segunda-feira, 17 de maio de 2010

Época 2009/2010 - O balanço (I)

A SAD
O que dizer de uma SAD que, após um seu funcionário afirmar que aí se manteve quatro meses a mais, batendo logo de seguida com a porta, derruba praticamente todo o seu edifício e deixa a respectiva cúpula chorosa e como que abandonada?

Há quem afirme que a SAD do SCP tombou de forma temporã, podendo, esse facto, ter contribuído decisivamente para a pior época de que à memória, mas há, também, quem defenda que já caiu de podre. Pode parecer paradoxal, mas eu admito ambos os diagnósticos. Explico-me: se caiu cedo na época dando azo a tamanha instabilidade, a verdade é que uma estrutura profissional, que supostamente deveria ser de excelência e que prometera, pouco antes de cair, elevada solidez consolidada na longa experiência da maioria dos seus membros, jamais poderia revelar-se tão dependente das decisões de apenas uma pessoa, por maior importância que essa pessoa, o seu responsável técnico principal, efectivamente detivesse. Ora, posto isto, julgo ser coerente concluir-se que tais membros nunca deveriam ter assumido o comando do ‘negócio’ futebol… No mínimo por manifesta falta de auto-confiança, de estofo, mas ainda mais por falta de pró-actividade e até, por que não dizê-lo, por falta de coragem e esbanjamento da dita ‘experiência’. Basta verificar a ausência de rumo, de uma qualquer estratégia, a indecifrável politica de contratações e a lastimosa gestão do plantel, para confirmar o veredicto da frase anterior.

E depois do desmoronamento? Bem, depois foi ao ritmo do forrobodó que se iniciou a ‘reconstrução’ dos fracos alicerces, numa dança de cadeiras com o irrequieto Salema, ‘Le Garçon’, a protagonizar o papel de bailarino principal. Pelo aspecto físico, ninguém lhe adivinharia tamanhas valências, mas se é certo que o homem é cheio de ‘formosura’, também não se lhe pode negar o jeitinho que tem para se mexer e manter permanentemente dentro daquele ‘Sádico’ palco, ao qual, nem cenas de violência ‘hard-core’ faltaram.

Concluindo, os resultados que a SAD produziu na época finda revelam-se muito pouco, para não dizer nada, leoninos: uma autentica perda de tempo, com ausência de títulos, espectáculo e notória redução do seu valor patrimonial. Mas a preocupação mor dos seus gestores de topo, talvez surja quando forem divulgados os (verdadeiros?) prejuízos económico-financeiros. Até lá, alegremo-nos com o “estamos mais fortes que nunca!” bradado aos Céus por um histriónico líder da SAD em vésperas de onze miúdos da Academia se alimentarem de hóstias ministradas pela própria mão de Bento (o XVI, não o I que já não foi a tempo, tão pouco o II que ainda não chegara…).O que se seguirá? É uma incógnita, mas já o velho ditado pronuncia que o futuro a Deus (dos agentes) pertence… Haja, então, como é q lhe chamam?… Fé! É isso.

CLASSIFICAÇÃO – A vontade era atribuir uma nota abaixo de zero, mas dada a sua impossibilidade dou um 4, para incentivar o Costinha a ‘orar’ muito (e bem) ao seu ‘Deus’…
por Virgílio 
--------------------
EQUIPA TÉCNICA DE PAULO BENTO
Pré-época & Liga dos Campeões
Iniciámos a época com um técnico tremendamente desgastado, não só pelo facto de ser o único a dar a cara pelo SCP pois a Direcção evitava fazê-lo, como principalmente, pela fraquíssima qualidade do futebol praticado. Tudo isto já vinha de trás, ou seja, de campeonato(s) anterior(es). Ao contrário do próprio, não acho que ele tenha ficado apenas 4 meses a mais pois há muito que era favorável à sua saída.
Numa pré-época marcada por apenas(!!!) 4 jogos, sendo que um deles foi com o At. Cacém onde se averbou a única vitória,  contratações simplesmente incompreensíveis, fosse pela qualidade do jogador (Caicedo), pelo timing da mesma (Angulo) ou ainda por nenhuma delas visar colmatar as principais lacunas do plantel - defesa especialmente as laterais - o SCP discutiu o acesso à LC com a Fiorentina, averbando dois empates: 2-2 em casa (com uma péssima arbitragem a favorecer a Fiore) e 1-1 fora, valendo a regra dos golos fora, sendo por isso relegado para a Liga Europa.

Liga Europa
Foi nesta competição que Paulo Bento efectuou o seu último jogo ao comando do SCP. No dia 5 Novembro, o SCP defrontou em casa o Ventspils, não indo além de um empate a 1, estando a perder. Apesar de ter deixado a equipa quase apurada, as dificuldades sentidas para ganhar jogos contra adversários nitidamente inferiores e o agoniante futebol praticado, deixaram-nos à beira de um ataque cardíaco.

Taça de Portugal
Vitória contra o Penafiel por 3-0.

Campeonato Nacional
Paulo Bento quando deixou o SCP, tinha realizado 9 jogos, deixando a equipa no 7º lugar com 13 pontos em 9 jogos (3V-4E-2D) e com 10 golos marcados e 8 sofridos.Desde a 2ª jornada que, matematicamente, não dependíamos de nós para alcançar o título nacional, após o empate forasteiro com o Nacional e derrota caseira com o Braga, equipa que tinha ganho o seu jogo inaugural contra a Académica.

Avaliação - Nota 0
Péssima avaliação dos lugares a reforçar, e para tal o dinheiro não serve de desculpa pois foi dito que a defesa não necessitava de reajustes, exibições paupérrimas, erros recorrentes, discurso desculpabilizante - sacudindo a água do capote - e responsabilizando sistematicamente os jogadores, ausência de resultados, tirando a Liga Europa. Foi este o legado que nos deixou esta época.  Saudades do Paulo Bento? Como treinador, não!
PS: Sob a batuta de Paulo Bento, estivemos 4 jogos seguidos para o campeonato sem ganhar, entre a 6ª e 9ª jornada: (FC Porto 1-0 Sporting, Sporting 0-0 Belenenses,V. Guimarães 1-1 Sporting, Sporting 1-1 Marítimo). 
por JVL

---------------------

PLANTEL
Falar do plantel do Sporting da época que agora termina é passar em revista todos os problemas do clube. Tomando como referência o número de jogos efectuados por cada jogador o nosso onze típico seria:

Rui Patrício (30 jogos)
Abel (18 jogos)
Carriço (25 jogos)
Tonel (23 jogos)
Grimi (20 jogos)
M. Veloso (25 jogos)
J. Moutinho (28 jogos)
M. Fernandez (28 jogos)
H. Postiga (22 jogos)
Liedson (28 jogos)
Y. D’jálo (18 jogos)

A primeira constatação que faço é que este onze nunca jogou, o que revela uma das características que ajudou a uma época desastrosa, instabilidade. No início da época o plantel foi mais remendado do que reforçado e por essa razão não é de estranhar que o único reforço da época com lugar nesta lista seja Matias Fernandez. De Angulo e Caicedo já ninguém se lembra, de Pongolle esperamos uma lembrança no futuro, André Marques teve guia de marcha para crescer, João Pereira e Pedro Mendes deram um pouco mais de consistência mas não transformaram a equipa.

O destaque acaba por ser Saleiro de todos os reforços aquele que mais cumpriu com a sua tarefa e revelou-se um jogador de grande utilidade e valor como Joker e tapa-buracos de lesões e castigos, pagando com golos.

A segunda constatação que faço é, onde estão as referências desta equipa? Onde estão Polga, Izmailov, Caneira e Vukcevic? Todos eles têm menos de 15 jogos. Por diferentes razões (lesões, castigos, opção técnica) todos estiveram longe da decisão, todos passaram ao lado da época deixando a equipa numa deriva fatal. Os nomes que aparecem imediatamente após estes onze são Saleiro e Pereirinha (ambos com 17 jogos) só depois surge Polga com 15, Vukcevic com 14 e Izmailov com 13. Pouco, muito pouco para quem consome grande parte do orçamento disponível.

A terceira constatação, é a mais difícil de escrever, a qualidade do onze justifica um ano tão desastroso? Não, apesar de todas as culpas que possam imputar a terceiros não se livram da responsabilidade de terem feito um trabalho muito abaixo das suas reais capacidades. Nunca mostraram em campo aquilo de disseram aos microfones, nunca foram solidários, nunca tiveram concentração competitiva, nunca se superaram como grupo, nunca foram ambiciosos. É para mim a parte mais desastrosa da época ver todo o talento ali presente desperdiçado sem reacção.

Para finalizar uma análise por sectores. Na defesa não consigo reconhecer um líder, Tonel tem capacidades mas faltam-lhe as qualidades, Carriço cresce mas ainda não se impõe, Patrício mostrou evolução mas continua ter erros de principiante que têm de ser castigados com o banco principalmente quando se repetem e há mais dois colegas que trabalham tanto como ele. Abel já foi e Grimi nunca será… Reforços precisam-se

Meio campo, o sector mais forte da equipa e de quem nós tanto esperávamos, Veloso foi pau para toda a obra, defesa esquerdo, médio defensivo, interior e extremo esquerdo e interior direito, com tanta voltinha aprendeu a marcar golos. Moutinho acompanha o seu amigo no carrossel de posições e talvez por já o fazer há mais anos esteve pior do que o normal mas não se vislumbra quem faça melhor. Mátias é a surpresa, 28 jogos, é muito mais do que eu diria que ele jogou e se tivesse baseado esta equipa em minutos de certeza que percebia a razão, alguém se lembra de um jogo completo do Matias? Eu também não. Estabilidade precisa-se.

Ataque, quando uma equipa que joga em 4-4-2 só tem 3 jogadores do meio campo com mais de 18 jogos algo correu mal. No ataque passa-se o contrário, é Liedson e sus muchachos. Tanto experimentaram que Liedson nunca teve sossego ou um amigo fiel, mas três mosqu(i)eteiros que zumbiram à sua volta e que no que se refere a poder de finalização e golos pouco acrescentam. Remates precisam-se.

Avaliação global - 7,5 valores. Com o conselho para este grupo se candidatar às novas oportunidades.
por LMGM

PS: decidimos fazer uma avaliação conjunta da  época 2009/10, com quando um dos editores a responsabilizar-se por um tema. A avaliação incidirá sobre os 3 agora editados, a SAD, a equipa técnica de Paulo Bento e o plantel, seguindo-se a equipa técnica de Carvalhal, e a participação nas competições Liga Sagres, Liga Europa, Taça da Liga e Taça de Portugal. Fica à vossa disposição a caixa de comentários.

31 comentários:

  1. Bom comentario, agora tendo em conta isto e vendendo o Miguel Veloso, o Moutinho e se houver propostas o Matias Fernandez quantos Jogadores temos de ir buscar para a proxima epoca?
    Para mim eram uns 18 jofadores novos.

    ResponderEliminar
  2. Virgílio:
    Como bem dizes a queda abrupta da SAD causada pela saída de Paulo Bento acaba por ser o facto mais notório que tenho alguma dificuldade em interpretar. A ideia que fica é que se tratava de um grupo de amigos unidos por laços solidários que suplantavam os interesses do clube e ignoravam o sentido de missão e a dedicação que os cargos impunham. Apesar de ter sido na altura que o seu auto-afastamento visava o aparecimento de novas soluções, é assim que leio o que sucedeu.
    O que veio a segui nada trouxe de melhor, bem antes pelo contrário. A uma estrutura de amigos ficou uma espécie “terra de ninguém”. Devo dizer, como já disse noutras ocasiões, que não percebo o enfoque que se dá à personalidade de Salema Garção, embora também me intrigue o seu instinto e capacidade de sobrevivência. Mas relativizo a sua importância no contexto dos resultados da SAD, uma vez que a posição que ocupa nem se equipara a director-geral. Da mesma forma que Belmiro de Azevedo não questiona os paquetes ou magarefes pelos resultados do Continente, também não creio que a importância de Salema Garção no contexto Sporting mereça tanta referência. Creio até que enquanto se olha para ele nos esquecemos de olhar para muitos com maior responsabilidade. Mas a actuação de JEB na despedida de PB não pode, não deve e não será esquecida. Quanto mais não seja pelos humoristas… Os episódios Sá Pinto, Izmailov e tantos outros obrigam-me a dar ZERO. Mais, esta SAD fez regredir o prestigio do Sporting. Mas zero é zero.

    JVL:
    Começo por dizer que lamento que desta equipa técnica o Sporting tenha perdido o Leonel Pontes. Pelo trabalho realizado nas camadas jovens, pelo conhecimento que tinha do clube, é uma pena vê-lo partir. Falaste dos resultados assim eu fico-me mais por outros aspectos que marcaram o pouco tempo que PB esteve á frente da equipa esta época. É obvio o mau planeamento, dos jogos aos reforços, mas o que deveria ser mais decisivo que é o trabalho técnico falhou rotundamente. Não foi o problema do losango – há equipas que foram campeãs assim… - mas sim de sim de circulação e posse de bola. Um falhanço rotundo, com o jogo do Sporting a resumir-se de jogo para jogo nos lançamentos do Polga, diria nos chutão para a frente. A opção pelo central brasileiro só assim se entende, tendo em conta a má forma física e sobretudo psicológica que nos custaram pontos e jogos sem conta. 7 valores.

    LMGM
    O mais natural que se diga sobre 1 plantel que produziu tão fracos resultados é que não presta. Para mim, a par dos adeptos, foram os profissionais do Sporting os que mais sofreram com a rebaldaria em que a SAD se transformou. O exemplo mais paradigmático disso é a ausência do Moutinho do campeonato do Mundo, mesmo que muita dessa responsabilidade seja da falta de visão de Queiroz. Mas a verdade é que Moutinho se tornou num alvo fácil face à má época realizada. Por isso ao plantel dou 14 valores, o que significa valor suficiente para ser campeão, ou pelo menos para fazer muito melhor. Mas será legitimo exigir-lhes união, concentração, superação, etc, quando tudo em seu redor falhou? Não creio.

    ResponderEliminar
  3. LdA,

    Está tão presente o estilo de jogo no fim do consulado de Paulo Bento que achei desnecessário ser explícito.
    O que acaba por ser curioso, uma vez que jogámos bem com Paulo Bento. A partir de determinada altura, foi um retrocesso tremendo a nível de exibições, com o esporádico jogo em que se vislumbrava algo com qualidade.

    Como qualquer treinador, PB estava à mercê dos resultados. Com a estagnação que se verificava, há mais tempo que deveria ter saído do Clube.
    Não consigo dar sequer 1 valor a esta época, pois foi tudo tão mau no início, que nem as qualificações obrigatórias na Taça de Portugal e (a quase certa) na Liga Europa, conseguem contrabalançar os aspectos negativos.

    ResponderEliminar
  4. LMGM,

    "A terceira constatação, é a mais difícil de escrever, a qualidade do onze justifica um ano tão desastroso? Não, apesar de todas as culpas que possam imputar a terceiros não se livram da responsabilidade de terem feito um trabalho muito abaixo das suas reais capacidades. Nunca mostraram em campo aquilo de disseram aos microfones, nunca foram solidários, nunca tiveram concentração competitiva, nunca se superaram como grupo, nunca foram ambiciosos. É para mim a parte mais desastrosa da época ver todo o talento ali presente desperdiçado sem reacção."

    Sou também um dos que acha que o plantel tinha qualidade para muito mais. Um plantel com um defesa central com a qualidade do Polga (dos melhores dias) ajudaria e muito, ao crescimento do Carriço, um meio-campo com a qualidade que o nosso tem e um bom parceiro para o Liedson, seria um onze fortíssimo. Seria necessário banco para atacarmos o título convenientemente (ganhar sem banco é possível mas ainda mais difícil).

    E a defesa deveria ter sido reforçada. Este é dos erros mais graves desta época, no que ao plantel diz respeito.

    Vejamos o que aí vem mas a minha confiança não é elevada.

    Virgílio,

    Nada a acrescentar. Foi tudo tão mau, tudo tão sem nexo, patético e revelador de uma liderança fraca, que resta-me a fé. É que ao contrário de outros que usam como desculpa que este foi o 1º ano de JEB, eu tenho memória.
    Imagino o que se diria, se este "rendimento" fosse o de uma qualquer lista que não esta!
    Enganei-os a todos. A mim não pá, a mim não!

    ResponderEliminar
  5. LdA, as culpas alheias não invalidam as próprias. A qualidade está lá como provam os esporádicos jogos de boa qualidade (Everton e fcp em Alvalade, p.ex.) se essa demonstração de força não é constante algo está podre naquele grupo.

    Que eu saiba os compromissos com a equipa estão cumpridos (apesar de no início da época ter duvidado), se muito falhou a nível directivo esse "pormaior" devia servir para o plantel mostrar maior brio nas suas funções. Existiram exibições patéticas para um grupo com tanta qualidade.

    Bastava um serviço mínimo (o terceiro lugar) a uma distância do líder consentânea com uma má época (10/12 pontos), para a minha avaliação subir para o dez. O descalabro de pontos foi mau profissionalismo e merece o meu chumbo, sem direito a ir à oral.

    Virgilio, de novo a instabilidade. Se algo se esperava desta direcção era continuidade e nunca nenhuma teve tão boas condições para a exercer. Mas desmoronou, hoje parece que só foi eleito JEB e para pouco mais tem servido do que saco de pancada do interior e do exterior do Sporting.

    JVL, sabes que sou apreciador das qualidades de Paulo Bento. Ainda assim considerei no final da época passada que dado o momento eleitoral, existia uma janela para renovar, para fechar um ciclo, pois o seu desgaste era nítido. Assim não aconteceu e temos mais um divórcio litigioso com alguém que escreveu belas páginas da nossa história e foi de um profissionalismo exemplar durante os mais de dez anos que serviu o Sporting. Ver Paulo Bento sair com um zero às costas é doloroso para quem com ele tantas competições celebrou quer como jogador, quer como treinador.

    Arrisco dizer que lhe devemos um jogo de homenagem, não devia ser preciso estar num contrato e passar pelo tribunal... Era uma bela forma de os Adeptos espontaneamente mostrarem que têm memória e gratidão.

    ResponderEliminar
  6. LMGM, Leão de Alvalade,

    Algo estará podre naquele grupo?

    Ontem, de repente, lembrei-me do duro (e amiúde elogiado) discurso do Costinha acerca da incapacidade temporária do MI7 para jogar contra o Atlético de Madrid. Depois comecei a ter algumas dúvidas sobre os pesos e medidas já neste reinado-Costinha, pelas fantásticas (e merecidas!) férias concedidas ao L31.

    Depois quando vi isto...

    "A Selecção costuma jogar em 4x3x3, mas o Liedson está mais habituado a ter alguém ao lado. Que sistema prefere?

    Para mim é indiferente. Com a qualidade de jogadores que temos, é indiferente. Estou sempre disponível para qualquer sistema."

    http://www.ojogo.pt/26-137/artigo864891.asp

    ...voltei a constatar que no Sporting há uns que são mais iguais do que outros.

    ResponderEliminar
  7. PLF, não tenho tabus, nem idolos, acima do Sporting.

    Vou mais atrás, se a Sá Pinto não restava outra alternativa que a demissão, Liedson nunca poderia ter calçado no jogo seguinte, nunca.

    ResponderEliminar
  8. LMGM,

    O zero refere-se a esta época. Também eu gostei do trabalho do Paulo Bento numa fase mas com a estagnação que se verificou, achei que o SCP deveria ter decidido mudar de rumo.
    Como treinador ficam 2 boas épocas e 2 más, sendo que a última foi bastante negativa, esfumando-se assim, julgo, a hipótese de Paulo Bento voltar a treinar o SCP no futuro. E tal poderia ter sido evitado.

    Como jogador e dirigente, Paulo Bento foi excelente.

    ResponderEliminar
  9. LMGM e JVL:
    Em relação a PB se ao nível da entrega nada lhe tenho a apontar já ao nível da capacidade técnica pareceu-me limitado e o seu percurso foi quase sempre a descer, pelo menos ao nível exibicional. Mas na relação com os sócios adeptos falhou rotundamente em especial na parte final, que é a que aqui está em análise, constituindo-se em mais num factor de divisão. Aquela chegada ao aeroporto foi reveladora...

    LMGM:
    Tenho pena que os Sportinguistas se recusem a ver a diferença entre o “já disse ao treinador” que não se está a “sentir bem” e que por isso, talvez seja melhor estar um tempo sem jogar” e o "Estou sempre disponível para qualquer sistema." de agora...

    ResponderEliminar
  10. LMGM,

    como apoiante incondicional da vinda do Costinha para o Sporting, só posso dizer que - até agora - tem sido uma desilusão em toda a linha. Receio que possa vir a ser o Norton de Matos do século XXI.

    Eu não gosto do L31 por mais do que uma razão. Mas esta chegava: a ausência de respeito do L31 pelo Sporting, pelos sportinguistas e pelos colegas de equipa, tantas vezes manifestada.

    Se pensávamos (o LMGM e eu) que com o Costinha poderíamos importar parte de uma cultura vencedora e de grupo que é fácil de ver desagregada no Sporting, parece-me que são os sportinguistas os primeiros a caucionar este tipo de comportamentos.

    Eu tenho memória e vou espernear enquanto estiverem a matar o Sporting.

    ResponderEliminar
  11. PLF:
    obviamente que o comentário

    Tenho pena que os Sportinguistas se recusem a ver a diferença entre o “já disse ao treinador” que não se está a “sentir bem” e que por isso, talvez seja melhor estar um tempo sem jogar” e o "Estou sempre disponível para qualquer sistema." de agora...

    era para si.

    ResponderEliminar
  12. JVL, eu sei que a avaliação é estrita a esta época, mas como bem referes e eu acho que ficou à vista de todos o divorcio só não foi pior porque não se andou à pancada. Agora não há nada a fazer a avaliação é negativa (eu não daria zero) sobre qualquer ponto de vista. É mais uma oportunidade perdida para juntar a tantas outras.

    LdA, na primeira entrevista de Liedson ele disse que era vaidoso, classificou mesmo como o seu maior defeito. Não é fácil lidar com vaidosos, Alison era um mestre nessa arte, já outros nunca perceberam como tirar vantagem disso para o grupo e não para o individual.

    ResponderEliminar
  13. Costinha colocou um prazo (o dia de ontem) para o funcionamento do departamento de futebol ter o seu cunho. Acho razoavel esse prazo e estou agora na espectativa do que será esta pré-época rica em noticias e pobre em fundamentos.

    De novo e sempre, o equilibrio e a clareza das decisões serão fundamentais no sucesso desta nova estrutura. Midas não existem, o homem vai errar (já errou) mas o balanço ainda é favorável.

    ResponderEliminar
  14. LMGM,

    há erros que só com o tempo poderemos verificar se são desculpáveis, mas que à partida podem parecer indesculpáveis (e injustificáveis).

    Passando ao lado de toda a polémica do MI7, do facto de ter importado para a estrutura do Sporting (SAD?) um jornalista que parece ter contribuído zero para a melhoria da qualidade de comunicação do clube (a conferência de imprensa de apresentação do PS foi um exemplo de um clube parado a meio dos anos 80), à rábula das férias do L31 juntam-se agora mais uns remoques à qualidade dos colegas de equipa.

    Ele que anunciou na conferência de imprensa da sua apresentação que só queria jogadores que quisessem jogar no Sporting, parece-me que temos aqui um condicionalismo.

    ResponderEliminar
  15. Virgílio,

    As SAD's trazem a óptica empresarial e supostamente moderna ao futebol. Aparentemente devem apresentar resultados, sendo que não defendo uma lógica deficitária do ponto de vista financeiro mas também não sou capaz de aceitar um défice de resultados desportivos.

    A SAD leonina é provavelmente a estrutura dotada com mais recursos dentro do Sporting e onde os resultados infelizmente são mais fracos comparados com os de outras estruturas dentro do clube. Às tantas ficamos a pensar: Afinal de que lado estão os amadores?

    JVL,

    Estou contigo. Paulo Bento esteve tempo a mais no SCP pois desde muito cedo passou a ser mais dirigente, relações públicas etc do que propriamente treinador. Obrigado pelo profissionalismo.

    LMGM,

    Sporting acima das individualidades deverá ser o lema e mesmo existindo perfis complicados de liderar, há que saber encontrar formas de lidar com as mesmas e aproveita-las ao máximo no seio do grupo.

    Fantástica a forma como identificas um conjunto de jogadores que deveriam servir como referências dentro de uma equipa e que no fundo passaram despercebidas ou se foram notórias, foram pelas piores razões.

    A qualidade - não actual, talvez apenas potencial ou no pior dos casos, em termos históricos - está efectivamente neste plantel, mas parece que não existe forma de conseguir conciliar estes jogadores e tirar o melhor proveito de todos juntos. Existe descrença, desconfiança e muitos vícios acumulados.

    E quem perde é o Sporting...

    ResponderEliminar
  16. PLF, infelizmente parece que a função do director de informação não será pela positiva, como apresentou no seu blog, inovando, criando pelo exemplo uma nova dinâmica e forma de estar.

    Mas somente uma forma de estar mais perto da lama, e de lá chafurdar sem que se note muito nas roupas. Se assim for é pouco para um profissional a quem todos reconhecem elevadas qualidades.

    Continuo sem ver qualquer referencia a modelos sustentáveis e ao esforço que foi feito nesse sentido pelo Sporting, com o custo desportivo que se conhece. Pelos média parece existir um gáudio por ver de novo o Sporting no mercado como um clube "normal" e a cavar, como os outros, a sua dependência de terceiros e até a sua falência. Que alegria sem dúvida.

    Os média são hoje empresas como as outras, onde as páginas estão à disposição da melhor oferta, quem pensar o contrário não está preparado para vencer. Para esta função não é necessário um jornalista, basta um livro de cheques e um contabilista.

    ResponderEliminar
  17. LMGM, LdA,

    Parece-me redutor atribuir as culpas a tudo o que de mal aconteceu, ou uma grande parte das mesmas, ao Liedson.
    Cometeu erros, como todos, mas se o Liedson fosse o nosso problema, ao menos saberíamos como resolvê-lo. A questão é que não é.

    ResponderEliminar
  18. LdA:

    Sem querer dar ênfase ou de julgar Salema Garção possuidor de maior importância, a verdade é que ele é O exemplo paradigmático de como (não) funciona a SAD do SCP. Na dança da cadeiras entre aquele ‘grupo de amigos’, como tu tão bem te referes, é difícil que um dos raros casos de permanência não seja mencionado. Um gajo que parece perceber de tudo, tal a disparidade de cargos que vem ocupando à largos anos dentro do clube e, agora, tb na SAD. Quem de tudo percebe, de pouco ou nada percebe efectivamente, pelo menos com a exigência e o nível de profundidade que o SCP requer.

    Como diz o Hugo, afinal a SAD que deveria ser um organismo exemplarmente profissional, comporta-se exactamente da forma oposta...
    Qt aos resultados obtidos, julgo ser consensual: não prestam.

    Não dei zero pq, neste momento, temos um DdF (aparenta ser quem maior poder exerce neste momento) que iniciou com a época irremediavelmente estragada. A minha 'fé' é de que seja alguém sério, minimamente competente e que defenda os interesses do SCP e não do(s), lá está, amigo(s).


    De acordo com a apreciação do JVL a Bento e tb à do LMGM ao plantel. As notas que atribuíram, um pc mais para cima(no caso do JVL só podia ser nesse sentido...hehe) ou mais para baixo, tn são consentâneas com a classificação que eu daria.

    Abraço a tds.

    ResponderEliminar
  19. JVL, quem eu acuso de não funcionar é o grupo, todos lá dentro têm o direito de errar individualmente seja a estrela ou o suplente do suplente, se não existir mais ninguém então o próprio grupo deve assumir as redeas do balneário ou é o brio profissional de todos que fica afectado.

    Liedson não é "o" problema é "mais um" dos problemas e que parece ninguém quer enfrentar. Paulo Bento na sua entrada fê-lo com beneficio de todos, incluindo do próprio Liedson.

    ResponderEliminar
  20. LMGM,

    "Liedson não é "o" problema é "mais um" dos problemas e que parece ninguém quer enfrentar. Paulo Bento na sua entrada fê-lo com beneficio de todos, incluindo do próprio Liedson."

    Completamente de acordo. Só queria chamar a atenção para que não nos centrássemos apenas no Liedson.

    Virgílio,

    Pá...era difícil dar algum valor ao que se assistiu. É que mesmo 4,5 seria positivo e não reflectiria o que foi o início de época.

    ResponderEliminar
  21. JVL:
    Se te referes ao episódio Sá Pinto / Liedson quando falas em culpas, devo esclarecer que no meu comentário não tive isso presente. Saliento isso sim as palavras de Liedson, num momento particularmente difícil do clube, com um novo treinador e sua falta de disponibilidade e a diferença de atitude pública desde que chegou à selecção, onde se joga no "tal sistema" que ele dizia não gostar.

    Quanto ao resto é sabido que não sou o maior dos fãs de Liedson e isso é muito anterior ao episódio de que falei. E também acho evidente que há uma excessiva dependência da pontaria e da categoria do Liedson, o que é natural em qualquer equipa que tenha jogadores como ele. Menos natural é que essa dependência se estenda à boa-vontade do jogador. Há vários exemplos, o último foi a sua prestação no jogo com o Leixões, e que antecedeu a sua partida para férias antes dos demais.Se aquilo não foi um frete andou lá perto. Mas tendo sido quem foi deve ter sido um acaso...

    ResponderEliminar
  22. Virgílio:
    As minhas dúvidas relativamente ao visado é se a sua (Salema) aparente disponibilidade não dá também muito jeito a muita gente. Lembro-me que num momento particularmente difícil da época - derrota copiosa no dragão - apareceu a dar a cara quando o presidente estava a banhos no Brasil. Pena foi a referência a uma putativa reorganização da SAD, completamente desajustada ao momento. Mas tivessem todos os dirigentes essa postura de prestar contas ou pelo menos assumirem responsabilidades e o Sporting hoje poderia ser um pouco diferente. Para melhor.

    Tudo isto para dizer que por norma desconfio das crucificações e das culpas dos crucificados. Devo ter ficado impressionado com o Novo Testamento... :-)

    ResponderEliminar
  23. LdA,

    Não levei esse episódio em consideração. No que toca às palavras do Liedson a que te referes, elas tanto podem ser entendidas como "ou muda o sistema ou eu não jogo" ou "não estou a render, para o bem da equipa coloquem outro".

    Quanto à diferença de tratamento também se podia falar de outros jogadores. Enfim, esta época terminou felizmente.

    ResponderEliminar
  24. Virgílio:

    Nem a propósito:

    O Sporting anunciou hoje em comunicado que Miguel Salema Garção deixará de exercer funções de “team manager” do clube a partir do próximo dia 31 de Maio.

    «O clube agradece o elevado profissionalismo e dedicação demonstrado no exercício das funções que desempenhou desejando-lhe as melhores felicidades pessoais e profissionais», lê-se no comunicado leonino, confirmando que a rescisão se deu «numa plataforma de entendimento entre as partes».
    in "ABola"

    ResponderEliminar
  25. LdA:

    Juro que não tive nada a ver com isso... LOL.

    Aliás, estou mesmo convencido que o gajo saiu hoje só para me lixar a credibilidade do post... ;)

    ---

    LMGM:

    17 de Maio... Alô! Costinha???

    SL

    ResponderEliminar
  26. O que se passa com a data de 17 de Maio??

    Desculpem a pergunta descabida... mas porque é que o nós já estamos de férias e o benfas continua a treinar?

    Foi algum prémio?

    ResponderEliminar
  27. Destas análises conjuntas, cujo conteúdo partilho na maioria, retenho o episódio Liedson/Sá Pinto, e concordo em defini-lo como o episódio definidor da temporada, juntamente com a continuidade de Paulo Bento, em Junho/Julho. Julgo que, com esse episódio, perdeu-se uma oportunidade de marcar um "antes e depois" pela positiva - pelo contrário, perpetuou-se a ideia de que no balneário há "filhos" e "enteados", e que uns são mais iguais que outros. Uma consequência imediata desse episódio deu-se justamente com o episódio Izmailov/Costinha, com o qual este último pretendeu lidar de forma exemplar, mas não conseguiu - sobretudo porque a vontade (válida) de romper com o paradigma passado o levou a exagerar - e, no fundo, não conseguiu cortar o mal pela raíz, porque a confusão continua.

    ResponderEliminar
  28. FCS, leia as palavras de Costinha.

    "O director para o futebol do Sporting ficou incomodado com as notícias recentes, que avançavam com a informação de que tinha comunicado ao plantel que Izmailov não voltaria a jogar de leão ao peito. «Aconselho os jogadores a conservarem essas relações com a imprensa até ao dia 16 de Maio», disse Costinha, prometendo combate aos «bufos». «Eu também tenho esses canais. Não vim para cá passear a roupa, nem dizer améns a tudo.»"

    ResponderEliminar
  29. LMGM:

    Obrigado pelo esclarecimento.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)