domingo, 26 de dezembro de 2010

Porque somos do Sporting II (See you soon Mr. Alexander Ellis)

Na mensagem de Natal que deixei a todos os leitores do blogue terminei com uma das certezas mais intrigantes da minha vida: na hora de escolher um clube só me imagino Sportinguista. Intrigante por uma série de razões, que, dado o seu cariz pessoal, me tenho abstido de colocar em forma de post, embora ele esteja há muito escrito na minha cabeça e até no coração. De uma forma resumida posso afirmar que ter-me tornado Sportinguista nunca teve a ver com números de vitórias, de adeptos, por herança familiar ou por identificação regional. Ser do Sporting é mais do que tudo isso, é uma forma de estar, mesmo que nos seus piores momentos nos pareça uma noção perdida ou em vias disso. Por isso é que sustento que quem é do Sporting não podia ser outra coisa e me parece que ser de outro clube qualquer é mesmo isso: ser de outro clube qualquer, tenha muitos ou poucos adeptos, muitos ou poucos troféus, ganhe muito ou pouco.

A primeira vez que aqui falei sobre este tema foi por ocasião de uma entrevista dada pelo embaixador inglês Alexander Ellis, onde eles nos contava como se tornou Sportinguista. Alexander Ellis está de partida de Portugal e tornar-se-à em breve num dos muitos Sportinguistas espalhados pelo Mundo. Na sua crónica no "Expresso", "um bife mal passado" deixou aos portugueses um "pedido" de 10 coisas que nunca deveriam mudar no nosso País, cuja leitura recomendo. Tenho pena que a palavra Sporting não tenha sido mencionada, como fazia em muitas das suas conferências por esse País fora, como várias vezes testemunhou o Bruno Martins, editor "desta casa". Mas julgo não me enganar que voltaremos a ver Richard Ellis na tribuna ou na bancada de Alvalade, quem sabe para festejar mais um título nacional. See you soon Mr. Richard Ellis!
Esta é a entrevista da Bola a que fiz referência e que aqui publicamos em devido tempo:

Quem é do Sporting ponha o braço no ar. Sabe a data de inauguração do antigo Estádio de Alvalade? Se desconhece baixe o braço. Sugestão ridícula seguramente nem o levantou. Mas respondeu? A BOLA apresenta-lhe um adepto Sportinguista que tem essa resposta na ponta da língua. Essa e muitas mais. Venha daí conhecê-lo. Alexander Ellis podia ser um leão como tantos outros. Mas não se encontrarão assim tantos admiradores britânicos do Sporting que saibam tanto e tenham tão fortes recordações sobre os leões, a sua história, os jogos mais importantes, as suas figuras mais ilustres. E, já agora, que tenham carreira diplomática. Foi um bicho que me mordeu, justifica o embaixador, assim mesmo, num português perfeito.


Memórias de infância
Aiexander Ellis nasceu em Londres, perto de um grande templo do futebol mundial - Wembley - e a poucos quilómetros do Estádio de Highbury, palco antigo do Arsenal, transformado num condomínio de luxo. - Alexander Ellis é do Arsenal. Talvez por influência ou tradição familiar. O meu pai é do Arsenal e a minha tia é sócia vitalícia, conta, no hall VIP do Estádio de Alvalade.


Portugal e o Sporting
Gentil, cordial, elegante, sincero, combina os gestos extrovertidos com a gravidade diplomata enquanto nos conduz pelo percurso da sua vida, que o trouxe a Portugal em 1992. «Cheguei num fim-de-semana e não conhecia ninguém. Já percebia um pouco de português li num jornal que o Bobby Robson era O treinador do Sporting e que havia jogo. Fui ver e interessei-me pelo clube», recorda. Foi uma experiência incrível ver um jogo ao final da tarde, com o sol a bater no estádio e a beber cerveja. A sua professora de português encarregou-se de alimentar o interesse. «É uma Sportinguista profunda», esclarece. Depois, o «bicho mordeu» e ficou mesmo Sportinguista. Alexander Ellis evoca com admiração jogadores da época pré-Bosman., como Valckx, Balakov, Figo, Nélson, todos de «grande nível. O seu assistente da secção Política de Imprensa, Pedro Silva, pergunta: «E o Paulo Sousa?» O embaixador eleva os braços e responde: «ui, o Paulo Sousa, lembro-me muito bem (desse Verão quente). E ainda chegou a .Falar-se que o João Pinto também podia trocar o Benfica pelo Sporting. Como já se percebeu, o embaixador britânico ficou a saber muito bem quem era o tradutor de Robson no Sporking. Nem era preciso perguntar. «Mourinho, claro».


ROBSON e o 6-3
Como todos os britânicos, Alexander Ellis nutre especial por Bobby Robson. Imita o sotaque português do antigo treinador do Sporting e F.C. Porto. «João Pinto, graande jogador, graande jogador. Ainda não se conformou com a saída de Robson do Sporting. "Lembro-me bem do despedimento de Robson, depois de termos sido eliminados pelo Casino Salzburgo. Sofremos o 3ºgolo nos descontos (o Sporting tinha vencido2-0 em Lisboa, e perdeu 3-0 na Áustria, com o último golo aos 112minutos). Foi o desespero total, quase chorei.»


Mais tarde, já Robson era treinador do FC Porto, escreveu-lhe uma carta, convidando-o a vir a Lisboa para assistir a um jogo que Alexande Ellis e os amigos organizavam regularmente com a Casa do Gaiato. «Assim que recebeu a carta, telefonou-me logo. Pediu muita desculpa, porque não era possível vir a Lisboa. Era muito simpático. Tive pena por ter deixado o Sporting. Ele dizia: estávamos no piimeiro lugar, estávamos no primeiro lugar. Impressionante. Nunca tinha sido tratado assim. Em Inglaterra, a imprensa, por vezes, era dura com ele, mas nunca tinha sido despedido.» O embaixador entusiasma-se a falar de futebol. Corrija-se, dos Sporting.O pensamento segue veloz, sem rumo, e leva-o à derrota dos leões como Benfica, por 6-3. Começa por dizer que estava no estúdio, mas emenda, viu o jogo na TV em casa de um amigo, perto do estádio, num final de tarde e princípio de noite em que «chovia a potes». «Que frustração», desabafa. Mas o pior foi no dia seguinte. Provou do gozo adversário. «Entrei no carro, seriam umas sete e meia da manhã e recordo-me do locutor:Está triste? Tem problemas? Então ligue o 0800 63 63 63. Nunca mais esqueci.»


Como não esqueceu, anos mais tarde, o encontro improvável com Peter Schmeichel, quando estava de férias. Foi num supermercado em Cascais que deu de caras com o gigante dinamarquês, que acabara de chegar de Manchester. «VI um tipo enorme [abre os braços], a comprar o leite e o pão. Não era só alto, era mesmo enorme. Era o Schmeichel e percebi, nessa altura, que tínhamos hipóteses de sermos campeões» E foram mesmo. Alexander Ellis não estava em Portugal, mas acompanhou tudo à distância, em Bruxelas. Vi o jogo com o Salgueiros na televisão, com o meu bebé ao colo e um cachecol. Foi um dia glorioso, atira, com orgulho. Sempre que pode, Alexander Ellis vai ao estádio. Protegido pelo anonimato do público está mais à vontade para expressar os sentimentos. Quem sabe para dizer uns palavrões, não conseguimos confirmar. Alguns adjectivos, pouco recomendáveis, aprendeu-os «no futebol e no autocarro entre o Porto e Matosinhos a caminho da escola». Dos grandes jogos em Alvalade, escolhe o particular com o Manchester United, no dia da inauguração do novo estádio, quando Gary Neville passou um mau bocado com Cristiano Ronaldo. Na final da TaçaUEFA, contra CSKA, em 2005, estava acompanhado do sogro e lamenta a derrota por 3-2. «Foi uma pena. O golo do Rogério foi muito bom e ele esteve quase a marcar outro. Mas o CSKA tinha uma grande equipa, Daniel Carvalho e Wagner Love eram muito bons, resume.


A conversa com A BOLA, em tom informal, acaba pouco depois. Mário Casquilho, director do Museu do Sporting, e António Sousa Duarte, director de comunicação dos leões, chegam ao Hail VIP e conduzem o adepto especial numa viagem ao passado do Sporting, pelo Museu do clube. A reprodução da sala de reuniões da administração, de 1947 a 2002, logo a entrada, proporciona uma oportunidade para o embaixador fazer uso de finíssimo humor. «Foi aqui que despediram Robson?» O embaixador ficou a saber que o Sporting teve um fundador inglês (John H. Scarleti) e surpreendeu-se ainda mais quando viu que se jogou cricket no clube. O impressionante número de atletas olímpicos dos leões despertou a atenção do embaixador, quase tanto como a Taça das Taças, os Cinco Violinos ou Vítor Damas. «O museu mostra a grandeza de um clube que não é só futebol. É notável» observa, ainda antes de passar numa área em que é simulada a entrada no relvado, ao lado dos jogadores. «Olha o Paulo Bento», diz, com surpresa, quando surge a imagem do ex-treinador do Sporting. Finda a visita, José Eduardo Bettencourt esperava o embaixador. Recebeu-o em privado e ofereceu-lhe uma lembrança. O diplomata regressou à embaixada antes da hora de almoço. Ainda mais Sportinguista, arriscamos sem medo. Alexander Ellis é dos mais «ferrenhos», como ele próprio reconhece. Por exemplo, reagiu em menos de um segundo quando viu uma  fotografia da inauguração do antigo estádio de Alvalade. « Foi em 1956». Está certo. Sabia?

30 comentários:

  1. Mr. Alexander Ellis, um exemplo de dedicação a um Clube que aprendeu a ser o seu.
    Se todos nós, de uma forma ou de outra, conseguirmos fazer passar uma mensagem positiva do Sporting Clube de Portugal como este Senhor a vem passando, decerto que seremos cada vez mais grandiosos.
    O Sporting Clube de Portugal é muito mais do que uma equipa de futebol como tantas vezes nós queremos passar essa mensagem. O nosso Sporting é mesmo aquele dos Campeões Olímpicos, Europeus, Mundiais, das 22 competições de Clubes ganhas em quatro modalidades diferentes, etc...
    Sei que isso não vale tudo para dizer só bem e eu sou dos que discordo bastante da "linha" que foi seguida nos últimos 15 anos, mas concentremo-nos no essencial e sigamos a filosofia de Mr. Alexander Ellis. Será pedir muito?

    ResponderEliminar
  2. "O Sporting Clube de Portugal é muito mais do que uma equipa de futebol como tantas vezes nós queremos passar essa mensagem. O nosso Sporting é mesmo aquele dos Campeões Olímpicos, Europeus, Mundiais, das 22 competições de Clubes ganhas em quatro modalidades diferentes, etc..."

    Isso não conta para nada, querido amigo Juvenal.
    Neste paíszinho futeboleiro, prefere-se "cu-mentar" os Onzes do ano do L´Equipe, as equipas ideais da UEFA, analisar que jogadores dos campeonatos centro e sul americanos entrariam de caras nos titulares de Alvalade, etc etc etc.

    Ecletismo?!?!?
    Isso come-se?

    ResponderEliminar
  3. 23 Pai da Leoa, em 5 modalidades diferentes ...
    24 no fim desta época, em 6 modalidades diferentes, no que do Futesal depender ...

    14 Taças dos Campeões de Cross (12 das quais conseguidas com 2 hexas).
    1 Taça dos Campeões de Pista.
    - Único clube europeu campeão da Europa em ambas.
    1 Taça dos Campeões de Hóquei.
    1 Taça CERS de Hóquei.
    3 Taça das Taças de Hóquei.
    - Único clube europeu campeão da Europa nas três.
    1 Taça das Taças de Futebol.
    - Único clube português a possuí-la, desde 1964 e para sempre, quando as que os outros têm nós podemos muito bem ganhá-las, assim tenhamos competência para tal ...
    1 Taça Challenge de Andebol.
    - Único clube português a possuir uma competição europeia de Andebol.
    1 Taça da Europa de Pool por equipas, em 1999.
    - É esta que o clube não contabiliza, não sei porquê.

    Este ano, Footsal ect coiso e tal, acreditemos.
    Mesmo sem o Futesal somos o único clube da Europa a ter ganho competições europeias em 5 modalidades diferentes, e não somos portanto um dos 3 clubes da Europa (juntamente com Barcelona e CSKA) a ter ganho 4, como o clube diz.

    E já agora sobre isto que o clube diz e não diz, e porque não me canso da questão:
    O Sporting tem 22 campeonatos nacionais ganhos.
    Menos 5 que o Porto.
    Menos 10 que o Benfica.
    Assim sendo não sei porque é que o clube há-de na sua página oficial dizer que tem 18.

    Sítio da FIFA, com os 22 campeonatos ganhos até hoje, aqui.

    Isto é algo que todos os blogues deviam ter escarrapachado num sítio qualquer das suas páginas frontais. Isto dos 22 campeonatos, já que há cada vez mais gente a informar-se sobre futebol e sobre os seus clubes na blogoesfera, e não na imprensa desportiva. Era uma excelente forma de educar todos os sportinguistas e os adversários que os blogues do Sporting visitam sobre esta particular matéria.

    Fica a sugestão ...
    Feliz Ano Novo.

    ResponderEliminar
  4. MM,
    Também eu desconheço o facto de sermos vencedores da Taça da Europa de Pool em Bilhar.
    Sei sim que fomos vice-campeões europeus nas três tabelas por duas vezes. No entanto, o Henrique (Pai da Leoa), uma enciclopédia leonina na verdadeira acepção da palavra saberá disso melhor do que eu.
    É muito bom saber a forma como vives o Sporting e o estudas.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  5. Juvenal;

    o vice título europeu de 3 Tabelas, já marchou para Alvalade, 3 vezes.... preferia um 1º lugar... numa única ida à final.
    E numa das vezes, um sacana dum Set, a desempatar...
    Tb desconheço esse título de Pool...
    ...mas irei investigar.

    ResponderEliminar
  6. Atenção, mais uma ves alerto:

    fomos o 1º clube a ganhar as 3 taças europeias de Hóquei...
    ...1984, com a vitória na CERS.
    Mas depois disso, masi 2 portugueses (FCP e Óquei de Barcelos) e 4 espanhóis (Noia, Voltregá, Liceo e Barcelona, em 2006), juntaram-se a este restrito grupo.

    ResponderEliminar
  7. De facto, apanho essa referência em alguns "sítios"... como tb encontro um título desses, no FCP, já na gestão Pinto da Costa.

    Mas gostava de ver a lista de vencedores, publicada no Site da federação europeia respectiva...

    ResponderEliminar
  8. Henrique,

    Viste naquele estudo do João Aleixo? Dá uma olhadela a ver se encontras, sff

    ResponderEliminar
  9. Ele não tem lá "Europa do Pool"...
    ...o Aleixo até valoriza os lamps.... eheheheheh...
    ...é que os títulos europeus de estrada, são OFICIOSOS!!!!
    Certo, Sr. Juvenal?

    (deveria estar elucidado tal nuance)

    ResponderEliminar
  10. http://www.centenariosporting.com/index.php?content=2112

    http://www.fpbilhar.pt/site/index.php?option=com_content&view=article&id=180&Itemid=322

    MM

    faço minhas as palavras do amigo Juvenal

    abraço

    Todos

    continuação de boas festas

    ResponderEliminar
  11. Deveria estar elucidado Henrique,

    Só que com umas obras em casa, essa e outras relíquias leoninas, caput...

    Deixo para ti esse "trabalho" de sapa. És o Mário Casquilho da era moderna ;-)

    ResponderEliminar
  12. Campeonato da Europa de Pool masculinos por equipas – 1999
    S.C.P. – Medalha de Ouro


    Mas está lá, de facto...
    ...que representará isto?!

    ResponderEliminar
  13. http://www.sporting.pt/Modalidades/OutrasModalidades/Bilhar/bilhar_palmaresinternacional.asp

    Ainda que no palmarés no Site do Clube, falte o vice título europeu de 2005, passamos em 1999 e não vemos o "tal título"...
    ...que raio de confusina que se gerou...
    ...e ainda bem...

    ...tb serve para provar (mais uma vez!), que para além do futebol, é difícil compilar dados, do que quer que seja!!!

    Ainda estou para validar os títulos femininos do CFB, ao Ar Livre (Atletismo).

    ResponderEliminar
  14. Henrique
    Que ganhámos é uma verdade irrefutável. Se será ou não oficial em termos de federação europeia de bilhar não sei. Mas acredito plenamente que sim.
    Posto isto, e porque andamos sempre a aprender, vamos lá à sexta modalidade este ano. Força Futsal!

    The Cure

    Grande abraço e boas festas

    ResponderEliminar
  15. representará que canta lá mais uma amigo piscinas :)

    ResponderEliminar
  16. a minha dúvida é a seguinte:

    Campeonato da Europa de Pool individual masculino – 1999
    Pedro Grilo – Medalha de Ouro

    Campeonato da Europa de Pool masculinos por equipas – 1999
    S.C.P. – Medalha de Ouro

    isto no conjunto é apenas um título ou dois?

    ResponderEliminar
  17. Atenção: não é querer dizer que o que os outros dizem está errado, mas mesmo estando em Sítios leoninos, há que validar...

    ...é que infelizmente, mesmo às vezes em publicações do Clube, há erros gritantes.

    E se às vezes, nos tiram títulos/vitórias, haverá tb cenas a mais...

    ResponderEliminar
  18. Aproveito a ocasião para mandar um abraço aos ilustres visitantes, enquanto faço o "trabalho de casa" para o dia de amanhã e assisto à vossa interessante discussão.

    ResponderEliminar
  19. Leão de Alvalade,

    Continua no "trabalho de casa" e acima de tudo na continuidade deste blogue bastante bem frequentado e com discussões elevadas de sportinguismo.

    Grande abraço para ti e para o teu puto

    ResponderEliminar
  20. LdA

    Que alegria teria o Juvenal se visse o teu jovem a jogar pelo Sporting. Era uma alegria dupla.

    ResponderEliminar
  21. Fiz uma pequena & rápida pesquisa (com o meu amigo Casillero Del Diablo)e constantei o seguinte. As minhas humildes desculpas por possíveis incorreções.

    No ano de 1999 tivemos as seguintes proezas:

    Atletismo
    Rui Silva - Campeão da Europa dos 1 500 metros (Sub-23)
    Francis Obikwelu - Campeão de África dos 200 metros
    Inês Monteiro - Campeão da Europa de Corta-Mato (juniores)

    Bilhar
    Sporting - Campeão da Europa de Pool Equipas
    Pedro Grilo - Campeão Europeu de Pool Individual
    Campeonato da Europa, Três Tabelas
    Jorge Theriaga (medalha de bronze)e Prata na Taça do Mundo de Bilhar às Três Tabelas

    Ginástica
    Rita Costa - Campeã do Mundo de Duplo Mini Trampolim

    Natação
    José Couto - Campeonatos da Europa, 200 metros bruços (medalha de prata)
    Campeonatos da Europa, 100 metros bruços (medalha de bronze)

    ps - os 22 títulos que o MM fala são com os 4 campeonatos de Portugal, certo? (18+4)

    ResponderEliminar
  22. Juvenal, TheCure,
    Devolvo os abraços e agradeço essa informação sobre o Hóquei. Desconhecia que existiam mais clubes europeus a ter ganho as 3 competições. Seja como for podemos na modalidade gabarmo-nos desse facto (mesmo sem sermos os únicos) e de termos ainda o recorde de goleadas europeias (33-1), tal como no Futebol de resto, embora no futebol tenhamos os recordes europeus de goleadas jogando fora (9-1) e em casa (os famosos 16-1). Isto é brutal, se considerarmos que são recordes na Europa, contabilizando todos os clubes da Europa, sendo que esses recordes comparam-nos com os maiores da Europa e não com rivais internos.

    Sobre a Taça da Europa de Pool, 1999 sim. Está lá no museu de Alvalade. O porquê do clube não contabilizá-la também não sei. E sim são títulos distintos: o individual do Pedro Grilo não serve para este tipo de somatório. Apenas servem os títulos por equipas. Se fossemos aos títulos individuais tínhamos pano para mangas uma vez que somos o clube no mundo com mais atletas que ostentam títulos de campeões mundiais. Serviria para o Theriaga também, não apenas para o Pedro Grilo, e no Kick-Boxing para o Francisco Fernandes, para 2 ginastas que na década de 90 também se sagraram campeões da Europa e do mundo, o João Pina claro ainda agora e centenas de outros. No Atletismo então é um fartote.

    Mas sobre os títulos europeus por equipas sejam eles 23 ou 24 estamos muito longe dos 2 primeiros da Europa: Barcelona e Real. O Barcelona tem 54 ou 55 salvo erro, o Real não faço ideia, e em 3º nesse pódio europeu estamos nós.
    Já agora uma coisa mais, quando se falam nos também famosos 14000 títulos que nos deixam em 2º lugar dos mais titulados clubes da Europa estamos apenas a falar de títulos em equipas seniores femininas e masculinas. Não estão contabilizados títulos individuais ou títulos dos escalões de formação.
    Enfim, brutal. Deve ser a milésima vez que escrevo isto mas termino sempre da mesma forma: simplesmente bru-tal. E falo em 14000 porque tenho sérias duvidas que os 20000 que o clube fala no sítio oficial sejam verdadeiros, isto porque estes 14000 são oficiais, fechados até ao fim da época desportiva do Centenário. Ora, 6 mil títulos em meia dúzia de anos ... duvido. Mas lá está, é como os 18 campeonatos nacionais, imprecisões decerto.
    Mas esta repito, é imperdoável, que o próprio clube conte 18 títulos nacionais e não os 22 que ganhou até hoje.

    ResponderEliminar
  23. TheCure,
    Sim perdão, escrevi esse comentário enquanto escrevia o seu. São com os campeonatos de Portugal que devem obviamente ser contabilizados porque era a prova que apurava o campeão nacional. Se apurava o campeão nacional têm de ser contabilizados: o argumento de separação das provas com base no formato da competição (a eliminar) não faz sentido nenhum porque há campeonatos europeus que já se jogaram em formato ora de liga ora de play-off e nem por isso se começaram as contagens de títulos do 0. Amanhã se a liga portuguesa tiver um regime qualquer de play-off para se apurar o campeão não vamos evidentemente recomeçar nova contagem de títulos. Porque o argumento é só mesmo esse: o campeonato de Portugal jogar-se a eliminar. Se o argumento é esse: tem de ser desmistificado. Não temos de andar a repetir idiotices só porque os jornais as vendem.
    E ainda que a FIFA não contasse os campeonatos de Portugal a conversa seria a mesma mas, que a FIFA os contabilize devia - digo eu - ser suficiente para que não andássemos a repetir baboseiras. Mas isso lá está, as coisas em Portugal são como são e parece que nunca mudarão. No futebol e em tudo.

    ResponderEliminar
  24. TheCure,
    Estava a olhar para essa mini-lista e confesso que não olha para ela há muito (a lista completa de onde tirou esse segmento desse ano) mas, salvo erra nela pode ver que foi em 1988 - o duplo título europeu e mundial do Theriaga. Não tenho a certeza mas anda por aí. E depois repete-o, acho, 1 ou 2 anos depois. Essa lista é impressionante, vou tentar buscá-la novamente, não me lembro já onde a consultei.
    Lembro-me também certa vez de ter consultado não sei já onde a lista que oferece a relação dos 14000 títulos. A lista oficial. E infelizmente não me lembro do autor também. E nessa lista (essa = 2ª que falo, não essa em que estão ano por ano os maiores títulos individuais e por equipas) está lá também explicado o conteúdo: apenas títulos por equipas femininos e masculinos, sem escalões de formação e sem contagem de lugares de vice-campeão, finalista vencido ou troféu de participação em amigável.
    O Carnide contabiliza-os por exemplo, na sua lista de títulos. Enfim, ridículos, lol. Até as Eusébio Cups lá metem. Ai Carnide Carnide ...

    ResponderEliminar
  25. é pertinente essa observação dos campeonatos nacionais e acaba até por ser caricata.

    Ainda este mês a CBF (confederação brasileira de futebol), promoveu um evento em que tornou oficial a unificação dos títulos brasileiros.

    Partiu de um trabalho elaborado por um jornalista de investigação (a pedido de vários clubes brasileiros), posteriormente aceite pela CBF.

    Foram oficializados os campeões de 1959 ate 1970!

    Como é lógico houve muita polêmica, mas todos os dados foram comprovados.

    Santos e Palmeiras, com oito títulos cada, são os maiores campeões brasileiros da história

    ResponderEliminar
  26. LdA,
    O Embaixador Alexander Ellis tem ADN sportinguista. Adquiriu-o mais tarde do que todos nós, já em Portugal, mas bem a tempo de se tornar um dos nossos.
    Acho que num próximo doutoramento vou apostar na sociologia e tentar investigar o que configura esse sentimento indefinível (porém plenamente existente) chamado ADN sportinguista. Acho que é um projecto com pernas para andar.
    Abraço

    ResponderEliminar
  27. A vitória fora, na Taça UEFA 86/87, foi de 9-0, na Islândia. Não sofremos nenhum golo.

    ResponderEliminar
  28. Ainda que com quase 2 anos de atraso só hoje vi este post ...

    Por isso aqui vai ...

    Também tenho andado a investigar a respeito do Título Europeu de Pool mas o que é certo é que a respectiva federação europeia tem um site do mais fraco que existe e não tem uma simples lista de vencedores ...

    Num comentário atrás alguém escreveu:
    "Sobre a Taça da Europa de Pool, 1999 sim. Está lá no museu de Alvalade"

    É mesmo certo isto?

    A Taça existe e está no Museu Mundo Sporting?

    Saudações Leoninas

    AP

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (5) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)