segunda-feira, 2 de agosto de 2010

O que fizeste no verão passado?

É incontestável que o início de época, com a revolução no plantel, está a agradar aos adeptos. Quem não se lembra do que vivíamos há precisamente um ano? Se Bettencourt foi então eleito como o “presidente – adepto” é agora que actua exactamente como um vulgar e anónimo adepto faria se estivesse sentado no seu lugar. Tem toda a legitimidade para actuar como bem entende e com o que lhe parece ser o melhor para o Sporting. Mas, no exercício prático da política desportiva para o futebol – aquisições, vendas e dispensas e suas consequências na competitividade da equipa e implicações financeiras – tenho dúvidas, muitas até, que esta postura populista seja a que melhor defende o interesse do clube. Faremos as contas na próxima primavera, e nessa altura ainda nos lembraremos, estou certo, do que andamos a dizer, a fazer e a escrever no verão entretanto passado…

Tendo em conta este ambiente de relativa paz e satisfação dos adeptos Sportinguistas, não encontro razões para que muitos dos que se afastaram não voltem agora a Alvalade. Se no que diz respeito a aquisições o clube foi de encontro ao que exigiam – excluo obviamente aqueles que achavam possível competir com ingleses, espanhóis ou italianos no mercado de transferências, porque isso só pode ser entendido com a frequência de um curso de psiquiatria… - está na altura agora de cumprirem com a sua parte, respaldando a equipa na bancada. E se, e quando as coisas não correrem bem, imolar Costinha, Bettencourt ou até Paulo Sérgio pode até ser conveniente para o aliviar de muitas consciências e para esquecer a quota-parte de responsabilidade que cada tem nos resultados, mas será com certeza pouco honesto.

A verdade é que a estratégia mudou, como é reconhecido, lamentavelmente, pelo próprio director da Academia Sporting. A forma como revê a história recente, que apenas visa justificar a viragem, não tem em conta o que realmente aconteceu. Dizer que “a integração dos jovens da Academia não tem tido o sucesso esperado” é, além de uma falta de respeito com a verdade, descartar para cima desses mesmos jovens o odioso do falhanço desportivo dos últimos anos, alijando responsabilidades de quem contratou e desbaratou rios de dinheiro com jogadores que tinham por missão equilibrar em valor e experiência, ajudando a integrar esses mesmos jovens.Ou de quem nunca cuidou de contratar um treinador capaz para as exigências do Sporting.

Patricio, Carriço, Moutinho, Veloso, Djaló, Nani, só foram titulares porque Stojkovic, Gladstone, Tonel, Polga, Rochemback, João Alves, Tiuí, Purovic e tantos outros, só acrescentaram valor… ao passivo. Ao invés Nani, Veloso, Moutinho renderam perto de 50 milhões de euros. Ora, o que seria se a sua integração fosse bem sucedida? A estratégia mudou, é um facto, e a venda de Veloso e Moutinho serviu para financiar essa nova estratégia, porque eram os únicos jogadores a que o mercado reconhecia valor. O que Mil-homens não disse é que os nossos estagiários tiveram que entrevistar vários primeiros-ministros, aqui e na Europa, porque os que eram pagos para o fazer, ou faziam igual ou faziam pior.

Dito isto, estranho o silêncio que se instalou subitamente no seio de alguns sectores do clube e fico sem saber como o interpretar. Tirando uma declaração avulsa de Vicente de Moura, em que se revelava “inquieto e desapontado com o momento do clube”, não se conhecem quaisquer outras declarações que revelem pelo menos dúvidas ou receios. Serão isto tréguas, silêncios cúmplices, ou mera estratégia para ver no que “param as modas”?   Sou levado a pensar que é um pouco de tudo.

Nisto tudo há duas coisas que parecem preocupantes: que da excessiva contestação se passe ao unanimismo, tão perigoso um como a outra. E que não haja no Sporting quem corporize uma ideia coerente e autorizada sobre a política desportiva que melhor sirva o clube. E quem não fala agora não está legitimado para criticar depois. Como naquela célebre frase nos casamentos…

21 comentários:

  1. LdA,

    Não é que a Academia não tenha dado o sucesso esperado. Penso é que o modelo utilizado não potencia a Academia.

    Portanto, mais do que a Academia em si, verdade é que para mim o "modelo" é que não tem dado o sucesso.

    SL

    ResponderEliminar
  2. Leão de Alvalade,

    Sobre se "Serão isto tréguas, silêncios cúmplices, ou mera estratégia para ver no que “param as modas”?" parece-me que faltam algumas opções que são piores: haverá seguramente quem:

    (a) não se sinta habilitado a discordar, por falta de tempo ou ciência, e que por isso confie que o que se está a executar é a melhor das opções possíveis, mesmo que lhes pareça má;

    (b) tenha uma visão diferente, mas não tenha palco para a apresentar;

    (c) tenha uma visão diferente, tenha palco para a apresentar mas sinta que o maniqueísmo e a irracionalidade que são próprios do futebol os faça aparecer como "velhos do Restelo" ou adversários numa altura em que o Sporting ainda não perdeu nada (ênfase no "ainda");

    (d) (sobretudo) tenha as tripas de fora com as tergiversações dos dirigentes do Sporting, com a constante procura de desculpas para o próprio insucesso, com o desconforto que nos dá fazerem cair os nossos símbolos e os nossos ideiais e que, em consequência, se sinta cada vez mais longe do Sporting.

    Posso dizer que é o meu caso e também o de quase todos os sportinguistas que conheço (não estou a exagerar). Um enorme desconforto com a forma como as coisas estão a ser concretizadas, a guerrilha àqueles que pensam de forma diferente que - na prática - são todos, porque não há duas pessoas a pensar de forma igual. Há muito que não há um discurso positivo praticado por e entre sportinguistas.

    E foi também isso que se vendeu com esta nova orientação estratégica: os sportinguistas tinham algo de que se orgulhar, que - mal ou bem - se tinha tornado um factor agregador. Mas porque se foi incompetente, estava a ser cada vez mais desagregador. Agora, além do símbolo e da história, o que mais é agregador no Sporting?

    Um excelente post que poderia acrescentar isto: a democracia não conhece intervalos entre eleições. Nenhum elenco executivo sufragado democraticamente tem carta branca durante os períodos electivos. É por isso que há leis fundamentais de organização: a Constituição que organiza o poder político, ou os Estatutos do Sporting, que disciplinam o poder político no Sporting. Os limites que são estabelecidos ao executivo destinam-se a perpetuar uma ideia de clube que teve origem nos seus fundadores. Uma boa ideia porque nos permitiu chegar até aqui. E os limites estabelecidos aos poderes executivos também se destinam a fazer com que todos os interesses tenham de ser tidos em conta, numa legitimação horizontal de que os resultados electivos deixam de ser critério assim que legitimam a constituição de um novo executivo.

    JEB e Costinha, porque têm as respectivas cabeças vazias, não compreendem que o que pedem para si é a negação da legitimidade democrática a que se arrogam. Porque nenhuma democracia vive por hiatos. E porque desconhecem que o próprio conceito de democracia tem de ser concretizado e que a concretização da democracia não é mais do que a estruturação do discurso, a estruturação do debate interno.

    JEB e Costinha não querem debate nem discurso e com isso alienam todos aqueles que com eles discordam. E porque a discordância é uma questão de grau, pode discordar-se mais ou menos, mais fortemente ou não, são todos aqueles que discordam. Quando as barreiras para a opinião são tão carregadas emocionalmente, quando nos comparam a adversários por dicordarmos, é o nosso sentimento identitário que sofre e é a nossa "allegiance" (à falta de melhor termo) que é posta em causa. É o nosso sportinguismo que, sem desaparecer, diminui. Porque não queremos ser o que rejeitamos (os nossos adversários), não somos motivados a ser parte da solução.

    ResponderEliminar
  3. Hugo:
    O que dizes é indiscutível. Aliás, algumas coisas que o director da Academia diz também, sobretudo quando reconhece o que todos sabemos: a passagem de júnior a sénior é talvez o momento mais dificil na vida de um jogador profissional, juntamente com as lesões graves, p.ex.

    Mas afirmar que a integração dos jovens no plantel sénior, e olhando para o seu desempenho em exclusivo, não tem tido sucesso, é desmentir realidade. Na minha óptica, que vale o que vale, o que eu esperava da maior parte deles foi até superado. O Sporting não falhou por eles.

    Para que a análise seja séria há que levar em conta como foram formadas as equipas em que participaram, quem eram e porque foram escolhidos os treinadores, que sucesso tiveram os jogadores contratados para serem titulares.

    Se o modelo não teve sucesso dificilmente se poderá concluir que culpa reside naqueles a quem deveria ter sido dado tempo para amadurecer, mas que tiveram de assumir maiores responsabilidades e nem se saíram mal na tarefa.

    Mil-Homens diz "é evidente que no Sporting esse choque foi grande de mais", referindo-se à integração de jovens da Academia. Para mim chocante é não ver justificação para esta lista infindável de "choques" dos últimos anos:
    Rochemback
    Milan Purovic C. Zvezda
    Stojkovic Nantes
    Celsinho Lokomotiv
    Pedro Silva Internacional
    Maryan Had Lokomotiv (emp)
    Rodrigo Tiuí Fluminense
    Gladstone Cruzeiro (emp)
    Carlos Paredes Reggina
    Pontus Farnerud Strasbourg
    Carlos Bueno Paris SG (emp)
    Luís Loureiro Dynamo Moskva
    Manoel Moreirense
    Wender Sp. Braga
    Edson Miolo U. Leiria
    Koke Marseille
    Leandro Grimi Milan (emp)

    ResponderEliminar
  4. Não consigo comentar decentemente...

    ResponderEliminar
  5. plf e "convites" mekié? xoundz@hotmail.com sff

    ResponderEliminar
  6. Porra JEB proíba todo o papagaio que vive a custa do nosso clube de dar palpites para a imprensa vermelha..Se quer imitar o porto onde só o PC fala e os outros estão lá para trabalhar então faça a mesma coisa no nosso clube..Porra JEB já ando farto de tanto papagaio que vive a conta do nosso clube de darem tantos palpites para a imprensa vermelha..Porra proíbe de uma vez por todas os seus directores papagaios de darem palpites cá para fora..Pensei que este ano seria um ano a imitar o porto mas afinal hoje apareceu mais um papagaio lá de dentro a dar palpites..PORRA QUE JÀ ME ANDO A FARTAR..

    ResponderEliminar
  7. Eles são ocos PLF, são-no. É o que dá ... um perde demasiado tempo a ser isso o tempo todo: oco. E o outro perde demasiado tempo com fatos às tiras inspirados na Nova Orleãs dos "loucos anos 20".
    A mistura torna-se implosiva demais, implosiva, mais do que oca até, ou vazia.

    O Leão de Alvalade tem muita razão em algo que diz, coisa que senti de imediato aquando do episódio João Moutinho: os críticos a tudo isto estão em franca minoria. O que de certa forma é muito bom porque confiando que a maioria esmagadora dos adeptos do Sporting não é cega durante muito tempo, lá virá o dia em que quase todos perceberão que estes não nos levam a lado algum.

    Só para reforçar algo que o post - e o PLF - dizem. O post aqui, e o PLF repetidamente no seu espaço, porque não o referiu no seu comentário: o parcial insucesso desportivo do Sporting nos últimos 5 anos não se deveu aos jogadores formados na Academia. Deveu-se aos outros, aos que tinham como missão (vindos de fora) reforçar e não o fizeram. O Sporting quase foi campeão, em 2006 e 2007. O Sporting foi a uma final europeia, em 2005. O Sporting vence 2 Taças de Portugal e 2 Supertaças, entre 2006 e 2008. E o Sporting acumula 3 presenças consecutivas na LC, em 2007, 2008 e 2009 (segundas metades das épocas, parcelares anos), e o Sporting faz isto com ... 4, 5 ou 6 jogadores da Academia no seu 11 base.
    De 11 para 6, 5 ou 4, vão 5, 6 ou 7.
    Da subtracção a 5, 6 ou 7 de 1 (Liedson) ou 2 (Liedson e Derlei) resultam 3, 4 ou 5.

    Na maioria do tempo 5 e 4, muita poucas vezes 3.
    E quer isto dizer que o Sporting jogou demasiado jogo em inferioridade numérica, inferioridade oferecida pelos não-reforços e não pelos sem-carácter da Academia, sem-carácter estes que ganham apenas 1/6 do que esses que não adiantam nem atrasam auferem, mensalmente.

    O que é que o Costinha e Bettencourt perante o quadro fizeram?
    - Livraram-se da parte boa, os educados no Sporting.
    - Mantiveram grande parte da má, Polgas e Grimis, e tentaram reforçá-la (a parte má), com sucesso e insucesso porque nem contratámos só bons jogadores, da mesma forma que não contratámos só maus jogadores. Fizemos das 2, como sempre, e como sempre ... será curto.
    O que eles fizeram foi no fundo isto: que nem 2 pedras da calçada partiram (mal) o problema ao meio e, atiraram-se com tudo o que tinham e não tinham à parte fraca do grupo, porque - pasmem-se as calçadas - é a financeiramente mais valiosa ... e o porquê de sê-lo? Fácil: porque o mercado futebolístico valoriza os sem-carácter, toda a gente sabe.

    Isso das equipas tentarem contratar os melhores jogadores é um mito.
    O Bettencourt enganou-os a todos, sabichão.

    ResponderEliminar
  8. Já o meu avô dizia que criados e bois nem mais de dois..Todo o jogador formado na academia estando nos seniores mais de dois anos jã são anos a mais e depois o melhor é sairem para dar espaço a outros que subiram e querem singrar com mais vontade do que aqueles que já pensavam que eram reis e senhores do clube..está lá muita gente jovem que quer singrar..o salomão o andré santos o cedric e outros que foram rodar..Para mim é a melhor politica e só estou contra tanto papagaio lá de dentro do clube que vive do clube de darem palpites para a imprensa vermelha..Por isso era a favor do JEB fazer como no porto..PROIBIR os papagaios de darem entrevistas..Os outros cá de fora que dão palpites entram por um ouvido a vinte e saiem a mil a hora..

    ResponderEliminar
  9. José, "reis e senhores do Clube" em que plano?

    Quando, eram, foram sendo, são sempre - exceptuando Moutinho - os mais mal pagos do plantel. E quando ... nunca em momento algum me lembro de ter visto grandes multidões à sua volta (e ainda bem). Carriço, André Marques, Patrício, Miguel Garcia, Custódio, André Santos, Veloso, Moutinho, Carlos Martins, Pereirinha, Djaló ou Saleiro, nunca, mas nunca são bandeiras - exceptuando novamente Moutinho.
    Os heróis são sempre os outros.
    E eles são quase sempre os vilões, para o público.

    Reis e senhores do Clube portanto em quê?
    Numa coisa só: são tão maus tão maus que são sempre dos mais utilizados época após época, pelos treinadores do Clube. Talvez por não serem futebolísticamente os melhores, talvez seja por isso ... mas descanse, daqui por 1 ano ou 2 quando o Veloso partir para outras aventuras sentirá saudades. Abraço.

    ResponderEliminar
  10. Boas,

    EXCELENTE POST!

    O que foi escrito neste post é realmente o que interessa para o Sporting!

    Tenho-me escusado de comentar os outros assuntos mas tenho que comentar este e dizer que isto é que é realmente importante!

    Para mim, esta viragem de rumo, é péssima. Não deixo de ir a Alvalade por causa disso mas perdemos um caminho nosso, um caminho original, genuíno e que seria inimitável. Apenas precisávamos de o reforçar e corrigir. Agora voltámo-nos para um vulgaridade que, pior que isso, está mal pensada. Mas desde a escolha do treinador que comecei a temer o pior.

    Enfim, não concordo com este rumo, mas lá estarei a apoiar o clube e a equipa!

    MAIS UMA VEZ, EXCELENTE POST!!!


    PLF: tb me faz falta o teu canto (pedroleaosilva@gmail.com)

    ResponderEliminar
  11. Espero que este momento do Sporting não seja recordado daqui a uns anos como um momento relevante para a historia do clube.

    PLF, villagevet@ymail.com, sff

    ResponderEliminar
  12. Esta conversa já cansa. Mais do mesmo. Não acrecenta nenhuma mais valia para a vida do clube.

    Inoportuno post!

    ResponderEliminar
  13. BOM TRABALHO da parte do andebol do SPORTING O melhor guarda redes nacional regressou ao SPORTING ao fim de 11 anos.Uma alegria para mim que acompanho o andebol do SPORTING pois ACREDITO que vamos ser CAMPEÔES::È o FUTSAL È O REGRESSO DO HOQUEI é uma equipa de futebol com caras novas e querem fazer história..Mas ninguém agradece o BOM TRABALHO FEITO...Isto é continuamos com o estádio e pavilhões vazios..Estou para ver os adeptos que vão ao estádio na quinta feira..

    ResponderEliminar
  14. PLF, faz-me falta o Bancada Nova! Por favor :)
    ruiangelo_moreira@hotmail.com

    ResponderEliminar
  15. ED:
    Só lê os meus posts quem quer. Quem estiver cansado de os ler tem bom remédio. Quem não concordar pode sempre rebater com os seus argumentos.

    Tenho pena que te preocupes com os meus posts acrescentam ou retiram à vida do clube e não te debruces sobre o que fazem os seus responsáveis. Porque este post aborda mais do que uma questão:

    1- A aparente comunhão de ideias entre responsáveis e adeptos como responsável pela aparente paz que se vive no clube.

    2- Lembra que os adeptos ao terem aquilo que pediam são co-responsáveis também pelos resultados.

    3- Debruça-se sobre as afirmações do responsável (?) da Academia.

    4- Recorda porque tiveram os jogadores da Academia assumir responsabilidades mais cedo do que deviam, tentando repor a verdade dos factos, distorcidos pelas afirmações de Pedro Mil-Homens.

    Entre outras coisas. Que me recorde nunca o tinha feito aqui.

    ResponderEliminar
  16. LdA:

    Acho que a importância da Academia e os resultados formativos que produziu nos últimos anos (leia-se jogadores de futebol para o plantel principal com qualidade extra) são tão óbvias, mas tão, tão flagrantes, que esta conversa da treta do Pedro mil-rapazitos ainda me provoca mais espanto e deixa-me completamente incrédulo. Acho que seria das poucas coisas que actualmente me causariam incredulidade no que ao futebol do SCP diz respeito: o director da Academia menosprezar aquilo que (das raras coisas) realmente tem frutificado no SCP. E com muitos frutos sãos e valiosos... É, como diria um ‘antigo nosso primeiro’, uma questão de fazer a conta: por falar nisso, o Kova, do 442, deu-se ao trabalho de o fazer e desmontar tamanha atrocidade. O artigo tem o curioso e acertado nome de "Como matar a galinha dos ovos de ouro" e está aqui - http://quatroquatrodois.blogspot.com/2010/08/como-matar-galinha-dos-ovos-de-ouro.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+442+%28442%29


    PLF:

    Peço o obséquio… É certo que ultimamente não tenho comentado no Bancada (cada vez me sobra menos tempo e só dou sinal de vida cá em casa), mas sempre leio e reflicto sobre o que tem sempre para transmitir e até ensinar.

    virgilio.bernardino@gmail.com

    Obrigado e Abraço.


    SL

    ResponderEliminar
  17. Se existe algo que é SEMPRE difícil de entender não é o que causa o aquecimento global, mas sim o que vai na cabeça dos dirigentes do Sporting e que estratégia têm para devolver o prestígio ao Clube...enfim...

    ResponderEliminar
  18. Não vejo nas palavras de Mil-Homens, nenhum chumbo ou intenção de diminuição do investimento e aproveitamento que o Sporting faz da sua formação. Muito pelo contrário, parece-me que se preparam para dar os passos certos na evolução do modelo Sporting conforme defendi aqui, http://anortedealvalade.blogspot.com/2010/02/sim-modelo-sporting.html

    Tenho mesmo dificuldade de misturar dois problemas:

    1- Aproveitamento dos jogadores vindos da formação.
    2- Acerto de aquisições.

    Sendo que me parece que ambos estão a ser resolvidos a preceito.

    ResponderEliminar
  19. Espero bem que as coisas corram bem este ano. Em Maio que sejamos campeões e que a CL esteja garantida, porque se não, já sei o que 'eles' vão fazer no próximo Verão...


    LMGM:

    Admito que às vezes o português é muuuuito difícil de interpretar. Não concordo que Mil-Homens não tenha (mesmo que inadvertidamente) menosprezado a formação do SCP.

    Que mudem a estratégia e queiram dar 'mais tempo' aos ex-juniores, td mt bem, afirmar que o sucesso da Academia, num passado recente, não teve o sucesso esperado... é, desculpa lá que te diga, de loucos ou mesmo de gajos burros (excuse my french). A não ser que o esperado fossem 11 titulares na equipe principal provenientes de Alcochete... Já agora o aproveitamento desportivo e/ou financeiro que se fez, tem mts culpados, sendo que os menores são precisamente os próprios jogadores da nossa formação. Para exemplo nem é preciso recuar mais do que poucos dias e observar todo o percurso de Miguel Veloso acabando no que acabou por render aos nossos cofres. Soube a poucochinho... tendo em conta o valor do atleta.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  20. LdA, as palavras de Mil-Homens são estas, "Ao longo dos últimos anos o Sporting não foi capaz de promover essa integração da melhor forma possível", "o clube corre o risco de acelerar precocemente essa integração e de sentir falta de capacidade competitiva", "recriação do projecto das equipas B que Portugal não soube aproveitar".

    Vejo uma critica, ou um chumbo se quiserem ao Sporting, nunca à sua formação ou aos seus atletas, que por necessidade do clube tiveram de ultrapassar etapas competitivas. Como disse Paulo Bento no passado, o percurso correcto será o de Saleiro, que durante o ano passado talvez tenha feito o maior número de jogos/minutos do que Nani no seu primeiro ano em Manchester.

    Vejo neste caminho uma aposta muito mais sustentada na formação, apoiada numa politica forte de empréstimos e numa equipa B onde os jogadores podem evoluir sem pensar que são os maiores do mundo e arredores, nem a pressão de não poder falhar um passe, ou uma finta.

    Alguém com a idade de Nani no Sporting, não é (não deve ser) titular indiscutivel de uma equipa que luta por titulos. Mesmo as excepções, Figo e CRonaldo, tiveram tempo e banco até se imporem nos gigantes Barcelona e Manchester. Todos os outros falharam ao mais alto nível, Simão, JVP, Futre, Viana, Quaresma, etc.. Podem fazer parte do grupo, ter minutos, ganhar bagagem, mas se isto for possivel de fazer fora dos holofotes do Sporting melhor.

    Vamos ver se este ano Saleiro e André Santos me ajudam nesta teoria e se Salomão e Cédric me contrariam (Patricio e D'jálo estão queimados).

    ResponderEliminar
  21. Virgilio e LdA, desculpem, nem vi de quem era o comentário assumi logo que era do LdA...

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (4) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)