Um ideal

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA, o lema que fez do Sporting um grande clube, tão grande como os maiores da Europa”

Receba o "ANorte" por e-mail

Mantenha-se a par

sexta-feira, 4 de Maio de 2012

| 5 Comentários |

O que sairá da caixa de Pandora para o Sporting?

Ninguém duvida que a possibilidade de desistência da U. Leiria abrirá um buraco de dimensões inimagináveis no futebol português, uma verdadeira caixa de pandora. Não faltarão clubes que, sentindo-se prejudicados, recorrerão de qualquer uma das decisões possíveis num caso semelhante e que, pasme-se, constam AMBAS  do regulamento de disciplina da Liga. Isto é, ou ficarão sem efeito todos os jogos em que o U.Leiria, e por isso todos os pontos ganhos são anulados, ou são anulados apenas os pontos ganhos nos jogos decorridos há menos de 30 dias, período a partir do qual os resultados são considerados homologados.

Um dilúvio de recursos para o CJ da FPF poderá adiar a homologação dos resultados do campeonato, ficando-se muito tempo sem saber quem desce e quem tem acesso às competições europeias. E, sejam quais forem as decisões a serem tomadas, é evidente que a verdade desportiva sai manchada mais uma vez, embora isso seja algo com que os adeptos portugueses estejam já habituados a conviver. No somatório dos pontos de uma equipa deviam apenas constar os pontos ganhos no campo, no confronto leal com os adversários, mesmo considerando que nem todos.

Ora o Sporting está já habituado a não conseguir somar todos os pontos a que legitimamente ganha o direito de conquistar no terreno de jogo, o que certamente não esperaria era ter de perder mais alguns depois de os ter averbado a muito custo. Mas só fará sentido pensar muito a sério nas consequências deste caso depois de conseguir levar de vencida os dois adversários que faltam. 

A tarefa não é muito fácil porque, por sinal, um é apenas o recém-sagrado campeão e o outro está imediatamente acima de nós na tabela classificativa e com quem temos que nos bater para subir ao pódio, mas também por um lugar na elite europeia de clubes, como é a Champions League. A essas dificuldades, tidas como naturais, acrescem o facto de dar muito jeito, para que as consequências deste caso sejam menores, o Sporting claudique o suficiente para que tudo fique como está.

Como é bom de ver casos como o presente, e outros como o do Estrela da Amadora, só ocorrem por nítida incúria  e incompetência dos dirigentes dos clubes. Se a fiscalização dos pressupostos para cada clube se apresentar à competição fosse eficaz e se estes estivessem devidamente garantidos - a prestação de garantias bancárias e/ou outras, normais entre instituições credíveis,  resolveria o problema de forma célere - evitava-se todo este espectáculo degradante.

P.S.- Um dos aspectos mais perniciosos para o futebol, quando surgem estes casos, é a nuvem de suspeição que se levanta, havendo teorias para todos os gostos. Por todas as razões mas também por esta gostaria que o Sporting chegasse ao fim no terceiro lugar. Veríamos então quem estaria disposto a ficar com esse lugar a qualquer custo, e sem qualquer respeito pelos pontos ganhos em campo.


5 Comentários:

Álamo disse...

Não é difícil, amigos!...
Sporting em 4º lugar, porque o Marítimo não acordou a tempo...

SL

Leão Açoreano disse...

Saudações Leoninas, o meu nome é José Duarte (Cherbakov94) e sou fundador de um blog (http://leaoazoreano1906.blogspot.pt/) iniciado ontem. Solicitaria um pedido de publicidade para ambas as partes, para nos ajudar a evoluir neste projecto ainda "bebé" !


Desde já fica um obrigado pela atenção. Aguardo uma resposta!


SL

Anónimo disse...

Caros Sportinguistas com recursos que vão aparecer
e com contra recursos o campeonato pode não ser
homologado e a FPF tem um prazo para indicar o nome dos clubes ah UEFA e não estando o campeonato
homologado a indicação pode ser feita pela classificação do ano anterior.Nesse caso estamos em terceiro-
SL

Cozinheiro Sueco disse...

A caixa de Pandora não seria apenas para o Sporting, mas para todo o futebol português. Aceitando isto, em qualquer época vindoura, poderá correr-se o risco de no final do campeonato os campeões passarem a ser decididos recorrendo a este expediente. Um clube em dificuldades, outro, maior, com algum dinheiro que possibilite minorá-las e que já não consegue chegar ao título dentro das 4 linhas... junta-se água, mistura-se e...

Rui Coelho disse...

O bartolomeu não tem tomates, é tudo bluff a ver se alguém se chega à frente para assumir as responsabilidades dele. Era um vendaval tal no futebol português que nem um gatuno como esse bartolomeu seria capaz de desencadear.

Ainda assim, a competição está ferida de morte para a Académica, que foi ultrapassada pelo Feirense, tendo o Feirense ganho da forma que sabemos em Leiria. A única diferença aqui é que em vez de pagarem muitos pelos erros de outros e por regulamentos épicos - nós, Sporting, incluídos - pagam poucos. Paga a Académica.

Enviar um comentário

Reservado o direito de admissão.(links também)
Comentários com insultos entre comentadores não serão tolerados

Comentários Recentes