segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Revolução sem ideias

“Pensa-se hoje na revolução (...)como um milagre que nos dispensa de resolver problemas.”

A frase é de Simon Weil e contextualiza muito do que foi o sentimento dos Sportinguistas na preparação da época em curso. Mas o milagre não aconteceu e os problemas, mais ou menos os mesmos, permanecem, com a agravante de estarmos consideravelmente mais pobres.

Do meu ponto de vista, o diagnóstico sobre os males do Sporting pareceu-me errado e por isso nunca fui favorável a uma revolução no plantel do Sporting, pelo menos a que foi empreendida esta época, porque a entendia desnecessária e dispendiosa. A avaliação do plantel pareceu-me ser feita em baixa, por nítida influência de um ano horrível.

Mas quem toma as decisões no Sporting, e quem, por isso mesmo faz a diferença, entendeu que era necessária uma terapia de choque. Sabendo melhor do que ninguém os recursos existentes e o custo de uma operação de tal envergadura, quem dirigiu essa operação saberia com certeza os riscos que tal envolveria. Supõe-se.

O que se vê hoje é o que alguns, poucos, foram clamando contra os ventos dominantes: era preciso ter muito dinheiro para comprar melhor do que já tínhamos e o histórico das nossas transacções no mercado eram dois factores que rimariam em métrica perfeita como as estrofes de um fado fatal.

A revolução, pelo menos a necessária, não chegou ao Sporting. Essa podia passar ou não - no meu entender não, pelas circunstâncias - pela mudança dos executantes mas sobretudo dos processos. A mesma que Jesus efectuou nos rivais, recuperando Coentrão para o futebol e fazendo de Di Maria o jogador que prometia, ou de Cardoso um goleador. Ou podia ser a revolução de Mourinho, quando chegou ao FCP e criou os alicerces de uma equipa várias vezes campeã.

 A revolução necessária não chegou ao Sporting e Matias e Vukcevic são dois bons exemplos do que se mudou para tudo continuar na mesma. Ou pior, se virmos o Evaldo do ano passado e deste ano.

O fracasso do nosso futebol, bem ilustrado no jogo de ontem, não se deve a um problema de dinheiro, ou à falta de um pinheiro (o pinheiro de Jesus marcou com... os pés) mas à falta de ideias e de líderes esclarecidos. Olhe-se para o Man City, por exemplo. No futebol do Sporting a liderança apenas se vislumbra no campo e chama-se Daniel Carriço. Mas as revoluções não se fazem só com operacionais.

49 comentários:

  1. MAIS UMA VEZ, É ISSO MESMO!!

    Tenho-me escusado de comentar os últimos jogos. Não o fiz no do Olhanense, no do Lille nem do da Luz.
    Isto porque a maior parte dos comentários e da discussão andar à volta deste ou daquele jogador e eu achar que é completamente inconsequente estar a discutir esses aspectos.

    Já o disse e repito as vezes que forem precisas. Este treinador é muito muito mau!!! E quando assim é, todas as "performances" deste ou daquele jogador estarão influenciadas por os critérios deste treinador.

    O exemplo do post em relação ao Jesus é muito bom, recuperando Coentrão para o futebol e fazendo de Di Maria o jogador que prometia, ou de Cardoso como goleador".

    Com o nosso treinador passa-se exactamente o contrário, não recupera nenhum jogador, não potencia as qualidades de ninguém, o que faz é queimar os jogadores e quebrar-lhes a confiança pelas más opções que toma para a equipa e para cada jogador individualmente.


    Há treinadores que se topam à distância. Percebe-se logo que são bons, mesmo que a equipa demore a absorver as suas ideias. E a esses, os adeptos dão tempo porque percebem que há ali qualquer coisa com qualidade.
    Este treinador é do pior que tenho visto. A todos os níveis o que é ainda mais incrível.

    O que nos faz falta não são melhores jogadores mas sim um bom treinador que perceba realmente de futebol!!!!!!!!!!!!
    E melhor que este é muito fácil de arranjar.

    ResponderEliminar
  2. Também estou farto dos que têm a mania de positivos!

    Porque têm sido esses que encobrem as mediocridades que estão à vista de todos!!

    Eu critico este treinador, este presidente e esta política mediocre do futebol do clube. Estes senhores são mediocres e incompetentes!

    E vão continuar a ser por mais que venham para aqui dizerem que é preciso união e positivismo!!

    O que é preciso é qualidade porque assim é que se vai obter bons resultados! E não com a mediocridade e união!

    Critico este treinador, é um incompetente, do pior que tem passado pelo clube. Ele é péssimo a todos os níveis e o futebol mediocre da equipa é culpa dele!!

    Não critico o homem que é tal qual não estou contra o meu Sporting quando critico ferozmente os gestores incompetentes que o governam. Critico o treinador e o presidente porque não me interessa se são boas pessoas com boas intensões.

    São uns incompetentes de merda!!!

    ResponderEliminar
  3. Tens razão pedro. Chega de tentar ser positivo. Ontem foi a gota de água e chega de proteger aquele treinador miserável - que protegi na passada sexta feira - do qual responsabilizo totalmente pela derrota de ontem. Nunca achei que a crise desportiva do Sporting fosse apenas uma questão de dinheiro e continuo a achar - sou tolo eu sei - que temos plantel para lutar pelo topo e pela Liga Europa e o que nos falta é simplesmente um salvador como o Benfica o teve no ano passado. Mas alguém aqui lembra-se do Benfica que perdeu 5-3 com o Sporting para a taça de Portugal? Era quase igual em intervenientes àquele que ganhou o campeonato no ano passado. O que mudou? Simplesmente aquele cretino - Jorge Jesus - que não vale um vintém em termos de personalidade nem discurso mas que percebe muito mais de motivação de jogadores e tácticas do que o lavrador que nós temos. Sempre fui a favor da estabilidade e acho que só a conseguimos se defendermos os nossos mas desta vez são demasiados erros tácticos, de escolha do onze inicial, de substituições, de nada mudar quando o deve fazer, de futebol medíocre, de falta de confiança dos jogadores de tudo. Espero ansiosamente pela chicotada psicológica e que até lá continue a inventar na Liga Europa para conseguirmos ver 45 minutos de futebol por semana e conseguirmos garantir a presença até ao próximo Mirko Jozic.

    SPORTING SEMPRE!

    ResponderEliminar
  4. Penso q chegou a hora de tomar decisões, o problema desta época é sempre o mesma dos últimos 10 anos, o SCP precisa de novos dirigentes, que não sejam eleitos por serem herdeiros do Visconde de Alvalade, os dondocas de Cascais, mas que saibam defender os interesses do clube, que sejam aguerridos perante os nossos oponentes, e saibam de futebol e de escolher as pessoas certas para os lugares certos.
    O problema não são os jogadores, quase todos os q jogaram provaram dentro e fora do SCP que são capazes.
    O futuro do SCP está nas mãos dos sócios fdx façam alguma coisa...

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  5. Leão de Alvalade

    Como sabes, partilhamos sobre o Sporting uma boa dose de ideias. Este post, que subscrevo na íntegra, é mais um exemplo de clarividência, uma qualidade importantíssima que continua a faltar em Alvalade.

    Ainda antes dos jogos oficiais, escrevi um post no 442 em que perguntava porquê tanto entusiasmo com o novo plantel. Na caixa de comentários, chamaram-me deprimido. Um mês depois, os resultados falam por si.

    Quando a fórmula Paulo Bento se esgotou, e já passaram pelo menos dois anos, todas as críticas eram entendidas como ataques pessoais e ataques ao clube por parte de maus sportinguistas. Quem criticou, e critica, continua a escrever. Quem dirige, continua a dirigir. O futebol do Sporting continua a merda que levou à saída de Paulo Bento.

    Uma pergunta basta para perceber o buraco em que estamos metidos: comparando com Janeiro de 2010, o que é que esta equipa tem a mais?

    ResponderEliminar
  6. Kovacevic,

    Comparando com Janeiro de 2010 esta equipa tem menos qualidade do que tinha!
    Goste-se agora ou não de Moutinho, mais o Veloso, Adrien, Pereirinha, Tonel, eram soluções de qualidade que não foram colmatadas.
    Apenas A.Santos acrescenta qualidade porque de resto nada me motiva.

    Contudo não é pelos jogadores que somos mediocres mas sim por causa do treinador e dirigentes que temos!!! E o post é exactamente sobre isso!!

    Quanto às críticas já disse aqui e subscrevo totalmente o que escreveu. Somos chamados de deprimidos e pessimistas mas eu estou farto de optimistas incompetentes e ingénuos!!

    ResponderEliminar
  7. Kovacevic LdA e Pedro

    Na mouche!! Sobretudo estes 2 ultimos paragrafos do Kovacevic!!

    Mas quem critica é sempre mau Sportinguista....e alegremente vamos para o fundo que aparentemente nunca mais batemos!!!

    Ontem aos 85 minutos a perder-mos por 2-0 vejo um Saleiro a sorrir dentro da area adversaria....a rir de que?
    triste sina esta.....

    SL

    Miguel Damas

    ResponderEliminar
  8. Mike,

    Como podem jogadores com qualidade e ambição quererem permanecer na mediocridade só por amor, respeito e gratidão ao clube?????

    Se calhar o Saleiro estava a rir disto tudo. A rir um pouco em desespero.

    E depois vêem os adeptos entusiastas criticar este ou aquele jogador por estes quererem outros projectos mais aliciantes.

    ResponderEliminar
  9. Enquanto vcs falam eu vou ali à quinta à procura dum cepo, ok? Até pode ser de pinheiro bravo... q para cabecinhas tão miudinhas serve na perfeição.

    ResponderEliminar
  10. O Saleiro ria de ironia... ao ver uma falta ridícula ser-lhe assinalada...

    Atenção, malta! O(s) alv(os) são outros. O cepo aguarda outros pescoços.

    ResponderEliminar
  11. Virgílio,

    Cepos é o que não falta nos gabinetes de Alvalade!

    ResponderEliminar
  12. Pedro: Boa! :)


    Reformulo: Falta a guilhotina... Ou um machado (tb serve) e falta quem o empunhe!

    SL!

    ResponderEliminar
  13. MENTIROSOS

    A politica Desportiva do clube é uma mentira;
    "... a culpa é da Formação" é uma mentira;
    O Presidente consente por isso tb é mentiroso;
    O Costinha (ou Jorge Mendes) mente com todos os dentes;
    O médico mente se lhe der jeito (Ismaylov);
    E o PAULO SÉRGIO só falta dizer que é mais forte que o Barcelona;

    Estou farto destes MENTIROSOS.

    ResponderEliminar
  14. Kovacevic:
    Quando escrevi "O que se vê hoje é o que alguns, poucos, foram clamando contra os ventos dominantes" era precisamente a minha intenção citar-te mas, por falta de tempo para procurar o post mais adequado, acabei por me ficar pela intenção. E o teu post de hoje é a imagem perfeita do que se passou ontem: fomos o que o SLB precisava de fossemos e não o que deveríamos ter sido.

    No post por economia de argumentos, escusei-me a fazer uma série de perguntas entre as quais seria precisamente a comparação entre o Sporting de ontem e o de Carvalhal, em que o resultado foi precisamente o mesmo.

    Quem diria que estão passados 5 meses, nova equipa técnica e não sei bem quantos milhões gastos, para exibirmos mais ou menos as mesmas enfermidades. Com a agravante que o momento do adversário não estava ontem tão moralizado como ontem.

    Tal como o ano passado somos um bom oponente para moralizar adversários.

    ResponderEliminar
  15. Virgílio,
    o Saleiro não estava a rir de ironia coisa nenhuma. Estava na "palheta" com o adversário e aquelas feições foram de tudo menos ironia.

    Kovacevic,
    Ao contrário de ti, eu acho que o Sporting tem mais opções do que tinha na época trasacta e bastante melhores. Continuamos a ter jogadores sub-aproveitados e com medo de jogar e de errar. Por exemplo, o Evaldo do Braga não tinha medo de passar pelos adversários. Não duvido que, com a orientação devida, esta equipa seja capaz de nos dar alegrias como nos deu contra o Everton e Porto no ano passado.

    Arranjem um técnico adjunto capaz ao Paulo Sérgio, alguém que saiba dizer-lhe o que fazer, quando fazer e como fazer, porque com o Nuno Valente e o seu laptop ligado no FM não vamos lá.

    ResponderEliminar
  16. Roque:
    Não tenho dúvidas que há mais opções, já não tenho tanta certeza que sejam melhores. Esse exercício seria até bastante interessante de fazer. Tenho dúvidas que o NAC seja melhor quer que o Polga ou o Tonel, mas é indiscutivelmente mais alto.

    O Maniche é melhor que o Veloso ou Moutinho? O Zapater seria necessário para ficar no banco, ou para isso não serviria Adrien?

    Alguém no seu perfeito juízo acha que Pereirinha faria menos que Vuk que tem jogado sem o justificar na direita?

    Quanto custaram os jogadores de que falamos e qual a diferença na folha salarial?

    É essa a reflexão que gostaria que fizemos ao propor este post à discussão. E com isto não pretendo que a conversa seja, como é hábito, inquinada por se tratarem de jogadores da formação ou de defender que não precisávamos de reforços.

    Hoje há dados bem objectivos que já nos permitem fazer essa avaliação.

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  18. Roque:

    Pelos vistos o Saleiro riu-se mais do que numa situação. Na única que eu me apercebi, foi logo após uma falta assinalada pelo Xistra e a expressão que teve foi de gozo. Se vc viu outra situação, já não sei, mas é feio desmentir os outros sem antes tentar perceber exactamente o que a outra pessoa se refere.

    De qlq forma isso é um assunto sem qlq importância. Este post versa sobre outro tipo de responsabilidades que não as que devemos imputar (ou não) aos jogadores e mt menos pretende interpretar as feições que os jogadores emitem ou deixam de emitir durante um desafio…

    SL

    ResponderEliminar
  19. Os culpados são quem apoia sempre o sporting!

    ResponderEliminar
  20. @leo@:
    O momento não é o melhor mas nada justifica que o Sporting deixe de merecer uma letra maiúscula.

    E ao contrário do que dizes, não são os posts que podem ajudar a melhorar ou a piorar a equipa. O que é decisivo são as acções tomadas pelos dirigentes.

    Ou então está tudo bem e alguns Sportinguistas têm uma percepção errada da realidade.

    ResponderEliminar
  21. Lda:
    Só uma pequena pergunta, és apologista que os mesmos jogadores devem jogar sempre mesmo quando jogamos contra equipas com sistemas diferentes? Acho que aí é que reside o problema. O treinador não sabe aproveitar os jogadores que tem para escalonar os onzes. Por exemplo, onde é que alguém com cérebro coloca o Djaló a jogar de início contra o Olhanense, uma equipa fechada atrás do meio campo e sem grandes espaços poder correr? Já que tinha Matias Fernandez e Valdes em campo tinha de obrigatoriamente colocar o Postiga ou o Saleiro para ganhar corpo na área. Porque é que o Maniche, a descer de forma continua a ser eleito?

    É por isso que não duvido do valor das novas aquisições mas questiono sim a orientação das mesmas - os processos - como tu próprio, e muito bem, disseste:

    "A revolução, pelo menos a necessária, não chegou ao Sporting. Essa podia passar ou não - no meu entender não, pelas circunstâncias - pela mudança dos executantes mas sobretudo dos processos."

    ResponderEliminar
  22. O Paulo Sérgio diz que fizemos um bom jogo, o Rogério Alves vem agora queixar-se da falta de tempo para recuperar de Lille... Só falta virem falar do árbitro. O pior cego é o que não quer ver. Felizmente a cegueira não toca a todos, LdA, e este post mostra isso cabalmente.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
  23. Virgílio,
    Quase no fim do jogo vi o Saleiro rir a bom rir dentro da área do Sporting após uma falta marcada. Longe de mim querer desmenti-lo mas fiquei f***** ao ver aquilo e achei que nós, adeptos, merecemos mais respeito. Principalmente depois de ver o Coentrão empurrar um jogador do Sporting nas barbas do árbitro e na segunda parte o Postiga ver um cartão amarelo por uma atitude idêntica.

    ResponderEliminar
  24. E CONTINUAMOS A PERDER PONTOS COM OS PEQUENOS!..

    Mais uma vez, a tendência é discutir pormenores do jogo, sistemas tácticos, falhas dos jogadores, contudo, tal qual o post realça, o mais importante é perceber, que, com estes senhores "ao leme", não vamos a lado nenhum!!

    PS diz que fizemos um bom jogo e que não tem mal nenhum só termos feito o 1º remate à baliza aos 57 minutos porque é um treinador MEDIOCRE!!

    E o Rogério Alves é parvo se diz que houve falta de tempo para recuperar de Lille porque nem foi a mesma equipa que jogou os dois jogos.

    Isto é tudo uma palhaçada e ainda por cima muito bem paga, porque, não se esqueçam que temos o 1º presidente remunerado da história do clube!..

    ResponderEliminar
  25. Será que vamos ter outra época miserável como a anterior?

    Não acredito, mas que muitas circunstâncias se conjugam para isso, também é verdade.

    Aguardemos pelos próximos desenlaces.

    ResponderEliminar
  26. "Será que vamos ter outra época miserável como a anterior?"

    Caro Leão do Nordeste, repito um dos comentários que fiz ontem no post à crónica deste miserável jogo:


    5 Jogos:

    2V 1E 2D.

    Não é mau... é péssimo.


    5 jogos:

    1 jogo mediano (Naval) 4 jogos de bosta.

    Não é mau... é péssimo.


    5 jogos:

    4 golitos marcados... Média inferior a 1 por jogo.

    Não é mau. É péssimo.


    Com esta 'estatistica', nem sei se "miserável" será o adjectivo mais adequado ao que levamos de época na liga Zombie. E que tal, uma autentica m*rd*?

    ---

    Roque:

    O melhor é esquecer o Saleiro. Vamos concentrar-nos no essencial.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  27. P.Sérgio comete os erros dos seus antecessores.
    Djaló não está talhado para o jogo que o SCP pretendeu colocar em prática na Luz,Djaló precisa da bola em velocidade e não uma bola que ele tenha que controlar,virar-se e partir para a baliza,pq? Pq o homem não domina a merda de uma bola.
    Maniche e André Santos não são trincos de origem,daí a falhar sucessivas frente à nossa área.O resto é o que se sabe,má finalização e o meio-campo desligado quase sempre do ataque.

    ResponderEliminar
  28. Este clube não tem cultura de vitória, não tem hábitos de campeão e isso só se conquista com ATITUDE VENCEDORA algo que já se percebeu não é compatível com a mediocridade reinante.

    Este clube ganha 2 campeonatos em cada 10 e desde que disseram que em cada 4 ganharíamos 3 nem 1 para amostra!

    ResponderEliminar
  29. Leão de Alvalade,

    acha que vale a pena?

    Sejamos justos: não é difícil opinar ou perspectivar-se "contra" o sucesso do Sporting. Imaginando que partíamos de uma situação igual, historicamente o Sporting tem menos de 1/3 das hipóteses de dar A alegria que todos ambicionam. E, por isso, vaticinar que o Sporting não irá ser campeão até acaba por ser o que é probabilisticamente o mais sensato.

    Mas não confundamos as coisas. Uma coisa é dizer que um modelo de jogo é inadequado, outra é dizer que se perderão todos os jogos. Uma coisa é dizer que o plantel perdeu valor, outra é dizer que não vale nada.

    Foram os simplismos e maniqueísmos próprios do sportinguismo que nos trouxeram até aqui, ainda que a revolução tenha trazido igualmente a esperança para alguns de um virar de página (a expressão utilizada não é acidental). E por isso propunha mais do que uma revolução nos processos (com a contratação de técnicos capazes e de objectivos discerníveis para todos, não apenas para o treinador e/ou jogadores), propunha uma revolução nas mentalidades no Sporting (abertura à comunicação, transparência).

    Ao Sporting, no que é manifestado pela crise sucessiva que grassa no clube na última década, faltou quem pensasse o processo. Por exemplo, quem compreendesse a necessidade de assegurar a presença de uma pluralidade de factores para atingir esse sucesso. E para compreender a importância do processo, falta quem compreenda a essência do jogo.

    Esta não é a única crítica, mas a principal crítica que deve fazer-se a quem dirige o Sporting: falta-lhes compreensão do jogo e compreensão do que se exige estando no Sporting.

    Ao Costinha e ao PS, desde a primeira hora, aponto a falta de "escola" em tudo o que isso implica: desde saber estar num grande clube, conviver com a pressão, saber ser inovador e perceber as duras exigências de um clube que deve sempre jogar para vencer. Uma "escola" que ao Carlos Carvalhal, devidamente coadjuvado pelo José Lima, não faltava. Uma escola que a um AVB, devidamente coadjuvado pelo Vítor Pereira - ambos o fruto de um projecto de longa data para formar treinadores! - também não falta.

    Um dia fartei-me dos comentários de sportinguistas que inundavam o meu blog - um dos quais aqui presente e que me acusou de tomar substâncias psicotrópicas - nos dias em que referia que, com este modelo de jogo, o Sporting não poderia aspirar a muito mais do que a mediocridade.

    Àqueles (bastantes) que então me criticavam, digo apenas isto: aprendam a respeitar outras opiniões se (e apenas se) forem fundamentadas, mesmo que discordem, e reflictam sobre as próprias convicções.

    Passem por espaços como o Jogo Directo, o Lateral Esquerdo, o Entre Dez, todos de pessoas que pensam pelas suas cabeças, uns mais extremistas nos conceitos do que outros e todos de inquestionável capacidade de observação, de conhecimento e de fundamentação.

    O Sporting precisa do melhor de todos.

    ResponderEliminar
  30. O SCP praticou bom futebol na pré-epoca...
    O balão P.Sérgio esgotou rapidamente,resta saber a mando de quem.

    ResponderEliminar
  31. E para a semana jogamos com quem?
    Não importa com que jogamos, pois irá ser mais do mesmo.
    Não é preciso ' ser engenheiro ' para perceber que Paulo Sérgio não percebe nada do métier e está mal co-adjuvado. E não faltam condições para fazermos melhor, faltam sim! melhores técnicos.
    E acima da equipa técnica falta um experiente director desportivo.
    E acima destes todos falta um presidente competente e com garra ' à Sporting '. Temos um 'beto' impotente, remunerado e inútil que não percebe ' um boi ' de futebol.
    De cima até cá abaixo é necessário fazer um revolução.
    O jogo de ontem só mostrou, mais uma vez, que somos tristemente fracos e mal dirigidos.
    E, se calhar, até seria de perder o próximo jogo em casa... podia ser que houvesse agitação forte 'tipo motim', com os jogadores impedidos de sair do estacionamento e a direcção cercada... e que fosse tão mau, tão mau que eles se fossem obrigados a demitir-se...

    Isso é que era!!!

    SL

    ResponderEliminar
  32. LdA,

    Depois de épocas sem conseguir dar um único tiro certeiro, uma série de disparos pareceram demonstrar que o SCP podia estar a apresentar um novo calibre, quando na verdade os cartuchos continuam a assemelhar-se a pólvora seca.

    Procurando uma análise táctica, penso que é perceptível que a generalidade dos jogadores contratados têm um perfil que se enquadra nas lacunas que foram detectadas ao longo do tempo, ao ponto de serem frequentes os comentários crentes que Paulo Bento com estes operacionais faria muito mais que Carvalhal ou Paulo Sérgio.

    Algo "mudou" e legitimamente, a generalidade dos sportinguistas alimentou a esperança que esse algo pudesse ser também uma pequena luz ao fundo do túnel. Há mal em sonhar? Penso que não, mesmo que se arrisque em ter uma queda...

    Outros como tu ou o PLF manifestaram o seu desagrado quanto ao rumo tomado. LdA principalmente pela aquisição de jogadores que dificilmente representariam mais-valias no futuro e o PLF, para além de aspectos tácticos, focou bem os riscos do desequilíbrio da aventura de contratar para agradar as "massas", sem no entanto se conhecerem méritos e valências na área das contratações.

    Poder-se-á dizer que alguns conseguiram visualizar a tempo o mal que aí vinha da mesma forma que podia confirmar-se que estavam a ser precipitadamente pessimistas. Por esta razão, posições clivaram-se (ainda mais) e daí ao "insulto" fácil foi um instante.

    O Sporting sabe o que quer e sabe o tipo de caminhos que podem ser percorridos para alcançar esse objectivo. Pessoalmente, não me parece que seja por falta de qualidade dos operacionais (daí ter apreciado a grande maioria das contratações, mesmo que colocando algumas reticências). Mas ao mesmo tempo, o Sporting, ou quem lidera e comanda neste, parecem não saber muito mais do que o que se quer alcançar, principalmente o "Como".

    Seja o "Como" liderar um grupo
    Seja o "Como" cativar os adeptos
    Seja o "Como" potenciar os recursos
    Seja o "Como" aproveitar o que se tem
    Seja o "Como" comunicar com os adeptos
    Seja o "Como" ser frontal, honesto e directo
    Seja o "Como" ganhar o respeito da parte dos Adversários

    Está à vista que isto não é do jogo de ontem, dos jogadores contratados, dos orçamentos disponíveis, dos jovens desperdiçados ou do 4-4-2 ou o 4-3-3. É a questão de ser uma instituição como o "Sporting Clube de Portugal", que não está imune ao erro, mas deve estar capacitada para não repetir constantemente os mesmos erros e saber apresentar-se com competência e garra para ultrapassar os erros.

    SL

    ResponderEliminar
  33. A culpa não é do treinador que não tem competências para treinar o Sporting Clube de Portugal, a culpa não é dos jogadores que não tem capacidade para usar a camisola do Sporting Clube de Portugal, a culpa meus senhores, a meu ver, é de quem comanda esta nau que se afunda a cada dia que passa....

    Essa é que é a dura realidade, e nós continuamos a ser condescendentes com esta cambada de energúmenos incompetentes

    ResponderEliminar
  34. Discurso do treinador do Sporting, Paulo Sérgio in A Bola:

    - Gostou da exibição do Sporting no Estádio da Luz, considerando que a equipa «jogou sempre de olhos nos olhos» com o Benfica. O treinador promete que o leão vai estar «na luta até ao fim».

    «O Sporting fez um bom jogo, o nosso adversário foi mais eficaz. Cometemos alguns erros na primeira parte, trabalhámos pouco a bola. Mas o Benfica não nos fez mais do que isso, foi muito feliz com um golo a abrir, de bola parada, que o tranquilizou. Abrimos a segunda parte a sofrer um golo infantil e desperdiçámos uma grande ocasião para manter o jogo em aberto. O segundo golo foi uma aberração», caracterizou Paulo Sérgio na Sport TV.

    «A equipa jogou sempre de olhos nos olhos à procura do resultado, teve atitude mas faltou alguma personalidade para trabalhar melhor a bola», lamentou.

    «Perdemos três pontos, mas há muito campeonato pela frente. Vamos estar na luta até ao fim», afiançou.

    Pergunta:

    - Este senhor, que vê jogos diferentes dos que todos nós vemos, tem perfil para continuar a ser o treinador do Sporting?

    - Quem o contratou, quando todos temiamos que isto viesse a dar no que está a dar, continua sem dar a cara e não vai ser responsabilizado?

    SL
    José

    ResponderEliminar
  35. Jesus viu que João Pereira era um dos perigos do Sporting. Colocou lá Coentrão. Paulo Sérgio não percebeu durante 90".

    AJUDEM A EXPURGAR A MURRAÇA DO SPORTING - PÉROLAS A PORCOS

    http://conselholeonino.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  36. Hugo:
    A questão dos jogadores e da sustentabilidade do clube foi uma das questões que abordei aqui, talvez até de forma quase repetitiva. E veremos para o ano quantos Caneiras teremos para resolver e se nesse lote estará algum dos contratados deste ano. Mas, como estamos ainda numa fase inicial da época, vamos desejar que todos venham a ter sucesso.

    Mas o que me parece fazer pouco sentido é este "ver se pega" com que, de há anos para cá, resolvemos atribuir o lugar de treinador principal.Um bom treinador pode fazer de uma equipa mediana uma boa equipa e os que não o são podem arruinar bons grupos de trabalho, por mais dinheiro que haja para gastar. Daí o exemplo do Man. City.

    Se olharmos para o que aconteceu desde a saída de PB facilmente se percebe que o acontece hoje não é por acaso.

    ResponderEliminar
  37. LdA,
    Concordo inteiramente com a leitura feita, um dos mais graves problemas do futebol do Sporting é ter constantemente treinadores estagiários. Desde Mirko Jozic que não temos um grande treinador, vamos tendo alguns melhores outros piores, quase todos abnegados, mas também sem arte nem engenho para tão "trepitosa" nau.
    No entanto, o problema mais grave está a montante, os critérios de escolha de treinador parecem sempre assentar na circunstância destes terem de ser pouco ou nada exigentes e sobretudo gratos pela "aposta", aceitando quase tudo o que lhes põem à frente. O PS é talvez o melhor exemplo, não sabia que o Vuk voltaria, não sabia que o Moutinho ia e não sabia que não tinha "pinheiro" mas que tinha um Timo. Até quando é que vamos ter de esperar para voltar a ter um grande treinador?
    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  38. LdA,

    O tema Man. City vai mais além do que o dinheiro à disposição. Passa obviamente pelo treinador, assim como no Chelsea onde Mourinho, Hiddink e Ancelotti foram capazes de disfarçar lacunas que Avram Grant e Scolari não conseguiram.

    ResponderEliminar
  39. O Sporting não jogou nada, é certo, mas foi gravemente roubado.
    Nas mesmas situações o rival fez uma puta conferencia a mandar tudo a baixo , nós não, nós vimos mandar vir com todos do nosso clube e criticar tudo o que há para criticar dentro do clube.

    Realmente o Maniche tem razão, temos que mudar de mentalidade!

    ResponderEliminar
  40. Hugo:
    Era precisamente aí que eu queria chegar. A figura do treinador é crucial em qualquer projecto desportivo. Não há dinheiro que disfarce a falta de aptidão. E onde ele não existe ela fica mais evidente.

    ResponderEliminar
  41. @leo@:
    Essa é a mentalidade à SLB em que não me revejo, como aqui, na altura expliquei em posts a propósito.

    Sem jogarmos mais para termos legitimidade para falar da arbitragem, sob pena de parecer que estamos a arranjar desculpas para os maus resultados.
    Foi isso que o LB fez depois de perder em Guimarães.

    ResponderEliminar
  42. Caro Leão da verdade

    Por vezes a vários factores que determinam um bom ou mau jogo. Se no inicio do jogo o jogador do slb fosse expulso como teria sido o jogo??

    ResponderEliminar
  43. Compreendo também que não te revejas em certas mentalidades mas será que unidos não seriamos muito mais fortes???

    ResponderEliminar
  44. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  45. "...mas será que unidos não seriamos muito mais fortes???"

    @leo@:

    Esquece lá a união. Qd é o próprio CD do SCP a fomentar divisões, essa tão proclamada e desejada união jamais existirá!...

    Só acredito numa plena união da nação leonina com uma liderança forte, personalizada, tolerante com os seus apaniguados, implacável com os seus adversários, transparente. E que acabe com o paradigma que nos (des)governa à década e meia. Enquanto isso não acontecer, por muito que nos custe a todos e principalmente ao SCP, não existirá união.

    ResponderEliminar
  46. Lda,
    "Sem jogarmos mais para termos legitimidade para falar da arbitragem, sob pena de parecer que estamos a arranjar desculpas para os maus resultados."

    Com todo o respeito mas isto são tretas. Quer dizer que uma equipa se não apresentar futebol de jeito pode ser roubada?
    Qualquer pessoa sabe que os resultados ajudam, e muito, a criar uma equipa, a dar confiança aos jogadores e, por consequinte, ajudar na criação das tão desejadas rotinas de jogo. Quando uma equipa está a ganhar esse trabalho é mais facilitado, quando sente justiça na arbitragem melhor ainda. O futebol para além de técnica e táctica também vive muito da parte psicológica dos jogadores e põe-te no lugar deles quando vês a equipa contrária ser constantemente beneficiada pelas arbitragens.

    Não quero com isto dizer que o problema actual do Sporting são as arbitragens mas também não podemos esquecer, de todo, que influenciam bastante o desenrolar dos jogos.

    Contabiliza em quantos sopros sobre o Saviola foram assinaladas faltas e quantas vezes o Liedson, Djaló e Matias sofreram o "mesmo" tratamento por parte dos adversários e o arbitro teve a mesma consideração por eles. É mais fácil para nós criticar os nossos jogadores e assobiá-los porque todos pré-concebemos a ideia que não valem nada. Vejam o Cardozo da semana passada e o desta...

    Mas reitero, que o problema reside no treinador que tem de trabalhar os jogadores para saberem tirar partido destas vicissitudes do jogo e colocá-las a nosso favor.

    Também não me revejo a criticar arbitragens mas por vezes é dificil ficar calado.

    PS: Com isto tudo o Porto vai passeando pela Liga e o Nacional, que joga menos, não pode reclamar de mais um penalty não assinalado...

    ResponderEliminar
  47. Roque:
    "Quer dizer que uma equipa se não apresentar futebol de jeito pode ser roubada?"

    onde se infere das minhas palavras tal aberração?

    O que não parece é que o Sporting tenha perdido por causa da arbitragem.

    ResponderEliminar
  48. Vamos lá ver uma coisa:

    O Javi Garcia podia ter sido expulso logo no inicio do jogo, como o foi JPereira num lance (até menos perigoso) que aconteceu em Alvalade na meia-final da Taça de Liga da época transacta. Em ambos os jogos com o resultado em 0 a 0.


    Ao Rubén Amorim tb lhe perdoaram uma expulsão (seria duplo amarelo, após jogar ostensivamente a bola com o braço). O facto de ter recebido o primeiro (e único) cartão amarelo poucos segundos antes terá condicionado o Xistra... Já o mesmo não se passou em ocasiões semelhantes ocorridas no passado com jogadores do SCP... Assim de repente, recordo-me de uma expulsão de Pedro barbosa por duplo amarelo no Bessa e do agora lampião, Carlos Martins, no Restelo... Com a agravante do Pedro Barbosa receber dois cartões amarelos completamente ridículos e ser mt injustamente expulso (obra do Bruno 'filhadumagrandeputefia' Paixão)...

    De moso que sim, o SCP continua a sofrer de tratamento mt menos deferencial que andrades e lamps. Principalmente qd em confronto directo.


    MAS, apesar disso, o SCP tinha a OBRIGAÇÃO, de ter realizado incomparavelmente mais que aquilo que produziu no jogo do passado fds contra as coquichas. Aliás, o lance do Ruben, acontece qd já perdíamos por dois e estou certo de que, msm indo para o balneário mais cedo, nada se alteraria, tal a inconsequência ofensiva do nosso jogo. Para além do critério disciplinar, tb se notaram outros erros: foras de jogo mal sinalizados para ambos os ataques, mas em maior número para o SCP. Contudo não eram lances de perigo flagrante (jogadores descaídos nas alas). Já a beneficiação do infractor foi uma constante, quase sempre com o SCP a ser afectado. Com dois a zero, começou tb a cortar alguns contra-ataques lampiões.

    O Xistra apenas confirmou que é um árbitro sem categoria para apitar um derby. E tentou proteger-se ao máximo de polémicas. Pudera... depois de 6Milhões a berrar era dificil que outra coisa sucedesse.

    Mas repito, isso não invalida a justeza do resultado. Papamos dois golos limpinhos, não calhou sofrer mais, e quase que não no fizemos sentir junto à baliza do pollo.

    SL

    ResponderEliminar
  49. Foi o que entendi da expressão que indiquei. É claro que enfatizei um pouco o que me interessava.

    :D

    Eu também não acho que o Sporting perdeu por causa da arbitragem.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)