sexta-feira, 4 de abril de 2014

Os casos Elias e decisão sobre a Taça da Liga

O caso Elias não acabou. A prová-lo está a reacção do Corinthians à tomada de posição do Sporting relativamente ao que, na óptica da SAD, foram as negociações com o referido clube brasileiro e ainda com o Flamengo. Não vou fazer uma análise pormenorizada de todo este imbróglio por ter a sensação de que muito do que lhe deu origem me escapa ao conhecimento. Dessa forma restar-me-ia especular, o que está muito longe de me interessar.

A passagem do jogador pelo Sporting foi infeliz, como parece ter que suceder com todos os "jogadores mais caros de sempre". Foi assim com Rodrigo Tello, foi bem pior com Pongolle. É verdade que várias foram as vezes que Elias pareceu ficar muito aquém do que se exige a um profissional, particularmente aos que se concede a honra de usar a braçadeira de capitão e o privilégio de ser dos mais bem pagos. 

Não deixa também de ser verdade que  o período da sua passagem pelo Sporting foi dos piores para qualquer profissional se valorizar. O regresso do jogador ao Brasil significou também a recuperação da imagem do jogador, tornando-o num dos possíveis eleitos por Scolari. O tempo de paragem por força do fim do período de empréstimo ao Flamengo anulou por completo essa possibilidade e dificilmente se conhecerão novos desenvolvimentos até ao reabrir do mercado.

Fico-me por isso pelas evidências: a pior solução para o Sporting é a actual. 

Um jogador com um ordenado ilíquido superior a 200 mil euros/mês é um peso incomportável para o Sporting. Ter um jogador a passar pela tesouraria a cada mês o cheque sem devolver o mínimo de contributo para o clube é até imoral para os todos os profissionais que trabalham no clube, incluindo os que viram já os seus ordenados reduzidos e mesmo os que perderam os seus vínculos na recente reestruturação. Não o é menos para todos associados que se sacrificam para pagar as suas quotas e deslocações para acompanhar o clube. E cada dia que Elias passa sem jogar o seu valor diminui, aumentando consideravelmente o risco de termos que lhe pagar cada cêntimo até ao fim sem receber nada em troca. 

Por tudo isto não duvido que a melhor solução é deixá-lo sair, mesmo que sem qualquer valor em troca, poupando pelo menos os ditos mais 200 mil euros mês. Nas actuais circunstâncias e atendendo à idade do jogador (28 anos) dificilmente o Sporting conseguirá melhor do que, numa futura transacção, ser compensado do valor que está comprometido a pagar ao fundo de investimento, quase 4 milhões de euros. Quanto mais o  tempo passar maior será o risco de não receber nada e ainda ter que pagar o referido valor, acumulando dessa forma prejuízos.

Quem entende que desta forma se dá uma qualquer lição ao jogador, ao pai, seu empresário, a Jorge Mendes, ao mercado, aos fundos que custeie do seu próprio bolso essa estranha forma de pedagogia. O clube certamente que agradeceria.

-----------------------------

Muito pouco mais há a dizer sobre a decisão final do Conselho de Justiça. Afigura-se muito difícil ser dado como provada a existência de dolo. Reconhecer a sua existência nos actos praticados pelo FCPorto e depois concluir que tal não visava prejudicar terceiros é quase hilariante. É seguramente uma decisão que envergonha mais uma vez o futebol e creio que mesmo o direito.

Espero que Bruno de Carvalho reconsidere a sua posição relativamente à participação na competição. Não há vitórias mais saborosas dos que a que são conseguidas sobre a batota. E para mim o Sporting entra sempre para ganhar todos os jogos e competições. Assim está obrigado pelo seu historial e pela finalidade da sua génese:  concorrer para o engrandecimento do desporto e do País.

26 comentários:

  1. Já agora, para ser honesto, você também poderia pedir a quem fez os negócios como o do Elias que os custeasse do seu bolso, e não apenas a quem está no Sporting agora. Não se deixe influenciar por canalhices.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo,
    Não recebo lições de honestidade a quem ainda pro cima comenta sobre o anonimato. Não sei onde lhe doeu, apenas lhe digo que leia melhor.

    Não sugeri que seja "quem está agora no Sporting" a pagar o que quer que fosse mas sim aos que acham que esta é uma boa forma de dar lições a quem quer que seja.

    ResponderEliminar
  3. LdA, LdA...

    Achas mesmo que o BdC vai perder a face colocando os jogadores do plantel principal na próxima edição da Taça da Bejeca?... Orgulhoso, arrogante e teimoso como é? Mais ainda dps de vergonhosa ampliação de 16 para 18 clubes a para a liga 14/15... nesse aspecto, e até acabou por beneficiar indirectamente desse aumento: agora até já pode juntar mais um argumento para o SCP se apresentar com reservas e juniores na bejeca...

    Sobre o resto do post, a excelência do costume... Os anônimos desta vida, qd não conseguem justificar as ações da actual direcção, desculpam-se com os erros da anterior... Como se isso legitimasse decisões incompreensíveis... Eh pah, é no SCP é no País, começo a ficar fartinho desse tipo de desculpa... Os actuais OS do SCP foram eleitos para resolver as trapalhadas e não para as adensar... E no caso Elias, ou aparece uma razão forte que justifique esta posição, ou então só podemos concluir que isto não interessa nem ao Elias( nada preocupado) mas, mt pior, não interessa NADA ao SCP...

    CJ da FPF... Indescritível... O FCP atrasou-se de propósito, mas não quis prejudicar terceiros, neste caso o SCP... Então atrasou-se de propósito para quê? ... É rir e observar (de longe) td esta gente a chafurdar na lama que é o futebol em Portugal.

    ResponderEliminar
  4. Para mim a melhor solução era voltar a emprestá-lo, mas desta vez a um clube europeu. Viamo-nos livres dos encargos mensais e ele poderia jogar regularmente.

    ResponderEliminar
  5. Para mim, foi a primeira grande derrota de BdC. Este gajo em 6 meses encostado á prateleira, vai custar 1,2 milhões de euros ao clube. É o que vai custar toda esta brincadeira...

    E mm a desculpa que o Corinthians não tinha garantias para apresentar, o que é obvio que nao tinha, nao serve como desculpa para abortar o negócio.
    O Sporting que arrecadasse os 4 milhoes, e se houvesse alguma falta nos pagamentos, pois que fosse á Fifa e que dps que este organismo accionasse os mecanismos que lhe são atribuidos, até o clube receber aquilo que devia.
    CLubes como o Corinthians, podem pagar tarde e em más horas, mas acabarão sempre por pagar....

    ResponderEliminar
  6. Virgílio,

    Sou um optimista desconfiado. Julgo que passado algum tempo o BdC vai pensar como pensam normalmente os Sportinguistas: vai querer ganhar. Ganhar o campo e limpinho. E o Sporting precisa de ganhar títulos, essa é a única forma de fazer jus ao seu estatuto de que BdC e todos nós tanto reclamamos. Antes um bom passo atrás do que dois maus em frente.

    Quanto ao comentário do anónimo não há surpresa nenhuma.

    ResponderEliminar
  7. J,
    Quando escrevi o post nem sequer tinha feito as contas, tinha apenas a sensação de perda que resulta do uso do senso comum. Depois de fazer as contas, como fizeste, essa noção +e bem mais real. O Sporting não ganha nada com isto e pode até perder muito. Os outros envolvidos podem perder alguma coisa, deixar apenas de ganhar, mas têm as suas posições muito melhor salvaguardadas.

    ResponderEliminar
  8. Caro LdA,

    A título de curiosidade, qual é a fonte concreta de que Elias recebe 200 mil ou mais líquidos por mês? Pergunto porque nunca li qualquer confirmação oficial nesse sentido, apenas conjecturas.

    Empréstimo não é solução alguma, salvo para aliviar carga salarial no imediato. Ele faz 29 anos em Maio e com cada ano que passa a sua desvalorização é inevitável, impossibilitando completamente a recuperação parcial que seja do investimento feito, tanto pelo Sporting como pelo Fundo, que quer se queira quer não, tem um papel crucial neste processo.

    Abraço,

    Rui Gomes

    ResponderEliminar
  9. Caro Rui,

    Como refiro no post aquele valor é ilíquido.

    ResponderEliminar
  10. Caro LdA,

    Desculpe, ilíquido que seja.

    Rui Gomes

    ResponderEliminar
  11. "Por tudo isto não duvido que a melhor solução é deixá-lo sair, mesmo que sem qualquer valor em troca, poupando pelo menos os ditos mais 200 mil euros mês."

    E que tipo de mensagem seria enviada para o restante plantel profissional do Sporting se isto se fizesse assim desta forma?

    É obvio que não é benefico para o Sporting ter um peso salarial destes sem lhe retirar o seu devido proveito. Mas penso que vende-lo ao desbarato, ceder às pressoes de empresarios e jogadores, poderá vir a trazer custos maiores no futuro do que apenas os supostos 200mil euros mês que ele ganha.

    Até agora todas as batalhas que tivemos deste genero, têm sido ganhas com relativo sucesso.

    E muito do que se tem feito a nivel de performance desportiva esta epoca, não tenham duvidas, se deveu a forma como certos processos foram tratados e à mensagem que isso transmitiu aos jogadores, em contraste com o antigamente, quando por exemplo um capitão nosso fez birra e ganhou com isso uma ida para o porto.

    Ou acham que se calhar iriamos ter a mesma união no plantel, se se tivesse cedido aos desejos de 2 crianças chamadas bruma e ilori, e respectivos chulos, dando por exemplo ao Bruma o milhao de euros por ano que ele exigia, e que muitos defenderam que lhe devia de ser dado?

    E isto para mim não é um forma pedagogica de se dar uma lição a ninguem. Isso seria assim se fossemos buscar um jogador so para este efeito. Só acho que na minha opinião, baixar as calcinhas sempre também não faz muito bem. Poderá fazer agora, mas amanha quando apareçer um novo Bruma a querer milhoes senao foge, é muito devido à mão leve que o Sporting teve em situações como esta

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  12. LdA,
    Há dois anos e pouco criei a minha própria empresa. Tive muitas negociações longas e complicadas, com volte-faces, suspende, cancela, reacende,volta-atrás, cede, luta, etc.. Em todas elas conseguimos definir um 'mínimo dos mínimos', do qual não estávamos dispostos a passar, por muito que quiséssemos e precisássemos de fazer o negócio, e, com muita luta, uns melhor, outros pior, conseguimos sempre fechar os negócios dentro desses mínimos.
    Com uma "honrosa" excepção, onde, por "força das circunstâncias" acabámos por ceder para além do que considerávamos o limite mínimo admissível.
    Hoje a empresa já só existe em papel. E não tenho dúvidas que aquela excepção foi o princípio do fim.
    Não louvo nem critico a decisão por não conhecer os detalhes. Só posso falar do meu caso, e sei que se pudesse voltar atrás no tempo, naquele dia não teria cedido.
    Um abraço
    Miguel

    ResponderEliminar
  13. Subscrevo o que PedroC escreve.

    É verdade que estas medidas são difíceis de tomar, mas para isso é que BdC foi eleito, tomar decisões difíceis e dar a cara por elas!

    Estou cansado de ver estes senhores empresários, jogadores e dirigentes a fazerem o que querem do nosso clube, sabendo de antemão que o SCP tendencialmente acabaria por CEDER, com o BdC a história é outra chamam-lhe arrogância ou o que lhe quiserem chamar eu chamo-lhe defesa incondicional dos interesses do clube numa visão que não está limitada ao presente mas com um alcance mais amplo.

    Dito isto é obvio que estes clubes brasileiros armaram uma estratégia com a "cobertura" do Pai de Elias fazendo um uso excessivo da CS e da mentira com vista a forçar o SCP a vender pelo preço que queriam nas condições que se conhece... a resposta que esperaria foi a que foi dada e da qual me orgulho!

    O Flamengo já pagou (500.000€) 2,5 meses de salário ao Elias ao não exercer a opção 12/2013, até junho faltam 3 meses ou seja até a próxima janela de transferências o SCP terá de pagar ao jogador 3,5 meses de Salários o que dará fazendo fé no que aqui foi dito 700.000, veremos em Junho se a venda do Elias não será superior a 4,7M€ (700.000€ de salários).

    SL,

    ResponderEliminar
  14. SPORTING DEVERIA VENDER LOGO O ELIAS. Além de estar devendo dinheiro, ainda terá que pagar 200 mil euros por mês até 2015, sem utiliza-lo, tem mais. Em 2015 ele sai de GRAÇA para qualquer clube do planeta. São aproximadamente 3;200;000 euros fora o que já deve, para NADA!!!! Oooo BIRRA CARA ESSA DO SAD, HEIN? rs É quase cômico tentar penalizar o pai do jogador, jogando fora tanto dinheiro para isso...VENDE LOGO PRO CORINTHIANS, DEIXA DE ORGULHO e RECUPERA UM BOM DINHEIRO. É minha opinião.

    ResponderEliminar
  15. Sérgio, Elias regressou ao Sporting em Janeiro. De Janeiro a Junho, são 6 meses. Faz as contas.
    Em Junho, com sorte, vamos vender o jogador pelo mesmo valor. 4 Milhões de Euros.
    E digo isto com sorte, porque pode ser, o que até é mais provável, que o jogador desvalorize por ter estado parado 6 meses.
    Então façamos contas:
    - 6 meses de salários pagos para ter um jogador na prateleira;
    - Desvalorização de um jogador que nao conta e que tinha como valor de mercado 4 milhões.
    Acho que só aqui já percebemos que o Sporting vai sair a ganhar.
    Chegamos então a Junho e imaginemos que o Corinthias apresenta os mesmos 4 milhões, mas desta vez com garantias bancárias. Digamos, que seria o best case scenario.
    O Sporting vende o jogador e BdC aparece publicamente a dizer que com o Sporting ninguém brinca.
    Pronto, ficamos todos contentes claro,agora já nos respeitam, mas o que realmente ganha o Sporting com isso?
    Uma mensagem para os mercados? de que maneira?
    Para o balneário? em que sentido?

    E isto volto a repetir, na melhor das hipóteses. Imaginemos que em Junho não o consigamos vender e tenhamos que usar a forma Labyad ou Jefffrén para resolver este caso.

    Não consigo ver aqui uma medida de boa gestão sinceramente...

    ResponderEliminar
  16. PedroC, M, Sérgio,

    O que o Sérgio está a dizer faz todo o sentido. Acrescento o seguinte:

    Há vários tipos de mensagens nesta situação e nem todas elas muito favoráveis ao Sporting. Por certo que os jogadores que ganham pouco e irão renegociar os seus contratos a breve trecho - Dier por exemplo- que aceitarão com dificuldade que o clube lhes diga que não pode pagar mais quando tem o Elias e já teve o Labyad e o Jeffren a ganhar enormidades sem fazer nada. Como é que qualquer um de nós aceitaria isto?

    No que diz respeito à mensagem para o exterior ao ter um jogador parado, assumindo que representa um problema, é o Sporting que enfraquece a sua posição negocial. Ponham-se no lugar do dirigente de um clube que vai contratar o Elias. Eles também devem explicações aos seus sócios, é bom lembrar.

    4 milhões por um jogador parado e com fama de mau profissional?

    Se fosse o Sporting a ir buscá-lo ao Brasil nestas circunstâncias, não acharíamos que estava tudo doido?

    Quanto mais tempo esta situação durar pior, não existindo nenhuma garantia que os clubes voltem a fazer qualquer proposta. Há montes de jogadores no Brasil para aquela posição e no exterior também. Quem nos diz que o Paulinho do Tottenham não regressa por empréstimo ao Corinthians no próximo ano, se o próximo treinador não gostar dele?

    O mercado é muito volátil. Mesmo do lado do jogador. Tem quase 29 anos e mais 2 anos e meio de contrato. Neste momento é do interesse dele sair porque tem 1 proposta melhor e pode jogar, coisa que não acontece por cá. Mas quem nos diz que, desaparecendo o interesse do Fla e do Corinthians, não é próprio jogador a querer cumprir o que resta do contrato, o que representaria um compromisso para o clube de mais de 10 milhões de euros?

    Que lições demos?

    O Mendes tem o resto do mundo para fazer negócios, o Elias recebe o dele. Nós pagamos.

    ResponderEliminar
  17. "Fico-me por isso pelas evidências: a pior solução para o Sporting é a actual."

    "Por tudo isto não duvido que a melhor solução é deixá-lo sair, mesmo que sem qualquer valor em troca, "


    Como se propõe que se deixe sair o jogador? Como é que fica a obrigatoriedade de ressarcir o fundo? Qual a sua opinião relativamente ao facto de nenhuns dos clubes brasileiros estar disponível para apresentar garantias bancárias?

    ResponderEliminar
  18. LIon73,

    Confesso que a forma como ficou redigida a minha afirmação não foi muito feliz. Não defendo a oferta do jogador pura e simples, essa seria a última solução com o intuito de poupar o valor dos vencimentos. Recomendo-lhe que leia os comentários que escrevi entretanto que julgo o esclarecerão melhor relativamente a essa matéria.

    Quando falo sem qualquer valor em troca refiro-me sobretudo à possibilidade de um empréstimo. O Sporting quis vender, o que se compreende. Se entretanto constatou, como parece transparecer pelo comunicado, que relativamente a essa possibilidade, os brasileiros estavam de má-fé, o empréstimo permitiria pelo menos poupar o dinheiro dos vencimentos e evitar a desvalorização do jogador. Ficar com ele parado é indiscutivelmente pior!

    Num cenário de empréstimo o fundo não teria que ser ressarcido, creio mesmo que lhes interessaria mais essa possibilidade que actual por razões óbvias. Na actual situação o Sporting arrisca-se a ter que ressarcir na mesma o fundo e ainda tem que pagar os ordenados ao Elias.

    Relativamente ás garantias percebo a relutância do Sporting e tenho dúvidas que numa negociação de última hora o Corinthians arranjasse alguém que as prestasse. Os bancos e entidades de crédito têm horários de funcionamento. Podia muito bem acontecer que os brasileiros se quisessem furtar à sua apresentação, uma vez que as garantias têm custos. Um valor de 4 milhões deve ter encargos substanciais, mesmo não sabendo quais são os valores praticados no Brasil. Mas há sempre a garantia da FIFA. Não sendo propriamente muito desejada pela demora nas decisões é no entanto fiável.

    ResponderEliminar
  19. Já toda a gente percebeu (pelo menos quem não tem agendas) que o problema de fundo é que o Elias é um traste. Com um jogador com carácter, com ou sem fundos pelo meio, o caso estaria resolvido há muito. Mas quando a brasileirada está feita com Elias e com o seu pai - pois o que queriam era pregar um calote no Sporting, enquanto contentavam os Trindade com luvas - a coisa não está fácil.

    Não deve haver ninguém a quem custa mais pagar o ordenado ao Elias do que o Bruno de Carvalho. De certeza que também não há ninguém que está mais estalando para ver o Elias pelas costas do que o presidente do Sporting. E é óbvio que este quer sair por cima, para que outros jogadores vejam que fazendo o mesmo que o Elias não levam a melhor, caso contrário o Sporting sujeita-se a que isto continue a suceder.

    Há ANOS que cenas destas ou parecidas sucedem neste clube! Por isso o caso Elias não deve servir de exemplo, deve ser servir de DISSUASÃO, entende? E qualquer sportinguista bem formado, em vez de se preocupar com este jogador (que só prejudicou o clube, e mais o parasita do pai dele) ou com os interesses dos fundos, devia olhar para o panorama geral e se calhar perceber que há mais coisas que não sabemos, e que é do interesse do clube que o Bruno de Carvalho leve a melhor neste caso, como noutros. E esqueçam a "valorização" deste "activo". Valorizar o quê? Quem nunca nos respeitou? Se a venda deste crápula der para cobrir por inteiro a indemnização contratual a que o fundo tem direito, já será bom. Nem a SAD deve estar a pedir muito mais do que isso.

    Quanto ao empréstimo, já pensou que se calhar os clubes brasileiros pensam que podem quebrar o Sporting até vender pelo preço que eles querem? Provavelmente, eles já não querem o empréstimo.

    ResponderEliminar
  20. Traste, brasileirada, crápula... é com esta adjectivação que alguns analisam as medidas adoptadas pelo Sporting.

    Pena que aqui o anónimo não leia o comunicado publicado pelo Sporting COM ATENÇÃO (já que gosta de caps). Disse o Sporting que "o Flamengo reiterou a sua proposta financeira anterior no valor de 1,5 milhões de euros" e que "foi conhecido que o Fundo Quality Football Ireland, Limited (“QFIL”), entidade com quem a Sporting SAD se encontra em regime de associação económica, detendo 50% dos direitos económicos do jogador, iria aceitar a troca dos referidos 50% por direitos económicos de outros jogadores do plantel do Flamengo, de forma direta ou indireta".

    Ou seja, o Sporting comunicou à CMVM que recebeu uma proposta de 1,5 milhões de euros e que o QFIL iria aceitar trocar os seus 50% por jogadores do Flamengo.

    O que fez o Sporting a esta proposta? Isto: "negócio acabou por não se concretizar devido aos valores diminutos da proposta do Flamengo, a pagar à Sporting SAD".

    O que diz este último anónimo? Isto: "Se a venda deste crápula der para cobrir por inteiro a indemnização contratual a que o fundo tem direito, já será bom".

    Ou seja, se este anónimo tivesse alguma capacidade de compreender o que o Sporting comunicou ao mercado, estaria neste momento um bocado chateado com o presidente Bruno, porque houve uma proposta que cobria o valor da "indemnização contratual" e ainda dava para lucrar 1,5 milhões de euros.

    Mas não. O anónimo acha que este caso deve servir de DISSUASÃO.

    Dissuasão para quê? Isso já é difícil de perceber.

    ResponderEliminar
  21. Vedeta, e? O Sporting não pode querer mais dinheiro? Se fosse por 1,5 milhões você vinha dizer que era pouco dinheiro, que se estava a desbaratar um activo. Não tenho pachorra para agendas de camarotes.

    PS - Espero que esteja tão contente com a vitória do Sporting quanto eu.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo pelo menos aprende a fazer contas. Se o Sporting tem de pagar ao fundo 3,85 milhões ao fundo. Se tivesse aceite a proposta recebia 1,5 e não tinha que pagar esse valor. Contas bem feitas significa um pouco mais do que 1,5. E muito melhor do que continuar a pagar ordenados e ainda ter de acertar contas com o fundo. Para quem quer receber mais más ainda se coloca em posição de ter de gastar ainda mais parece haver aí qualquer coisa de errado.

    ResponderEliminar
  23. "PS - Espero que esteja tão contente com a vitória do Sporting quanto eu.
    5 de Abril de 2014 às 22:18
    Anónimo disse..."

    podemos estar em sintonia em tudo e mais alguma coisa, mas essa acusação o LdA nao merece.

    ResponderEliminar
  24. "Acusação" - leia-se sarcasmo ou ironia*

    ResponderEliminar
  25. Afinal o Elias foi vendido...

    Demorou, mas foi. O que prova que muitas vezes precipita-mo-nos a fazer avaliações.

    Só para não ter uma resposta do LdA a presumir uma coisa que não estou a querer dizer, desde já te digo que isto não é uma acusação ao teu post (ou de outros quaiquer na blogosfera). É uma constatação que serve tb para mim, e que se resume a um ditado muito conhecido na minha terra natal (no Ribatejo):
    - "Até ao lavar dos cestos ainda é vindima"

    SL

    António Gomes
    Évora

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (1) arbitragem (90) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (69) Batota (17) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (13) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (22) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (42) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (1) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (3) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (97) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)