segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O exemplo Kléber

Acompanhei com interesse redobrado a saga estival de Kléber, jovem e promissor jogador do Marítimo. Julgo que a história é conhecida de todos: o FCPorto aliciou o jogador maritimista, tentando que este mudasse da Pérola do Atlântico para a Invicta Cidade, sem ter sequer a cortesia de avisar a direcção congénere dos insulares. Assim mandaria a ética e boa convivência e assim era imposto pela lei que abrange os jogadores sob contrato. 

(A história recente do clube do Porto está pejada de episódios semelhantes ou até ainda piores, como por exemplo a negociação e aquisição de jogadores com clubes com os quais se defrontaria em breve. Beto, quando foi comprado ao Leixões, foi o último dos casos que me lembro, bem como dos 4 golos que encaixou quando defrontou o seu novo patrão.) 

Repare-se que todo este caso terá nascido, não pela necessidade premente do jogador em causa, mas porque o Marítimo não se esquece que tem direito a verbas relativas à transferência de Pepe, pela formação do jogador e o Porto não lhe perdoa a falta de… amenésia.

Não é normal ver clubes ditos mais pequenos baterem o pé ao FCPorto, porque todos sabem o que isso pode significar em pontos perdidos de forma pouco ortodoxa durante o campeonato. E quando são clubes que lutam denodadamente para não descer isso pode até significar uma pesada pedra ao pescoço na hora de se debater abaixo da linha de água. A intransigência dos leões da Madeira acabou por ser compensada, e Kleber, com a maior cara de pau, admitiu hoje que estava “de regresso a casa.” A este apressado regresso não deve ser alheio a vontade manifestada por Carlos Pereira de enviar uma queixa à Liga, que poderia implicar a perda de 3 pontos por parte dos azuis.

Dando de barato a versão oficial que susteve a saída de Moutinho, não a questão da maçã podre, mas a de que o jogador se recusou a treinar e exigiu sair para o clube de Pinto da Costa, era uma posição como a tomada por Carlos Pereira e seus pares aquela que me satisfaria como sócio e adepto leonino. No futuro, quando algum jogador tivesse no seu horizonte outros destinos que não Alvalade, o que é absolutamente legítimo diga-se, saberia com o que poderia contar. No futuro, quando Pinto da Costa quisesse aliciar algum jogador do Sporting, saberia que, para o ver treinar no Olival, “bastar-lhe-ia” depositar o valor da respectiva cláusula de rescisão. Assim, no futuro, todos sabem como levar-nos pela certa. 

Neste caso o Sporting perdeu muito mais do que o valor do jogador, que pode oscilar consoante os olhos e os interesses de quem o avalia. Ficou a ideia, aos meus olhos pelo menos, que o Sporting se viu obrigado a ajoelhar perante interesses antagónicos aos seus, baixando os braços perante a sua própria incúria e uma teia bem urdida. Sei o quanto incomoda, mas é assim que eu vejo tudo isto. E custa-me que tenhamos que ver, por exemplos alheios e de clubes mais pequenos (com o devido respeito ao Marítimo), que não é nenhuma inevitabilidade subtermo-nos aos interesses de Pinto da Costa.

NOTA: O "ANORTE" VAI CONTRIBUIR PARA A DISCUSSÃO SOBRE A RE-ESTRUTURAÇÃO FINANCEIRA LANÇANDO AQUI  HOJE O DEBATE COM DOIS ARTIGOS DE OPINIÃO DE DOIS DOS SEUS EDITORES. NO SENTIDO DO DEBATE SE FAZER NA CAIXA DE COMENTÁRIOS, CADA AUTOR ELABOROU O SEU ARTIGO SEM CONHECIMENTO PRÉVIO DO ARTIGO ELABORADO PELO SEU COLEGA.

22 comentários:

  1. Leão de Alvalade,

    Como tive oportunidade de dizer compreendo perfeitamente essa leitura. É uma leitura possível e que muita gente a faz, e é uma leitura que tem de certeza elementos verdadeiros, inclusive o aliciamento.
    Custa-me no entanto aceitá-la na forma como é usualmente exposta, porque custa-me acreditar que exista (não me custa nada, acredito que não existe de todo) nos responsáveis do Sporting elementos de vitimização ao longo de todo o processo.

    O que o caro e estimado LdA queria que o Sporting tivesse feito é aquilo que eu também quereria que tivesse acontecido - uma coisa parecida com essa que o Marítimo fez - mas o problema aqui é só um: o Sporting queria livrar-se do Moutinho. E os dirigentes do Sporting - acredito - tinham presente desde a primeira em que lançaram o Zahavi à procura de Clube que o Dragão poderia ser um dos destinos possíveis.
    O jogador não exerceu chantagem com o Clube porque o Clube queria - de qualquer maneira - transferi-lo.
    Foi um negócio procurado que agradou às 3 partes, e todo o aftermath público - quase exclusivo da nossa parte, exceptuando a entrevista de Pinto da Costa ao Expresso - é pura encenação que apenas serviu para que os dirigentes do Sporting pudessem justificar a estranheza desse mesmo negócio, junto dos seus adeptos.

    Daí só haver silêncio hoje.
    Daí o jogador e o Porto não terem reagido aos insultos do Bettencourt.
    É tudo muito normal: negócio estranho mas desejado e o obrigatório espernear do Bettencourt naquela deprimente conferência de imprensa.
    Mais uma.

    Não existem aqui vítimas. As únicas vítimas são os adeptos do Sporting que foram enganados e gozados pelos seus dirigentes. Pela maioria de reacções expressa pelos adeptos do Sporting hoje em relação ao negócio: bem enganados, muitos bem enganados, não tenho qualquer pena.
    A maçã é podre. O negócio foi excelente. O Pinto da Costa é Satanás, e o Bettencourt uma pobre ovelha inocente apanhada de surpresa pela perversidade desse Satanás, mais uma vez.

    Da mesma forma que os almoços com o Luís Filipe Vieira são certamente apenas resultado de tonteria e desapercebimento ...

    Leão de Alvalade, sinto-me profundamente doente, não fumo há 7 dias. E deste modo - e estranhamente e ao contrário do que imaginei - nunca me senti tão cansado e sem energia, confuso e perdido. Não obstante, prosseguirei esta luta, e sei que não mais fumarei, ainda que isso me mate. Dito isto ... acredito que algum do meu pessimismo possa advir daqui, desta condição, mas, acredito também nesta noção: o Bettencourt de tolo santo nada tem. É tolo sim, e é incompetente sim, mas é também algo mais para alem disso. Peão ou não ele está bem dentro do jogo, e esse jogo tem um só nome: servir proveitos, proveitos esses que não os do Sporting.

    Esta é a minha verdade.
    E esta a peça que faltava para se compreender de uma vez por todas a questão "Vukcevic":

    http://www.youtube.com/user/MHumberto?feature=mhum#p/u/0/xC3aWubP5s8

    Não têm a partir de agora desculpa mais os adeptos do Sporting para que não entendam o que se passou / passa com o sérvio.
    A partir dos 01:58 desse vídeo está tudo explicado.

    ResponderEliminar
  2. Excelente texto.

    Os casos (kleber Vs moutinho) têm muita coisa em comum.

    A reacção das respectivas direcções é que foi diferente.
    E pelos vistos o presidente do maritimo topa estas habituais jogadinhas dos corruptos melhor do que muita gente.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Concordo com o post e comentário. Os dois juntos roçam a perfeição.

    JORNALISTAS E COMENTADORES - VEJA OS SEUS CLUBES DE CORAÇÃO

    http://conselholeonino.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Efectivamente este assunto incomoda-me mas não posso deixar de concordar. Como leão do norte não percebo como pode o Sporting sentar-se na mesma tribuna e muito menos que negoceie um jogador que era também capitão. Alguém imagina o PDC a negociar Bruno Alves connosco ou com os vermelhos? Alguém imagina João Rocha a fazer isto?

    ResponderEliminar
  6. Caro LdA,
    Não acho que haja comparação possível.
    JM exigiu sair porque é um mercenário. Os negócios da sua vida privada deram para o torto e só com muito dinheiro é que a coisa se resolvia. E como se lembra, a questão já era anterior à ida para o fcporto. O clube melhorou o seu contrato e ajudou o jogador. Insistiu e voltou a insistir. O clube autorizou a venda, mas não salvaguardou uma posição, para mim estranha e discutivel, de evitar a ida para um clube português. Dava igual ser para o porto, everton ou dinamo kiev.
    Quis ir embora. Foi. Pagaram o valor + 1 jogador que, parece, ter futuro evalor. Se calhar até ficamos a ganhar ( como nos tempos de Rui Jorge )...
    Enfim, vamos continuar nesta 'adoração' por quem não merece... na minha opinião claro!
    ( e até estou curioso para ver a relação percentual entre assobios e aplausos quando o palhaço lá for jogar )

    ResponderEliminar
  7. porta10a:
    A comparação entre o comportamento de 2 direcções perante factos mais ou menos semelhantes é mais que legitima. Como disse anteriormente nem sequer contesto a versão da direcção e que parece ser a sua também. O jogador quer sair pois saia, mas apresenta um cheque com o valor da cláusula de rescisão, passada por ele ou pelo clube que o quer. Não apresenta? Pode fazer como Kleber, ir passear ao Brasil "esfrear a cabeça". E no caso do Moutinho mais fácil seria porque o seu passe era de inteira propriedade do Sporting.

    Como dizia o Pedro Caravalho, alguém imagina João Rocha a fazer outra coisa?

    Não sei a que adoração se refere, pois não vejo no post nada que o sugira.

    ResponderEliminar
  8. MM:
    É uma leitura possível e até a mais plausível. Mas os adeptos têm também cabeça para pensar e dai a razão deste post. Mesmo seguindo cegamente a versão oficial havia outros desfechos possíveis.
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. LdA, plenamente de acordo. O vice-rei do norte é useiro e vezeiro nestas prácticas. Três dos casos mais escabrosos foram Zahovic, César Peixoto (não esquecer onde está hoje o Belenenses... para memória futura do Maritimo) e Paulo Assunção, entre muitos, muitos outros.

    Há uma coisa que me tira o sério que é a chantagem, garanto que se o Moutinho tivesse feito essa ameaça iria jogar pelo menos mais um jogo com a nossa camisola, aliás jogava (ou melhor seria convocado e elemento do onze inicial) o jogo seguinte a essa palermice. Podia lesionar-se no primeiro segundo do jogo, mas que voltava a vestir a camisola que o formou, voltava, isso nem que chovessem 50 milhões de euros na conta do Sporting.

    A pior atitude que um funcionário pode ter é uma recusa ao trabalho e gostava de ver a coragem de Moutinho para o fazer.

    ResponderEliminar
  10. já o disse aqui: votei JEB... arrependi-me!
    Mas relativamente ao 'caso moutinho', para além do suposto erro cometido pela direcção, não consigo 'ver' que essa viagem a Portimão para esfriar a cabeça viesse ajudar a quem já tinha decidido sair.
    E depois cá estaríamos nós a criticar porque JM estava a treinar ao lado do Caneira e a direcção a desvalorizar o activo.
    E não se esqueça caro LdA que é necessário realizar dinheiro.
    E JM também precisa de realizar muito dinheiro. E depois há prémios de jogo que dão dinheiro e, quer queiramos quer não, o fcporto tem mais hipóteses de conquistar titulos que nós...
    E não sendo esta a melhor solução, a melhor venda como o melhor desfecho, foi o que foi possível conseguir.
    Alguém daria mais dinheiro por ele?
    Chegou alguma proposta concreta e com um valor para a compra?

    A adoração é entre aspas...
    ( eu, se lá for, vou assobiar! )

    SL

    ResponderEliminar
  11. porta10a:
    Gostava de afastar esta discussão da questão das eleições que decorreram há um ano. Independentemente da minha opinião pessoal, parece-me mais salutar em vez de pedir a cabeça de alguém, exigir que a direcção que foi eleita por uma maioria tão expressiva cumpra o que foi mandatado para fazer que é defender os interesses do Sporting.

    Por outro lado já pouco interessa discutir um jogador que já não está nos nossos quadros e muito menos questões da sua vida privada. Até porque as informações que possuo dizem-me que o jogador foi ganhar mais ou menos o mesmo que ganhava no Sporting, o que faz cair por terra o argumento do dinheiro.

    Mais importante do que isso parece ser discutir a forma como nós defendemos os nossos interesses e nos opomos aos que nos são antagónicos e por isso colidem com os nossos.

    ResponderEliminar
  12. LdA,

    O JM passou de 1,2M ano para 1,4M ano + prémio de assinatura

    SL,

    ResponderEliminar
  13. Será que se o fcportos tivesse pago, o maritimo também ia continuar a bater o pé???

    Acho que não são casos comparáveis, além de que achar que a birra do Moutinho não fez regra em Alvalade...

    Segundo conheço a nossa genese, mais um assunto que nos vai acompanhar durante largos anos.

    SL

    ResponderEliminar
  14. E' claro, LdA, e' evidente, e o que me causa mais estranheza e' o facto de aparentemente tao poucos verem esta questao com esta lucidez.

    (nao tenho acentos nem cedilhas no teclado)

    ResponderEliminar
  15. As situações apenas são semelhantes no assédio feito pelo Porto aos jogadores. Não acredito, com as leis que o nosso país tem, que condenem alguém por assediar um jogador. Até porque é difícil provar essa ligação entre as partes.

    No caso Moutinho, lamento não terem posto o menino no seu galho. A falta de dinheiro falou mais alto. Ao menos acabamos com a ligação ao Zahavi, que a par com o Paulo Barbosa, vive para nos lixar.

    ResponderEliminar
  16. LdA,

    Conpletamente de acordo!!!

    Faltou tomates! Faltou visão! Faltou disciplina! Faltou ambição!

    Foram subservientes! Foram manipulados! Foram incompetentes!

    Muitos adeptos engoliram a maçã podre e a história das dificuldades económicas do jogador.
    A verdade é que tinha contrato assinado por livre vontade. A verdade é que era o capitão do Sporting. A verdade é que tinha uma cláusula de rescisão no contrato.

    Se era para o vender a um concorrente directo nunca poderia ser assim.

    Quanto a mim o Sporting foi quem mais perdeu com este negócio.

    ResponderEliminar
  17. Dêem uma vista de olhos:

    http://www.academia-de-talentos.com/entrevista/2010/9/6/entrevista-com-paulo-barbosa

    ResponderEliminar
  18. "César Peixoto (não esquecer onde está hoje o Belenenses... para memória futura do Maritimo)"
    essa obsessão é doentia !

    O César saiu do Belém em 2002.
    Entretanto o Belem não foi mais cedo para segunda liga graças a questões administrativas.

    Vivem destas obsessões, não admira que não saiam da cepa torta.

    ResponderEliminar
  19. "assim era imposto pela lei que abrange os jogadores sob contrato"
    Com o Atl. Mineiro ou com o Marítimo ?

    ResponderEliminar
  20. (A história recente do clube do Porto está pejada de episódios semelhantes ou até ainda piores, como por exemplo a negociação e aquisição de jogadores com clubes com os quais se defrontaria em breve. Beto, quando foi comprado ao Leixões, foi o último dos casos que me lembro, bem como dos 4 golos que encaixou quando defrontou o seu novo patrão.)

    ResponderEliminar
  21. Não foi bem assim...

    Tudo estava bem até o Orlando Sá ter preferido ir para o Nacional...

    O resto, um dia conto.

    ResponderEliminar
  22. eu tb me lembro da historia de um tal Manaca. quem tem telhados de vidros não deve atirar pedras. Com as vossas lamúrias continuam a ser Uns viscondes falidos...tenham vergonha e joguem ha bola

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)