quarta-feira, 30 de julho de 2014

Decisões difíceis de compreender, as suas consequências nem por isso

Um breve post para dar conta de algumas decisões pouco felizes e cuja matéria não é assim tão complexa ou exija grandes estudos. Os efeitos perniciosos de algumas delas - como o "ruído" desnecessário que elas provocam e até eventual desmobilização de uma parte, mesmo que menor, de alguns sócios e adeptos, seriam fáceis de fáceis de evitar fazendo uso do bom senso na hora da tomada da decisão. Algumas delas parecem resultar de decisões mal pensadas ou nem pensadas sequer. 

Troféu 5 Violinos - marcar a apresentação do novo plantel para a época 14/15 para uma sexta-feira à noite não me parece uma decisão feliz. Para lá do simbolismo que reveste o momento não será menos importante salientar que se trata da primeira oportunidade para realizar uma receita com a bilheteira desde 11 de Maio, altura em que recebeu o Estoril em casa no fecho do campeonato. Ambas as razões concorrem para a necessidade da maior mobilização possível para que o estádio esteja cheio, a que acresce a importância de os jogadores sentirem desde já que os adeptos estão com eles e, especialmente os que acabam de chegar, sintam a força e grandeza da instituição que vão representar.  

Quem vive em Lisboa e nos seus arredores não terá grande problema em estar presente, excepto os que estão de férias longe de casa. Mas quem vive longe, e esses são muitos Sportinguistas, e estiver a trabalhar, dificilmente consegue conciliar a presença sem abdicar de pelo menos meio-dia de trabalho, custo que acresce aos bilhetes, gasolina, portagens, etc. É também de salientar que um evento num 1º de Agosto vai apanhar muita gente em trânsito: ou a preparar as saídas de férias ou o seu regresso.

Obviamente que neste momentos do ano não é possível conciliar as necessidades de todos mas parece-me que a realização ao fim-de-semana poderia ser uma decisão que facilitaria a vida a muitos mais sportinguistas do que a uma sexta-feira à noite. Não terá sido por acaso que os nossos rivais realizaram as suas apresentações no fim-de-semana passado, de forma certamente a evitar este tipo de constrangimentos.

Assinale-se, ainda dentro do âmbito desta matéria - os agendamentos dos eventos - que há pouco tempo o presidente Bruno de Carvalho se queixou da fraca adesão dos sócios à última A.G., sem contudo dar importância à decisão que levou ao seu agendamento para uma segunda-feira à noite e em vésperas da Gala Honóris. Quem tem uma vida activa e preenchida de responsabilidades debatia-se com a dificuldade de marcar duas noites na mesma semana. Quem dispendeu 50.00 € para a gala a realizar no dia seguinte automaticamente fez a sua escolha. Quem vive fora de Lisboa tem este problema mais as das já aludidas despesas e tempos de viagens. Fácil torna-se depois julgar as ausências.

O mesmo se poderá dizer da marcação de jogos. Há um ano o Sporting marcou para um dia escaldante de verão a recepção ao Arouca. Esperava-se que o sacrifício - os adeptos acorreram em massa - fosse recompensado com a repetição de mais jogos num horário mais amigável, especialmente no ano passado, cuja ausência de Europa permitia maior jogo de cintura. Porém o que veio a suceder foi uma série de jogos em casa marcados para as noites de domingo. Obviamente que não é fácil rasgar a camisa de forças que representam os interesesses da SportTv, que conflituam com os dos adeptos e, por isso, também com os dos clubes de que estes são mais do que a mola real, o esqueleto, o sangue e o oxigénio. Mas, até prova do contrário, fica a noção que é possível fazer mais e melhor.

Decisões como esta, que afastam ou dificultam a vida aos adeptos, (ou como a dos equipamentos, que mexem com a noção de identidade) são totalmente inesperadas numa direcção que teve a sua génese precisamente num movimento de adeptos. Seguramente que decisões de carácter mais complexo foram já tomadas com muito maior felicidade e acerto do que estas aqui abordadas.

Para finalizar uma breve menção às dificuldades de comunicação em projectos essenciais como sejam a Missão Pavilhão e o ingresso de novos sócios e compras de Gamebox, de que este post (O Sporting é dos sócios). São inúmeras as queixas de sócios e de outros que o querem vir a ser. Por vezes fica a sensação, nas piores versões, de se ser atraído para uma armadilha. Na maior parte dos casos sobrevém a impressão de se estar a viver um daqueles lamentáveis episódios que se tornaram referência das más práticas da administração pública, como se a relação fosse da mesma natureza que os contribuintes mantêm com um Estado que lhes exaure as parcas poupanças. 

Fica ideia de que o  clube  joga todas as fichas no lado irracional dessa ligação, sem cuidar sequer de potenciar a paixão que suscita nos seus adeptos o que, com as imensas solicitações e possibilidades hoje ao dispor de todos, algumas delas muito mais baratas, me parece uma confiança excessiva, tendente a produzir resultados menos favoráveis ao próprio clube.

27 comentários:

  1. Os jogos no ano passado não foram quase sempre no Domingo à noite, mas sim no Sábado à noite. É pouco melhor. Também acho mal que o jogo de apresentação seja na sexta-feira, mas creio que está relacionado com a falta de agenda, porque o próximo jogo é já no dia 4, no Egipto.

    Os problemas no atendimento aos sócios são de sempre, agora agravados por causa dos despedimentos no ano passado. O atendimento está um pouco melhor porque há seguranças que estão no atendimento ao público, tanto que quando fui renovar a minha gamebox na semana passada, dos seis balcões de atendimento estavam cinco a funcionar, dois deles com funcionários da empresa que faz a segurança no Sporting. Eles tinham de ter alguma ajuda das funcionárias do clube para tratar de alguns assuntos, mas pelo menos o atendimento despachava mais depressa.

    ResponderEliminar
  2. Adorava saber o que está por trás desta linha editorial. Sempre na primeira linha a disparar, tal e qual um velho do restelo. E sim claro há direito à crítica e claro que ha coisas a criticar. O problema é quando a crítica é sempre negativa, é sempre numa linha sócios/adeptos vs BdC, parece que há uma intenção de instigar esse mesmo binómio.

    SL

    ResponderEliminar
  3. Bastante pertinente este post.

    Eu acrescentaria:
    - pela primeira vez a Gamebox não contempla o jogo de apresentação (só os que têm Gamebox Champions); Todos os sócios (que são os únicos com direito a Gamebox) que tiverem a Gamebox Liga têm de pagar para ir ao jogo de apresentação. Há cerca de uma semana o site do Sporting informava que já havia cerca de 15 mil Gameboxes vendidas. Se pensarmos que nem todas são Champions (conheço algumas), mais os pontos que o Leão referiu (jogo à sexta, hora e dia), é fácil pensar que a casa estará longe de encher.

    - para este jogo, quem quer comprar bilhete tem de ir directamente às bilheteiras do Estádio; todos os serviços alternativos (Aplicação "Meu Sporting" e através do site) estão a dar erro e informações contraditórias; a informação por parte dos serviços do Sporting é que tem de se dirigir à bilheteira para adquirir bilhete. Quem só pode ir comprar no dia do próprio jogo, decerto que pensará duas vezes antes de o fazer (ainda mais o jogo dá na Sporting TV).

    ResponderEliminar
  4. O que está "por trás desta linha editorial" é que os seus leitores que o consultem coloquem os seus de neurónios a trabalhar...

    Aposta em apontar o que está menos bem com o fim de melhorar o funcionamento do clube em geral e do seu futebol em particular. Aporta visões fora do que a comum blogosgfera faz, que, na sua larga maioria, apenas repete ou emite opinião sobre noticias e assuntos requentadas, normalmente para elogiar o que foi (bem ou mal) feito. Mas se está feito e bem feito, esses post esgotam-se no elogio, que nada mais aporta ao clube.

    Atenção que se esses locais estão no seu direito quando optam por repetir o que já todos sabem e aplaudem. Mas eu prefiro ler novidades, mesmo quando de uma critica se tratar, principalmente quando esse apontamento critico é pertinenente e visa melhorar o Sporting, como é evidente no presente caso. Ou será que o jogo de apresentação não teria mais povo a acorrer ao estádio se este se realizasse num sábado ou domingo? Pq razão de escolheu uma sexta-feira se é notorio que é pior solução?

    ResponderEliminar
  5. Já cá faltava...ó Alvalade XXI deixe-se de palermices! Se há aqui alguém que instiga alguma coisa é você com esse comentário incendiário!

    Se estiver interessado no assunto do post exponha a sua opinião sobre o mesmo, seja ela em que sentido fôr! Caso contrário...olhe...vá apanhar ar!

    SL

    ResponderEliminar
  6. O Sporting joga à noite, o benfica joga à noite, o porto joga à noite.
    Há 20 anos que é assim e quase sempre em dias que afugentam as pessoas dos estádios (domingos, segundas ou sextas-feiras).

    Isto não é um problema só nosso e não é, seguramente, o resultado de uma recente "decisão pouco feliz" como se quer fazer crer neste post.

    Por trás destas "decisões" está um racional (económico, sem dúvida, mas não só) que é totalmente descurado no post. Como é evidente, o agendamento de um jogo de apresentação não é algo que se faça de ânimo leve, do género: "Áh e tal se fizéssemos isto na próxima 6ª feira à noite. Acho que vai estar calor e com sorte, vem muita gente assistir e até ganhamos".

    Pelo contrário, a agenda do Sporting é pensada ao pormenor com vários meses de antecedência e por uma equipa profissional que leva em linha de conta uma miríade infindável de factores que escapam aos menos atentos.

    Naturalmente, que neste momento da vida do Sporting o factor comercial é o que mais importa e ele foi tido em devida conta: com certeza que o Sporting procurou, dentro dos constrangimentos existentes (tanto de agenda como de venda dos direitos televisivos), a janela de oportunidade que lhe permite levar mais pessoas ao estádio e com isso angariar mais dinheiro.

    Por exemplo, no que me diz respeito, se o jogo fosse sábado, não poderia asssistir, porque parto de férias. E como eu, milhares de outros sportinguistas, pois ocorre a infeliz coincidência de o fim-de-semana coincidir com o início do mês de Agosto.

    É só um exemplo de que esta decisão não estará assim tão longe da vontade dos sócios.

    Por outro lado, nesta decisão, como por exemplo na dos equipamentos, a direcção do Sporting pouco tem a dizer, pois é para isso que existe uma estrutura (que, como é óbvio, também se engana, e de que maneira). E é bom que não diga, pois saber se os calções verdes são mais vendáveis ou mais identificáveis com a história do clube é questão que, numa estrutura bem organizada, deve estar a cargo de profissionais e não deve ocupar a mente de quem tem que dirigir o clube.

    Uma última palavra também para os serviços administrativos do Sporting que, de facto, funcionam muito mal e não têm capacidade de resposta para as muitas solicitações dos sócios. Sempre foi assim e acredito que agora, com menos trabalhadores, estejam ainda piores.

    ResponderEliminar
  7. Os direitos de transmissão da apresentação do Sporting foram vendidos à RTP que os compartilhou com a Sporting TV , daí a procura do horário nobre de sexta feira , o estádio vai estar provavelmente às moscas , mas a Sporting TV terá provavelmente a liderança do share e isso é importante na luta pela publicidade que o canal vai entrar.

    Finalmente vejo criticas com razão de ser , e não coisas pequenas e mesquinhas como calções e logótipos , como se pode ver no equipamento secundário , a macr9n foi pela monocracia e assim provavelmente poupou custos. O Sporting avalia simplesmente que o seu merchandising é residual e o que vai ganhar compensará qualquer quebra em vendas já de si bastante insignificantes. Devo dizer que os 2 equipamentos são horríveis , pelo menos que a equipa jogasse com calções pretos para aliviar esse verde excessivo.

    Penso que se houvesse algum problema como a imagem do clube e a identidade , teriam de passar imediatamente pela alteração das cadeiras do estádio de Alvalade , algo que dizia muito ao Presidente do Sporting , de facto os miúdos guiam-se bastante por estas coisas , e segundo o Presidente o custo dessa alteração são 2M de euros. Será que o Sporting pode pedir empréstimos de 70M para liquidar dividas para a SAD e não pode pedir 10M para um pavilhão e 3M ou 4M para remodelar um estádio (fosso , cadeiras , visual exterior) ??

    E depois , se promete que antes do final do mandato o Sporting terá um pavilhão , como depois diz que "basta irem ao site fazer as contas e perceber quanto falta" , resumindo se isto falhar , temos aqui desculpa para culpar os sócios e lavar as mãos ?

    A mim parece-me que o Sporting só aumentará o poder do seu associativismo , quando se desenvolver mais ainda o seu sistema informático , pois acho que já devia ser possível fazerem-se sócios via núcleos e penso que isso ainda não acontece.

    O Sporting tem 110 mil sócios , 51% pagam quotas , e há 50 mil sócios de núcleos que não são sócios do Sporting , acho que 50 mil é muito , é muita massa que poderia ser parcialmente captada para o clube , se houvesse um programa informático superior de atendimento aos sócios e se estendesse aos núcleos que são essenciais para a expansão do SCP. Por exemplo eu sei que agora para ser sócio do Sporting apenas o débito direto é aceite , eu faço apostas online no futebol no site da bwin , tenho um perfil , faço carregamentos para a minha pagina via card , mas é possível até por paypal e payshop e etc. Será que renovar gameboxes por aqui não seria mais fácil , ou mesmo pagar quotas via esse mesmo perfil , e esse perfil servir para receber notificações , e outras informações necessárias aos sócios.

    Acho que tem de haver imaginação do clube , hoje a internet é um mundo , e as comunicações idem , os miúdos carregam 10/15 euros por mes para o seu telemóvel será que não o podiam fazer tambem para o seu clube de coração ?? Se tivessem apenas um cartão , e um perfil de internet de sócio , onde bastaria fazer carregamentos com a mesma facilidade que carregam o telemóvel.

    O Clube é enorme há muito por explorar , a TV foi um momento importante na minha opinião mas ainda há muito mais para fazer para engrandecer o clube e a sua imagem.

    ResponderEliminar
  8. Jô, podia concordar com isso tudo não fosse no dia 2 de Agosto se ter agendado "á pressão" a presença na apresentação do Boavista. Vai ser a primeira vez desde que tenho gamebox (sempre desde que existe) que não vou ao jogo de apresentação.

    Quer se queira quer não a situação é complicada para quem não for de Lisboa e não tenha facilidade para se deslocar a Alvalade para tratar de inscrição de sócio, aquisição de gamebox, etc. principalmente num grupo heterogéneo como o meu com pessoas de Faro ao Porto, com idades entre os 7 e os 77 (verídico) e diferentes capacidades financeiras.

    Nas dezenas de milhar que vão estar na sexta-feira em Alvalade vamos fazer pouca falta, no grupo já foi lamentada esta primeira ausência ao jogo de apresentação.

    ResponderEliminar
  9. Termos jogo dia 4, com uma receita alta não justifica? Tas a brincar ou quê? Uma pessoal q se diz tão racional...pelo amor de Deus.
    Quanto à Gamebox liga não contemplar o jogo, tb sou contra e estou solidária (apesar de não ser o meu caso).

    ResponderEliminar
  10. LMGM, tenho pena por si e por todos os que não podem ir, acredite.

    Só quis acentuar que não há datas que agradem a todos e que, por muito amadorismo que (ainda) haja no Sporting, a presença dos sócios (e a receita que daí advém, sobretudo num ano em que a gamebox não dá acesso ao jogo) é um factor decisivo da marcação do jogo de apresentação.

    Relativamente ao boavista, é um problema de agendamento que não tem nada a ver connosco. O boavista agendou o jogo para a data que bem entendeu e convidou o Sporting.

    ResponderEliminar
  11. Jô, a quando da apresentação do calendário de jogos de pré-época não constava a presença no Bessa, esse anuncio foi feito muito depois. Se no momento anterior o argumento que utilizou era válido, após se ter aceite o convite do Boavista perdeu efeito, excepto se a equipa que for ao Bessa seja a B.

    Se era irrelevante jogar sexta ou sábado por condicionante do jogo no Egipto porquê marcar a apresentação sexta? Julgo que a hora 20.45H foi uma tentativa de emendar a mão mas talvez até isso tenha corrido mal, como disse o LdA, perdido por 1, perdido por 1000 e saía uma festa à tarde a culminar num jogo em horário "normal".

    Nestas coisas dos horários dos jogos nunca se consegue agradar a todos, mas o Presidente apresentou como objectivo da sua Direcção, e bem, devolver a Alvalade os jogos à tarde. Claro que não depende só do Sporting mas num jogo que depende "só" da nossa vontade como e quando organizar... Vá, ficou uma má imagem.

    P.S.- Espero que o cachet a cobrar do Boavista seja ENORME, é que a resma de contas que eu tenho para lhes cobrar é imensa, começa talvez com a interdição de Alvalade depois de um jogo no Bessa onde um árbitro viu um individuo de cachecol verde e branco no meio dos Panteras a atirar objectos para o campo, outros tempos... será?

    ResponderEliminar
  12. Cantinho, a Gamebox Champions contempla o jogo da Taça Cinco Violinos. A Gamebox Liga é que não, por isso quem comprou esta modalidade tem de comprar bilhete para reservar o lugar.

    ResponderEliminar
  13. LMGM,

    Relativamente ao PS, o árbitro foi o bejense Veiga Trigo, o arremesso foi de um isqueiro que foi bater no fiscal de linha. "Foi um individuo de cachecol verde e branco!" - Veiga Trigo dixit.
    E isso bastou para se ir fazer 2 jogos a Torres Novas. O que é aconteceu ao Estádio da Luz quando o Diabo esganou o fiscal de linha?
    Esse foi só um de muitos episódios passados nesse estádio e relacionado com esse clube de quem eu não tenho qualquer simpatia.
    Mas para mim o mais nojento, foi quando bateram nas costas do Marinho Peres com um guarda-chuva.

    Agora vamos lá a troco de umas francesinhas. Não é preciso dinheiro. Até parece que o único defesa-central da equipa vai ser despachado por 5 milhões.

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=492148

    ResponderEliminar
  14. Ainda sobre decisões questionáveis e suas consequências, volto novamente à questão dos equipamentos. Em primeiro lugar é preciso contextualisar. O Sporting não ganha nada no futebol profissional há seis anos, não ganha o campeonato há doze. É lógico que perante isto o merchandising nos últimos anos não tem sido muito prolífico. E perante os números as marcas não se atravessam muito, ou pelo menos tanto quanto o que direcção acha que o Sporting vale pelo seu palmarés. Certo é que as vendas não o demonstram, também pelas razões aventadas anteriormente. Só como comparação, o Real Madrid vendeu 50 mil camisolas do James Rodriguez só no dia da apresentação. Agora imagine-se quantas vende no total. O Sporting (e se calhar nenhum clube português) não vende 50 mil camisolas por época. Se calhar nem metade.

    Temos pois que a direcção escolheu a Macron, porque esta foi a marca que ofereceu mais dinheiro. Não interessa se são dois ou três milhões por época, acredito que tenha mesmo oferecido mais dinheiro. Só que não há bela sem senão. O preço a pagar são equipamentos caros e feios, porque a Macron paga mais, mas também quis poupar nos custos de produção dos equipamentos. O padrão é sempre o monocromático, porque sai mais barato à marca. O equipamento principal é quase todo verde, o alternativo é amarelo, o principal de guarda-redes é todo preto, o alternativo de guarda-redes é todo verde, e o outro alternativo de guarda-redes é todo laranja. E depois toda a gente se queixa de acabamentos sem qualidade, de um design pobre, e até do autocolante com o patrocínio Meo. Tudo mostras de como a marca não investiu no Sporting, antes procurou poupar dinheiro com os nossos equipamentos apesar de cobrar um preço que não se vê marcas de topo em clubes gigantescos a cobrar.

    As reacções aos equipamentos têm sido muito negativas, em particular daqueles que costumam comprar sempre, ou quase, a camisola do clube, porque esses adeptos são os mais conhecedores e por isso também mais exigentes. É de esperar por isso uma quebra nas vendas em relação ao ano passado (que até terá sido o melhor dos últimos anos) a não ser que o Sporting faça uma época muito boa e compense isso com a adesão de outros adeptos que não costumam adquirir camisolas do clube, mas que o farão por causa da boa carreira do futebol, querendo ficar com uma recordação de uma equipa vitoriosa.

    Não há motivos para pedir eleições antecipadas, antes que venham para aqui com esse tipo de argumentos simplistas. Mas que a direcção não fez um bom acordo, é evidente.

    ResponderEliminar
  15. Alvalade XXI,
    esqueça as teoria de conspiração uma vez que não tenho outra agenda que não a da minha própria opinião e não represento outros interesses que não os meus em abordar os temas que me parecem serem disso merecedores.

    Há uma diferença entre a maledicência e a critica. Uma vez que reconhece esse direito apesar da indignação demonstrada devo-lhe dizer que não há qualquer negatividade expressa ou latente neste post, a menos que me demonstre o contrário. Creio que a critica feita é justa, é construtiva e se estes problemas não se repetirem no futuro ganhamos todos, adeptos, sócios, direcção e principalmente o clube de que fazemos parte.

    ResponderEliminar
  16. Jô,

    os seus comentários baseiam-se em convicções muito proximos do que se pode considerar a fé:

    "Por trás destas "decisões" está um racional"
    a agenda do Sporting é pensada ao pormenor com vários meses de antecedência e por uma equipa profissional que leva em linha de conta uma miríade infindável de factores que escapam aos menos atentos."

    etc, etc.

    Ora eu não partilho desse sentimento. Não tenho uma ideia fixa contra ou a favor de quem decide, certamente que tomam boas decisões e outras nem por isso. É o caso das que abordo no post. Decisões que me parecem não levarem em linha de conta os melhores interesses do clube e dos adeptos e que, com um pouco de bom-senso, poderiam servir melhor esses mesmos interesses.

    ResponderEliminar
  17. As pessoas que visitam este espaço, na sua grande maioria, ficam irritadas porque este espaço, de maneira geral, apenas dá destaque àquilo que de menos bom ou positivo é feito.
    No geral não se dá destaque a tudo aquilo de bom e positivo que é feito, ao contrário do que acontecia com anteriores direcções. E este blog não é o único onde isso acontece.

    E portanto é normal que a grande maioria das pessoas não tenha paciência nem gosto em ler os artigos deste blog, e apenas ficam por aqui aqueles que nunca gostaram desta direcção e nunca tiveram simpatia por este presidente actual.

    ResponderEliminar
  18. João Santos,
    não sei se "as pessoas que visitam este espaço"se constituiram em grupo e o elegeram como porta-voz. Se assim foi podiam ter feito uma melhor escolha. Pelo menos podiam ter escolhido alguém que soubesse melhor do que fala e que se relacionasse melhor com a verdade do que o histórico deste blogue representa. Acredito que o blogue lhe provoque "irritação" e isso lhe provoque "falta de paciência e gosto para ler os artigos". Não fique "por aqui ou ainda vou pensar que "nunca gostou desta direcção e nunca teve paciência pelo presidente actual."

    ResponderEliminar
  19. O João Santos e outros, que pertencem a essa grande maioria, nunca deixam de vir aqui picar o ponto. Porque será?

    Se eu os quisesse irritar, diria que o poder desta direcção assenta em bases muito frágeis, porque só assim se explica que sintam necessidade de estar sempre a querer controlar as opiniões discordantes, mesmo que "minoritárias". Ou se calhar não são tão minoritárias, apenas expressam o que muitos pensam mas não dizem, ou pelo menos não berram. É que quem não gosta do actual presidente não tem o estilo do apoiante tipo dele, mas se for caso disso, não deixará de cobrar, e nessa altura o desfecho será curto e seco.

    ResponderEliminar
  20. Compreendendo que a marcação de um jogo para uma sexta-feira é algo que dificultará a vida a quem vive longe de lisboa, entre os quais se inclui o LdA, relembro que o troféu 5 violinos disputado no ano passado a um Sábado contra a Fiorentina, teve menos de 20.000 espectadores.

    Não ficaria surpreendido que este ano, a assistência do jogo com a Lazio fosse superior.
    Amanhã se verá.

    O ponto levantado no post sobre o Sporting poder fazer mais no sentido de marcar jogos do campeonato em horários mais apetecíveis é um pouco utopia e o próprio LdA desmonta essa sua própria afirmação ao referir o espartilho a que estamos sujeitos pela Sport Tv. Se tivéssemos algum poder de decisão, não tínhamos jogado invariavelmente no Sábado à noite em Alvalade, com excepção dos primeiro jogo.

    Quanto à Missão Pavilhão, completamente de acordo, uma falha enorme no timing e na forma de divulgação do projecto.

    Sobre os problemas dos sócios, não tenho conhecimento e fico surpreendido, até porque aqueles que conheço que voltaram a fazer-se sócios e que compraram gamebox, foram atendidos rapidamente pela via online.

    ResponderEliminar
  21. Caro LMGM, o que eu disse no meu comentário foi precisamente isso: o Sporting não teve nada a ver com o agendamento do jogo de apresentação do boavista. Tanto assim é que só aceitou o convite há cerca de suas semanas. Mesmo que tivesse tido alguma coisa a ver com o agendamentop desse jogo, não iria seguramente estar precoupado com a sua transmissão televisiva ou com a presença dos sócios do boavista. Essas seriam as suas últimas preocupações.
    Não sei em que é que isto desmento o que eu disse. Antes pelo contrário, mas enfim...

    Caro Leão de Alvalade, para quem escreve com base em "sentimentos" que partilha ou não com os outros - é você quem o diz - tem um moral elevadíssimo.
    É que quem escreve com "convicções próximas da fé" é você.

    O que eu disse, além de estar certo, tem toda a lógica:
    - O agendamento de jogos é programado com antecedência pela estrutura do Sporting. Pode achar que a estrutura do Sporting é muito amadora e que as datas dos jogos são combinadas em cima do joelho na mesa do café, com base nas agendas pessoais do Inácio e do BdC (com vista a evitar sobreposições com férias ou almoços de família). Está no seu direito. Mas se pensa assim, está completamente alheado da realidade.
    - Os jogos são agendados com base numa miríade de factores. Serei muito crente ao acreditar que a datas do jogo de apresentação teve por base factores como os direitos televisivos, os acordos comerciais com patrocinadores, o número de pessoas no estádio, o valor das receitas obtidas, o regresso dos jogadores que estiveram no mundial ou até (imagine-se!) a presença ou não em solo português do plantel??? Será isto alguma crença ou a mais pura das realidades???

    Percebo que não concorde com a data do jogo. Tem com certeza muitos e bons motivos para isso. O que não percebo é que tome estas ideias por fantasias, crenças ou seja lá o que for.

    Sobretudo quando escreve com base em "sentimentos".

    ResponderEliminar
  22. Se for assim é difícil de compreender!

    "Segundo o DN apurou, o acordo está concluído. O Sporting recebe uma verba a rondar os cinco milhões de euros.
    O central inglês Eric Dier vai ser jogador do Tottenham. A negociação entre os dois clubes, sabe o DN, ficou hoje concluída e deverá ser oficializada a qualquer momento pelo Sporting. Esta operação vai permitir uma entrada de cerca de cinco milhões de euros nos cofres leoninos.
    Com a saída de Dier, a SAD leonina deverá acelerar o processo da contratação de Ramy Rabia. O defesa do Al-Ahly é o eleito para reforçar a defesa e as negociações devem ficar concluídas em breve." DN online 31.07.14

    http://www.dn.pt/desporto/sporting/interior.aspx?content_id=4056852

    ResponderEliminar
  23. Igualmente difícil de entender são os idiotas que acreditam nas tretas desta direcção. A lata é tal que agora querem fazer crer que o Dier não tinha uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros, algo que foi noticiado vezes sem conta no último ano e meio, e inclusive em notícias que partiam da direcção, revelando que esta queria renovar com o jogador para subir a cláusula de 20 para 45 milhões de euros. Mas como o Dier vai sair, pois agora a cláusula dos 20 milhões "não" existe e ele sai porque há uma cláusula de 5 milhões para Inglaterra. Quem cambada de aldrabões...

    ResponderEliminar
  24. Jô, suponho que o Boavista não agenda jogos connosco sem o nosso acordo... o ponto não é a data a que o Boavista marcou a sua apresentação, problema deles, o meu ponto foi porque é que nós aceitámos esse convite (julgo que aceitar convites ainda depende da nossa vontade), quando tínhamos um jogo poucos dias depois no Egipto que inclusivamente terá condicionado a data da marcação do nosso jogo de apresentação para uma sexta à noite.

    Para diversos comentadores que ainda não ultrapassaram as eleições (tema recorrente deste blog nas caixas de comentários), será que conseguem discutir o Sporting sem rótulos? Deixem lá as guerrilhas para o próximo acto eleitoral, o Sporting Clube de Portugal é único e representado por um único Presidente eleito pelos seus sócios, isto não é politica para existir oposição ou governantes, são sócios que elegem e que são eleitos, somos todos iguais na vontade de pertencer e defender o Sporting Clube de Portugal, ninguém é sócio por obrigação.

    Também não existem órgãos sociais ou direcções desportivas imune ao erro e muito menos à critica (nem blogs!!), pelo menos num clube tão plural e transversal como quero acreditar ser o Sporting.

    Apesar de o texto escrito dar muitas vezes a impressão de se estar a expressar verdades absolutas, as pouquíssimas vezes que estive pessoalmente com LdA transpareceram muito mais as duvidas do que as certezas. No final penso que fica o fundamental, gostamos imenso de discutir o Sporting, de construir cenários idílicos ou catastróficos e "jogar" essa opinião ao publico para gerar discussão.

    ResponderEliminar
  25. Depois da fase da negação (era tudo mentira dos jornais) o adepto básico dispara para todos os lados. A culpa é do GL, do pai do Dier, do Dier, do Tottenham, dos jornais e do padre do Milharado. Pensar um bocadinho, 'tá quieto. Esta estória da cláusula é mais uma pêta de última hora, em que caem sempre os mesmos para quem basta pronunciar o nome Godinho que está encontrado o culpado e o "Bruno" pode assim fazer toda a merda que lhe apetecer, até fazer algo mais grave do que o aconteceu na época do GL. Estamos assim em "melhoria" contínua rumo à qualidade. Qualquer dia fecha-se Alcochete e manda-se a tradição e o saber-fazer do Sporting na formação para o c******, porque o presidente que prometeu milhões não tem um tostão furado para meter no clube.

    ResponderEliminar
  26. Segundo o pai, Dier não recebeu nenhuma proposta para renovar, a direcção do Sporting na altura não negou, Bruno de Carvalho ontem não tinha propostas, hoje Dier já não é jogador do Sporting....
    Carlos Gomes

    ResponderEliminar
  27. É engraçado ver pessoas a duvidarem daquilo que o Sporting comunicou.
    Mas alguém acha mesmo que Sporting iria falar na clausula de 5 milhões do Dier, colocada por direcções anteriores, caso ela fosse falsa ?
    Isso seria dar oportunidade para que no dia seguinte, alguns ex-dirigentes viessem logo desmentir tal coisa. Era estar a brincar com fogo... E quem duvida do comunicado do Sporting, passa a cair em terrenos perigosos, porque sendo assim, nunca poderá acreditar em comunicados das SAD's, nem naqueles enviados à CMVM, e vai ter que passar a duvidar de tudo. Mas estamos a brincar?

    E isso da clausula de 20 milhões, veio de onde ? Dos jornais ?
    Até agora, a única informação oficial que existe, é a que está no comunicado. E essa diz que o Dier estava livre para sair por 5 milhões, caso o clube não igualasse o salário oferecido pelo clube que apresentou a proposta.
    Portanto, com o Sporting não tem condições de igualar o salário, o jogador ficou livre para sair.

    Se alguém duvidar do que está no comunicado, certamente que ficará à espera de um desmentido da parte de ex-dirigentes. Portanto, não há que ter problema nenhum com isso, é esperar para ver.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)