quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Manuel Fernandes, o capitão que chega a general

Muitos se interrogaram - ou criticaram até - sobre a oportunidade da entrevista de Manuel Fernandes hoje ao Jornal Record. Para mim, e ao contrário de muitas elaborações, a conclusão é simples: Manuel Fernandes subiu na hierarquia e tornou-se num dos homens fortes de Godinho Lopes. Basta tresler a entrevista para o perceber, estão lá bem claras as razões que levaram à queda de Duque e Freitas. 

Isto significa o triunfo e ascensão de uma linha há muito pedida  por um largo sector de adeptos: dos antigos jogadores e de referências (Manuel Fernandes, Beto, Vidigal, Nelson) para os Sportinguistas. Claro que, agora que a ideia foi levada à prática, chega a hora de, como em muitas outras ocasiões semelhantes, esmiuçar as razões e sobretudo as pessoas que  acham que têm um contributo válido a dar ao clube e, quem sabe, uma forma de retribuir o muito que o Sporting lhe deu. Esse é um preço alto que todos têm hoje que pagar no Sporting e a isso nem o Grande Capitão se conseguirá furtar. Manuel Fernandes sabe-o, por certo.

Pessoalmente sempre achei que a competência devia ser a prioridade, sendo a preferência clubista obviamente importante, a funcionar como factor distintivo. Há nas afirmações de Manuel Fernandes muita coisa com as quais não concordo, mas há uma em especial a merecer o meu destaque: a responsabilidade da actual classificação passa pelos jogadores, mas eles estão longe de, por si só, de poder alterar a actual situação e, tal como os adeptos, são os principais prejudicados pela situação em que nos encontramos.

Continuo a pensar, e não encontro ainda argumentação que me leve a prescindir dos meus juízos, que o problema teve a sua génese em razões de ordem técnica, a que se juntam agora as restantes, que qualquer um pode facilmente constatar e enumerar. 

39 comentários:

  1. e mais uma vez, o conteúdo tem muito pouco a ver com a chocante capa!!

    ResponderEliminar
  2. Uma bela entrevista e um bom raio X do SCP. Esperemos que ele tenha razão em relação ao Vercauteren.

    ResponderEliminar
  3. Falta perguntar quanto é que ganha por mês e porque é que o filho dele agora já é treinador na Academia...

    Continuam as feiras de vaidades...neste momento devem estar calados e a trabalhar e não a mandar bitaites nos jornais. Muita da merda que foi feita na academia foi feita a pedido dele que exigiu que o filho dele (adjunto dos iniciados C no ano passado) ficasse responsável por uma equipa...ser uma referência do SCP é muito bonito mas levar para casa quase 20 mil euros/mês é muito mais...

    ResponderEliminar
  4. Se falares do Sporting tem sempre em atenção:
    1º Modo
    2º Tempo
    3º Local

    1º o modo até pode ser o melhor, mas pelos títulos do jornais, já se percebeu que nem por isso.
    2º O tempo é erradissimo
    3º O local é pessímo

    PS: Ainda nem li a entrevista, mas nada me fará mudar o que atrás escrevi.

    PS: Se há recados para mandar a alguem, há sempre a possibilidade de os dar noutro modo, noutro tempo e noutro local.

    Uma entrevista que não deve beneficiar em nada a estabilidade pretendida.

    ResponderEliminar
  5. E eu a pensar que só havia papagaios na oposição.

    ResponderEliminar
  6. Os 3 jogadores do Braga aconselhados eram todos interessantes. Só não percebo porque é que mudou de ideias acerca do Carlão, não era o melhor em Portugal? No banco sempre era mais barato que o Lima, que sabe perfeitamente que nunca esteve ao alcance do Sporting. Quando um dia se fizerem as contas mais à séria ainda vão descobrir que o Freitas é mesmo um gajo à maneira. Sobretudo o pessoal dos 70 Milhões.

    ResponderEliminar
  7. Aos invertebrados do costume nem o verdadeiro capitão escapa, não disse que sim a todos, como Domingos. 20 Mil não era o Duque? Os responsáveis pelo futebol e os verdadeiros símbolos nos outros clubes são de borla. Já ouvi dizer que os dirigentes do Bayern pedem esmola nos dias de jogo. Ainda matavam o Freitas se trouxesse mais algum do Braga.

    ResponderEliminar
  8. Acho que é uma boa entrevista e não acho o timing errado.
    A referência aos jogadores ,que me parece a mais discutível,foi descontextualizada.

    Já disse que o Sporting precisa de alguém fortemente ligado ao futebol e ao clube para reforçar a SAD.
    Essa pessoa deve ter funções alargadas mas sem ter o poder que Luís Duque tinha.
    Se se confirmar que é MF, concordando com o post,acho que é uma boa escolha,e lógica ,dado o que já está no clube.

    PS:Continuo espantado com alguns comentários que vejo neste e noutros blogs.

    ResponderEliminar
  9. Os antigos jogadores que foram estrelas no SCP e agora têm dado o melhor possível ao clube, quer como treinadores, quer como adjuntos, infelizmente, não têm chegado ao sucesso nas suas novas funções, e não é porque não transportem consigo a dedicação e o devido amor.
    Viu-se o que se passou mais recentemente com o Sá Pinto. Perdeu após o fogo-fátuo de uns meses em que a sua fibra de bombeiro se vez valer iludindo os sportinguistas, sofrendo uma grande transformação, pois como treinador nunca teve a impetuosidade e rebeldia que registamos enquanto jogador.
    Aí, eu acho que o Sá Pinto cresceu, pois não se poderia aturar o feitio que ele tinha dentro do campo, a não serem os homens do apito. Agora, o fracasso como treinador não seria assim tanto acaso tivesse vencido a Académica no Jamor, para colmatar o insucesso do ataque ao 3º. posto da classificação geral com vista à competição na Liga dos Campeões Europeus.
    A ascenção do Manuel Fernandes vai na linha da recuperação dos leões fibrosos, tenho por este homem certo carinho, porque sofreu a bom sofrer como treinador dos clubes por onde passou, mas o amor ao SCP não pode crescer muito mais do que o que ele já tem, sob pena de rebentar com o coração. Agora, a paixão é uma coisa, e a dedicação ao ponto de trabalhar de borla é outra. Parece-me que o facto de alguns adeptos se referirem ao ordenado do Manuel Fernandes, ou até à protecção do filho - desde que este seja competente e mereça ganhar também o seu - não é de bom tom.

    ResponderEliminar
  10. O Manel é uma lenda viva do Sporting e tive o previlégio de conviver com ele através do meu tio. Recuso-me a comentar a entrevista lembrando que ele é assalariado do clube e levado por Godinho Lopes de novo para o clube. Não me choca as suas declarações havendo claro algumas que concordo outras nem tanto. Esta é daquelas coisas que abstenho-me de comentar pois tenho um respeito enorme pelo grande capitão.

    SL

    ResponderEliminar
  11. Boa entrevista do grande capitão. Se Manuel Fernandes aconselha Godinho Lopes o mínimo que se pode concluir é que as possibilidades de êxito do Presidente do Sporting aumentam significativamente. Claro que o diagnóstico de MF sobre a equipa e sobre as razões do insucesso está correcta. Um plantel construído de forma desiquilibrada - muitos alas, muitos jogadores de meio-campo e ausência de alternativa ao único ponta-de-lança - e jogadores que não assumem a sua responsabilidade pelo mau momento da equipa. É deles a responsabilidade maior e, é por isso, que passará por eles a solução. Manuel Fernandes mostra sintonia com Vercauteren sobre a responsabilidade dos jogadores. Já defendi que este discurso acaba com as conversas fantasiosas sobre as grandes exibições e as grandes injustiças e os azares tremendos e tenderá a acabar com as consequências desse "estilo".
    Manuel Fernandes foi um dos maiores jogadores que passou pelo Sporting e um dos maiores avançados que alguma vez vi jogar.Prestou ao Sporting, e ao futebol português, serviços impagáveis. Agrada-me que sejam pessoas como ele que possam em cada momento representar o clube e sobretudo possam transmitir aos jovens os valores que fiseram a grandeza do Sporting. Acresce o facto de MF saber como poucos distinguir um bom jogador de um jogador vulgar. Que pena o Sporting não ter seguido o seu conselho quando da contratação do Domingos. Seriam três titulares do Sporting.
    PS - Custa-me ler comentários(?) que o colocam como um mero oportunista que se está a aproveitar do clube. Haja respeito e vergonha.

    ResponderEliminar
  12. Até os estrangeiros falam de nos...

    http://www.football365.com/faves/8231571/Focus365

    ResponderEliminar
  13. Depois da ruína do do edifício do futebol e com a chegada do novo treinador está na hora de nos apercebermos todos que o que foi tentado desde o inicio do actual mandato, com a chegada de GL a presidente do SCP, nunca tinha sido visto em Portugal e isto sem qualquer tipo de recriminação, muito pelo contrário, até numa óptica de reanimar o clube, portanto com muito boas intenções.

    Um director desportivo que voltou constitui um excelente plantel, sem qualquer tipo de dúvida, quem quer vê sempre desiquilibrios até na melhor das equipas, mas tudo muito à revelia do adn do clube e do treinador, também ele recém chegado e que na altura era Domingos Paciência, com os jogadores a chegarem das mais variadas proveniências, portanto sem qualquer tipo de ligação que é sempre o mais importante em qualquer equipa.

    Já todos vimos que este tipo de processos ou projecto demoram a dar frutos até nos clubes recém comprados por alguns milionários, logo com mais tempo e dinheiro. Hoje não ponho qualquer tipo de dúvida que a resposta que todos procuram e ninguém consegue dar anda algures por aqui.

    E agora que também já todos percebemos que sem novas parcerias não é possível manter por muito mais tempo este tipo de estrutura de custos no futebol profissional do SCP? Porque e tal como o Manel refere têm sido feitas outras coisas muito boas no universo do clube. A prova que Vercauteren não foi chamado para reanimar este projecto é dada pelas saídas que entretanto se processaram. Terá vindo então salvar o que ainda é possível em termos de retorno financeiro, numa óptica de valorização de alguns excelentes jogadores? E depois? Entrosar alguma formação com algumas boas experiências que continuam?

    ResponderEliminar
  14. Apesar de um bocado mal escrito e difícil de entender, eu pelo menos precisei de ler 3 vezes o comentário das 21:35, talvez nunca tenha visto tão bem sintetizada a causa provável da pouca produtividade deste novo Sporting recheado de bons jogadores. Talvez seja mesmo impossível esperar muito mais de mais de 20 novos jogadores que chegaram em tão curto espaço de tempo. Pelo menos em 2 épocas. E agora digo eu? Se assim for, conhecer a causa é sempre o principio para resolver qualquer problema.

    ResponderEliminar
  15. Eu confesso que dificilmente serei independente ao analisar uma entrevista a MF. Juntamente com Damas, Jordão, Oliveira e outros, fez parte de algumas das melhores equipas que tivémos e com a qual tive o meu "baptismo" em Alvalade.
    Porém, não é por isso que fico chocado com as bocas que vou lendo por aí a tentar denegrir o seu carácter apenas porque recebe um salário. Queriam o quê? Que ele trabalhasse à borla?
    Não sei se o salário é ou não excessivo, mas uma coisa eu garanto, que ninguém ponha em causa o Sportinguismo, a dedicação e a sabedoria de MF no que respeita ao futebol português.
    Se há alguém que sempre sofreu e sofre pelo clube é ele e mesmo tendo sido maltratado por algumas figurinhas que por lá passaram nunca lhe ouvimos retorquir amarguras. Se recebe um bom salário não tenham dúvidas que o merece, ele é das poucas pessoas actualmente no clube que é "doutorado" no futebol português; aliás, quem alguma vez treinou o Setúbal nos períodos críticos em que ele o fez, o Penafiel com o Oliveira a presidente e o Leiria sob a presidência do Bartolomeu tem mesmo um "pós-doutoramento".

    Quanto ao conteúdo da entrevista, ele tem direito à sua opinião, mas talvez haja coisas que não devessem ser ditas tão abertamente, no entanto, concordo com o que diz e - tanto quanto me é dado a conhecer - tem razões e conhecimento de causa para o dizer.

    Quem souber ler a entrevista percebe algumas coisas da vida recente do clube e percebe melhor a saída de LD e CF. Curiosamente, assim que soube da saída deles achei que MF tinha de assumir um papel mais relevante dentro do clube. Parece-me que não estava enganado.

    SL

    ResponderEliminar
  16. Nao e necessario esmiucar nem Manuel Fernandes precisa de "promocoes". Essa sera uma mistura de conceitos algo infeliz ja que "Capitao" remete para uma carga emocional, inerente a obra desenvolvida como jogador dentro do clube e aquilo que a sua pessoa significa para a instituicao.

    Nao passa de "Capitao" para "General" nem sobe ou desce em qualquer hierarquia, da mesma forma que Manuel Fernandes esta muito distante de referencias como "Beto, Vidigal e Nelson". Sao universos de nomes completamente diferentes. Nem a sua importancia dentro do Sporting deve ser lida como parte da estrategia que levou muitos ex-jogadores ao interior do clube.

    Nao precisa de curriculo. Nao precisa de prestar provas. Nao precisa de ter gente a "esmiucar as razoes" nem precisa de "retribuir o muito que o Sporting lhe deu". Ele deu mais ao Sporting do que o contrario.

    Se tanto, Manuel Fernandes deveria la ter estado sempre, nos ultimos 20 ou 25 anos.

    ResponderEliminar
  17. Como é que alguns invertebrados caluniam com mentiras o Grande Capitão. O Homem que chorava para vestir a camisola listada! O jogador da CUF, também da 1ª divisão na altura, que a 1ª coisa que fazia no intervalo do jogo que estava a disputar, era perguntar pelo resultado do seu Sporting* (na altura os jogos eram disputados à mesma hora e a CUF foi o clube que representou antes de vir para o nosso Clube). É um dos poucos símbolos vivos do Sporting (assim como Bessone basto e pouco mais). Tem competência na área que exerce e à muito que devia estar no Sporting. Destes é que o Sporting precisa. Estejam descansados os outros sportinguistas que este põe os interesses do Sporting em 1º lugar. * Contado, à anos, pelo antigo dirigente da CUF e grande sportinguista João Aranha. S. Leoninas.

    ResponderEliminar
  18. Obrigado pelo texto e por disponibilizar o artigo, pois de outra forma não conseguiria ler a entrevista porque me recuso a contribuir para esse, ou qualquer outro, "jornal".
    Questionar o trabalho do Manuel Fernandes e o seu vencimento é uma total falta de respeito por um simbolo do SCP. Não sei quanto ele ganha, nem isso me preocupa, pois mesmo que nada de relevante fizesse no SCP (o que não é o caso, basta ver a classificação da equipa B), merecia o seu vencimento e apoio do SCP por tudo o que deu ao clube sempre que foi chamado a colaborar com o mesmo.
    Certamente os que o criticam dessa forma, atirando valores que provavelmente desconhecem se correspondem à realidade, não criticariam se fossem outros ditos sportinguistas que nada fizeram pelo clube a auferir quantias bem superiores através do mesmo...

    ResponderEliminar
  19. "É um dos poucos símbolos vivos do Sporting (assim como Bessone basto e pouco mais)"

    Tal e qual. Eles sao o clube.

    ResponderEliminar
  20. Manuel Fernandes ganha peso na estrutura directiva da SAD, por princípio não tenho nada contra e até agradeço a relevância que o Capitão passa a ter na gestão do futebol do Sporting.

    A questão que se impõe é: e quando for Manuel Fernandes o bode expiatório a arder na fogueira de vaidades, despedido em nome de uma qualquer desestruturação para manter algumas costas bem quentes?

    ResponderEliminar
  21. Boa entrevista do grande capitão e ao mesmo tempo ainda o maior símbolo vivo do clube, ao contrário do que muitos dizem, no tempo certo. É agora ou nunca que os jogadores vão ter que reagir! No que é também o discurso oficial em Alvalade juntamente com as queixas das arbitragens, inteiramente justas. Já não se pode concordar com querer justificar os resultados do Sá com a derrota no Jamor, há mais de 1/2 ano.

    Também não percebo onde é que está qualquer referência ao afastamento de Luis Duque e Carlos Freitas? Como disseram aqui no outro dia, por vezes mais do que responsáveis há que encontrar culpados, a massa adepta assim o exige, é mais frequente ficar só pelo treinador. A eliminação precoce na Taça de Portugal assim não quis e só veio acelerar um desfecho que alterações de ordem financeira súbitas e forçadas tornariam sempre inevitável. A GL não resta outra coisa que invocar a sustentabilidade futura do SCP.

    O link aqui trazido pelo anónimo das 20:50 e disponibilizado por uma certa franja de pensamento leonino, ainda por cima equivocados, talvez resultado dos muito maus tradutores on-line, é bastante claro sobre esta matéria, não permitindo que se cheguem a instalar duvidas, já que nenhum dos intervenientes chegou a falar:
    Diz mais ou menos que - o presidente Godinho Lopes tem-se vindo a tornar uma figura cada vez mais impopular. O treinador Ricardo Sá Pinto foi demitido e substituído pelo belga Franky Vercauteren com contrato até ao final da temporada. O director de futebol Carlos Freitas e o membro do conselho de administração Luis Duque demitiram-se das suas posições porque entendem que tanto os credores como os investidores deveriam dar mais tempo e dinheiro ao clube. Mesmo sem novos investidores as exigências súbitas da banca não vão beneficiar nenhuma das partes e sobretudo não vão permitir que o clube atinja os resultados desportivos e financeiros a que se propôs na próxima época desde o princípio. A mesma lenga lenga de todos quantos se opõem ao pensamento neoliberal do professor Gaspar por cá a outro nível.

    O que Luis Duque e Carlos Freitas reclamavam era sobretudo mais tempo para operacionalizar a autêntica revolução operada no plantel desde que chegaram ao clube, consistente aliás com a versão original que apontava para resultados só na próxima época e também mais dinheiro, por exemplo no ultimo defeso, nomeadamente para colmatar a questão da concorrência na frente de ataque de que fala o Manel e agora na contratação do novo treinador.

    Muitos dos que criticam agora já não se lembrarão do ponto de partida por exemplo na frente, a frente de ataque que esta administração veio encontrar no Sporting era: Cristiano, Saleiro, Djaló, Postiga e Salomão.

    Ainda ontem o treinador do Genk veio considerar que a classificação do Sporting no grupo G da Liga Europa não corresponde ao valor da equipa. "Neste grupo, o Sporting é a melhor equipa, a que tem os jogadores mais valiosos, tendo gasto muito dinheiro esta época em contratações, e só razões circunstanciais não permitem que esteja a render ao nível da qualidade do seu plantel", disse Mário Been, na conferência de imprensa. Acrescentou ainda que Vercauteren e os leões dispõem de "excelentes jogadores para formarem duas equipas de nível idêntico"

    Mas o sr. Been não treina o SCP!

    ResponderEliminar
  22. "Não conhecia Godinho Lopes. Hoje estou muito surpreendido com a capacidade que tem demonstrado, é um homem extraordinário que tem feito coisas incríveis para o clube"

    Oh Manel, também tu?! A fazer propaganda pelo Godinho?! PORQUÊ???

    ResponderEliminar
  23. Realmente já ninguém se lembra da equipa há duas épocas atrás e queríamos ganhar na mesma? Em vez de ficarmos ao lado de quem trouxe até nós os actuais jogadores, exigimos sempre os resultados para ontem e só ajudamos a fechar ainda mais a torneira. Como resultado corremos o risco de nenhum tipo de resultados. Avaliação: Gestão danosa! Força Franky

    ResponderEliminar
  24. O que não faltam por cá são Daniel Sorey que nos querem enterrar vivos. Enquanto todos não perceberem que aquilo que verdadeiramente precisamos assim como o mercado que nos interessa para nos levantarmos vivem de informação mas sobretudo da confiança que transmitimos o que também não faltam infelizmente é adeptos a fazer figura de parvos.

    ResponderEliminar
  25. MM concordo e discordo.

    Concordo relativamente ao que Manuel Fernandes significa para todos nós pelo que o facto de agora estar a exercer funções de dirigente não deveria colocar em causa esse estatuto. Era esse o que pretendia com o esmiuçar, etc.

    Mas a realidade é bem diferente e basta ver aqui e noutros locais (onde se foi ainda mais longe) os comentários feitos sobre o capitão para concluir que o meu receio não era infundado. Isto é o que o Sporting se transformou nos últimos tempos, ninguém serve, a menos que pense da mesma forma que eu.

    Também não tenho dúvidas que o clube só perde se não tiver referências como MF no seu seio. Tenho no entanto algumas dúvidas se deveria estar nestas funções, por 2 razões:

    está preparado (ao nível das competências) para as exercer?

    E estar em lugares onde se exigem resultados não é colocá-lo em posição de desgaste desnecessário?

    No restante penso sempre que o Sporting nos dá a todos muito mais do que lhe devolvemos e julgo que o mesmo se aplica a MF, apesar da sua folha de serviços.

    No que diz respeito à promoção referia-me à ordem na estrutura directiva e não a outra qualquer.

    ResponderEliminar
  26. LDA

    Sou muito avesso a estas exposições do património do clube. Eu não concordei com tudo aquilo que o Grande Manel disse mas há uma coisa que é indesmentivel. O homem percebe de bola,viveu da bola e foi treinador para além do enorme jogador que foi. Já assisti conversas dele sobre futebol que é de chorar por mais. Por isso acho bem que alguém dê um murro na mesa e que chame os jogadores a pedra.

    Quanto ao facto de elogiar Godinho. Era o que faltava ter falta de solidariedade para com a estrutura! Não belisca em nada a minha opinião sobre o homem e o ídolo leonino Manuel Fernandes.

    Espero que , tal como frisaram anteriormente que caso haja mais dificuldades passe ao lado das criticas pois nao podemos desbaratar um património destes.

    SL

    ResponderEliminar
  27. LdA,

    Esta entrevista deixa-me um travo agridoce. Se excluirmos todas as caixas, acho excelente: finalmente clarifica nao só as funçoes do Manuel Fernandes (eu, pelo menos ainda nao tinha percebido exactamente o que fazia) e as impressoes que ele tem sobre o trabalho, o seu enquadramento no clube e o que esta transiçao profissional representou para ele.

    O problema é as caixas: quando se imiscui em avaliaçoes de jogadores da equipa principal, quando aborda os traumas do Sá Pinto e quando fala da sua relaçao com o Duque, do que lhe sugeriu e do que mudou.

    É um problema por causa do momento: é um dirigente do clube que também é um símbolo intemporal a fazer observaçoes sobre a qualidade dos jogadores, sobre o seu trabalho táctico, competência de um treinador que nao só é estrangeiro (ao clube e ao futebol português) como acaba de chegar e num momento complicadíssimo.

    Também é um problema por causa do contexto: é o jornal Record, que dificilmente deixaria de ser sensacionalista com qualquer tipo de declaraçao (veja-se o título que criam a partir das declaraçoes sobre o Rinaudo, por exemplo). Mas o Sporting sabe isso, os leitores do Record sabem isso, o próprio Manuel Fernandes também devia saber isso. E o Sporting tem orgaos próprios ou podia escolher outro tipo de interlocutores fora desses orgaos.

    Acho que se pode opinar sobre a entrevista sem questionar o peso do Manuel Fernandes no clube nem questionar o seu direito a opinar.

    Pessoalmente, acho que é pouco prudente e a única explicaçao que encontro, partindo do princípio que a entrevista nao foi feita à revelia do responsável pelo futebol nem do director de comunicaçao, é que a estrutura do clube está de acordo que um dirigente do clube toque este tipo de questoes desta forma nesta altura. Talvez até que ache que isso é positivo. A mim nao me parece, mas a ver vamos.

    saudaçoes leoninas,
    tiago

    ResponderEliminar
  28. Tiago

    O ano passado um amigo meu foi a Madeira assistir a 2 mão da meia final da taça. No dia seguinte encontram Pedro Sousa e Luis Duque em câmera de lobos onde estes dois depois de conversarem os convidaram ( o meu amigo estava acompanhado) para assistir ao treino. A meio da conversa esse meu amigo sugeriu Lima (ainda no Braga) ao qual lhe foi respondido que Lima não era jogador para o Sporting.... Falta de visão?

    SL

    ResponderEliminar
  29. Não se percebe esta dificuldade em aceitar o que os dirigentes legitimamente em funções decidem num dado momento, sim porque todas as decisões têm que ser contextualizadas nos diversos prismas que a afectam. E o pior é que é comum a todo o universo leonino. Desde o adepto mais comum ao mais notável, ex-dirigentes e ex-atletas, etc. E também não tem nada a ver com a opinião de cada um que se saúda como é óbvio. Mas alguém duvida do que era feito a esta altura do Lima no Sporting? Também posso ter esta opinião ou também não tenho visão estratégica e competência?

    ResponderEliminar
  30. Anónimo

    Eu não culpo directamente ninguém pois não? Apenas pergunto se houve falta de visão. E para que conste nem foi Luis Duque que respondeu. Agora não tenho duvidas que se houvesse outro ponta de lança do mesmo nível ou melhor que Wolf, este já há muito estaria no banco. Sei que o todo é muito maior que o simples lugar de ponta de lança , mas seria menos um problema.

    SL

    ResponderEliminar
  31. "Realmente já ninguém se lembra da equipa há duas épocas atrás e queríamos ganhar na mesma? Em vez de ficarmos ao lado de quem trouxe até nós os actuais jogadores, exigimos sempre os resultados para ontem e só ajudamos a fechar ainda mais a torneira. Como resultado corremos o risco de nenhum tipo de resultados. Avaliação: Gestão danosa! Força Franky"

    Olha andamos desde a pré-época de 2011/2012 à espera de bons resultados e para já tem havido uma evolução mas no sentido contrário. Há duas épocas não tínhamos tão poucos pontos nesta fase do campeonato. Que me interessa os jogadores terem mais qualidade se o colectivo não funciona? Afirmar que os adeptos exigem resultados para ontem é ridículo. Ainda vamos chegar ao fim do mandato desta direcção a dizer que é preciso tempo para conseguir bons resultados. Haja paciência para adeptos tão pacientes!

    ResponderEliminar
  32. Mas por oposto que fobia que se tem á critica ou opinião!!! Como se vivêssemos um bom período, imaculado e isento de criticas!!

    SL

    ResponderEliminar
  33. Leão de Alvalade, os comentários que estranha foram escritos nas mesmas linhas do «post».

    Manuel Fernandes é dirigente. Dá uma entrevista a um jornal. O «post» afirma existir muitas ideias na entrevista com as quais não concorda, sugere que Manuel Fernandes não tem as competências para exercer a função, sugere que deverá retribuir ao Sporting o muito que o Sporting lhe deu, e a sua estadia no Sporting deve ler-se no modo que serve as de Vidigal, Nélson e Beto.

    O «post» diz mais alguma coisa?
    Não sei onde está a surpresa pelos comentários.

    ResponderEliminar
  34. Aos 'críticos' do velho capitão:

    xiuuuu... caludinha.

    Se existe alguém (vivo) no universo leonino que pode abrir a boca nem que seja para dizer babuseiras, esse alguém chama-se MANUEL FERNANDES!

    Tem ele mais sportinguismo numa ponta dum cabelo ou de uma unha do que esses críticos tds juntos.

    Já agora: qual é o problema do MF tecer elogios ao actual presidente? Não pode ter a sua opinião? Ainda para mais fundamentada pelo convívio quotidiano que vem mantendo com ele?

    Repito: pouco barulhinho. O Manel pode TUDO! Ponto final, parágrafo.

    ResponderEliminar
  35. Miguel Damas, e se o período fosse de bons resultados, estaria mais próximo de imaculado e menos sujeito a críticas?

    As críticas e discussões nos «blogs» deveriam servir um propósito: esclarecer quem lê, influenciar positivamente e conduzir os assuntos no sentido da verdade, uma que pode apartar para os entendimentos A, B, C ou D. Não precisam e é impossível que sejam todos o mesmo. Há formas diferentes de ler os mesmos problemas. Precisam no entanto de ser válidas, verdadeiras, honestas e inteligentes.

    Opiniões e críticas sem qualidade não são neutras. Têm um preço. Quando multiplicadas em número, são destrutivas. Veja o «blog» no qual o Miguel Damas escreve: aproveita-se para alguma coisa? Respondo-lhe que não. Pode duvidar da resposta, inclusivamente censurá-la, mas asseguro-lhe que é uma resposta honesta e não tem como objectivo diminuir uma ou mais pessoas.

    Trata-se mesmo de um espaço sem qualidade tanto ao nível da publicação como do comentário, quando o Miguel naquele contexto até consegue ser dos que escreve conteúdos com alguma relevância (na comparação com outros).

    A má crítica não tem utilidade, Miguel Damas, por não ter virtudes. Quando além de não ter virtudes é ofensiva perante outras que têm-nas, não pode ficar à espera que todos lhe fiquem indiferentes. É um pouco como os jogadores de futebol: ao Sporting deverão interessar os bons. Os outros são todos bons rapazes mas não a jogar à bola. O problema dos mais incapazes é que uns sabem que são-no. Já outros, precisam que lhes seja dito.

    ResponderEliminar
  36. Até o Manuel Fernandes está sujeito à crítica porque... bem porque nem o Manuel Fernandes está acima do Sporting. E se o Manuel Fernandes elogia um presidente que tanto mal fez e continua a fazer ao clube sem sequer apontar as razões para esses elogios (se calhar porque não existem não é verdade), então também merece ser criticado. Ainda para mais empurrando as culpas todas para cima dos atletas, logo ele que foi jogador e sabe bem a pressão a que estão sujeitos. Não confundamos o Manuel Fernandes jogador com o Manuel Fernandes dirigente. E ninguém lhe faltou ao respeito. Simplesmente se considera que as suas declarações foram completamente despropositadas e até prejudiciais à tão propalada estabilidade que é preciso para ganhar (mas parece que para alguns estabilidade é só sinónimo de não apontar o dedo à direcção porque... bem eles não jogam mas se os criticarmos o Sporting não vence... pois claro...). Para criticar os jogadores está lá o treinador e sempre para dentro do balneário, nunca expondo tal discussão em praça pública.

    Pouco barulhinho? Ganha mas é juízo pá!

    ResponderEliminar
  37. xiuuuuu... Ng disse que o MF está acima do SCP... pá!

    Ahhh e estou-me a cagar prá 'direcção'. O Manel era apoiante de GL e nem isso me fez votar GL... Got it?

    ResponderEliminar
  38. Virgílio, na questão do «post»: é só mesmo isso. O conceito de propriedade existe, e ele tem-na. No mundo dos vivos é porventura quem terá mais. Se não Manuel Fernandes, então quem? E o mesmo serviria Bessone Basto como alguém mais acima referiu, ou alguns outros que são factualmente o Sporting Clube de Portugal.

    ResponderEliminar
  39. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (5) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)