quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Sporting, um clube a que nada nem ninguém serve

Este post nasceu durante o passado fim de semana, quando lia a noticia do convite efectuado por Godinho Lopes a Figo, com o objectivo de o tornar numa espécie de embaixador do clube na internacionalização e expansão das Academias e, por essa via, da marca Sporting. Duvido que se venha a concretizar, pois não me parece que tal actividade seja compatível com o cargo de dirigente do Inter de Milão com funções e objectivos semelhantes. Mas, para lá de Ronaldo, não vejo quem melhor do que Figo pudesse, nessa área em concreto, servir melhor os interesses do Sporting. 

Mas, se por um acaso qualquer, Figo encontrasse uma forma de retribuir o que o Sporting lhe deu, como é que isso seria aceite pelos adeptos, foi a pergunta que de imediato me ocorreu. Numa larga franja provavelmente mal. Também eu tenho presente ainda a forma como saiu do clube, preocupando-se apenas com os seus interesses, esquecendo-se do clube que o formou. E já não tinha gostado que tivéssemos tido que o ir resgatar ao outro lado da segunda circular, ainda nos seus primeiros anos de júnior, por um compromisso assumido de forma precipitada. 

Mas se esta fosse a forma de ex-jogador e clube se reencontrarem  e estabelecerem uma relação mais profícua, faria sentido opor-me, relevando apenas o que foi negativo em todo o processo e, sobretudo, impedindo o clube de progredir e retirar vantagens da associação com uma das suas melhores bandeiras de clube formador, considerado, ao seu tempo, o melhor jogador do Mundo? O Inter, onde Figo apareceu já no final da sua carreira e potencial,  não pareceu estar tão preocupado com as origens do jogador e não me parece que estejam menos preocupados do que nós com a sua identidade e com os valores do clube.

Veja-se o caso de Jefren, ontem completamente grelhado por causa de uma fotografia que me parece retirada de forma oportunista do contexto para causar o efeito que causou. Por norma insurgimo-nos quando os média nos tratam com falta de respeito, mas desligamos o sentido critico quando nos colocam  um prato como este pela frente, portando-nos como vulgares "vigilantes". Preferiu-se valorizar um episódio de contornos e até de ética muito duvidosos de quem deu a foto à estampa (com as máquinas actuais qualquer um pode ser apanhado a dormir, basta que baixe ou feche os olhos) e esqueceu-se o que devia ser relevado como um exemplo do que os jogadores estão dispostos a dar pelo clube: Pranjic, que jogou nove minutos com uma costela partida.

Não sei se os exemplos tomados sejam o melhores, mas julgo que esta temática representa um pouco o que é o Sporting actualmente: cheio de conflitos interiores, dissensões, com muito enfoque no "eles" e no "nós", de valorização de tudo o que é negativo. O "nós" somos os que ganhamos e é por causa "deles" que perdemos". "Nós" fomos os que nascemos num berço verde e branco e abençoados pelo divino espírito santo leonino, "eles" são os bastardos. Já nem o passado nos parece ser comum: "Nós", queremos o Sporting de volta, ganhamos uma Taça das Taças e enchemos a sala de troféus do Museu, "eles" perderam uma final da UEFA, "eles" estão a acabar com o clube.

Não é fácil ser Sportinguista por estes dias. A amargura causada pela falta de êxitos desportivos vai produzindo os seus efeitos na forma como olhamos o clube e a realidade envolvente não nos é favorável:

Se olhamos para o FCPorto vemos um clube que vive o melhor dos seus anos e que não voltarão a repetir-se. O SLB, que gasta muito mais do que nós e que nem por isso ganha mais, vive reconfortado com os êxitos do passado, pelo número dos seus adeptos, que lhe proporciona uma auto-estima que nem sempre a realidade justifica. E à perna temos o Braga, para quem, nesta fase da sua vida tudo é êxito. Há 4 anos íamos à Liga dos Campeões com pesar, porque era por causa do segundo lugar. Hoje eles desfrutam e são elogiados. Perderam uma final da UEFA e a cidade parou em festa. Um luxo que não nos podemos permitir ante uma derrota, e justificadamente, pois não somos o Braga, daí a depressão em 2005. Mas era necessário começar tudo de novo?

O mesmo podemos dizer dos jogadores. Quantos não prestavam e agora são convocados para a selecção nacional? Por isso desconfio sempre dos se lembram hoje que a formação é caminho. Provavelmente nunca levantaram um dedo para defender a permanência de Custódio ou Viana e são os que deixam cair Carriço, Pereirinha, André Martins e falam sempre dos que hão-de vir, mas nunca dos que estão. Ontem era catastrófico não renovar com Adrien, hoje ele não merece o lugar e o ordenado. Ou que afirmam que é preciso lutar com as mesma armas contra os bastidores do futebol mas ante o caso Cardinal e uma "real politik" muito softcore face às forças em jogo, se demarcam num ápice e invocam os valores do clube.

Hoje parece haver cada vez menos Sportinguistas mas proliferam os roquetistas, brunetes, lambuças, a corja, etc. etc.

Há dias "tropecei" num programa de TV onde falavam 2 Sportinguistas. Rogério Alves e Paulo Andrade. Enquanto ia reparando nas reacções negativas de alguns Sportinguistas nas redes sociais, comparava a forma elevada  como se referiam ao clube, por comparação com a forma tremendista e apocalíptica e que nos envergonha com que vemos semanalmente os comentadores habituais que "representam" o Sporting nas Tv´s.

O programa terminou com uma excelente proposta de Paulo Andrade, face ao momento do clube: a promoção de um encontro entre os actuais Corpos Sociais e os candidatos derrotados nas últimas eleições, numa tentativa de reduzir a confrontação permanente actual. Alguém acha isso possível, quando nem os últimos presidentes ainda vivos conseguimos sentar à mesma mesa?

Há neste post talvez algum excesso e a última coisa que pretendo é que ele seja entendido como uma lição, pois a esse nível, como tenho aqui dito muitas vezes, não tenho nenhuma a dar e muito a aprender com os que todos os dias se devotam por fazer do Sporting o clube grande que é. Mas parece-me urgente perceber com actual excesso de ruído e truculência entre Sportinguistas somos cada vez menos o clube que poderíamos ser.

43 comentários:

  1. Muito bom, mesmo muito bom.
    Há pouco discernimento na avaliação e criticas que dirigimos ao nosso clube. Contra mim falo, pois os after-games são sempre muito difíceis para mim (principalmente nos últimos anos, meses e dias).

    Há uma constante procura do negativo, e continuamos a ser moldados, no pensamento e conhecimento (que é zero) com aquilo que a comunicação social, paineleiros e comentadores vomitam diariamente.

    Mas os exemplos de luta têm de vir de cima, com força e convicção. Godinho tem de ser mais forte e, se partilha da ideia de que aquilo pensou para o Sporting é o correcto, então tem de levar até ao fim.
    Deixar cair Paulo Pereira Cristóvão foi, para mim, o maior dos erros.
    E não tenha medo de falar claro com os sportinguistas. Se acha que, por exemplo, há uma tentativa, por parte da APAF, Liga, FPF, Media e afins de derrotar o Sporting, que o diga com frontalidade e lute. Nós cá estaremos com ele. E estar com ele (que é o Presidente - e não votei nele) é estar com o SPORTING.

    Mas também pergunto, vamos imaginar que o Sporting estava forte e vitorioso. O que faziam na vida Eduardo Barroso, Dias Ferreira, Venâncio, Inácio, Carlos Xavier, José Eduardo, Menezes Rodrigues, Bruno Carvalho, Rui Santos, Jorge Baptista, Ribeiro Cristóvão, Paulo Sérgio, Costinha, Maniche e outros tais?
    Era um vazio imenso...

    Por isso só não concordo quando dizes que o Sporting não serve a ninguém. Serve, ai serve, serve (usando o mesmo tom de Fernando Ulrich, quando ontem gozou com o povo português e grego).

    ResponderEliminar
  2. O futebol são os jogadores, inclusive os ex-jogadores, da forma mais abrangente possível nas sociedades mais mediatizadas, onde o que mais prevalece são as imagens. O que se verifica é que na actualidade os clubes que primeiro perceberam isso são os que estão melhor posicionados, salvo as devidas excepções com características muito próprias e que por isso mesmo não deixam de ser por vezes os mais falados, não querendo isso dizer muito mais. Recuperar símbolos vivos do SCP foi até certa altura e sem qualquer espécie de dúvida uma das melhores ideias do actual executivo.

    Num tempo em que se falou muito que qualquer dia nenhum treinador quereria trabalhar no SCP. Nada mais falso, uma vez mais alvitrado por quem nada sabe ou por simples má fé mas não deixa de ter tempo de antena. O Manhoso chegou a insinuar que Vercauteren só começaria em Novembro para não ter que receber o Outubro. A curto prazo o que tanta instabilidade vai mesmo provocar é a ausência de lideranças credíveis no SCP.

    ResponderEliminar
  3. tou a ouvir agora o bola branca e até a folga dada hj pelo treinador é questionada

    ResponderEliminar
  4. Riga,
    gabo-te a paciência de ouvires a bola branca.
    estamos num ponto que até o facto de, nos últimos 3 jogos não se ter jogado com o equipamento oficial completo, deve ser motivo para se questionar.

    ResponderEliminar
  5. Enorme post, a merecer leitura atenta por todos os Sportinguistas.

    JPM.

    ResponderEliminar
  6. Excepcional post...e este comentário é fabuloso "Mas também pergunto, vamos imaginar que o Sporting estava forte e vitorioso. O que faziam na vida Eduardo Barroso, Dias Ferreira, Venâncio, Inácio, Carlos Xavier, José Eduardo, Menezes Rodrigues, Bruno Carvalho, Rui Santos, Jorge Baptista, Ribeiro Cristóvão, Paulo Sérgio, Costinha, Maniche e outros tais?
    Era um vazio imenso.". Lembro a pancadaria a Rodriguez, a batatada com Álvaro Pereira...isto no blindado do norte, se fosse em Alvalade dari 2,3, 4 novelas...mas nós é que nos lixamos a nós próprios. Tou farto desses comentadores, então os que nos (mal) representam na tv nem falo. Viva o SPORTING! Um abraço da Madeira!

    ResponderEliminar
  7. E, se a memória não me falha, foi já com a costela fracturada que o Pranjic mandou um petardo à baliza.
    Também acho que seria bom não confundirmos jogadores que a andam a jogar por frete com aqueles que se esforçam mas que estão a cometer erros.
    Mas esta terá de ser a tarefa primeira do novo treinador: separar o trigo do jogo e despachar em Dezembro quem não quer cá estar, chame-se Elias ou Jeffren, apenas para colocar dois nomes cujo empenho me parece, no mínimo, discutível. ACho que mais vale assumir o falhanço e perder uns milhões do que manter "cancros" a contaminar o plantel.

    ResponderEliminar
  8. Nao me lembro de um post teu tão brilhante! É sem duvida uma sugestão bastante pertinente colocada pelo Paulo de Andrade. E é realmente um clube em que nada serve e que qualquer nome tem sempre anti-corpos em algum sector de Alvalade. Pegando no exemplo que deste em relação ao Figo e o Inter. Porque nao Balakov?

    SL

    ResponderEliminar
  9. Realmente não lembra o diabo querer reeditar o clube depois da final da UEFA. Já temos o resultado. O actual PMAG a descascar publicamente no presidente que para além disso até foi campeão. O que é que precisa de fazer mais para bater com a porta? O que é que será preciso fazer mais no SCP, para além de ser campeão nacional, para se ser bem visto?

    ResponderEliminar
  10. Caro Leão de Alvalade,

    A minha vénia. Foi oi um pedaço de leitora sublime.

    Obrigado!

    ResponderEliminar
  11. Excelent artigo. E disto que nos precisamos de reflectir. Finalmente encontro um Blog em que se discute, se reflecte com ponderacao e nao passamos a vida a nos insultar com em outros blogs ditos sportinguistas. Viva o SCP!!!

    ResponderEliminar
  12. Se os reinventores fossem mas era para o caralho... No Sporting não se respeita ninguém há muito tempo, é principalmente nisso que hoje somos diferentes.

    ResponderEliminar
  13. Vou ser simpático. O Sportinguista hoje é como aquele peixe esquecido do Nemo, pois só essa amnésia extrema permite sugerir o Figo como "bandeira" do SCP. O mesmo Figo, cujo percurso desde júnior foi assinar contratos em duplicado (com SCP e SLB, com Parma e Juventus, com Real e Barça) e trair todas as "bandeiras" que representou (incluindo a Portuguesa, como sabe quem esteve na bancada no Portugal Inglaterra do Euro-2004), sempre com o único e perfeitamente legítimo objectivo de ganhar mais uma pataca. O Figo? De facto, depois da recepção dada ao Futre, que três vezes nos trocou por outros (FCP, SLB e Milan), porque não o Figo? A seguir venham o Simão ou o Moutinho, que certamente suaram mais a nossa camisola e nos deram mais dinheiro. Neste Sporting, cada vez mais triste, desnorteado e desesperado, cabem todos e cabe tudo. Por isso, neste Sporting tenho muito orgulho em ser o "eles" - e não o nós. O "Nós" em que militei, com orgulho, 26 anos não era isto. Não era mesmo NADA DISTO. E não era a "falta de êxitos desportivos" que o tornavam diferente deste. Pelo contrário, nisso era bastante parecido com este. Era o simples facto de que, no Sporting que era o meu, um presidente que tivesse vendido o capitão ao FCP não tinha saído inteiro do estádio e nunca poderia andar na rua (em rigor, nem sequer poderia ter existido - como não existiu). Por isso, desde esse singelo dia, não estou em nenhum "conflito interior", porque para isso era suposto conseguir estar dentro deste Sporting, em que - como este texto denota - DESDE QUE VENHA DE CIMA, tudo e o seu contrário se aceita como bom e como "sportinguista" (apostar na formação e contratar 20 estrangeiros, pregar o equilíbrio financeiro e gastar à maluca, pedir verdade desportiva e tentar montar esquemas manhosos, defender a estabilidade e mudar de rumo a cada trimestre...). Ora, isso, lamento muito, ultrapassa as minhas forças. Não consigo puxar por camisolas, só porque as tenho no armário. Não consigo pagar quotas, só porque foi nelas que gastei o meu primeiro dinheiro. Não consigo ir sempre a Alvalade, só porque sempre o fiz desde os 11 anos. Venha por isso o Figo, pois é a "bandeira" que este (vosso) clube merece.

    ResponderEliminar
  14. No SCP, como em qualquer clube há muitas formas de pensar, até aí... O anónimo das 16:04 por exemplo, começa por ser sincero ao dizer que em relação aos títulos não tem mudado nada. E depois através do que escreve, como cada um, expressa o seu desejo de como gostaria que o SCP não se tivesse alterado. Com acusações de amnésia a abrir, acha que o mundo também não mudou nada, que é possível continuar sempre na mesma. Até já pensavam que um presidente não podia sair inteiro do estádio. Se calhar não mudámos assim tanto. E se calhar esse é que é o problema. Pelo menos continuamos sem ganhar, mas isso pelos vistos não interessa nada. Até ao próximo R&C. Parabéns pelo post.

    ResponderEliminar
  15. A causa é dúplice: mau desempenho dos dirigentes e instabilidade dos sócios, da qual a origem é a mesma - o associativismo, porque os dirigentes também são sócios. E aqui temos de distinguir o Sporting dos rivais. O porco é um clube muito mais coeso porque é um clube em que o grosso do seu apoio situa-se numa cidade e numa região. É por isso uma massa associativa e um clube homogéneo. O beifica tem mais sócios e adeptos que os outros, por isso tem maior dimensão. E isso dá-lhe sempre mais importância social e política, que eles capitalizam. O Sporting tem uma base de adeptos e sócios mais dispersa e heterogénea, em que alguns não se revêem na cultura do clube porque tal não encaixa nas suas convicções políticas, trazendo essa prática e ideologia para dentro do clube (o preconceito contra os "croquetes" e por aí fora, não acontece nos outros clubes, apesar dos dirigentes de porco e beifica na maioria dos casos, também não serem do "povo").

    O associativismo em Portugal, devido à nossa escala e poder de compra, não tem comparação com outros países. Mas no nosso caso particular ficamos a perder relativamente aos rivais. Podemos ter o consolo que mesmo a perder ainda vai muita gente ao estádio, se calhar mais do que iria nos outros. Mas o que é certo é que os outros são mais organizados e por isso não passam pelo que nós passamos. Não têm a parasitagem dos "notáveis" que nós temos, nem extremismos parvos nas bases. O que é que é preferível?

    ResponderEliminar
  16. Anónimo das 16:04,

    A menos que seja mais velho do que eu e conheça o Sporting dos anos 70 para trás, que é uma realidade que me escapa, o seu Sporting é o mesmo do qual João Rocha se afastou já cansado da contestação interna que lhe era então movida. Hoje é considerado por muitos o melhor presidente do Sporting. É pelo menos o que melhores recordações me deixou.

    Quanto à acusação que deixa "DESDE QUE VENHA DE CIMA, tudo e o seu contrário se aceita como bom" creio que o histórico do que aqui escrevo há 3 anos o desmente.

    ResponderEliminar
  17. Só para clarificar dois pontos. A dimensão do associativismo do carnide permite ao clube ter acesso a receitas directas e indirectas (patrocínios, publicidade, etc.) superiores ao Sporting. Não tão grandes como eles queriam, mas mesmo assim superiores às de porco e Sporting. Nós não temos a fama nem o proveito.

    Quanto à minha embirração com os "notáveis", não tem nada a ver com não querer debate no clube. Apenas se constata que à parafernália de opiniões não corresponde qualidade comparável nas mesmas e nos intervenientes. Se houvesse um número assinável de bons candidatos à direcção do clube, era óptimo. Mas o que se verifica é que o Sporting é apenas veículo de promoção pessoal por pessoas que de outro modo não teriam exposição mediática alguma e muito menos têm capacidade para exercer o poder.

    ResponderEliminar
  18. Ninguém gostou de ver o Moutinho sair, como já não tínhamos gostado da saída do Futre e outros. Chega de acenar com fantasmas e faltou dizer quantos treinadores queimaram com tanta participação democrática. As opiniões são o que há de mais saudável no mundo mas no futebol comprova-se de forma irrefutável que onde há menos ganham mais. E isto não é nenhum apelo ao unanimismo, muito menos baseado na corrupção. Nenhum clube do mundo faz a vontade a todos os adeptos e nem todos os adeptos refundam clubes. Muitas vezes nem tudo está bem quando se ganha e nem tudo está mal quando não se ganha.

    ResponderEliminar
  19. o anónimo das 1604 é dos que "nascemos num berço verde e branco e abençoados pelo divino espírito santo leonino".

    ResponderEliminar
  20. Sem dúvida um grande post.
    A questão é se somos realmente assim ou se é fruto de muitos anos de insucesso e frustração.
    Quando Domingos ganhou 10 jogos seguidos não havia lambuças,corja,dinastia e outros adjectivos.

    Para os lados da Luz rebentam petardos e o ano passado havia adeptos à espera dos jogadores para os invectivarem após ganharem a taça da liga.
    Seis pontos de avanço que se convertem em seis de atraso têm esse resultado.
    E quando há 2 anos entraram em falso,todo o cão e gato opinou, inclusive o PMAG,Luís Nazaré, que se confessou em entrevista na rádio desapontado com o trabalho de JJ.

    Estando no 10º lugar e a jogar o que jogamos é natural esta convulsão...ou é endógena?
    Eu não sei a resposta.
    Quem souber que responda.

    ResponderEliminar
  21. No SCP os grandes democratas são os maiores fundamentalistas... até chegarem lá. É o Sporting, um clube a que nada nem ninguém serve. E só precisava de paz, como todos os clubes.

    ResponderEliminar
  22. Leão de Alvalade,

    Este seu post, conjugado com um outro comentário aqui deixado há dias, retratam fielmente algumas das nossas dificuldades em viver bem dentro do Sporting.

    Pela minha parte - e reconhecendo estar longe de ser um exemplo a seguir - tenho alertado para o perigo de ver determinadas narrativas enraizar-se dentro do clube e, pior do que isso, entrar em conflito umas com outras. Esse conflito vive dentro da paixão que temos pelo Sporting. É essa paixão que nos motiva, mas que também motiva as nossas reacções emocionais quando as coisas nos correm mal. Não pode haver paixão sem amargura, não pode haver fervor clubístico sem exaltação, não pode haver sportinguismo sem emoção. E é por isso que se compreendem todas as reacções, mesmo aquelas que violam os mais básicos limites impostos pela vida em sociedade: quem nunca insultou um árbitro que atire a primeira pedra.

    Sem prejuízo, há um princípio de acção que - sob pena de desagregação de um dos valores (o próprio Sporting, que é a agregação de todos os sportinguistas) - não pode ser ignorado: as narrativas não podem ser construídas de forma a serem destrutivas para o valor que se pretende preservar, porque isso é uma contradição em termos. Um princípio de responsabilidade pelas acções e pelas propostas que sejam formuladas, sendo a responsabilidade última deve ser a de que a conduta proposta não deve resultar necessariamente na divisão.

    Ao contrário de muitos, vejo muita hipocrisia nos pedidos de união. E vejo ainda mais possibilidade de isso acontecer. Não há duas pessoas a pensar da mesma forma, porque deveríamos desejar que o fizessem ou que se abstivessem de contribuir? Pelo contrário (e digo isto há anos!), o que devemos é encontrar forma de capturar essa diversidade! Não somos todos do Sporting pelas mesmas razões: uns porque gostam do verde, outros do branco, outros por causa dos pais ou da família, outros por causa dos jogadores, outros por causa do símbolo, outros por causa das vitórias, outros por causa dos valores, quase todos por muitos destes aspectos mas alguns por nenhum. Nenhum é mais sportinguista que outro. E para o Sporting poder ser de todos os sportinguistas tem de poder manter esse valor identitário para todos, sendo que alguns deles se encontram em permanente tensão. É da confluência desses valores que se faz o Sporting e é da diversidade que nascem as melhores soluções.

    Por isso, ao contrário do que muitos sugerem - quando lêem espaços como este, que são refúgios da diversidade (e que, por isso, são muito mal vistos por algumas correntes) - o que se pede, aliás o que se exige, é uma conduta que não seja divisiva. É bem diferente pedir união de pedir a ausência de divisão. É bem diferente pedir propostas, de ouvir recriminações. Merecem bem menos respeito as pessoas que são intransigentes nas suas propostas do que aquelas que sabem respeitar a diversidade de opinião e, ainda assim, se mostram dispostas a contribuir. E aqui, reitero, estou longíssimo de ser um bom exemplo.

    Respeito pela diversidade. Isso não significa aceder a todos os pedidos, corresponder a todas as propostas, mas ouvi-las com a mesma importância e dignidade. Quando se perde o respeito, o que sobra do Sporting?

    ResponderEliminar
  23. E já agora falar de um esquecimento.
    Os da Luz não são maiores que nós por serem mais populares.Isso tem a ver com a matriz social dos clubes.
    Na Itália há o Inter(mais elitista),o Milan(mais popular) e a Juventus,o mais popular de todos e não me consta que qualquer um seja maior que o outro.
    O Real Madrid é o clube mais popular de Espanha.É maior que o Barcelona?
    E há os casos de Corinthians e São Paulo sendo que o último até tem mais campeonatos e mais Libertadores que o primeiro.E há muitos outros casos certamente.
    Dentro da sua matriz sociológica,cada clube tem as suas forças e fraquezas.
    Mas duas coisa são certas,1)o sucesso desportivo aumenta as receitas e 2)se forem políticos é melhor serem(ou dizerem que são) dos da Luz.

    ResponderEliminar
  24. Dos melhores posts que já li na blogosfera leonina.
    Parafraseando um grande poeta - por sinal sportinguista - que nos deixou recentemente: "ainda não é o princípio nem o fim do mundo calma é apenas um pouco tarde".
    Os sportiguistas são a verdadeira alma portuguesa: nada está bem como está, tudo devia ser mudado para ficar pior do que já estava.

    ResponderEliminar
  25. Verdadeiramente inspirado e inspirador.
    Um abraço de Leão.

    ResponderEliminar
  26. O anonimo das 16h04 explica tudo. É daí que vem a falta de paixao que o Sporting hoje inspira nos adeptos. Nao ha valores em que acreditar, bastioes inviolaveis, limites inultrapassáveis. Qualquer decisao é possivel, até vender o capitao e simbolo da formaçao a um rival no momento de maior desvalorizaçao do seu passe.
    Nao é so a equipa que perde os jogos da forma como o faz, sao os adeptos, que fazem parte desse microcosmo sem alma, sem rumo, como eles proprios. O Sporting precisa de uma refundaçao nao por que a que tem esteja mal mas por que, pura e simplesmente, nao tem uma. Este momento, em que proliferam defesas de valores dispares, é o momento em que se deve fazer essa escolha, optar por fim e construir a casa, tijolo por tijolo. Crescer depressa demais vai matar o clube.

    ResponderEliminar
  27. O melhor texto que li em alguns anos sobre o Sporting.

    Algo que quer se queira ou não, obriga a refletir.

    Muito obrigado pois estava mesmo a precisar.

    Gnitrops

    ResponderEliminar
  28. O benfica investiu mais q o sporting e GANHOU mais titulos q o sporting.

    O braga não está à perna do sporting. O braga já passou o sporting. O alex ferguson partilha desta opinião também.

    ResponderEliminar
  29. Excelente post. Está quase tudo dito. "Vá-se lá ser prior desta freguesia". O mal do Sporting são os enormes egos, a feira de vaidades e a falta de humildade daqueles que têm um cargo no Sporting ou os muitos que aspiram a ter (e que dizem que o Clube está falido...Olha se não estivesse. O Slb e Fcp também estão e não se ouve 1 (um) único adepto referi-lo). A praga dos "notáveis" da treta e os adeptos do hoje estar tudo bem e amanhã estar tudo mal, (na medicina isso tem um nome cientifico). S.L.

    ResponderEliminar
  30. O que diz o diz o anónimo das 10:40 não é verdade.Estive para responder (e à questão do braga) com algumas estatísticas mas ia desfocar o debate e este debate é muito importante.

    "...quando lia a noticia do convite efectuado por Godinho Lopes a Figo, com o objectivo de o tornar numa espécie de embaixador do clube na internacionalização e expansão das Academias e, por essa via, da marca Sporting...Mas, se por um acaso qualquer, Figo encontrasse uma forma de retribuir o que o Sporting lhe deu, como é que isso seria aceite pelos adeptos, foi a pergunta que de imediato me ocorreu."

    Esta seria uma grande solução,na minha opinião,mas também não acredito que ocorra.
    A direção tem que tomar decisões,mesmo que isso não agrade a uma franja de adeptos.
    Lembram-se de Mourinho?
    Não veio para o Sporting porque houve uma revolta devido à derrota que o benfica nos tinha infligido na Luz.Pelo visto treinadores perdedores é que são bons.
    Coloca o a questão do poder e que este tem que ser forte e não governar em função das sensibilidades.
    Neste momento,a união poderia ser feita como disse Paulo Andrade,com um entendimento dos candidatos ás últimas eleições,mas será isso possível?
    De qualquer modo, a direção tem que tomar as decisões necessárias.
    As sensibilidades existirão sempre e são mais
    exacerbadas num momento como este.
    Mas o clube não pode parar.
    E que a discussão continue.

    ResponderEliminar
  31. Para o anónimo das 10:05

    Penso que você está a dormir ainda não acordou!

    O Sporting é a maior força desportiva do país. Quantos campeonatos de futebol tem o Braga? 0 (Zero). O Sporting tem 18 (Dezoito)! Quantas vezes o Braga ficou à frente do Sporting Clube de Portugal? 3? Quantos anos o Braga andou pela 2 divisão? Quantas modalidades praticam? 3? O Sporting pratica 33 (trinta e três)! quantas vezes, o Braga, foi campeão de Futsal, Andebol, Atletismo, Hóquei,Natação, Ténis de mesa,etc,etc. 0 (zero) vezes! E Taças Europeias no Futebol? 0(Zero). O Sporting tem uma. E dezenas de títulos nacionais e Europeus nas outras modalidades! No Futebol de formação o Sporting tem dezenas de títulos, Quantos tem o Braga? 0 (Zero). O Sporting Clube de Portugal é o único clube no Mundo que formou 2 (dois) melhores FIFA WORLD, Luis Figo e Cristiano Ronaldo!!! Tanto o Belenenses, como o V. Setúbal ou o Boavista têm mais títulos do que o Braga, e esta hein? Por último o Sporting tem cerca de 3 milhões de adeptos! e cerca de 100 mil sócios. Quantos adeptos terá o Braga? 30 mil? Na última AG do Braga (segundo a CS) estavam 30 sócios... O intuito deste comentário não é apequenar o Braga, (pois, também não gosto que o façam com o Sporting) é tão só uma resposta àqueles dorminhocos (para não ofender ninguém) que por má fé, ignorância ou gozo, comparam aquilo que não é comparável!SL e ACORDE!

    ResponderEliminar
  32. para o anónimo das 10:40

    à 10 anos o boavista era campeão. o benfica andava pelo 5 e pelo 6! lugar. durante anos consecutivos não foi às competições europeias. nesses anos, ninguém tentou tirar a grandeza ao benfica, muito menos os seus adeptos e ninguém ousou dizer que o boavista tinha ultrapassado o benfica, e o boavista era campeão.

    a ânsia pelo poder e o ódio pelos que dirigem o Sporting não pode nunca ser maior que o nosso amor pelo clube, muito menos fazer-nos dizer coisas que não são verdade.

    o alex ferguson quando jogou com o benfica à uns anos também disse que era a melhor equipa portuguesa. pontificavam nomes como beto e como bynia.

    os dirigentes podem não estar a fazer bem nenhum pelo clube. mas vocês, com essas declarações e com esse ódio é que o destroem!!

    SL

    p.s.:o texto mais brilhante, lúcido e elucidativo que alguma vez li!

    ResponderEliminar
  33. Muito bem Tiago, concordo com tudo o que disse. Eu sou o anónimo das 10:40 e não disse (penso eu) nada que fosse contra o que acabou de escrever, limitei-me a relatar factos. Amo o Sporting (assim como toda a minha família. Cá em casa são 3 sócios e 3 Gameboxes)não falho a um jogo, até de outras modalidades. E não sou a favor ou contra, nem de Direcções nem de ex-candidatos. Sou a favor do Sporting (que é o mais importante)e não desistirei de apoiar o Clube (nunca fui de desistir, de fraquejar) seja qual for a Direcção, o treinador, os jogadores ou o roupeiro. O Sporting Clube de Portugal e a minha família são os meus grandes amores. SL

    ResponderEliminar
  34. A APAF já reagiu?

    Só reage contra o Sporting. Carrega Sporting. Sê grande.

    ResponderEliminar
  35. Já que o tema do nossos títulos veio de novo á baila acrescento só isto:

    2000/2001 a 2011/2012(12 épocas)

    http://www.lpfp.pt/liga_zon_sagres/pages/classificacao_resultados.aspx e sites oficiais dos respectivos clubes

    Sporting(8 títulos):

    1 campeonato
    3 Taças de Portugal
    4 Supertaças

    benfica(7 títulos):

    2 campeonatos
    1 Taça de Portugal
    4 Taças da Liga

    porto(23 títulos):

    8 Campeonatos
    6 Taças de Portugal
    8 Supertaças
    1 Liga dos Campeões

    braga(0 títulos):

    0

    Desgraçadamente,em Portugal (quase)só tem havido um clube a ganhar.
    Um comentador na Antena 1 dizia há umas semanas que em Portugal havia uma espécie de luta entre Barcelona e Real Madrid.É caso para perguntar qual deles estava a ofender.
    Quanto ao anónimo em causa,1)temos mais títulos
    2)não acumulámos um passivo de 426ME(só na SAD,relatório anual)para alcançar os resultados acima expressos.
    E haveria mais para mostrar.

    ResponderEliminar
  36. valentin viola ‏@valentinviola

    "Despues de un duro entrenamiento no aguante y meti siesta.me pasee a la noche los ojos como el dos de oro "

    ResponderEliminar
  37. So nao ve quem nao quer ver a postura ou falta dela do jeffren contrasta com a dos colegas e com o que se exige no Sporting. Isto e so um indicio porque a jogar o Jeffren mostra pior atitude. Vao se lixar com o branquear da realidade e com o atacar os media . O Sa Pinto so fez merda vao ver o blog Lateral Esquerdo estao la as fotos pra se ver como o Sporting defende este ano. E as entrevistas do Schaars e Bolodearroz mostraram a porcaria e o veneno que vai no balneario pra virem atacar o Sa Pinto ainda este nao fez um mes de ter saido. Haja verbonha. O SCP perdeu 3-0 com o videoton perdeu 3-2 com o moreirense e perdeu com genk que depois levou so 4-0 do anderlecht. O sporting nao tem equipa tem o sao patricio e mais dez

    ResponderEliminar
  38. Tenham vergonha de dizer que deixar o torturador de pessoas da PJ absolvido por falta de provas porque enfiaram um gorro na cabeca da vitima e que cometeu uma farsa um crime de denuncia caluniosa pra provocar o afastamento de um fiscal de linha , acham que devia estar no clube ? A fazer o que ? A espiar pessoas ou a celebrar contratos de empresas dele pra receberem dinheiro do sporting por servicos? A maior desgraca do sporting sao os adeptos que veem queimando jogadores nacionais porque os de fora e que sao bons sao os adeptos que apoiam bruno carvalho arrrivista mafioso e o velho godinho lopes que nao percebe nada nem sequer que a outra desgraca do sporting sao as aliancas ao porto os adeptos apoiam mais as faccoes que o clube. Se houvessem adeptos como deve ser ja tinham perguntado pra quando por uns quantos a treinar sozinhos e a sairem sem policia nem segurancas pra terem de se explicar aos socios

    ResponderEliminar
  39. Coloquem sempre, mas sempre o interesse do Sporting Clube de Portugal acima do vosso!

    Quando servirem o Sporting Clube de Portugal tentem sempre nunca se servir do clube para qualquer tipo de ascenção!

    Quando falarem em nome do Sporting Clube de Portugal tenham em atenção o tempo, o modo e o local!

    Muitos mais haveria para recomendar. Fica ao vosso critério de Sportinguistas.


    PS: Como Sportinguista e sócio do SCP faço uma pequena pergunta:

    - Não haverá espaço para uma mesa redonda, quadrada, rectangular onde se possam sentar todos os sportinguista a "partir pedra" até se chegarem a alguns consensos, que nos permitam viver em paz e harmonia?

    Assinado: ViscondeAlvalade

    ResponderEliminar
  40. As estatísticas que referi têm alguns dados errados, infelizmente prejudicando sobretudo o clube do Norte,mas o essencial está correcto e só reforça a conclusão.Foi fruto de tentar fazer as contas rapidamente(não as tinha em arquivo).
    O comentário devia ter saído como está abaixo.

    Já que o tema do nossos títulos veio de novo á baila acrescento só isto:

    1999/2000 a 2011/2012(13 épocas)

    Títulos:

    Sporting(9 títulos):

    2 campeonatos
    3 Taças de Portugal
    4 Supertaças

    benfica(8 títulos):

    2 campeonatos
    1 Taça de Portugal
    1 Supertaça
    4 Taças da Liga

    porto(27 títulos):

    8 Campeonatos
    7 Taças de Portugal
    8 Supertaças
    1 Taça UEFA
    1 Liga Europa
    1 Taça Intercontinental
    1 Liga dos Campeões

    braga(0 títulos):

    0

    Desgraçadamente,em Portugal (quase)só tem havido um clube a ganhar.
    Um comentador na Antena 1 dizia há umas semanas que em Portugal havia uma espécie de luta entre Barcelona e Real Madrid.É caso para perguntar a qual deles estava a ofender.
    Quanto ao anónimo em causa,1)temos mais títulos
    2)não acumulámos um passivo de 426ME(só na SAD,relatório anual)para alcançar os resultados acima expressos.
    E haveria mais para mostrar.

    ResponderEliminar
  41. Fui eu q fiz o comentário anónimo das 10h40 do dia 1/11.

    Mas vocês ainda se comparam ao benfica? Em titulos, a sério? Acham mesmo q estão melhro q nós. Alguma vez na vossa vida chegaram aos 4tos de final da liga dos campeões? Eu sei q não parece nada de especial, mas só esse facto o ano passado deu-nos mais receitas q nos vossos ultimos 5 anos de uefa.

    Tenham juizo. Nêm pavilhão para as modalidades têm. Vcs não fazem receitas. A vossa marca não tem valor. O alvalaxia mete pena.

    O vosso anti-benfiquismo primário é q vos pôs no lugar em q estão hoje, q é o de celebrarem uma vitória sobre o benfica b como se tivessem ganho um titulo. Só no futsal (e atletismo...) é q ganham qq coisinha e mesmo assim já foram alguma vez campeões europeus? Nós já. Temos pena.

    Para os q falam do passivo, é o benfica q está em falência técnica? Leiam o artigo do mais futebol sff.

    ResponderEliminar
  42. Oh homem, você anda perdido.
    Assim ainda tenho que andar a ver os comentários de há 6M.
    O que está acima são factos.
    Mas se está satisfeito com o dinheiro e a dívida que o seu clube acumulou para ter os resultados conhecidos,só não lhe dou os parabéns porque apesar das rivalidades,não quero o fim do seu clube.
    Está muito mal informado.O Alvaláxia já foi vendido quando F. Soares Franco foi presidente.

    Quanto a outras afirmações que faz, revela igualmente uma profunda ignorância da realidade do Sporting,pelo que nem lhe respondo e também não lhe responderei no futuro.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)