quarta-feira, 9 de junho de 2010

Entrevista Mário Patrício



O Director Executivo das Modalidades do Sporting, Eng.º Mário Patrício, deu esta semana uma entrevista ao Jornal Sporting a explicar as aspirações e planos existentes para o futuro pavilhão de Alvalade, detalhando algumas das valências e estratégias que se pretendem implementar.

Eram já conhecidas algumas limitações atendendo os acordos definidos com a CML pelo que o projecto apenas me desilude/entristece pelo facto de não quererem contemplar a prática de hóquei em patins na nova infraestrutura.

Destaque ainda para as declarações do nosso director para as modalidades dando conta da dificuldade de articular os horários dos jogos com o calendário do futebol, face às constantes alterações deste.

Fica em anexo a entrevista.

EM FRENTE SPORTING!

16 comentários:

  1. É melhor isto do que nada, mas confesso-me um pouco desiludido pelas restrições impostas e pela falta de ambição que todo o projecto demonstra.

    Aliás, continuo sem perceber o poder de negociação envolvido nestas questões. Como é que dois clubes sobranceiros à 2ª circular têm condições/restrições tão diferenciadas? Enfim...

    Relativamente ao projecto desportivo, sei que existem restrições financeiras, mas quando as outras modalidades foram extintas não era precisamente o argumento financeiro que ditava leis, com o pressuposto de que iríamos fortalecer o investimento nas modalidades que sobravam e consequentemente ganhar mais títulos? E quantos títulos de relevo ganhamos nós desde então no andebol e no futsal (sobretudo desde que o Benfica entrou na modalidade)? Sim, ganhamos alguns, mas atendendo à nossa história e à política de redução das modalidades seguida não deveríamos ter ganho muito mais? Claro que sim!

    É evidente que a estratégia seguida não resultou, ou seja, nem sempre ter mais orçamento resulta e no Sporting teima mesmo em não resultar. Por isso defendo o regresso às origens, ou seja, na impossibilidade de ter mais orçamento, que o mesmo seja repartido por mais modalidades, designadamente reabilitando o basket, o voleibol e o hóquei, recorrendo a patrocínios de modo a partilhar o naming da equipa (ex: Sporting/BES, Sporting/Coca-Cola, sei lá...).

    Acho que um clube como o Sporting tem de jogar ao mais alto nível nacional nas 5 principais modalidades de pavilhão, nem que para isso se socorra maioritariamente da formação. Aliás não é (ou foi...) este o nosso princípio base, até no futebol?

    E lanço mais algumas questões: Muitas vezes dizemos que somos o clube português mais eclético. Será que ainda o somos? Com que modalidades? Valem todas o mesmo? Dizemos ainda que somos o 2º clube da Europa, depois do Barcelona, com mais títulos nas mais diversas modalidades. Até quando? Não devia ser nossa ambição a aproximação ao Barcelona? Não é isso que distingue um grande clube, a ambição de ser sempre 1º?

    Eu sei que vou ser polémico mas sinceramente não acredito que o engrandecimento do Sporting seja conseguido às custas do automobilismo, golf, corfeball e afins. Não é desrespeito por estas modalidades é apenas uma questão de prioridades. Enquanto clube de dimensão nacional o Sporting tem de perceber que há modalidades que estão mais enraizadas do que outras na sociedade e é precisamente nas mais enraizadas que os adeptos esperam ver vitórias. Não perceber isso é diminuir a grandeza do Sporting e transformá-lo gradualmente numa colectividade de bairro.

    ResponderEliminar
  2. Berde e Branco,

    Por partes e naquilo que eu consigo responder:

    1) As diferenças não estão apenas no poder de negociação mas também nos projectos apresentados. Os nossos adversários demoliram um estádio, construíram outro estádio e construíram um complexo desportivo mais uma superfície comercial. Nós, demolimos um estádio para construir outro, não sei quantas clínicas, um centro comercial, vendemos os terrenos do antigo estádio para fins imobiliários, etc... Face às políticas adoptadas, é "normal" alguma relutância do ponto de vista político.

    2) Quando houve modalidades extintas, não foi com o pretexto de aumentar a competitividade de outras mas sim reduzir, única e exclusivamente os custos.

    3) A questão do Naming é um dos melhores recursos para as equipas amadoras, contudo, resta saber se existem muitos interessados e se esses mesmos interessados têm disponibilidade para apresentar um valor significativo para tal.

    Também não sou apreciador de corfebol, paintball, horseball, etc., mas a matriz eclética do nosso clube não pode ser negada. E o exemplo dado - Barcelona - prova também que a sua preocupação parece um pouco exagerada, pois também nesse clube as diversas modalidades não são tratadas de igual modo.

    Orçamentos no Barcelona:

    Futebol 150-200M
    Basket 20M
    Andebol 7M
    Futsal 3,5M
    Hóquei 2,5M

    Contudo, não deixo de concordar que devemos ter uma verdadeira dedicação desportiva e acreditar que os sucessos nas modalidades - base durante muitos anos no nosso Sportinguismo - só poderá engrandecer o clube.

    Será necessária estratégia, astúcia, parceiros, etc... O problema é que Portugal é cada vez mais Futebol e o resto tem sido paisagem e o SCP procura seguir essa tendência...

    SL

    ResponderEliminar
  3. B&B:
    "Eu sei que vou ser polémico mas sinceramente não acredito que o engrandecimento do Sporting seja conseguido às custas do automobilismo, golf, corfeball e afins".

    Já somos 2 a pensar o mesmo.

    ResponderEliminar
  4. Quando se fala nas 5 principais modalidades colectivas em Portugal, julgo referirem-se a Basquetebol, Futsal, Andebol, Voleibol e Hóquei.

    O Porto está presente em 3 (Campeão em 2 e lutando pelo título noutra).
    O Benfica está presente em 5 (Vice-campeão em 1 e luta pelo título em 2).
    O Sporting está presente em 2 (Luta pelo título numa).
    *Só me refiro a provas nacionais.

    Sou Benfiquista e durante muitos anos o que dava alegrias não era o futebol, mas sim as modalidades. As modalidades assumem importância vital nos momentos em que o Futebol está em baixo. Nesses momentos as modalidades mantêm a força e alma dos clubes vivas.

    Durante muito tempo quem me dava alegrias era o Carlos Lisboa e o Basquetebol, o Panchito e o Hóquei, o André Lima e o Futsal. Mesmo por vezes não ganhando títulos, o simples facto de estarem na luta era motivo de alegria pois o clube continuava a lutar por títulos.

    Veja-se este ano no caso do Sporting que com uma época má no Futebol teve uma enorme alegria em ganhar a Taça Challenge de Andebol. E está na luta pelo título de Futsal que vai ter os pavilhões cheios de adeptos a puxarem pela equipa.

    Além disto, as modalidades são também importantes na captação de jovens adeptos para o clube.

    Não é fácil o retomar de modalidades extintas, mas apostando na formação e iniciando em divisões inferiores (o Benfica fez isso com o Andebol) o regresso a um bom nível é possível.
    Gostava que o Sporting voltasse a ter Hóquei (onde jogou Livramento), Voleibol (onde jogou Miguel Maia) e Basquetebol.


    PS - Malcato, um Abraço

    ResponderEliminar
  5. Verde e Branco e Leão de Alvalade ... não creio que sintam isso, ou tão pouco que o pensem.
    Vamos usar termos mais cuidados se me permitem:
    "Não acredito que o alargamento da estrutura adepta do Clube se consiga às custas do Automobilismo, Corfball, Capoeira e afins."
    Esta noção é verdadeira e qualquer pessoa a subscreve.
    Mas a matriz ecléctica do Sporting é sem duvida o que confere ao Clube uma grandeza ímpar. Subscrevem?
    Se subscrevem não podem afirmar que o Ecletismo não confere engrandecimento, porque o engrandecimento advém da importância e da genuína mais-valia desportiva, e não de popularidade.

    Verde e Branco se o Sporting com 18 ou 26, consoante se faça, ou não, a individual desmontagem dos "Desportos de Luta" não é de longe a maior potência ecléctica em Portugal, quem é?
    O FC Porto, com as suas 8 modalidades?

    "Até quando" o seremos? Até alguém nos ultrapassar. Talvez daqui por ... nunca? A resposta não pode variar muito desta. O avanço é tanto e alarga-se de época desportiva para época desportiva num registo tal que o Sporting pode fechar portas hoje que daqui a 100 anos continuará a ser o Clube mais titulado em Portugal.

    Na Europa? O Clube fala em 20 000. A ser verdade fá-lo ocupar o 1º lugar à frente do Barcelona mas ... como o termo usado são "troféus" é de desconfiar, até porque o Sporting de há 1 ano para cá em tudo o que é comunicação, exposição, e até na simples forma de redacção a partir do seu (agora mais rico) sítio oficial anda incompreensivelmente a copiar formas e tiques dos pequeninos animais de Carnide, usando-se dum populismo inútil que não serve para coisa nenhuma. Dê-se portanto um desconto aos 20 000 e fiemo-nos na única contagem oficial que existe, até 2006, ano do Centenário: 14 000 títulos em equipas seniores femininas e masculinas, sem que estejam contemplados Troféus, 2ºs lugares ou escalões de formação.
    Estes 14 000: oferecem-nos o 2º lugar no ranking europeu, não estando esse lugar nem pouco mais ou menos ameaçado por qualquer outro emblema do Velho Continente.

    Agora, "valem todas o mesmo?", pois com certeza que não: o Atletismo, a Ginástica e Natação terão sempre muito mais importância do que desportos jogados com bola. Não sou entendido em ciência desportiva mas confio que os antigos helénicos e os contemporâneos organismos Olímpicos saibam atribuir-lhes mais ou menos valia na relação de uns com os outros e eu dou crédito à(s) fonte(s) e não me custa guiar-me por ela(s).
    São as mais indicadas para o efeito.

    Fui há pouco ao sítio do Sporting e o novo layout e os novos conteúdos são de facto bem-vindos. O Sporting já o merecia há muito. Tenho só pena pela tal falta de cuidado na forma como esses conteúdos são apresentados. Coisas deste tipo, começa logo pelo início:
    "O novo site, que com muito orgulho hoje apresentamos, corresponde a mais um passo no desenvolvimento do processo etc coiso e tal". Pergunto se quem escreveu essa coisa não podia tê-lo feito num Português mais articulado.
    "Fomos, decorria o ano de 1999, o primeiro clube nacional dos '3 grandes' a criar um site oficial na internet actualmente o www.sporting.pt tem milhões de visitantes bla bla bla".
    É coisa que se apresente isto?
    "Para se entender este facto, basta dizer que dos 203 países existentes no Mundo, na época transacta o site verde-e-branco foi aberto/consultado em 192!"
    Mais erros. E este parágrafo que serve uma tentativa pequena de populismo barato feita em forma de exclamação.

    ResponderEliminar
  6. Não tem importância certo, não tem. Mas a falta de cuidado nestas coisas pequenas diz muito do cuidado que terão em todas as outras coisas: nenhum, provavelmente, o que não é bom sinal ...

    Já agora ... subscrevo a ideia (que li também há pouco num outro espaço) de que aquele verde não é o melhor. O verde do Sporting é mais escuro, mais Stromp, mais sóbrio. Contudo ... inserido naquele layout fresco e visualmente rico o verde-alface que lá está até assenta bem.
    Passa uma imagem rejuvenescida.
    Ao melhor estilo do guerreiro de Paços, o novo Comandante de Paranhos: em frente Paulo Sérgio, preparai e aniquilai. Conduz o nobre leão da forma que bem sabes, potente tigre da escola de Guimarães.
    Estou contigo.
    E como eu, muitos.
    "No Ecletismo reside a nossa grandeza, fomentando-o valorizamos o Desporto Nacional." - Sporting 58, perguntem ao Paulo Sérgio que ele diz-vos.

    ResponderEliminar
  7. E não esquecer a modalidade rainha o Atletismo, sei que estamos a falar de desportos colectivos mas esta é a modalidade que absorve a maior parte do orçamento (nada a opor).

    Gandaia, a falar de desporto nos entendemos, a falar de clubes ... erghh, vamos falar de desporto.

    A Académica está a fazer um projecto fantástico de revitalização do basquetebol, e comparando com aquilo que seriam os meios que o Sporting poderia mobilizar estamos a falar de um anão.

    E aqui encontramos a "vontade politica" de que fala o Mário Patrício. A Académica nunca conseguiu ter um projecto que lhe permitisse competir na extinta Liga profissional, mas não matou a semente.

    Quando o Benfica abandonou a Liga profissional e veio fazer companhia aos "pobrezinhos", em competição o nosso micro projecto chegou às meias finais onde fomos eliminados pelo Fisica de Torres Vedras e vocês pelo Guimarães, mas competimos até ao mesmo nivel (meia-final).

    No ano passado já com todas as equipas profissionais integradas, de novo a Académica nas meias finais (onde fomos eliminados por vocês), para trás ficou o Porto, por exemplo.

    Este ano foi aquele com piores resultados muito motivado pelos acasos do basquetebol (qualidade e lesões dos americanos), a qualidade dos atletas nacionais é boa e isto o Sporting também consegue "fazer" com um orçamento diminuto.

    O fundamental é não entrar em loucuras e manter o orçamento controlado, o Porto não fechou o basquetebol porque teve um ano mau, ou porque acabou a Liga profissional, aguentou e aqui está a disputar a final deste ano. Ninguém tem o vosso orçamento, para dar uma ideia da dimensão das diferenças, o valor investido num único atleta estrangeiro de algumas equipas pagava todo o orçamento da Académica.

    O problema de que Mário Patrício fala mas que não concretiza, é real, o arrendar de pavilhões come uns bons milhares de euros.

    Resumindo, fazer desporto em Portugal não é fácil.

    ResponderEliminar
  8. O Mário Patrício refere que o pavilhão terá capacidade entre 2000 e 2500 lugares e já por aí muitas pessoas a dizerem que devia ser 5000, mas esquecem-se que um pavilhão de 5000 tem mais do dobro dos custos que um de 2500.

    E esquecem-se que os pavilhões só enchem nos jogos entre grandes (e que não estão todos em todas as modalidades) e nos jogos finais.

    No resto da época os pavilhões estão às moscas.

    ResponderEliminar
  9. Gandaia, por acaso falei desse número num post anterior, mas aquilo que que queria defender nesse texto é igual seja qual for a lotação.

    Se o projecto são 2000 lugares, perfiro sacrificar 1000 lugares e construir um ringue para o hóquei, ou outro campo para escalões de formação de basquetebol, vólei, etc.. A prioridade, para mim, seria sempre não deixar morrer sementes, para quando existirem condições voltar a florescer.

    P.S.- O número de 5000 veio-me à cabeça depois da final da challenge exactamente com esse argumento. Se aquele pavilhão foi naquele dia pequeno se calhar ainda aparecia alguem a pedir um maior, quando a prioridade é outra é dar condições às modalidades para melhorar o seu rendimento.

    ResponderEliminar
  10. Gandaia

    Gostei do que escreveste:

    Gostava que o Sporting voltasse a ter Hóquei (onde jogou Livramento), Voleibol (onde jogou Miguel Maia) e Basquetebol.

    Mas ficava mais correcto assim:

    Gostava que o Sporting voltasse a ter Hóquei (onde jogou Livramento), Voleibol (onde jogou Miguel Maia) e Basquetebol (onde jogou Carlos Lisboa).

    Por acaso foi no Sporting que Carlos Lisboa foi pelas 3 primeiras vezes campeão nacional

    Claro que também sei que as primeiras vezes que António Livramento foi campeão nacional foi no S L Benfica, e julgo saber que as primeiras vezes que Miguel Maia foi campeão nacional foi no Espinho.

    Saudações desportivas

    ResponderEliminar
  11. 8, mas o Antonio Livramento era sportinguista de coracao, e foi no seu Clube de coracao que ganhou o unico titulo que lhe faltava: campeao europeu de Clubes.
    E um crime de facto o Sporting nao ter Hoquei senior, sendo para mais uma modalidade excitante que apaixona facilmente.

    ResponderEliminar
  12. Da entrevista de Mário Patrício tiro alguns tópicos que merecem reflexão:

    Pela cronologia apresentada teremos pavilhão no Verão de 2013. Dez anos depois da construção do estádio teremos o pavilhão. Dez anos não representam a distância entre o futebol e o resto do Clube, na importância que lhe é atribuída pela direcção, pelo que teremos de estar muito satisfeitos pelo timing conseguido.

    Penso que os 2000 / 2500 lugares previstos são, por agora, suficientes para mais de 90% (onde é que eu já vi este numero?) dos jogos que se prevêem realizar neste espaço.

    Percebe-se que o hóquei continuará a ser uma modalidade isolada, dependente do entusiasmo e perseverança dos Sportinguistas amantes do hóquei, chefiados pelo Eng. Gilberto Borges.

    Basquetebol e voleibol? A decisão é da CD do Clube, mas sem mais dinheiro nada feito, porque depois falta para o andebol e futsal.

    GB modalidades com novas ideias. Tudo o que seja inovar (e melhorar) tem o meu apoio. Temos de confiar.

    ResponderEliminar
  13. MHumberto

    ...e o Carlos Lisboa não é Sportinguista? Claro que se fores perguntar agora não te vai dizer isso, mas sabes como o emprego em Portugal está dificil.

    ResponderEliminar
  14. Que falta de ambição.

    Só quem não conhece a história do Sporting é que pode pensar que um pavilhão para 2000 chega. E usa-se o argumento que a nave até só levava 700 e não estava sempre cheia.

    É verdade. Mas podiam falar tb do anterior pavilhão junto ao metro e que levava 6000 pessoas e estava quase sempre cheio. Quase todos os anos ganhavamos os titulos em todas as modalidades. Eu sou desse tempo e posso comprovar isso.

    Mais espectadores levam a mais motivação, mais titulos, mais publicidade, mais receita, sempre possibilidade de comprar bons jogadores, etc...

    É que em vez de vivermos numa espiral de entusiasmo e motivação vivemos numa espiral de mediocridade.

    Enfim...

    ResponderEliminar
  15. Só espero que este projecto, seja realmente útil, para o ecletismo sportinguista,pois já tenho saudades de ver hoquei em patins do meu clube com o gande Livramento...

    Saudações Leoninas

    http://sportingnomundo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. Pela Cronologia eu vejo que na pior das hipóteses as obras arrancam em finais de Junho de 2011 e demorariam num máximo 18 meses, portanto até Janeiro de 2013.

    Se o Pavilhão inclui um estúdio de televisão então podemos assumir que o Canal Sporting irá começar em 2013 e não antes disso?

    Estou curioso por ver como se vai parecer a arquitectura do Pavilhão, seria interessante ver uma maqueta.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)