Um ideal

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA, o lema que fez do Sporting um grande clube, tão grande como os maiores da Europa”

Receba o "ANorte" por e-mail

Mantenha-se a par

quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Veja como Eusébio morreu

Eusébio insiste em desbaratar o estatuto invulgar de figura nacional. Depois de se ter envolvido em declarações polémicas acerca do Sporting Clube de Portugal, sintoma nítido de algum problema de consciência mal resolvido, (e que foram prontamente desmentidas por contemporâneos seus), vem agora dar conta pública do sua participação fraudulenta num jogo de futebol. A ligeireza e desfaçatez com que o faz roça o escabroso, num espectáculo triste que preferia não ter assistido.

A infeliz história conta-se em 2 penadas rápidas, como exige a higiene: já no final da carreira o jogador, então no Beira-Mar, tinha que defrontar o seu clube de coração, o SLB. Depois de se ter negado a participar, acabou por anuir, não sem antes ter entrado na cabine respectiva e ter afirmado que faria apenas figura de corpo presente. Não fora ter ouvido e visto o próprio, numa preview do programa que passa mais logo na RTP1, e julgaria tratar-se de uma anedota de gosto duvidoso. 

Para quem cresceu a ouvir o nome de Eusébio associado a magníficos feitos, a servir de exemplo de abnegação e superação para as novas gerações e a admirá-lo como atleta de qualidades ímpares, bem gostaria de ser poupado a este suicídio em frente a uma câmara de televisão. Para mim Eusébio, o imortal, morreu hoje. Veja logo na RTP1 como foi.

27 Comentários:

Mike Portugal disse...

"A ligeireza e desfaçatez com que o faz roça o escabroso..."

Parece-me que ele não tenha dito isto por mal e sim porque não tem cultura suficiente para perceber o que é ética. Tem 70 anos e ainda nem sabe falar e compreender Português corretamente, nem nunca saberá.

Já por várias vezes provou que não serve como símbolo nacional e eu rio-me cada vez que ouço isso. "Eusébio símbolo de Portugal", "Eusébio o maior jogador Português de sempre". Penso logo em Figo e Ronaldo que conseguiram mais títulos e presenças em mundiais e europeus que ele em menos tempo de carreira.

Eusébio já foi formatado com a mentalidade lampiã (não benfiquista, que é diferente). Portanto, para mim é um símbolo do SLB e não de Portugal.

LMGM disse...

Na foto, quem é o gajo com a mão à frente da cara e a camisola das quinas que está à frente do Formidável?

Anónimo disse...

Sporting não quis assinar com a "fera"

O ex-jogador do Sporting esclareceu também a história da chegada de Eusébio a Portugal, para ingressar no Benfica, porque "Eusébio conta mal a história". Hilário revela que tentou trazer o "Pantera Negra" para o clube de Alvalade mas o então presidente do Sporting, Brás de Medeiros, só aceitava que a "fera" - como lhe chamava Hilário - viesse primeiro fazer testes.

Eusébio queria vir já com contrato assinado, pelo que o negócio não se realizou. Mais tarde, "o Bella Guttman falou de Eusébio ao presidente do Benfica, que recomendou logo a vinda do Eusébio por qualquer preço. Então, o Benfica chegou ao pé do Eusébio, deu-lhe dinheiro e este comprou logo um prédio e uma vivenda. A mãe do Eusébio assinou os documentos e lá veio ele para Portugal."



Ler mais: http://aeiou.expresso.pt/hilario-eusebio-fugiu-para-assinar-pelo-sporting=f689566#ixzz1kUaI9WyI

Tiago disse...

Está ao nível das historietas que o Mário Soares esteve no outro dia a contar. Contou ele, entre grandes gargalhadas, uma história de como, enquanto advogado, disse a um cliente para simplesmente mentir em tribunal porque assim ia acabar por se safar.

E depois é essa a geração que mais se admira do país estar no estado em que está.

M disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
RENEGADE disse...

....e qd faltam argumentos, diz se algo como " vcs fazem me rir "..q pastel!

Hlario disse e Eusebio nao desmentiu nem o ia fazer pq correspondeu à verdade ..e, como diz o Mike Portugal, julgo q ele nao disse por mal mas por lhe faltar mais algum vocabulario, estudos e inteligencia pra saber distinguir as coisas: julga ter demonstrado aos lampioes q era vermelho por dentro e nao quis jogar contra o seu clube do coraçao ( achou ele q agia e pensava corretamente na sua inocente ignorancia ), na verdade estava era a demonstrar ser o " grande " profissional e inculto na ética

Virgílio disse...

Coitado... Apenas sinto pena da personagem pelas tristes figurinhas que insiste em protagonizar. Reforço o que disse na altura das polemicas palavras que proferiu com intenção de manchar o bom nome do SCP: a inteligência (ou a falta dela) não dá para mais...

O curioso é que a nossa imprensa acho td isto mt normal, se não mesmo digno de elogio... Sintomático.

LMGM disse...

Estou a ver o Sporting-Inter e ao fim de 60 segundos de jogo já houve 4 toques de calcanhar, 3 do Sporting, 1 do Inter.

É muito bom ser júnior...

JPDB disse...

LMGM,

estou chateado com o resultado, com a exibição nem por isso...

gostava de ter ouvido o que disse o Sá Pinto naquela reunião pós-jogo no meio do campo...

sm17 disse...

Boas norte de alvalade! Já há algum tempo que acompanho o teu blog e agora decidi também fazer um. Ainda estou no inicio mas se puderes pôr na tua lista de blogues era fixe. Continuação do bom trabalho.

http://sportingnossograndeamor.blogspot.com/

Grande abraço,
sm17

MM disse...

Eusebio e um produto do Portugal colonialista que na decada de 60 violou repetidamente Africa ao mesmo tempo que privou-a de alguns dos seus diamantes: dois crimes num so. Tivesse chegado a Portugal nas decadas de 70 e 80 e seria uma pessoa muito diferente, mais moderna, porventura citadina, ate socialmente mais evoluida do que os Portugueses da metropole Lisboeta. Muitas das melhores cantoras dos anos 80 em Portugal vieram por exemplo das ex-colonias, e recordo uma delas afirmar que quando chegou a Lisboa em 75 ficou chocada porque encontrou um povo mais ou menos retardado. Palavras suas, nao as melhores mas percebe-se o que quis dizer. Naquela altura (anos 50 ou 60) nao: os Portugueses naturais de Africa (assim respeitemos a atribuicado fascista de Portuguesa cidadania - ate isso lhe roubaram, ao Eusebio, pintando-o com Nacionalidade Europeia), muitos deles ignorantes, ingenuos, oprimidos, com fome e descalcos que nao tivessem a bencao de ingressar em instituicoes boas que lhes fornecessem apropriada educacao e liberdade entendiam naturalmente outras (como o benfica) como um regime de terror que funcionava como um prolongamento de Salazar. No fundo, dentro do enorme crime que Portugal cometeu, algumas vitimas tiveram ainda assim alguma sorte. No universo dos futebolistas: aqueles que chegassem ao SCP, AAC, VFC ou outros. Gozaram de proteccao, e um tecto que na medida do possivel ofereceu-lhes liberdade. Eusebio nao teve essa sorte, era jovem, ingenuo, e cultivou dentro de si um pavor tremendo a instituicao da aguia fascista que se confundia com o Estado Novo.

Ainda hoje se repararem Eusebio e internado duas vezes no espaco de semanas e diz logo que o trataram maravilhosamente bem, correu tudo de forma perfeita, os medicos sao os melhores do mundo, estou optimo, nao sofro de nada e recebi a visita dos melhores estadistas.

Faz lembrar as vitimas de tortura obrigadas a sorrir para as cameras ao mesmo tempo que diziam estar ali de livre vontade. A culpa nao e do Eusebio, mas das instituicoes que o escravizaram e violaram: Portugal, o Estado Novo, e o Benfica. Nos anos 60, as 3 eram 1 e a mesma coisa, motivo pelo qual tal como Amalia sera daqui por uns tempos sepultado nos Jeronimos.

Anónimo disse...

edgar manaca a presidente, os investidores confiam.

Anónimo disse...

O campeonato de 1979/80 aproximava-se do fim e, quando faltavam apenas dois jogos, o Sporting e o FC Porto seguiam empatados na liderança. Na penúltima jornada, enquanto o FC Porto recebia em casa o Boavista, o Sporting tinha de ir a Guimarães, 6º classificado, uma das deslocações tradicionalmente mais difícil para os “leões”.

No início da semana que antecedeu o jogo, começaram a surgir rumores de que um jogador do Guimarães estava “comprado” e que ia provocar um penalty ou marcar um auto-golo. À medida que os dias foram passando, os rumores subiram de tom, ao ponto de alguma comunicação social do Porto ter pegado no assunto e levado a que, na véspera do jogo, Pinto da Costa se tenha deslocado a Barcelos, local do estágio do Guimarães, para dar conta aos dirigentes vimaranenses da preocupação sobre as eventuais anomalias que se iriam verificar.

Os jogos realizaram-se no dia 25 de Maio de 1980, com início à mesma hora, e ao Sporting bastava-lhe obter o mesmo resultado do FC Porto. Quando, aos 28 minutos, Frasco marcou para o FC Porto, em Guimarães ouviu-se um burburinho nas bancadas mas, apenas 8 minutos depois, um defesa do Guimarães – Manaca – marcou um auto-golo que deu a vitória ao Sporting nesse jogo.

Mas quem era esse Manaca?
Era um moçambicano, em final de carreira, que tinha sido jogador do... Sporting!

Segundo veio a público, no final do jogo, já nos balneários, houve mesmo uma cena de pugilato entre o autor do auto-golo e um seu colega de equipa, Tozé, com este a acusá-lo de se ter “vendido”.

O escândalo foi de tal modo evidente, que a Direcção do Vitoria de Guimarães, liderada por um jovem presidente – Pimenta Machado – não teve dúvidas e despediu o jogador três dias após o jogo.

Virgílio disse...

Td conjecturas... Nc ouvi, vi, ou li o tal do Manaca confirmar como hj fez o Eusébio. O resto são tretas...

Curioso é ler lampiões dando conta da preocupação de pinto da costa, mt curioso mesmo... Nc imaginei ler passagens escritas por coquichas deste calibre: "...e levado a que, na véspera do jogo, Pinto da Costa se tenha deslocado a Barcelos, local do estágio do Guimarães, para dar conta aos dirigentes vimaranenses da preocupação sobre as eventuais anomalias que se iriam verificar"...

Isto realmente assiste-se a cada trambolhão...

:)

Sporting até morrer disse...

Julgo que este último comentário pertencerá certamente a um portista e não posso deixar de o achar curioso, pois será adepto do clube que representa hà largas décadas tudo o que de pior existe no futebol português...

Puxando pela memória, lembro-me de uma célebre derrota do Sporting nas Antas com um golo apontado...pelo apanha bolas.

Esse episódio foi apenas o início de uma grande saga onde o FCP nos deu a conhecer expressões como, café e fruta; onde pudemos assistir a magníficas arbitragens como as dos irmãos Calheiros, Martim dos Santos, Olegário Benquerença entre muitos e muitos outros; onde ficámos a conhecer o modelo de organização de viagens da Cosmos; onde todos ouvimos com espanto (ou não), as escutas telefónicas a combinar resultados, etc, etc.

Algum portista tem capacidade para dar lições de moral após ter ouvido da boca do presidente da UEFA apelidar o seu clube de corrupto exigindo a sua expulsão das competições europeias?

SL
José

8 disse...

O andrade tem meia razão: possivelmente o paizinho foi ao estagio do Vitoria, mas para oferecer uma mala com uns trocos para o caso de um bom resultado para os seus lados.

Felizmente, nos nossos dias, a mentira por mais que seja repetida não se transforma em verdade porque há imagens que mostram bem como foi esse auto-golo.

Virgílio disse...

Será que o trambolhão se direcciona mais para ler um andrade a defender a verdade desportiva à Eusébio? Seria menos inusitado, sim...

Leão de Alvalade disse...

Anónimo,
Andas a ler muitos romances de cordel. Deves é ter em casa muitas camisolas do tri. Do tri-naranjus.

Anónimo disse...

http://reflexaoportista.blogspot.com/2008/04/de-pistola-no-balneario-do-arbitro.html


Melhor ainda é a história do presidente de um clube que entrou de pistola no balneário do árbitro.
Esta história, referida hoje por Pimenta Machado, passou-se no dia 11 de Novembro de 1956, no Campo da Tapadinha, num Atlético – Sporting.
Ao intervalo o jogo estava empatado 1-1 e, pelos vistos, o presidente do Sporting – Carlos Góis Mota – não estava a gostar da arbitragem de Braga Barros, árbitro de Leiria. Vai daí, não esteve com meias medidas, invadiu a cabine do árbitro e, segundo foi referido na altura, de pistola em punho “aconselhou-o a tomar mais atenção na 2ª parte pois poderia prejudicar-se”.

Não, não é verdade que Góis Mota fosse da PIDE. Era “apenas” presidente da Legião Portuguesa, uma milícia criada em 1936, que estava sob a alçada dos Ministérios do Interior e da Guerra, e que nas décadas de 50 e 60 se caracterizou pela perseguição e repressão às forças oposicionistas ao regime, para a qual contribuiu o seu Serviço de Informações e a sua vasta rede de informadores.

Nota: O Dr. Carlos Cecilio Nunes Góis Mota tomou posse como presidente do Sporting em 28 de Janeiro de 1953 exercendo o cargo até 31 de Janeiro 1957. Participou por mais nove vezes na Direcção do Clube, duas como vogal e sete consecutivas como vice-presidente, desde 19 de Janeiro de 1946 a 30 de Janeiro de 1952.

Que este facto não sirva para manchar a história "imaculada" do Sporting. Toda a gente sabe que o Sporting sempre foi um clube de gente seríssima, acima de qualquer suspeita e que nunca, mas nunca, se envolveu em manobras nos bastidores do futebol...

Sois diferentes? SCP, SLB, FCP é tudo a mesma merda.

Anónimo disse...

Rei? só se for da palhaçada!!! Já era....deixou de ser com Figo...e ag CR tb ja passou á frente....Só os lampiões e a sua imprensa ainda lhe suporta o estatuto de melhor jogador portugues. Mas já deixou de ser, agora será o 3º atras de Figo e CR....Com este episodio acima referido só confirma o caracter pouco sério e mt duvidoso q mostrou qd da sua vinda pra Portugal!

Justiceiro Azul disse...

Sobre os grandes de Portugal, sobretudo não esquecer o grande Pinga!!!! Foi o melhor de sempre.

Dois apartes:

1º Alguém aqui falou de um golo marcado por um apanha bolas nas Antas. É mentira.

2º Bons comentários que me deixaram boa impressão sobre os lagartos que andam aqui. Estragam tudo quando não resistem a falar da fruta.

LMGM disse...

Justiceiro Azul, dois sem partes.

1 - http://www.youtube.com/watch?v=WYmuGpo07DE

2 - Vocês estragam tudo quando usam a fruta.

Green Jones disse...

Eusébio morreu? Olhando para o estado do Eusébio e para o estado do Sporting o mais certo é o Eusébio sobreviver ao Sporting muitos e bons anos. E isto para nem referir a diferença de prestígio internacional entre Eusébio e o Sporting (mais preocupado com girassóis e em perder finais europeias em Alvalade). Sou do Sporting mas não tenho nada contra o Eusébio e acho que as declarações do King sobre o Sporting foram tiradas do contexto (estavam a provocá-lo mais uma vez sobre a possibilidade de ele ter ido para o Sporting e ele reagiu assim, porque também não tem cabeça para mais). O Eusébio é amigo pessoal de muitos Sportinguistas e vice-versa.

Conheço o Eusébio, é muito boa pessoa e nós no Sporting devíamos era pensar na nossa equipa de futebol em vez de inventarmos guerras que não levam a lado nenhum (isso é o que o Godinho Lopes quer e é por isso que o clube está à beira da ruína). O que é mais importante: falar do Eusébio ou jogar sem pontas-de-lança contra a merda do Olhanense? ABRAM OS OLHOS!

Justiceiro Azul disse...

LMGM
Já tinha ouvido falar disto, mas, francamente pensava que era impossível. Mas afinal... quem lhe dera que os benefícios ao seu clube fossem também tão inocentes!

No resto só confirma o que eu disse. Não resiste a falar da fruta, como se essa fruta tivesse decidido alguma coisa nos últimos 30 anos, ou 60!

FC disse...

Nunca pára de me surpreender a capacidade dos portistas em ignorar os factos e inúmeros casos sórdidos passados no seu clube, para depois acreditar tão facilmente em desculpas esfarrapadas e na idoneidade de personagens tão "íntegras" como Reinaldo Teles e Pinto da Costa.

Um bem-haja, Justiceiro Azul! O futebol no fundo não passa de uma diversão, e vocês têm-nos mantido entretidos.

Anónimo disse...

para todos portistas esperem aTE AO CLÁSSICCO i de poix falamos

Anónimo disse...

filhos da puxa obessaaaaaaaaa!!!!!!!!!!

Enviar um comentário

Reservado o direito de admissão.(links também)
Comentários com insultos entre comentadores não serão tolerados

Comentários Recentes