  21. Sr. PedroC:

    Não percebo porque se abespinhou tanto e aparece a fazer comentários tão mal disposto comigo. Apenas usei as suas expressões para responder a uma hipotética pergunta do JPDB.

    A seguir mudei de ideia. Daí que no texto do meu comentário tenha continuado num parágrafo diferente. Nesse parágrafo não mencionei ninguém. Referi-me genericamente a alguns adeptos. Se se reviu nessa classificação tenho pena, mas só vc é que poderá esclarecer. Qyero crer que não: que terá maior espirito critico do que mts outras pessoas que vejo por aqui a comentar. Opiniões todos podemos dar, depois cabe a cada um dos restantes leitores considerá-las (ou não) válidas e com conteúdo.

    Sobre a percepção que tem sobre a ausência de elogios desde 6 meses a esta parte, deixe-me que lhe diga que é apenas distração sua.

    A minha opinião de GL já foi amplamente realizada quer durante os anos que presidiu o SCP, quer imediatamente após a sua saída. É passado e é sobejamente conhecida. Critiquei / elogiei sempre que achei justo uma ou outra coisa. Mas, sinceramente, não me interessa mais saber sequer do paradeiro do senhor. Que fique bem de saúde, já que não desejo o mal a ninguém. Agora, quem me preocupa é BdC, ou para ser mais rigoroso, preocupa-me o que faz ou deixa de fazer enquanto máximo dirigente do SCP.

    Fique bem e os meus Cps.

    ResponderEliminar
  22. Labyad, dou de barato.Mas agora Jeffren, expliquem-me como se rentabiliza um jogador que não tem condições físicas nem psicológicas para ser jogador profissional de futebol? Se calhar parado ainda rentabiliza mais, porque se o metem em campo ainda fica sem uma perna quando vai a correr.

    O Dr. Gomes Pereira foi posto a andar para este Jeffren encher os bolsos a alguém...

    ResponderEliminar
  23. Partilho zero de preocupação por Labyad e Jeffren, que neste momento, acrescentam o mesmo valor que acrescentaram no passado, quando estavam inscritos: zero.

    Por alguma razão não contam. E, tendo em conta o claro upgrade competitivo e de atitude da equipa principal de futebol, com um núcleo duro mais jovem e mais barato, provavelmente essa razão é válida.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (2) arbitragem (90) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (69) Batota (17) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (13) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (42) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (1) play-off (1) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (1) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (1) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (4) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (97) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)