sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Esqueçam as cadeiras e o fosso: é preciso é um divã!

Imagem do filme "Um método perigoso"
Há muito identificados como anseio dos Sportinguistas para o estádio José Alvalade estão a substituição das cadeiras coloridas e o fecho do fosso. Mas, a avaliar pelo catastrofismo, com alguma histeria à mistura, de algumas reacções, a alteração mais urgente parece ser a aquisição de um divã.

Começo pela intolerância crescente à volta de Sá Pinto que, a meu ver, só se compreende pelo resultado do final da Taça de Portugal.  Mas, comparada com a abertura de espírito que dispôs Paulo Sérgio que, da preparação da época ao modelo de jogo, anunciavam a tragédia que se verificou, é absolutamente incompreensível. De Domingos digo apenas que foi a minha maior decepção dos últimos anos. E faço-o com à vontade, pois defendi a sua contratação.

Antes de analisar o seu trabalho convém lembrar que o actual treinador saiu do conforto de uma liderança estável e bem sucedida (campeonato nacional e NextGen) , com um titulo à mão de semear, para recuperar uma equipa que estava de rastos, acabada de sair da Taça da Liga sem conseguir ganhar um jogo às reservas de um modesto Moreirense, sem conseguir marcar 1 golo fora durante meses. As perspectivas para o que restava da época eram longe de ser as que viria a conseguir, mesmo considerando que, no final, o desfecho poderia ter sido muito melhor. Seria muito mais conveniente, do ponto de vista pessoal, deixar a equipa cair de podre e aguardar por melhor melhor ocasião para aparecer. Merece, à falta de lhe podermos dar melhor, o beneficio da dúvida antes de qualquer condenação.

Sá Pinto tem agora o que não teve o ano passado: tempo para construir uma equipa. E, pelo que se vê em campo, escolheu fazer uma revolução de ideias em relação aos anos anteriores. Algumas delas são evidentes - privilégio à posse de bola, segurança defensiva - outras nem tanto -como produzir caudal ofensivo que garanta golos - pelo menos enquanto os golos não aparecerem, embora o jogo de ontem, neste aspecto não tenha nada a ver com o de Guimarães. O Sporting ontem atacou muito mais do que é preciso para ganhar um jogo: fez 10(!) remates à baliza e teve 14(!) cantos a favor, estatísticas da UEFA.E criou dessa forma também oportunidades suficientes para golear.

Estou satisfeito? Não. E durante o jogo, muito menos! Mas essa insatisfação veio muito mais do resultado negativo que esteve prestes a acontecer, pelo embaraço, do que pelo jogo em si. E, tal como disse, foi esse condicionamento psicológico, ante a derrota, que terá não só condicionado os adeptos, mas também a equipa, na forma algo precipitada e ansiosa como tentou resolver o jogo. 

Mas quem é o Horsens? perguntam muitos, lembrando a ausência de curriculum do adversário. Pergunta só admissível a quem chegou hoje ao futebol, que está cheio de exemplos de tomba-gigantes e de equipas imensamente superiores, a jogar no meio campo do adversário, e que acabam eliminados ou pelo menos derrotados. 

Mas, para lá de desejável, era expectável que estivéssemos já no melhor da forma? Quantas equipas o estão neste momento da época? Alguém se lembra do que foram os jogos anteriores com equipas dinamarquesas no inicio de época, em que se apresentam em vantagem por terem mais já jogos nas pernas?

E que tal esperar para ver e nesse entretanto ter paciência, acreditar e fazer aquilo que a equipa ontem fez, mesmo quando as coisas não corriam de feição: 

NUNCA DESISTIR!

34 comentários:

  1. É todos os anos a mesma "merda". Se calhar os "toscos" não andam na Liga Europa mas antes povoam os jornais desportivos e daí saltam para a mente de muitos adeptos.

    ResponderEliminar
  2. concordo com o post, se a ideia é mudar a forma de jogar da equipa, não é chegar ali e num mes de pré epoca( porque na ultima epoca nao existiu tempo para isso porque era jogar, 1 treino para descomprimir do jogo, outro para preparar o seguinte e jogar) mudar tudo e por os jogadores a jogarem exactamente como se quer.

    e quanto a pergunta de quem é o horsens? perguntem tambem quem eram o viking, o halmstards, o gercerbiligi, etc

    ResponderEliminar
  3. O derrotismo e a virulência de alguns comentários anti Sá, são, digo eu, normais, e sobretudo consequência do mal estar social Nacional. Se a isso juntár-mos as campanhas q os vermelhuskus armam contra nós, através dos escribas disseminados pelos órgãos vermelhos de informação (?!?!?!), vulgo record, abola, ojogo, diria, que não há nada de novo na frente oeste. Há q ter muita paciência. Já os comentários anónimos, é q seriam bem abolidos. O anónimo é um cobarde, q atira e foge, sem dar a cara. Por favor, correr com essa gentalha. Saudações Leoninas e um grande Bem Haja, pelo seu trabalho.

    ResponderEliminar
  4. LdA

    Eu continuo a dar o benefício da dúvida mas acho que o discurso do Sá tem andado um pouco afastado da realidade. Dizer que estamos "num bom momento de forma"... Ainda há muito por fazer é verdade mas, entretanto, com o Rio Ave é
    para ganhar!É para correr mais que os gajos!É para engoli-los!

    Abraço
    Carlos

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde, Sportinguistas.
    Começo por rebater a ideia de que o adversário de ontem, à imagem de outros igualmente fracos de anos anteriores, tinha alguma qualidade. Não tem qualidade como não tem história, não é, nem de perto nem de longe, um clube que fique na sombra do europeu Sporting. No entanto, nos últimos anos, tenho assistido a uma erosão rápida da nossa história, em resultado de más exibições de noites europeias como a de ontem: incapacidade de mostrar superioridade, e esta não se mede pela quantidade de oportunidades criadas mas sim pela forma como a nossa equipa não sabe "mandar" no jogo. Isto parece-me evidente e não vale a pena tentar arranjar desculpas. Quanto a Sá Pinto, deve-se exigir mais, não a sua cabeça, óbvio, mas mais qualidade, mais calma, mais clarividência nas suas opções. Há muita coisa que não cabe debaixo do chapéu de chuva do azar. Todos nós sportinguistas não podemos nem devemos ficar reféns da opção do presidente de substituir Domingos, uma desilusão, por Sá Pinto, uma medida populista que sempre que as coisas correm mal, final da taça de Portugal, por exemplo, quase que nos sentimos na obrigação de não criticar o treinador devido ao seu Sportinguismo inatacável. Nada de mais ilusório.
    A história do Sporting tem de se honrada em cada jogo, ontem não foi. Os que amam o clube não podem, nunca, ficar contentes com 10 remates à baliza de um modesto, fraco, adversário. A prova de que a nossa história não tem sido honrada é a aparente serenidade com que se encara o resultado de ontem num play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa, isto porque ficamos atrás do Braga, isto porque a tal erosão histórica de que falo é real e esta a acontecer à nossa frente. Sportinguistas, não enterrem a cabeça na areia, todos aqueles que querem trazer a glória para o clube não podem ficar contentes com o jogo de ontem e devem por isso de exprimir a sua opinião mesmo que do outro lado, essa crítica, encontre alguém muito querido de todos nós.

    ResponderEliminar
  6. Apostar na posse de bola..... isso é uma enorme treta. O Sporting tem feito um jogo de posse de bola , defensiva. Troca a bola entre os centrais e o GR. Uma equipa como o Sporting tem que fazer posse de bola com os médios no meio-campo adversário e o mais próximo possível da área .
    No Sporting é sempre o Rojo passa para o Boula que dá para Particio que por sua vez ou chuta ou mete no Cedric . O Cedric dá na frente para o Carrillo que perde a bola...... ontem foram minutos e minutos deste tipo de jogo. Os médios têm que pegar no jogo .
    Eu acho que temos um belissimo plantel vamos lá ver se muda alguma coisa e se esta equipa começa a render o que realmente pode e deve.

    ResponderEliminar
  7. Meu caro, posso-lhe pedir o seu divã?
    Pelo que me lembro de ler deve ter no maximo 10 meses de utilização e não deve estar muito gasto.

    ResponderEliminar
  8. Caro Rui Corte-Real,

    Pode dizer-nos a que período da história do Sporting faz referência quando afirma "nos últimos anos, tenho assistido a uma erosão rápida da nossa história"?

    É que ficamos todos perdidos. Talvez seja desinformação... Talvez o Sporting não tenha estado, na temporada passada, numa meia-final da Liga Europa. Talvez não tenha estado em 2004/2005 na final da Taça UEFA. Talvez o Sporting não tenha ido apenas 5 vezes a uma meia-final europeia, ou talvez o período anterior ou posterior à meia-final com o Inter em 1990/1991 tenha sido brilhante...

    Eu tenho muita pena de não ter assistido a essa época de glória, porque entre esse jogo com o Inter e o de ontem não falhei muitos jogos europeus e lhe garanto do que o que não tenho saudades é dos Partizan, Gençlerbirligi, Halmstads, Grasshoppers, Rapid Bucareste, Vikings e afins que foram eliminando o Sporting na 1ª ronda.

    ResponderEliminar
  9. Esta histeria é tão característica dos sportinguistas. Já o ano passado por esta altura era de despedir toda a gente e nenhum dos reforços prestavam. Fizemos 10 vitórias seguidas e já tínhamos a melhor equipa do campeonato. Se o Ricky tem marcado uma daquelas 2 oportunidades a abrir já era tudo muito bom. Falhou ( e os outros também) e é o que se vê.

    ResponderEliminar
  10. Uma coisa é demonstrar insatisfação com o resultado e até com a exibição que, quer se queira quer não, fica marcada pela catadupa de falhanços em frente à baliza. O golo sofrido afectou ainda mais discernimento dos jogadores. Outra, completamente diferente, é disparar tontamente em tds as direcções... É que assim perde-se critério, credibilidade na critica e raramente se acerta.

    O SCP só não produziu um futebol de excelência no primeiro quarto-de-hora da partida de ontem, pq falhou golos imperdoáveis e ainda se deu ao luxo de permitir um golo ao adversário num lance defensivo de irritante displicência.


    Factos: falhamos no mais importante (concretizar as variadíssimas oportunidades de golo) e vimo-nos a perder. Mas uma análise justa e clarividente permite perceber que em jogo jogado fomos sp mt superiores com períodos agradáveis de futebol.

    O Wolfie, o Carrillo, o Adrien, até o Boula falharam golos cantados; o GR dos gajos armou-se em Schmeickel sp q acertamos na baliza(Rojo ainda hj está para perceber como é q o seu cabeceamento, logo no inicio da 2.ª parte, acabou em canto...) e a 'culpa' é do Sá Pinto? Meta-se uma coisa na cabeça: contra aqueles falhanços incríveis não há treinador q remedeie. Nem o cabrão do Mou! E eu sou insuspeito relativamente a SP, pq não vi com bons olhos essa solução tendo logo manifestado que me parecia precipitada...

    FORÇA SCP!

    ResponderEliminar
  11. LdA:

    Tb não me importava nd que me imprestasse o divâ da imagem... desde q acompanhado da Keira, claro!

    ;)

    ResponderEliminar
  12. "...garanto do que o que não tenho saudades é dos Partizan, Gençlerbirligi, Halmstads, Grasshoppers, Rapid Bucareste, Vikings e afins que foram eliminando o Sporting na 1ª ronda."

    PLF:

    Exactissimamente...

    ResponderEliminar
  13. Virgílio,

    Sobre essa de emprestar o divã, ás vezes sinto a tentação de transformar este espaço num blogue para música...

    ResponderEliminar
  14. LdA:

    Se avançares com essa intenção, podes contar com o meu apoio. LOL. E já já gora pq não cinema?

    Uma coisa tenho a certeza: sem flasas modéstias, a qualidade ia manter-se de certeza absoluta! :P

    ResponderEliminar
  15. Nos próximos 5 jogos, o Sporting joga 4 em casa.

    Se tudo correr como se espera, esta malta cala-se logo.

    Quanto ao Wolfswinkel, está entregue a si próprio na arena: ou começa a marcar ou os leões fazem dele o novo Postiga.

    Eu confio no Wolverine.

    ResponderEliminar
  16. Kova, pior, se tudo correr bem vamos ser a melhor equipa do mundo e vamos golear nas Antas a jogar só com três defesas!

    Isto de "psicoanalizar" o Sporting é tarefa para a reencarnação do Júlio de Matos.

    ResponderEliminar
  17. LdA,
    Neste novo espaço de música :), aqui o "ceguinho" (como um cavalheiro ontem me chamou acerca do meu comentario ao post anterior) tem uma sugestão musical: Gregory Porter - Be Good (The Lion Song).
    Talvez ajude a acalmar alguns espíritos mais inquietos que andam por aí pela net a lampionizar os Sportinguistas.
    Além disso também passei por cá para dizer ao Virgilio que há mais quem Keira :)
    Abc

    ResponderEliminar
  18. 1OA:

    hehehe... Tou a ver que tenho concorrência para frequentar o divã... Mas suponho que não há "mais quem Keira", acho ms q "há mt quem Keira". Já que assim é, seguem-se cenas do próximo capitulo:

    http://www.youtube.com/watch?v=rPGLRO3fZnQ&feature=player_embedded

    Não é preciso agradecer. Basta apreciar. :D

    Abç.

    ResponderEliminar
  19. Caro PLF, é precisamente por esse estado de espiríto, conformismo, que a erosão se dá, ela vem de dentro para fora, contagiando sportinguitas como o senhor. Se pensar, por exemplo, que nos últimos dois anos o SC Braga alcançou uma final, perdida curiosamente para um outro clube português, e que este ano nos remeteu para um play-off absurdo, perceberá que a nossa história não é essa. É também fácil perceber que ao estar a falar do Braga, por mérito deste clube e demérito nosso, me estou a afastar dos nosso adversários directos, Porto e Benfica, que, a cada ano que passa, mais distantes estão da nossa realidade, impossibilitando assim qualquer comparação, o que me entristece a mim e a si, deduzo.
    Quanto à sua ironia, quando se refere " a essa época de glória", é risível, pois ela só demonstra, talvez por desinformação, aquilo que tem sido a nossa realidade, longe dos títulos, longe dos nossos adversários de sempre, longe da história do Sporting. Estar de acordo com aquilo que enaltece, utilizando em demasia o adverbio talvez, seria estar de acordo com uma visão que se instalou no nosso clube e que remonta ao tempo de Paulo Bento, onde se semeou a ideia de que o segundo lugar e as taças de Portugal eram uma benção. Eu apenas quero aquilo que o senhor quer, um Sporting capaz, que se afirme e que não se encolha, refugiando-se em "migalhas" como aquelas a que se refere. Queremos um Sporting à Sporting, com dignidade e carácter, não aquele que ontem entrou em campo e que o nosso treinado viu.
    "Queremos que o Sporting seja um grande Clube, tão grande como os maiores da Europa"
    José Alvalade, 8 de Maio de 1906
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  20. Caro Rui,

    Uma coisa é estar-se conformado, outra é inventar um passado que não existiu. Invocar um passado inexistente para apelidar outros de "conformados" é - à falta de melhor - errado.

    Olhe, na minha opinião, a erosão dá-se pela ignorância e pelo desrespeito dos valores que reconheço a este clube. Esses valores da dignidade e do carácter, de saber estar no desporto, de se mostrar perante qualquer adversário de cabeça erguida e de mostrar respeito por qualquer rival, não se coadunam com o discurso catastrofista e derespeituoso que - "inconformados" como o senhor - têm debitado nestas últimas 24h.

    Antes de procurar dar lições de sportinguismo aos conformados informe-se. E se não consegue respeitar os adversários, pelo menos respeite outros sportinguistas.

    ResponderEliminar
  21. No passado eram os adversários que me tentavam desmotivar e derrubar toda a minha crença no SCP hoje pasme-se são os próprios Sportinguistas a faze-lo :( ... já não me bastava a corja de andrades que aturo diariamente ainda tenho de ler tanta má língua em relação ao "nosso" grande amor.

    Que venham as vitórias para estes "pobres" de espírito se acalmarem.

    SL,

    ResponderEliminar
  22. Caro PLF, se o seu moralismo apenas lhe serve para deturpar as minhas palavras - não percebo onde consegue ver catastrofismo no meu discurso, mas enfim - estamos conversados.

    "Uma coisa é estar-se conformado, outra é inventar um passado que não existiu. Invocar um passado inexistente para apelidar outros de "conformados" é - à falta de melhor - errado."

    Nunca me referi a um período em concreto, tal como o senhor, pois não falei de resultados mas sim de valores que o clube tem e que, na minha opinião, vem perdendo ao longo dos tempos. Afirmar que eu invoco algo de inexistente, quando não o fiz, parece-me, além de estranho, abusivo.

    "Olhe, na minha opinião, a erosão dá-se pela ignorância e pelo desrespeito dos valores que reconheço a este clube. Esses valores da dignidade e do carácter, de saber estar no desporto, de se mostrar perante qualquer adversário de cabeça erguida e de mostrar respeito por qualquer rival, não se coadunam com o discurso catastrofista e derespeituoso que - "inconformados" como o senhor - têm debitado nestas últimas 24h."

    Afinal sempre há erosão, devido a redundância da sua análise e à sua imaginação em relação ao que eu descrevi, resolve, uma vez mais, apelidar o meu discurso de catastrofista e desrespeitoso. Procure ler o que eu escrevi e verá que não prevejo o fim do clube que aprendi a amar.

    "Antes de procurar dar lições de sportinguismo aos conformados informe-se. E se não consegue respeitar os adversários, pelo menos respeite outros sportinguistas."

    Já aqui, entra no campo da esquizofrenia, que, atendo ao tema do post, talvez seja fruto do seu aparelho psíquico. Há é um problema, outra vez, caramba, não dei nem dou lições de sportinguismo nem de nada a ninguém, não sou feito dessa massa. Assim sendo, não vejo onde falto ao respeito seja a quem for.

    Aproveito para repetir: leia o que eu escrevi, largue essa espécie de teoria da conspiração das últimas 24horas, e verá que a minha opinião, por muito errada que esteja, não tem como objectivo derrubar ninguém.

    Eu apenas quero aquilo que o senhor quer, um Sporting capaz, que se afirme e que não se encolha, refugiando-se em "migalhas" como aquelas a que se refere. Queremos um Sporting à Sporting, com dignidade e carácter, não aquele que ontem entrou em campo e que o nosso treinado viu.
    "Queremos que o Sporting seja um grande Clube, tão grande como os maiores da Europa"
    José Alvalade, 8 de Maio de 1906
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  23. Rui,

    Não perco tempo com pessoas da sua qualidade (i.e., pessoas incapazes de compreenderem o significado comum do que elas próprias escrevem). Pior, não compreendem sequer o próprio teor do post sobre o qual comentam. O seu tipo de sportinguismo não me interessa e não interessa, porque além das ridículas observações no capítulo desportivo, não oferece absolutamente nada que se projecte para o futuro.

    Quando o Sporting começar a ganhar - e vai começar a ganhar - sabemos bem com que quereremos estar.

    ResponderEliminar
  24. Minha equipa para a próxima jornada, em 4-2-3-1 tipo Mourinho:

    Patrício;
    Cédric, Boulahrouz, Rojo, Insúa;
    Elias, Gelson;
    Carrillo, Labyad, Viola;
    Volfswinkel

    DUARTE

    ResponderEliminar
  25. PLF,
    Dizer que não perde tempo com pessoas da qualidade do Rui só atesta a sua - do PLF - qualidade. Dizer que o sportinguismo do Rui não interessa reforça essa mesma qualidade.

    ResponderEliminar
  26. O preocupante disto tudo é não se ver evolução no futebol do Sporting.

    Jão são demasiadas exibições fracas contra equipas....fracas.
    Este Horsens não tem futebol de tomba-gigantes e no nosso campeonato jogaria para aí na 2ª B.

    Espero por uma melhoria do nosso futebol nos próximos jogos mas continuo a achar que estamos longe, muito longe, de ser candidatos ao título ou mesmo de podermos repetir a campanha do ano passado na Europa.

    Espero poder estar errado.

    Segunda e quinta-feira lá estarei para apoiar e ver se o nosso futebol melhora e a equipa nos dá outros motivos para acreditar em algo diferente.

    Estas duas vitórias são fulcrais para a equipa e para os adeptos.

    SL
    José

    ResponderEliminar
  27. Bruno,

    Estou totalmente à vontade para considerar o meu sportinguismo ou a minha pessoa nula de qualidade.

    Se acha que a 25 de Agosto é útil juntar-se às carpideiras para louvar um passado que nunca existiu está num filme que não é o meu. Mas enquanto houver Sporting e o Sporting não for seu ou do Rui Corte-Real, não vou ficar sentado em cima das minhas mãos a ler ou ouvir outros a tentar arregimentar outros para a sua insatisfação.

    Dizer que sou um "conformado" ou que tenho "problemas psiquiátricos" deve ser o tipo de defesa do Sporting que o Bruno gosta de ver, ou argumentos de pessoas "com qualidade". Mas como ninguém esteve por mim nos jogos europeus em Alvalade nos últimos 20 anos, gostava de saber se não será quem tem problemas em distinguir a realidade da fantasia que tem problemas psicológicos.

    E basicamente é isto. É ver supostos sportinguistas a tentar virar outros sportinguistas contra o Sporting que me deixa doente. Talvez seja o meu conformismo.

    ResponderEliminar
  28. PLF,

    O motivo que me levou a comentar foi justamente esse de ver os sportinguistas a virarem-se uns contra os outros, e essa questão, que agora referiu explicitamente, dos "supostos sportinguistas". Não é a primeira vez, nem provavelmente será a última, em que os seus diálogos com quem não partilha a sua opinião terminam em atestados de menoridade intelectual. Não conheço o Rui de lado nenhum, não há aqui nenhuma defesa corporativa; apenas acho altamente nefasto andarmos permanentemente nisto, em que opinões pacíficas acabam por resvalar e descarrilar para insultos.

    Eu não emiti opinião acerca do Sporting ou do seu futebol; não me junto a A ou a B, carpideiras ou não, porque não tenho nada a acrescentar, porque é cedo, e por isso prefiro não o fazer aqui ou em público. Além disso, as minhas preocupações em relação ao clube nem estão particularmente centradas no futebol. A minha intervenção aqui não teve nada a ver com a minha posição em relação ao momento do futebol do Sporting.

    O PLF diz que ver sportinguistas a virar outros sportinguistas contra o Sporting o deixa doente. A mim também. Isso e estabelecer hierarquias de sportinguismo, e que em alguns interessam e outros não. Se gostamos de ser muitos, no universo do Sporting têm de caber diversas opiniões.

    ResponderEliminar
  29. Bruno,

    Concordo consigo. Também acho nefasto andarmos aos insultos ou a etiquetar as pessoas. E - deixe-me acrescentar - acho nefasto fazer referências a um passado que não existiu. Porque isto do pluralismo de opinião é muito interessante e importante mas as opiniões têm de assentar numa base minimamente objectiva, não?

    Há vários pontos interessantes no seu comentário. Censura-me por dizer que dizer que pessoas como o Rui não me interessam (e não interessam), mas não ao Rui por me ter apelidado de "conformado" ou de apologético de um determinado estado de coisas (o que, além de impossível de inferir do que disse, não é verdade e é ridículo). O argumento pode ser pueril mas não fui eu quem colou a 1ª etiqueta. E o meu amigo acha que eu é que passo atestados de menoridade intelectual?

    Vem uma pessoa com um discurso desconexo dizer "porque a tal erosão histórica de que falo é real e esta a acontecer à nossa frente. Sportinguistas, não enterrem a cabeça na areia", qualificar outros de "conformados" e eu é que estabeleço hierarquias de sportinguismo?

    Esta conversa não vai a lado nenhum. Porque não há pluralismo que aguente diálogos que não têm uma base objectiva que seja partilhável por todos.

    Mas - retirando-me deste espaço que prezo, que gostava de não ver a ser poluído por vendedores da banha da cobra, mas que não me pertence (e por isso tão pouco intervenho) - digo o de sempre: há melhores e piores opiniões, porque as opiniões que são fundadas em fantasias não valem nada. E parece haver muito mais tolerância com os arautos da desgraça - com os sportinguistas que apelidam aqueles que possam ter uma determinada opinião como "meter a cabeça na areia" - do que com outros que com eles discordem. E lá se vai a coerência.

    Tenho de ficar calado perante aquilo que o Rui diz do Sporting? É esse o exercício de sportinguismo que o Bruno me exige em nome do pluralismo? Mas que raio de pluralismo é esse?

    No meu conjunto de valores, dizer que uma determinada medida é populista, que há erosão de valores, que determinada conduta consiste em meter a cabeça na areia, não é propriamente uma opinião pacífica ou agregadora. O Bruno lá saberá como a interpreta.

    ResponderEliminar
  30. PLF,
    Não tem de ficar calado com o Rui disse - eu não sou ninguém para dizer o que (qualquer pessoa) deve ou não fazer. Nem tampouco acho que deva retirar-se deste espaço, onde muita gente gosta de o ler e onde o PLF, por norma, se sente bem. O desejável seria que todos assim se sentissem - pelo menos quem vem por bem. Se, em geral, se evitar o descarrilamento das discussões, todos temos a ganhar.

    ResponderEliminar
  31. PLF,

    "Rui, Não perco tempo com pessoas da sua qualidade (i.e., pessoas incapazes de compreenderem o significado comum do que elas próprias escrevem). Pior, não compreendem sequer o próprio teor do post sobre o qual comentam. O seu tipo de sportinguismo não me interessa e não interessa, porque além das ridículas observações no capítulo desportivo, não oferece absolutamente nada que se projecte para o futuro.

    Quando o Sporting começar a ganhar - e vai começar a ganhar - sabemos bem com que quereremos estar."

    "dar de barato o futuro é prematuro, é prematuro
    mas foi tudo mal contado
    deixaste o fruto no passado
    ficar maduro, ficar maduro
    e agora podre por não ser usado
    mas entre fazer ou não fazer
    entre fazer ou não fazer
    sempre sobra algum trocado
    crédito mal aparado
    agora, advinhar o presente mesmo tão inteligente
    isso... ficas todo baralhado", Sérgio Godinho.

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  32. Ó meninos LdA e Virgílio...que rebaldaria é esta com divãs e Keiras à mistura? Vcs acham que é colm isso que o Sporting lá vai? Se vcs colocarem esse divã à disposição dos jogadores então é que o desastre é total...em vez de futebol temos um espectáculo de luta livre.
    Ora vamos lá a fazer o favor de dispensar a menina antes que isto descambe...
    Agora um bocadinho mais a sério...concordo com o LdA mas já estou habituada, até a mim me conseguem levar a dizer coisas no calor do momento que depois pensando melhor considero exageradas. Não estou contra o Sá Pinto de maneira nenhuma. Só de pensar que podemos voltar a ter outro Paulo Sérgio fico aterrorizada. Deixem lá o rapaz fazer o trabalho que delineou para o Sporting e deixemos-nos de ser Velhos do Restelo...a paciência é uma grande virtude e nós já demonstrámos à saciedade que conseguimos tê-la em grandes doses até quando não devíamos. Demos um voto de confiança ao Sá Pinto porque como diz o povo e com razão: Roma e Pavia não se fizeram num só dia!

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (103) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (5) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (4) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)