Um ideal

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA, o lema que fez do Sporting um grande clube, tão grande como os maiores da Europa”

Receba o "ANorte" por e-mail

Mantenha-se a par

domingo, 17 de junho de 2012

Euro2012: a morte fica-lhes tão bem!

foto maisfutebol
Enorme jogo de Portugal a partir do momento em que as campainhas desataram a tocar de forma estridente após o (fabuloso) golo de Van der Vart. E a exibição merece ainda mais elogios justamente pelo facto de o golo ter acontecido muito cedo, deixando os holandeses confortáveis e apenas a 1 golo de se apurarem. Foi uma vitória conseguida por uma equipa, no que a definição da palavra pode ser mais exacta e fiel, e por isso não me parece justo fazer distinções de ordem individual. 

Portugal, com este apuramento,  com as exibições em crescendo e face ao grupo em que estava inserido fez já um pouco mais do que os serviços mínimos. Mas fez já o mais difícil que é precisamente poder passar a 1ª fase, que é o passaporte imprescindível para qualquer sonho. Do grupo da morte ficaram as 2 melhores equipas e a morte dos holandeses, (um desperdício quase criminoso de talento), e de dinamarqueses assenta-lhes muito bem.

Quinta-feira prossegue o sonho de chegar ao grupo das 4 melhores equipas europeias. A melhor forma de o começar a ganhar é não subestimar os desconhecidos checos. Apesar de não possuírem jogadores de grande renome, valem pelo seu colectivo e, pelo que vi do jogo com os polacos, são muito mais organizados defensivamente e dar-nos-ão muito menos espaços dos que pudemos gozar hoje. O jogo dos quartos-de-final será muito diferente do que vimos com a Holanda.

Nota: já depois de colocado o post ouvi algumas declarações lamentáveis de Paulo Bento de que não gostei, e pior ainda foi a atitude dos jogadores, ao recusarem-se a prestar declarações aos jornalistas por, alegadamente, não terem gostado de algumas criticas. E os que sempre acreditaram no valor desta selecção e a apoiaram e até os cépticos que apesar das dúvidas estiveram sempre com a selecção e serão, por certo, muitos mais do que os que criticam de forma destrutiva?

11 Comentários:

Cantinho do Morais disse...

Jogo partido como queríamos. "Só" tínhamos que ter frescura física para aguentar o iô-iô de ir à frente e a voltar atrás (Coentrão, Pereira e Moutinho tiveram excelentes nesse capítulo) e de conseguir realizar muito bem o 1º e o último passe, após a recuperação da bola.
Conseguimo-lo por diversas vezes e fomos, justamente, felizes.

Grande Ronaldo, à imagem do que tem sido mas,desta vez, com a felicidade de marcar.
Muito bem Nani, que deve ser o jogador nacional que manteve o rendimento mais alto nos 3 jogos.
Excelentes Bruno Alves e Pepe, na conquista de bolas logo sobre o meio-campo.
Bem Veloso e Moutinho, na recuperação e na primeira linha de construção.
Excelentes o laterais. Hoje, caro Leão de Alvalade, não se pode criticar o João Pereira... Claro que vamos ler muita coisa de como foi mal vendido, etc, etc... Incansável a defender e a atacar e fazer um passe à número 10, coisa que não temos na selecção desde do Deco.
Patrício seguro, sem hipóteses no golo e no remate ao poste.

Venham os checos e o fantasma do Poborsky.
As meias estão já ali. Cuidado com os laterais e com Rosicky.

8 disse...

LdA

Não gosto do título. Estamos a falar de desporto. Há vencedores e derrotados. Não há (não deve haver) morte. Quando muito “fora da carroça”, “foram corridos” e tantas outras expressões que servem para exprimir, e gozar com, a saída de uma prova de qualquer equipa.

Quanto à essência: os holandeses puseram-se a jeito. Jogaram da maneira que uma selecção limitada, como é a portuguesa, gosta. Lançaram-se para a frente esquecendo-se de resguardar os espaços nas suas costas. E isso são bombons para Ronaldo e Nani com a ajuda de Postiga.

Gostei particularmente do colectivo, mas não posso deixar de salientar João Pereira, Pepe, Coentrão, Veloso (muito melhor que habitualmente), Montinho (especialmente depois de entrar Custodio), Nani, o muito trabalho de Postiga, e Ronaldo.

Rui Patrício continua com pouco trabalho. Tem estado sempre bem, mas sem aquelas defesas para brilhar. Não tem qualquer hipótese no golo, como não teria na bola no poste. Bruno Alves o mais irregular do quarteto defensivo. Meireles não está com a pujança habitual, sendo bem substituído por Custodio, possivelmente com algum atraso.

Oliveira está a pagar a pressão feita durante os últimos meses para a sua inclusão, primeiro no lote dos 23, e agora no 11. O rapaz sempre que entra mostra que vai a pensar que entrou para ir resolver o jogo. Quantas jogadas já estragou com remates fracos e inoportunos.

Agora que venham os checos. Vai ser mais difícil mas acredito.

Uma noticia boa para o Sporting: dos seus jogadores no Euro, considerando que João Pereira para a próxima época já não joga no Sporting, só Patrício continua. O russo e o holandês já podem entrar de férias, e regressarem mais cedo para os treinos de pré-época.

Nuno disse...

Sou Sportinguista, mas nao percebo como dizem que o Patricio jogou bem. A Holanda fez dois remates a baliza, de fora da area. um foi golo e o outro foi ao poste...No primeiro, como de costume, nao se mexe (aquele jogo de pes e pessimo) e atira-se tarde. No segundo, repete-se a situacao. O Patricio e muito bom no tempo de reaccao, mas precisa de trabalhar a movimentacao entre e fora dos postes...So assim sera um grande guarda redes...Para ja, sem duvida, o elo mais fraco da seleccao juntamente com o Ponta de Lanca. vende-lo e que era!

Leão de Alvalade disse...

8,

O titulo é inspirado num filme/comédia em que 2 mulheres disputam o mesmo homem e que se procuram matar uma ao outra. Tendo em conta o nome que deram ao nosso grupo e o que entretanto sucedeu levou-me a escolhê-lo para titulo. Para todos os efeitos dinamarqueses e holandeses "morreram" para este Euro. Obviamente que também partilho da ideia de que se perde e se ganha (ou se empata) e apenas não tendo sido minha intenção menosprezar que uns quer outros.

PG disse...

"Quem não se sente não é filho de boa gente" Toda a gente sabe muito de futebol, muitos deles sem nunca terem dado alguma vez, um pontapé na bola. Até o prof. Marcelo é comentador !!! Já cansa, ouvir tantos entendidos, a malharem constantemente quando as coisas não correm tão bem como se deseja. Isto, para quem anda lá dentro a tentar fazer o seu melhor, dói. Assim, levaram o troco. O que o PB disse é exactamente o que se passa. E os jogadores mostraram a sua solidariedade e que estão unidos.

Leão de Alvalade disse...

PG,
e (o que creio ser a maioria) das pessoas que acreditam e que não acreditando ainda assim apoiam? Esses nunca são lembrados.

Leão de Alvalade disse...

Nuno, e se tivesse feito 10 remates iguais tinham tido quase de certeza o mesmo resultado. Na primeira oportunidade procura um campo com uma baliza de dimensões oficiais e de seguida arranja alguém que remate como o Van Vart para perceber melhor o que é a tal rapidez de jogo de pés e o resto.

LMGM disse...

Terminou a fase onde ainda se pode errar, agora é o "roda-bota-fora". Portugal sempre que tem um grupo dificil faz das tripas coração e passa, a mim só me metem medo grupos/jogos considerados "fáceis" como o que vem na quinta-feira.

Que os exemplos anteriores sirvam para o grupo manter os niveis de concentração e competitividade altos, o resto (os golos) virá por acréscimo.

Estar no grupo das 8 melhores equipas europeias é fantástico, tudo o que vier a mais é brilhante.

Anónimo disse...

Por favor, gostaria que adiciona-se o meu blog http://24sporting.blogspot.pt/
ao seu/vosso Blogroll, agradeço retribuindo o gesto.
Obrigado, Sporting24horas.

Adolfo Sapinho disse...

Blogueiros:

Já viram o mais recente anúncio da Coca Cola?

Como sabem esta marca deixou de patrocinar o nosso Sporting, tendo ficado apenas com os outros dois.

Esta notícia não foi muito divulgada pois, obviamente, os gajos percebem que podem existir alguns gajos (como eu!) que ao chegar à prateleira decidam por outra marca.

Obviamente também que estes gajos fazem estudos de marketing e se as vendas se mantiverem semelhantes dirão que fizeram a opção certa, que a marca Sporting já tem pouco valor de mercado.

Assim, em vez de andarmos aqui a discutir o sexo dos anjos, que tal criar um movimento de boicote à Coca Cola, devidamente publicitado (com impacto nos media), de modo a mostrar a esses filhos da puta que o país não é azul e vermelho?

Pessoal, vá lá, vamos fazer esses cabrões sentir nas vendas o que é o Sporting carago!

Nuno disse...

Leao, pois, como o Van der Vart, o Wilson Eduardo e todos os outros que marcaram golos de fora da area em que ele repete o mesmo gesto - deixa entrar a bola! fui guarda redes, nem de perto tao bom como o Patricio, pelo que sei do que falo (acho eu!). Aqui o ideal e compara-lo com Casillas, Buffon...e ai tens uma ideia do que vale o homem

Enviar um comentário

Reservado o direito de admissão.(links também)
Comentários com insultos entre comentadores não serão tolerados

Comentários Recentes