segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Esta frase de Bruno de Carvalho "Jorge Jesus não é treinador para qualquer presidente" é sobretudo para... Bruno de Carvalho

Na sequência do post Estará o "modelo Jesus" a acabar com o "modelo Sporting"?  prometi que falaria aqui de forma pormenorizada sobre as aquisições e dispensas efectuadas pelo clube tendo como perspectiva o respectivo impacto numa organização que tem na sua formação um modelo que lhe tem proporcionado reconhecimento e prestigio. 

O casamento de Jorge Jesus com o Sporting é uma ligação perfeita, como são todos os matrimónios de conveniência: 

Que outro clube que não o Sporting seria o ideal para Jesus retaliar contra a afronta praticada pelo seu anterior clube? 

Ao Sporting que melhor treinador poderia contratar, como atalho para o fim de muitos anos sem títulos e para assegurar a pacificação das hostes perante o final abrupto e atribulado de uma relação com um técnico que acabava de lhe oferecer o final de um longo período sem ganhar e com o qual se havia proposto a quatro anos de coabitação? 

Ora, como é fácil de perceber pelo discurso adoptado desde a sua chegada, Jorge Jesus está de passagem pelo Sporting. Não no sentido filosófico da afirmação, mas até que surja um projecto mais adequado às suas ambições. E todos sabemos que o projecto de Jorge Jesus é ele e quem circunstancialmente lhe assegurar as melhores condições para poder vencer. 

O ideal para ambos - até pela idade de Jesus - era que Sporting crescesse com Jorge Jesus - é certo que já cresceu - para lhe poder satisfazer as ambições e ele passe a olhar para o clube não como um apeadeiro para ajuste de contas passadas, mas como uma estação de destino para o seu e nosso próprio sucesso. Como não sabemos se isso algum dia sucederá terá que ser o presidente a perceber onde os interesses do treinador e do clube são comuns e quais são aqueles em que conflituam. 
 
Já depois da publicação do post acima referido Bruno de Carvalho daria uma entrevista à SIC, na qual proferiu a frase de que me servi para titular o presente artigo, por me parecer o enquadramento adequado para este tema. Como aqui várias vezes defendi, a contratação de Jorge Jesus foi até agora a melhor medida de gestão desportiva tomada pela actual direcção. 

Afirmar isto não significa que a sua passagem pelo nosso clube não requeira cuidados apesar de, neste momento da vida do clube, o treinador ser o técnico certo na cadeira certa. Porque o que é imediatamente bom para o treinador não quer dizer que o seja para clube e tudo o que pede seja necessário para atingir os objectivos. Cabe ao clube garantir a saudável coabitação entre a formação de jogadores e o mercado, por ser essa a forma mais adequada de garantir a sustentabilidade. Por isso é que Jorge Jesus não é para qualquer presidente.

Na lista de jogadores adquiridos e dispensados para rodar há exemplos claros de boas decisões, decisões que suscitam dúvidas e outras que parecem declaradamente más. Uma das características bem vincadas em Jorge Jesus é a preferência que demonstra por alguns jogadores em detrimento de outros, sem que muitas vezes se perceba outro critério que não o facto de serem indicados por ele. Vimos algo semelhante a isto o ano passado com o circunspecto Montero e o folião Teo, nunca saberemos o respectivo custo. Vejamos alguns dos exemplos que me parecem mais óbvios:

Boas decisões:
Podence, Tobias Figueiredo, Ryan Gauld, Domingos Duarte, André Geraldes e Francisco Geraldes - Apesar dos elogios deixados e da promessa de fazer parte do actual plantel, a dispensa de Podence, talvez a mais surpreendente por causa disso, acaba por se justificar, pelo que representou o final do mercado para o plantel do Sporting. Tal como para os restantes, o empréstimo proporcionar-lhes-á espaço para jogar com regularidade em projectos com alguma qualidade, o que pareceria ir acontecer com raridade, face ao que existia e passou a existir no plantel para os respectivos lugares.

Decisões duvidosas
A dispensa de Carlos Mané seria consensual se o seu clube actual não ficasse com o direito de opção. É um jogador em nítida perda, face ao que representou o seu aparecimento com Leonardo Jardim, mas essa estagnação é normal em jogadores da sua idade, pelo que a opção de compra parece um risco. Na mesma linha ponho as dispensas de Chaby e Ponde, mesmo considerando que se  justificam. Especialmente o primeiro, por me parecer que a colocação de um jogador com as suas características e qualidade mereciam um projecto mais ambicioso. 

Fica por perceber porque Wallyson não só não teve oportunidades como nem sequer é mencionado no discurso de Jorge Jesus. Com a chegada de Elias (31 anos), e de Meli (24 anos), que se juntam a Adrien o Sporting tem agora três jogadores para o mesmo lugar. Não haveria lugar aqui para Wallyson?

Petrovic (27 anos) é um jogador que, segundo o treinador, ainda nos vai surpreender. Mas, a menos que surja alguma lesão prolongada com William, ou os árbitros continuem a olhar para ele e a ver o Maxi (4jogos, quatro cartões para William...) não vejo como tal possa vir a suceder. Mas, ainda que o sérvio venha a ter oportunidades, não veremos muito mais do que um médio defensivo muito posicional, sem rasgo para por a equipa na frente, como faz William. Não deveria ser dada oportunidade a Palhinha (ou até mesmo a Wallyson, que também faz o lugar), em nome do futuro, ao invés de investir num jogador que pouco ou nada acrescenta e que ainda por cima podia ter vindo livre há um ano? E convém lembrar que já o ano passado fomos buscar para esta posição Bruno Paulista, cuja utilidade, necessidade  bem como o preço ainda estamos para saber. 

Más decisões:
Por Iuri a rodar porque dificilmente iria jogar é uma boa decisão. Mas se Jesus pensa que Iuri Medeiros precisa de "perceber que só talento não chega, tem de crescer com aquilo que é a exigência e a pressão" não deveria ter cuidado de providenciar um projecto mais próximo da tal exigência e pressão que vai encontrar no Sporting? Ora se Iuri cumpriu com distinção o estágio anterior, não seria melhor proporcionar-lhe agora uma experiência que significasse um upgrade, ao invés do que parece mais assemelhar-se a um desterro numa das mais fracas equipas da Liga, a par da chamada de atenção pública?

Ainda no âmbito das aquisições, o Sporting acabaria por aceder a um pedido de Jorge Jesus que mais se aproxima da satisfação de um capricho. Refiro-me a Douglas, contratado ao Trabzonspor. Não está obviamente em causa o valor do jogador mas, com a actual dupla de centrais consolidada, seria quase criminoso alterá-la e quase suicidário. E, ao contrário do que muito se vem dizendo, o candidato à saída não seria Semedo mas sim Coates. 

Com a linha defensiva subida, como é comum o Sporting jogar grande parte dos jogos do campeonato, ter dois centrais pesos-pesados significaria confiar em excesso no excelente sentido posicional que ambos indiscutivelmente têm, mas ficar sem "plano B" sempre que aquele falhasse. É isso que a rapidez de reacção de Semedo oferece, o que até pode já ter valido pontos este campeonato. Esta complementaridade do jovem jogador poderia estar assegurada também por Naldo (ainda assim um excelente negócio) e a maior experiência e sentido posicional por Ewerton. 

As primeiras contas vão-se fazer já daqui a três meses, quando ficar definida qual será a porta de saída para a Europa. Qualquer que ela seja - só não é admissível pensar a eliminação total de todas as competições - trará decisões muito difíceis de tomar. A continuidade na Liga dos Campeões é a mais desejada mas pode significar apenas mais dois jogos, podendo por isso ser ponderado se faz sentido manter um plantel tão caro como dilatado, onde por isso muitos não podem jogar. A Liga Europa não dá muito dinheiro, mas este plantel permitiria sonhar alto e longe. Nessa altura muitas das coisas que agora aqui se afirma ganharão outra luz e muitas delas farão todo o sentido.

8 comentários:

  1. Acho que os empréstimos sem opção de Markovic e Joel Campbell significarão que passada esta época haverá novas oportunidades para os extremos da formação: Podence, Mané, Iuri, F.Geraldes ou Mattheus
    Acho que Wallyson comprometeu a sua permanência no plantel do clube ao falhar toda a pré-temporada. Veremos se terá melhor sorte no próximo ano.

    ResponderEliminar
  2. Em concordância com quase tudo. Creio que no caso do Iuri o empréstimo ao Boavista prende-se com a massa adepta. Os boavisteiros são muito exigentes e ele vai ter de correr atrás da bola se quiser jogar regularmente. A menos que Braga ou V. Guimarães tenham demonstrado interesse e o possível empréstimo tenha sido declinado, foi uma boa decisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Vai ter que correr atrás da bola" como estamos a falar de um futebolista, mal era. Mas isso qualquer faz.

      Eliminar
    2. Iuri, no Moreirense, deu nas vistas sobretudo por aquilo que oferecia com bola. Sem bola, não lhe era exigido assim tanto. No Boavista, os tiques de vedeta, pela exigente massa associativa, vão ter de desaparecer, se não não joga, além de que a vida na cidade também não será fácil. Não é preciso muito para um jogador no Porto ser enxovalhado na rua. Mas se se adaptar ao contexto competitivo no Bessa chegará a Alvalade preparado e será uma das figuras do Sporting a médio-prazo.

      Da Costa

      Eliminar
    3. Da Costa,

      por acaso não lhe reconheço tiques de vedeta mas sim alguma timidez e receio em assumir a sua indiscutível qualidade.

      Eliminar
  3. Excelente e equilibrada análise, Leão.

    Relativamente a Mané, creio que o comboio já passou. O objectivo passa pela sua valorização (ou não desvalorização) e, depois, vender.
    Quanto a Wallyson, espero que a opção de compra esteja num valor alto, algo incomportável para um clube de um país vendedor (Bélgica), e que tenha sido colocada por exigência do negócio e não por vontade do Sporting. A sua presença no plantel era justificada pela sua qualidade e evitaria os gastos em Petrovic e Meli.
    Existindo William, Paulista e Wallyson, Palhinha teria de rodar (e está a jogar, o que é bom, num treinador com uma boa proposta de jogo). Não existindo Wallyson, poderia ter ficado, treinando e aprendendo com William e JJ.

    O empréstimo de Iuri não se entende e é injusto. Pior ainda, ao Boavista... Já vai em 3 empréstimos... Se é verdade que Matheus esteve quase no Braga, porquê que Iuri não foi para lá? Terá sido o Braga a rejeitar?

    um abraço

    ResponderEliminar
  4. Excelente análise. Subscrevo quase tudo o que se escreve. O caso de Iuri é o que mais me custa a aceitar. Subscrevo o que dizem quer o LA quer o Cantinho. Já aqui tinha comentado o facto de na sua extensa entrevista JJ ter tido necessidade de fazer uma referência especifica a Iuri. E fê-lo de forma depreciativa. A tal necessidade de o atleta "perceber que só talento não chega, tem de crescer com aquilo que é a exigência e a pressão". Esta declaração, como tive oportunidade de comentar na altura, partiu da constatação que a maioria dos apoiantes do clube gostam deste atleta e isso, não depende da opinião que o treinador tem sobre ele. Por isso se a questão tinha a ver com aprender a lidar com a pressão e a exigência nunca deveria ter ido para o Boavista. Tratou-se de baixar alguns pontos - em exigência e em pressão - a menos que seja a pressão da luta pela sobrevivência e até por comparação relativamente ao que representou o projecto do Moreirense este é um projecto inadequado para um jogador com este valor. Parece que há a necessidade de comprovar que o jogador não é aquilo que nós, os leigos, pensamos.
    Este é o aspecto potencialmente mais perigoso - testemunhado por casos como o Wallyson e o de Mané, que já deu,como refere o Cantinho - da passagem de JJ pelo Sporting. O seu efeito, se não for contrabalançado com o peso de quem entenda que os jogadores da formação são uma área sensível e vital para o futuro do clube, que não pode depender apenas e só das opiniões e opções do treinador, acabará mal.

    ResponderEliminar
  5. Bom texto LdA

    Só gostava de acrescentar que a opção de compra que o estugarda tem sobre o mane é de 15M€, e não de euromendes, bem entendido. A ser exercida a opção, seria mais um fantástico negócio, a meu ver.

    SL

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (91) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (69) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (43) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (2) play-off (1) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (7) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (4) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)