quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

O que é preocupante quando (não) se vê jogar a equipa B

Ontem a equipa B do Sporting acumulou mais um resultado negativo, com a agravante de tal ter sucedido em casa. Sou de opinião que não se devem fazer grandes extrapolações na sequência de um qualquer resultado, seja ele de cariz negativo ou mesmo positivo. O jogo de ontem assim o recomenda, uma vez que alguns acontecimentos específicos ocorridos durante a partida condicionaram o seu desfecho, como foram a expulsão de Fokobo numa fase precoce do jogo e um penalty desperdiçado, que poderia ter conferido o empate.

Mas há uma inevitabilidade a considerar após o jogo de ontem: por força dos maus resultados consecutivos, a equipa gravita agora próximo da perigosa zona de despromoção, que habitualmente exerce uma pressão psicológica acrescida sobre as equipas, jogadores e treinadores. Os 20 pontos do actual 17º lugar  conferem-nos apenas 3 pontos de distância dos 17 do 22º lugar que confere a descida ao inferno da II B , de onde se sai apenas garantindo o primeiro lugar da série respectiva. Os próximos jogos terão algum carácter definidor, uma das características deste campeonato é a grande volatilidade da tabela classificativa, é tão fácil subir ou descer, em função dos resultados. Mas daria imenso jeito, leia-se tranquilidade, que o próximo jogo fosse ganho. É uma curta deslocação, ao campo do Oriental, que tem apenas menos um ponto que nós.

Se a posição em caímos é, como se vê, preocupante, mais ainda parece-me que é o que não se consegue perceber em campo. O mais natural é que se esteja a recolher os frutos da má planificação da época, marcada pelas constantes alterações na composição da equipa técnica, onde se assinala a inovação de destituir o treinador quando a época ia começar, isto quando eram já conhecidas movimentações nesse sentido, como se depreende da admissão pública de Litos de que havia rejeitado um convite para o lugar. 

Passados quase 2 meses da chegada de um novo treinador, e quando não se percebem quaisquer automatismos no comportamento da equipa nem que modelo de jogo se procura, é caso para perguntar se Deus, (o João) existe e se existe o que tem andado a fazer.  Neste momento acumulamos mais derrotas que vitórias, mais golos sofridos que marcados, não marcamos golos há 6 jogos consecutivos (ontem quase não construímos oportunidades). Isto sim -  a falta de qualidade do nosso jogo - me parece mais preocupante que uma episódica descida na classificação. Sem qualidade, a obtenção de resultados eleva ainda mais o carácter aleatório do jogo a que a equipa fica entregue.

Do ponto de vista da qualidade individual dos jogadores que compõem o plantel, julgo ser consensual afirmar que ela existe e obriga a fazer muito mais, mesmo que aquela não seja a de dos 2 anos anteriores. No entanto há jogadores nitidamente estagnados (Esgaio, Reis, Tobias, Wallyson, Esgaio, Podence) e outros que até parecem ter regredido (Fokobo). Há ainda aqueles que desapareceram completamente e de quem se esperava muito (Iuri e Chaby), pelo menos mais do que se arrastarem entre o banco e a bancada. Ryan Gauld está longe de justificar o maior investimento do ano e não parece ser por falta de qualidade técnica. Outros infelizmente vão ocupando lugares que não justificam de todo (Cissé, Enoh, Dramé, Sacko). Isto sem esquecer os jogadores que foram contratados para a A se arrastam na terra de ninguém, como Sacko, Geraldes, Slavchev e Rábia, mas vão ocupando aqui e ali lugares de outros sem também o justificar.

É também mais ou menos consensual que alguns dos jogadores acima aludidos estejam a precisar de novos desafios, que a II Liga dificilmente representam. Mas, olhando à lista de jogadores emprestados e aos campeonatos onde aterraram é pelo menos legitimo uma conclusão e uma dúvida.

A primeira, a conclusão, é que o Sporting não conseguiu colocar jogadores nem na Liga portuguesa nem em ligas, clubes ou treinadores de referência. O que torna duvidosos os resultados que se venham a alcançar. Betinho deu o lugar a Cissé para ir jogar para o Brentford de Inglaterra, quando as características do jogador e daquele campeonato britânico recomendavam o contrário. Rúbio, na Noruega,  Semedo no Réus, Viola no Karbukskor, Zezinho no Chipre, parecem estar a cumprir uma pena de exílio. Excepção para Labyad, no Vitesse da Holanda. Aqui talvez fosse bom questionar se a politica de não alianças e auto-exclusão a que o Sporting se votou não está a contribuir para o expatriamento forçado de jogadores, com aparentes mais desvantagens que benefícios para aqueles e para o clubes.

Isto enquanto se escutam algumas dúvidas relativamente à postura profissional de alguns atletas também. Independentemente do que possa haver aí de verdade, é bom lembrar também que alguns destes jogadores vincularam-se recentemente ao clube por períodos longos (com contratos baratos e elevadas cláusulas de rescisão) sob a promessa de um novo ciclo de apostas na prata da casa e, alguns deles, vêm os seus lugares ocupados por jogadores a ganhar mais sem o justificar. Na prática não jogam, logo não evoluem, e também não ganham dinheiro. Nestas circunstâncias é fácil recriminar, mais difícil é aguentar uma situação que, a manter-se, lhes é notoriamente prejudicial.

A pergunta que se coloca é a de sempre: com que jogadores se poderá contar na próxima época para a formação do plantel? Não é para isso que serve a equipa B?

6 comentários:

  1. Preocupa-me deveras a politica desportiva seguida por esta direção sobretudo ao nível da formação. Não havendo muito dinheiro para se contratar jogadores, não se compreende a politica de aquisições seguida pela tríade que comanda o futebol. Cedo se percebeu que os jogadores adquiridos não entrariam imediatamente na equipa e que não vinham acrescentar muito ao plantel já existente, com ínfimas exceções. Não seria mais lógico investir em 2 ou 3 jogadores que acrescentassem qualidade e que fossem titulares "de caras" e complementar o restante plantel com jogadores da formação que andam desmotivados na equipa B?

    Também a politica de aquisições da equipa B, me parece totalmente desadequada. Reconhecendo qualidades em alguns dos jogadores adquiridos, vejo muito pouca qualidade ou nenhuma nos restantes. Sendo que esses restantes são quase todos estrangeiros que tapam os "meninos da nossa formação", quase todos eles muito melhores jogadores.

    Com total sinceridade e não colocando em causa a honestidade das pessoas, acho que foi uma politica de contratações errada. Espero que o futuro não me venha a dar razão para regozijo de todos nós.

    Não seguindo de perto a nossa formação e acompanhando á distancia, não consigo deixar de sentir uma enorme preocupação pelo decréscimo de resultados patente na classificação dos vários escalões. E pelo decréscimo de qualidade nas nossa equipas de formação.
    Este fenómeno também pode ser mais visível, porque os nossos rivais estão em significativa melhoria e nós estamos a estagnar.

    Saudações leoninas.

    ResponderEliminar
  2. Ontem alguém se revoltou aqui porque disse que o que era mais notório no R&C era uma estratégia de empobrecimento. O que está a suceder na formação é a prova desde que a actual direcção chegou a Alcochete há um decréscimo acelerado de valor em todos os sectores e os resultados estão à vista. Só um cego é que não vê isto. E agora não me venham com as histórias do costume do antigamente porque também estava farto dos erros do GL e outros. Mas a prometida cultura de exigência tão apregoada em campanha está mais que à vista de todos que era para apanhar votos. Só é surpresa em quem não conhecer as qualidades de gestor excepcional do Bruno, do percurso irrepreensível do director desportivo Inácio e da excelência do passado na formação ou qualquer outra matéria ligada ao desporto do Virgílio. Isto já sem falar nessa mistura explosiva que é o Joseph Trotsky Quintela Goebbls.

    ResponderEliminar
  3. Não se pode falar em empobrecimento da formação do Sporting e depois falar em Tobias, Esgaio, Wallyson, Podence, Medeiros ou Gélson Martins por exemplo
    E estes têm sido quase sempre titulares ultimamente, não são os estrangeiros que se tem contratado que os estão a tapar. É um assunto diferente que acho que não deve ser misturado.
    Podemos falar na falta de aproveitamento destes jovens, na aparente desorientação na equipa técnica da equipa B e na falta de resultados. Mas não em contratações que impedem as nossas promessas de jogar.

    Porque senão vejamos mais acima, com mais 7 pontos temos uma equipa B que joga assim:
    Bruno Varela, Nélson Semedo, Marcos Valente, Victor Lindelöf, Pedro Rebocho, João Teixeira, Rúben Pinto, Victor Andrade, Gonçalo Guedes, Rui Fonte, Hélder Costa.

    Deste grupo, quantos é que encontram com possivel potencial de equipa A?
    Gonçalo Guedes, João Teixeira, talvez o Helder Costa ou Bruno Varela.
    Mas pouco mais...

    Assim, que poderá haver uma empobrecimento na formação do Sporting talvez na equipa de juniores, juvenis ou iniciados, mas para já a meu ver não é esse o principal problema que temos na equipa B.

    ResponderEliminar
  4. Equipa B? Formação?

    wasted days:

    https://www.youtube.com/watch?v=JIitQNXVgb8&spfreload=10

    ResponderEliminar
  5. Sou bastante crítico da direcção nesta questão. Vejo a equipa B como um espaço de crescimento dos miúdos que saem da formação e mais tarde reforçam a equipa A.
    Não me interessa muito a classificação se no final da época subir um Podence, um Wallyson e um Iuri.

    Foram feitas contratações a mais para a A e para a B que tiram espaço aos miúdos (o Chaby por exemplo que fez uma boa pré-época com Jardim praticamente não jogou)...e por outro lado há ali alguma desmotivação nos jogadores que já lá estão a mais tempo (como o Joao Mario no ano passado).

    É fundamental que seja alterada a política de contratações, que em Janeiro haja alguma arrumação na equipa B (empréstimos, dispensas) e era o Marco Silva dê algumas linhas de orientações sobre o modelo de jogo. Como aliás faz o Nuno Dias no futsal para todos os escalões de formação.

    Na entrevista a João Mário, no Jornal do Sporting de hoje:

    "No segundo ano (na equipa B), eu próprio achava que precisava de outro desafio"
    "Os primeiros meses (da 2ª época na B) não correram bem mas felizmente fui emprestado ao V. Setubal"
    "A equipa B para mim não chegava. Não conseguia competir com jogadores da 1ª Liga se continuasse lá"

    O Esgaio por exemplo já vai na 3ª época na B, sendo o melhor marcador da equipa nas 2 épocas anteriores...

    Ps- Calculo que a boca do JPM me seja dirigida. Como referi ontem é curioso ser um brunista por estes lados e ser um anti-Bruno e muito exigente num grupo de sportinguista que tenho, porque volta e meia estamos a discutir formação. Enfim...pensar pela cabeça, ter uma visão crítica e falar em factos dá muito trabalho a alguns.

    ResponderEliminar
  6. Como você sabe , eu como muitos tentamos quase atingir a negação , mas é preciso dar-lhe razão, a politica de aquisições passou ao lado , eu uma vez fiz um texto com o aproveitamento deles e tal , mas de facto é preciso abrir os olhos.

    Estas contratações exóticas vindas do fundo de 15M da banca para a indemnizações no plantel (gastamos 2 e ficamos 13M) , foi um tiro ao lado. E e preciso saber quem é o responsável , vi o Inácio dizer que o Shikabala iria fazer uma grande época e mostrar todo o seu potencial , penso que foi no dia da pole position , logo presumo que seja a cabeça da politica de contratações.

    Seria preciso avaliar mais que os vídeos , mas principalmente o contexto competitivo onde estavam inseridos jogadores como o Slavchev por exemplo , ou mesmo Rabia.

    Um treinador não tem de mandar numa estrutura mas exagerou-se.

    Temos o Paulo Oliveira , Jonathan , Rabia , Rosell , e o novo querido dos sportinguistas , o Tanaka que ainda não sabemos bem o que esperar. O resto está complicado que subam a equipa A.

    Há jogadores na B estagnados , e tem muito a ver com a falta de futebol dos treinadores.

    O Sporting B joga em canal aberto , provavelmente tem mais espetadores que mais de metade das equipas da 1ª liga , podia-se facilmente ter um treinador superior aos que teem vindo a ser contratados. Sendo que este é um ponto supostamente estratégico para o clube , podia haver esse investimento , ter um treinador de top da 2ª liga que fizesse evoluir os jogadores.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)