Um ideal

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA, o lema que fez do Sporting um grande clube, tão grande como os maiores da Europa”

Receba o "ANorte" por e-mail

Mantenha-se a par

quarta-feira, 23 de Maio de 2012

O que faria Manolo Vidal hoje?

Manolo Vidal estava lá no último titulo
Manolo Vidal é uma das figuras do universo leonino que reunirá maior consenso, podendo por isso ser considerado uma referência. Na história recente do nosso clube o seu nome está ligado a praticamente todos os grandes êxitos alcançados, como sejam os campeonatos de de 1979/80, 1999/2000 e 2001/2002, um ano em cheio, em que acumulamos o titulo, a Taça e a Supertaça. Como ex-dirigente da formação , onde começou a sua carreira de dirigente, certamente terá exultado com a inauguração da Academia.

Apesar do seu curriculum, que é bom lembrar grande parte dele foi realizado "pró-bono", no seu trajecto de dirigente e depois de ter regressado à condição de adepto, pautou a sua postura e declarações, poucas, por um profundo amor ao Sporting e pela humildade de quem sabe que ninguém é campeão sozinho.

Apesar do tom conciliatório e cordato com que tratava os adversários, Manolo Vidal não temia o confronto com os que se atravessavam no caminho do Sporting, batendo-se pelos interesses do clube, sabendo por os nomes aos bois, como soe dizer-se. Reportando-me aos dias de hoje, tenho sérias dúvidas que Manolo Vidal se mantivesse calado com a prenda dada por Vitor Pereira a Paulo Baptista pela greve selvagem registada no inicio de época, uma provocação nítida ao Sporting.

Num momento de profunda desilusão e de perturbação causada por mais uma época sem títulos importa perceber o que aqueles que temos referência fizeram para serem hoje os termos como exemplos. E o que o trajecto de Manolo Vidal denuncia é um profundo amor ao Sporting, a quem deu muitos anos de trabalho sem remuneração. Não tendo ganho sempre foi em momentos como os que hoje vivemos que nunca o vimos desistir ou deixar de acreditar num Sporting vencedor. Tão pouco o vimos alijar culpas a terceiros ou a não assumir as suas responsabilidades. Muito menos ouvimos dizer que o Sporting não tem uma "cultura de vitória" que é um "clube moribundo" e outras pérolas que os Sportinguistas brindam o clube se brindam entre si.

É na adversidade que se revelam os espíritos vencedores, é seguramente desses,como o foi Manolo Vidal, que o Sporting precisa hoje e é com eles que o Sporting voltará a vencer.

Frases que ficam de Manolo Vidal:

Sobre Simão Sabrosa:
“Apenas conseguimos que se tornasse num bom jogador (Simão Sabr, porque pelos vistos falhámos na sua educação. Temos pois de nos penitenciar por isso” 

Sobre Pinto da Costa que se havia referido a ele em castelhano:
"Apreciei as suas frases em espanhol com um ligeiro sotaque siciliano."

11 Comentários:

LMGM disse...

Não resisto a copiar para aqui o comentário que originalmente fiz ontem no Face do A Norte de Alvalade.

Inesquecível, o homem que saltava sobre o símbolo pintado no relvado quando ia fazer uma substituição por se recusar a pisar o emblema do Sporting. Obrigado Campeão!!!!

Todas as recordações que tenho dele ao serviço do Sporting, para lá de um profundo Sportinguismo evidente, transbordam de uma caracteristica rara - Classe - Manolo Vidal tinha imensa classe no exercicio do seu Sportinguismo seja em funções directivas seja como mero sócio. Um verdadeiro notável que gostava mais de dar exemplos do que apontar erros ou discutir personalidades.

Foi dele o último balneario blindado, com classe como não podia deixar de ser, e desse trabalho colheu os frutos que a foto representa.

Mais do que essa "cultura de vitória" faltam figuras exemplares como foi Manolo Vidal.

Obrigado Campeão!!!!

Anónimo disse...

Este senhor fez mais pelo meu Sporting do que eu alguma vez poderei almejar, e por isso o meu eterno e sincero obrigado.

Ao contrário de muitos que por aí andam em bicos de pés, este Homem será recordado pelo seu profissionalismo, mas sobretudo pelo seu desprendimento e Sportinguismo.

Bem haja
RSNT

B disse...

Por cada Leão que cair, outro se levantará.

Obrigado por tudo!

10A disse...

Manolo Vidal foi alguém que não tive o prazer de conhecer pessoalmente, mas foi alguém de quem sempre tive um Enorme Orgulho que fosse dirigente do meu clube.

Um enorme desportivismo e elegância próprias de um cavalheiro, sendo dele a melhor resposta alguma vez dada ao pdc:
Em Março de 2000 Manolo Vidal havia realçado que o FC Porto, nos últimos quatro jogos da I Liga, havia ganho oito pontos à custa de golos irregulares. Pinto da Costa não gostou da afirmação e não perdeu tempo a responder: "Lo que señor Manolo Vidal diz, no me apoquenta nada, porque es muy bom chico". Assim que teve conhecimento do que afirmou o presidente dos dragões, Manolo Vidal replicou: "Apreciei as suas frases em espanhol com um ligeiro sotaque siciliano. Todavia, foi mesmo uma delícia ouvir esse senhor falar espanhol." (aqui: http://www.record.xl.pt/arquivointerior.aspx?content_id=29197 )

Foi alguém que fez jus ao nosso lema e cumpriu o desejo do fundador, por tudo isso o meu agradecimento sincero e profundo. Que o seu modo de ser e agir sirva de exemplo a outros.

As minhas condolências à família e que descanse em Paz.

Cantinho do Morais disse...

Uma coisa, de certeza, ele não faria: uma entrevista igual à de Ângelo Correia à RR. Um perfeito nojo. Diz que não se mete no trabalho que não sabe, mas afirma que não sabe se Sá Pinto é treinador para o Sporting e que quer o regresso de Adrien.
Este senhor é dirigente do Sporting. Não vale a pena, nós gostamos mesmo é auto-flagelo.

serleonino_sérgio_ disse...

O seu nome deveria batizar o novo recinto desportivo do Sporting.

Bem-Haja Manolo Vidal, por nos fazeres sair à rua festejar o último titulo do Sporting.

serleonino_sérgio_ disse...

Cantinho do Morais....
Concordo em absoluto com o teu comentário, esta malta é só tiros nos pés e discursos completamente despropositados para o exterior, é inacreditável.
Ajudam a alimentar aquilo que deve ser resolvido dentro de portas, poêm-se a jeito depois culpam a comunicação social.

LMGM disse...

Cantinho do Morais, essa do não sabe se Sá Pinto será o treinador já me deixou a tremer, é que Scolari vai ficar livre...

Bem, Luis Duque tem olho para treinadores, vamos confiar no seu bom senso.

Anónimo disse...

Manolo Vidal não esteve só no ultimo titulo de campeão.

Esteve nos ultimos 3!

Edu Mart

Cantinho do Morais disse...

LMGM,

A questão nem é o Scolari é mesmo o Sá Pinto. Mas está tudo louco? O homem tem 3 meses de trabalho e questiona-se tudo (NA PRAÇA PÚBLICA E POR DIRIGENTES DO SPORTING - incrível), por uma derrota?

É mais um para queimar...

E adoro as capas que dizem que jogador X é para vender. Isto para quem quer comprar é ouro. É baixar o preço porque o vendedor está desesperado.

José Gomes disse...

"Um Leão cai, outro se levantará". Tenho é dúvidas se teremos outro, pelo menos igual, dentro da estrutura, com tanto Sportinguismo como este SENHOR. Espero que venham a aparecer porque, neste momento, não me parece.

Enviar um comentário

Reservado o direito de admissão.(links também)
Comentários com insultos entre comentadores não serão tolerados

Comentários Recentes