sábado, 30 de julho de 2016

Da promessa falsa de meritocracia, a figura de proa, a desdém. Augusto Inácio e Jorge Jesus.

O anúncio da desvinculação de Augusto Inácio do Sporting, confirmou de forma pouco arrebatadora aquilo que já conhecíamos: desde o ingresso de Jorge Jesus no clube, as áreas de competência ou funções por si desempenhadas resumiam-se a um destituído vazio. Com início em 2011, Inácio não foi mais do que uma das formas encontradas por um dos então candidatos para criar uma relação de empatia com os sócios do Sporting, relação para a qual, em virtude da notoriedade e do passado desportivo ao serviço do clube, Inácio foi um dos principais contribuidores. Ontem, hoje, desde sempre, da mesma forma que Bruno de Carvalho nunca viu nele um director-desportivo, também nunca viu nele um director de relações internacionais.
À falta de termo, em diálogo com os sócios e adeptos do Sporting, o antigo jogador e treinador cedo se resumiu como figura mais ou menos decorativa reprodutora de chavões comunicacionais.

Infelizmente, para mim, sobretudo para mim, foi a dada altura um destes chavões o único responsável para que o meu apreço por Inácio tivesse não só desaparecido, como visto substituído por desafecto. Tal como confirma o histórico do meu «blogue», apesar dos ecos / verdades / boatos / meias-verdades / mentiras que dão conta de episódios menos claros no seu passado de treinador, o meu respeito e a minha estima por Inácio não sofreriam alterações. Certo sendo que o seu estatuto de campeão foi-me, é-me, em si mesmo, completamente irrelevante, ainda que desde 2011 associado a Bruno de Carvalho, o simples facto de se tratar dum antigo jogador e treinador do Sporting fez-me sempre olhá-lo com reverência. Para este efeito, mais ou menos Bruno de Carvalho ou milhares dos seus assistentes de missa, independentemente da circunstância, não seria facilmente capaz de destratar ex-jogadores ou ex-treinadores do clube, ainda que o tempo ou a necessidade os visse, veja, transformados em dirigentes. Qual foi o momento, ou chavão, responsável para que passasse a olhar Inácio não como uma antiga glória mas somente mais um infeliz? Este.

A partir daí, e a partir de hoje, não me custando adivinhar que permanecerá ligado a Bruno de Carvalho, uma vez que não consumo programas televisivos desportivos, resta-me antecipar ou desejar que não frequente os corredores e gabinetes de Alvalade na condição de dirigente. Conforto pequeno, mas o possível, já que é provável que A. Inácio continue a fazer-se presente no dia-a-dia do clube. Esperando não ter de voltar a falar no papagaio - indivíduo que repete insistentemente sem reflexão o que ouve ou lê -, deixo como última menção não a desvinculação de funções que nunca exerceu, mas o muito pequeno tributo que permanece válido feito a 12 de Dezembro de 2012, menção que na altura incluiu o então treinador do Benfica.




Desde a implementação do modelo de 3 provas, ECC, IFC e ECWC, o Sporting apenas numa ocasião se classificou fora do acesso a uma competição Europeia de futebol. Foi em 1975/76, significando ausência de UEFA em 1976/77. As restantes, 60/61, 59/60, 57/58 e 56/57, sucederam num período onde somente os campeões Nacionais mantinham acesso à (única) prova Europeia existente: taça dos clubes campeões Europeus (...) seguidos por Vitória FC (Setúbal) 15, Vitórica SC (Guimarães) 15, SC Braga 15, CF os Belenenses 10, CS Marítimo 08 e (muitos) outros clubes com 5, 4, 3, 2 e 1. Dois nomes e um rosto familiares.

Augusto Soares Inácio 
01/02/1955 (nascido no mesmo ano que o meu pai)

Campeão Nacional como jogador e treinador no Sporting em 1979/80, 1981/82 e 1999/2000. Campeão Nacional, Europeu em 1986/87 e intercontinental em 1987 com outro emblema. Vice-campeão Europeu da taça dos vencedores das taças em 1984 frente à Juventus também ao serviço do clube representado a partir de 1982, FC do Porto.

Jorge Jesus, campeão Nacional como treinador também ao serviço de (ainda) outro emblema. Sócios-adeptos da maior potência desportiva Nacional que além desta condição partilharam, em conjunto, o estatuto de benjamins no plantel do Sporting que em 1975/76 falhou o lugar de acesso a uma prova Europeia de futebol.


Augusto Inácio promovido da equipa de juniores para a principal em 1975/76, e Jorge Jesus regressado a casa em 1975/76 de dois empréstimos e pela primeira vez chamado ao plantel principal do Sporting.

O propósito deste «post»: deixar um abraço enquanto sportinguista a duas personalidades de relevo sportinguista(s), de famílias sportinguistas, que não obstante os percursos profissionais por outros clubes, quando chamados a versar sobre o clube, trataram-no sempre muito bem. Tal como para José Peseiro, sentido, dignidade e probidade respondendo pelo clube na condição, o rastilho deste «post» foi uma expressão muito linda utilizada ontem pelo treinador do Benfica em referência ao Sporting, «este grande clube».

Este grande clube. Não terás que aceitar entrar no jogo a perder. Juro.

14 comentários:

  1. Relendo o «post» de 2012, é absolutamente triste que um campeão como Augusto Inácio se prostitua a troco de nada. Olhando ainda o mesmo texto, a menção ao então treinador do Benfica, Jorge Jesus, foi uma de muitas que me valiam na altura "mimos" doutros sportinguistas.

    Hoje, permanecendo Jorge Jesus o soberbo treinador que sempre foi a partir (pelo menos) do momento em que ingressou n'Os Belenenses, a esmagadora maioria dos ignorantes e ineptos adeptos do Sporting que o viam como um treinador beneficiado por arbitragens, ou mero bronco que não sabia falar a língua, passaram desde 2015/16 a vê-lo como herói. É por isto, mas não só por isto, que não deverá confiar cegamente nas maiorias.

    Frequentemente, andam essas maiorias absolutamente erradas.

    ResponderEliminar
  2. Quando é que o Jorge Jesus disse isso?
    As vitórias do Inacio foram no Porto e nessa altura ele era so mais um jogador, nunca foi dos melhores e nessa altura foi quando ele para mim morreu qd ajudou o Chulo da Costa a roubar o Futre ao Sporting! Sportinguista o Inácio?!?! Não brinquem comigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disse-o na noite onde pela 150ª vez consecutiva nos venceu em Alvalade. Vitória do SLB por 1-3. Não me lembro se o treinador já era Jesualdo ou se ainda era o Belga. Jesus disse também que o Sporting tinha jogadores de grande nível. Direi eu, referia-se a Carrillo, possivelmente Rinaudo, Eric Dier, Rui Patrício ou Izmailov.

      Quanto a Inácio, jogou pelo FCP e é possível ou provável que tivesse dado uma mão no resgate de Futre mas para mim isso não tem nada a ver com o seu sportinguismo. Admito poder estar enganado mas não é uma inferência que pessoalmente faça.

      Eliminar
  3. Confesso que encontrei este blog meio por acidente, e tal como muitos outros blogs críticos da actual direcção utiliza uma linguagem ridicularmente cara e chata! Não é por se falar bem que se tem mais credibilidade, ou que se é mais sério. Acho inegável que o Sporting de Bruno Carvalho é melhor que os 14/15 anos anteriores, a chamada era da "continuidade" onde perdemos o nosso património, onde perdemos milhares de associados aliados a zero resultados desportivos. O Sporting não é um clube de elite, é um clube dos Sportinguistas e acredite que a grande maioria não de famílias abastadas com elevados estudos, nem com cargos pomposos nas empresas dos amigos. Podem até não gostar da forma mas o conteúdo está certo, os Godinhos, Francos, Cunhas, Roquettes apenas se serviram do nosso clube. Vejam quem eram os proprietários dos terrenos de Alcochete, vejam o projecto do novo estádio e quebfoi construído, vejam o negócio da venda do Alvaláxia (as comissões e a quem) bem como a questão das rendas das lojas vazias. Enfim numa coisa concordo, esta direcção não faz tudo bem, mas sem dúvida quenfaz muito melhor dos que por lá passaram recentemente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais um comentário calunioso que envolve a história do grande Sporting! Nem com o constatar de que as auditorias pariram rato, se calam!

      #naomedeixemcair

      Eliminar
    2. É isso mesmo, P. Carvalho. Boa onda.

      Eliminar
  4. Aproveito também na esperança que o Nuno [camarada, amigo, "inimigo", seja lá qual aprouve] leia este comentário: imensas / sinceras desculpas por não ter visto o que escreveu sobre a pré-época do Sporting. Espero que ainda vá a tempo de ler o que acabei (há pouco) de lhe responder nesse mesmo comentário. Caso passe os olhos por isto, resumidamente: não conheço os jogadores que refere mas subscrevo de princípio a fim o que sugere. É também a minha opinião. Obrigado pelo valioso contributo.


    Outra coisa:

    Excelentes Luís Figo e Stoichkov, aqui:

    http://www.record.xl.pt/multimedia/videos/detalhe/stoichkov-para-figo-se-te-vir-em-barcelona-continuo-a-insultar-te.html

    Não é estranho que jogadores inteligentes no relvado também o sejam fora das quatro linhas. Sobre Luís Figo, no jornal onde vi esse vídeo li também uma nota qualquer dum jornalista qualquer que se refere ao português como manipulador. É inacreditável a falta de categoria e inteligência dos principais jornalistas de desporto nesses jornais (de onde veio, salvo erro, o Nuno Saraiva, não do 'Record' mas doutro).

    Basta ver o vídeo para se perceber o cuidado que Luís Figo teve na resposta que deu sobre Cristiano Ronaldo. Essa resposta foi suficiente para que jornalistas o apelidassem de hipócrita, como se o Figo fosse por decreto obrigado a achar C. Ronaldo o melhor jogador português de sempre.

    Ainda nesse vídeo, chamo atenção para o que Figo diz sobre a sua mudança para Madrid, tópico em tudo relacionado com a actualidade João Mário ou com a ida actualidade Carrillo.

    Por último. "Se Higuaín vale 90 milhões, valerias tu hoje 200 milhões?"
    - "Falso, nada vale 200 milhões". Grande Luís Figo, uma referência.

    ResponderEliminar
  5. Ninguém vai notar a presença ou a ausência de Inácio pois não fez absolutamente nada a não ser delapidar os nossos recursos. E o que vai continuar a fazer na SIC não é defender o Sporting mas defender o seu amigo Bruno. Não é a mesma coisa defender o Bruno e defender o Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Augsto Inácio está intimamente ligado às mudanças de 2000 para 2001 onde juntamente com Luís Duque encheu o plantel de reforços que não precisava e de internacionais para cima dos 30 anos de idade, onde tudo somado equivaleu a um prejuízo que demoraria épocas a pagar. É por isso patético que fale como se tivesse aparecido no Sporting em 2011 vindo do nada.

      Além disso, revelador da sua desinteligência e vigarice, fala na entrevista em 'croquetes', 'sportinguistas de 1ª e de 2ª', 'papagaios' ou 'nós salvámos o Sporting'. Revelou-se um palhacinho, infelizmente. No 1º vídeo, onde fala sobre as suas novas funções (relações internacionais), é capaz de com uma cara muito séria descrever de forma perfeitamente imbecil aquelas que seriam as suas novas competências. É por isso e por milhares de situações destas que ninguém acredita nestes dirigentes do Sporting. Mentem constantemente e com uma impunidade medonha. Ninguém acredita, ninguém além dos néscios claro ...

      Eliminar
  6. O Inácio... o Inácio é um chuleco qualquer! Foi despedido do vaslui por andar a partilhar comissões com empresários. É só pesquisar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faço ideia e para ser franco esse tema nunca me interessou, não insinuando ser pouco importante ou irrelevante. Mas à falta de elementos e nunca tendo visto o assunto discutido, não tenho opinião formada.

      Eliminar
    2. Aqui estão as palavras do dirigente do clube romeno.


      "As declarações públicas de Augusto Inácio foram uma surpresa para mim. Com todo o respeito pelo futebol português e as pessoas que trabalham na área, as suas opiniões são uma má publicidade para todos os treinadores, não apenas na Roménia, mas em toda a Europa. Devo mencionar que em cinco meses em que trabalhou no Vaslui, ganhou muito mais do que Vítor Pereira numa temporada inteira no FC Porto, apesar de não ter o mesmo sucesso, nem ter conquistado qualquer troféu, embora estivesse ao comando de uma forte equipa e com forte apoio financeiro", aponta aquele responsável do Vaslui, especificando:

      "Augusto Inácio desviou-se da atividade de treinador, mas revelou-se um agente de jogadores excecional. Ficou aborrecido por nos termos oposto à transferência de alguns jogadores da 2.ª Liga de Portugal, que custariam ao clube centenas de milhar de euros, ou de atletas livres, dos quais os seus agentes pediam comissões exorbitantes. Transferimos jogadores que ele pediu, mas não pelo valor proposto, dos quais os emails de negociação servem de prova. Daquilo que tomamos conhecimento pelas pessoas envolvidas, ele definia os preços e, também, estabeleceu os cortes nos ganhos."

      Relativamente a este tema, Daniel Stanciu recorda um episódio:

      "É bem conhecido um incidente num hotel do Porto, quando ele e um agente português tiveram uma acesa discussão, testemunhada pelo agente de jogadores Gaspar [Freire], pelo antigo futebolista Ioan Timofte e o presidente da Olhanense. Haveria muitas mais coisas a dizer, mas tenho algum pudor em referi-las." »


      Eliminar
  7. Excelente, amigo. (Trato-te por amigo sem nunca te ter posto os olhos em cima. É esta empatia entre coisas escritas que mostram a elegância, a honestidade intelectual, a simpatia, a inteligência, a verdade, a vontade de melhorar a discussão sobre futebol, o gosto pela rivalidade, a beleza. Não tenho dúvida nenhuma, e caguei para as falsas modéstias, se a maioria dos adeptos fosse como tu e eu o futebol podia atingir coisas completamente impensáveis nos dias de hoje. Em vez disso, levas aqui diariamente com gente idiota, mal-formada, estúpida, incapaz de compreender coisas simples, invejosa, odiosa, gente que não pode gostar de futebol. Gosta do clube, e mal)

    ResponderEliminar
  8. Grande Inácio! Grande homem, e que provou (uma vez mais) que põe os interesses do SCP acima do resto. Grande discurso esse sobre a oposição cobarde que é praticada no SCP. Para que não venham deturpar as minhas palavras: nem toda a oposição é cobarde, falando em termos genéricos e sem ter em consideração os alvos da oposição, a maneira como se faz oposição é que pode ser (ou não) cobarde. E a oposição actual do SCP é do mais cobarde que me lembro, não têm um pingo de vergonha.

    Devido a este "abandono" da condição de dirigente, estará impedido de ser campeão pelo SCP na condição de jogador, treinador e dirigente.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (5) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)