domingo, 30 de outubro de 2011

A medalha do Prata para Domingos

A reviravolta épica conseguida em Paços de Ferreira, na quarta jornada da Liga, teve um efeito galvanizador e foi determinante no resgatar do Sporting do fundo do armário. Mas o efeito teria sido insuficiente e, provavelmente, efémero se o clube de Alvalade não tivesse tido, de lá para cá, alguém com a liderança tranquila, a sabedoria e o perfil psicológico de Domingos Paciência. 

Depois do início periclitante, o Sporting acaba por estar a realizar um dos seus melhores arranques de época dos últimos anos. Aos 17 pontos somados na Liga (19 golos marcados e nove sofridos) e às nove vitórias consecutivas, há ainda que acrescentar uma carreira limpa na Liga Europa e o destaque de ter sido o primeiro clube a garantir a passagem à fase seguinte das provas europeias. 

A imprensa tem ainda destacado pequenos dados abonatórios, como a circunstância de a goleada (6-1) imposta ao Gil Vicente ter igualado o melhor resultado conseguido desde Novembro de 2004, quando o Sporting de José Peseiro bateu o Boavista de Jaime Pacheco. Acrescente-se o facto de ser o clube com mais faltas sofridas na Liga (factor que, a par do tempo de posse de bola, reflecte o domínio dos jogos), os quatro golos marcados na sequência de cantos (o que vinha sendo uma raridade no clube) e os seis golos apontados por jogadores que começaram os jogos no banco de suplentes. A maioria destes indicadores serve ainda para valorizar o papel do treinador. 

Mas, em apenas mês e meio, o que é que mudou de tão substancial de forma a transformar uma equipa pouco sinfónica noutra que até sofre de incontinência goleadora? Alguns responderão que a diferença teve a ver com a melhoria do desempenho dos árbitros. Sendo verdade que o Sporting foi algo prejudicado nos jogos iniciais, isso não basta para justificar a forma desgarrada e errática como se apresentou nessa fase. 

A iminência da desgraça e os 15 minutos memoráveis que evitaram a queda no precipício em Paços de Ferreira pareceram ter unido a equipa. Hoje, o Sporting mostra uma alma que contagia e até um certo vigor juvenil, expresso também na forma como vem marcando golos nos primeiros minutos, o que acaba por tornar os jogos mais fáceis. 

Desde então, as hierarquias da equipa estão a ficar cada vez mais definidas e tudo parece funcionar de memória. E até a generalidade dos 17 reforços já parece sintonizada na mesma onda. Durante aquela fase difícil, foi importante o conforto dado pelo presidente Godinho Lopes. Mas bem mais determinante deve ter sido Domingos, que soube funcionar como um pára-raios quando as coisas começaram por correr mal e, depois, como um gestor motivacional. 

O espanhol Juan Lillo disse um dia que um treinador deve ser como Deus: estar em todos os sítios, mas nunca visível. Domingos parece seguir essa cartilha. Percebe-se que se impõe no balneário com uma liderança tranquila, sem excessos de autoridade, mas com uma frontalidade e abertura desarmantes. Claro que nenhum treinador pode estar completamente formatado com 42 anos e somente cinco épocas no escalão principal. Isso nota-se, por exemplo, na forma demasiado transparente como ainda se expõe no “banco”, quando o semblante e os gestos revelam em demasia o peso dos resultados negativos. 

Começar mal não é uma novidade para Domingos. Aconteceu-lhe o mesmo há dois anos em Braga, onde teve uma pré-temporada desastrosa (foi eliminado das provas europeias pelos suecos do Elfsborg) e chegou a ter o lugar em risco. E, há um ano, seguia a dez pontos do líder FC Porto logo à passagem da sétima jornada. 

Tal como no Braga, Domingos começou, também em Alvalade, por ensaiar alguns desenhos tácticos. Antes de estabilizar no actual 4x3x3, passou pelo 4x2x3x1 e pelo 4x1x3x2. No último jogo, aproveitou a segunda parte, quando a vitória já era um dado adquirido, para testar o 4x4x2 clássico, com Elias e Schaars no meio e Diego Rubio e Carrillo a funcionarem como médios interiores/alas, sobrando na frente a dupla Wolfswinkel e Bojinov. É uma solução de menor equilíbrio, mas que pode vir a ser útil em determinados jogos em que seja necessário arriscar mais. 

Tão ou mais importante do que a estabilidade táctica foi a definição da equipa. Domingos chegou a ser acusado de utilizar em demasia os jogadores que já estavam no clube. Mas isso, com o tempo, até resultou vantajoso: mostrou aos reforços que esse estatuto nada lhes garantia e provou aos outros que não iriam ser ostracizados. A mudança aconteceu em Paços de Ferreira, onde Rui Patrício e João Pereira foram os únicos “da casa” a sobreviver. A partir daí, a equipa foi subindo de produção, passando a dominar os jogos com soluções variadas: em posse, em pressing e com agressividade ou antes com uma dinâmica criativa, conforme as circunstâncias. 

Durante esta travessia, algumas unidades mostraram ter um peso específico na equipa. Foi o caso de Patrício, mas também de Rinaudo, que trouxe uma agressividade e uma entrega contagiantes. Schaars garante geometria e boa execução nas bolas paradas. Elias é, obviamente, um caso à parte. Tem tudo o que os outros têm, mais a velocidade, a verticalidade e o virtuosismo que só estão ao alcance de uns quantos. Mas não deixa de ser verdade que o Sporting segue na Liga Europa só com vitórias, sem nunca ter podido utilizar o brasileiro... 

A par de Elias, o reforço garantido com melhor selo de qualidade foi o jovem Jeffren. A lesão que tem afastado o extremo espanhol da competição permitiu a afirmação de Capel. Este não consegue jogar com a cabeça levantada nem tem a inteligência de jogo nem o pedigree do seu compatriota formado no Barcelona. Mas funciona como um agitador nato. Acaba por dar acutilância ofensiva e, mais do que isso, tornou-se num jogador-fetiche. Tem ajudado a encher as bancadas, tal como Carrillo, que promete transformar-se num craque de nível mundial. Mais do que enfraquecer a equipa, as saídas de Djaló e Postiga ajudaram a dar estabilidade ao plantel, agora livre de duas unidades malquistas por boa parte dos adeptos. Mais, a venda em saldo do ponta-de-lança teve a virtude de abrir caminho à afirmação de Wolfswinkel, a quem muitos, precipitadamente, tinham começado por torcer o nariz. 

Os jogadores do Sporting valorizaram-se e valem claramente mais do que valiam há dois meses. Nessa matéria, Domingos deixou também a sua impressão digital. Porque tem sabido aproveitar as ausências forçadas ou a gestão do plantel para provar que Evaldo até pode ser útil como alternativa a Insúa. Porque soube primeiro valorizar Izmailov e, depois, reclamar a sua recuperação total. Porque tem sabido provar a utilidade de Pereirinha e a necessidade de dar tempo a jogadores em má forma física ou psíquica, como era o caso de Bojinov.

Outro momento importante foi quando fez Elias regressar, mas manteve Matías Fernández na equipa titular. Para recompensar o chileno do bom jogo anterior, pediu-lhe que jogasse da direita para o meio, abrindo caminho às subidas de João Pereira. É uma solução discutível do ponto de vista táctico, mas valiosa à luz da gestão dos humores no balneário... 

Mas Domingos é um treinador que está mais próximo da escola italiana do que da holandesa ou de outra qualquer que arrisque sempre num jogo franco – nesse aspecto, é mais parecido com Mourinho do que com Guardiola. As suas equipas assentam, primeiro que tudo, na estabilidade defensiva. Nessa vertente, a qualidade do seu trabalho salta à vista. Rodriguez, o central menos lento do plantel, tem estado quase sempre lesionado e Onyewu é muito alto, mas tem limitações evidentes. 

Mesmo assim, o Sporting melhorou e passou a apresentar um comportamento defensivo elogiável. De tal forma que já ninguém repara que as coisas continuam a funcionar sem mácula quando há a necessidade de jogar com Polga e Carriço, que no ano passado foram apontados como os pais de tantas derrotas. Melhor seria, no entanto, que o Sporting aproveitasse a reabertura do mercado, em Janeiro, para melhorar este sector. Até porque as grandes batalhas internas ainda estão por travar. 

Enquanto isso, Domingos vai ter de continuar a pôr água na fervura. Porque não é fácil treinar um clube com as limitações e o passado recente do Sporting e, ao mesmo tempo, ouvir o presidente da assembleia geral (Eduardo Barroso) dizer que o Sporting para passar a ser “o principal candidato ao título” só precisa de vencer o Benfica na Luz, dentro de três jornadas...

7 comentários:

  1. A defesa o ano passado foi injustamente acusada de problemas que começavam no meio campo que não marcava e defendia pouco. Tiveram a sua quota parte de responsabilidade é verdade mas também serviram de bode expiatório para muita gente ... De resto concordo em absoluto com a análise embora acrescente que mesmo no inicio da época com os maus resultados a equipa não estava a jogar tão mal como alguma imprensa apregoava (com as excepções dos jogos contra os dinamarqueses que foram realmente uma tristeza)

    ResponderEliminar
  2. Qual sera a média de espectadores em Aveiro ???

    ResponderEliminar
  3. Não acho que o Onyewu tenha "limitações evidentes". Basicamente, desde que ele entrou o perigo das bolas pelo ar diminuiu imenso e os avançados levam com uma dose tal que chegam ao intervalo todos moídos. Eu diria que Onyewu é um central como já não tínhamos desde Phill Babb ou então de Enakharire, ainda que este fosse tecnicamente muito superior tanto ao Babb como ao Onyewu.
    Concluindo, se há central que para mim neste momento é indiscutível é o Onyewu!

    ResponderEliminar
  4. Fernando Vascondelos,

    Concordo na generalidade. Como dizia ontem alguém a diferença do nosso jogo com o Olhanense e o de ontem foi que marcamos 2 golos limpos mas empatamos 1-1...

    Quanto à média de espectadores em Aveiro li hoje algures que já teriam sido vendidos 9000 bilhetes.

    ResponderEliminar
  5. LdA,

    Boa análise! Saliento a estupidez da declaração de Eduardo Barroso. São daquelas declarações perfeitamente dispensáveis e que só podem causar mais danos do que dividendos seja qual for o resultado no jogo em questão.

    Também me parece que o central americano tem limitações notórias. Acho isso muito evidente apesar das qualidades em alguns aspectos que também tem.

    Eu dou o grande mérito da qualidade actual do jogo do Sporting ao nosso treinador. É indiscutivelmente um óptimo treinador. Finalmente temos treinador!!

    (parece-me que ontem, os porcos tb se podem queixar de um penalti e de um golo mal anulado, apesar de nao serem tao evidentes e escandalosos como os nossos frente ao olhanense )


    SL

    ResponderEliminar
  6. Querem fazer troca de links? ja adicionei o vosso no meu blogrool, espero que façam o mesmo! obrigado. link : http://universoleonino1906.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Eu concordo, mas indubitavelmente o Domingos equivocou-se no início da época. Ver a equipa titular que lançou contra o marítimo dá-me arrepios. Mas como excelente treinador que é deu a mão à palmatória e foi a paços com um onze completamente diferente. Os 15 minutos de paços foram importantes, mas não me parece que o "11" que jogou contra o marítimo conseguisse essa reviravolta. E ainda para mais num jogo que começa pessimamente, com tudo contra o Sporting.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (12) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (93) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (3) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)