terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Viver à altura de um lema



Viver à altura de um lema: “Esforço, Dedicação, Devoção e Glória... Eis o Sporting” 

Agradeço o amável convite que o Leão de Alvalade me fez para compartilhar convosco algumas ideias sobre o Sporting neste espaço de excelência.

No princípio da década de oitenta, era eu pequeno, comecei a praticar ginástica no Sporting; como vivia ali ao pé frequentava assiduamente o Estádio, via treinos e meetings de atletismo em que brilhavam atletas como Fernando Mamede e Carlos Lopes acompanhados de perto pelo Prof. Moniz Pereira, conheci campeões como Pedro Miguel Moura do ténis de mesa, bem como muitos outros atletas que, mais ou menos anonimamente, tinham um enorme orgulho em envergar o símbolo do Leão rampante. Mas o futebol sempre fez com que o coração batesse mais forte e nesse capítulo tive o privilégio de conhecer o Senhor Travassos, uma das lendas do nosso clube. Junto à 10-A esperei e incentivei os nossos jogadores e do campo guardo na memória momentos épicos protagonizados pelo nosso grande capitão 'Manel' Fernandes, Jordão, Oliveira, Damas, Oceano, Pedro Barbosa e outros mais.

Porém, o clube foi mudando para pior, com o projecto Roquette – recheado de boas ideias, mas eivado de más práticas – passámos da mais forte associação multi-desportiva do país para um conjunto de sociedades comerciais dispendiosas, fracas e banco-dependentes. O nosso património foi dissipado, as eleições tornaram-se uma miragem e o ideal do clube foi posto na prateleira até ao momento em que o projecto rebentou estrondosamente e colocou o clube na unidade de cuidados intensivos, impondo a todos os que amam o clube o dever de zelar por ele em domínios que estão muito para lá da paixão (“engenharia” financeira, questões legais e
politiquices).

Apesar do ecletismo ser, justamente, um dos maiores orgulhos do Sporting, devendo continuar a sê-lo, não podemos escamotear a circunstância do futebol ser o motor do clube. E o futebol em si mesmo é um jogo simples, mas o facto de ser jogado por homens introduz-lhe tantas variáveis quantos os seus participantes, dentro e fora do relvado. Há variáveis que não controlamos e outras que um verdadeiro sportinguista nunca quererá controlar, mas há pontos em que, sejam quais forem as variáveis, tornam a segurança nos bons resultados uma realidade mais próxima.

São eles:

Liderança: um bom líder é fundamental para reconhecer e reforçar as virtudes de todos, se for um óptimo líder até consegue fazer das fraquezas pontos fortes; a selecção de líderes intermédios e de topo tem de ser criteriosa, devendo recair, preferencialmente sobre sportinguistas, que reúnam algumas características fundamentais: experiência, sabedoria, ética e carisma. Diga-se de passagem que no momento e de acordo com estes critérios, nenhum dos três responsáveis pelo futebol do clube ficaria no seu posto;

Ética: se há um elemento que faz parte do ADN do Sporting e que deve continuar a fazer é uma firme postura ética e de fair play, mas isso também implica não compactuar com quem desvirtua o futebol e o desporto em geral através de métodos indignos. O desporto sem ética não passa de um espectáculo encenado e quem anui directa ou complacentemente com isso torna-se cúmplice dessa farsa;

Competência: devemos exigir a máxima competência de quem enverga o nosso símbolo, fomentando a exigência faremos com que atinjam o seu máximo, que é o mínimo que se deve pedir a quem tem a honra de envergar o Leão rampante, símbolo com 104 anos de história com muitas páginas de ouro do desporto português;

 e finalmente,

Estratégia: há que definir estratégias claras para o clube; no caso do futebol, há muito que concordo com o modelo defendido por alguns sócios (como o PLF), que preconizam que ao formar dezenas de jovens em diferentes escalões com um determinado modelo de jogo, este deveria estender-se até à equipa principal (veja-se o maravilhoso trabalho do hóquei). Por sua vez, a equipa principal apenas deveria ser enriquecida com a contratação de jogadores que, após sinalização e criteriosa observação pelo clube, encaixassem no seu modelo de jogo. A própria escolha do treinador tinha de ter como condição o respeito, ainda que parcial, por esse modelo de jogo.

O texto já vai longo e peço que me desculpem se vos maço. Mas sou sócio há vinte e três anos, a minha filha também é sócia e tento pensar sob que critérios é que devo avaliar quem está, ou quer estar à frente dos destinos do nosso clube, do nosso grande amor. Este é o resumo das minhas ideias, mas só com o nosso esforço, a nossa dedicação e a nossa devoção podemos atingir a glória. A solução está no lema e cabe-nos a nós cumpri-lo -não temos o direito de nos intitularmos Leões se não tentarmos.

Saudações Leoninas.

10A / Pedro Ruivo

11 comentários:

  1. Grande texto, muito perto da ideia passada aqui: http://sportingatmorrer.blogspot.com/2010/12/porta-10-que-falta-fazes-ao-sporting.html

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  2. Permitam-me que corrija o nosso lema para um:

    ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLORIA … ERA O SPORTING!!!

    Assim parece-me estar mais actual e de acordo com aquilo que a actual direcção faz a cada dia que passa.

    ResponderEliminar
  3. C'um catano! Que ainda hoje se falou na lendária 10A na cx de comentários!!! Ainda dizem que não existem premonições e pressentimentos... Só coincidências! Dá que pensar…

    Caro Pedro Ruivo:

    Começo por dar-lhe os parabéns pelo seu sublime, assertivo e pertinente post e agradecer a sua participação.

    De seguida faço notar a imagem que encima o post com a mítica porta 10-A 'espetada' contra uma parede do novo estádio… A porta 10-A não era suficientemente 'modernaça' para se adaptar à entrada mais nobre do novo estádio?… Melhor metáfora, representativa da intolerância actualmente existente nos OS do SCP face aos seus representados, da transformação do SCP de uma “associação multi-desportiva” numa amálgama de sociedades fracas, da importância que os sócios outrora tinham e agora nem uma salinha condigna possuem para se reunirem informalmente e debater, viver o clube no seu próprio Estádio (que está cheio de modernices mas não tem alma nenhuma), da separação entre o saudoso passado e o terrível presente do nosso enorme clube, que arrisca de forma insana o seu futuro… Dizia eu, que dificilmente melhor metáfora poderia existir: quantas e quantas vezes muitos de nós sentimos que estamos a falar prá parede? Pois esta imagem transmite-me na perfeição tal sensação. Até a horripilante cor de fundo (cor da parede), está desfasada das tradicionalmente associadas ao SCP.

    Quanto à mensagem transmitida pelo texto do post, devo dizer que me revejo totalmente e que, cumprindo com a minha parte, tento cumprir com o nosso lema da melhor forma que me é possível.

    Gde abraço e muito obrigado pela excelente contribuição. Não apenas ao ‘ANorte’, mas essencialmente aquela que continua a dar ao Sporting Clube de Portugal! Sem duvida que o SCP continua a ter quem o Ame desmesuradamente. Hoje tivemos neste post mais um exemplo.

    ResponderEliminar
  4. Caro Pedro Ruivo,

    Antes de mais obrigado pela excelente contribuição para o "A Norte".

    Um breve comentário: é incrível como analisando os pressupostos enunciados (Liderança, Ética e Competência) e comparando-os com o estado actual do Clube e de quem o representa, sentir que a distância entre eles é gigantesca.

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Pedro (10A)

    renovo os agradecimentos pela amável colaboração com este espaço que se pretende plural. Nesse sentido, e como poderás testemunhar, não te foi sugerido, como nunca o foi a ninguém nas mesmas circunstâncias, qualquer tema ou agenda que não fosse falar do Sporting.

    Não sabendo assim o que terias escrito, foi com muito agrado que fui desembrulhando os parágrafos deste teu excelente texto, que prima pela clareza de ideias.

    Tantas vezes se diz que por estes lados (a blogosfera) só de diz mal e nada se contribui em concreto. O teu texto, como de alguns outros, desmentem quem assim fala, embora, como bem sabemos, de pouco valha. Que o lessem ao menos.

    Este texto chegou por isso numa altura precisa. O Sporting já conheceu, ao longo da sua vida mais que centenária, momentos de menor pujança e fulgor e terá sido com certeza quando se voltou para si mesmo, para o seu lema, que se terá reencontrado com o seu caminho.

    Julgo que é isso que hoje que, de forma ponderada e sábia, nos propões como reflexão e como projecto de acção.

    Afinal "só" precisamos de ser o que sempre fomos para chegar até aqui e ter escrito a história que escrevemos.

    Mais uma vez obrigado.

    ResponderEliminar
  6. LdA, Virgílio, JVL,
    Só agora consegui vir visitar o "ANorte" e agradeço imenso a oportunidade de compartilhar algumas ideias suscitadas pela minha memória e por conversas, discussões e reflexões sobre o nosso passado e sobre as nossas reais necessidades no presente e para o futuro.
    Como bem aponta o Virgílio a mítica 10A está emparedada e essa circunstância espelha bem a situação actual do Sporting, estamos à espera de ser resgatados do sítio onde nos penduraram...
    Não acredito em "sebastianismos", mas acredito que o Sporting tem nos seus associados quem, reunindo uma equipa com as qualidades que apontei, se possa apresentar a sufrágio e resgate o nosso clube do marasmo em que o tentam afogar.

    Sportinguista,
    Obrigado pelos elogios.

    Brunus,
    Só será tarde demais para reviver o lema quando o último Leão cair.

    ResponderEliminar
  7. 10A, quando o último Leão cair, outro se levantará!

    Agradeço a participação, bom post, as características de que fala são fundamentais sem dúvida e estão retratadas de forma clara.

    Infelizmente não são detectáveis à priori mas sim pela prática, diria que é bastante difícil entrar as 4 juntas, é mais vulgar encontrar só 2 ou 3.

    Destaco do seu texto, a recusa de um D. Sebastião e a necessidade de formar uma equipa. Hoje no Sporting não reconheço equipas, e isso afecta o clube transversalmente, nos profissionais, nos adeptos, nos sócios, nas claques, nos dirigentes.

    ResponderEliminar
  8. A blogoesfera leonina tem o condão de reunir uma espécie de mescla heterogénea mas harmoniosa porque fazedora de sentido apesar de toda a sua fragmentação da genuína, capaz, intelectualizada, felina, feroz, verde, e branco, e preta, e Stromp pensamento anónimo, 500% sportinguista, sofredora, porque apaixonada, clara, porque verdadeira, espírito / reflexão e experiência leonina.

    É a capaz, anónima e inesgotável alma verde-e-branca. Inteligente, e portanto superior, mas amável, conscienciosa, preocupada - com o Clube acima de tudo - mas também com o mundo, e seus costumes.

    "Há variáveis que não controlamos e outras que um verdadeiro sportinguista nunca quererá controlar", isto é muito muito belo, e bonito, e sportinguista.
    Controlemos todas as outras, virá o dia tenho a certeza. O dia em que dono do seu futuro, consciente da sua grandeza, tranquilo na sua diferença, crente no seu método próprio (o método PLF, de ora em diante sempre que queira fazer referência ao "futuro do Sporting" socorrer-me-ei da tríade artigo/substantivo/sujeito: "o método PLF"), o Sporting dará entrada ao seu reino e sentar-se-á no seu trono.
    E nesse dia nós, anónimos, mas melhores, seremos os seus supremos guardiões, porque voltaremos todos a Alvalade.
    Em corpo, os que estão ausentes.
    Em espírito, os que estão descrentes.

    O Sporting é o melhor, mais forte e mais fino Clube desportivo do mundo, e o Pedro Ruivo é uma amostra disso. Mais uma, de entre centenas e milhares. E naquela imagem, outra está. O dia virá em que a Porta 10-A voltará a ser movimentada porque o lugar dela é ao nosso nível e não pregada numa parede. Que eu saiba o Sporting não é (e nunca será) um quadro disposto em museu para o qual olhamos a partir de baixo com saudade. O Sporting está vivo e é um sonho diário, e para esse sonho concretizar-se não basta "o método PLF", o bikini da Mafalda Hilário, uma bola, um disco, uma rede, uma bicicleta, um stick, o João Benedito, o Cardinal, o João Pina, o André Santos e o Adrien, o João Pinto e o Bosko Bjelanovic, o Vukcevic ou o Vladimir Petric, o Paulinho e todos nós. Não.
    Aquela porta é também precisa.
    Cá em baixo, no lugar dela.

    ResponderEliminar
  9. LMGM,
    "quando o último Leão cair, outro se levantará!" That's the spirit! :)

    "Infelizmente não são detectáveis à priori mas sim pela prática, diria que é bastante difícil en(con)trar as 4 juntas, é mais vulgar encontrar só 2 ou 3."
    Efectivamente, a detecção daquelas características não pode ser feita a priori e um dos mais graves problemas é que, desde logo, nos faltam "candidatos" em quem pudéssemos, pelo menos, intuir a presença de tais características. Se encontrássemos duas ou três nos nossos dirigentes e nos candidatos putativos já ficava bastante menos inquieto com o presente e com o futuro do clube.

    No que se refere à questão do trabalho de equipa ele parece-me ser de facto fundamental. A minha recusa de sebastianismos assenta não só numa aversão natural a "homens providenciais", mas também no pressuposto que o Sporting é ingovernável por um homem só, pois apesar da direcção ter de ser liderada por alguém que possa corporizar esse espírito, só um apurado trabalho de equipa poderá permitir uma "governação" efectiva do Sporting.

    MM,
    Muito me honram e agradeço os elogios de alguém que eu gosto imenso de ler na blogosfera leonina.
    Permito-me destacar uma frase do comentário: "O dia virá em que a Porta 10-A voltará a ser movimentada porque o lugar dela é ao nosso nível e não pregada numa parede." Que esse dia chegue depressa, era um sinal que estávamos de volta ao bom caminho.

    ResponderEliminar
  10. 10A/Pedro Ruivo

    Os meus agradecimentos e felicitações pelo brilhantismo que acrescentaste ao “A Norte”, felicitações extensivas ao LdA pela sabedoria com que escolhe os convidados.

    Sob o ponto de vista moral e ético estou completamente de acordo contigo.

    Por tudo o que já percorri na vida consigo pensar diferente do que é a utopia do mundo ideal. Também eu gostava que os vencedores fossem os que se regem pela Liderança, Ética, Competência e Estratégia. Mas se olhares à tua volta vês que quem segue os princípios enunciados não consegue vencer. Os que brilham como vencedores são os corruptores, os que se movem no meio do lamaçal, os “padrinhos” que dirigem o bas-fond onde tudo o que é ilegal se cruza: contrabando, droga, prostituição, compra de favores políticos, de justiça, jornalísticos e tudo o mais que possa libertar dinheiro e funcionar como máquina de lavar de dinheiro sujo, e do qual o negócio do futebol é parte integrante.

    Tudo isto para te dizer o quê? Que por muito boa Liderança que o Sporting tenha, Competente, com uma Estratégia bem definida segundo os princípios da Ética, devido ao actual estado do futebol em Portugal (e não só), sozinhos, não conseguiremos ganhar nada. O Futebol português perdeu a sua grande oportunidade de se libertar da máfia que o controla já vai para 30 anos quando o processo Apito Dourado foi abortado. Só vence quem se mete dentro do sistema e, ou tem o controle e ganha tudo o que quer, ou quem se contenta com pouco, e vai recebendo umas migalhas.

    E o Sporting, já dando de barato se existe Liderança, Competência e Estratégia (que eu penso que não, pelo menos em quantidade suficiente) está cada vez mais afastado dos centros de decisão, os seus dirigentes são anjinhos de mais, e mesmo quando se querem aproveitar do embalo dos outros não tiram proveitos que mereçam a pena.

    O Sporting está sozinho (e encurralado) a lutar contra dois blocos comandados por andrades e índios, com os seus satélites atrelados, que se digladiam para rentabilizarem os milhões que vão investindo nas suas equipas.

    E enquanto prevalecer este estado de coisas o Sporting não vai conseguir ganhar nada, por muito boa gestão que houvesse, mas que infelizmente não há.

    Hoje estou pessimista…

    ResponderEliminar
  11. 8,
    Eu sou um felizardo por estar entre leões que cujos ideais coincidem com os meus. Obrigado.
    Quanto ao comentário, eu não acho que seja pessimismo é mesmo realismo, a questão é que eu acho que temos sempre de desejar o céu, ainda que tenhamos que nos contentar por ficar no cume da montanha.
    Indo ao encontro do comentário, o problema é que me parece que não estamos apenas entre dois blocos, mas sim entre três, por um lado os andrades, por outro as galinhas e finalmente, o mais perigoso deles todos, os estilhaços resultantes do rebentamento do 'projecto' que geraram esta direcção / comissão de gestão da dívida.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)