sábado, 21 de agosto de 2010

Amar também cansa

    A hora do cansaço
    As coisas que amamos,
    as pessoas que amamos
    são eternas até certo ponto.
    Duram o infinito variável
    no limite de nosso poder
    de respirar a eternidade.

    Pensá-las é pensar que não acabam nunca,
    dar-lhes moldura de granito.
    De outra matéria se tornam, absoluta,
    numa outra (maior) realidade.

    Começam a esmaecer quando nos cansamos,
    e todos nos cansamos, por um ou outro itinerário,
    de aspirar a resina do eterno.
    Já não pretendemos que sejam imperecíveis.
    Restituímos cada ser e coisa à condição precária,
    rebaixamos o amor ao estado de utilidade.

    Do sonho de eterno fica esse gozo acre
    na boca ou na mente, sei lá, talvez no ar.

    Carlos Drummond de Andrade

Momentos como o vivido actualmente no Sporting ocorreram com tanta frequência nos últimos anos que é difícil dizer que este é o pior. Mas é impossível fechar os olhos à magnitude e frequência de uma série infindável de más decisões e consequentes insucessos e não constatar a erosão que os mesmos estão a provocar no Sportinguismo. Os sinais são tão evidentes que elencá-los é uma tarefa tão fastidiosa como dolorosa.

Dizia ontem que de JEB já nada espero. Mas é bom que se perceba que quando me refiro ao nosso presidente incluo todos os que o acompanham nos órgãos sociais do clube e da SAD, cujo silêncio não é mais que a demissão das suas responsabilidades ou a aprovação tácita da actual gestão, responsável pela situação em que os encontramos.

Dizia também que vejo como muito difícil o surgimento de uma alternativa à actual gestão, tendo em conta os resultados eleitorais de há um ano. Com a agravante da letargia, conformismo e resignação com que a generalidade dos Sportinguistas aguentou um ano de gestão ruinosa para o espírito Sportinguista, seja ela avaliada pela gestão desportiva ou económico- financeira. Quem se sentem inspirado pela tarefa de  ser presidente de um clube de acomodados?

O Sporting não tem hoje oposição constituída, o que é tão preocupante como estranho, face ao momento do clube. Compreendo o difícil papel de todos os meus consócios que se queiram apresentar como alternativa, porque os critérios e a exigência com que são avaliados pelos sócios é de uma duplicidade angustiante. Faz algum sentido dizer ainda hoje que o antigo candidato Paulo Cristóvão que não tinha credibilidade, quando tudo vem sendo permitido ao Presidente Bettencourt?

Mas é indiscutível que o Sporting carece de uma liderança forte. Que, para se constituir e ganhar força entre nós, não pode falar apenas quando as coisas correm mal. E ainda ajuda menos não haver alguém que ofereça, com um discurso sólido e coerente, um projecto desportivo consistente, em alternativa à mediocridade vigente. É com muita pena e com arrepios na espinha que leio considerações tão superficiais como absolutamente disparatadas sobre o que são as necessidades do futebol leonino. Para dizer e fazer disparates já lá temos gente há muito tempo. Quem quiser ser visto de forma credível, tem que dizer e fazer muito mais e melhor do que apenas aquilo que os adeptos gostam de ouvir. Falar verdade é o caminho. Num dos piores momentos da história de Inglaterra Churchill mobilizou a vontade de uma nação dizendo clara e cruamente: "Só tenho para oferecer sangue, sofrimento, lágrimas e suor."

Temo pelos próximos tempos, porque, no actual estado da alma leonina, a recuperação de todas as outras condições está fatalmente condenada. São muitos os Sportinguistas que, cansados, não estão dispostos a ser testemunhas da nossa falência, que, mais do que financeira é anímica. Como diz Drummond de Andrade, “As coisas que amamos (…) são eternas até certo ponto,” e (…)Começam a esmaecer quando nos cansamos”. Não me parece que seja a hora de atirar a toalha ao chão, ficando na história do nosso cube como os que “rebaixaram o amor ao estado de utilidade”, deixando de aspirar para o Sporting “a resina do eterno”.

22 comentários:

  1. Amigo LDA,

    Este poema do Carlos Drummond de Andrade tem na realidade uma grande verdade: o cansaço do amar.
    No entanto, transportando isso para a realidade do nosso Sporting e sendo tu um Homem que vive o Clube com uma paixão incomensurável a tantos quilómetros da casa-mãe, isso nunca será real. TU, eu e muitos outros milhares iremos sempre amá-lo de forma intensa e nunca o deixaremos morrer.
    Nós, que somos da mesma geração, e por acréscimo da geração João Rocha - para mim de longe o melhor Presidente da nossa linda História -
    e que assistimos a tantas glórias temos que fazer passar para os nossos filhos esse lado, dizendo-lhes aquilo que fomos, somos e seremos, através de uma grande união, que nem uma derrota com um clube da 3ª divisão da Europa nos demoverá.
    Sei que os homens passam e que o Clube vai ficando, só que mais fraco. Agora tem que ser o tocar a unir, até porque sendo eu um desencantado de há 15 anos com a aparição do famigerado "projecto Roquette" continuo e continuarei a LUTAR e a AMAR!
    Desistir nunca... a mim nunca nehum dirigente me fará
    esgotar pelo cansaço. Se José Roquette, Dias da Cunha e FSF, dirigentes que eu sempre abominei não o conseguiram, não será José Eduardo Bettencourt com quem até tenho alguma simpatia do ponto de vista pessoal por ser como nós um defensor intransigente do ecletismo que me fará desistir.

    ResponderEliminar
  2. Lda:

    Mais um impressionante texto. Do principio ao fim.

    Isto há muito que se arrasta por águas turvas, mas nunca, como nestes últimos quinze meses, vi as coisas com uma escuridão tão assustadora. Uma escuridão feita de desespero, vergonha, revolta, e muitos outros condimentos perturbadores da felicidade leonina…

    Se amar cansa, amar sem notar qlq correspondência cansa infinitamente mais. Mas amar não se decide, nem se escolhe. Ama-se, pura e simplesmente. Como já disse anteriormente, eu não me estou a ver ‘atirar com a toalha’. Vou por cá andar independentemente do meu estado de alma. Abandonar nem sequer entra nas minhas cogitações. Vistas bem as coisas, lutar é mesmo o único caminho digno que nos resta. Lutar sempre, com as forças e possibilidades que cada um de nós tem para oferecer.

    Sp estive (e continuo) disposto a contibuir com o meu quinhão de luta. Só não sei é se a luta que mts de nós empreende e as forças que cada um de nós dedica, resultam nalgum resultado tangível.

    Mas sozinho ou inserido numa lógica organizada, sei que vou continuar. Pelo Sporting. Sempre.

    Gde abraço, amigo.

    ResponderEliminar
  3. PARA QUEM TIVER PACIÊNCIA,

    15 ANOS DO ROQUETISMO EM,


    http://conselholeonino.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Fénix, este poema não se aplica minimamente ao amor que se tem por um clube. Quem ama um clube, ama uma coisa abstracta. Eu não amo o estádio de Alvalade, a Academia, os dirigentes ou os jogadores do Sporting. Amo o SPORTING. E o Sporting não é uma coisa palpável. É um sentimento. É o Sporting. É inexplicável. Mas é muito forte! É grandioso! É imorredouro!

    ResponderEliminar
  5. Sinto a Ana menstruada.

    Pronto, disse-o. Agora fuzilem-me.

    ResponderEliminar
  6. Virgilio e Juvenal:
    Obrigado pelas vossas palavras.

    Sem tempo para grandes comentários porque o forno está cheio de iguarias que não se podem queimar, não podemos ignorar que o Sporting desperta cada vez menos interesse seja nas diversas faixas etárias, seja nos diversos estratos sociais, remetendo-nos para um núcleo cada vez mais reduzido. A verdadeira dimensão do que está a causar a actual situação só nos aperceberemos daqui a alguns anos. Esta seria por tudo isso, a pior altura para atirar a toalha ao chão.
    SL

    ResponderEliminar
  7. LdA

    Muito de acordo com o brilhante poema de CDA, totalmente aplicável ao estado de cansaço em que vamos sendo submergidos, devido aos resultados desportivos e económicos do nosso Clube.

    Mas mais de acordo ainda com este teu último comentário: a massa adepta leonina está cada vez mais velha (idosa). Atendendo ao desempenho desportivo e ao discurso economicista, juntando um comportamento dos media (e não só os desportivos) verdadeiramente nojento, as crianças não se sentem atraídas para o Sporting.

    E é contra isso que teremos de lutar. Há poucos dias estive com um jovem lampião, que eu sabia que em miúdo era Sportinguista. Disse-me que tinha mudado porque chegava à escola e estavam sempre a gozar com ele porque o Sporting nunca ganhava nada. Como não tinha um suporte familiar que evitasse a mudança, lá foi mais um…

    Precisamos urgentemente de vitórias, de um discurso vibrante, entusiasmante e aglutinador. E já agora os opositores a estes OS, se querem mesmo ter crédito, unam-se apresentem nomes respeitáveis e propostas que venham de encontro aos desejos dos Sportinguistas e perceberão que o regime cairá de podre.

    Sporting sempre!

    ResponderEliminar
  8. Eh pá, mas alguém por aqui costuma ir a Alvalade?!? Massa adepta idosa?
    E onde é que isto se aplica aos adeptos do Sporting?

    Começam a esmaecer quando nos cansamos,
    e todos nos cansamos, por um ou outro itinerário,
    de aspirar a resina do eterno.
    Já não pretendemos que sejam imperecíveis.
    Restituímos cada ser e coisa à condição precária,
    rebaixamos o amor ao estado de utilidade.

    Se se revêem nisto, quer dizer só que gostam do Sporting ganhador...

    já não pretendemos que sejam imperecíveis? rebaixamos o amor ao estado de utilidade? o quê?!

    Humberto, a ti mandava-te para um certo sítio, não fora estarmos num sítio que de há uns tempos para cá é muito selecto...

    ResponderEliminar
  9. "...não fora estarmos num sítio que de há uns tempos para cá é muito selecto..."

    Não percebi. E tenho a sensação de que mais vale continuar sem perceber...


    Relativamente à questão levantada pelo LdA e continuada pelo 8, o "peso social do SCP", apenas me posso manifestar pelo que experiencio. E o que eu observo e me apercebo é que na minha cidade/região de residência, os mais jovens cada vez mais se revêem nos nossos rivais. Consequentemente cada vez menos no SCP. De há uns tempos para cá, noto em castelo Branco, coisas nunca antes vistas, como crianças e adolescentes vestido com aquela 'coisa' azul e branca às risca verticais. INSÓLITO...

    Ainda somos o segundo clube em apoio socal. Mas ou isto muda, ou tb esse estatuto começa a ficar ameaçado. Os jovens só querem saber de quem ganha e de alegrias rápidas, não querem saber de jogadas de bastidores e das desculpas de quem perde (justas ou não). A verdade é só uma: os únicos que 'aguentam' é à força de mt insistência familiar...


    SL!

    ResponderEliminar
  10. Ana: Já vou a Alvalade há mais de 20 anos. E sim, nos ultimos anos nota-se mt menos juventude. O q antes tinha como publico aderente essencialmente malta nova, agora é dominado pela malta de trinta, quarenta e inclusive mais idade.

    Não sei... Mas talvez esse seja mais um dos factores q contribui para o mistério do desaparecimento do 'vulcão' no novo Alvalade. Outrora pujante e mesmo alvo de inveja dos nossos rivais.

    ResponderEliminar
  11. Apesar de tudo amanhã vou lá estar. Espero que no final saia com a esperança renovada.
    Recuso-me apesar de por vezes também sentir algum "cansaço" a deixar que ele me domine e me faça começar a pensar que não vale a pena. Como disse Fernando Pessoa, tudo vale a pena se a alma não é pequena e eu acredito que a alma sportinguista é imensa...

    ResponderEliminar
  12. Amanhã, devo lá ir. A ver se tiro umas quantas fotos ao público à minha volta. Uma das explicações para dizerem que o público é idoso até se pode prender com o facto de vocês irem para as centrais, onde os bilhetes são mais caros. A malta jovem tem pouco dinheiro para gastar na bola e, além disso, gosta é de ir para onde a animação acontece. E eu falo com conhecimento de causa: as minhas sobrinhas e os amigos querem sempre que os leve para o pé das claques. De preferência a Juve Leo, de que a minha sobrinha mais nova, com 15 anos, quer ser sócia e tudo. Quanto ao vulcão, não tem havido muitos motivos para ele entrar em erupção. Mas já tiveste vislumbres da sua actividade em alguns jogos em que as coisas correm bem e o futebol empolga. Desafio-vos a fazerem como na ópera e a levarem uns binóculozinhos para a bancada. Olhem para os topos e depois venham cá dizer-me que só vêem idosos.
    Arrebitem, pá! Mudástipróstopos!

    ResponderEliminar
  13. E algo natural que o Sporting va perdendo adeptos com o passar dos anos. Isso e uma consequencia inevitavel da falta de cultura desportiva que existe no nosso pais. E necessario - para 7 em cada 10 pessoas - ser-se adepto de um Clube vencedor. E e por isto que no Algarve a maioria dos algarvios nao e do Farense ou do Olhanense, nem em Leiria a maioria torce pela Uniao, nem em Braga pelo Braga, ou em Tras-os-Montes pelo Chaves: falta de cutura desportiva, tremendo mal do lusitano desporto.
    Como e que o Sporting pode combater isto? Vitorias, vitorias, vitorias e vitorias. E pode comecar ja amanha, nao faria mais do que a sua obrigacao.

    Ana, nao existem tais coisas: sitios selectos. Podes por isso mandar.
    Forca, com todas as letras. Expele todo esse coagulado de palavras, ignora as barreiras e seus lacaios tampoes, levanta bem alto a tua aguda e ovaria voz, e livra-te da besta.
    Nao tenho medo dela: sangue, ovulos, possivelmente algum corrimento, tudo isso e inofensivo. E em boa verdade um milagre da Natureza, e porque o assunto e para vos - mulheres - tao sensivel, permanece para mim um misterio. Sim, estou a par do desconforto, possivelmente alguma dor, mau estar, hormonas em ebulicao e suas nefastas consequencias para organismos mornos, a caracteristica ciclica do processo e todo o cansaco que os ciclos sempre encerram - tambem a mim me cansa e chateia profundamente ter de fazer a barba todos os dias - por isso como ves Ana eu compreendo-te.
    Tu nao te compreendes, mas eu compreendo-te.
    Pegares nisto para me castigar e um direito que te assiste mas, a tal nao es obrigada. Nao te disse nada de mal nem tentei provocar-te: eu tenho um apurado sentido cosmico para detectar "aromas" menstruatorios, acredites ou nao.

    Se me enganei e porque sou humano, apenas isso.

    ResponderEliminar
  14. A JL ocupa 1 sector. Tal como o DUXXI e a TV. Qts tem o Estádio? E já vi mts jogos atrás das claques no novo Estádio (JL e TV)... E sabes uma coisa NÃO SE COMPARA A NADA DO QUE EU VIVI NA ANTIGA SUPERIOR SUL... A verdade às vezes doi, mas urge que seja dita.

    E depois, minha linda, eu vejo o SCP no estádio, em casa, nos cafés, em bares, restaurantes, nos núcleos e a coisa não melhora... Antes pelo contrário... Deixei de ir ao núcleo de CB porque sentia-me, digamos... deslocado, e à beira de entar nos 'entas', já não vou pra novo...

    Vê lá mazé se amanhã trazes uma alegriazita de Alvalade. Seja no meio de 'idosos' ou de 'teenagers'. E se quiseres tirar fotos, tira antes aos golos. Qts mais... melhor desde que verde e... brancos, claro. Tivesse a tua sobrinha mais um ou dois pares de anitos e podias mostrar tb as fotos da miúda. Mas é melhor não, q isto é um espaço mt selecto e não queremos por cá contu... perdão, confusão.

    ResponderEliminar
  15. Nunca deitarei a toalha ao chão, nem agora, nem nunca! Nasci numa família em que não havia um único Sportinguista, mas desde logo na freguesia de Alvalade :), vivi em frente ao nosso Estádio num prédio cuja porta de entrada também era 10A (daí o nick). Sou sócio há vinte e três anos (mais de metade da minha vida) e desde que a minha filha nasceu que fiz questão de lhe incutir o Sportinguismo e o orgulho que é pertencer a este clube. E também ela - com oito anos - já torce pelo nosso clube.

    A médio prazo terá de aparecer uma grupo de bravos leões para apresentar um projecto sério e credível que constitua uma alternativa séria ao 'status quo'. Não acredito em homens providenciais, salvadores da pátria, acredito na experiência, na sabedoria e no trabalho das boas equipas.

    No imediato, espero que logo à tarde o Sporting dê um pontapé-canhão nos maus resultados e restaure um pouco de fé nesta época.

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  16. Oh Cristo, va la vamos a ter calma gente.
    Ana um milhao de perdoes pela minha conversa, e Virgilio, um milhao de perdoes para ti tambem, por ha longos meses nao te fazer companhia em Avalade.
    Sabes que certa vez fui a Castelo Branco ai umas 3 vezes em 6 dias, ir e vir e voltar e regressar. "Bentex", diz-te algo? E a unica coisa que conheco de Castelo Branco - era muito novo e fui na companhia dos progenitores - mas ja e algo. Aqui ha dias li por aqui uma excelente conversa que tiveram com um adepto do Sporting Clube de Braga e senti vontade de intervir. Ainda hoje considero o Minho a minha (segunda) casa, e coloco segunda entre parentesis porque Lisboa sera sempre Lisboa.
    Lisboa sera sempre Lisboa mas Braga levou 3 anos da minha vida, que os ofereci com todo o gosto do mundo, e fa-lo-ia de novo sem hesitar. Ha por la muito benfiquista sim, confirmo isso, sabados de noite qualquer cafe em Braga que tenha SporTv fica infestado e apinhado de baratas. Baratas sem conotacao negativa, nao pretendo ofender, mas sao muitos mesmo, muitos, demasiados, demasiadas vermelhas baratinhas que so apetece pisar, e neste sentido que uso o termo.
    E Braga tem tambem outro grande defeito: nao, nao e o excesso de prostituicao, ou tao pouco a natureza beata das suas gentes, mas sim a quantidade de estudantes que por la existe. A semelhanca de benfiquistas sao tambem demasiados pese embora a cidade retire dai bastantes proveitos e beneficios.
    Amo Braga, afirmo com todas as letras.

    ResponderEliminar
  17. Ana

    Todos os sensos, e é visível a olho desarmado, dizem que percentualmente a massa adepta Sportinguista vem diminuindo bastante.

    No meu tempo de liceu pegava-se numa turma de 40 alunos e 20 eram do recreativo, 18 eram do Sporting e os 2 restantes, ou eram do Belenenses ou era 1 do Belém e outro do FCP. Se fores ver agora, em qualquer ES da zona de Lisboa, nos mesmos 40 alunos se aparecerem 10 Sportinguistas é muito.

    Como sabes vivo fora e até à cerca de um ano/ano e meio atrás, os meus fins de semana em Lisboa eram, religiosamente, coincidentes com os jogos do Sporting em Alvalade. Agora, se os consigo conciliar, tudo bem, se não, também tudo bem. Perdi o entusiasmo, de muitos anos, de ir a Alvalade.
    Não é pela falta de vitórias que perdi o entusiasmo, porque estivemos 17 anos sem ganhar o campeonato e o entusiasmo não fugiu. É o que a equipa não joga. É o constante desacreditar o Sporting e os seus dirigentes na CS.

    Os nossos rivais quando as coisas não lhes correm de feição fazem as suas campanhas, usam os seus homens de mão dentro das instituições, introduzem os seus papagaios em tudo o que é OCS (como independentes), juntam-se, roubam, matam se for preciso mas estão sempre todos a puxar para o mesmo lado. Ainda esta tarde vi na RTP-Madeira num programa de e para emigrantes (Contacto Austrália) mais de 15 minutos de uma almoçarada em Sidney em que não se disse mais nada que recreativo isto, carnide aquilo, cachecóis para aqui, bandeiras para acolá camisolas até cansar. Não estou a exagerar: 15 minutos, no mínimo.

    Nós não. Não temos seguido os melhores caminhos, mas as criticas, quer os dirigentes tomem boas ou más decisões, são continuas, o discurso é sempre negativo. Temos que popularizar o discurso, temos de criar ídolos, mesmo que de cartão como são alguns dos outros, e, fundamentalmente, temos de ganhar, ganhar, GANHAR! Só assim evitamos que o cansaço nos faça afastar do Clube.

    Para terminar: PARABÉNS PELO TEU ENTUSIASMO!

    ResponderEliminar
  18. Caro LDA

    Obrigado pelo seu texto. Não desanime. O Sporting não são os jogadores que jogam, os treinadores que treinam ou os dirigentes que nos governam ou desgovernam, todos, num determinado momento. O Sporting é quem e o que, por causa disso ou apesar disso, fica e perdura há 104 anos (adeptos, atletas, treinadores, dirigentes e funcionários) - e que continuará a perdurar enquanto houver Leões em (de) Alvalade.

    Desame o que menoriza o seu amor pelo Nosso Clube, e continue, com os demais que aqui escrevem, a fazer o que têm feito, com atenção e zelo, para que voltemos todos a ver a alegria e entusiasmo dos dias de futebol em Alvalade - escrevo dias, porque nos anos 80 (no início, na minha primeira memória no estádio) jogávamos de dia, e a festa começava na véspera. Na altura eram todos "grandes", "crescidos". Hoje vejo que eram miúdos, pais, avós e uma Juve Leo que enchia a Curva e se fundia com os demais. A Curva era o lugar dos "menos miúdos" e ainda não "crescidos". Hoje estamos mais velhos. Ao lembrarmo-nos dessas emoções, desses dias, temos saudades. Da mesma maneira que temos saudades de quando eramos imortais. Porém, ainda cá estamos, e estaremos. Mais velhos, sem sermos velhos. Outros miúdos ocuparão o nosso lugar. Basta que o meu caro amigo, todos nós, façamos ou continuemos a fazer aquilo que neste e noutros locais de tertúlia Sportinguista se vai fazendo:

    "De tudo, ao meu amor serei atento
    Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
    Que mesmo em face do maior encanto
    Dele se encante mais meu pensamento.

    Quero vivê-lo em cada vão momento
    E em seu louvor hei de espalhar meu canto
    E rir meu riso e derramar meu pranto
    Ao seu pesar ou seu contentamento.

    E assim, quando mais tarde me procure
    Quem sabe a morte, angústia de quem vive
    Quem sabe a solidão, fim de quem ama

    Eu possa me dizer do amor (que tive):
    Que não seja imortal, posto que é chama
    Mas que seja infinito enquanto dure."

    (este, de Vinícius)

    S.L.

    ResponderEliminar
  19. Bruno, o "Soneto da Fidelidade".
    Que coisa linda, especialmente declamada pelo proprio.

    No meu intimo ele nao se associa no entanto ao Sporting, uma vez que foi-me "oferecido" por alguem que e hoje mais importante do que o Sporting. Tenho esse soneto todo ele "processado", desde ha coisa de ano e meio, declamado pelo Vinicius e acompanhado pela voz que - para mim - mais beleza lhe da, de todas as versoes que dele existem em musica: a da Maria Creuza, claro.

    Das coisas mais bonitas que existem.

    ResponderEliminar
  20. " "Bentex", diz-te algo?"

    MHumberto:

    O nome não me é completamente estranho, mas neste momento não estou a ver o que será. Lamento.

    Se for algum estabelecimento comercial, pode tb já não existir, uma vez que já passaram uns anitos das tuas visitas. ;)

    ResponderEliminar
  21. Ana:
    Não foi o blogue que mudou, antes foi a tua forma de o veres e de te relacionares com ele.

    A todos ( Obrigado B.A.R.)
    Talvez não tenha sido claro, mas o titulo e o post em si têm muito mais a ver com a o sentimento que invade a generalidade dos Sportinguistas do que da minha em particular.

    Seria muito melhor para o Sporting que se verificasse o inverso: que fosse apenas eu que deixasse de acreditar e todos os outros se mobilizassem. Ninguém perceberia a minha ausência.

    ResponderEliminar
  22. O poema é lindo, não tem é nada a ver com o sentimento que tenho sobre o Sporting.

    Cansar de amar????? Mas tamos a confundir a direcção com o Sporting???

    O Sporting não é uma namorada que vou amando enquanto ela está bonita e partilha das minhas ideias, e um dia quando ela fica velha e feia, fazendo disparates totalmente opostos ao que eu achava que era o caminho a seguir, que vou deixá-la e deixar de acreditar que ela poderá mudar um dia, como muitas vezes já aconteceu.

    E leio aqui comentários que hoje em dia "nascem" menos adeptos às quais discordo totalmente. Todos os filhos de amigos Sportinguistas continuam a ser do Sporting. E isto é a minha opinião, porque foi o que aconteceu comigo, ninguem nasce do Sporting apenas pelos resultados desportivos. Porque eu cresci com o Sporting a perder campeonatos consecutivos durante 18 anos, com as época acabar antes do Natal, a ir para a escola e ser gozado constantemente pelos lamps porcos (ainda por cima na altura que eles dominavam). E nunca pus em duvida, mesmo com 4, 10 ou 15 anos o meu grande amor ao Sporting, apenas por o meu clube ganhar menos que os outros. Num grupo de 10 amigos sempre foi 3 verdes e 7 lamps. Por isso não concordo com a opinião que o "leão está envias de extinção".

    Nem concordo contigo Virgilio, quando dizes que hoje em dia há menos jovens no estadio de Alvalade...e falo pelo que vejo lá de 15 em 15 dias. E e sento-me na sul há muitos anos e a bancada continua jovem. Até acrescento, que em relação há Juve que antigamente os via como aqueles gajos mais velhos que nós putos, tinhamos de respeitar, hoje em dia são uma catrefada de putos que nunca perceberam bem o que é uma claque de futebol.

    Não sou parvo, custa-me muito por vezes, estar lá uma hora e meia a ver futebol triste, sem ideias e atabalhoado. Mas continuarei a ir lá, mesmo a perder, mesmo sabendo que as expectativas de saber que vou assistir a uma grande jogo são muito reduzidas, mas não me sentia bem ficar mais de um mês, sem visitar a minha segunda casa.

    SL

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)