segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Resolver o problema de André Martins é fazer crescer o futebol do Sporting

Já andava há dias para escrever sobre André Martins. Há dias o Lateral Esquerdo, em boa hora regressado, antecipou-se. E ainda bem que o fez porque a matéria vale a pena. O facto de o fazer muito melhor do que eu não me desmoralizou e por isso aqui está o post de hoje. Até porque o assunto tem sido recorrente, sobretudo de há um mês para cá. 


As funções que André Martins desempenha no modelo de jogo de Leonardo Jardim em nada favorecem as suas melhores qualidades. Defensivamente, não há problema. Pede-se que jogue como avançado, pressionando os centrais, os GR, e por vezes os laterais, adversários. O problema surge com o tipo de movimentos para que tem sido treinado quando a equipa tem a bola. Joga como segundo avançado, mas não tem liberdade de movimentos para baixar, jogar ente linhas, ou pegar o jogo atrás. Está longe de ser o terceiro médio que toda gente diz ter faltado na luz. Esse posicionamento "não existe" no modelo do Sporting, parece-me que por ordem do treinador, e por ele não ter "capacidade" para se libertar de tão rígidas funções.

Ouvir dizer que André Martins não joga nada ou até que não tem qualidade para jogar no Sporting é infelizmente cada vez mais comum, sobretudo após jogos com resultados e ou exibições infelizes. É não só injusto para com o jogador mas também revelador de como a maioria percepciona e valoriza as acções de um jogador. Pode-se discutir  se se pode vir a projectar numa grande equipa europeia mas que tem valor para ser muito importante no Sporting não duvido.

Do ponto de vista do equilíbrio da equipa do Sporting ele tem sido preponderante na acção defensiva, quer como recuperador de bolas, quer no condicionamento dos adversários a iniciar o seu jogo a partir de trás. Esta tarefa não é vistosa, pode até passar despercebida, mas num jogo onde ele não teve o posicionamento habitual o Sporting ressentiu-se e de que maneira. Quem não se apercebeu que reveja o derby de há dias atrás. Montero não foi capaz de ser tão intenso como vem sendo AMartins e o SLB começou o seu jogo quase como quis.

Como a memória da generalidade dos adeptos se concentra no imediato, já quase ninguém se lembra, (isto   se de tal se aperceberam), do quão importante para o êxito do inicio do campeonato foram o seu posicionamento e acções atacantes. Foi muito por aí que o Sporting foi conseguindo surpreender os adversários, com Martins na meia direita, criando superioridade numérica, com movimentos de ruptura, triangulações com o lateral-direito e extremo de serviço. Movimentos esses que agora estão bloqueados porque os treinadores adversários, mesmo que não observassem in loco os nossos jogos, têm também televisões em casa.

O problema de André Martins não tem a nada a ver com a sua compleição física ou falta dela, como também muitas vezes vi já vi afirmar. Embora o contacto físico exista, não tem no futebol a importância do râguebi. Tem a ver com as funções que lhe estão destinadas. Quando a equipa sobe no terreno Martins vê-se frequentemente emparedado entre os médios e os centrais adversários. Muitas das vezes recebe a bola de costas para a baliza e dispõe de poucos segundos para tomar uma decisão. De costas não vê Montero que, por norma, se movimenta mais abaixo. Se se virar, corre o risco de ficar sem bola ou de, pelo menos, não conseguir progredir. Na maior parte dos casos consegue apenas ver do meio-campo para trás, não conseguindo fazer o que se esperaria: progredir com a bola ou fazer esta seguir para o ataque. Não é por acaso que Vitor, sempre que chamado a rendê-lo não superar as suas performances.

Quando se coloca o problema como uma questão de falta de talento imagina-se um jogador capaz de meter a bola no bolso e avançar pelas defesas dentro. Não existem muitos jogadores capazes de o fazer e que o Sporting consiga comprar. Pode-se pensar em Shikabala, assim que o egípcio esteja fisicamente apto, mas também não creio que Leonardo Jardim opte por ele para as mesmas funções. Jardim gosta de segurança e sabe que Shikabala, pelo menos no imediato, "não está para andar a correr atrás de ninguém", não tem a intensidade de Martins e que por isso teria que contar com menos para tarefas defensivas.

Estou absolutamente convencido que resolver o problema do bloqueio actual de AMartins é fazer crescer o futebol do Sporting para outro patamar. Talvez seja essa a difícil  tarefa que se coloca agora a Leonardo Jardim, depois de um primeiro terço do campeonato feliz e de um mês quase sem marcar golos. 

Há uma outra possibilidade para André Martins e que, de todo não me agradaria. Que ele fizesse o caminho seguido por exemplo por Moutinho. Para muitos Sportinguistas foi preciso vê-lo triunfar com outra camisola para lhe reconhecer o valor que já tinha de verde-e-branco.

18 comentários:

  1. O "problema" do A.Martins não é único. Acho que no modelo de LJ ainda há demasiados jogadores de costas para a baliza para a equipa conseguir progredir bem. O André só conseguirá mostrar aquilo que sabe realmente, quando o modelo estiver melhor. Obviamente que se o André fosse um jogador excecional (que não é) isto seria muito mitigado.

    ResponderEliminar
  2. O texto do LE é excelente, e o momento é o mais oportuno LdA. É criminoso ir a Alvalade e ouvir alguns assobios a André Martins.

    Está aqui uma questão para resolver no nosso modelo de jogo. Não tenho dúvidas que AM tem muito futebol nos pés. Gostaria era que fosse mais bem potenciado, que estivesse presente na construção do futebol ofensivo da equipa uns metros mais atrás. Tem a palavra Leonardo Jardim.

    ResponderEliminar
  3. o problema do andré martins na minha opinião é ele não ter as caracteristicas necessárias para jogar naquela posição!
    Não tem capacidade de drible, espontaneidade no remate, visão de jogo vertical, caracteristicas que estamos habituados a ver num numero 10. Compare-se com o Matias fernandes e dá para ter uma ideia.

    ResponderEliminar
  4. André Martins (AM) é assobiado?

    E novidades?

    Não é só de Moutinho que devemos recordar.

    Lembram-se de um monstro chamado Pedro Barbosa?

    Lembram-se de outro, de nome Nani?

    Ora, se esses foram tantas vezes assobiados... É bom sinal o André ser assobiado. Em Alvalade, isso é praticamente sinónimo de ser grande jogador.

    A AM, tacticamente não há nada a apontar-lhe. Defensivamente cumpre com eficácia. O AM tem, dos médios, a missão mais difícil, pq raramente recebe a bola em condições, com espaço e tempo para pensar. Como é o médio mais avançado no terreno, a malta o que quer é assistências, fintas, malabarismos... E o AM, por mais inteligente que seja a jogar, não é jogador de fintas, de malabarismos e grandes individualidades. É, sempre foi, um jogador que trabalha muito em função do colectivo. E para ser mais preponderante, falta-lhe maior proximidade, maior apoio que terá que ser a equipa, como um todo, a descobrir. Sozinho, pressionado, emparedado, será difícil que sobressaia. Daí que sim, tende a concordar muito com o diagnóstico feito: Leo Jardim tem que encontrar uma solução de forma a catapultar o futebol ofensivo do SCP. Aliás, outro dos nossos trunfos criativos passa pela envolvência ofensiva de Jefferson, a criar desequilíbrios no flanco oposto ao de Martins, mas que cada vez mais tb se vai notando antídoto por parte dos adversários. E é esta conjugação de situações que tem provocado o menor fulgor ofensivo do SCP nos últimos tempos.

    Assim q tiver tempo, sigo o conselho e leio o lateral esquerdo…

    abç

    ResponderEliminar
  5. Manuel António,


    O Matias Fernandes (de quem sempre gostei muito) não jogava na msm posição que o AM ocupa neste SCP de Jardim...

    ResponderEliminar
  6. Manuel António,

    Ao Matias nunca lhe foi pedido para fazer o que tem que fazer o André Martins. De qualquer forma está longe de ser um bom exemplo de um talento bem aproveitado por nós, por razões diferentes. E não me parece também que esteja em causa o seu talento individual, mesmo considerando que são jogadores muito diferentes.

    ResponderEliminar
  7. Afinal o artigo do LE até é bem curto...

    LdA,

    Sem ter visto ainda vsito os vídeos, para mim é mais este parágrafo a definir a dificuldade actual de AM:

    "...Esse tipo de movimentos afasta-o do jogo, dos colegas, da baliza. Desenquadra-o na maior parte do tempo, não lhe permite tempo e espaço para perceber o contexto, coloca-lhe sempre pressão com ele encurralado na linha lateral, torna-o previsível como o futebol do Sporting. ..."

    SL

    ResponderEliminar
  8. Sim, o André Martins no esquema do Jardim é mais avançado que médio, o que o prejudica. Passa o tempo a correr sem bola, o que lhe cria pelo menos dois problemas: 1) não tem um-para-um nem golo; 2) não tem pulmão para isso.

    Não, o André Martins não é o craque que o LE dele teima em fazer, de maneira que o pressuposto sobre o qual o texto é construído me parece desde logo errado. Uma marcação mais apertada, um jogo mais físico, e jogamos com dez enquanto ele lá estiver. Ele tem 24 anitos, já anda por aí há algum tempo para se poder perceber isso.

    A questão dos assobios em Alvalade ao próprio jogador é que já me ultrapassa. Gente mal resolvida, é o que é.

    ResponderEliminar
  9. LdA, andamos todos a pensar a mesma coisa. O que nos distingue do Lateral Esquerdo é que nós, sportinguistas, puxámos o tema pela preocupação de ver um jogador - no caso, o André Martins - merecer o tratamente que outros antes dele também tiveram (Nani, Djaló, o próprio Patrício).

    Quando é para falar de formação todos acham muito bem; mas chegam ao estádio e escolhem invariavelmente os "nossos" como vítimas prediletas dos concertos de assobio... Sinceramente, acho que o BC podia muito bem ter uma intervenção sobre isto.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. a questão não é o nome do jogador, são as caracteristicas que um jogador para jogar naquela posição tem de ter, e o andré não tem. naquela posição pede-se (na minha opinião) mais técnica, mais imaginação, mais desequilibrios, drible e finalização. O andré (na minha opinião) é mais suor e transpiração e pouca inspiração digamos assim.

    ResponderEliminar
  11. Desculpem lá, mas o Moutinho foi assobiado onde?
    Que o gajo quisesse ir gamhar mais dinheiro e ganhar titulos ainda entendo como razões para sair.
    O Moutinho era daqueles que era indiscutivel para todos os sportinguistas. Talvez o jogador mais respeitado e indiscutivel que eu vi no sporting dos ultimos 15 anos.
    Falem de Varelas, de nanis, de quse todos aliás, mas o Moutinho... Esse foi um porco e nunca lhe perdoarei. Até porque sempre foi bem tratado. Recebia mais do que o Sporting podia pagar. Apenas por ser ele. Por ser o simbolo que era do clube e da nossa formacao. Querer evoluir na carreira até entendo, mas ir para o Porto? Sabendo o que iria significar para o clube que o formou? Imperdoavel digo eu.

    ResponderEliminar
  12. Meu caro,

    O problema é mais simples e mais complicado ao mesmo tempo. Vamos admitir que o André Martins é um excelente jogador está é mal colocado em função do modelo de jogo. Mantendo-se o modelo de jogo, ele passa a jogar aonde? Tira-se quem para ele ficar no lugar? É melhor do que o Adrien na mesma posição? Não me parece.

    Há sempre a possibilidade de se mudar o modelo de jogo. Mal qual é o modelo de jogo a adotar para que o André Martins possa mostrar todas as suas qualidades? Faz sentido mudar muito para isso? Esse risco é necessário? O que é que se ganharia com isso? Ninguém muda um modelo para potenciar um jogador que já leva umas dezenas largas de jogos sem grandes resultados.

    Talvez o problema seja mesmo o André Martins. Ou porque não é tão bom quanto se diz ou não é suficientemente bom para fazer o que o treinador lhe pede. Sendo assim, a resposta só pode ser uma: arranje-se outro para a posição dele. Não é fácil arranjar um bom jogador para aquela posição. Mas também se dizia o mesmo para o trinco e apareceu o William Carvalho.

    SL

    ResponderEliminar
  13. Por mim podia vir para o Benfica, sempre o disse. É um belo jogador que tem desiludido, é certo, mas existem condicionantes, que são bem focados nos posts. O AM é inteligente como poucos mas precisa de uma equipa que jogo com ele. Actualmente, vejo o AM como um jogador claramente acima da média e que é utlizado fora do seu lugar, apenas porque não pode ficar de fora. Jardim tem de sacar muito mais deste puto...

    ResponderEliminar
  14. "Quem não se apercebeu que reveja o derby de há dias atrás. Montero não foi capaz de ser tão intenso como vem sendo AMartins e o SLB começou o seu jogo quase como quis."

    Nem mais. Apesar de considerar que André Martins está muito aquém daquilo que pode oferecer, também sei ver que, sobretudo na organização defensiva, não há quem faça melhor na sua posição. Montero fá-lo pior e a equipa ressente-se no meio campo quando o André não está. Estou até bastante surpreendida pelo seu elevado rendimento em fase defensiva, quando a equipa não tem bola.

    Contudo, em organização ofensiva... esperava mais dele, confesso! Sempre o achei muito bom, excelente na condução da bola e tomada de decisões.

    Podia também treinar mais o remate à baliza, nestas suas funções a "10" (algo que se exige a um médio ofensivo). Ele inibe-se bastante de rematar quando até tem condições para tal, sendo que a sua capacidade de remate também não é o seu forte (mas isso até se poderia treinar, talvez).

    Diria que talvez mais recuado no terreno sobressaísse mais no que à condução da bola e organização ofensiva do jogo diz respeito. Mas nesse caso... se ele descesse um pouco para o lugar de Adrien... quem ficaria a médio ofensivo no seu lugar? E para onde iria Adrien que tem sido um dos pilares desta equipa?

    Mesmo reconhecendo que está um pouco limitado a nível táctico às "missões" definidas por Jardim, acredito que se fosse um jogador excepcional haveria de sobressair de alguma forma e contornar o problema. Enfim, considerações de "treinadora de bancada" somente...

    Por ultimo, leio muita gente a suspirar pela inclusão de Shikabala no lugar do André Martins... o que não me parece que venha a acontecer! Jardim não vai abdicar de André Martins para o equilíbrio no meio campo. E, apesar de exibições pouco vistosas e menos bem conseguidas no processo atacante, ele sempre foi fundamental no equilíbrio defensivo. Aliás, sempre que sai da equipa, o meio campo perde, de alguma forma, capacidade defensiva! Não vejo Shikabala a conseguir ocupar o seu lugar e as suas funções defensivas "menos vistosas" mas igualmente importantes.

    SL

    ResponderEliminar
  15. Rui Monteiro,

    Parece-me que o problema é olhar para o André Martins e pensar que ele é o problema, passe a redundância.Não se trata de mudar o modelo para que André Martins se possa evidenciar mas sim preparar o modelo para resolver os problemas que a equipa tem na construção do seu jogo atacante. Pensar que tudo começa e acaba nas prestações ou capacidades de André Martins parece-me exagerado, mas basta ouvir os assobios que lhe vão dedicando para ver como pensam grande parte dos adeptos.

    Por isso o titulo do post: resolver o problema de André Martins é fazer um upgrade ao nosso futebol. É esse o grande desafio de LJ e cada jogo vai demonstrando o quanto ele é necessário. AM é apenas uma parte.

    Como diz o artigo do LE que o meu amigo Virgilio cita o posicionamento e funções que LJ destina a AM "afasta-o do jogo, dos colegas, da baliza. Desenquadra-o na maior parte do tempo, não lhe permite tempo e espaço para perceber o contexto, coloca-lhe sempre pressão com ele encurralado na linha lateral, torna-o previsível como o futebol do Sporting. ..."

    Permiti-lhe o oposto seria tão importante como tentar alternativas ao constante carrilar de jogo pela lateral seguido de centros para a grande área e esperar que alguém apareça. Essa é a parte que já fazemos bem falta tentar fazer algo diferente, como por exemplo explorar melhor o jogo entre linhas e mais presença no centro de terreno no último terço.

    ResponderEliminar
  16. Desde o início da época que tenho 3 ou 4 tipos atrás de mim no estádio que passam o jogo todo a criticar cada ação do André Martins. Mesmo quando as coisas corriam bem, divertiam-se a gozar com o "anão" e a perguntar pelo Vítor e pelo Gerson Magrão. É desesperante e desanimador estar ali a levar com comentários tão despropositados jogo após jog e na verdade não poder fazer nada. Dá-me a sensação que os adeptos que menos percebem o jogo que estão a ver são os que mais se manifestam. Esse é que é um problema que me parece não ter solução. E são os mesmos que fazem dum rojo um jogador de futebol (além do empresário do rojo claro).
    Quanto às funções do Martins, vou esperar que o Leonardo se aperceba e que tente resolver. Tem pelo menos de evitar os assobios. É mau demais para o jogador e tremendamente injusto.

    ResponderEliminar
  17. Entao o maior elogio que temos para o nosso médio ofensivo é a sua capacidade defensiva?
    Parace-me haver aqui uma contradiçao, nao?

    Para mim, André Martins tem de facto algumas capacidades e qualidades mas também alguns defeitos que naquele posiçao sao quase mortais.
    Remata pouco e quase sempre mal, tem pouca capacidade de desequilibrio no 1 para 1, e esconde-se muito do jgo.

    Para mim poderia ser jogador para 8-10 jogos por época, ou entao opçao para gerir melhor a posse de bola em situaçoes de vantagem.
    Mas acho que nunca será jogador para ser titular indiscutivel num Sporting que quer lutar pelo titulo.

    ResponderEliminar
  18. Foi o próprio Leonardo Jardim que alertou que as dificuldades na segunda volta seriam maiores do que na primeira e de certeza que não estava a falar ou a adivinhar um abaixamento de forma do André Martins. As grandes falhas esta época têm sido nos jogos em casa, contra equipas médias e bem organizadas defensivamente, onde a equipa não consegue traduzir em golos o domínio que tem no terreno.

    Os golos não aparecem porque as oportunidades claras de golo também são escassas (sempre foram...) e se os níveis de aproveitamento não forem elevados lá surgem os amargos empates.

    Talvez não fosse má ideia não descartar completamente as alterações que Jardim promoveu no derby, principalmente a inclusão de Slimani de inicio contra equipas mais fechadas em vez de o tentar com melhores adversários.

    A maioria dos nossos extremos são talhados para o contra-ataque (Wilson, Capel e Heldon) e têm maiores dificuldades a romper defesas compactas por falta de terreno para usar a velocidade. Carrillo e Mané por terem melhor técnica no um-para-um podem ser melhores alternativas para esses jogos, assim, mantinha a nossa estrutura normal nos jogos fora e em casa a equipa que iniciou o derby, trocando Heldon por Carrillo e obviamente os substitutos de ocasião pelos titulares Dier/William, Píris/Jefferson.

    Ah, aproveitava para dar um "chá de boca calada" a todo o plantel, estou a ficar farto de cartões amarelos estúpidos por palavras. Durante uma semana quem abrir a boca na peladinha final de cada treino paga € 100,00, se ganharem o jogo em Vila do Conde vai tudo jantar à pala do pote com o motorista oficial para não terem problemas com o balão.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (14) Académica-SCP (1) adeptos (93) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (3) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (1) arbitragem (90) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (2) Bastidores (69) Batota (17) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) djaló (10) Domingos (29) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (62) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) EquipaB (17) equipamentos (11) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (13) Francis Obikwelu (1) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (22) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (2) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (42) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (11) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (2) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (40) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (10) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) play-off (1) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (1) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (3) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (97) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)