quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Entre as teorias da conspiração, os poderes ocultos e o futebol

Foto MaisFutebol
Teorias da conspiração
A maior companhia de gás do mundo (que por sinal é russa) e o Schalke 04 (tido como tendo das maiores massas adeptas do país) um dos maiores clubes da Alemanha (que por sinal é a maior economia europeia e a quarta maior do mundo) foi o que que o Sporting Clube de Portugal teve que defrontar ontem.

Isso é o que todos nós conseguimos saber e são esses dados objectivos sobre os quais devem ser feitas as comparações das forças em confronto. Se a presença de uma equipa de arbitragem também russa e que nos mais de noventa minutos teve o azar (?) de se "enganar" apenas e sempre contra o Sporting é mais do que uma mera coincidência, fica para a a interpretação de cada um. Eu tenho a minha que, mais do que fundada em certezas, é produto de uma amálgama de sentimentos, que vão de uma profunda revolta até à estupefacção.

O que me parece importante reter no escândalo de que ontem fomos vitimas é que quem governa o futebol (e se governa) está pouco preocupado com as normas mais básicas da transparência. A nomeação descuidada - versão benévola - de uma equipa de arbitragem da mesma nacionalidade do patrocinador do clube da casa pode ser entendida como um erro(?) circunstancial, no contexto mais grave de uma atitude reiterada de negação perante a evidência da necessidade da introdução de meios que permitam repor a verdade no jogo e eliminar os efeitos do erro humano. 

Adeptos como eu, mesmo querendo ser optimistas, esbarram sempre na dúvida se esta negação é a evidência da vontade de não deixar que os resultados dos jogos sejam aquilo que deveriam ser sempre: o somatório das forças em confronto, associadas à imponderabilidade que torna o futebol tão atractivo para os adeptos. Juntando a isto o facto de o patrocinador do Schalke ser também patrocinador da competição, temos campo aberto para dar livre curso à imaginação. O pior é que dinheiro e poder muitas vezes conseguem superar, nas suas acções, as imaginações mais produtivas e fantasiosas. 

Só mais uma pequena nota neste tema da arbitragem. São arbitragens como as de ontem que, por cá, engrossam o saco de desculpas, já de si bem pesado, para nada mudar do que há de substancial a mudar na arbitragem. Quando houver razões para protestar contra os erros que parecem ser um pouco mais do que isso lá nos virão outra vez lembrar que "lá fora ainda é pior". O que não é verdade. Às vezes, como ontem, até foi, mas normalmente cá é pior.

E o futebol, onde fica?
São jogos como os de ontem que me levam a interrogar no tempo e dinheiro que perco à volta de um jogo que é também uma das minhas maiores paixões. É nestes momentos que sou forçado a interrogar-me se estive a ver um jogo ou um filme com um guião com fim pré-determinado. É que filmes e peças de teatro prefiro-os nas salas respectivas porque mesmo os mais perturbadores raras vezes vêm os seus efeitos prolongarem-se muito para lá do pano ter descido ou do fim surgir no ecrã. Como para a grande maioria dos adeptos, o que sucede ao Sporting adquire sempre um carácter pessoal sendo, consoante o evento, fomento de alegria ou tristeza.

Para o bem ou para o mal a ligação ao Sporting acaba sempre por superar os dissabores, as desilusões e as amarguras. Hoje especialmente, porque o que a equipa fez ontem merece que não se fechem as portas à esperança. Tal constituiria uma espécie de traição ao esforço e abnegação perante as contrariedades de todos os que intervierem, directa ou indirectamente, no jogo. Mas a esperança não se esgota apenas no esforço, na garra e no inconformismo revelado, mas por estar de mãos dadas com a qualidade do futebol praticado. Duas condições que ditaram o controlo de um adversário várias vezes mais abastado e nutrido de grandes jogadores como Draxler ou Huntelar, seguidos de perto por Boateng. Duas condições que, a manterem-se, serão ingredientes para produzir os bons resultados que todos desejamos. 

Ter esperança não invalida abdicar do mais elementar realismo. Continuamos a cometer demasiados erros para sermos totalmente bem sucedidos. Ontem, até à expulsão do Maurício, foi dos jogos onde me pareceu que a equipa denotou maior evolução no aspecto defensivo. A expulsão e até mesmo a primeira falta que originam o cartão amarelo inicial, parecem-me demasiado rigorosos o que, na comparação do que foi permitido aos alemães, tem ainda pior aspecto. Contudo, ignorar a tendência do homem do apito é uma falta de sensibilidade e inteligência que se paga caro, como se veria no salto tão imprevidente como desnecessário  que ditaria a expulsão do defesa brasileiro. Que necessidade tem um defesa central de ir a correr atrás do avançado quase até aos balneários? Continua a ser aqui o nosso ponto mais débil e fonte de tantos dissabores no presente ano e, sem a sua resolução breve, arriscamo-nos a jogar bem mas, aqui e ali, não conseguir muito mais do que essa triste consolação.

13 comentários:

  1. Pensei que iam mostrar de novo o fora-de-jogo do Huntelaar que não é medido em função do Jonathan Silva mas do meco que está ao meio e com o qual o avançado está em linha - claramente em linha. Se estivesse adiantado por milímetros, em caso de dúvida a indicação geral e clara é de favorecer o atacante.

    Mas, realmente, se o Adrián López que se isolava no sábado estava em fora-de-jogo - kkkkkkkk - então Huntelaar estava claramente deslocado.

    E essa do amarelo pela segunda falta do Mau Vício não ser digna de sanção disciplinar só na vossa tonta cabecinha.

    Já nem discuto o penálti de Nani: então, partantos, não tocou. E prontos!
    Entretanto, o treinador que não falava de árbitros falou de erros de arbitragem.

    ResponderEliminar
  2. LdA,
    "São jogos como os de ontem que me levam a interrogar no tempo e dinheiro que perco à volta de um jogo que é também uma das minhas maiores paixões. É nestes momentos que sou forçado a interrogar-me se estive a ver um jogo ou um filme com um guião com fim pré-determinado."
    Como eu me revejo nesta parte... Da minha parte confesso que estou farto de ser roubado cá e lá, num negócio que só é desporto na aparência e na dedicação dos adeptos. De qualquer modo, apesar de tudo isto moer, não mata - nem matará - o amor que tenho ao meu Clube e à verdade.
    A única solução está na superação, pois se nos superarmos mais e mais vezes não seremos apenas vistos como heróis em cargas da brigada ligeira, mas sim como alguém que são obrigados a respeitar.

    ResponderEliminar
  3. É sempre bom receber aqui adeptos do Schalke principalmente com dúvidas existenciais. Caro amigo, há dois tipos de queixas, erros grosseiros e má arbitragem, a equipa de apitadores russa que nos saiu na rifa conseguiu juntar as duas, foi uma má arbitragem ao que juntou erros grosseiros.

    Apreciei a sua preleção a validar uma série de golos do Montero que diz a vox populi~que foram obtidos em fora de jogo, como confirma a regra é clara deve beneficiar-se o atacante, aliás sempre vi esse beneficio ser dado na tonelada de golos conseguidos beneficiando de uma posição irregular milimétrica, p.ex. por Falcão ou Lisandro Lopez. Apenas lamento não ter feito referencia aos golos válidos que foram anulados a Montero durante a sua épica "seca" de golos, tenho a certeza que foi apenas um lapso da sua parte.

    Sobre amarelos, alguém contestou os amarelos a Maurício? O que é contestado são as imensas faltas similares que não foram sancionadas, nem com falta quanto mais amarelos.

    Sobre penaltys, é como diz a publicidade, "há uma linha que separa" o campo da grande área e só quando a falta é dentro da grande área pode ser penalty, eu sei que em Portugal já existiu muita dificuldade em reconhecer esta linha, havia mesmo um guarda redes no Porto famoso pelas suas defesas em todo o campo, mas sem dúvida que ficou um livre perigoso por marcar, lá está a equipa de apitadores era má, fraquinha.

    O treinador continuou a não falar de árbitros, parecendo que não é uma coisa diferente de arbitragem.

    ResponderEliminar
  4. Zé Luis

    eu bem sei que o banho de bola foi muito doloroso. Parece que ainda estás com o corpo todo dolorido.

    va la não fiques assim que é feio.

    ResponderEliminar
  5. 10A, também tenho essa desilusão, mas tenho a cura. Domingo vou a Alvalade!

    ResponderEliminar
  6. Tomem lá a crónica da contenda e as declarações pós-jogo oficiais dessa imaculada instituição que é a UEFA.

    http://www.uefa.com/uefachampionsleague/season=2015/matches/round=2000548/match=2014351/postmatch/quotes/index.html

    Senhor Zé Luís, acho que estão a contratar na UEFA. Pelas tuas declarações, estás hiper-habilitado. Felicidades!

    ResponderEliminar
  7. Já foi praticamente tudo dito...:(

    Uma achega: no resumo oficial da uefa,
    http://www.uefa.com/uefachampionsleague/season=2015/matches/round=2000548/match=2014351/postmatch/report/index.html

    onde 3af à noite dizia "Huntelaar’s cross was blocked by the hand of Silva";

    agora diz "as it seemed Schalke were heading for a third draw, they were awarded a penalty which substitute Eric Maxim Choupo-Moting converted."

    Tiveram a de alterar o texto.

    ResponderEliminar
  8. Não fossem os descontos e ninguém sabia hoje a nacionalidade do árbitro. Não é só no campo que o Nani é o melhor porque já saiu para jogar.

    O sentimento de frustração pela forma como a equipa saiu derrota de Gelsenkirchen ficou bem evidente no rosto e nas declarações dos jogadores do Sporting no final do embate com o Schalke 04. Uma realidade que ganhou expressão também no site oficial da UEFA, onde Nani deixa vincada a desilusão dos leões, sem mencionar a equipa de arbitragem, mostrou orgulho na forma como a equipa soube reagir às adversidades e garantiu que a equipa não baixa os braços no que respeita ao apuramento na Champions.

    “Estamos desiludidos, porque trabalhámos muito para chegar ao 3-3 depois de estarmos a perder 3-1. Toda a equipa realizou uma grande exibição. Agora tudo está mais complicado, mas não é impossível. Faltam disputar três jogos e precisamos de nos concentrar em vencê-los. Vamos ver o que acontece”, frisou o camisola 77.

    O internacional português explicou ainda que a personalidade revelada pela equipa no embate com o Schalke 04 será algo a potenciar no futuro.

    “Mostrámos uma grande atitude depois de ficarmos reduzidos a dez jogadores. Estivemos muito compactos, concentrados e solidários. Acreditámos até ao último minuto que podíamos chegar à vitória, mesmo quando estávamos a perder 3-1. Temos de levar este espírito para os próximos jogos; é sempre muito complicado atuar com menos um jogador, e desse ponto de vista foi um jogo muito positivo.”

    ResponderEliminar
  9. Opá isso era porque os russos já sabiam o que se ia passar para lá da hora, mt à frente.

    ResponderEliminar
  10. Eu bem me parecia que o Bruno quando se aliou aos russos estava a fazer um grande negócio. Agora como é que o grande Barroso ia explicar aquilo da "máfia russa" aos nossos "sócios" é que não sei.

    ResponderEliminar
  11. 23 de Outubro de 2014 às 14:20

    "Não fossem os descontos e ninguém sabia hoje a nacionalidade do árbitro. Não é só no campo que o Nani é o melhor porque já saiu para jogar."

    Então o meu caro não viu o jogo.

    ResponderEliminar
  12. Alguns exemplos do trabalho de arbitragem russa:

    A primeira falta assinalada contra o SCP, logo aos 2 ou 3minutos de jogo, foi protagonizada pelo Nani sobre um defesa da equipa alemã junto à área adversária. Uma disputa de bola normal que resulta numa falta banal de Nani. Comportamento do árbitro após o apito: correr desalmadamente para o local da falta para ameaçar Nani que ficou estupefacto e de braços abertos perante a histeria do careca. Quem visse a reação do árbitro e não a jogada que a motivou, logo no dealbar da partida, ficaria com a ideia de um lance violento, e que só não seria logo mostrado cartão porque o jogo estava ainda muito no seu início... Estava dado o mote. Isto foi o primeiro sinal, mts outros se seguiriam. O critério disciplinar foi absurdo, com gde prejuízo para o SCP e nos lances de dúvida, a decisão tomada foi qs sempre contra o SCP. Assim de repente raras foram as excepções, lembro-me de 1 ou 2 lançamentos de linha lateral duvidosos (um dos quais já no final e que gerou os únicos protestos do público afecto aos da casa para com o sr árbitro…) mais uma ou outra falta no meio campo assinalada a favor e qd já perdíamos por dois golos de diferença. O próprio penalty a favor do SCP, de tão claro, nem protestos originou nos adeptos do Slalke04 e foi o único lance em que a equipa de arbitragem ajuizou com coragem contra o clube alemão. Foi, como se costuma dizer, a excepção que confirmou a regra… Uma arbitragem realmente má demais que inclui mt decisão errada para além dos lances que alteraram completamente o andamento do jogo / comportamento das equipas em campo (lance da expulsão de Maurício) e a verdade do resultado atingido (dois golos ilegais a favor dos alemães: 2.º amarelo ao Maurício super exagerado, mais ainda qd essa decisão provocaria a expulsão de um jogador que estava a cometer a segunda falta no jogo… Golo de Huntelar que parte em posição duvidosa e empurra Jonathan Silva para ganhar a posse de bola… E a ‘cereja no topo do bolo’ com o disparate dos descontos… Aliás, o comportamento do próprio árbitro alterou-se e a seu critério técnico (o disciplinar foi sempre miserável) modificou-se a partir do momento em que o resultado começou a agradar-lhe… A sua “simpatia” cresceu para connosco e duvido muito que tivesse assinalado o penalty sobre o Carrillo caso o resultado, qd esse lance ocorre, fosse mais… equilibrado (perdíamos por 3 a 1 e faltama 15 minutos para o fim). O que os russos não contavam era que os tugazitos com menos 1 a jogar na Alemanha, não se dessem por vencidos a perder por 2 e com menos 1 jogador em campo à largos minutos… Lixaram-se e foi preciso um lance na área para acabarem o expediente que tinham para fazer. Estava eu a preparar-me para clamar por justiça, após um empate cheio de erros contra nós, qd acontece aquilo no ultimo momento…

    Em modo de conclusão, aconselho vivamente os senhores que se atrevem a afirmar que se não fosse o ocorrido já nos descontos que nem a nacionalidade do árbitro se sabia, para o prévio visionamento do jogo TODO… e não apenas o resumos com os momentos decisivos, nomeadamente aquele que se deu nos descontos...


    ResponderEliminar
  13. Não vi NINGUÉM mencionar, nem ficar indignado, ou revoltado, ou exaltado ou emitir comunicado sobre o PENALTY em Herrera aos 24 minutos de jogo( IGUAL AO PENALTY EM LIEDSON COMETIDO POR LUISÃO NUM JOGO NO GALINHEIRO) , nem o fora-de-jogo SUPER MAL ASSINALADO a Adrian Lopez 3 minutos depois, onde ficou isolado na cara do guarda-redes, no jogo da taça no último sábado...nem outro PENALTY por MÃO DE Paulo Oliveira DENTRO DA PEQUENA ÁREA!!!

    Não vi, nem ouvi, nem li sobre MÁFIA RUSSA quando Fucile foi expulso em São Petersburgo com o Zenit, ou quando Herrera foi amarelado aos 5 minutos e duplo-amarelado aos 7, e foi expulso ano passado no Dragão contra o mesmo Zenit, PATROCINADO PELA MESMA GAZPROM!!!

    A maioria dos árbitros da champions se tiverem que amarelar, AMARELAM e se tiverem que expulsar, EXPULSAM!!!Mas quem não está acostumado com a alta roda do futebol acha que pode tudo e que os árbitros da champions são daqueles que perdoam penaltis como o cometido por Jefferson em Coimbra...

    Na época passada, em Alvalade, Cedric fez penalty em Jackson que ia cabecear sozinho na cara de Patrício...não foi assinalado...
    No último jogo pó campeonato, Maurício mete o braço na bola dentro da pequena área, que ia na direção da baliza...não foi assinalado...

    Nos 3 últimos jogos entre porto e sporting, 4 penaltis não foram assinalados a nosso favor!!!

    ...mas não vi ninguém indignado!!!

    E o vosso clube no mundo é tão conhecido, que até é confundido com GIJON, BILBAO, LISSABON ou tem um símbolo esquisito no diário OLÉ!!!

    Vejam a foto

    http://4.bp.blogspot.com/-s34KvYqK_Z0/VEaVzV1bRBI/AAAAAAAAQaA/fVls50w98Yk/s1600/afinal.png

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (12) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (93) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (7) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (3) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)