segunda-feira, 21 de abril de 2014

Onde se começou a decidir o campeonato 2013/14

O ano passado, em pleno verão, no auge da desilusão encarnada, dizia a um amigo benfiquista que o segredo do sucesso desta época estaria na decisão de manutenção ou não do treinador, Jorge Jesus. Estou em crer que ele não me levou muito a sério, provavelmente pensou que o meu vaticínio era um desejo de maldição a estender-se por mais uma época, depois do final catastrófico da de 2012/13. 

Obviamente que, como adepto do Sporting, não tinha qualquer interesse na continuidade de Jorge Jesus. Mas também não me apetecia nada vê-lo mudar de armas e bagagens aqui mais para Norte, para a Invicta. Esse teria sido seguramente o destino do treinador, pois não acredito que Pinto da Costa deixasse passar essa oportunidade. A ter acontecido, podíamos muito bem ver-se estender por mais alguns anos a hegemonia do FCPorto. 

Não deixa por isso de ser paradoxal e até caricato que grande parte da nação benfiquista que há menos de um ano estava na disposição de carregar pessoalmente as malas de Jorge Jesus até ao Dragão, estivesse ontem a celebrar efusivamente uma vitória que, a ter-se cumprido a sua vontade, dificilmente teria acontecido.

Grande parte das decisões do campeonato começam-se a desenhar antes do seu  início e o deste ano não andará muito longe disso. A constituição das equipas técnicas foram obviamente decisivas. Juntaria como momentos de decisão do campeonato a jornada da ida à Luz: a derrota, da forma como foi, deixou marcas em ambas as equipas, impondo-lhes trajectórias opostas: o SLB passou a jogar com a confiança que aqui e ali lhe ia faltando e o Sporting não voltou ao melhor que já havia conseguido. Três momentos que antecederam esse jogo contribuíram também para o desfecho: 

(i) O empate com o Nacional. Apesar do mau jogo o Sporting devia ter ganho esse jogo;

(ii) O empate com a Académica. O mesmo que o com o Nacional, acrescido do facto de se William ter ficado impedido de jogar na Luz;

(iii) A má surpresa de Jardim para o dérby;

O SLBenfica, agora campeão, começou a sê-lo no momento em que decidiu manter Jesus. Não que não o pudesse ser com outro treinador qualquer, mas seria muito difícil chegar alguém que conhecesse tão bem o plantel, que contratasse exactamente os mesmos jogadores, mantivesse a mesma identidade e sobretudo o futebol praticado tivesse a qualidade com o que a sua equipa acaba o campeonato. É verdade que foi exactamente isso que Jesus fez no primeiro ano e que chega à Luz mas os tempos eram radicalmente diferentes.

A razão deste meu vaticínio é também por aqui: há um momento antes e depois de Jesus no SLB: Entre o titulo de 2004/05 e o primeiro de Jesus o SLB coleccionou terceiros e quartos lugares. O final da época havia sido demasiado traumático, especialmente o final da Taça de Portugal, e manutenção de Jesus, sendo um jogada arriscada, significava não ter que começar tudo de novo. O risco da jogada pagou bem.

O FCPorto decidiu interromper o ciclo de Vítor Pereira por o julgar esgotado, sem nunca valorizar o facto de o treinador ter conseguido triunfar mesmo perante a cada vez menor qualidade dos seus plantéis. Pinto da Costa e a sua tão incensada super-estrutura acabaram sendo apanhados de surpresa com a ida de Vítor Pereira para o Oriente, talvez cansado de servir de para-raios à volta do qual se abrigavam todos os que com ele dividiam responsabilidades. Com sorte podem ter arranjado um novo bode expiatório com Paulo Fonseca, mas o trajecto das últimas duas épocas revela que têm havido mais jeito para vender do que para comprar. Não se pode sequer falar em desinvestimento, atendendo ao número de jogadores adquiridos e dinheiro despendido.

Curioso que hoje, nas análises que vi a este campeonato, do qual ainda faltam duas jornadas, falou-se quase sempre de SLB e FCP e muito pouco do segundo classificado, o Sporting. Isto mesmo quando se reconhece justiça na classificação, que já não poderá conhecer alteração no que ao pódio diz respeito. 

Há várias razões para que tal suceda. Desde logo os interesses instalados, para quem o regresso do Sporting aos lugares cimeiros e à luta pelo titulo é uma maçada. Grande parte desses interesses são precisamente os de SLB e FCP, obviamente. 

Depois há uma natural desconfiança que este Sporting 2013/14 seja um epifenómeno que o próximo campeonato se encarregará de normalizar. Essa desconfiança tem também alguma razão de ser: há ainda grandes diferenças entre os plantéis dos três rivais, diferenças essas que este ano foram atenuadas pela conjunção do excelente trabalho de Leonardo Jardim e pela "debacle" do FCPorto. Mas este final de campeonato tem revelado um Sporting algo esgotado de soluções para contrariar o melhor conhecimento do nosso jogo e o facto de sermos levados mais a sério. O jogo da última jornada, em Belém, é um bom exemplo.

Esse é grande desafio da próxima época que, tal como esta, terá que começar a ser ganha desde já: contrariar a ideia de que o Sporting é apenas "uma agradável surpresa" e tornar certo que somos uma "incómoda certeza". O plantel actual é demasiado curto, quer em quantidade quer sobretudo em qualidade, especialmente para lutar pelo principal objectivo - que terá de ser sempre o título - ou para assegurar uma presença condigna na Liga dos campeões. O desafio também estará novamente nas mãos e sobretudo na cabeça de Leonardo Jardim em reinventar o modelo de jogo, quando o actual dá ares de estar algo estafado. 

17 comentários:

  1. Excelente análise. Hoje temos que nos render e dar os parabéns aos benfiquistas e ao seu presidente, quase único na decisão de manter Jesus como treinador. E aqui chegados não haja dúvidas que é o melhor treinador em Portugal: começa esta época ainda com o pesadelo do final da anterior, 4 pontos nas 3 primeiras jornadas, eliminação da champions em dezembro, saída do melhor jogador (do SLB e do campeonato), por estar em todas as frentes continua a jogar de 3 em 3 dias, e é campeão a 3 jornadas do fim, estando ainda na final da taça de Portugal e nas meias da liga Europa e taça da liga. O fcp penso que paga por uma certa arrogância, pois saiu o treinador e alguns jogadores importantes e foram buscar josués e licás (além de paulo fonseca) numa de quem acredita que qualquer jogador/treinador vulgar é suficiente.

    ResponderEliminar
  2. O Sporting "venceu" o jogo com o Nacional o árbitro é que não deixou.
    A chave do título deste ano esteve nos dois (três) jogos entre o Sporting e o Benfica.
    No primeiro o Sporting massacrou e poderia/deveria ter vencido, seria a segunda derrota do Benfica em três jornadas e o provável despedimento de Jesus.
    No segundo (o do adiamento) foi mau de mais o que aconteceu, poder-se-iam ter perdido vidas.
    O terceiro nunca deveria ter sido jogado naquela altura, deveria ter sido adiado, o tempo jogava a nosso favor.

    ResponderEliminar
  3. Eu sei que não nos podemos queixar das arbitragens, que parece mal, que temos que ser superiores, que temos que jogar bem para ganhar... mas, para mim, o Benfica começou a ganhar este campeonato por altura do Natal, quando começámos a jogar menos bem mas que, mesmo assim, poderíamos ter ganho uma série de jogos que nos permitiriam chegar ao jogo da Luz em vantagem pontual. Coincidentemente, nesse mesmo período o Benfica foi beneficiado até nos conseguir alcançar e ultrapassar. Digam o que disserem, aí começou a vitória do Benfica neste campeonato. Ao contrário do muito que vou lendo por aí, a superioridade da equipa dos milhões não foi assim tão grande. E se nos deu banho de bola em casa, não é menos verdade que só nos ganhou para a taça da maneira que sabemos, e no jogo da primeira volta empataram com erros de arbitragem que nos beneficiaram, sim, mas em que não nos foram em nada superiores, bem pelo contrário. Não vi o Benfica a golear, a massacrar a superiorizar-se tanto como vou lendo/ouvindo. Ganhou muitos jogos em aflição, com margens mínimas.

    David Pereira, o Leonardo Jardim é muito melhor treinador do que o Jesus. Basta olhar para um plantel e outro e ver os respetivos resultados. Tivesse o nosso treinador à disposição os mesmos meios que o Jesus e não sei onde levaria o Benfica.

    ResponderEliminar
  4. Meu caro,

    As coisas são sempre mais complexas a meu ver. O jogo decisivo. Se o Benfica tivesse perdido, e devia ter perdido, o Jorge Jesus teria sido despedido nesse dia. Vinha da maus resultados e a razoável distância dos adversários. Estava a jogar mal. Tinha perdido depois de estar a ganhar por 3 a 1.

    Não foi o Vieira que decidiu manter o Jorge Jesus. Foi o Duarte Gomes e ainda bem para eles.

    SL

    ResponderEliminar
  5. Meu caro,

    Não sei por que carga de água o meu comentário ficou incompleto. O jogo decisivo foi a da Taça de Portugal.

    SL

    ResponderEliminar
  6. Qual jogo com o Nacional vocês teem todos memória curta?? MAS EU NÃO o golo do Slimani pode não ser falta mas se o arbitro marca a falta do montero no seguimento dessa jogada , já ninguem falava do jogo do Nacional , em que não jogaram nada nada nada.. e o desgraçado do Manuel Mota nao era ameaçado vergonhosamente de morte nem destruiam o estabelecimeto pelos meninos que dizem que querem a verdade desportiva. Voces querem a vossa verdade desportiva.

    ResponderEliminar
  7. Bruno Gaio,
    Se o golo do Slimani tivesse sido validado como devia ter sido qualquer jogada subsequente não teria lugar da mesma forma. A bola tinha ido ao centro e isso tornaria tudo diferente. Estavas com tanta pressa e deixar aqui a tua lição de moral que deixaste o raciocínio de férias. Acontece, particularmente aos eufóricos.

    ResponderEliminar
  8. Ana,
    Podemos e devemos queixar-nos na medida certa. Centrei a minha análise no que nos foi retirado em momentos que me pareceram cruciais e que contribuíram para que chegássemos à Luz em desvantagem, o que foi decisivo. A análise nem sequer é exaustiva no que a esse capitulo diz respeito para não descentrar a discussão do futebol jogado que é o que me interessava mais fazer aqui. Só por isso.

    ResponderEliminar
  9. Rui,
    Como disse à Ana não me interessava tanto que a discussão se centrasse na arbitragem daí não ter feito uma análise exaustiva. E circunscrevi-me ao campeonato apenas mas como é
    óbvio que as competições não são estanques no que às repercussões diz respeito. No que à continuidade de JJ diz respeito creio que o momento critico foi o jogo em casa com o Gil Vicente, logo a seguir ao derby, com um golo a desempatar já depois da hora. Se não tem sucedido assim às tantas estávamos a contar agora outra história.

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. E qual é a vossa Verdade Desportiva? É proibirem o Miguel Rosa, jogar contra ´vocês; É
    anular aquele golo ao Belenenses; É jogar em Aveiro, não vá que o batatal que o Sporting jogou estivesse em mal estado (ah! há um diferendo com a Câmara, e não há água, mas têm lá treinado).

    ResponderEliminar
  11. He páh, sejamos sérios... O Benfica começou a ser campeão em Janeiro, qd o Deusébio finou-se.

    O andor tornou-se ainda mais evidente para os encornados, enquanto que para o SCP a apaf entrou em acção de mota...

    No derby da luz o Bdc foi anjinho e deixou que os Lãzudos nos tosquiassem. Com sabedoria o jogo tinha sido adiado, como nos convinha. Quanto ao jogo propriamente dito, sentiu-se demasiado a ausência de William Carvalho de quem hoje o meio campo do SCP é orfão.

    ResponderEliminar
  12. Com mais pontos ou menos pontos, a verdade é que na pratica o benfica foi a equipa mais regular no campeonato, a que praticou melhor futebol durante a maior parte do campeonato(não O melhor futebol do campeonato, porque acho que esse foi o nosso nas primeiras jornadas), e juntando a boas campanhas nas outras competições, acho que fez um trabalho que tem de ser reconheçido.

    Também investiu para isso, arriscou muito, porque se não tivesse este sucesso não sei o que lhes aconteçia...( e mesmo assim).

    Quanto a nós, excede-mos as expectativas, e agora há que preparar a proxima época da melhor maneira, sempre conscientes das dificuldades e com os pés no chão, porque vão haver
    muitas para o próximo ano.

    Há muita gente que deseja abertamente que nos espalhe-mos ao comprido, vão nos esperar muitas armadilhas, e cabe-nos a nós sportinguistas aguentar o barco caso a coisa não corra bem, porque não vai ser fácil.

    Não nos podemos esquecer do passado recente ao olhar para o futuro, porque temos de ter a consciencia que a equipa ainda tem muito caminho a percorrer para sair completamente do buraco onde nos enfiaram....

    ResponderEliminar
  13. Jovem mas tas a delirar ? A falta do Montero é antes do golo do slimani frente ao nacional ainda sei o que digo

    ResponderEliminar
  14. Como é que vocês querem ser sérios se são da maior desonestidade intelectual ?? O golo do Belém e mal anulado mas e na 1a volta o golo marcado ao belenenses ?? E o roubo em alvalade do penalty sobre o Cardozo ?? E o penalty sobre lima na 1a jornada frente ao marítimo?? Nada disso conta? Epa se vocês foram prejudicados admito um quiçá dois jogos Setúbal e rio ave ... Foram beneficiados com o SLB com o FCP e com belenenses teem um penalty fora do campo ,só aqui o saldo já e negativo agora as vossas contas são outras são as que vos dão jeito :)

    ResponderEliminar
  15. Concordo com quase tudo só tenho um pequeno "aparte" apesar da desilusão os benfiquistas não tem memória curta e tal como as sondagens que tentam destabilizar cada vez que há eleições e depois Vieira ganha como ganha... na continuidade do treinador JJ acontece precisamente o mesmo maior parte dos benfiquistas queria continuar com ele mas "dá jeito vender a mensagem contrária" exactamente para ver se corriam com ele.

    Sei que a contestação e a percentagem de benfiquistas que não o queriam aumentou e muito mas dai a serem a maioria... Isso é mais um desejo dos adversários do que um desejo dos benfiquistas

    Cumps

    ResponderEliminar
  16. Estou globalmente de acordo com o post, bom resumo.

    Tentando acrescentar algo, um dos factores porque nunca "desesperei" com o futuro do Sporting e leio com imensa graça aos arautos da desgraça é o imenso potencial de crescimento que identifico no Sporting. Sucessivamente esse potencial tem sido desaproveitado por diferentes razões e por diferentes direcções que ofereceram aos nossos "amigos" uma estagnação podre onde eles podiam denegrir e diminuir o Sporting à sua vontade.

    Crescer após uma época como a anterior era uma tarefa simples (o que não é equivalente a dizer fácil).O futuro já não é tão simples após ter evoluído tanto num primeiro ano de mandato, a exigência vai aumentar muito e a tarefa em nada ficou mais simplificada, pelo contrário. Mas a margem de crescimento é ainda enorme.

    Após conquistar o patamar dos 70 pontos (ainda não conquistado mas 66 já arredonda...), há que consolidar essa posição, vejo possibilidade de o fazer nos próximos 2/3 anos com um investimento reduzido. Com o alargamento previsto para o próximo ano o patamar sobe para os 82 pontos mas fica a mesma exigência, não falhar nos jogos que estão ao nosso alcance (todos excepto 4) e nos de tripla olhar os adversários nos olhos e... vencer!

    Este ano falhámos em casa, foram muitos pontos perdidos com aquelas equipas equilibradas, bem orientadas e que estragam campeonatos é o ponto a corrigir, mas o futuro é verde.

    ResponderEliminar
  17. Leonardo Jardim foi para mim o melhor treinador do ano e Benfica a melhor equipa.,Vieira o melhor dirigente e o bido de lata vai para Paulo Fonseca.Mais a serio,Leonardo Jardim nao me surpreendeu,o que eu nao esperava era ser campeao.O Sporting tem razoes legitimas para falar das arbitragens.Para o ano comeca tudo de novo a zeros,vamos ver quem se preparou melhor.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (95) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (64) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (37) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)