domingo, 22 de agosto de 2010

a morte de Alvalade


O Sporting é o Sporting, vive-se, sente-se, ama-se. Poderemos até estar cansados de ama-lo (eu estou cansado), mas o Sporting é imortal e far-nos-á voltar sempre a casa, sem sermos filhos pródigos.

Mas, o Sporting está pejado de filhos pródigos. Escuso-me a contar a parábola do filho pródigo, sobejamente conhecida de todos, mas olhando bem para Alvalade, não podemos deixar de constatar a abundância daqueles que vão e regressam em nome do seu próprio interesse, servindo-se sem servirem o Clube que os vai acolhendo.

O Sporting somos nós e sem nós não há Sporting. Quem somos nós? Os que pagamos as quotas, os que percorrem o país e a Europa a apoiar o clube, os que se dignam a ir às Assembleias Gerais, os que compram ou assinam o Jornal do Clube, os que vão fazendo pequenos sacrifícios em prol do seu sentimento, vivência e amor inexplicável, o Sporting.

Depois, há os tais filhos pródigos, Sportinguistas que gostam de percorrer os corredores do poder de Alvalade, não para tornar o Clube mais forte e competitivo, mas apenas porque é fino percorrer esse corredor, é fino ser-se do Sporting, além de dar jeito para a concretização de interesses e negócios que a todos servem, menos ao Sporting.

O meu negócio quando vou à bola, é beber umas cervejas com os amigos, torcer pelo Clube e regressar a casa, feliz da vida ou com uma cachola do caraças, como vem sendo hábito ultimamente. Diferentemente, há quem fume um bom charuto (nada contra) e vá vendo o jogo sem o mesmo fervor do adepto, porque o que mais lhe interessa é ser visto, falar com fulano e sicrano em prol do suposto interesse ou negócio. A bola não é um prazer, mas sim um álibi, um trampolim para algo mais do que o simples orgasmo que um golo leonino pode provocar.

É verdade que tanto a blogosfera como a imprensa estão carregadas de crónicas e dissertações sobre o momento actual do clube, momento esse que perdura e teima em manter-se actual. Num mundo cada vez mais volátil é interessante verificar que em Alvalade está tudo na mesma de há uns anos a esta parte, ou seja, tudo decadente, sem alma, sem crença nem glória. Não vou entrar na discussão já estafada, sobre os conhecidos problemas que estão a matar o Sporting.

Na Revista do Expresso da semana passada, o Presidente do FCP, Pinto da Costa, concedeu uma interessante entrevista, onde, entre outros temas, abordou as relações com os rivais. Já não há rivais. Apenas há um rival. O Sporting? Esses “são nossos amigos”, referiu o edil Portista.

Pinto da Costa tornou o seu Clube no segundo grande e afastou-nos para terceiro por muito que nos custe admitir. Tratou-nos quase sempre como amigos, ao longo dos anos, adormecendo-nos e explorando ao máximo a nossa rivalidade histórica com o velho rival. Nós, (os filhos pródigos de Alvalade) foram quase sempre na cantiga. O resultado está bem à vista de todos. Pinto da Costa sairá do FCP quando este ultrapassar o SLB em número de troféus conquistados e morrerá com a esperança de que o seu neto pode vir a pertencer ao maior Clube Português, mesmo em número de adeptos.

O Sporting, por razões históricas derivadas do seu código genético, jamais poderia pautar a sua actividade mediante determinadas práticas menos éticas, nada condizentes com os valores e pergaminhos do Clube que sempre se soube diferenciar dos seus rivais quanto à postura social e desportiva dentro e fora das quatro linhas.

Isso é legítimo, admirável, defensável e devemos continuar a pugnar pela verdade, pela irradiação dos apitos, dos túneis e da fruta do futebol português, que está falido e com a reputação pelas ruas da amargura. Não significa isso que se abandone a cruzada contra o sistema conhecido, outrora liderada por nós, que não se tenha posição sobre nada, continuando a ser anjinhos, completamente apáticos, parecendo que nada importa, mesmo quando está em causa a defesa dos nossos mais elevados interesses do Clube.

Parece que já não contamos, somos constantemente ignorados, ninguém nos teme, ninguém nos passa cartão. Tornou-se banal ganhar um jogo ao Sporting, tornou-se banal prejudicar o Sporting, tornou-se normal tratar mal o Sporting, porque quem representa o Clube, pouco ou nada se importa com isso nem nada parece estar a fazer de forma assertiva para alterar esta penosa situação que se abateu em Alvalade.

20.057 almas, estiveram quinta-feira em Alvalade num jogo europeu. Eu estive lá. Fiz meia dúzia de telefonemas a amigos, antigos companheiros de lugar em Alvalade, todos sócios, todos residentes na área de Lisboa. Nota dominante: todos continuam sócios, todos pagam quotas, nenhum vai a Alvalade. Estão realmente cansados de amar este Sporting. Estão cansados de se deitar e acordar no dia seguinte com o sabor amargo da derrota, do desvario, da falta de rumo e de horizonte, precisamente aquilo que no "nosso amigo" a norte não se passa.

O Sporting como o conhecemos, parece já não existir, parece estar a morrer, padecendo de uma doença crónica que todos os dias vai comendo um pouco mais da nossa alma. É todo o pomar que parece estar podre. É mau de mais, como diz Santana Lopes, o homem que tem medo dos elevadores do dragão, "responsável" pela debandada de milhares de sócios quando foi Presidente do nosso Clube.
Mas o nosso Sporting existe, ainda vive, não precisa de ser ressuscitado, porque não morreu. Não estamos reduzidos às cinzas do antigo estádio que parece que nos levou a alma e a mística. A morte de Alvalade parece ser uma certeza para muitos. Pior do que isto parece-nos difícil, mas a verdade é que continuamos a escorregar para o fosso a cada dia que passa. Não haverá reestruturação financeira que nos valha se continuarmos reduzidos a este fosso, a este vazio, a este penoso caminho.

Há quem acredite na morte do Sporting. Nós podemos salvar o Sporting. Os meus amigos, sócios, que ficam em casa, podem salvar o Sporting. Todos aqueles que deixaram de ir a Alvalade pelas razões que sabemos, podem salvar o Sporting. Há certas alturas na vida, que é preciso dizer bem alto: o povo é quem mais ordena. Aquele povo de que Marco Aurélio falou, pode salvar o Sporting, precisamente para evitar a morte de Alvalade e acabar com o estigma.

19 comentários:

  1. Leao Transmontano, o meu chapeu por tao bela mensagem.

    Nao sei qual a sua idade mas independentemente dela a existencia de sportinguistas almas como a sua sao a garantia de que o Sporting nunca morrera. E sabe porque? Porque voce nao e o unico, e nao, nao falo de quem olha o ceu mas sim de quem sente o Sporting dessa forma.
    Existe voce, eu, e muitos muitos outros.
    Parece que somos poucos mas e so aparencia, confie em mim.

    Carrega Roberto.

    ResponderEliminar
  2. Muito bom,se me permitir gostava de postar este texto no meu blog,com os seus direitos de autor claro

    SL

    ResponderEliminar
  3. LT

    É por haver Leões como tu que o Sporting continua a existir e nunca morrerá.

    Um abraço muito apertado

    ResponderEliminar
  4. Leão Transmontano

    Tivesse o Sporting vencido as 2 partidas anteriores escreveria este texto?

    O nosso clube é uma manancial erros sucessivos. É verdade. Mas racionalmente exagera-se muito sobre a sua situação.

    De uma coisa estou certo: os nossos adepros são uma comédia!


    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  5. BRILHANTE! É isto mesmo, LT.

    Manuel Henriques:

    Os nossos adeptos não são uma comédia... Aliás, de comédia o SCP tem pouco, à excepção das intervenções públicas de JEB, tudo o resto se assemelha mais a um drama, a resvalar (cada vez mais depressa) para uma tragédia de contornos épicos. Oxalá se evite.

    O que se passa com o adepto comum do SCP é uma saturação que se vem acumulando de longe, e não das duas derrotas mais recentes. Uma que (apesar de tudo) nos tirou a pequena vaga de esperança de que as coisas fossem ligeiramente diferentes, outra que praticamente nos arranca da fase de grupos da 2.ª divisão europeia.

    O adepto autentico do SCP AMA convictamente o seu clube. De paixão. E as paixões são generosas, exultantes, exageradas, furiosas. Qd se perde sai-se do Estádio fulo com tudo e tds, com cara amarrada e a debitar palavrões a cada metro linear q nos afasta do Estádio. O que sucede é q depois a dor vai amainando e qd se chega a casa, houve tempo para experimentar um misto de emoções que vai desde a revolta nos momentos seguintes ao final do jogo até à saudade de voltar ao Estádio e rezar para que da próxima tudo seja completamente diferente... Ganhando hoje e na Figueira da Foz, passando na 5.ª feira (!) o céu volta a estar um pouco mais luzidio, mas continuamos longe da luminosidade que só os típicos e radiantes dias de Verão permitem. Este Inverno vai longo e rigoroso e deprimente e tds nós desesperamos por um Verão, que nunca mais chega.

    Será isto uma comédia? Talvez, mas a mim parece-me outra coisa.

    Abraço, amigo LT

    E Cumprimentos, caro Manuel Henriques.

    ResponderEliminar
  6. Só mais ma coisa:

    Qd o Pintelho da Bosta nos apoda de "amigos", não só é uma gozação das mais revoltantes como é uma vergonha autentica para td o universo leonino. Ficar o SCP associado àquele nojento, àquela gestão mafiosa, é uma vergonha e não nos demarcarmos dessa ligação causa-me ma sensação enorme de repulsa.

    Há coisas que se conseguem relativizar, mas o cheiro nauseabundo qd nos entra pelas narinas, é impossível de evitar que o cérebro processe tão desagradável informação. Sente-se, repugna-se e em casos extremos vomita-se.

    Preferia mil vezes ser insultado de ‘filho da put*’ por essa criatura. Insulto na boca de gente reles transforma-se automaticamente em elogio.

    ResponderEliminar
  7. LT:
    Muito bem!

    Manuel Henriques:
    O meu caro acha que as derrotas de que fala foram circunstanciais, e não foram. O que o meu amigo LT aqui escreveu tem a ver com as derrotas sucessivas e em vários sectores, que me parecem indesmentíveis.

    Se se der ao trabalho de ver o histórico deste blogue perceberá que, independentemente dos bons ou dos maus resultados, há muito tempo que nos debruçamos sobre o estado do clube.

    Comédia seria falar aqui de um futuro a curto prazo brilhante.

    E, talvez não tenha lido o artigo até ao final, mas, ao contrário de muitos, aqui ainda se acredita que o estado do clube não é irreversível, assim o queiram os Sportinguistas.

    ResponderEliminar
  8. e dizem que o pessoal do norte é aguerrido! pela amostra, deprimido é mais o termo... olhalá! morte de Alvalade?! " depois batem palmas uns aos outros! "Alvalade está a morrer!" "muito bem, muito bem dito" "Não temos adeptos jovens" "essa é que é a verdade!"
    LT, lamento desapontar-te, mas o leão da foto não está morto; está feliz da vista, a roçar-se no chão, provavelmente a seguir a uma boa refeição ou a uma sesta bem dormida...

    ResponderEliminar
  9. LT,

    O meu caro escreveu aquilo que vai na alma dos milhares de sportinguistas que se arredaram do estádio, e que encheram muitas vezes Alvalade durante aqueles 18 anos de seca.

    Esses mesmos sportinguistas que hoje ficam em casa fartaram-se nestes últimos anos:
    - De ver jogos medíocres em Alvalade
    - De ver jogadores fracos em qualidade e espírito combativo a envergarem a camisola de que tanto nos orgulhamos
    - De assistirem a discursos sem ambição dos dirigentes do clube, como os de Soares Franco e Bettencourt
    - De assistir a mil e um episódios tristes que apenas nos envergonham.
    - De ver a gestão do futebol ser de um amadorismo vergonhoso

    Esses sportinguistas disseram BASTA e afastaram-se de Alvalade.

    No meu caso posso contar-lhe que de um grupo de 4 sportinguistas que habitualmente se deslocavam a Alvalade para ver os jogos do nosso clube, resto apenas eu que até me dou ao luxo de comprar dois bilhetes, um para mim e outro para oferecer a quem quiser vir comigo.
    Na última época, muitas vezes já me aconteceu que ninguém me quer acompanhar mesmo com bilhete oferecido, porque já sabem o que os espera, e isto é no minimo frustrante ver o ponto que atingimos...

    Começando hoje, também eu me afasto de Alvalade no que toca ao futebol.

    Lamento, mas sem eleições à vista, parece-me ser a única arma que tenho neste momento para lutar contra o estado de coisas a que o clube chegou.

    Continuarei a acompanhar este excelente blogue, pejado de grandes sportinguistas sofredores como eu, esperando pelo NOSSO 25 de Abril.

    SL
    José

    ResponderEliminar
  10. Ana:
    Não foi o blogue que mudou, antes foi a tua forma de o veres e de te relacionares com ele.

    Disse-te isso no post anterior e não esperei muito para o demonstrares aqui mais uma vez: cortas e colas o que te interessa para prosseguires o caminho.

    Podias ter lido, (será que leste o artigo todo), p.ex que "o Sporting é imortal" mas isso não servia os teus interesses.

    ResponderEliminar
  11. O titulo do post poderia antes ser "Sporting é imortal", visto que é disso que se retrata o post e não "Alvalade está a morrer".

    Assim como existem muitos que deixaram de ir a Alvalade, existem outros que continuam a ir e alguns novos que começaram a ir.

    Sinceramente, e sem qualquer tipo de provocação, antigamente qual era a media de adeptos, por exemplo num Sporting- Maritimo? seria assim tão diferente do que é hoje?

    Existem muitos adeptos que cada vez que saem do estadio chateados e fulos com tudo e todos, dizem que nunca mais lá voltam, mas passados 15 dias, o amor fala mais alto, e lá voltam à sua segunda casa.

    SL

    ResponderEliminar
  12. Meus caros,

    Peço-vos desculpa por não ter podido responder em tempo útil, mas tendo em conta que estou de férias, a família fala mais alto e só agora o posso fazer.

    ResponderEliminar
  13. MM,

    Somos muitos, eu sei. E ainda que fossemos poucos, isso pouco importava. Mas somos bastantes, veja o caso aqui de Trás-os-Montes, onde apesar de tudo, o Sporting tem uma forte implantação e núcleos organizados. Mas, noto que a nossa chama está apagada ou adormecida, como quiser. É preciso reacdendê-la e mudar de ciclo. Todos devemos ajudar nessa tarefa.

    Abraço

    ResponderEliminar
  14. "Tivesse o Sporting vencido as 2 partidas anteriores escreveria este texto?"

    Manuel Henriques,

    Infelizmente os problemas apontados não resultam dos resultados nestas duas partidas. A situação não é conjuntural, mas estrutural, o que é ainda mais preocupante.

    ResponderEliminar
  15. Mitaka,

    Obrigado. pode colocar o post, se entender.

    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Ana,

    Acho que não entendeste bem a mensagem do post. O Sporting vive e aqui no norte vive-se na plenitude. O Leão da foto está a olhar para cima, como nós olhamos na tabela classificativa e noutras coisas mais, infelizmente. O Sporting está vivo e é imortal, isso mesmo é dito no post, porém, a imortalidade da alma, para muitos também é uma grande ilusão. Se não mudarmos de rumo, cairemos num poço sem fundo.

    ResponderEliminar
  17. Sporting até morrer,

    Infelizmente o relato que faz é precisamente aquilo que eu sinto e que milhares de adeptos também o sentem. Aponta na direcção certa meia dúzia de problemas que teimam em agravar-se. E ainda nos diz aquilo que eu também vou sabendo: nem com bilhete oferecido o pessoal parece querer ir.

    Quando vivi em Lisboa tive sempre o bilhete de época, no antigo estádio e a gamebox durante 3 anos no novo. Depois regressei ao Norte e deixei a game, para não ter o lugar vazio, dado que vou menos vezes a Alvalade. Mas o maior problema foi verificar que da malta com quem ia, todos sócios, ainda pagantes, ninguém quis ir a Alvalade na quinta-feira. Eu questionei? vocês estão malucos? responderam-me: não, tu é que pareces estar maluquinho!!!

    ResponderEliminar
  18. Dezperado,

    Se não fossem esses adeptos, que volvidos 15 dias estão lá novamente, a coisa estava ainda mais negra.

    Antigamente a média poderia até ser mais baixa. Não havia as condições que hoje existem no novo estádio, mas vi muitos derbys com o estádio cheio, classicos com o Porto, idem, se a equipa andasse bem, Alvalade estava sempre bem composto, tal como nos jogos Europeus.

    O Barcelona foi há 2 anos a Alvalade, quantos estiveram? Encheu o estádio? 31.000, eu estive lá e li no dia seguinte que eram 31000. Não é normal! Num jogo destes o estádio deveria lotar completamente, tal como num derby ou num clássico e nos jogos europeus...

    Poderia dar-lhe mais exemplos...

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)