segunda-feira, 29 de junho de 2015

Sobre a expulsão de Godinho Lopes

Sem surpresa, o eco principal resultante da A.G. de ontem, e que ainda ressoará por muito tempo, será a expulsão de sócio de um ex-presidente do clube. Essa aliás parece-me ter sido uma intenção deliberada dos corpos sociais, como se percebe pela ofensiva mediática feita nas vésperas da reunião, com vários jornais a reproduzirem em primeira mão matéria da auditoria, que deveria ter chegado em primeira mão aos associados. Esse privilégio deveria estar reservado pelo menos para aqueles que dispuseram do melhor do seu tempo para participar na reunião. 

Infelizmente matéria importante como por exemplo o orçamento do próximo ano, o plano de actividades e o indispensável parecer do Conselho Fiscal não foram dados a conhecer previamente. No entanto este registou uma aprovação a roçar a unanimidade, sendo  por isso legitimo interrogar qual o grau de consciência e conhecimento real das suas implicações que presidiu à decisão de cada um dos votantes. Um procedimento tantas vezes repetido ao longo dos anos, com os resultados que hoje se conhecem. Não me impressionam as unanimidades. Roquette também as teve e também foi aplaudido de pé.

Sobre a expulsão de Godinho Lopes
É fácil neste momento assistir à expulsão de sócio de um ex-presidente, como é o caso de Godinho Lopes, aplaudir ou ficar calado. Não será o meu caso. Sou manifestamente contra este procedimento, que julgo não honrará a história do clube. 

Não se pense que advogo qualquer tipo de impunidade para quem tenha praticado actos lesivos para o Sporting. O que entendo sobre esta matéria é que avançar para este procedimento deveria ser o último passo, estribado em factos absolutamente incontestáveis e irrefutáveis. Parece ser opinião generalizada, apoiada pelo discurso dos órgãos sociais, que terá havido não apenas uma manifesta e reconhecida incompetência na gestão do clube, mas também aproveitamento pessoal. Tal justificaria a expulsão de Godinho Lopes. Ora isto está ainda por provar, pelo que advinha-se o arrastar do nome do Sporting pelos tribunais, jornais. Não pela conquista de títulos, mas por disputas que têm muito ar de ajuste de contas pessoal ou de facção.

Quem acha que se assim se inicia um "tempo novo" no Sporting tem razão, porque é factual que se inicia agora um caminho nunca visto. Falta saber se este é um caminho de razão e o que mais favorece os interesses do Sporting.

Um caminho perigoso
Há cerca de dois anos, quando de certa forma já previa este desfecho, escrevi um post (À atenção de Bruno de Carvalho), por ocasião do aniversário de Nelson Mandela, então honorável sócio 31.118. Nele se comparava as situações herdadas quer por Bruno de Carvalho quer por ele que, salvo as enormes diferenças, de certa forma poderiam ser comparadas.

Dizia então:

Neste momento o presidente beneficia de uma base de apoio que se manteve estável de há dois anos para cá, a que viu acrescer o número suficiente para ganhar as eleições com algum conforto. Além desse apoio expresso beneficiará de outro mais tácito, o chamado beneficio da dúvida, a que se somarão também as desconfianças e rejeições também evidentes. Numa contabilização mais ou menos intuitiva, entre apoios e dúvidas e antagonismos, creio que a maioria dos Sportinguistas estão com o seu presidente, mesmo que muitos aguardem por sinais mais claros para perceber melhor o caminho que escolherá.
Pode sentir-se tentado ao conforto de gerir o clube a favor de um núcleo duro que o apoiará sempre "porque sim" a que chamaria os "bruninguistas". Aprenderam pouco com o passado, têm exactamente os mesmos tiques dos que, durante muito tempo, foram incapazes de dizer uma palavra sobre os erros cometidos por direcções anteriores. Alguns terão que ser os mesmos, pois os 90% de votos da eleição de Bettencourt e o seu discurso "anti-terrorista" não podem ter sido extraídos de Marte. A favor leia-se usando a mesma retórica binária dos verdadeiros contra os falsos sportinguistas. Foi sobretudo a pensar neles que terá saído o célebre "O Sporting é nosso outra vez" na noite das eleições. Foram muitos os que o secundaram no grito, mas muito poucos, se tido em conta o universo Sporting.

Pode sentir-se tentando a governar contra os que o hostilizam de forma deliberada, os "não, porque sim", que também os haverá. Seria ceder a uma tentação primária, redutora para a sua magistratura, o que o tornaria tão igual a esses e a uma clique que lhe é próxima, também reduzida, mas muito participativa nas redes sociais, que procura "sangue e justiça".

Há outro caminho. O de olhar para o Sporting e cuidar de potenciar o seu maior património, os Sportinguistas. Considerar cada um como o último reduto, o bem inalienável, porque sem Sportinguistas não há Sporting. Ser inclusivo, abrangente, transparente e verdadeiro mas sem se deter na procura  de consensos paralisantes, porque há muito caminho para ser feito. Algum dele doloroso, mas necessário. Como é necessário esventrar a terra para novas sementeiras ou podar a vinha para esta rebentar outra vez e proporcionar colheitas memoráveis.

O que então disse julgo que hoje se aplica ainda com mais acuidade. O caminho que agora se abre é perigoso, as razões que estão por trás da expulsão de sócio de Godinho Lopes podem-se aplicar a praticamente todos os ex-presidentes do clube e não apenas aos que o foram após Roquette. Até onde se quer ir?

44 comentários:

  1. "...que terá havido não apenas uma manifesta e reconhecida incompetência na gestão do clube, mas também aproveitamento pessoal. Tal justificaria a expulsão de Godinho Lopes."
    Não. Se, ou quando, isso for provado, justificará prisão.

    A ideia que fica a ler este post e outros relacionados com o mesmo tema é que, para o autor, deve-se deixar no passado o que é do passado, para não criar divisões na família Sportinguista.
    Pergunto eu, se um tio do LdA lhe roubasse um carro, não iria fazer queixa à polícia porque isso iria criar divisões na família?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito boa questão

      Eliminar
    2. Tiago,
      Se é essa a ideia que retira deste post então não o compreendeu ou eu não fui suficientemente explicito.

      Eliminar
    3. Para além do não entendimento do post, há que destrinçar entre uma queixa e a expulsão de sócio (que é o equivalente a uma pena de morte).
      Pior ainda é o facto de o Presidente da Mesa da Assembleia Geral de Sócios (representante máximo de todos os sócios) não se ter coibido de adjetivar, classificar o alegado comportamento de dois sócios, tomando formalmente partido, quando ainda é possível recorrer das posições tomadas.
      Está bonito, isto!
      Infelizmente levanta-se-me a dúvida sobre se isto é o meu clube, sobre se devo ser sócio de um clube que se comporta desta maneira. Nunca por nunca pensei chegar a ter pensamentos desta natureza.

      Eliminar
  2. Concordo com a circunscrição deste post. A expulsão de gl não é certamente uma premência, longe disso. Acredito, infelizmente, que será extremamente difícil comprovar ilícitos. Afinal de coisa, estamos em Portugal. Mas sei também que é fundamental afastar o Sporting da chusma que o esvaiu durante as últimas décadas. A chusma que quis transformar o clube numa coutada privada, servil a interesses que não os do Sporting Clube Portugal. Bruno de Carvalho está muito longe de ser perfeito, mas é genuíno nessa dor. É preciso garantir que o Sporting volte a ser verdadeiramente grande...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Endho,

      a chusma que o esvaiu e que quis transformar o clube numa coutada privada mereceram sempre larga aprovação dos sócios, entre os quais Bruno de Carvalho, que não me lembro de, antes de ter ambições de ser presidente, alguma vez tenha chamado à atenção para o que quer que seja. Hoje é muito fácil, até dá jeito. É como fazer hoje o euromilhões de sexta-feira passada.

      Eliminar
    2. Palavras acertadas, mas, como se soi dizer: "Deus escreve direito...". Bruno de Carvalho terá a sua oportunidade de ser julgado pelos sócios e se não tiver estado à altura de devolver o clube às vitórias será apenas mais um. Isso não implica que uma forte mudança não fosse necessária, antes pelo contrário...

      Eliminar
  3. Respostas
    1. José Monteiro,

      é um direito que me assiste, mesmo que não reconheça.

      Eliminar
  4. Eu também sou um sportinguista do norte,. mas isso não faz com que não consiga ver ao longe.

    ResponderEliminar
  5. O unanimismo, a parcialidade dum PMAG (totalmente incompetentente para um lugar que deveria salvaguardar uma elevação que está muito de longe de a encarnar), as decisões radicais fomentadas por um julgamento público gerido através de informação condicionada, não podem representar o Sporting Clube de Portugal.
    O ser radicalmente contra este tipo de expedientes, não podem ser interpretados como saudades dum passado, duma fação, de um Sporting complexado ou dum definhamento do meu Clube.
    Este modo de estar dos actuais Orgãos Sociais do Clube em nada representam uma vontade de ganhar ou engrandecer, apenas simbolizam uma radicalização para o pensamento unico (alicerçado na ideia de "nós ou o caos") que parece mais preocupado em eternizar a politica vigente partindo para uma politica de "caça às bruxas" apresentando assim os seus "trofeus de caça" como forma de desmobilizar qualquer tipo de discordia interna, à moda "Pyongyang".
    Claro que daqui a umas semanas tudo se irá reduzir aos ditames da bola entar ou não na baliza, tudo se resumirá a isso, essa é a regra do futebol, não há volta a dar, mas não me rever e envergonhar-me com expulsão de ex-presidentes e classificá-lo como um acto de obscurantismo medieval em nada altera o meu desejo em querer ganhar mais e querer inequivocamente que se siga uma linha de engrandecimento da imagem do meu Clube, do qual sou sócio há 33 anos e que não deixarei de ser!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será preciso repassar a entrevista onde Godinho Lopes diz, entre outras alarvidades, que "se eu não viesse o Sporting acabava"?, caro Pedro?

      Eliminar
  6. O caminho que agora se abre é perigoso, as razões que estão por trás da expulsão de sócio de Godinho Lopes podem-se aplicar a praticamente todos os ex-presidentes do clube e não apenas aos que o foram após Roquette.

    Portanto agora estamos num caminho perigoso.

    Como adjectiva então caminho que se fechou entre 1995 e 2013?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belfodil,

      as minhas opiniões estão aqui expostas desde 2008 e continuam disponíveis para consulta. Não apareci "ontem".

      Eliminar
  7. É claro que agora é fácil ver que fomos roubados e na altura era díficil. Se fosse fácil ver que ia dar asneira, nada teria sido aprovado.
    Mas, ao contrário do que o LdA parece pensar, nunca é tarde demais para expor o que se passou e exigir responsabilidades.

    ResponderEliminar
  8. Não me venham com tangas!O verdadeiro motivo da expulsão foi o caso Doyen.
    Por essa ordem de ideias até os presidentes falecidos eram processados a titulo póstumo.

    ResponderEliminar
  9. Porque é que não é apresentada a verdadeira auditoria e sim conclusões feitas em power point e necessariamente subjectivamente interpretativas desta? Porque não estão também as contas disponíveis no site? Será porque não é conveniente para as versões oficiais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está disponível para consulta a qualquer sócio, queira você consultá-la, dirija-se à secretaria...

      Eliminar
  10. Caro LdA, reconhecidamente não concordarei com tudo o que diz, mas este spin é muito triste. A fase 1 da auditoria e a fase imobiliário foram concluídas, os factos (e não as opiniões) foram aprovadas. Houve a instauração requerida por sócios de um processo disciplinar ao sócio GL. O Conselho Fiscal, eleito pelos sócios, deliberou com a ajuda legal independente.

    Eu leio este blog desde 2008 e em muitas circunstâncias o LdA apelou aos sócios e às AGs e aos processos institucionais quando convinha à sua argumentação. Agora que convém o contrário, questiona o processo disciplinar que demorou quase 1 ano sustentado em factos que estão a ser apurados há 2 anos.

    É muito fácil ser simpático, é muito fácil não ter os nomes nos jornais e não levantar ondas, mas isso significa que também não estamos a lutar contra aqueles que se aproveitaram do clube. E isto não é baseado em opinião, é baseado em factos.

    Relativamente ao questionar o que foi dado como certo, concordo plenamente e o BdC também. Inclusivamente ele disse preto no branco nesta AG que é necessário não se voltar às aprovações por unanimidade e sem questionar tudo o que se faz. Que as AG são os locais certos para se discutir as questões, para se pedir esclarecimentos e para se viver a política do clube. Julgo que não deva ter estado na AG ontem para não ter ouvido este ponto.

    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel,

      grande parte do seu comentário baseia-se num preconceito: de que eu tenho um qualquer interesse, ou que represento interesses de terceiros para fazer spin. Acho isso ofensivo e lamentável mas enfim...

      Sobre o processo instaurado a GL desconheço grande parte dos fundamentos para o fazer bem como dos argumentos para a condenação. Em toda a informação que está disponível até agora não vi ainda nada que permitisse concluir inequivocamente de que existiu dolo na acção de antigo dirigentes para me levar a concluir que houve quem se aproveitasse do clube para seu bem pessoal. Não duvido que possa ter acontecido, em alguns casos isso até pode ser mais ou menos claro. Mas isto é já matéria de opinião, pode ser a minha ou a sua, mas não é um facto, por muito e muitos que o repitam.

      Não estive na AG, e como eu mais de 100 mil sócios do Sporting, se a contagem do número estiver actualizada.

      Eliminar
    2. Duas clarificações.

      1) ao escrever "spin" desejei dizer que para sustentar a sua opinião deu uma volta argumentativa que não considero válida, não que deve o que quer que seja a ninguém. Como disse, leio-o desde há muitos anos e sei distinguir as coisas. Não tive preconceito nenhum, apenas "pós-conceito".

      2) não estava a insinuar absolutamente nada em qualquer momento para além do que está efectivamente escrito. Sei que no Sporting parece que tudo é uma "boca", não foi este o caso. No caso da presença na AG, apenas queria salientar o ponto feito por BdC em concordância consigo, não a sua presença ou ausência na reunião.

      Miguel

      Eliminar
  11. Perigoso é ter esta gente de volta do Sporting. Deixámos de ser um dos clubes mais ricos do mundo para passar a ser um dos clubes mais endividados do mundo. Não foi puro azar. Roquette, Dias da Cunha e afins todos terão de ser julgados e incriminados. Se estamos à espera que a justiça do país condene o que quer que seja vão morrer os meus filhos sem termos condenações nenhumas.
    Ou também devemos deixar de julgar o Pinto da Costa como um corrupto só porque os tribunais não o incriminaram?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. DM,

      "Deixámos de ser um dos clubes mais ricos do mundo" ????

      Eliminar
    2. Então o sporting com o treinador 18 milhões não é neste momento o mais rico de Portugal?
      Até ouvi dizer que o Messi e o cr7 chegam dentro de poucos dias.
      O fcp e o Benfica este ano vão lutar pelo segundo e terceiro lugar.

      Eliminar
    3. Eles sabem lá o que dizem LdA

      Eliminar
    4. Epah se o treinador do Real vai receber três milhões e meio por ano lógicamente que o sporting é riquissimo.

      Eliminar
  12. O povo é sereno! (...) é apenas fumaça!"


    foi só apenas uma manifesta e reconhecida incompetência na gestão do clube um azar, portanto, até porque Erros todos cometemos. Quem decide sujeita-se a cometê-los . É uma pena que o Sporting só tenha acumulado erros em seu desfavor durante os últimos 30 anos.

    ninguém põe em causa a gestão futebolista do mandato de GL, foi uma uma decisão estratégica da direcção que correu mal, todas as decisões podem correr mal, o que não pode acontecer é com essas decisões hipotecarem o futuro de uma instituição. Aliado ao manifesto azar das decisões de GL surge a ligação Somague <-> Sporting em que quem sai beneficiado dela é... a somague, mais um azar para GL e para o Sporting. Mas o povo é sereno, é só azar, perdão fumaça.

    sobre o post:

    - O processo de expulsão de Gl como sócio partiu dos associados e não pela direcção, se acha que todos os associados são "brunistas", isso não se reflectiu nas eleições. Se os brunistas utilizam os dispositivos democráticos e estatutários disponíveis para algo acontecer, é aquilo que faltou durante anos ao Sporting. E existe sempre margem para os "não, porque sim" fazerem o mesmo, é uma questão de se organizarem.

    - não se pode criticar a inercia dos sócios para se manifestarem acerca da direcção que o clube toma e depois por em causa sendo por isso legitimo interrogar qual o grau de consciência e conhecimento real das suas implicações que presidiu à decisão de cada um dos votantes.. quando isso acontece, parece-me no mínimo, um equivoco.

    - em relação ao É como fazer hoje o euromilhões de sexta-feira passada, não sei se o LdA tem o costume de assistir às AG's mas raramente vi um notável nas mesmas, quando estão lá, é normalmente para defender os interesses pessoais. e já agora quem é que viu antes de ter ambições de ser presidente, alguma vez tenha chamado à atenção para o que quer que seja. Abrantes Mendes? as criticas ao modelo Roquette também redundaram na tentativa de ser presidente.

    - o orçamento existe (milagre?) e projecta um lucro de cerca 1M€, retirei a info daqui, Na mesma tabela, o Sporting apresenta uma estimativa de rendimentos e ganhos de 17.037.854 euros, um ligeiro aumento em relação a 2014/15 (fixou-se nos 16.740.901 euros). No que diz respeito ao total de gastos e perdas, a verba estimada é de 15.898.954, também superior à da temporada passada e que foi avaliada em 14.608.077 euros. mais em http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=958606

    Se a expulsão de um ex-presidente honra ou não a historia do Sporting, estaria mais preocupado em saber se as decisões por ele tomadas honraram o Sporting ou outros interesses. O que sei é que para a história do Sporting ficaram os 283 milhões de euros de passivo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. - Sobre de onde partiu se sabe não é menos sabido que teve e continua a ter o apoio explicito da direcção.

      - Não há qualquer equivoco. Se há é precisamente no voto inconsciente, tão pernicioso no passado como agora.

      - Não embrulhe Abrantes Mendes com o resto. Não tem que se gostar dele, mas tem um passado inequívoco no clube que não nasceu para disputar as eleições de 2011.

      - É correcto que os sócios tenham que procurar todos os jornais e outros veiculos para saber qual é o orçamento? O Record já foi promovido a órgão oficial?

      - Cada um preocupa-se com o que entende. Os erros de uns não tornam melhores os erros de outros.

      Eliminar
    2. -de que forma é que a direcção apoiou explicitamente o grupo de sócios que requereu ao CFD a expulsão de sócios de Gl e companhia?

      -o que considera um voto inconsciente?

      -Puxei Abrantes Mendes por ser uma figura ímpar no combate ao status quo, e não me respondeu à pergunta que deixei, lembro também que Abrantes Mendes foi candidato em 2005, não apareceu só em 2011

      -Não sei com que rapidez é posta a informação a circular depois das AG's quando fui tive sempre um caderno que só muito posteriormente era posto em circulação. Naturalmente é uma questão a melhorar, alias todo o site do Sporting necessita urgentemente duma renovação. A provação do Record é desnecessária.

      - exactamente, não diria melhor. E por aí vemos as diferenças do que é considerado importante ou não

      Eliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Leão de Alvalade,

    No caso de existirem suspeitas de aproveitamento (por parte de quem quer que seja, passado e presente), deverá essa matéria estar sob alçada da polícia e dos tribunais. Se assim não for, trespassa aquilo que o «post» descreve como principal motivação para este processo: ajustes de contas pessoais, algo pouco surpreendente dada a natureza mesquinha e narcisista do actual presidente do Sporting. No mais, não é novidade que o Sporting foi durante longas décadas - muito para trás de 1995 - dirigido por pessoas com pouca aptidão para os cargos que desempenharam. E também não é novidade que os problemas que o Sporting enfrenta têm como principal origem uma gestão desportiva mediocre que se prolongou durante décadas nas quais foram gastos centenas de milhões de Euros com muito pouco ou nenhum proveito desportivo em retorno. Não há aqui grande mistério e tudo o mais que vá além de incompetência é matéria para ser tratada noutras instâncias por gente habilitada a investigar crimes de natureza económica.

    É este o caso? Se é não parece porque do contrário não resultaria numa mera negação do estatuto de associado, independentemente dos visados ou pessoas sobre as quais recaem suspeitas.

    ResponderEliminar
  15. As Assembleias, com milhares de pessoas não são o palco certo para se discutirem casos complexos, em número elevado. Qualquer pessoa de boa fé reconhece isso, a democracia leva a representatividade em órgãos mais operacionais e funcionais , se o que estiver em causa for o apuramento sustentado da verdade das coisa e decisões ponderadas e reflectidas! Este caminho actual das Assembleias devia ser substituído por referendos aos socios após informação completa sobre a matéria.
    Só assim se explica que quem está no poder ganha sempre-as votações, e mais tarde os mesmos sócios em nova Assembleia desdizem o que decidiram antes com as consequências que estão à vista

    ResponderEliminar
  16. É normal que neste país onde vivemos, onde normalmente a culpa morre sempre solteira nos altos cargos, onde normalmente so os mais fracos é que sao culpados de alguma coisa, que uma situaçao desta natureza cause muita estranheza. Continua-mos a preferir arranjar teorias bonitas, fazer frases bonitas, para justificar e salvar a pele aqueles que mais prejudicam as instituiçoes. Continuamos a inventar maneiras de nao por a mao na massa, e de nao fazer mos o que tem de ser feito quando ha alguem incompetente que tem de ser afastado e culpado, no minimo de ser burro. Normalmente estes sao postos a marinar, e depois recolocados noutras posicoes quando a poeira assenta. Ou entao quando nao ha vergonha, sao recolocados imediatamente noutros postos.
    Por isso é que este país é hoje o cu da Europa, a par dos Gregos.

    Isto que aconteceu, era o minimo que podia ter acontecido. Para mim acontecia a todos os que saissem com mais prejuizo do que aquele que tinham herdado. Bastava isto. Assim so para la ia mesmo quem quisesse o bem da instituiçao.

    No meio de tanto choro por Godinho Lopes e outros da mesma laia, nao me recordo de ter visto tanto choro pela instituiçao que eles quase destruiram. Esta sim digna de pena, em conjunto com os socios e adeptos que a sustentam, porque ficou em bem pior estado do que qualquer um deles.

    Amanha tambem Bruno de Carvalho sera "julgado" pelo que fizer no Sporting.

    Ate la deixem-se de paneleiriçes, e de arranjar argumentos para justificar a incomptencia dos outros, e as naturais consequencias que poderam sofrer por isso. Mas sei que isso.sera dificil, porque se fosse pelas opinioes de muitos aqui, se calhar o Godinho Lopes tinha sido presidente mais uns meses. Pelo menos ate dar cabe do resto que faltava.




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PedroC

      Ninguém está aqui a defender GL, o que se põe em causa é o processo de expulsão de sócio.

      O que realmente muda com a expulsão de sócio de Gl, nada. é uma acção populista.

      Uns poderão dizer que é muito mais que isso, que marca uma mudança no Sporting, que está vivo e defende-se dos ataques a que foi sujeito. Outros podem argumentar que é uma acção movida por interesses pessoais e visa a acertar contas passadas, que antes demais deveria haver uma acção judicial para se provar efectivamente se houve algum acto ilícito contra o Sporting.

      todas as decisões empresariais acarretam risco, umas mais que outras mas todas têm em comum terem sido aprovadas por todos nós.

      Julgar com base no sucesso (sobretudo desportivo, sejamos sinceros) é injusto e contra producente.



      Eliminar
    2. Para mim muda. Para mim, para o bem e para o mal, as accoes de um individuo têm de ter consequencias. Nao é so fazer a merda, e depois sair de fininho de cena, limpinho limpinho, e quem ficar mal que fique.

      Por mais teorias e arranjos que se tentem, a frieza dos numeros nao deixa enganar ninguem, para infelicidade de alguns. A fatura da gestao destas pessoas, esta escarrapachada a vista de todos. E tamanho rombo financeiro, nao pode ficar impune. Se acho que alguem vai ser preso? Lool isso é historia de crianças. Quem se mete.nestas coisas, so é incompetente no que lhe interessa. E quem rouba, se realmente o fez, fe-lo bem feito. A expulsao de socio, é o minimo que se pode fazer como paga para tamanha atrocidade, como foi o mandato de godinho lopes. Que comecou com a pureza que todos recordamos, com afinaçoes e tudo. E que mesmo nos finalmentes do seu mandato, mesmo depois de ter feito todas trapalhadas possiveis, ainda tudo fez para nao ser corrido, ajudado pelas opinioes daqueles idealistas que dizem que os mandatos sao para cumprir, e que arranjavam teorias fantasticas para justificar os vercautens, os jesualdos, e as contas por pagar.

      Quero que GL se lixe. E tenho a certeza que ele deve de estar a chorar baba e ranho pelo que lhe fizeram agora.

      Amanha sera a vez de Bruno de Carvalho, com a agravante que ainda.sera mais escrutinado exactamente pelo que foi agora feito a este. Espero que o balanço seja melhor. Mas se nao for, que tenha o mesmo destino deste.

      Eliminar
    3. "todas as decisões empresariais acarretam risco, umas mais que outras mas todas têm em comum terem sido aprovadas por todos nós"

      Nunca aprovei nada que GL tenha feito, desde o primeiro dia em que ele la entrou. GL sempre me cheirou aquilo que viria ser. Foi apenas uma forma mal amanhada, de continuar com a dinastia que estava a frente do clube, rodeado por um saco de gatos de "incompetentes", mafiosos, charlatoes, e o tempo so veio dar razao a isto mesmo. Foi uma soluçao em cima do joelho, de um individuo sem carisma, sem sal, de um avo cantigas daqueles que a malta gosta, fino na fala, polido, bem educado, mas cuja gestao delapidou o Sporting em milhares de euros por dia.

      Eliminar
  17. “Para fazerem mal ao Sporting, primeiro vão ter de me matar” By BdC

    Ena c' um catano! Que espectacular... Haja esperança! É um 'ganda' herói, um "presidente sem medo", um mártir este BdC. O suicídio já esteve mais longe... Ou então BdC vai acertar SEMPRE! Nunca vai errar e prejudicar o SCP com uma má decisão.

    É como digo Deus Ex-Maquina... preside ao SCP! Resolve tudo, até o insolúvel, caraças... Nem que seja nas calendas gregas através de recurso aos tribunais portugueses...

    Por outro lado, acho bem que se expulsem sócios do SCP sem contraditório e se avancem com processos em tribunal sobre os associados que criticam o Nosso Senhor! Ganhámos mais um caso em tribunal... Em vez de títulos coleccionamos batalhas judiciais! O departamento jurídico do SCP está bem carregadinho. Qlq dia temos que contratar uns gabinetes de advocacia como consultores externos... Empresas de comunicação já temos que chegue, por isso há que diversificar o negócio... Touché! Bem visto, òh Todo Poderoso, Sua Excelência Dom Bruno, o Inatingível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso, mais nada. Tribunais para quê quando se pode pegar num cheque e numa vassoura com o dinheiro do Sporting e resolver magicamente os problemas. Iam todos de barriga cheia e ninguém refilava. Tribunais... Esses órgãos mesmo à Coreia do Norte...

      Daqui a uns tempos quando fores a Évora por outra velinha ao 44 (outro que resolvia tudo com o dinheiro dos outros... até ao dia que o dinheiro dos outros se acabou), ofereço-te uma para levares ao Godinho.

      Vai com Deus e pela sombra.

      Eliminar
  18. “Para fazerem mal ao Sporting, primeiro vão ter de me matar” é este tipo de populismo que arrasta multidões.
    Acho que o Sporting vai ser um clube de pensamento único a imagem dos ANDRADES.

    ResponderEliminar
  19. "Obrigado" caro LdA pela censura recorrente aos meus comentários...demonstrador efectivo da "democracia" reinante...
    Você no fundo é também um BdC deste blog, certo? E o Virgilio o seu PMAG... :)

    Saudações Leoninas

    Noddy

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Noddy no País das crianças... Que ternurento.

      Eliminar
    2. Deixe lá isso e venha brincar com a malta...Se continua rezingão ninguém o chama para brincar.

      Noddy

      Eliminar
    3. Óh Noddy... mas tu é que estavas a refilar, diria mesmo a implorar, para brincar aqui no pátio do 'ANorte'....'tadinho...Mantenho: és uma ternura.O país dos brinquedos não chega para ti...

      Eliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (12) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (93) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (7) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (3) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)