segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Ver desde Paços a necessidade de contratar Campbell

O Sporting cumpriu os mínimos olímpicos na viagem a Paços de Ferreira: arrecadou a totalidade dos pontos em disputa, como lhe convinha e, apesar da falta de melhores adereços técnicos, deixou ficar a imagem de uma equipa totalmente focada na tarefa que tinha a desempenhar. Os campeonatos são como a construção dos mais lustrosos edifícios: não há nada de muito glorioso na abertura dos caboucos - como certamente não há em ganhar em Paços - mas sem eles ou com uma má execução é todo o edifício que fica em causa ( o titulo). 

A primeira nota sobre o jogo fica para a consolidação do processo defensivo. É certo que Marítimo e Paços não têm o poder de fogo dos adversários com quem terçamos argumentos na pré-época, mas falar-se em consolidação nesta matéria não me parece excessivo: Rui Patrício foi quase um espectador, não sendo obrigado a nenhuma defesa de grau de dificuldade elevado.

É natural, quando se fala em processo defensivo, que os holofotes se centrem no quarteto que o compõe. Aí ressalta do acerto geral a exibição imperial de Coates, sem um único erro ou mera hesitação. Porém avaliar uma equipa de forma sectorial, como se estivéssemos a falar de recipientes estanques, seria profundamente errado. Defender bem começa no exacto momento em que se perde a bola e na forma como a equipa se encontra organizada para responder. E, se é verdade que ainda há varias coisas a apurar, quer na forma e no momento em que se perde a bola quer como se responde, a reacção à perda foi uma dos momentos em que notou maior progressos. Aí é impossível ignorar o contributo da presença e particularmente o desempenho de Adrien nessa apreciação. Um capitão, um exemplo, um farol.

Onde se nota ainda atrasos é no processo ofensivo. Obviamente que a ausência de João Mário pode ser considerada como um factor de um certo retrocesso, a que deve ser acrescido da maior competência do adversário de sábado. Não foi por isso por acaso que, no final do jogo, Jorge Jesus avançou com a ideia de ainda serem necessários mais dois ou três reforços para a linha da frente. Um deles estava nesse momento a ser contratado: Joel Campbel.

Esta é uma contratação algo surpreendente, tendo em conta o valor do jogador, o seu potencial ainda (por cumprir, é certo) e a sua origem num campeonato onde habitualmente não se vai às compras mas sim vender. Um processo semelhante ao de Coates, que já gera dividendos e que deveria fazer pensar sempre na hora de reforçar a equipa, que não é o mesmo que apenas adquirir. Há ainda uma outra vantagem a enunciar: a idade. Por exemplo, comparando com Teo, que não foi nada barato. Comparando com o colombiano, Campbell não é só um "jovem lobo" à procura de afirmação, como é um jogador com mercado alargado. Ao contrário de Teo que, além de da idade, trazia consigo uma fama pouco recomendável para quem tem que assinar os cheques.

Detecto apenas dois inconvenientes nesta chegada: não haver opção de compra (se há, não foi anunciada), a que acresce o facto de sempre que haja um jogo da selecção da Costa Rica termos dois jogadores (Ruiz e Campbel) de quem muito se espera forçados a viajar longas horas. Pode entrar aqui também alguma desconfiança sobre o valor do jogador, pelo facto de não ter ainda triunfado. Se o tivesse feito não o poderíamos ter contratado. 

Por outro lado assacar apenas ao próprio a responsabilidade do fracasso parece-me excessivo por ignorar as circunstâncias em que ocorre: a impossibilidade de ser inscrito aquando da sua chegada ao Arsenal obrigou-o a sucessivos empréstimos numa idade ainda muito jovem e, quando finalmente o foi, encontrou sempre muito trânsito na concorrência: Ramsey, Chamberlain, Welbeck, Wilshere e Walcot. 

Pois se há alguma coisa que sabemos desde o ano passado e que se acentua cada vez que vemos jogar o Sporting  é que temos uma equipa muito bem trabalhada mas sem grande capacidade de improviso e explosão no último terço. Foi um pouco isso que se sentiu em Paços de Ferreira - com a dupla Ruiz muito sem jogar mal mas sem nada de relevante a assinalar - e é aqui que Campbel entraria como água em terra seca. Campbel é um criativo que tanto poderá jogar nas alas como atrás do ponta-de-lança. Sem lhe poder exigir tackles ou perseguições "caninas" a defender, é um jogador que apresenta uma clara evolução nesta matéria. 

É forte, consegue mudar de ritmo com facilidade, alguma imprevisibilidade, boa visão de jogo capacidade de passe, bem como remate colocado e potente. Talvez precise de controlar um pouco da impetuosidade que o faz muitas vezes repetir más decisões. Ou de confiar mais no seu talento, na hora de escolher entre correr desenfreadamente paralelo à linha ou recorrer aos apoios para progredir por zonas mais interiores. Estou em crer que a sua contratação é uma boa decisão e que estamos na presença de um dos nomes mais cantados na bancada na próxima época.

25 comentários:

  1. Excelente análise Leão de Alvalade.

    Só sobre Campbell, uma das coisas que me faz confusão são as equipas a quem ele foi emprestado pelo Arsenal, algo que em boa verdade nada diz sobre a qualidade do jogador que será notória, ou não, assim que comece a jogar pelo Sporting. Os adeptos do Arsenal, dizem os jornais, ficaram fulos com o empréstimo, reacção, para o Arsenal, que poderá traduzir-se num bom presságio para o Sporting e para o Arsenal, que continuará a ser "dono" do jogador.

    Muito importante: se Jorge Jesus gosta do jogador isso é meio caminho andado, mesmo com 0 jogos no Sporting, para que tenhamos confiança nas suas qualidades.

    Confio incomparavelmente mais no entendimento de Jorge Jesus relativamente ao de Wenger.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MM,
      a decisão de o emprestar é surpreendente até por isto: ele estava realizar uma boa temporada, já tinha estado bem o ano passado e oferecia a Wenger várias possibilidades, incluindo jogar no lugar de Ozil.

      Há uma história muito curiosa sobre a sua contratação que foi o facto do próprio Wenger ter telefonado ao responsável pelo scouting do Arsenal, a dar-lhe os parabéns. O homem ficou surpreendido por não conhecer o número e por pensar que o treinador nunca o faria.

      Acontece que Campbell acabou por nunca merecer a confiança do treinador, o que parece que ir-se repetir mais este ano, o que terá sido determinante para a vontade do jogador em vir para junto do seu companheiro Ruiz.

      Eliminar
  2. É um jogador de topo. Pode ter um impacto de um Nani, B. Ruiz, Coates e Slimani (as únicas grandes contratações desta direcção; B. César vem só um pouco abaixo).
    Se vier motivado e tiver sorte das lesões andarem longe, será reforço.

    Também não gosto que seja mais um pronto para atravessar o Atlântico de 3 em 3 meses e ficar longe durante 2 semanas (Campbell, Coates, Ruiz; + Slimani, William, Patrício, Adrien, Semedo).

    Em Paços só não gostei do desperdício, da ausência dos Ruizes e da displicência defensiva no minuto 87. Aquela bola nunca pode sair em condições (refiro-me ao passe). Pouca pressão sobre o portador (não se aprendeu nada com o golo do Tondela em Alvalade?).

    Venha o FCP. Ir para a pausa das selecções isolado na frente seria muito bom.

    grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Pode ter um impacto de um Nani, B. Ruiz, Coates e Slimani (as únicas grandes contratações desta direcção"

      A melhor contratação desta direcção foi o Montero.
      Nani e (esperamos) Campbell são empréstimos bem conseguidos, especialmente o do fabuloso Nani.

      Coates é um bom defesa central e serve bem o Sporting.
      Slimani tem algumas qualidades mas não é imprescindível. Que um jogador como Slimani tenha tanto peso na equipa do Sporting é aliás demonstrativo da falta de qualidade do plantel. Fazer de Slimani o jogador mais caro o plantel é perfeitamente estúpido.

      Eliminar
    2. Esqueci-me do Montero (é melhor assim, custa menos...).

      Um jogador que valeu 30 golos tem de ser valorizado. Assim como um GK que vale (muitos) pontos, etc, etc.
      Para a nossa realidade, são jogadores de topo.

      Eliminar
  3. -- O líder leonino destaca ainda "esforço e o empenho dos árbitros de primeira categoria para, nas partidas a que foram chamados, fazerem boas exibições e actuarem de acordo com as regras passando, como é desejável, despercebidos deixando o protagonismo para aqueles que são o sal e a pimenta do futebol, os jogadores." --

    http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/sporting/detalhe/bruno-de-carvalho-elogia-preocupacao-de-coerencia-nas-nomeacoes-dos-arbitros.html

    Desafio aos leitores:

    Estas declarações são só um bocadinho, assim-assim, ou bastante cínicas e ridículas olhando a quem as produz? Não precisam de responder. Precisam só de pensar se sentem comichão pela pergunta. Caso a sintam, é mau sinal. Renda-se ou entregue-se de bandeja a liberdade de discutir qualquer tema, seja ele qual for, a troco do vómito de incapazes que pretendem transformar o Sporting numa coisa que não é.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito estranho ter dito raios e coriscos na época passada e está época com apenas 2 jogos disputados já tece elogios rasgados. Vamos ver depois do jogo com o FCP. Se forem roubados,como espero, se se mantiver calado é porque traz água no bico... se falar mais uma vez, da umas pazadas para se enfiar no buraco ainda maior. Mal por mal deixe o Saraiva falar, a esse ninguém liga.

      Eliminar
    2. Eu nem penso nas arbitragens, estou-me por häbito nas tintas para isso. "... deixando o protagonismo para aqueles que são o sal e a pimenta do futebol, os jogadores.", é esta declaraçäo que está carregada de cinismo. Possivelmente a dos árbitros também está mas pessoalmente essas discussões não me interessam (não negando a importância do assunto, óbvio).

      Eliminar
    3. É só mais um tiro nos pés e o colocar-se a jeito para, depois, ser gozado (e roubado).
      Até ver não vi diferenças nenhumas nas arbitragens.

      É óbvio que estas declarações são ridículas.

      Eliminar
  4. Desvalorizam o potencial de Alan Ruiz, mas penso que depois de adaptação inicial, será um outro grande Ruiz na nossa equipa, com capacidade de improviso a jogar como médio ala.
    Nuno Gonçalo

    ResponderEliminar
  5. Concordo com tudo, mas tenho de protestar com a frase "a ausência de João Mário pode ser considerada como um factor de um certo retrocesso [no processo ofensivo]". Sendo público que há quem pague €40/50M pelo jogador em causa, é uma evidência que a saída dele da nosso 11 titular é, necessariamente, um factor de retrocesso no processo ofensivo - a não ser que esteja tudo enganado e/ou o nosso plantel seja o do Barça. Apesar de tudo, parece-me que João Mário, dos 5 jogadores com procura no nosso plantel, é, de longe, aquele cuja saída nos será menos difícil colmatar. E não é pela sua qualidade técnica, que é enorme, mas pela sua importância na dinâmica e "alma" da equipa, para a qual contam muito mais Patrício, Adrien, e, acima de tudo, Slimani, que, sem margem para dúvidas, é o jogador mais difícil de substituir do plantel, seja a atacar, seja a defender. SL! JPT

    ResponderEliminar
  6. Nunca na minha vida acreditei que o Campbell cá viesse parar, emprestado ou não.
    Para quem segue a liga inglesa isto só pode ser uma surpresa: se não é o melhor extremo dos Gunners, anda lá perto e não há como desmentir isto. Para além do mais ele tem muito mercado o que o coloca completamente fora das nossas possíveis contratações definitivas.

    Quanto à ter 2 jogadores internacionais da CR, só vejo isto como positivo, é sinal de qualidade e não vejo como poderia ser diferente fossem eles de um outro país qualquer da América do Sul já que vão sempre jogar na mesma altura. Já agora não tenho a mínima dívida de que ele veio porque o BRuiz o convenceu, não vejo outra forma disto ter acontecido.

    Já agora fico muito feliz de ver de volta um bom Blogger, já que ultimamente este sítio andava a cheirar muito, muito mal. Como se não chegassem as opiniões completamente ressabiadas ainda se dava ao luxo de se recusar em mostrar os posts em que as ditas opiniões eram desmascaradas.

    Nem tudo se faz bem no Sporting (longe disso), mas nem tudo se faz mal certamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Como se não chegassem as opiniões completamente ressabiadas ainda se dava ao luxo de se recusar em mostrar os posts em que as ditas opiniões eram desmascaradas"

      referes-te exactamente a quê?

      Eliminar
    2. Ele deve estar a falar de mim, Leäo de Alvalade. Deve ser o sujeito que há umas semanas esperava que eu fosse pesquisar por ele opiniöes de há 3 ou 4 anos que demonstrassem um critério semelhante nas críticas feitas. Há maluquinhos para tudo ...

      Eliminar
  7. Refiro-me especificamente neste caso a o sr MM não se dar ao trabalho de ler a entrevista com o Varandas e de como é desmontado todo este caso com o departamento médico.
    É que se é fácil atacar os profissionais da casa baseando-se em frases soltas dos atletas que não nos dizem nada também deveria ser fácil ler o que diz um dos visados,
    ainda para mais tendo ele a importância que tem.

    Este é só mais um exemplo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem falei duas vezes sobre a questão - é só ler os comentários. Quer que mude de opinião terá de me demonstrar que o jogador mente quando diz que apesar do exame médico o Sporting não se demoveu da sua contratação mas alterou os termos propostos no contrato. Mais claro é impossível.

      Eliminar
    2. E claro, passando por cima do facto de que em face das reservas do médico o clube insistiu na contratação, em si mesmo bastante revelador. Não dou ênfase a isso pq não faço a mais pequena ideia se será normal equipas grandes contratarem jogadores sobre os quais os departamentos médicos examinando-os afirmam não aconselhar a contratação.

      Eliminar
    3. Citando o Varandas: '
      Ele sabe os exames que fez. A decisão final não foi inaptidão. Simplesmente disse ao presidente: ‘Tenho reservas e não recomendo’. Existe uma gestão da minha informação. E o presidente pode dizer que, mesmo tendo reservas, até aceita o jogador, com baixo risco.'

      Acho que a resposta é clara.

      Eliminar
    4. E qual é o inconveniente em mudar os termos da remuneração em função do que resultou do exame médico ao atleta, se este indicou um elevado factor de risco? Parece-me algo de evidente em contratos: a remuneração (e não só a decisão de contratar) ter em conta o risco. Não há aqui um "binário" contrata/não contrata, senão, por exemplo, o Bayern não tinha contratado o Robben, jogador com um historial de repetidas lesões, facto que certamente foi considerado quando negociaram o salário com ele. A ser esse o raciocínio (se há elevado risco de lesão, não se contrata), coitado do Arjen, há anos que não jogava à bola (como nunca teriam jogado o Paulo Sousa, o Michael Owen e tantos outros). Coisas óvias, dir-se-ia... JPT

      Eliminar
    5. Óbvias, e não óvias, obviamente. SL! JPT

      Eliminar
    6. Às vezes o óbvio confunde-se meramente com errado. Robben, Paulo Sousa, Michael Owen, jogadores que certamente viram-se penalizados no vencimento pelo "baixo risco".

      "Coisas óbvias, dir-se-ia".

      O jogador está apto a ser contratado, ou não está. Obviamente não sou médico para perguntar ao Sr. Varandas o significado de "não está inapto mas não recomendo". "Não recomendo", isto é indicação mais do que suficiente para o Sporting se retirar do negócio.

      Se acha que o jogador deve vir então que lhe pague o valor justo que as partes até já tinham, diz o jogador, acordado.
      JPT, quando o seu empregador lhe disser "eu quero que fique cá a fazer o que os outros fazem, pelo mesmo período de tempo dos outros, mas por metade do salário que te estamos a pagar agora", se não souber responder a isto não responda nos jornais mesmo que seja perguntado. Mande o empregador simplesmente ir dar uma volta ao bilhar grande, porque não merecerá nenhuma resposta para além dessa.

      Eliminar
    7. JPT,

      Honestamente, acredita que os jogadores que menciona Owen, Robben ou seja quem for aceitariam combinar uma coisa com o Real, o Newcastle para o Owen ou o Bayern para o Robben, combinam-se os termos dum contrato, o Owen e o Robben vão fazer exames médicos, o médico diz "apto mas não recomendo", o Bruno de Carvalho ou outro extremamente bem-pago assalariado desses clubes diz aos jogadores, "o médico diz assim e assado, mas não faz mal, venham à mesma que cortam-se os valores combinados para metade". Acha que alguém aceitaria isto? Veja que o jogador até disse ou sugeriu que aceitaria mas se cortassem o tempo de contrato também para metade.

      Além deste caso, considerando o histórico ou a forma como o Sporting desde há 3 anos encara / destrata os atletas e treinadores com os quais assina contrato, considerando o recorrente desprezo que mostra pelas honestidade e correcção em domínios contratuais e muitos outros, acha errado presumir má-fé da sua (Sporting) parte neste caso?

      Eu não acho. É só isso JPT.

      Eliminar
    8. E só para terminar: continuo sem perceber onde é que o médico do Sporting é perdido e achado no caso. Muitos sítios aproveitaram-se das suas declarações para instrumentalizando o médico do Sporting deixarem Bruno de Carvalho bem visto. Eu não duvido que o destaque ao médico do SCP, nestes meios, só teve esse propósito e nenhum outro.

      Eu lembro-me, e mto mais gente se lembrará, qd salvo erro em 2011 o mesmo médico se viu desvalorizado, nalguns casos até humilhado, nestes meios, por mta gente que se chocou com a sua entrada no Sporting, só por causa do seu apelido. Hoje serão um nº razoável dos mesmos que descobriram - sabe-se lá como - a partir de declarações do jornal, que o médico é extremamente competente, como se declarações e fotos fossem atestados de competência em medicina.

      Isto é tão estúpido quanto desencorajador.
      A blogoesfera do Sporting em 5 anos evaporou-se.
      Hoje, salvo poucas excepções, só existe mesmo incapacidade.

      Logicamente não falo nem penso em si, JPT, pessoa que se destaca pela positiva na forma como normalmente comenta o Sporting.

      Eliminar
  8. Ao contrário do que tenho lido não estou a gostar nada da defesa ou do processo defensivo, como lhe quiserem chamar. Em ambos os jogos anteriores oferecemos ocasiões de finalização claras aos nossos adversários, dentro da área e em posição frontal que só não tiveram piores resultados por acaso, nabice dos intervenientes e o Imenso S. Patrício.

    Contra adversário com um pouco mais de qualidade (e o próximo tem muito mais do que os anteriores...) temo que essas oportunidades claras se multipliquem e o aproveitamento melhore...

    No ataque parece-me que há maior criação, mesmo quando jogámos sem Slimani mas continua um baixíssimo nível de aproveitamento. Espero que não encaremos o próximo jogo "à Campeão" porque estamos ainda longe de produzir futebol consistente, durante tempo suficiente para tais arrufos de soberba.

    Se precisarmos de um "par de estalos" de humildade a altura é boa, mais vale agora que mais à frente, o adversário vem queimado connosco porque levou umas belas lições nos últimos jogos. Vamos ver se continuamos a saber a lição.

    P.S.- Vou lá estar, afastado do "meu lugar", mas vou lá estar!

    ResponderEliminar
  9. Pessoalmente discordo da parte do Campbell ainda não ter triunfado. Vivo em Inglaterra, conheço muitos fãs do Arsenal e ainda não falei com um que esteja contente em o ver emprestado esta época. Aliás a única coisa por que parecem contentes é com o facto de não haver opção de compra pela nossa parte.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)