quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Este já está ganho!

O Sporting foi o grande triunfador do campeonato das transferências que ontem encerrou. Foi o clube que mais dinheiro ganhou, que menos gastou e que - mais importante de tudo - melhor se reforçou. As duas primeiras afirmações são factualmente confirmáveis, a segunda, apesar da subjectividade inerente, está muito perto de recolher a unanimidade não apenas entre os Sportinguistas, mas estender-se à generalidade dos comentadores e adeptos rivais.

De que me lembre este é também um dos melhores, senão o mesmo o melhor, trabalhos realizados por uma direcção no reforço do plantel. Que rivalize com este a esse nível talvez só a época em que trocamos Horvath, MPenza e Spehar com Jardel, juntando o ponta-de-lança brasileiro a um lote de internacionais portugueses (Dimas, Rui Jorge, Beto, Vidigal, Pedro Barbosa, Paulo Bento, João Pinto, Quaresma, Sá Pinto) e estrangeiros (André Cruz, Prates, Niculae) com o resultado que se conhece: fomos campeões. 

No actual período há ainda a acrescentar um volume de vendas absolutamente extraordinário (76,7 milhões de euros) tendo conseguido o reforço da equipa com cerca de um terço desse valor, embora se deva assinalar que constituiu compromissos para o futuro que não surgem ainda contabilizados, como é o caso de Meli. Ainda assim foi aqui também o clube triunfador, como se pode ver no quadro acima.

Este trabalho de excelência é naturalmente visto com entusiasmo pelos adeptos, mas este não deve ser substituído pela euforia e muito menos pela arrogância. Os seus efeitos são semelhantes à da embriaguez: toldam os raciocínios. O Sporting ficou mais forte, sem dúvida mas não ganhou nada ainda que não seja um campeonato que não conta para quase nada. E o campeonato que vai recomeçar será difícil, contará com adversários igualmente fortes e não nos será colocado no colo. Contraímos, isso sim, enormes responsabilidades desportivas e económico-financeiras.

As responsabilidades desportivas são as de sempre: a nível interno o Sporting está obrigado sempre a ganhar. Na minha perspectiva, depois de se ter reforçado com a qualidade com que o fez, e resolvendo pelo menos de forma aparente algumas das suas fragilidades tornou-se no principal candidato. Assumir isso não significa o menosprezo das demais candidaturas.

A nível externo, não existindo a obrigação de ganhar títulos, o elevado nível de investimento e massa salarial obriga a olhar para a Liga dos Campeões com maior ambição que a tida no ano passado. A falta de sorte no sorteio empurra-nos para fora da competição em termos teóricos, mas continuamos incumbidos de tentar. Nesse trajecto, se as exibições forem vistosas granjeamos prestigio e promovemos jogadores, o que nos permitirá permanecer no carrocel, que agora entramos, dos clubes que fazem grandes negócios. Pelo meio é importante realizar receita não só com a bilhética mas também a que resulta da conquista de pontos pois, com o plantel que temos, a continuidade na Liga Europa deve ser vista como objectivo.

Do ponto de vista financeiro são enormes os desafios e as responsabilidades. A massa salarial do actual plantel deve ter ficado perigosamente num nível muito aproximado - se não o excede - do das receitas ordinárias. Até Janeiro jogar-se-á, de forma umbilicalmente ligada com os resultados desportivos, muito do destino dos resultados económicos da época. A sustentabilidade financeira estará agora sob maior pressão seguramente, pelo que a gestão tem de ser ainda mais criteriosa. 

Como mais uma vez se comprova "o petróleo de Alvalade" são as mais valias realizadas com a venda de jogadores. E aqui há sinais mistos que convém estar atento: 

- Acréscimo considerável de jogadores de jogadores de "idade avançada", que dificilmente poderão render, mas cujos honorários estão no topo da folha de pagamentos. 

- Acréscimo considerável do número de jogadores sob contrato.

- O risco de descaracterização do que é a imagem de marca do clube e da qual os seus adeptos tanto se orgulham, que são os jogadores da casa, por sinal as que mais procura continuam a ter.

Ainda no âmbito económico fica a menção a uma boa noticia dada como se fosse de cariz negativo: a obrigação do Sporting em reembolsar os credores em determinado valor percentual das receitas obtidas com a venda de jogadores. Ora é aqui precisamente que o Sporting pode dar um grande impulso e até mudar a relação de forças relativas entre os grandes do futebol português. Se uma parte substancial dos proveitos agora obtidos forem encaminhados para o abate da dívida o Sporting está a reduzir automaticamente o serviço da divida, podendo assim libertar mais dinheiro para investir, invertendo o circulo vicioso dos últimos anos - desde sempre, no que é igualado pelos seus rivais - e transformando-o num ciclo potencialmente virtuoso.

Ao contrário de todo o spin e  aparências, os nossos rivais também estão estrangulados pelos compromissos com os bancos e demais credores. Se o Sporting conseguir ser o primeiro a fazer esta inversão, mantendo-se competitivo, pode estar a lançar as bases de uma nova hegemonia no futebol português. Uma ambição que requer estratégia para lá da gestão do dia corrente actualmente praticada e que obriga também a um reforma estrutural do clube. Um tema interessante, mas que não cabe hoje aqui.

Creio que este será o cunho distintivo da actual época: um clube saído de uma das suas mais profundas crises à procura da recuperação do seu prestigio, que finalmente inscreve o seu nome no campeonato indispensável campeonato dos proveitos económicos significativos. Os resultados conseguidos terão efeitos determinantes e que se repercutirão tanto no imediato, como no médio / médio, longo prazo. Precisamos de sorte, mas também de muito rigor. Não faltam exemplos na nossa história de grandes e auspiciosos passos que, pelas mais variadas razões, redundaram em amargos dissabores.

24 comentários:

  1. Eu só espero que não nos iludamos,com estas boas aquisições que fizemos.Denoto uma euforia desmedida.Temos que ter atenção,que os nossos rivais(SLB E FCP) também estão fortes.
    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  2. Excelente post LdA. A esses meritos acrescentaria outro...a partir deste defeso todos saberao que deste lado nao se vende so porque sim, mas sim quando se quer e e' justo (a nao venda de Adrien deu um enorme contributo nesse sentido) ao mesmo tempo que se deu a ideia para dentro e para fora que nao e' com pressoes externas que se vai conseguir o que se deseja.

    A acrescentar so' mais um remoque: esta direccao mostrou com a venda de Slimani como estavam enganados aqueles que afiavam as facas ao afirmar que iriamos fazer o que o FCP fez com o Moutinho. Desde a manha de ontem que estava negociado com o detentor de 20% da percentagem de passe de Slimani o valor a receber pela transferencia.

    Nao fazem tudo bem, falham muitas vezes mas a evolucao havida nos ultimos 3 anos so' nao a ve quem e' cego ou quer se-lo.

    Quanto as suas preocupacoes comungo delas inteiramente e pena e' que a percentagem de mais valias que ira para a banca nao seja ainda superior. Espero que haja a clarividencia de com dinheiro extra se pagar mais e assim podermos entrar nesse ciclo virtuoso o mais depressa possivel.

    O futuro afigura-se-nos verde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. David,

      Obrigado.

      Quanto à questão dos 20% creio que não havia alternativa sem o Sporting alienar definitivamente a sua autoridade quando exigisse honestidade, fair-play e transparência. Ainda bem que assim foi.

      Eliminar
  3. Pelas minhas contas o Benfica gastou bem mais este ano:
    ENTRADAS
    André Carrillo 5M
    Franco Cervi 5M
    André Horta 1M
    Kostas Mitroglou 8M
    Branimir Kalaica 0M
    Guillermo Celis 2M
    Óscar Benítez 3M
    Andrija Zivkovic 5M
    Danilo Silva 0M
    Jimenez 11M
    Rafa Silva 18M

    Obviamente que não sabemos os prèmios de assinatura de Zivkovic nem Carrillo, mas desconfio que não andará muito longe disso....somando tudo dá quase 60 milhões de euros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. J.

      Confesso que me preocupo quase em exclusivo com o que gastamos e mesmo assim nem tempo tenho para avaliar como gostaria tudo o que devia. O meu interesse pelos rivais é marginal.

      Eliminar
    2. Leão de Alvalade, nada contra obviamente!
      Apenas começo a ver em alguns meios de comunicação uma certa tendência para "ocultar" estes números.
      O certo é que o Benfica para tentar manter a hegemonia no futebol português, gastou o dobro de Porto e SPorting.
      60 milhões de euros investidos é muito dinheiro investido, principalmente para quem diz que somos nós que estamos a fazer um "all in" este ano.

      Eliminar
  4. Começando por falar do quadro: ao que consta não está aí incluído o Cervi, bem como não estarão contabilizadas as comissões que envolveram os negócios Carrillo e Zickovic. Só com o Carrillo foram 12M. Só quis deixar esta nota, com o mal dos outros posso eu bem, mas parece-me relevante até porque se enquadra na estratégia de sempre de Abola. Potenciar as virtudes dos vermelhos e camuflar o que não lhes interessa, sendo o inverso válido para os rivais.

    Falando do nosso Sporting, que é o que interessa: correu muitíssimo bem este mercado, com a permanência do Adrien só ficou a faltar um LE, na minha opinião. A cereja no topo do bolo foi a desvinculação do Labyad (resta saber a troco do quê, duvido que a única contrapartida por si exigida tenha sido ter o passe na mão). Pelo caminho ainda recuperámos a totalidade dos passes do Tobias e do Chaby, espero que sejam rentabilizados no futuro.
    Lucro recorde.

    Em relação à idade da equipa e aos vencimentos, não sei se se verificará essa tendência, ou pelo menos que seja acentuada.

    Na baliza sai o Jug entra o Beto, aí verifica-se, no entanto ganhamos um jogador da casa, o único que já foi campeão com a nossa camisola e ganhamos qualidade.

    Na defesa sai Ewerton e Naldo, entra Douglas. Aqui reduzimos a masssa salarial, seguramente.

    Misturando tudo da defesa para a frente, saíram em termos de salários avultados: Aquilani, Teo, Barcos, J. Mário e Slim. 3 jogadores "velhos", um de 28 e outro de 23. Entraram com salários avultados: Elias, Campbel, Markovic e Bas Dost. Um "velho", 2 novos com o inconveniente de estarem emprestados (espero que pelo menos um tenha opção de compra) e Bas Dost de 27. Aumentamos é o número de opções válidas para o ataque. Penso que os custos com pessoal vão aumentar, mas não tanto assim.

    Amanhã, quando sair o jornal, devemos ter acesso a toda a informação relativa a opções de compra (ou ausência delas), valores pagos pelos passes e comissões.

    Espera-nos uma época longa e de muito trabalho.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanto o Campbell como o Markovic vieram sem opção de compra. Também com os milhares de euros semanais que auferem são jogadores fora do nosso radar para uma compra definitiva.

      Eliminar
  5. Pois o SCP foi campeão em tudo nas transferências. O futuro dirá o retorno dos 14 jogadores contratados, sabem qual é a média de idades?, potencial de venda?, já passei isto no benfica, jogadores á catadupa e bernardos silvas, népia. Vocês tem o futuro extremo da seleção (Gelson Martins) sabem o que vai acontecer com ele agora? Não é difícil advinhar. O Jorge Jesus está a fazer o mesmo que tentou fazer no Benfica e livre-se o clube que fique dependente deste individuo, o Bruno de Carvalho engoliu tudo o que disse sobre o Elias e na forma de gerir o clube. Não sou adivinho os mas parece-me que o próximo presidente do SCP vai ter que ir a tribunal para acusar o BCarvalho de gestão danosa porque terá que se aguentar com os Elias, Luc Castaignos, Pedro Delgado, Douglas, André, Beto, César Meli, Radoslav Petrović, Alan Ruíz, Lukas Spalvis... coitados dos tugas pois só jogam na equipa B.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim porque foi o JJ que obrigou o Vieira a emprestar o Bernardo ao Mónaco com opção de compra de 15M em vez de o emprestar a um clube de primeira liga s/opção de compra, tal como o SCP fez agora com o Podence ou o Iuri.
      Com JJ jogam os que têm mais qualidade independentemente da origem, contra o Porto por exemplo jogaram Ruben Semedo e Gelson enquanto Douglas e Campbell ficaram no banco.
      Parem lá de comer tudo o que a comunicação social vos põe à frente e pensem um bocadinho em quem terá sido o responsável principal pela não aposta de JJ na formação do benfica. É que agora está lá outro e tirando o Renato, e o Semedo, a espaços, ainda não vi nenhuma aposta a vingar.

      Eliminar
    2. Rui Guerreiro,

      um comentário cheio de ingratidão. Todos nos lembramos de ver o teu clube atrás de nós, gastando rios de dinheiro, enquanto nós, com a prata da casa e um treinador barato e inexperiente tentavamos dar réplica o FCP. Tudo isso mudou com a contratação de JJ. Nos jogos de campeonato deixamos de vos vencer durante o período que lá esteve. O número de campeonatos ganhos e até os perdidos, bem como as competições europeias diz muito do que JJ representa para o SLB. E é óbvio que, sem tirar o mérito que Vitória possa ter tido, é indiscutível que beneficiou do legado de JJ, que não se resume ao quadro de jogadores mas a uma espécie de mudança de mentalidade evidente. Sem qualquer dor de cotovelo, a diferença pontual registada no campeonato anterior indica que qualquer dos dois primeiros o podia ter conquistado, tendo aquele se decidido em pormenores.

      Eliminar
  6. Uma pequena nota para contrastar com esta "vitória": em finais de julho passado Jorge Jesus garantiu que Podence, Iuri e Palhinha ficariam no plantel. Os 3 jogadores apesar desta garantia acabaram por sair. Mané também. Seria interessante contabilizar os jogadores da formação que saíram do clube esta época, entre vendas, dispensas e empréstimos. Acho que quase que dava para fazer um onze! E isto é algo preocupante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge Vicente,

      a preocupação justifica-se e no caso do Mané e do Wallyson ainda mais, uma vez que só regressarão se não vingarem. Aceito mais facilmente a saída de Podence e até Iuri, atendendo às entradas de Campbell e Markovic, verdadeiros reforços. Já Palhinha e Wallyson custa mais, até porque Petrovic não mostrou nada que justificasse a aquisição e terá que melhorar muito para mudar isso.

      Eliminar
  7. Excelente análise, só não sei se concordo com a parte da massa salarial, já ontem ouvi isso na tv e fiquei a pensar se seria mesmo assim. Só sabendo quem paga os empréstimos podemos chegar a essa conclusão.
    Conseguimos libertar o salario de aquilani, labyad, slimani, j mario, carrillo (teo?, Barcos?)
    Nas entradas não sei quem terá salários tão altos como aquilani, bas dost com certeza, os restantes nao sei. Se não formos nós a pagar o salário total de campbel e markovic talvez a diferença não seja assim tão grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leão do Porto

      teremos que esperar pelo orçamento e pelo R&C para tirar dúvidas. Foi isso que ficou expresso no post, sem certezas.

      Eliminar
  8. "pode estar a lançar as bases de uma nova hegemonia no futebol português": boa piada!

    No fim se verá que perdem como sempre.

    ResponderEliminar
  9. LdA, de acordo com tudo. Acrescentaria um ponto à análise q não julgo ter sido abordado ainda: todas estas movimentações - q ajudaram a criar um plantel com muita qualidade e com muito crédito para a Direcção - aconteceram nas últimas 2 semanas, já com a competição a decorrer e agora é necessário criar novamente uma equipa. Foram 7 entradas e 6 saídas nas últimas 2 semanas, isto é virar o plantel q fez a pré-época do avesso. É nesta fase q o JJ está mais à vontade mas parece-me muita gente nova q precisa de se adaptar ao nosso futebol e ao estilo de jogo da equipa. As equipas de JJ melhoram com o tempo, são mais fortes nas 2as metades da época - foi assim connosco o ano passado - mas este campeonato em q os grandes perdem tão poucos pontos vai exigir eficácia máxima desde já. A situação ao final de 3 jornadas, com dérbi pelo meio e incerteza no mercado, é excelente mas facilmente a situação se inverte. A julgar pelos comentários na CS de ontem, e apesar do q o quadro do post evidencia, a pressão e a cobrança máxima vai estar no Sporting e no JJ. Espero q consigamos viver com ela e q não criemos dificuldades adicionais como no ano passado com um nível de bazófia altíssimo e um desrespeito pelos rivais q apenas serviu para lhes dar combustível. Abraço, João Barata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João Barata,

      bem observado. Era para falar disso em pormenor mas os meus posts são sempre tão compridos que passei.

      As primeiras dificuldades vão surgir já no próximo jogo: o Dost está na selecção holandesa, o André e o Castagnos acabaram de chegar e Slimani não está. E a seguir ao Moreirense é o Real Madrid.

      Quanto à pressão ela é evidente e temos de saber viver com ela, como candidatos reais e não apenas no papel. Creio que até pela forma mandona como põe as suas equipas a jogar o JJ gosta da pressão. Esperemos que ela se sinta onde é mais importante: no campo e nas balizas dos adversários

      Abraço

      Eliminar
  10. Agora sim um Presidente pode afirmar que tem a situação financeira do clube no presente controlada. Mesmo assim para que tal não resvale no futuro e o Sporting recupere o poder de decisão sobre o seu destino ainda vão ser necessários vários anos como este. Tarefa ciclópica!!!

    Para lá dos óbvios jogadores da formação (com Adrien/William/Patricio à cabeça) poucas mais vendas com mais valias interessantes se vêm (de novo a formação com Ruben e Gelson). Slimani é uma venda como já não se via em Alvalade talvez desde ... sei lá quando ... Qual foi o ultimo jogador, sem ser da formação, vendido com uma mais valia superior a 50%?

    Do grupo de contratações o meu destaque é sem dúvida a manutenção de Adrien, ou melhor porque o meu ponto não é o atleta individual, a venda de apenas 2 jogadores basilares da equipa.

    Pelo que vimos no passado fim de semana a equipa sobreviveu à saída de JMário, o que não quer dizer que consiga viver com viveu sem ele, uma coisa é um jogo outra é uma época. Vai nascer com data de inicio em Setembro 2016 uma equipa nova, com dinâmicas novas, que espero mate as saudades da que acabou em Agosto 2016.

    Vendo o que a equipa conseguiu produzir no jogo anterior frente a um rival, julgo que será mais simples a substituição de Slimani do que de JMário, veio um ataque inteiro que se tiver um mínimo de poder de fogo vai render golos às carradas.

    Defendi (e defendo) que Slimani não é propriamente forte no jogo aéreo, se calhar esta opinião será, agora que ele foi embora, mais pacifica, isto não quer dizer que ele não fosse alto e agressivo a atacar a bola (por isso marcava, também, golos de cabeça) mas saber cabecear é outra coisa. Não sei se o holandês tem essa característica, dos poucos resumos que vi foram mais golos com os pés do que de cabeça, mas há outra característica que melhora, ou tem potencial para melhorar, a qualidade dos centros, Markovic e Campbell centram melhor do que Brian e Gelson, muito melhor, centram para a cabeça e não para a área e isso faz uma diferença fenomenal...

    Vamos ver o que Jesus cria com estes recursos, agora tem qualidade e quantidade para gerir a seu belo prazer e ao mesmo tempo apresentar resultados.

    Sobre o campeonato acho que vamos ter um quarteto acima dos 74 pontos, um trio acima dos 80 e um, sozinho, campeão, acima dos 90... Mais qualidade e competitividade do que isto... só com os 100 Milhões da venda de Adrien e William.

    ResponderEliminar
  11. Excelente post. Mas não ganhámos um mas dois campeonatos, pois ganhámos o primeiro mini campeonato de 3jornadas, como dizia num post o outro dia. Contudo, não ganhámos nada e será bom estarmos bem conscientes que contratações não ganham competições. Portanto, nada de euforias. Com ou sem campeonato, o que é preciso é ir caminhando sempre para cima, desportivamente, e para baixo, em termos de dívida. Continuemos assim.

    ResponderEliminar
  12. Caro Leão a Norte,

    Um post de análise bem distanciada de clubite. Assim consigo ler sportinguismo no pensamento. Mas estranho. Tenho lido por aqui muitos anti-corpos à acção da actual direcção ao estilo de tiros nos próprios pés que só denigrem o nosso próprio clube. Sou o anónimo que volte e meia passeio os olhos pela blogosfera leonina e que nunca gostei de ver "contras" por tudo e por nada. Será que agora o Senhor Presidente Bruno de Carvalho o convenceu? Afinal o homem não parece assim tão mau como vc e alguns sportinguistas o fizeram pintar. Mas calma, os resultados é que continuam a mandar. Seja como for, gostaria sempre que o Sporting fosse sempre defendido por todo o tipo de adeptos, sejam ou não discordantes de determinadas formas de actuação.
    Gostaria de dizer: empresários mafiosos rua! custe o que custar. Hoje sabemos que o Carrilho foi para o Benfica por influência de Jorge Mendes, benfiquista além de comissionista. Finalmente, esse senhor ficou em sentido, embora a sua influência se tenha feito notar no caso Rafa. Agora no fim e no início, quando o Porto era o clube que o queria mesmo.

    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo:
      Não partilhamos da sua reverência relativamente ao presidente do clube, como se depreende na forma de tratamento usada. O meu clube é o Sporting, do qual Bruno Carvalho é presidente. Limito-me a emitir aqui as minhas opiniões sobre o seu trabalho, as favoráveis e as desfavoráveis.

      Relativamente ao segundo parágrafo haveria muito para dizer mas vou apenas ficar pelo essencial. O JMendes, com as suas virtudes e defeitos, não teve nada a ver com o desfecho do caso Rafa. O empresário era outro.

      Eliminar
    2. Caríssimo,

      Em jeito de bate-papo breve, devo acrescentar que no caso Rafa a participação de JM no capital do passe era inicialmente de 40%, valor entretanto alienado ao Braga. Não custa muito admitir que o empresário antecipadamente assim alienou a sua quota do passe pré-estabelecendo que só o faria por determinada quantia e venda ao clube que se sabe. O empresário? Não era ele, nós sabemos. Mas sabemos isso e é o bastante. Veja o caso de Adrien. Não foi ele que andou a vender o seu passe ao Leicester no sorteio do Mónaco? E quem era o agente oficial? Sportinguista que pense nunca se deixa enganar, amigo. Tem sido o caso do BdC. E garanto a si. Eu não votei nele em vez alguma! Nem sequer chego ao sócio 20.000, já são uns votitos...
      Pelo meio, agora sabemos que o Rafa confessou ser sportinguista quando estava no Feirense. Amor ao Benfica? Ele falou na família... Conclusão: dinheiro e muito controlo. Essa gente tem horror ao Sporting e agora ao Bruno de Carvalho. Sabe porquê? A estratégia do homem estava correcta. Custou, levou tareias interiores (as exteriores continua a levar mas pouco contam), mas foi levando a água ao seu...Sporting. Que é nosso. Não custa nada admitir. Também já critiquei, meu caro. Mas nunca na blogosfera. Isso é para ficar cá entre nós. Você sabe o estado eufórico que os lampiões ficam sempre que há contestação interna a BdC? É aquela que você sente quando isso acontecia do outro lado. Por isso, pense, antes de escrever.
      Ainda deixo aqui outra dica do JM. No "roubo" de carrilho parece que nada tinha a ver mas tinha! Confirmou o Futre na CMTV. Daí o afastamento imediato de BdC desse senhor. Eu levei com muitos comentários "verdes" que afastar esse senhor era errado porque ele trazia milhões. Suportei mas não gostei. Daí fazer as observações que faço, esporadicamente eu sei, mas acho ser o meu dever de sportinguista "a sério", como já o afirmei.

      De resto não leve a mal. Quando está bem toda a gente fala bem. A arte está em saber criticar com matéria crítica e sabendo que se domina todas as componentes. Digo eu...

      Saudações

      Eliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Leitores em linha


Seguidores

Leitura recomendada

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (81) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (33) André Geraldes (1) André Marques (2) André Martins (6) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) arbitragem (88) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (68) Batota (16) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (94) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (6) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (63) Comunicação Social (20) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (41) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (61) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (8) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (12) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (21) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (4) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (2) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (36) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (20) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (24) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (22) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (1) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (2) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (3) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (5) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) SerSporting (1) Shikabala (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (1) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (89) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (3) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (2) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (95) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)