terça-feira, 8 de maio de 2012

As aquisições de que se fala

Provavelmente é meramente circunstancial mas podia até não ser que os reforços de que se fala com mais insistência sejam de jogadores para o ataque. Se analisarmos o comportamento registado até agora no campeonato, e quando falta apenas 1 jornada para o seu término, verificamos que o Sporting é apenas o 5º classificado (44 golos) no que diz respeito às equipas mais goleadoras e a 20 golos do recém-sagrado campeão. Se o foco estiver nos golos sofridos a nossa posição seria a 2ª, mais consentânea com a exigência de uma equipa que quer ganhar o campeonato.

Obviamente que o número de golos marcados não tem apenas a ver com os jogadores que a equipa tem disponíveis para o ataque, mas está ligada de forma substancial com a concepção e filosofia de jogo. O que é incontestável é que com estes números - que se repetem pelos últimos anos - dificilmente uma equipa se torna campeã. Outro dado estatístico que realça este problema é o facto de o Sporting contar até agora com 8 jogos sem ter conseguido marcar qualquer golo. 5 desses jogos equivalem a derrotas, mas mesmo que não o tivessem sido significariam um perda de de 16 pontos, muitos para a ambição de uma equipa que quer chegar ao título.

Muito se tem falado e continuará a falar até Setembro de jogadores para o plantel do Sporting. Neste momento. e sem saídas confirmadas parece-me que a falta de recursos e inegável qualidade do nosso plantel tornam muito mais falíveis as manobras no mercado no sentido de adquirir verdadeiros reforços. O mais dificil ( e oneroso) terá sido já feito o ano passado.

Labyad
O único que está garantido até ao momento. Estreou-se há 2 anos pela equipa do PSV e é uma das grandes (entre muitas, convém ter presente) esperanças do futebol holandês. É um médio que joga em qualquer dos lados do campo, podendo também fazê-lo pelo centro do terreno, atrás do ponta-de-lança. Tem bom controlo de bola e faz da rapidez de execução uma das principais armas. É no entanto demasiado novo para merecer para já o estatuto de "salvador da pátria" leonina. 

Hugo Vieira
O próprio já se dá hoje como vestido de verde e branco na próxima época. Fiúza já o tinha feito ontem, o que me leva a pensar que o caminho seja por outro lado... De certa forma pode-se dizer que as suas características se assemelham às de Labyad, o que pode indiciar que Sá Pinto poderia estar a pensar a proceder a alterações na forma de atacar ou pelo menos criar alternativas ao modelo de jogo. Não estive muito atento ao seu desempenho durante o ano mas reparei que se falou muito dele. Não tendo por isso muita sustentação para emitir opinião, não me parece que venha acrescentar muito valor, tendo em conta que Jeffren, Carrillo, o próprio Labyad e até Izmailov podem fazer o mesmo papel. O facto de pelo menos o espanhol e o russo terem constantes problemas com lesões também pode estar relacionado com esta aquisição.

Wilson Eduardo
O seu regresso foi já falado o ano passado e a ainda bem que não se concretizou. Concordo com análise feita hoje no jogo pelo seu ex-treinador Daúto Faquirá: seria bom para Eduardo e para o Sporting que ele pudesse continuar a evoluir e para isso o repetir uma época como a presente, onde acumulou jogos, seria essencial. No Sporting, onde a concorrência, quer na posição quer nas características, são já muitas para, em condições normais, poder almejar mais do que "uns joguitos".

Conclusão
O acento tónico estará sempre no treino, nas ideias do treinador (foi na falta de criação de alternativas que Domingos falhou) e no colectivo mas os (bons) jogadores que constituem os planteis e as respectivas características também fazem a diferença. Bojinov não parece querer voltar nem ter espaço para o efeito. Ribas não teve o tempo nem o espaço (entrou na pior fase da equipa) suficiente e, passado este tempo, parece que Sá Pinto não procura para o ataque as suas características de jogador mais fixo na frente. 

Com pouco dinheiro para compras o Sporting precisa de encontrar um jogador para a frente de ataque. Não sei qual será a fórmula a seguir, preferencialmente optaria por encontrar um avançado já tarimbado, que contrabalançasse com a juventude de Wolwswinkel e Rúbio (que será uma pena se continuar outro ano sem jogar). Encontrar alguém com estas características, que ganhe dentro de valores que possamos pagar, e tenha a ambição intocada é que me parece mais difícil e conseguir.

17 comentários:

  1. Se não ficar o Wilson vem outro jogador estrangeiro para o lugar, e esta época já tinha dado muito jeito. Se for emprestado mais um ano corre o risco de nunca mais voltar.

    ResponderEliminar
  2. LdA

    Entre o Hugo Vieira e o Wilson Eduardo...

    Uma coisa parece me certa: é preciso continuar a investir na equipa e despachar alguns jogadores (Polga, Evaldo, Pereirinha, Ribas, João Pereira, Matias Fernandez, Jeffren, etc.)

    Parece me fundamental renovar com o Patrício e ir buscar 2 laterais (1 E +1 D), 2 centrais, 1 trinco, 2 pontas de lança (1 fixo + 1 móvel), 2 extremos (que aguentem 90 minutos).

    Abraço
    Carlos

    PS: Eu gosto do Matias e do Jeffren, mas não dá para construir uma equipa regular com jogadores sempre a acusarem fadiga e problemas musculares.

    ResponderEliminar
  3. Ah! Esqueci me (naturalmente) do Alberto "Cristal" Rodriguez!
    Eu fazia um pack: Rodriguez + Luis Aguiar + Bojinov.

    Carlos

    ResponderEliminar
  4. O Carlos é um cómico. E que tal vir outra vez um 'pack' de dezanove gajos novos?

    ResponderEliminar
  5. ainda no ultimo post fiz um aparte para os regressos de emprestados.

    falam no wilson eduardo. é indiscutívelmente um bom jogados, mas, dos 4 extremos que temos quem é que tiram? será ele melhor que izmailov capel jeffren ou carrillo?

    volto a dizer que o labyad deu uma entrevista em que se caracterizava como sendo um 8. com um estilo de jogo semelhante ao schaars. palavras do próprio. acho que o estarmos sempre a colar como um 7 ou um apoio ao PL é um engano.

    tenho a ideia de que (analisando o fim de época em que se recuperaram muitas lesões crónicas à excepção do rodriguez, tanto rinaudo como as lesões do ultimo jogo de JP e Izmailov são decorrentes de pancadas) a próxima época trará boas indicações relativamente à preparação física.

    SL

    p.s.: acho que o bojinov seria muito melhor aproveitado com sá pinto do que com domingos. pelo simples facto do sá não deixar os seus jogadores cair em frustração, algo que foi o problema do domingos.

    ResponderEliminar
  6. Hugo Leal,

    Sinceramente não me parece, como saliento no post. Creio que foi melhor para ele e para o Sporting ter jogado mais.

    Carlos,
    No post procurei sobretudo a análise ao ataque, em função da noticias do mercado, deixando o resto para análise posterior. Mas já que foste mais longe aproveito e acrescento que obviamente não concordo.

    O Pereirinha tem lugar no plantel e quanto a mim jogaria mais vezes no lugar do JPereira. Creio que só não o faz já por causa do Europeu.

    O Evaldo, atendendo à idade e o facto de estar em final de contrato não fará muito sentido sair agora e ficar apenas Insua.

    Matias é um bom jogador que precisa de outra época ao seu melhor nível e com mais consistência, se as lesões o deixarem. Quanto custa um jogador da sua classe.

    Jeffren, tal como Rodriguez, são bons jogadores e há que perceber se os seus problemas são crónicos ou têm solução. Tendo são indiscutíveis mais-valias.

    Não vejo por isso necessidade de laterais ou extremos.

    E o caso do Ribas merece análise. Acredito que ate tenha valor, pelo menos a avaliar pelo percurso. Quantos pontas-de-lança não falham no ano de estreia, e logo ele que chegou em Dezembro na pior altura da equipa?

    Abraço.

    ResponderEliminar
  7. O Hugo Vieira é um jogador tipico de contra-ataque, ora para contra-atacar devo já estar a ganhar... Óptimo jogador para depois do 1-0

    ResponderEliminar
  8. Continuo a acreditar na capacidade de Sá Pinto para orientar a equipa principal do Sporting, mas não percebo o que ele vê em Bruno Pereirinha.
    Também estranho o facto de Sá Pinto ter deixado de incluir Xandão no onze principal.
    Espero que não vão correr com Xandão, como correram com Torsiglieri.

    DUARTE

    ResponderEliminar
  9. O melhor onze deste ano seria algo como:

    Patricio
    JPereira, Onyewu/Xandão, Polga, Insua
    Rinaudo/Carriço, Schaars, Matias/Elias
    Izmailov/Jeffrén, Van Wolfswinkel e Capel

    Para melhorar no próximo ano é neste grupo de 15 jogadores que temos que injectar qualidade, os restantes 12 ou 13 que compõem o plantel com fortissima presença da Academia Sporting são suficientes para equilibrar o grupo e ser competitivo.

    Alguns daquele "nucleo duro" (eu sei que falta lá o André Martins) vão sair para reequilibrar contas. Notam-se de imediato as insuficiencias no ataque, 3 dos seus principais jogadores são permanentes cartas fora do baralho (Matias, Jeffrén, Izmailov) dos emprestados nenhum os substitui com vantagem, mesmo recorrendo a Luis Aguiar, Valdés ou Adrien, nos pontas de lança pior, Pongolle e Bojinov nada trouxeram ou estão a demonstrar por onde andam de ser mais valias. Salomão, Labyad, Wilson ou Vieira também pouco acrescentam aos que já existem.

    Para mim apenas 2 possiveis saidas estão já cobertas, JPereira (por Cedric) e Patricio (por Marcelo), todas as outras posições será necessário reforço para existirem melhorias.

    P.S.- Ah, e Rodriguez ou Carriço não substituem Polga... talvez o Nuno Reis.

    ResponderEliminar
  10. mas pretendem um plantel com 30 jogadores???

    ResponderEliminar
  11. Tiago, sabes quem vai sair? As entradas para mim dependem desse aspecto fundamental, se sair Rodriguez qualquer substituto serve se sair qualquer outro central o que entrar deverá ser muito melhor que ele.

    Os que sairem do grupo de 15 que apresentei têm de ser substituidos com muito maior qualidade, os restantes tanto se me faz, qualquer puto da Academia serve.

    ResponderEliminar
  12. Leão de Alvalade,

    Falar em jogadores de futebol, e nos do Sporting em particular, resulta normalmente em cacofonia. Há uns fios condutores e é uma parvoíce dizer-se que os gostos não se discutem (se não se discutissem, não havia discussões), mas a menos que tenhamos tanta consideração pela nossa opinião que sejamos capazes de nos considerar aptos a "educar os espíritos mais difíceis", há sempre aqueles que acham cada qual um excelente ou um péssimo jogador e são raras as opiniões consensuais. Um exemplo: um Leandro Grimi ou um Evaldo de tão elogiados por muitos sportinguistas passaram a coxos e símbolos de gestão danosa. Quem cita estes pode lembrar o tratamento dispensado a outros, como o Moutinho ou o Veloso e os elogios feitos ao Ruben Micael ou quejandos... a tendência para julgar a galinha da vizinha melhor que a nossa está na natureza humana muito mais do que na matriz identitária sportinguista.

    Por isso há tanto tempo considero ser melhor falar apenas com as pessoas que sou capaz de compreender, com as pessoas com quem sou capaz de comunicar. São as pessoas com quem partilhamos os pressupostos da análise e com as quais uma conversa pode alertar para elementos que escaparam à nossa percepção. Esse é um exercício útil por partir de premissas comuns e do próprio objectivo de uma discussão: a partilha de ideias. Quando a coisa descamba para a partilha de sentenças ou a partilha de acusações, sem qualquer ponto de referência, é uma inutilidade.

    Sobre o teor do post propriamente dito, acho pertinente a referência às declarações do Daúto Faquirá e estranharia a eventual inclusão do Wilson no plantel principal (pese embora também possa concordar que, depois de rodar duas temporadas, lhe poderia fazer bem aprender com os melhores e que - com a Equipa B - a questão da inactividade não se colocaria).

    Como já referi, o Hugo Vieira parece-me um jogador exclusivamente de corredor central e - discordando do LMGM - um jogador com a aparência de ser talhado para jogar com mais espaço por ter uma tendência quase irreprimível de procurar as costas da defesa e de verticalizar o jogo. Sem prejuízo, é um jogador que me parece ter uma óptima relação com a baliza, o que é muito raro de encontrar. Já lhe tinha deixado várias referências e seria um dos jogadores que contrataria, até por me parecer que teria mercado no estrangeiro caso não resultasse.

    Uma última achega relativamente ao que se pode esperar do mercado que ainda nem abriu: (pelo menos na minha opinião) o Sporting tem um excelente leque de jogadores, com opções que aliam tanta qualidade e margem de progressão em alguns sectores que até se pode prever alguma dificuldade em gerir a evolução desses jogadores (com Izmailov, Capel, Carrillo e Jeffren para dois lugares; Rinaudo, Schaars, Elias para dois lugares - só para referir os jogadores "unânimes" e não ferir susceptibilidades" - temos uma média de idades que não ultrapassará os 25/26 anos). Isso, para já, permite esperar para ver o que o mercado oferece. Ou seja: não tem de ser o Sporting a "tomar a iniciativa" de ir ao mercado para construir o plantel, temos o Sporting numa posição em que apenas terá de gerir, carreiras e encaixes, para compensar as eventuais perdas que não encontrem já substitutos internos.

    Por outro lado, o critério salarial pode ser pertinente na hora de decidir. Esse pode ser critério importante para saber do "preço" da eventual renovação do Polga ou do "preço" pelo qual o Sporting estaria disposto a deixar o Matias ou o Rui Patrício partir.

    De resto, parece-me mais importante encontrar uma ideia de jogo do que de jogadores. Com Sá Pinto o Sporting tem mudado muito mas, pelo menos para mim, ainda é uma incógnita a ideia de jogo que pretenderá para a próxima época. Eu tenho a minha...

    ResponderEliminar
  13. PLF, para que não existam dúvidas eu acho o Hugo Vieira uma boa contratação (tem qualidade e vem em saldo), mas as suas melhores caracteristicas não resolvem os nossos problemas dos últimos anos (penetrar em defesas numerosas e agressivas), não lhe reconheço as qualidades de Izmailov capaz de ser a gazua destes jogos seja pela assistência, seja pela finalização.

    Aquilo que eu gostava era de ter um Izmailov disponivel em 90%. Qual é o espaço que as defesas deixam nas suas costas em 80% dos jogos nacionais em Portugal para ser possivel verticalizar o jogo e explorar esse espaço? 10 cm?

    Hugo Vieira para jogar contra as equipas que se atrevem a assumir o jogo contra nós é uma excelente arma, para malhar em ferro frio... não representa, na minha opinião, mais valia.

    ResponderEliminar
  14. LMGM,

    Não concordamos quanto às características do jogador em causa apenas - e não quanto à avaliação da sua qualidade.

    Um exemplo de um jogador que se escondia muito do jogo e que procurava quase sempre as costas da defesa - e que acho francamente parecido com o estilo de jogador que é o Hugo Vieira - é o Liedson. Também podem jogar perante blocos baixos... o problema do Liedson (e que "exigia" outro avançado) era a sua menor presença nas fases de construção.

    Um jogador que procure sempre as costas da defesa é um jogador que, por exemplo, procura sempre as desmarcações de ruptura em situações de transição (e, apesar de tudo, o Sporting tem essas situações para explorar durante os jogos), que privilegia o 2º poste sobre o movimento de ataque ao 1º poste (que é um movimento que também contribui para o arrastamento e criação da dúvida nos centrais) e/ou é um jogador que procura o espaço - por exemplo nas laterais - para "explodir" mais do que o apoio para dar continuidade a uma transição.

    Entre técnica de remate e "faro de golo" (haverá coisa menos objectiva?), jogadores com estas características também podem servir - na minha opinião - equipas que jogam em ataque continuado. Já não me parece possível que sejam capazes de se adapatar a todos modelos de jogo.

    Basicamente é isto que queria dizer e é aqui que discordamos.

    ResponderEliminar
  15. ah...LMGM estavas portanto a falar no regresso de algum emprestado decorrente de uma saída do tal grupo de 12/13. ah. assim concordo. menos no substituto do rodriguez, o nuno reis. é de inegável qualidade mas, penso que essa vai ser a posição colmatada este ano com a entrada dum central rápido e forte nas saídas de bola. alguém de créditos firmados. penso eu... de qualquer maneira as minhas desculpas. não percebi o que quiseste dizer.



    PLF

    concordo com a ideia de que o Sporting terá muito mais de gerir neste mercado do que atacar forte e feio. penso mesmo que reforçar 2/3 posições central de certeza e PL de certeza (passamos as passas do algarve com a lesão do RVW) e talvez médio de teor mais defensivo (dependendo da saída ou não do carriço) mas caso o Sá mantenha a estrutura de 4231 com o 2 a ser de elias ou rinaudo ou schaars, penso que fica colmatado com a entrada do labyad. confesso que não conheço bem mas por aquilo que o próprio labyad disse na ultima semana o seu estilo de jogo assemelha-se com o schaars!

    SL

    ResponderEliminar
  16. LdA,

    As palavras do Daúto Faquirá parecem-me muitíssimo adequadas. A única dúvida que tenho é se com a subida de nível em termos de empréstimo o Wilson evoluiria até um patamar digno de uma boa opção para o ataque do Sporting. É que, se não o for, atendendo aos golos que marca tendo espaços para explorar, talvez hajam outras opções mais interessantes (procurar emprestar o jogador a uma equipa onde possa ter sucesso e ver o seu passe bem valorizado).

    Não seria um nome interessante para o Sporting B? Aqui é também uma pergunta ao PLF. Não me relembro suficientemente do seu Olhanense (nem o conhecia o suficiente). O que vejo no seu discurso é inteligência e um potencial de ideias interessante por explorar, não sei como se verifica (e como se poderia verificar) na prática.

    Ah, e é sportinguista.

    Passando para as aquisições: a contratação do Labyad impressiona-me. Além das referências serem as melhores (tem um estatuto no Campeonato Holandês claramente superior ao que o nosso holandês voador tinha por essa idade, por exemplo), do que vi pareceu-me um jogador com muita qualidade.

    Uma mistura entre Simão e Deco.

    O Hugo Vieira... depende do que se pretender fazer dele. Neste momento, não é um jogador que aprecie muito. A ideia que tive dele quando o vi contra os grandes foi sempre de gostar de jogar naquele estilo "eu contra o Mundo".

    Se conseguir direccionar algumas qualidades específicas que tem (velocidade, imaginação nos lances de um contra um e um bom pé direito, que recebe bem a bola, passa bem - quando passa -, e remata bem e colocado) para uma melhor noção do que deve fazer perante variadas situações, terá tudo. Se não, será apenas um jogador que, em fases bastante específicas do jogo, pode ser uma arma perigosa para lançar.

    O PLF compara-o ali com o Liedson. Oxalá o Sá Pinto dê ao jogador uma cultura de jogo que o transforme mais num avançado com as características de um Lisandro Lopez, por exemplo.

    Sobre a nossa postura do mercado, e atendendo a que o objectivo será discutir o título até ao fim, só precisaremos, para as opções principais, de um defesa-central, e apenas no caso do Sá Pinto não acreditar na "regeneração" do Daniel Carriço (o Polga vai mesmo sair e o Rodríguez, pela intermitência física, não chega... ambos partilham algumas características específicas - e necessárias - com o Carriço).

    No mais, deveremos vender alguns jogadores específicos que i) estejam valorizados; ii) tenham, para os seus lugares, jogadores com qualidade semelhante, vencimento mais baixo e sem outros custos adicionais - dentro dos nossos quadros, especialmente, mas também poderão surgir oportunidades muito pontuais no mercado.

    Perder, das opções principais, o Rui Patrício, o João Pereira, o Anderson Polga e o Elias não faria uma sangria excessiva, tendo em conta o que podemos ganhar - o que podemos não perder - com os reajustamentos (Pereirinha ou Cédric, Carriço ou Nuno Reis, maior aposta em André Martins e regresso de Rinaudo ás opções, com Adrien a voltar ao plantel).

    Sangria houve no Verão passado, e a pré-temporada até começou mais cedo - o Marcelo, o Bruno (ou o Cédric), o Onyewu, o Carriço, o Insúa, o Rinaudo, o André Martins, o Matías , o Izmailov, o Capel ou o Carrillo e o Wolfswinkel não estarão no Europeu...

    Se o Sá Pinto confirmar o que de bom acreditamos que pode ser, o bom senso e o critério na elaboração do plantel serão uma certeza (se não o fizer, são uma probabilidade elevada) e discutiremos o título até ao fim.

    O Sporting está de volta.

    ResponderEliminar
  17. Leão de Alvalade,

    o hugo vieira é avançado, não médio de ataque. Jogou a época toda como a referência do gil vicente, sozinho na frente.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)