segunda-feira, 5 de setembro de 2016

"Somos candidatos a ganhar tudo em Portugal e queremos chegar aos oitavos da Champions"


Ficamos hoje a conhecer a segunda parte da entrevista de Jorge Jesus ao Record. Nela o nosso treinador é fiel à imagem que criou de si mesmo. O seu discurso permanece controverso, egocêntrico ou, se preferirem, com muito apreço pelo seu valor. 

Continuo a ver em Jorge Jesus o melhor treinador nacional. O seu modelo de jogo foi aprimorado com o tempo, hoje a vertigem pelo golo que lhe conhecemos da primeira época no SLB é temperada por uma organização defensiva que, quando todos correspondem, se assemelha a uma teia de aranha que primeiro atrai e depois sufoca o adversário: reduz o campo, reduz o espaço, as linhas de passe até obrigar o adversário a errar. Tudo isto sem perder a noção da componente lúdica que é o futebol de ataque, por oposição ao excessivo calculismo, que o futebol ganha-se com golos e que a melhor forma de os obter é desmontar o adversário pelo centro. Por isso continuo a pensar que a melhor medida do actual mandato de Bruno de Carvalho foi a sua contratação.

É hoje bem claro que o Sporting tem em Jesus não apenas um treinador mas sim um "manager". A palavra mais próxima em português que me ocorre é "gestor". Ou, se preferirem voltar ao inglês, um autêntico CEO. Jesus estende a sua importância para lá do campo e do balneário e assume responsabilidades também no recrutamento e na planificação. E se o Sporting precisava de um gestor especializado na área técnica!

Não havia ninguém na SAD que lhe pudesse igualar em conhecimento e quem se aproximava em experiência (Inácio) além de não ser compatível, não era propriamente conhecido pela excelência do seu curriculum ou propostas de modelo de jogo. Com justiça há que afirmar que o Sporting já havia conseguido a normalização dos seus resultados, mas ainda sem conseguir uma real demonstração de poder ser considerado um candidato real. Foi isso que JJ conseguiu logo na sua primeira época.
Parece-me evidente esta quase de carta branca que Bruno de Carvalho lhe entregou faz todo o sentido e que a presença de Jorge Jesus na cadeira de CEO deve ser aproveitada ao máximo pelo clube da mesma forma que o amor eterno: vai ser bom enquanto durar. Vejo apenas dois "pequenos problemas": 
  (i) o fim da relação para não ser traumático deve ser preparado, de preferência quanto antes pois, tal como JJ afirma na entrevista, é impossível prever o fim da actual relação. 

(ii) A relação com JJ será longe de ser fácil e os interesses dele nem sempre coincidirão com os do clube, pelo que não faltarão matérias que exigem negociação, cedências e recusas, tendo como objectivo a defesa dos interesses do clube.
Ninguém tem dúvidas mister. O que foi conseguido o ano passado foi realmente muito bom, tendo em conta a qualidade do plantel ao seu dispor. Se conseguíssemos os mesmo pontos este ano, tal como JJ afirma, quase garantidamente seríamos campeões. Como também é dito por JJ, na prática o seu trabalho foi feito com uma base de treze / catorze jogadores. Este ano essa base é alargada. Fica a dúvida se alargada na justa medida, tendo em conta o elevado número de jogadores disponíveis. Além dos custos inerentes, a gestão das expectativas de todos não será muito fácil. Se os jogadores querem é jogar, as competições que os motivam são as do campeonato nacional e competições europeias. Manter todos comprometidos com os objectivos colectivos, para lá dos pessoais será o grande desafio.
A definição dos objectivos da época surgem bem quantificados e parecem-me lógicos e obrigatórios. Sem arrogâncias, mas sem medos, o Sporting deve assumir de forma responsável e natural a sua candidatura ao titulo, bem como revelar ambição por algo mais do que passear na fase de grupos da Liga dos Campeões para de seguida ser empurrado para a Liga Europa.
O Sporting tem forçosamente que lutar não apenas um mas dois adversários na procura do titulo. Creio que essa luta seja a partir de uma determinada altura apenas a dois, desejando que o Sporting seja parte integrante. Vai ser uma luta dura e muitas vezes desleal, sobretudo a que se disputa nos gabinetes onde se tomam decisões. Espero que o Sporting se lembre dos erros do passado e tenha aprendido com eles. São os nossos próprios erros os que, estando nas nossas mãos prevenir e evitar, mais danos directos nos podem causar. A referência ao caso Luisão parece-me completamente descabida e fora do contexto. Isto sem querer dizer que ela não deva ser explorada, como qualquer outra fraqueza dos adversários.
A referência aos casos de arbitragem é feita de forma inteligente e com uma imagem genial que desmonta muita da argumentação habitualmente invocada por quem comenta a arbitragem, seja na televisão, seja nas redes sociais. Aliás, a minha convicção é que o tema arbitragem é geralmente invocado pelos que perdem pontos - já vimos o SLB e o FCP num autêntico vale de lágrimas este anos e estamos só na terceira jornada... - mas também dos que não gostam e não percebem nada de futebol, nem de como o jogo é jogado. Como JJ muito bem diz, os árbitros são muito teóricos, parecendo-me que o mesmo se aplica a todo o tipo de comentadores. O comentário está a tornar o futebol cada vez mais feio e irrespirável, sendo normalmente uma manifestação de ignorância, quando não de boçalidade.
Não é preciso alargar os comentários sobre esta frase. Fica apenas para memória futura e com o desejo óbvio que a profecia se cumpra.

21 comentários:

  1. Excelente análise da segunda parte, aliás como acontecera com o post anterior. Excelente análise global da entrevista. No meu comentário ao post anterior tinha já referido a segunda parte, porque já a tinha lido. Aproveito apenas para clarificar um aspecto que julgo está de acordo com a opinião do leão de Alvalade. Quando refiro o facto de termos à nossa frente o melhor treinador português estou a falar de todos, não limitando a análise aos que exercem a actividade intra-muros. Quer isto dizer que incluo Mourinho no universo.
    Excelente análise do LA sobre a evolução do modelo de jogo de JJ. Alguns dos jogadores que encontrou no Sporting permitiram-lhe aperfeiçoar esse modelo. Estou a pensar sobretudo no trio de meio-campo e em William. Por isso, pela subida de forma que William manifesta neste ínicio de época, estou na expectativa de que a teia de aranha possa tolher mesmo adversários de outros argumentos.
    JJ assume os desafios desportivos da época e fá-lo no contexto de importantes alterações -saída de JMário e Slimani+Teo - com uma confiança que é prima direita da sua monumental auto-estima que nos mostra estarmos perante uma personalidade egocêntrica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JG,

      antes de mais, obrigado.

      De facto estamos de acordo, a minha afirmação inclui todos os treinadores, incluindo Mourinho. A referência à componente lúdica do futebol, com a procura de um futebol de "nota artistica" como ele diz, por oposição ao futebol dos resultados, foi intencional.
      Não tenho interesse nenhum em ver JJ sair mas tenho curiosidade em perceber como se daria em clubes como Real Madrid, ManUTD, City, etc.

      Eliminar
  2. "Não havia ninguém na SAD que lhe pudesse igualar em conhecimento e quem se aproximava em experiência... Com justiça há que afirma que o Sporting já havia conseguido a normalização dos seus resultados, mas ainda sem conseguir uma real demonstração de poder ser considerado um candidato real. Foi isso que JJ conseguiu logo na sua primeira época."

    Não haja qlq dúvida que o mérito na "evolução" de tudo o que implica a melhoria qualitativa do futebol profissional do SCP reside em JJ e na sua equipa.

    É devido a ele que hj aspiramos, legitimamente, a superiorizarmo-nos aos nossos principais rivais, slb e fcp. O ano passado só por infelicidade (Guimarães e derby da 2.ª volta), empurrões estratégicos apafianos aos burmelhos, e bazófia a "acordar" um slb que vivia em crise profunda é que o título escapou... Pormenores. Parte desses pormenores podem ser corrigidos e, se assim for, acredito numa excelente época leonina. Por duas ordens de razão:

    1. Temos melhor plantel que no ano anterior.
    2. Quero (mais uma vez) acreditar que BdC não se espalhe novamente com a comunicação e deixe de dar trunfos aos adversários... Agora que acabou a silly season, mantenha-se sossegado (se conseguir) e deixe a equipa técnica e o plantel fazer o que lhes compete sem lhes criar obstáculos. Não queira ser ele, novamente, o protagonista permanente e estragar o bom trabalho que está a ser realizado. A falar só por motivos de força maior, prejuízos arbitrais, decisões disciplinares incompreensíveis, etc, etc... Pq este tipo de situações vão surgir. Surgem todos os anos, este não será excepção.

    Responder a paineleiros, papagaios e figurões da comunicação social pasquineiro-desportiva? Não, por favor... O que essa gente diz vale zero durante os 90 minutos que os nossos bravos rapazes tem de batalhar ao longo das próximas 31 jornadas que restam.

    Os pasquins só conseguirão desestabilizar se, dentro de casa, não existir união e estabilidade. Pelo que JJ afirma essa estabilidade está reunida, basta então manter. Por falar nisso, um gde elogio à forma como o "caso" Adrien foi gerido. Pelo próprio e por BdC, apesar do meio usado... FB pessoal...


    FORÇA SCP!

    ResponderEliminar
  3. JJ só sairá para um clube com essa dimensão, capaz de lhe proporcionar atingir um patamar de reconhecimento que a sua qualidade - e a opinião que ele tem dela - reclama. Digamos que JJ gere a sua carreira com a sabedoria que muitos craques que lhe passaram pelas mãos não conseguem.[ incluo aqui JMário, mais do que Slimani] Nunca sairá de Portugal para ir treinar apenas para ganhar muito mais dinheiro.
    Mas, o resultado a verificar-se - partilho da opinião do LA de que o devemos manter por cá - a saída seria qualquer coisa de muito interessante. Julgo que apenas Guardiola é capaz de rivalizar com JJ na capacidade para impor o seu modelo de jogo numa equipa num curto espaço de tempo, como está a fazer no City. E no carácter lúdico que consegue conferir ao futebol da mais alta capacidade competitiva. Não por acaso estamos perante dois confessos díscipulos de Cruiff. Não por acaso o mago holandês teve oportunidade de elogiar a então equipa de JJ, numa das suas presenças na final da Liga Europa, salvo erro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque sair de portugal para ir ganhar muito mais dinheiro quando em Portugal ele recebe um salário milionário somado a benesses em género como camarotes no estádio e apartamentos em condominios de luxo?

      Eliminar
  4. Excelente análise, e uma boa edição com os recortes no sítio e com a mensagem certa.

    JJ é o melhor treinador que poderíamos ter. Vítor Pereira também seria bom, mas o impacto, compromisso e a tolerância não seriam as mesmas.
    Tenho pena que o sucesso desportivo (títulos) seja sempre o barómetro para um trabalho. Tanto o Sporting como o JJ não vão aguentar muito tempo se o título não cair para nós. E isso é mau, pois só pode ganhar 1 e o nosso plantel nem é o melhor (nem a nossa "bagagem" se compara ao do SLB, como JJ realça). Ainda mais quando estamos numa Liga onde as vitórias não se fabricam, a 100%, dentro do campo.
    Daquilo que JJ pode controlar (treino, jogo), estamos assegurados. Infelizmente, nem sempre chega.

    A melhor decisão desta Direcção. Algo totalmente impensável até há 1 ano atrás.

    A sua sucessão será um problema e pode acontecer a qualquer momento, tal é a instabilidade que existe numa relação com uma figura tão forte como JJ.

    ResponderEliminar
  5. Cantinho,

    resta-nos confiar em Jesus, já que no Espirito Santo não podemos e o Vitória não é certo. :-)

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Duas notas sobre esta entrevista que considero pertinentes: Se Jesus diz que ao fim de uns dias depois de chegar a Alvalade quis se ir embora porque ficou estupefacto com o que encontrou, não está aqui implícito que Bruno de Carvalho nos dois anos antes desta chegada não fez absolutamente nada na presidência do clube? Não é um verdadeiro atestado de incompetência ao que foi feito no clube? Isto não é uma critica mais do que evidente? Assim como as melhorias que hoje se encontram no clube se devem a Jesus, e aquilo que Jesus diz para BdC fazer? Acho que ninguém precisa de fingir que no fundo não foi isto que foi dito.
    Segundo ponto, e aqui gostaria mesmo que alguém me elucidasse: o que é que o treinador do Sporting Clube de Portugal tem que ver com o facto de um jogador do clube rival ter sido ou não empurrado para fora do clube? Mesmo que fosse verdade, o que interessa ao treinador do SCP trazer este assunto numa entrevista dada a um jornal? Se o objectivo era desviar as atenções do caso Adrien o tiro saiu claramente pela culatra! E já agora, era dispensável dizer que o capitão do SLB é melhor do que o capitão do SCP... a sério, o homem não aprende nada de nada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui Inácio,

      E o tão odiado Marco Silva, ainda assim ,ganhou a Taça de Portugal e meia Supertaça... Com um plantel de caca, dito pelo prórpio JJ... ;)

      O BdC percebe tanto de futebol como eu de pesca... Saiu-lhe a lotaria qd o SLB quis livra-se de JJ. O unico mérito que lhe reconheço éo de ter aproveitado a oportunidade de contratar JJ que lhe caiu do céu eque o slampiões lhe proporcionaram.

      SL!

      Eliminar
    2. Desde quando é que um presidente de um clube tem de perceber de futebol? Tem apenas de saber trabalhar com as pessoas certas em cada área.

      Dizer que o Marco Silva ganhou meia supertaça é fácil mas dar mérito a BdC na contratação do JJ já é lotaria.. enfim..

      Eliminar
    3. "O unico mérito que lhe reconheço é o de ter aproveitado a oportunidade de contratar JJ"

      Vai aprender a ler pah!

      E sim, lotaria!!! Que ele soube aproveitar... Ou a decisão dos slsb se ver livre de JJ foi do BdC???

      Eliminar
    4. Aproveitar uma oportunidade que caiu do céu tem um grande mérito, sem dúvida.

      Eliminar
    5. Tem sim senhor, de tal forma que o slb qd deu pelo erro td fez para evitar que ele assinasse pelo SCP. Não conseguiram. O JJ não é um treinador qlq... Nas msm circunstâncias mas com outro treinador, tipo Rui Vitória, seria apenas uma mordidela no rival, com JJ os benefícios são de outro calibre. Passe bem.

      Eliminar
  7. Esta foi a pergunta que fizeram ao Jorge Jesus, sito, "Durante 6 anos (tempo que passou ao serviço do benfica), teve um capitão muito forte (Luisão) e, agora, tem também um capitão com um carácter forte (Adrien). Este tem sido um verão difícil para os dois, não concorda?"

    Agora convido o amigo Rui Inácio a responder a esta questão sem falar em:
    - Sporting
    - Sport
    - Luisão
    - Adrien
    - Adrien vs Luisão

    Não vale dizer "Sem comentários.", tem de responder.

    Sobre as suas restantes questões.

    "Se Jesus diz que ao fim de uns dias depois de chegar a Alvalade quis se ir embora porque ficou estupefacto com o que encontrou, não está aqui implícito que Bruno de Carvalho nos dois anos antes desta chegada não fez absolutamente nada na presidência do clube?"

    Não, quer dizer que para conseguir aquilo que o Sporting pretende ainda havia muito trabalho a fazer.

    "Não é um verdadeiro atestado de incompetência ao que foi feito no clube?"

    Não, o Jorge Jesus realçou defeitos e qualidade de várias áreas do clube, incompetência seria, por exemplo, não procurar mais e melhores profissionais para corrigir internamente o que tem afastado o Sporting do sucesso.

    "Isto não é uma critica mais do que evidente?"

    Claro que sim. E muito bem feita! Exista alguém que exponha os problemas que existiam e existem a quem de direito para os resolver. Ao que parece o Presidente concordou e trabalhou em conjunto para os solucionar aumentando a competência.


    "Assim como as melhorias que hoje se encontram no clube se devem a Jesus, e aquilo que Jesus diz para BdC fazer?"

    Não, em toda a entrevista e noutras no passado se há algo que Jesus fez foi distribuir méritos por vários sectores do clube, a começar nos sócios, na qualidade do grupo de trabalho, direcção médica e SAD.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Esta foi a pergunta que fizeram ao Jorge Jesus, sito, "Durante 6 anos (tempo que passou ao serviço do benfica), teve um capitão muito forte (Luisão) e, agora, tem também um capitão com um carácter forte (Adrien). Este tem sido um verão difícil para os dois, não concorda?"

      Agora convido o amigo Rui Inácio a responder a esta questão sem falar em:
      - Sporting
      - Sport
      - Luisão
      - Adrien
      - Adrien vs Luisão"

      Nada mais fácil. Eu responderia assim: só falo sobre o Sporting e sobre o capitão do Sporting. Não tenho nada a dizer sobre o capitão de outros clubes. Mas isto para o Jesus (e não só) aparentemente é impensável... depois de tudo o que aconteceu na época passada eu queria mesmo que o Jesus conseguisse ultrapassar a saída da Luz e que deixasse de falar no seu ex-clube, mas talvez seja eu que estou errado...

      Eliminar
  8. Gostava de acrescentar uma sugestão ao ponto sobre a necessidade da preparação adequada da era pós JJ afim de evitar o trauma, ponto com o qual concordo.

    A minha sugestão é Rui Jorge. Contrata-lo quanto antes para a equipa B, livrando-nos daquele pseudo treinador que lá está, explicando-lhe que a ideia é passar o testemunho aquando do fim da era JJ.

    É que se JJ é o treinador indicado para voltar aos títulos, Rui Jorge parece-me o indicado para vincar a filosofia Sporting e aproveitar o embalo.

    Fica a sugestão

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa sugestão... Gosto do RJ (com passado leonino, ainda por cima) e gosto do trabalho que tem feito nas seleções de Portugal. Já apresenta muita capacidade enquanto treinador e tem experiência de clube grande. Treinador ainda jovem e muito promissor.

      Eliminar
    2. Diogre, esse convite já foi feito e não só pelo Sporting, julgo que a primeira vez quando Paulo Bento subiu aos seniores, mas já houve outras.

      O Rui Jorge é um personagem peculiar e rara no mundo da bola, recusou todos os convites para lugares de destaque em clubes grandes, disse ele que não tem perfil para voltar a viver os bastidores podres a que esses lugares obrigam, prefere as selecções ou projectos mais humildes mas mais limpos.

      Eliminar
  9. Causa me perplexidade ver a ginástica que o LMGM fez para refutar o inequívoco. Prova provada que a irracionalidade humana e o coração, seja em que setor for, se sobrepõe à razão.


    A entrevista foi combinada. Ponto. Foi como costumam ser sempre este tipo de entrevistas. Seja com algum lampião ou com fruteiros. Quem está no meio ou perto dele percebe muito facilmente isso.

    "Nós", comuns mortais no mínimo deveríamos imaginar.

    Sem me alongar mais na entrevista e nos lampiões, bastava responder a isto aquando da pergunta sobre o lampião. "Só falo sobre a minha equipa. Só estou focado no Sporting Clube de Portugal. Esse assunto ultrapassa-me".

    O que ele fez foi tentar desestabilizar e criar foco de tensão no rival. Claríssimo. Espero eu é que não aconteça o que aconteceu o ano passado.


    Fora deste assunto da entrevista.

    Vejo futebol há muitos anos. É indesmentível a melhoria que tivemos mas fico espantado com a idolatria a um treinador/CEO que já perdeu mais do que ganhou em equipas grandes.

    É impressionante, mesmo com ajuda preponderante de amigos jornalistas, consegue cativar e influenciar a as massas. Tem um grande marketing!

    A equipa consegue jogar muito bem, mas existem várias fazes da época em que joga terrivelmente. O JJ aposta muito na frescura física dos seus jogadores, quando isso falha acaba por muitas vezes, vermos as suas equipas a ter um futebol sofrível.


    Não via muitos jogos nos lampiões mas ouvi imensas vezes criticas a isso mesmo.


    Quero ver como vai ser a jogar a alta rotação alem campeonato. Ainda para mais com as possíveis novidades sobre o passaporte biológico.

    Por momentos parece um Deus e todos os nossos jogadores fora de série.

    Tirando alguns ex jogadores e sabe-se lá porquê, quase ninguém gosta dele e muitos têm a certeza do mito que se criou.


    Vamos com calma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Tirando alguns ex jogadores e sabe-se lá porquê, quase ninguém gosta dele e muitos têm a certeza do mito que se criou."


      Estava a referir-me a colegas de profissão.

      Eliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (5) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)