quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O regresso de... Bruno de Carvalho, o negócio Rojo e o pavilhão que ainda "não é nosso"

O regresso de Bruno de Carvalho
O regresso de Nani foi também o "regresso" de Bruno de Carvalho. O inicio de época não lhe estava a proporcionar o meio onde se sente mais à vontade: o do impacto das ondas de emoção, que ele sabe gerir muito bem no seio dos adeptos. É a praia dele, está como peixe na água. A época estava longe de lhe (nos) estar a correr de feição: as aquisições chegavam tão tristonhas como os equipamentos e os dias deste estranho verão sem encantar. Os resultados resvalavam e com eles a confiança da equipa e dos adeptos.


Tirar Nani da cartola foi uma jogada de compêndio, uma carta jogada no momento certo e que vira o jogo em diversos tabuleiros. Desde logo o mais importante, o apetrechamento da equipa, com um reforço de R maiúsculo, mas que se estende para lá do plano técnico. Bruno de Carvalho viu em Nani também a vitamina  para o impulso necessário para a venda das GB's e reavivar do interesse e apoio indispensável em torno da equipa. Ao seu estilo, não se coibiu de recolher os louros do trabalho realizado, em "voltas de honra" no estádio e no aeroporto. 

Há quem goste e quem não aprecie, retenho o mais importante sobre a minha opinião pessoal: a relação adepto/clube é acima de tudo emocional e é preferível mantê-la viva do que deixá-la definhar. O estádio de Alvalade tinha ontem mais gente que num treino do que a quase totalidade dos estádios da I Liga em dia de jogo. Assim se afere o carácter dos adeptos que sustentam o clube e distinguem-no dos outros. A minha opinião, que aqui já deixei bem clara, é que a ideia de uma pessoa ser mais do que clube é, a prazo, perniciosa para o próprio clube e para a sua identidade.

O negócio Rojo
O futebol é o momento e não me enganarei muito se disser que este é o valor máximo que algum clube irá conseguir por Rojo. Isto diz tudo o que penso do negócio: fabuloso! 

Aos 20 milhões acrescem os 5 milhões anuais que Nani cobra ao Manchester United, registando-se aqui um reencontro com a história: Nani sai por 25 milhões e regressa envolvido num negócio realizado pelo mesmo valor. Quem sabe não esteja aqui encontrado já o número para a sua camisola e o nome de guerra: o "Sr. vinte e cinco milhões".

Seria o negócio perfeito se não impendesse sobre ele a sombra do contrato rasgado com a Doyen. Até à sua resolução a valorização deste acto tem ser neutra. As consequências podem vir a ser nulas também, no melhor cenário possível, caso o Sporting venha a recolher uma sentença totalmente favorável. Mas podem ser também gravosas para o clube, caso a Doyen veja reconhecida a razão do seu lado. Uma possibilidade que, a verificar-se, não se esgotaria na restituição aritmética da percentagem que era detida pelo fundo, os tais 75%, e que podem ir até à captura de receitas via providências cautelares, atendendo ao estado económico da SAD, ultrapassando os 20 milhões recebidos.

Este é um assunto de que iremos falar e ouvir falar nos próximos tempos, pelo que, recusando sofrer ou festejar por antecipação, o melhor talvez seja mesmo ir gozando o momento de ver o Nani de novo com o Leão ao peito.

O pavilhão que não é nosso
Aproveitando a entrada de um valor substancial a SAD comunicou ontem que "pretende afectar, em termos legais a definir, 9 milhões de euros à construção do Pavilhão do Sporting Clube de Portugal, continuando a Missão Pavilhão em funcionamento até ser angariado o valor de 1 milhão de euros." A ideia merece-me total aprovação e aplauso, sem qualquer reserva. 

Porém os termos propostos oferecem-me dúvidas da sua exiquibilidade a curto prazo, mesmo que a totalidade das verbas (os 20 milhões) entrassem de imediato nos cofres do clube, o que sabemos já não vai acontecer. Importando pouco para já saber se, das 3 tranches ontem anunciadas (10 milhões + 5 milhões + 5 milhões) quais serão aplicadas na construção referida, já o mesmo não sucede quanto à solução legal que o clube encontrará. Por isso o comunicado refere "em termos legais a definir" porque os valores a receber pelo Rojo pertencem à SAD e o titular da construção é clube.

Se a transferência de verbas entre as duas entidades (Sporting SAD e clube) será, do ponto de vista interno, pacifica, não sabemos como ela será vista pelos credores e se estes têm uma palavra a dizer na matéria. E todo este raciocínio só é válido se o dinheiro vier de facto, o que, como foi dito acima, está ainda por saber.

Mas as dúvidas relativamente à construção do pavilhão não se extinguem aqui, aliás arrastam-se desde o inicio da constituição do processo conhecido como "Missão Pavilhão". No mesmo comunicado afirma-se que o concurso de adjudicação da construção do Pavilhão está na fase conclusão. Ora até quem não percebe muito de construção civil constatará que para haver concurso teria que haver um projecto sobre o qual os interessados (empresas ou consórcios de construção civil) baseassem as suas ofertas. Pelo menos que eu saiba ou tenho sequer constatado rumores esse projecto não existe. 

Assim sendo, como pode ele estar em fase de conclusão de processo para adjudicação ou pode ser sequer estar orçamentado um projecto que não existe? Porquê 10 milhões e não 9,5 ou 8,95? É que estamos a falar de diferenças de verbas de 500 mil euros ou mais, valores muito próximo do que foi até agora amealhado e cuja diferença pode definir ou não a própria exequibilidade do projecto. 

Questões como estas, e outras do mesmo teor, lançam demasiadas dúvidas e estas nunca foram propriamente o combustível ideal para a adesão em massa, como se deseja, a uma ideia. Talvez estejam aqui algumas das explicações da adesão anémica a uma ideia que se sabe ser acalentada de forma consensual, como poucas o serão no Sporting.

26 comentários:

  1. Parei de ler na frase "os resultados resvalavam".

    Quando puderes, diz-me quantos jogos oficiais o Sporting disputou.

    ResponderEliminar
  2. Não sei o que pensar da efectação de 9M ( exactamente o valor que retivemos da Doyen) à missão pavilhão, porque penso que o melhor agora seria tentar conversar com essa entidade e tentar chegar a um acordo, pagando não 3M nem 12M, mas sim algo entre esses valores

    Concordo que as coisas não estavam a coisa da melhor forma a BC, mas esta é sem duvida uma jogada de mestre e espero que seja um facto motivador para todos, principalmente para o nosso outro grande jogador - William Carvalho (e se possivel para Slimani também)

    ResponderEliminar
  3. Quanto ao negócio de Rojo/Nani, li algures a explicação que segue. Sem vos querer tirar a alegria do momento, deixo para reflexão:

    "Nani pago integralmente pelo MU???

    À primeira vista parece um bom negócio, mas depois de bem analisado, talvez não seja tão bom como parece. Ora vejamos:
    1. Dos 20M recebidos, 4 vão para o Spartak de Moscovo;
    2. Dos 16M que sobram, cerca de 4M vão para a Doyen (3,25M pagos + 0,75M que a Doyen avançou da 1ª prestação que o Sporting tinha de pagar ao Spartak);
    3. O Nani ganhava no Manchester cerca de 5M/ano livres de impostos. O Manchester vai suportar 3M do salário e o Sporting o resto. Sim, o empréstimo é apenas livre de encargos contratuais, o Sporting paga a diferença entre 3M e o resto do salário do jogador que é 5M/ano (livre de impostos). E para aqueles que vão logo atacar-me por estar a dizer isto, quero informar que sei do que estou a falar e, basta ler o comunicado à CMVM, para perceber que estou a falar verdade. Conforme diz o comunicado "Mais se informa que o referido acordo prevê ainda o direito da Sporting SAD a receber 20% da mais valia numa futura transferência do jogador por montante superior a € 23.000.000,00." Porque acham que se fala numa mais valia acima de 23M e não de 20M que foi o valor da contratação? Porque o valor da contratação foi 23M: 20M da compra do passe, mais 3M do ordenado comparticipado pelo Manchester. Fazendo umas pequenas contas de merceeiro, 5M limpos é o equivalente a mais ou menos 7,5M brutos (tendo em consideração o regime especial de IRS das profissões de desgaste rápido, segurança social, seguros). Também vos posso dizer, mais uma vez porque sei do que estou a a falar, que o Nani vai receber efetivamente 3M de ordenado (mais impostos, seg. social e seguros) sendo o restante recebido como "prémio de assinatura e direitos de imagem". Ou seja vai ter custos líquidos para o Sporting de cerca de 4M/ano.
    4. Fazendo novamente as contas: 20M - 4M spartak - 4M Doyen - 4M Nani= a 8M.
    5. Estou seriamente convicto que a "resolução unilateral com justa causa" (negócio à Vale e Azevedo) do contrato de colaboração com a Doyen, vai dar bronca da grossa. Acho mesmo que o Sporting vai pagar com "língua de palmo" esta "aventura".
    6. Para aqueles que andam esquecidos, o Sporting está sob "um programa de resgate" dos credores, com os quais foi feito um acordo de renegociação da dívida. Mais uma vez, também vos posso dizer porque sei do que estou a falar, que dos montantes líquidos recebidos por alienação de ativos intangíveis (passes de jogadores) uma percentagem (relativamente elevada) desses montantes tem de ser OBRIGATORIAMENTE canalizada para amortização da dívida.

    Meus caros, é só fazer as contas, como dizia o outro.

    Não sou adivinho, mas a probabilidade deste negócio ser um desastre financeiro é muito grande."

    ResponderEliminar
  4. Caro MRosa

    vamos por pontos:

    1. penso que não haja qualquer duvida aqui

    2. A Doyen vai receber (para já pelo menos) 3M relativos aos 75% adquiridos ao Sporting

    3. Em lado nenhum é referido que o Sporting paga parte dos vencimentos - e não me refiro só ao comunicado - a Imprensa Inglesa toda refere que o Man Unt vai pagar 4,8M £ - o valor nem sequer é 5M € é cerca de 5,6M.
    É bem capaz que o negocio seja avaliado por 20M + 3M de valor de emprestimo (não referente ao salario)

    4. Depois passa dos 2M (que em nado nenhum são referidos) para 4M por contas de merceeiro (só para ter um exemplo nunca ouvi de pagamento de premios de assinatura de jogadores emprestados . mas admito tudo desde que seja provado

    5. Em relação à resolução do diferendo com a Doyen ninguem sabe como vai acabar - espero que haja uma acordo extra-judicial, mas temos que esperar para ver

    ResponderEliminar
  5. Vocês ainda se engasgam com o negócio Nani. Correm perigo de vida!


    "À primeira vista parece um bom negócio, mas depois de bem analisado, talvez não seja tão bom como parece. Ora vejamos:

    1. Dos 20M recebidos, 4 vão para o Spartak de Moscovo;

    2. Dos 16M que sobram, cerca de 4M vão para a Doyen (3,25M pagos pelos 75% + 0,75M que a Doyen avançou da 1ª prestação que o Sporting tinha de pagar ao Spartak);

    3. O Nani ganhava no Manchester cerca de 5M/ano livres de impostos. O Manchester vai suportar 3M do salário e o Sporting o resto. Sim, o empréstimo é apenas livre de encargos contratuais, o Sporting paga a diferença entre 3M e o resto do salário do jogador que é 5M/ano (livre de impostos). E para aqueles que vão logo atacar-me por estar a dizer isto, quero informar que sei do que estou a falar e, basta ler o comunicado à CMVM, para perceber que estou a falar verdade. Conforme diz o comunicado "Mais se informa que o referido acordo prevê ainda o direito da Sporting SAD a receber 20% da mais valia numa futura transferência do jogador por montante superior a € 23.000.000,00." Porque acham que se fala numa mais valia acima de 23M e não de 20M que foi o valor da contratação? Porque o valor da contratação foi 23M: 20M da compra do passe, mais 3M do ordenado comparticipado pelo Manchester. Fazendo umas pequenas contas de merceeiro, 5M limpos é o equivalente a mais ou menos 7,5M brutos (tendo em consideração o regime especial de IRS das profissões de desgaste rápido, segurança social, seguros). Também vos posso dizer, mais uma vez porque sei do que estou a a falar, que o Nani vai receber efetivamente 3M de ordenado (mais impostos, seg. social e seguros) sendo o restante recebido como "prémio de assinatura e direitos de imagem". Ou seja vai ter custos para o Sporting de cerca de 4M/ano.

    4. Fazendo novamente as contas: 20M - 4M spartak - 4M Doyen - 4M Nani= a 8M.

    5. Estou seriamente convicto que a "resolução unilateral com justa causa" (negócio à Vale e Azevedo) do contrato de colaboração com a Doyen, vai dar bronca da grossa. Acho mesmo que o Sporting vai pagar com "língua de palmo" esta "aventura".

    6. Para aqueles que andam esquecidos, o Sporting está sob "um programa de resgate" dos credores, com os quais foi feito um acordo de renegociação da dívida. Mais uma vez, também vos posso dizer porque sei do que estou a falar, que dos montantes líquidos recebidos por alienação de ativos intangíveis (passes de jogadores) uma percentagem (relativamente elevada) desses
    montantes tem de ser OBRIGATORIAMENTE canalizada para amortização da dívida.

    7. Também parece que andam esquecidos que o Rojo tem um empresário, e que a intermediação destes negócios também se paga. O valor normal anda nos 10% (2M).

    8. Mais uma coisita: já devem ter ouvido falar no chamado "fundo de solidariedade". Pois é, tb custa mais uns euritos.

    Meus caros, é só fazer as contas, como dizia o outro.

    Não sou adivinho, mas a probabilidade deste negócio ser um desastre financeiro é muito grande."

    ResponderEliminar
  6. Jorge Alemão,

    um cenário de acordo só será possível se houver algum equilíbrio de posições no diferendo judicial. Não vejo o Bruno de Carvalho tentar um acordo sabendo que pode ganhar em toda a linha como não vejo a Doyen a aceitar um acordo se a decisão lhes parecer poder ir de encontro às suas pretensões. Como isto parece ser mais do que um mero problema entre cliente e fornecedor não prevejo nenhuma facilidade da parte da Doyen, até porque 3 ou 5 milhões para eles não farão grande mossa.

    ResponderEliminar
  7. MRosa,

    obviamente que o "pormaior" dos 25 milhões não escaparam à Doyen (as noticias da manhã confirmam-no) como creio que não irão escapar ao Spartak de Moscovo, pelo que não será surpreendente que venham a pedir mais 1,25M.

    ResponderEliminar
  8. Contrariando algumas teorias das conspiração, vem hoje mais uma vez noticiado (a fonte é a BBC e não o CM) que o Man U. paga a totalidade do salario de Nani

    ResponderEliminar
  9. Com tanto, mas tanto raio-X, a atravessar esta transferência, há coisas e loisas que me ficam na cabeça, exemplos:

    Será que existe algum "especialista", cheio de inside information, que me consiga escalpelizar as transferências, sei lá, de Rodrigo e André (já para não falar do Roberto...), Mangala ou RRRames/Montinho?

    Assim de repente vendo capas dos jornais, relatórios de contas e comunicações à CMVM, é capaz de existir qualquer coisa que não bate certo. Mas devo ser eu que sou Doyen, ai doido.

    Já agora, quem paga o ordenado de Oliver, Casimiro ou Tello, em que percentagens, com que descontos e luvas, há algum iluminado que saiba?

    Há no negócio Rojo/Nani, um pormenor que me lembra o Caso Calheiros, ficou provado que recebeu dinheiro do Porto, que beneficiou o Porto, não foi provado que recebeu dinheiro para beneficiar o Porto... Aqui fica claramente provado que Rojo foi para Manchester, Nani veio para o Sporting, mas não sei se será possível provar que Nani veio para Alvalade porque Rojo foi para Manchester. Parecendo que não são negócios separados, eventualmente paralelos.

    Continuando, o caso Rojo, chegou a bom porto (para já) porque as partes não extremaram posições e souberam guardar pontes de entendimento quando só o litigio parecia possível. Não há contratos que não possam ser resolvidos, seja por ambas as partes ou unilateralmente, aliás o que acontecerá se um dia destes a UEFA ordenar o fim das partilhas (ou declarar ilegal) de passes entre clubes e fundos?

    Em qualquer caso, há sempre possibilidade de entendimento, fora dos tribunais, desde que as partes não passem determinados limites. Tanto quanto percebi do comunicado da Sporting SAD, foi pedida a resolução de todos os contratos entre a SAD e a Doyen e não apenas de Rojo. Se a razões de justa causa para isso, se há valores a liquidar (por qualquer das partes) seja de conta corrente seja a nível indemnizatório é algo que vamos verificar no futuro.

    No fundo, no fundo, o grande prejuízo que aqui existe foi não termos conseguido manter Dier para substituir Rojo e o beneficio contar com o talento de Nani durante um ano tax free. Financeiramente o pilim fica resgatado numa conta poupança pavilhão até novas núpcias.

    ResponderEliminar
  10. Boa, LMGM!

    Sobre os 9M€ para o pavilhão pareceu-me que o BdC se entusiasmou... Para já não passa de uma declaração de intenções. Continuo a aguardar novidades, digamos, daquelas asssim mesmo pró consistentes (tipo preto no branco) e não apenas 'sound bytes' para ver se se aviva a malta e sobe a miserável taxa de adesão à coisa.

    SL

    ResponderEliminar
  11. LdA bota fabuloso no negócio! Só o regresso do Nani ...

    Oh Virgílio todos nós nos entusiasmamos na 3ª! :) não foi só o BdC. Não me parece que os 9M€ sejam um mero entusiasmo, para mim foi a forma que BdC arranjou para justificar a não utilização dessa verba em +contratações que eventualmente os sócios pouco realistas pudessem vir a "exigir"! E com isso +1 motivo para nosso regozijo!

    LMGM excelente análise ... nunca vais para esquerda mas também nunca te enfaixas pela direita :) .

    SL,

    ResponderEliminar
  12. MRosa

    Acho que esta equivocado em relação ao ordenado do Nani......tem toda a razao nas contas que faz, só com um senão.....é que o Nani irá continuar a ser pago pelo Man Utd, e os descontos que o Nani faz, faz em Inglaterra que é onde tem o contrato de trabalho.....Não em Portugal, logo o Sporting nao tem nada haver com custos para a segurança social, IRS, etc!!!!!.

    Leao de Alvalade

    Primeiro queria cumprimenta-lo e dar-lhe os parabens por manter este blog activo.

    Acho que se engana quando fala sobre os russo poderem pedir mais 1,25M. O negocio do Rojo conta para o Sparta, mas não tem nada haver com a venda do Nani. O negocio é 20M e não 25M como diz. O Man Utd ate podia ter posto 2 ou 3 jogadores no negocio que isso nao afectava a % que temos de entregar aos russos.

    SL

    ResponderEliminar
  13. Dezperado,

    O que sugere sobre o pagamento do contrato do Nani em Inglaterra é ilegal. E ainda bem que assim é, se não todas as empresas em Portugal constituíam uma sociedade no país de menor tributação (Malta?) e pagavam aos seus funcionários através dessa sociedade e ninguém pagava IRS ou segurança social. E enquanto portugueses estávamos bem arranjados.

    Salvo erro, para jogar no Sporting, o Nani tem de celebrar um contrato de trabalho. Celebrando )e registando) esse contrato de trabalho, deve pagar impostos e contribuições sociais como qualquer outro trabalhador. Trabalhando mais de 183 dias (o que será o caso em 2015) ou menos caso esteja no país a 31 de Dezembro de 2014 (o que será o caso também), considera-se residente para efeitos fiscais em Portugal.

    E salvo erro, o valor do contrato de seguro que o Sporting deverá celebrar com o jogador - para proteger o clube, o jogador e o Manchester Utd. dos riscos próprios da atividade - também deverá depender do montante auferido no âmbito do seu contrato de trabalho com o Sporting.

    Ou seja, não se sabendo de que forma o Sporting, o Manchester Utd. e o Nani ultrapassarão estas dificuldades - por exemplo, o Manchester Utd. poderá ter pago muito mais do que os 20 milhões de euros referidos a título de compensação pelo salário do Nani e recorde-se que a incidência fiscal em Portugal para remunerações de elevado valor é substancialmente mais elevada - eu tomaria com alguma cautela a afirmação de que a inexistência de encargos contempla também os salários...

    ResponderEliminar
  14. E aproveitando que os "especialistas" em contratos de transferência, fundos e empréstimos estão bastante activos, talvez lhes tenha passado pela mão este "contrato", para nos poderem explicar ponto por ponto, ou deveria dizer tintim por tintim, esta menáge:

    http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=496248

    Não basta gritar aos sete ventos que se é grande, também é preciso ser investigado...

    ResponderEliminar
  15. Sérgio,

    Sim, eu entusiasmei-me por ver Nani retornar a casa, mas o meu entusiasmo não vincula o SCP ou a SAD a rigorosamente nada... Essa de arranjares justificações para as declarações histriónicas de BdC está muito boa. Tem piada.

    LMGM:

    Deixa lá o Braguilha ser grande à vontade: gde entreposto de jogadores do Jorge Mendes...

    ResponderEliminar
  16. Virgilio,

    Não está a dar justificações de nada, limitei-me a dar a minha opinião como todos aqui fazem!

    Hoje fiquei a saber que o Braga tinha um gajo que custou quase 10M€ e o emprestou ao Mónaco ... será que o LJ não quer comprar um Capel ou um Heldon ... eferecemos ainda o empréstimo do Cissé :).

    Agora a sério esta brincadeira cheira tão mal ... tudo que tenha haver com o JM é sempre tão obscuro, já agora alguém avise o LFV que afinal o Cancelo não é do Benfica é da Meriton Capital :) aka Peter Lim o próximo dono do SLB!



    SL,

    ResponderEliminar
  17. Li com toda a atenção o Post do Leão de Alvalade que me parece excelente e li tambem os varios comentários, um deles tocou o momento da minha curiusidade com que fiquei depois de toda a leitura.
    É um facto o aparecimento dos vários especialistas que com lupa electrónica tentam encontrar provas do crime no contrato da venda do Rojo entre o Manchester e o Sporting. Uma creatividade interessante em imaginar cenários mas sempre os mais tenebrosos.
    Sou assídio leitor de toda a escrita desportiva e nunca encontrei estes especialistas com a dita lupa electrónica na procura de prova de crime nos contratos de espréstamo do Oliver , Casimiro e tello ou nas vendas do Hulk , Rodrigo, André Gomes, Roberto , Moutinho, James Rodrigues, Mangala, Garay e por aí fora.
    Por mim estão desde já contratados.
    Todos os cenários comentados são obviamente possíveis haja imaginação para mais.
    Era só o que faltava que o Sporting e só o Sporting seja obrigado a não usar/usufruir o SEGREDO a maior arma de qualquer negócio.
    O Manchester United é um clube de grande prestígio e dirigido por pessoas que estiveram sempre acima de quaquer suspeita, nao se arrasta tudo o que vem á frente para o lodo.

    ResponderEliminar
  18. "...para mim foi a forma que BdC arranjou para justificar a não utilização dessa verba em +contratações que eventualmente os sócios pouco realistas pudessem vir a "exigir"!"

    Sérgio, só por curiosidade:

    1. Em que é que te baseias para emitires esta opinião?

    2. Assumes que ao invés de agir por convicção, BdC toma decisões e faz declarações em função do que os sócios possam (ou não) exigir?

    Obrigado e boa noite. SL.

    ResponderEliminar
  19. Virgílio,

    Desculpa lá a franqueza mas eu agora tenho de me justificar perante ti porque ... "Para mim" é a minha opinião que a dou como sportinguista ... ainda posso a ter certo!?

    Claro como qualquer outro presidente, sinceramente não percebo o teu espanto.



    ResponderEliminar
  20. Sérgio,

    Porque nada. Fiz-te, educadamente, um pedido ao qual respondes se quiseres. Não quiseste, fico sem perceber donde veio essa tua opinião, mas td bem.

    Sobre a "temática do espanto": espanta-me não te espantares. Mas, mais uma vez, td bem.

    ResponderEliminar
  21. Virgílio,

    Tem por base apenas e só a minha perceção do que se passa/passou.

    Olha a mim espanta-me que tentes utilizar as minhas opiniões para dar mais umas alfinetadas no BdC ... geralmente o fazes sem qq problema!

    ResponderEliminar
  22. Sérgio,

    Qd um Presidente do SCP toma uma decisão importante e a anuncia seria bom que tivesse, pelo menos, a convicção que perante as circunstancias conhecidas é aquela que melhor defende os interesses do clube e não aquela que conjunturalmente mais agrada a sócios e adeptos. É que os sócios mts vezes exigem hoje uma coisa e amanhã o seu contrário... Defender isto, não me parece que seja aproveitar opiniões alheias para enviar alfinetadas seja a quem for.

    ResponderEliminar
  23. Espantoso negócio de rojo, porque nunca valerá 20, nem 15. e mais a vinda do nani, não vale só pelos ordenados, vale muito mais, valores não reproduzidos em dinheiro, a chegada não vale dinheiro, vale emoção, e muita, a venda do capel mais ordenados, sim porque é perfeitamente dispensável, n
    ão conta? força bruno.

    ResponderEliminar
  24. Eu tenho para mim, que um grande pormaior, seria o atrasado mental do dono desta especie de blogg fechar de vez esta mesma merda de bloggg,
    VOCÊS OS CROQUETES E LAMBUÇAS, só depois de mortos e leiloados na feira dos agriões é que poderão dar algum beneficio ao SCP.

    ResponderEliminar
  25. Pelas contas de alguns, mais um bocadinho e o Sportimg ainda vai ter que pagar pela transferência do Rojo!

    ResponderEliminar
  26. Antonio

    "O que sugere sobre o pagamento do contrato do Nani em Inglaterra é ilegal. E ainda bem que assim é, se não todas as empresas em Portugal constituíam uma sociedade no país de menor tributação (Malta?) e pagavam aos seus funcionários através dessa sociedade e ninguém pagava IRS ou segurança social. E enquanto portugueses estávamos bem arranjados."

    Sabe porque é que o Pingo Doce mudou a sede fiscal??? Voce se quiser pode abrir uma empresa com sede fiiscal em Malta....e ter negocios em portugal.....é capaz é de ter dificuldade em fazer negocios com qualquer empresa.

    O que voce esta a dizer é que por exemplo, se amanha viesse um estrangeiro da Vodafone Alemanha, trabalhar uns meses na Vodafone Portugal, teria que fazer os descontos em Portugal?????? Tem a certeza sobre o que esta a dizer????

    SL

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (5) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (4) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)