sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Afinal era ou não era preciso vender? Estará em risco a maioria do capital da SAD?

O JN antecipa a matéria que estará em destaque na Assembleia Geral da SAD: a necessidade de entrada de dinheiro urgente de forma a não colocar em risco a sobrevivência da SAD. Não conhecendo ainda a posição oficial do clube relativamente a esta matéria, não deixo de ficar surpreendido com o teor da noticia, que choca frontalmente com as versões oficiais veiculadas de estabilidade económica e recuperação financeira consolidada.

A ser verdade, ficam a perguntas, entre outras, que titulam o post:

Afinal era ou não preciso vender?

A entrada de capital vai por em risco a maioria da SAD, ou é o derradeiro passo para a sua concretização?

Fica assim também esclarecido o destino a dar a parte substancial dos proveitos obtidos com as alienações dos passes de Slimani e João Mário. 

O teor da noticia do JN:

A Sporting SAD deverá decidir hoje em assembleia-geral a entrada de dinheiro fresco no montante de 44 milhões de euros para evitar a falência, dos quais 18 milhões serão através de um aumento de capital e 26 milhões por via de suprimentos provenientes das mais-valias geradas pela venda de João Mário ao Inter de Milão e de Slimani ao Leicester, apurou o Jornal de Notícias junto de fontes da SAD.

Estas duas operações terão de ser feitas obrigatoriamente durante este ano desportivo e sem as quais o Sporting será forçado a dissolver a sociedade anónima desportiva com efeitos nefastos para todos os acionistas, começando pelo próprio Sporting, que detém no total 64% da sociedade, da Holdimo, a empresa do angolano Álvaro Sobrinho, com 30%, e da Olivedesportos (3%).

A SAD do Sporting será obrigada a aumentar o seu capital social dos atuais 67 milhões de euros para 111 milhões para conseguir ultrapassar a situação prevista no artigo 35.º do Código das Sociedades Comerciais em que o ativo representa a menos de metade do passivo.

A consultora PwC, que certificou as contas da Sporting SAD relativas ao último exercício terminado em junho, chama a atenção que os leões apresentam um capital próprio negativo no montante de cerca de 25 milhões de euros, um prejuízo de 31,9 milhões de euros e um passivo corrente superior ao ativo corrente em 79,2 milhões de euros.

Perante esta situação, o Sporting vai fazer um aumento de capital de 18 milhões de euros a realizar por entradas em dinheiro, sendo que será o presidente Bruno de Carvalho a liderar a operação junto de investidores de referência selecionados e sem que os atuais acionistas tenham direitos de preferência, segundo informação fornecida no relatório e contas de 2015/2016.

Fonte próxima dos leões afirmou ao JN que a entrada de novos acionistas está ainda a ser negociada e que o aumento de capital previsto pode não ser feito todo de uma vez, conforme uma autorização dada pela assembleia geral em 2013 ao conselho de administração, que poderá proceder a um ou mais aumentos do capital social até ao montante dos 18 milhões de euros.

A mesma fonte explica que o montante de 26 milhões para completar os 44 milhões em falta não será feito com a entrada de dinheiro fresco, mas através de suprimentos das vendas de João Mário e Slimani, que rendeu à SAD 54 milhões de euros já nesta época desportiva.

Esta é uma questão que não parece preocupar a administração liderada por Bruno de Carvalho uma vez que está convicta que,com linhas orientadoras já anteriormente anunciadas, sustentado e assente no projeto de reestruturação financeira já implementado e tendo em consideração os factos subsequentes, como a venda de jogadores já neste ano desportivo, permitirão à SAD criar valor, gerar lucros e sair da situação de perda de metade do capital em que se encontra.

31 comentários:

  1. LdA,

    "Afinal era ou não preciso vender?"

    Sem foi preciso, a questão passou por não afirmá-lo e com isso realizar os melhores negócios possíveis algo que foi conseguido com grande sucesso diga-se!

    "A entrada de capital vai por em risco a maioria da SAD, ou é o derradeiro passo para a sua concretização?"

    Esta sim é a questão mais relevante, embora continue a pensar que será algo inevitável, sempre pensei que só se concretiza-se em 2025.

    SL,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Sérgio não sou Sportinguista mas gosto bastante de passar aqui por este blog, acima de tudo porque sou um eterno defensor do futebol português.
      Mas deixo-lhe com as perguntas:
      Acha mesmo que o Sporting fez o negócio pelos os valores que fez pelo João Mário por ter andado a dizer que não precisava vender?

      A mesma questão coloco para o Slimani....


      É que a meu ver o futebol português sempre conseguiu fazer bons negócios, a unica diferença é que em épocas passadas, a equipa do Sporting não praticava um futebol que cativasse a europa, era apenas mais uma equipa a jogar um futebol como muitas faziam.
      Repare que por exemplo o Braga num patamar inferior ao Sporting é certo, mas já há muitas épocas que vai realizando bons negócios, Diego Costa quando foi para o Atlético Madrid, Pizzi e Silvio para o mesmo Atlético, alguns jogadores vendidos para a Roménia Chipre e Russia, tudo valores acima dos 3 ou 4 milhões.... e no entanto o Braga foi crescendo tornando-se num clube "grande" que começou a dividir os poleiros com Benfica Porto e Sporting, muito por culpa do seu futebol atrativo, e por ter atingido patamares impensáveis para um clube "mais pequeno".
      Ao Sporting, salve-se as diferenças, aconteceu o mesmo, melhor futebol, mais olheiros, melhores negócios....é uma coisa óbvia.

      Tal como é óbvio que este "all in" disfarçado protagonizado por Bruno Carvalho tem tudo para dar mal, não porque a equipa não irá render, mas porque deixa o clube à mercê do azar, basta, por exemplo, sair prematuramente da Champions e a coisa complica-se, se perder o campeonato ou a taça... a coisa tomba.....
      Bruno Carvalho foi muito inteligente na forma como reestruturou o clube aquando a sua entrada, contratou JArdim, para dar corpo a formação fazendo uma triagem logo dos melhores miudos para os próximos 5 anos, depois com Marco não correu bem porque foram-lhe propostos objectivos impossiveis, sem grande plantel em termos de opções de qualidade e com muita juventude pediram-lhe o Ceu e a Terra, a bem ou mal Marco traz uma taça de portugal e deixa imagem positiva na europa, mas Bruno Carvalho achou que não que MArco é que errou, como tal foi contratar o treinador que pode o aproximar mais da vitória mas tb aquele que mais caro pode lhe pode sair na derrota, dá a esse treinador um saco cheio de euros para contratações, quando outrora a Marco e a Jardim apenas lhes deu uma pequena carteirinha com meia duzia de moedas, a Jesus não lhe é atribuido obrigações nenhumas apenas a responsabilidade de titulos e o crédito pelos mesmos, a MArco e a Jardim cada contratação era esmiuçada e ai do treinador que não os mete-se a jogar...
      Como é lógico com a sucessão de gastos com o futebol principalmente nos ultimos 2 anos o Sporting está mais que obrigado em vender um jogador em Janeiro e pelo menos 3 em Junho porque sem esse dinheiro a SAD não tem como se financiar, porque lucro gera lucro em igual forma despesa gera despesa, e como o Sporting só tem investido por cima até conseguir equilibrar a balança tem fazer muitos negócios baixos (falando em valores)
      O SPorting sempre precisou de vender, não é pelo o BRuno de Carvalho afirmar algo diferente que isso não deixará de acontecer e todo mundo sabe disso, sei seu, sabe você e sabe todo o mundo, só quem é burrinho de todo é que foi engando por essa questão, e digo mesmo o Sporting iria vender mesmo o Slimani e o João pelos valores que foram vendidos mesmo que o Bruno Carvalho tivesse dito que precisavam de vender...porque os jogadores fizeram épocas de grande nivel.

      Tudo na vida é possivel de evitar menos a morte, eu sou honesto, prefiro o meu clube como dono do seu próprio destino, do que o seu destino entregue nas mãos de um qualquer milionário estrangeiro, nunca fui apologista disso....o clube é dos seus sócios, não do multimilionário que lhe apeteceu jogar ao Football Manager

      Eliminar
    2. Honesto ou então amblíope... quem percebe o que se passa no SCP, tanto, tão profundamente e com tantas certezas assim, tem que conseguir identificar os problemas quer dos outros dois grandes clubes portugueses quer da própria administração nacional. Os problemas e as soluções!! Deves ter uma casota muito arrumadinha, Pedro. :)

      Eliminar
    3. "Tudo na vida é possivel de evitar menos a morte, eu sou honesto, prefiro o meu clube como dono do seu próprio destino, do que o seu destino entregue nas mãos de um qualquer milionário estrangeiro, nunca fui apologista disso....o clube é dos seus sócios, não do multimilionário que lhe apeteceu jogar ao Football Manager"

      O Jorge Mendes o quê??

      Aliás, começa o texto elogiando os lampiões do norte, que têm grandes negócios com o Mendes no triângulo das bermudas Benfica-At.Madrid-Mendes, que publicita negócios de 25M para cá, 22M para lá.

      O João Mário foi vendido, o Slimani também. Não consta que o Sporting tenha adquirido nenhum atleta a Leicester ou Inter para compensar...

      Mas lá está. Eu sei do Sporting e estou satisfeito com a gestão feita.

      Quem se recorda de dirigentes leoninos a anunciarem aos 4 ventos que tinham uma vassoura e um saco de dinheiro? É assim que se fazem negócios?

      Eliminar
    4. @conana o Porto está muito perto do estado do Sporting o problema é que ainda vão gerando mais valias e têm a vantagem de não terem gasto dinheiro com academias, com o estádio está ali uma bela molhada que que se formos a analisar bem a fundo o estádio do Porto tem 3 ou 4 donos, ou seja, o Porto é um clube que cresceu pela força de quem o financiava, e hoje a coisa se mantem em moldes diferentes mas em norma existe muita gente com dinheiro lá enfiado e a enfiar mais continuadamente.
      No Benfica o maior problema é o passivo alto, mas de acordo com aquilo que são os ultimos relatórios e auditorias, o Benfica vai andado com a cabeça fora de água porque vai havendo cashflow, como eu disse no meu post lucro gera lucro....se souberes investir é claro, o Benfica investiu, hoje recolhe alguns dividendos desse investimento nem muito nem pouco mas recolhe, dai o LFV ter vindo com a cena da apostar na Formação, porque se olhares para o estado do futebol europeu cada vez são mais escassas a hipoteses de fazeres 3 ou 4 grandes vendas por uma bruta batelada e no fim manter a equipa competitiva, é óbvio, o fair play da FIFA anda a pertar o cerco e o Benfica precaveu-se cedo, porque aproveitou uma altura de vacas magras apostou bem e teve sorte.

      O Sporting desde 2002 até ao ano 2008 sensivelmente com o Bento como treinador e não só, não ganhou muita coisa de relevo mas ia se mantendo na alta roda com um razoavel futebol e com bons jogadores que iam saindo da academia, em 2009 tudo se desmoronou levou a queda de Bento e dos seguintes, os presidentes nunca conseguiram perceber o que deviam fazer para voltar a ser competitivos, e por época gastavam milhões a rodos em jogadores que nada acrescentavam à equipa, e se a situação anterior estava, vamos dizer má muito por culpa da confusão do sistema bancário portugues, mais se agravou com nova crise no BES e com o Benfica Porto a assumirem uma luta a 2 pelo poleiro e com o Braga (naquela altura ainda sem ligações ao Mendes) a começar a ganhar metros ao Sporting na luta por objectivos na classificação final...
      O Sporting nunca deixou de ser grande nem uma instituição de enorme valia, o problema sempre foi incompetência das varias direções agudizado por escolhas terriveis de treinadores principais, com o Bruno de Carvalho parecia tudo se encaminhar para um sentido mais correto até que começa abrir a boca e a cometer os erros que, por exemplo, tb Roquete cometeu....que foi o individar-se com contratações de atletas na busca por um objectivo, quando já tinha várias opções no plantel que ofereciam garantias de segurança para primeira equipa.

      Eliminar

    5. Toda a gente se esquece que por exemplo que o Benfica de 2008 até 2011 manteve a maioria dos jogadores, porque lá está de 2008 até a 2010 poucos foram os que se valorizaram, apenas Di Maria Coentrão e David Luiz, depois fez algumas contratações cirurgicas com perspetivas futura, fazendo conta com 2 ou 3 miudos que pudessem subir a equipa A, as contratações talves 45% delas deram resultado não imediato mas a longo prazo, os miudos que entraram não geraram mais valia imediata, mas os que vieram após esses, esses sim já deram algum dinheiro (com ou sem Mendes a verdade é que sairam) nessa altura o Sporting foi vendendo todos os seus jogadores mais importantes para indo segurar a barra, até chegar a ruptura com o Godinho quando já não havia nem ouro ou prata que pudesse ser vendido, e ai o Godinho foi burro...porque quando entrou se tivesse sido honesto e previsto o que se iria passar tinha obrigado o seu treinador a acalmar o facho e procurar nos seus jovens os jogadores chave e não foi o que aconteceu, William foi embora para o Brugge, Adrien para a Academica, Pedro Mendes Salomão....tudo putos com valor que puderiam ter ajudado o Sporting pelo menos a manter a competitividade, não digo ser campeões mas pelo menos acho que não teriam feito pior figura dos que foram contratados, mas esses miudos foram se embora e o Sporting vai buscar Pongolle Elias e muitos mais que nem me lembro do nome de todos e foram cavando o buraco cada vez mais fundo, porque os que chegaram vinham com ordenados de jogadores de 1ª linha...

      Agora volto a dizer prefiro um clube que seja o seu proprio dono, o dia que isso deixar de acontecer.....caguei para o futebol de 1ª liga....e começo a ver o futebol do campeonato nacional de seniores....são opiniões

      Eliminar
  2. O Saraiva vem já ai a correr com mais um brunicado para desviar a atenção dos sportinguistas do que realmente interessa. O clube vive sob uma permanente dose maciça de propaganda centrando as atenções no nosso rival que é para não se falar sobre as matérias que seriam normais estarem no centro das nossas atenções. Cada clube tem o Trump que merece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tivemos, durante muitos anos. Livrámo-nos deles.

      Eliminar
    2. Podes sempre ir à próxima AG e colocar as tuas dúvidas.
      Também podes ir lá criticar directamente a "propaganda".
      Cada adepto tem o que merece do que faz pelo clube.

      Eliminar
  3. A noticia que ai é colocada é de quando? Qual a data da sua publicação?

    ResponderEliminar
  4. Respirem fundo porque o meu comentário vai ser longo.
    Afinal era ou não preciso vender?
    O único erro nesta pergunta é o tempo verbal, não era, é e será preciso vender sempre, hoje, amanhã e depois. Vender o quê? Tudo! Jogadores, camisolas, gamebox, publicidade, tudo e de preferência mais alguma coisa que se invente entretanto.
    A entrada de capital vai por em risco a maioria da SAD, ou é o derradeiro passo para a sua concretização?
    Ter ou não a maioria directa do capital social da empresa não é em si um problema, dependerá sempre do perfil dos sócios. Aliás a SAD tem a perda de maioria agendada desde que aprovou as VMOCs, esse momento tem sido sucessivamente adiado porque a banca não tem interesse nenhum em ter parte activa no capital de uma SAD.
    Gostava de saber antecipadamente qual é o perfil dos investidores que se perfilam no horizonte, mas duvido que esta questão seja sequer abordada, na conjuntura financeira actual, virtualmente, é seja quem for.
    Fica assim também esclarecido o destino a dar a parte substancial dos proveitos obtidos com as alienações dos passes de Slimani e João Mário.
    Será fundamentalmente para isso que servirão as receitas de mais valias da venda de direitos desportivos de jogadores, reequilibrar financeiramente a SAD e partir para próximos investimentos.
    Tenho muita dificuldade em sequer perceber a pergunta ou a dúvida sobre se é necessário vender. É obrigatório, e não é para a nossa SAD, é para todas as SAD e para todos os clubes nacionais. Para que não fiquem dúvidas é simples:
    Todo o futebol nacional está falido. Todo sem excepções!
    Vai sobrevivendo com receitas suplementares de vendas de direitos desportivo e assim adiando a falência eminente continuando o endividamento permanente. É assustador ver o panorama financeiro seja de quem for, mas como continua a ser um mercado em crescimento receitas extraordinárias de 5M continuam a permitir endividamentos de 20M. Esperemos que a bolha diminue gradualmente e não rebente como normalmente acontece às bolhas.

    ResponderEliminar
  5. Sobre o futuro do Sporting, sobre o qual o comentador Pedro aqui em cima parece estar preocupado, não tenha receios, nós estamos para acabar desde a fundação! É o destino de tudo o que é criado. Já nos aconteceu tudo aquilo que se previa que poderia acabar com o Sporting, tudo, já falimos, já tivemos jogadores a rescindir em barda por falta de pagamento de salários, já tivemos o estádio interdito por estar uma pala em perigo de ruína, já ficamos sem ganhar nada anos a fio, já falhamos dezenas de edições da Champions, já ficámos em sétimo, já saíram todos os jogadores, treinadores e dirigentes fundamentais para o Sporting ter futuro e não acabar amanhã
    e sabe uma coisa. Ainda cá estamos. E amanhã vamos jogar contra o Vitória em Guimarães, como é normal já ouvi que é um jogo decisivo, fundamental, se o Sporting não ganhar está tudo perdido, o futuro acabou e estamos irremediavelmente perdidos.
    Sabe qual é o meu problema, é que já como o fim do Sporting para amanhã ao pequeno almoço há muito tempo, pior estou a combinar com uma malta ir à Luz em Dezembro e a Alvalade em Abril para ver o Sporting jogar, era uma chatice se o Sporting por essa altura já não existisse. E para o ano e nos seguintes lá estarei conforme me for possível, eu e mais uns milhares como eu e enquanto assim for vai haver sempre Sporting, rico, pobre, remediado, mas sempre prestes a acabar, é assim que nós somos, é assim que se reconhece quem é maior, sempre que morremos aparecemos outra vez mais fortes para podermos morrer melhor.

    ResponderEliminar
  6. Recupero um comentário meu de março de 2013, num post do LdA sobre João Rocha, mais um presidente que veio salvar o Sporting da morte, de não durar nem mais um ano, falido e sem futuro desportivo.
    Cá estamos, prontos para morrer outra vez agora de capital social de SAD.
    "Recordar uma resposta na última entrevista de João Rocha ao Jornal do Sporting.
    "Esteve na presidência do Sporting de 1973 a 1986. Como chegou à liderança do Clube?
    O Sporting passava por uma crise económica e de sobrevivência. Brás Medeiros pediu a demissão, depois Valadão Chagas esteve como presidente do Sporting durante 48 horas. Antes, alguns dirigentes do Vitória de Setúbal foram ao meu escritório pedir-me para ser presidente, mas disse-lhes que não estava fadado para um cargo noutro clube. Uns dias mais tarde, o professor Adelino da Palma Carlos, meu grande amigo, propôs-me que avançasse para a presidência do Sporting e após larga insistência, fomos então fazer um levantamento da situação financeira do Clube. Acabei por aceder, entrando com a ambição de dinamizar o Clube e torná-lo a maior potência desportiva nacional. Lembro-me de que o Clube tinha menos de 20 mil associados e, treze anos depois, tinha cerca de 136 mil. Houve alturas em que, numa semana, eram inscritos cerca de três mil sócios, um exemplo de como o Clube cresceu em termos de sportinguistas filiados."
    O LdA tem dissecado brilhantemente o momento actual do Sporting nos últimos dias. Esta radiografia não é melhor nem pior que noutros tempos. É grave como quase sempre foi. Mais do que projectos o Presidente ideal será o que tiver um objectivo simples como tinha João Rocha “...dinamizar o Clube e torná-lo a maior potência desportiva nacional.”.
    Sem sonho não há futuro, as dívidas pagam-se da mesma forma que se fazem, um euro de cada vez, mas fundamental para ser eterno é construir no presente os alicerces onde vai assentar a Glória.
    De tanto banalizar o nosso lema, de andarmos cegos com a Glória, esquecemos que antes dela há três palavras que identificam os pressupostos fundamentais para a alcançar. A Glória não se compra."

    ResponderEliminar
  7. O LdA esteve ausente de Portugal desde 2013 ou a cegueira de dizer mal é tanta que se esquece do que ficou acordado na reestruturação financeira?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caro anónimo antes de me acusar de cegueira talvez me possa elucidar

      1- O que é que aqui neste post é considerado dizer mal

      2- e o que nesta noticia estava contemplado na reestruturação financeira, para lá do aumento de capital.

      Eliminar
  8. Pois é, LMGM,

    Claro que é sempre necessário VENDER. Tudo! Só o BdC é que diz o contrário... Mas como o que ele diz (para papalvo ouvir e comer) raramente corresponde com o que faz, lá tivemos de vender (e bem!) duas das. em tempos definidas como, "almofadas": João Mário e Slimani!

    Já o tenho dito, para mim, não é a morte do SCP (mais uma...) caso perca a maioria do capital social da sua SAD... A questão aqui é outra e passa pela promessa de BdC, que sempre garantiu que o clube manteria o controlo da maioria do capital social da SAD. Veremos, até qd, com VMOCS adiadas ou não, cumprirá essa promessa...

    Alguns comentários escritos são alucinantes... O LdA "diz mal" pq, supostamente, não gosta de BdC, afirma-se... Até parece que um sportinguista não se pode preocupar com as contas do seu clube e da respectiva SAD? Já não pode questionar essas contas, principalmente qd surgem versões completamente diferentes do que vem sendo permanentemente propagandeado... Pouco importam aqui os gostos pessoais, importa é saber a real situação da SAD leonina.


    Nada de novo, no entanto... A maioria de sócios e adeptos estão sempre incondicionalmente do lado de quem exerce o poder, qs sempre de forma acrítica. É tb por quem tem o poder saber desta habitual postura da massa associativa e adepta leonina, que a situação do SCP tem-se mantido sempre na corda bamba. O escrutínio é reduzido e quem se atreve a fazê-lo é "perseguido" seja pelo próprio poder, seja pela restante malta que prefere acreditar cegamente no que lhe dizem, até mesmo qd essa "informação" é comprovadamente falsa. Exemplo? “O Sporting não está vendedor”… Passado pcs semanas… Tau. João Mário no Inter e Slimani no Leicester…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "O Sporting não está vendedor”… Passado pcs semanas… Tau. João Mário no Inter e Slimani no Leicester…"
      Se tinha escrito isto no início do comentário poupava-me o trabalho de o ler até ao fim...essa afirmação é falaciosa e intelectualmente desonesta.

      A parte gira do comentário é o Virgílio vir "cobrar" promessas eleitorais...tão bom!

      Noddy

      Eliminar
    2. Fizeste bem em ler... É que o país dos brinquedos, onde vives, a literatura é demasiado infantil. A ver se cresces um 'cadito, Noddy...

      Eliminar
  9. A entrada de capital - e subsequente aumento do capital social da SAD - estava revista desde 2013, desde que foi concluído o Acordo Quadro que, aliás, é público para quem o queira consultar. Já se procedeu até a um aumento de capital social pela entrada da Holdimo na SAD, de 20M €.

    Lembro-me inclusive que chegou a ser avançada a data de Dezembro de 2016/Janeiro de 2017, para que os tais dos (outros) 18M € entrassem...

    O que o JN faz, e consequentemente o LDA, é repisar o assunto, descrito da forma que mais dá jeito (ao JN, entenda-se!), lançando a parangona do "o Sporting precisa de (...) caso contrário...", até porque a substância do próprio artigo é curta, redundando na conclusão de que, afinal, já estava tudo previsto desde 2013 e devidamente acautelado.

    É portanto um decalque de notícias passadas, na esperança de que sócios/adeptos com menos - vá - militância (ou mais desinformados) já se tenham esquecido e, assim, sejam normalmente relembrados.

    E sim, o Sporting continua numa espécie de caos financeiro, e assim há-de continuar por muitos anos, por mais controle que haja e por melhor que seja a execução do Acordo Quadro - neste aspecto, uma clara evolução face a exercícios e direcções anteriores que não só não cumpriam os acordos como muitas vezes exigiam mais dinheiro dos principais credores.

    Em 2025, data de maturidade da conversão das VMOCs estaremos com certeza em risco de perder a maioria da SAD, ainda que o mesmo tenha que ser feito obrigatoriamente com aumento de capital no mesmo valor das VMOCs. É um problema, claro que é...

    Mas que outra solução encontraria o Sporting (ou qualquer outra entidade empresarial com um passivo tão grande como 500M €)? Esclareçam-me...

    Por fim, não que importe muito, que águas passadas não movem moinhos, mas o ex-opositor de BdC, nas eleições de 2013, chegou a assumir que a venda da maioria da SAD do Sporting seria uma "forte possibilidade", caso José Couceiro tivesse vencido esse sufrágio.

    Não há varinhas mágicas nem estalares de dedos que resolvam tamanho leonino imbróglio. O que se podia (e pode) fazer está a ser feito: damage control.

    ResponderEliminar
  10. Mas isto não faz parte da convocatória.

    http://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/CONV61537.pdf

    ResponderEliminar
  11. Choca-me a facilidade de crítica sem fundamento e sem objectivo.

    Logicamente que o Sporting tem de vender, estávamos e estamos à beira do abismo financeiro, mas se o discurso era o do costume, tínhamos de vender as nossas pérolas pelos preços do costume.
    E a bem ou a mal, neste momento, com esta direcção, tal não acontece.

    Reconstruções financeiras, recolha de percentagens de passes de jogadores, renovações com jogadores, jogadores de renome contratados, treinadores de qualidade com futebol espectáculo e títulos, modalidades amadoras de volta e em força, pavilhão à porta de casa, obras na academia, aumento de sócios, aumento de venda de gamebox, aumento do número de assistentes por jogo em casa e fora, tudo isto tem um custo e não podemos pensar que as coisas caiem do céu, não sejamos líricos.

    Se são perfeitos e fazem tudo bem? não! no entanto, e até prova em contrário (não o diz que disse), esta direcção está a fazer um trabalho notório e só não vê quem não quer, por muito que vos custe a engolir croquetes.

    O Sporting Clube de Portugal terá sempre de ter 1% da SAD, e para alterarem as coisas tal terá de ser definido em Assembleia Geral.
    Tal como em todas as assembleias, com croquetes ou brunistas, farei o possível para estar presente e votarem no que achar melhor para o clube, e muitas vezes contei por uma mão as pessoas que criticaram e votaram contra as anteriores decisões.

    Para que as coisas fiquem bem cientes antes de dispararem, não sou acérrimo defensor de Bruno de Carvalho, no entanto tenho de dar a mão à palmatória, neste momento o futuro a meu ver passa pelo trabalho de BdC

    SL e bom fds

    ResponderEliminar
  12. Quem apregoa ao 4 ventos que quer vender por muito não vende certamente. como é óbvio bruno de Carvalho fez-se difícil para vender o mais caro possível.

    A malta sabe isso tudo, mas o que importa dizer é que bruno de Carvalho disse uma coisa e fez outra , que bruno de carvalho mentiu que bruno de Carvalho é feio e cheira mal,

    quando vem dos lampioes, ainda é como o outro, eles tb não percebem muito de lógica e aritmética. agora vindo de sportinguistas é que me faz mais especie

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe, o Bruno de Carvalho disse que o Sporting tinha várias almofadas, que o Benfica está falido e ainda acrescentou que recusou uma proposta de 80 milhões por um jogador. Certo?

      Eliminar
    2. Se é feio e cheira mal, não faço ideia. A Vitalila lá saberá melhor do que eu... Agora que é aldrabilhas, é um facto, digamos, indesmentível. E eu não gosto nada de gajos aldrabilhas. Faz-me espécie.

      Eliminar
    3. A mim faz me especie é os burros que só gostam de dizer mal. Mesmo quando não tem razão...

      Eliminar
    4. Sr virgilio, gostava de o ver assim tão destemido numa AG, a tecer as criticas e os insultos que aqui debita, à frente de quem de direito.

      Como socio do Sporting, sinto-me insultado pela forma desrespeituosa como você fala, constantemente, do Presidente do meu clube.
      Constantemente nao...porque voce felizmente so apareçe na hora de dizer mal. Nas outras horas nao sei porque nao apareçe, nao deve de poder, ou entao esta noutros espaços menos isentos do que este, com outros nomes, a fazer o que faz aqui melhor.

      Gostaria de lhe poder dizer duas ou três coisas que penso, mas como aqui você é amigo, e so voce é que pode insultar o Presidente e quem o defende, nao o vou fazer, porque sei que nao passa no filtro.

      Por isso nao gasto mais o meu latim. Fica so este reparo.

      Eliminar
    5. LOL! Olha sente-se insultado, o coitadinho. Vai lá fazer queixinhas ao teu Deus... Pode ser que ele meta mais um sócio em tribunal. Esse record já ele o bateu de modo que mais sócio menos sócio não faz diferença ao ALDRABÃO-MOR.

      Aproveita e revê as lições de português, a ver se começas a escrever sem erros. Fica só este reparo.

      Eliminar
  13. LdA,

    Esta "notícia" do JN é do mais miserável que vi nos últimos tempos. Por dois motivos, fundamentalmente, ambos relacionados com a total impreparação do jornalista que a escreveu:
    - o absoluto tiro ao lado na interpretação do artigo 35º CSC;
    - o absoluto desconhecimento do que possam ser suprimentos.

    O artigo 35º não diz absolutamente nada do que refere o jornalista. Nada! Fala de perda de metade do capital social (relação entre capitais próprios e capital social) e fala da obrigação de o CA convocar uma AG para deliberar sobre várias possibilidades de resolução dessa perda (incluindo a dissolução). Possibilidades, reitero. O artigo 35º não tem nenhuma consequência automática para a situação de capitais próprios negativos, nem a dissolução nem outra.

    Quanto aos suprimentos: um suprimento não é mais do que um empréstimo realizado à sociedade por um seu acionista. Considerando que foi a própria Sporting SAD a realizar as vendas, percebe o absurdo que seria contabilizar as vendas como suprimentos... O que não significa que a Sporting SAD não venha a solicitar suprimentos aos seus acionistas. Mas isso em nada está relacionado com compras, vendas, etc.

    Isto dito, vamos lá às duas primeiras perguntas:

    1. Era preciso vender? Era. A SAD teve um prejuízo de 32M€ em 15/16. O discurso da desnecssidade de venda foi para não colocar o Sporting em posição de desespero no mercado. Se me pergunta a minha opinião pessoal, não acho mal.

    2. Está em risco a maioria na SAD? Com uma entrada de 18M€, parece-me que não (há outros temas, como as VMOC, que não vou abordar aqui). Fazendo umas contas de merceeiro, (a) mesmo que o aumento seja inteiramente subscrito pelo segundo maior acionista (Holdimo), que detém cerca de 30% do capital, (b) uma vez que o Sporting detém direta ou indiretamente 64%, (c) que o capital atual é de 67M e passará a ser, portanto, de 85M, parece-me que a participação da Holdimo não ultrapassará os 45% do capital social. Mas aqui, repito, as contas são de merceeiro, esta parte precisaria de alguma afinação em função de percentagens concretas, etc.

    Quanto à terceira pergunta: o impacto das vendas será seguramente muito positivo no resultado deste exercício. Em regra, os capitais próprios só se melhoram com entradas dos acionistas (aumento do capital) ou com resultados positivos nos exercícios. É possível que ocorram ambas.

    Só uma nota final: percebo perfeitamente que o LdA e muitos dos leitores do JN tenham sido levados ao engano por esta suposta "notícia". Como sabe sou jurista e por isso para mim é relativamente fácil desbravar o caminho das bacoradas do texto do JN. E por acaso a "notícia" toca em dois temas com que lido todos os dias tendo por isso bastado uma primeira leitura na diagonal para perceber o pouco que o jornalista (?) investigou antes de escrever tantos disparates ao mesmo tempo.

    A conclusão a que chegamos é que quem publica no JN não prepara, sequer, o básico que lhe permita assegurar-se de que está a informar corretamente. E isso é triste.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  14. MMS,

    Duvido é que esse "jornalista" tenha sequer investigado. Quanto a mim limitou-se a cumprir o frete.

    ResponderEliminar
  15. Preocupante ter um presidente aldrabão. Os problemas existem e é preciso alguém para os resolver. Que fosse alguém honesto e não este difamador que ainda não conseguiu mandar prender os outros ex presidentes.
    Basta falar no nome do dito cujo e a avençadoria cai aqui toda em peso como no Camarote Leonino. Marcação cerrada para impedir a livre expressão.
    Quero ver com que cara o agente de negócios dos cleptos russos vai apresentar a proposta de uma sociedade minoritária depois da arruaça que fez numa célebre AG.
    Talvez apresente agora os 120 milhões que lá agitou para enganar trouxas.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (37) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)