segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Viagem à Madeira: quando o resultado é tudo e as novelas seguem dentro de momentos

Não faltam elogios hoje à postura dos jogadores do Sporting no encontro da Madeira, ante o Nacional. Elogios que seriam exactamente o oposto, e provavelmente com a mesma origem, caso o resultado não se tivesse saldado por uma vitória. O que se está a validar hoje é o resultado, não a exibição ou a entrega dos jogadores.

Do ponto de vista da exibição ela esteve longe de ser vistosa e isso tem várias explicações: a primeira, a mais importante, o adversário que defrontamos e as suas peculiaridades. Os jogos com o Nacional sempre foram difíceis, basta olhar para o histórico dos resultados, em especial os que coincidem com o comando técnico de Manuel Machado. Essas dificuldades começaram a ficar bem patentes no inicio do encontro. Com os madeirenses a solicitarem Suk de forma directa e Matias e Rondon à procura da segunda bola, a importância da nossa superioridade técnica, em particular do meio-campo, ficava anulada, pelo menos parcialmente. Quando tínhamos a posse de bola não conseguíamos assentar o jogo, mercê quer da imprecisão no passe quer da pressão do adversário, que se concentrava sobre os nossos elementos capazes de construir.

A segunda explicação está no momento particularmente instável que se vive, por força dos resultados e da consequente classificação. A perspectiva que se colocava, em caso da vitória não se concretizar, era tudo menos animadora. O discurso recente do presidente, deixando em causa as decisões do treinador e o empenho dos jogadores, representando ameaças veladas sobretudo à continuidade do responsável técnico, dificilmente não pode ser considerado como amplificador da instabilidade que os resultados e classificação adversos representam inevitavelmente num clube com as nossas ambições. A explicação para tanto passe e recepções falhados também tem de ser encontrada aí. O estado miserável do relvado não será menos importante, embora este fosse o mesmo para ambas as equipas, mas o estilo de jogo do Nacional era obviamente o menos penalizado.

Do ponto de vista da entrega ou a tão famigerada atitude, não me parece que ela sirva de explicação para os resultados menos conseguidos. Nem ontem nem sequer no jogo com o Moreirense, por exemplo, ou o empate, que ocorreu nos últimos momentos do jogo, nunca ocorreria. Mas a este nível há pelo menos um jogador a precisar de rever alguns conceitos sobre a missão de um centro campista: João Mário. Entrou por azar de André Martins e o seu jogo foi a explicação prática para a cura de banco que Marco Silva lhe ofereceu. A forma como se desliga do jogo quando perde a bola é aflitiva e a falta de intensidade na hora de a recuperar é idêntica. João Mário tem grandes condições para ser um dos melhores médios nacionais da sua geração se conseguir corrigir este defeito que, no lugar que ocupa, é a diferença entre um bom jogador e um jogador vulgar. Há poucos treinadores - haverá mesmo algum? - que esteja disposto a dar muitas oportunidades a um jogador tão descomprometido.

No polo oposto colocaria Slimani. Entrega total, faltando-lhe a classe dos grandes matadores para ser grande. Muito desse "defeito" advém-lhe de um mau jogo com os pés, sobretudo ao nível do controlo da bola e passe. Pormenor que me parece poder ser senão eliminado pelo menos atenuado, se bem treinado. Se o conseguisse jogos como o de ontem teriam significado pelo menos mais um ou até mesmo dois golos e não dois falhanços comprometedores para ele e sobretudo para a equipa.

Referência individual também Paulo Oliveira, que jogou por dois. É um bom jogador, mas não tão bom como alguns elogios estratosféricos fazem crer. Beneficia da comparação com os colegas que tem tido ao lado, ficando muito por isso mais destacado. Nos defeitos que lhe detecto - a velocidade e a bola nos pés - podem ser um atenuado outro melhorado. A velocidade é uma característica inata. Não a tendo Paulo Oliveira é obrigado a jogar com mais atenção, em antecipação. A bola nos pés, tal como Slimani, pode trabalhá-la melhor. Como a qualquer outro central, para começar a construir jogo, tem de contar com a disponibilidade e inteligência dos que jogam à sua frente e ao lado, médios e laterais particularmente.

Carrillo é a última referência individual. Jogo intenso, menos preguiçoso do que era seu costume num passado recente na hora de defender, muito inteligente quando foi preciso segurar a bola longe da nossa baliza, permitindo à equipa respirar e fazendo o adversário perder a paciência. Vale sempre a pena esperar o melhor de quem tem muita qualidade e Carrillo tem-na e muita. 

Não é costume as palavras do treinador fugirem dos habituais chavões e lugares comuns para adquirem a importância e a atenção que tiveram as de Marco Silva na conferência de imprensa. Para os que minimizaram o impacto das palavras e sobretudo o seu desacerto ficou ontem a devida demonstração prática. 

Como sócio do clube lamento profundamente este espectáculo deprimente, em que o treinador se vê forçado a enviar recados para cima e sobretudo ensinar o "B"+"A"="BA" do relacionamento entre indivíduos, quando afirmou: "como treinador prefiro criticar ou elogiar cara a cara". Já todos percebemos que, se não houver quem medeie este problema a história vai acabar mal. Depois digam que a culpa é dos jornalistas.

18 comentários:

  1. Por acaso tenho de concordar com este blogue, que não aprecio particularmente e menos ainda este comentador. Mas tendo em conta a estupidez crescente de Bruno de Carvalho, a partir do momento em BdC ponha o Marco Silva na rua começa a contagem decrescente para que este senhor que está como ele na foto seja mesmo o próximo presidente do Sporting. Mesmo que não me agrade, também na duvido disso. E Bruno de Carvalho se não consegue relacionar-se com treinadores e acha que lhes ensina alguma coisa, também não está a fazer nada no Sporting. Já tivemos a nossa dose de pessoas desequilibradas.

    Para mim esta guerra toda é por ciúmes. Ciúmes da "boa" imprensa do Marco Silva. Só que se o Bruno quer ter boa imprensa que não desate a insultar toda a gente. Ao apelidar os nossos rivais de "nádegas", por exemplo, pensa que lhe traria elogios dos comentadores e personalidades de outros clubes? E isso é defender o Sporting em quê? Porventura um treinador de futebol pode ou deve expressar-se nesses termos para assim mostrar ter "tomates"? Quem quer ser respeitado deve dar-se ao respeito. E quem não quer ser lobo, que não lhe vista a pele.

    http://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/ano-novo-treinador-presidente-novo-1194162

    ResponderEliminar
  2. Pois eu acho que a culpa é da Doyen, do Catio Baldé, do Zahavi, do Jorge Mendes, do pai do Dier, das nádegas, da Liga e, como aliás sabe, sua e do Camarote Leonino. Só não vê quem não quer ver.

    Inocentes? Os grandes visionários que contrataram 4 centrais que não fazem meio Tobias Figueiredo.

    ResponderEliminar
  3. Ao comentador Yazalde: se quiseres refazer o teu comentário eliminando a parte insultuosa, publicarei, mesmo contendo um link

    ResponderEliminar
  4. Não percebo muito bem o primeiro parágrafo. Concordo que há uma tendência irritante se avaliar as exibições exclusivamente pelo resultado (vide Benfica no Porto na semana passado), mas não me parece que seja este o caso. Pelo contrário: acho que é por causa do mau clima que envolve a equipa que se desvaloriza esta exibição. Noutro contexto, estar-se-ia a falar de como foi um jogo digno de um candidato ao título.

    É que o jogo esteve a milhas do que se viu em casa com o Moreirense, com o Passos e com o Belenenses - basicamente, os jogos que nos tiraram da corrida pelo título. Curiosamente jogos em que empatámos não por causa da defesa, mas porque fomos dominados no meio campo e quase não criámos oportunidades de golo.

    É verdade que ontem podíamos ter tido o azar de empatar naquele lance em que o Patrício faz a mancha e sofre falta. Mas seria um resultado mentiroso. O mesmo não se pode dizer daqueles três jogos em casa, onde o empate foi o resultado justo e, em dois deles, até algo lisonjeiro.

    No jogo de ontem fomos superiores ao Nacional. Depois de um primeiro tempo equilibrado, arrancámos para uma bela segunda parte, quer antes da expulsão - quando o Sporting dominou e criou várias oportunidades para matar o jogo - quer depois - onde geriu muito bem o tempo, com aquele único soluço. Foi um jogo emocionante, num campo complicado e onde jogámos bem durante muito tempo.

    Eu confesso que não compreendo de onde vem este clima de guerrilha à volta do clube. Vejo com perplexidade tanto o metralhar frenético do Presidente em todas as direções como a destruição da equipa na blogosfera. Sinceramente, não percebo porquê. O Presidente tem de perceber que, no dia em que toda a gente ficar satisfeita por estar a 10 pontos do 1º lugar, o Sporting morreu. Ao mesmo tempo, tem de perceber que não precisa de dar troco a cada crítica que aparece nem de fazer a unanimidade. Porque das duas, uma: ou acredita no que está a fazer, e então não são bocas nos jornais e na net que vão mudar isso. Ou então não acredita, e aí não está lá a fazer nada. Agora, andar a criar ruído com AGs extemporâneas e bocas ao treinador, dispensa-se. Desgasta-se, desgasta o clube - e ninguém percebe com que benefício. Já se percebeu que é o seu estilo. Mas, se calhar, também ele precisa de crescer.

    Quanto à equipa, se não acho que a equipa esteja tão bem que fique acima de críticas, não vejo que esteja tão mal que mereça a destruição. Eu continuo a ver um processo de construção e continuo a achar que muito do que vemos são dores de crescimento. No ano passado, ninguém esperava nada. Agora há expetativas a sério a nível nacional e internacional - e ainda bem, porque estamos a falar do Sporting e não do Braga ou do Belenenses. Há jogadores que estão a responder ao salto que o treinador de qualidade quer que a equipa dê e outros que não. O Maurício é um bom exemplo: chegava para o que se queria no ano passado, mas se calhar já não para o que se quer agora. O Carrillo também: está claramente a crescer como jogo e prosperar com o aumento de exigência. É este elevar de patamar constante que nós precisamos se um dia quisermos voltar a ser campeões.

    ResponderEliminar
  5. ok, aqui fica então o link, boa leitura:
    http://www.forumscp.com/index.php?topic=64352.0

    ResponderEliminar
  6. Oh yazalde, esse post impressionou-o assim tanto? :-D

    ResponderEliminar
  7. É preciso um avançado melhor que Slimani , o Sporting não pode falhar num jogo destes como falhou , quanto ao Paulo Oliveira parece-me intrínseca a sua qualidade , principalmente a eficácia de corte que tem a jogar limpo , é por exemplo superior ao Dier e ao Ilori na minha opinião.

    Ninguém compreende porque Sarr joga em vez de Tobias , mas de qualquer forma é preciso contratar um central.

    Estou completamente saturado deste treinador de comunicação social , que agora se esconde nas criticas desta mesma ao Presidente , como se o Presidente tivesse jogado contra o Moreirense e o Vizela.

    O que eu vi no estádio contra o Moreirense chama-se falta de liderança , que começa pelo facto do seu relacionamento com os jogadores ser próximo e quase amigo , esta maneira de trabalhar funcionaria com um plantel maduro , mas não com jovens que precisam de ser disciplinados taticamente e mentalmente , e mesmo com a dificuldade de impor a mudança de chip champions-campeonato , a incapacidade em transmitir uma mensagem de exigência é notória , pois em vez do treinador veem um primo.

    Ontem correram pelo emprego do primo.

    De notar que no Estoril também tremia em casa , e na minha opinião é uma questão meramente tatica , que claro a comunicação social imputa ao Presidente e à sua politica de contratações.

    Em relação ao João Mário , de facto um dos seus maiores defeitos , são a falta de rotação , mas penso que o Adrien merecia mais a critica , não apenas pelo lance em que é expulso mas mesmo pelo jogo medíocre que fez(mais uma vez).

    ResponderEliminar
  8. m1950, o treinador esconde-se de quê? Dos tiros que o presidente lhe manda publicamente, só se for. Até hoje, nunca vi o treinador desculpar-se com as opções que tem.

    Menos brunismo e mais sportinguismo, rogo-lhe

    ResponderEliminar
  9. Já toda a gente percebeu que para os autores deste blog o problema do Sporting nos jogos com o Guimarães, Moreirense e Vizela não foi falta de atitude (ou de entrega ou de intensidade ou de qualquer uma das mil e uma palvras que querem dizer exatamente a mesma coisa, embora haja por aqui quem queira fazer crer que não).

    Como é evidente, toda a gente aqui pensa que a culpa é da falta de qualidade da equipa, de quem a montou e de quem escolheu a pessoa responsável por montá-la.

    Dizendo sem rodeios, a culpa é do BdC. Ponto. É sempre essa a conclusão (mais ou menos implícita) de cada um dos posts "a norte de Alvalade".

    Mas se pensam assim, manda a coerência que digam também que, ao nível da qualidade estamos ao mesmo nível do Moreirense e muito ligeiramente acima do Vizela. E manda a coerência também que se diga que o Moreirense e o Vizela estão muito niveladas, em termos de qualidade, com equipas como o Shalke ou o porto.

    É que, caso contrário, cairemos sempre no problema da diferença de atitude demonstrada pelo Sporting nos jogos grandes e nos jogos pequenos.

    O meu desacordo com o que se escreve neste blog é total.

    Acho que o Sporting sofreu nos jogos com Guimarães, Vizela e Moreirense de uma falta de atitude gritante. Não há explicação possível, a não ser isso, para a mediocridade desmontrada nesses jogos.

    Mais: acho que os jogadores melhoraram bastante de atitude ontem, mas ainda foi um Sporting fraco e de serviços mínimos a quem não vi grandes elogios (ao contrário do que se diz no post).

    Por outro lado, acho muito sinceramente que os jogadores se estão nas tintas para o que o presidente diz ou deixa de dizer. Eles querem é jogar, ganhar jogos, receber a horas e jogar nos clubes e competições mais atraentes.

    O resto são novelas feitas e ampliadas pela comunicação social cujo impacto na vida dos jogadores é muito menor do que se pensa.

    ResponderEliminar
  10. Jô,

    No teu afã de despejares o saco com acusações gratuitas e para te dar jeito à narrativa nem te lembras do post sobre o jogo do Moreirense, que por acaso também comentaste. de facto não estamos de acordo. Por acaso também vi o jogo do Nacional com o SLB e os problemas que então sentiram foram mais ou menos os mesmos do que nós ontem. Se os jogadores não se tivessem empenhado não teríamos ganho o jogo. Mesmo tendo-o feito poderíamos tê-lo empatado ou perdido porque "atitude" e "empenho" só explicam tudo quando se desvaloriza tudo o resto.

    ResponderEliminar
  11. 1-Claramente ha falta de atitude contra Belenenses , Pacos e Moreirense. Podem nao gostar do BdC mas nao queiram disfarcar o indisfarcavel. E nitido que os jogadores nao entram com o mesmo espirito pra este jogo que para os jogos da champions. Falta-lhes estaleca mental e relaxam (mais tarde ou mais cedo vamos marcar...)

    2-BdC esteve muito mal ao expor o MS daquela maneira. BdC em linhas gerais tem feito um grande trabalho mas tem cometidos alguns erros ( Ha alguem perfeito?). Fala demais, mete-se onde nao deve algumas vezes e tb se excede nas palavras. Tem de melhorar nesses aspectos. Leva 1 ano e meio de futebol. Se calhar vai ter de aprender com os erros. Se o MArco for embora antes do fim da epoca é um erro tremendo e BdC vai cair na realidade. Espero que nao aconteca pq gosta de MS mas se acontecer BdC vai ter de mostrar uma atitude diferente ( sim ele é um pouco adepto e claro , como nos, pensa que sabe de futebol tb). Tera de mudar isso. Mas pergunto? Os presidentes dos rivais quando chegaram sabiam tudo? Nao cometiam erros?

    3- TObias figueiredo melhor que os outros centrais? Pode ate ser mas gosto é destas pessoas que falam com esta sapiencia sem o homem nunca ter feito um jogo a serio pelos A's e dar imensas "casas" na B. Pode ser bom mas tb pode nao ser nada de especial....veremos

    ResponderEliminar
  12. "como treinador prefiro criticar ou elogiar cara a cara".

    O problema de BdC é que nem o B A BA aprende. É que não é o primeiro episódio em que critica treinador e plantel em publico... Deve ter apreciado os resultados alcançados com os episódios anteriores e, vai daí, repete o(s) erro(s). Crasso(s).


    Sobre o jogo de ontem: Vitória justa contra um Nacional mt abaixo do que é habitual. Carrillo o melhor em campo, Adrien parou-lhe o cérebroo aos 77 min, mas até aí tb estava a corresponder. Patrício foi igual a si próprio e conservou a nossa vantagem. Slimani corre, corre, corre, atrapalha-se a ele, aos colegas e aos adversários. Acerta mais com a cabeça do que com os pés. Tem mais qualidade técnica o Montero no mindinho que ele no corpo todo. Incrível, os golos que ontem falhou...Mas é um jogador útil, mesmo se sobre avaliado em resultado da vontade que, indubitavelmente, demonstra em campo.

    ResponderEliminar
  13. O engraçado no meio disto tudo é que o Marco Silva é uma escolha e aposta pessoal do BdC, mas andam a pintar a coisa como se ele não o quisesse lá.

    ResponderEliminar
  14. @Leão de Alvalde, pegue em voçê e vá à AG, afinal ela também foi marcada para isso. Para quem queira apontar o que está mal ir lá e dizer. Falo a sério, de certeza que não será agredido nem terá nenhuma campainha a censura-lo quando começar a falar como acontece na agremiação de carnide.
    Ter um blog em que aparentemente só fala mal de quem lidera o seu clube e corrobora tudo o que a nossa CS lhe apresenta, neste momento dá demasiado nas vistas para quem se diz sportinguista.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. Super Tigre estou-me a rir com a sua rima.

    Eu vejo mais aqui questões de tatica e futebol mesmo , e o treinador falha e muito , não é pelo Bruno de Carvalho que temos 12 golos sofridos de bola parada , ou temos mais empates em Alvalade que vitórias. Poderia aqui explorar isso , dentro daquilo que é a minha opinião.

    Vejo um treinador encoberto e com muito boa imprensa , que não é alvo de ecrotinio ou criticas , a critica é sempre o BdC e a sua politica de contratações , quando o treinador tem deixado imenso a desejar.

    Não vou com este treinador , mas isto pronto sou eu.

    ResponderEliminar
  16. O BdC ainda está a aprender, mas pelos vistos a aprendizagem é lenta, tal como acontece com MS. O chorrilho de comunicados e de respostas de MS nos órgãos de comunicação social a afirmar (ironicamente) que gosta de dizer o que pensa "cara a cara", se não forem parados rapidamente irão provocar um misto de cacofonia e de esquizofrenia autofágicos, que, a meu ver, poderá resultar num naufrágio colectivo. Parece-me indiscutível que tanto o presidente, como o técnico e jogadores têm contribuido, cada um à sua maneira, para o levantamento de toda esta "poeira", que urge fazer assentar o mais rápido possível.

    ResponderEliminar
  17. Acho ridícula a tentativa de misturar as coisas e a critica fácil ao BdC. Dizer que O MS está a tentar ensinar ao BdC que prefere «criticar cara a cara, com os atletas presentes»,

    A marcação da AG é o quê?

    Como se costuma dizer, o seu a seu dono.

    Para mim isto tudo, até prova em contrário, é produto exclusivo da CS e quem tem interesse ou vontade em aproveitar estas pontas soltas desestabilizado o Sporting.

    ResponderEliminar
  18. O BdC é um imaturo e não tem capacidade para comandar um Clube como o Sporting.
    Há quem diga que está também a aprender! Com mais de 40 anos nunca mais aprenderá.O seu EGO e também o seu NARCISSISMO têm-no impedido de evoluir como homem.
    O poder caiu-lhe nas mãos tão depressa que o surpreendeu. Tinha essa ambição desde menino e com o poder nas mãos, tem feito dele um brinquedo , mas de tal maneira, que já começou a destruir muito do que custou a construir por outros, como a formação, parece que também a equipa B e tem impedido com a sua arrogância e os seus delírios na CS, que a equipa principal de futebol cresça com tempo e de forma ordenada.

    Acertou nos 2 treinadores e no resto limita-se a cumprir o que lhe foi exigido pela banca, no plano financeiro.

    O BdC é uma impostura como dirigente. É apenas o testa-de-ferro de alguns que se movimentam no escuro e também da dantes tão maldita e agora parceira banca.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)